20 thoughts on “Yes we can!

  1. Uma palavra de agradecimento ao Tonel por se ter lesionado. É muito bom rapaz e sua aquela camisola como poucos… mas com o Caneira ali no meio a história é outra!!

  2. Será que amanhã as capas do Record e da Bola vão voltar a fazer manchete com um qualquer fait divers do universo lampião?

    ehehehehe, tanta azia que deve ir por este Portugal fora…

  3. Cherbakov ainda bem que nao es o treinador do sporting….lol….porque num post anterior dizias que so punhas o derlei passado 4 ou 5 jogos…. foi um bom jogo mt bem controlado por parte do sporting….e com um izmailov desconcertante….so tenho 2 pedidos para o paulo bento….rebilita o vukcevic por favor….e vai buscar o celsinho….precisamos um pouco de magia….

  4. Ventura, disse e volto a dizer: a atitude do Derlei em Vila do Conde foi demasiado estúpida e ele teria que sentir essa mesma estupidez. Aliás, mesmo que não fosse por isso, ontem não o tinha feito entrar por uma simples razão: o Postiga estava a ser um dos melhores em campo. Mas a verdade é que o Ninja jogou, marcou e é por ser tão imprevisível que o futebol nos apaixona.
    Bem, é sempre agradável ver que não sou o único “maluquinho” que gostava de ver o Celsinho em Alvalade :)

  5. Vamos então à análise do que se passou ontem:

    POSITIVO
    – o momento histórico. Foi sofrido (estavam à espera do quê), mas é importantíssimo para o Sporting: a nível de afirmação entre os principais clubes europeus; a nível económico; a nível psicológico tanto para jogadores como para adeptos, ainda para mais em vésperas de defrontar o fcp
    – a entrada em jogo. Há muito, provavelmente desde Braga, que não via a equipa entrar em campo com uma atitude tão demonstrativa de que pretendia ganhar
    – a confirmação do bom momento do Patrício, um jogo com poucos erros do Abel, a solidificação da dupla Polga/Caneira
    – a confirmação de que o Romagnoli não tem lugar como titular
    – a forma como o Derlei festejou o golo: aquilo também traz pontos à militância
    – o regresso do cântico “até morrer Sporting allez”

    NEGATIVO
    – durante a primeira parte, fiquei com a ideia de que muitas das pessoas que estavam no Estádio, mais do que para apoiar e viver um momento histórico, lá tinham ido para assistir a algo que lhes permitisse assobiar, apupar, criticar. Para todos eles o meu enorme “pró caralho!”
    – a forma como, principalmente durante a primeira parte, a equipa foi incapaz de segurar a bola e sair a jogar. O resultado era um meio-campo muito encostado à defesa, os avançados desapoiados, e os ucranianos com espaço e mais espaço para trocarem a bola. Aspecto a rever
    – a forma ordinária como o Shakhtar jogou, distribuindo pau a torto e a direito
    – Srna entra directamente para a galeria de jogadores que eu mais odeio. Levou o tempo inteiro a tentar cavar faltas e a dar porrada de forma subtil
    – uma arbitragem lastimável. A dualidade de critérios na amostragem dos amarelos foi vergonhosa, mas pior foi mesmo não assinalar aquele penalti que todos os que estavam no Estádio viram

  6. Tentei ver a capa da Bola, mas o site está a dar erro: primeiro aparece a vergonhosa capa de ontem, depois aparece a capa onde o Rochemback diz que “temos que jogar onde o treinador quiser”. Acho que era a isto que o Paulo Bento chamava “azia” :)

  7. adorei gritar com o golo do Ninja!! com o golo e com os 9M€ que aquele pontapé valeu!
    adorava que ganhássemos ao Barça, mas ganhar ou perder, o que eu queria mesmo era um estádio cheio!
    saudações leoninas

  8. Que grande vitória!!! e concordo com o daniel leão que o estádio devia encher! mas será que os bilhetes não podiam ser um pouco mais baratos? em vez dos 20 euros que custava o mais barato para adepto não podia ser 12 ou 15? hoje já li nos jornais que contra o leixões os bilhetes vão custar 5 euros para sócios e 10 para não sócios. Vamos encher Alvalade já com o Porto!

  9. Cherba,

    De uma rarissima (para mim) perspectiva de quem estava no estadio pela primeira vez em muito tempo (fruto de uma esporadica estadia em Portugal), posso confirmar-te que se houve alguma coisa na bancada em que me sentei (por tras da baliza para onde o Sporting atacou – e marcou – na 2a parte) foram gritos e aplausos de incentivo. Estimulados pela incansavel Juventude Leonina, ficamos sem voz (pelo menos eu) de tanto gritar “Sporting”. E acredita, teria sido mesmo facil cair na tentacao do assobio sobretudo porque ao vivo ainda parece que o Sporting joga PIOR do que quando vejo os jogos pela televisao ou pela Internet (por vezes um verdadeiro suplicio!). Mas mal alguem tentava assobiar ou comecar a mandar vir, logo nos iniciavamos mais um “Sporting” ou um “la laaaa la la la laa laaaa” :-)

    Quanto ao resto, concordo contigo. O Sporting hoje em dia, contra adversarios do mesmo valor (ou superior) joga mesmo “a italiana”, i.e. fecha-se na defesa para enervar e travar o adversario, dando-lhe a sensacao de ter o jogo a merce. Depois, tem que ter durante a segunda parte clarividencia para sair dessa letargia e produzir o futebol suficiente para marcar o golo que lhe dara a vitoria. Foi, por exemplo, na 2a parte que falhou contra o Benfica (nao subindo o nivel do seu jogo), e ao sofrer golos na 1a parte contra o Porto.
    Depois, convem nao esquecer que o Caneira, para o bem e para o mal, da outra solidez aquela defesa. Gosto muito do Tonel (que considero um dos melhores centrais portugueses), mas rendo-me a evidencia.

    Portanto, o paradoxo continua. O Paulo Bento nao coloca o Sporting a jogar “bonito” ou “bem”, mas nao se cansa de quebrar recordes… alguem tem duvidas de que, com o querer e o apoio que teve ontem, esta equipa pode perfeitamente ganhar o campeonato (e ate mais uma Taca de Portugal, se for preciso)?

    Vou ja comprar o meu bilhete para o jogo da Taca (e que, coincidencia ou nao, o Sporting nunca perde jogos quando eu estou em Portugal…)!

    Saudacoes Leoninas

    PS: Desculpa Sporting na familia… mas nao resisto a dizer que os meus 2 desejos se cumpriram: Viva o Sporting e Viva o Obama! :-)

  10. Petinga,
    para jogar à italiana, o Sporting teria que saber gerir muito melhor o jogo, ou seja, defender melhor e não perder a bola três segundos depois de recuperá-la. Só assim consegues desgastar o adversário na procura do esférico e fazê-lo subir, criando espaços nas costas dos médios e dos laterais. Depois, pimba! Lá para dentro.

    Neste momento o nosso “catenaccio” é muito sofrido…

  11. O Sporting não fez um jogo tão mal como os últimos , felizmente.
    E, esporadicamente, viu-se bom futebol. Ainda bem!!!
    Ainda não perdi a esperança de ver o SCP jogar de acordo com aquilo que pode e deve.

    Agora vamos ver se borramos os dentes do Jesualdo no fim de semana. Isto é, se os andrades ganharem em Kiev….

    Saudações Leoninas

  12. Os senhores que trabalham no Record podem ir, perdoem o francês, para a puta que os pariu.
    Sempre que o Benfica marca um golo, aparecem no minuto seguinte vários artigos de opinião a enaltecer as contratações fantásticas do Rui Costa, os métodos inovadores do Quique, o facto do Suazo ser o melhor jogador de futebol desde o Maradona.
    O Sporting é a primeira equipa da época (a par do Barcelona) a apurar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões e, 2 dias depois, surge um artigo sobre este facto. E o artigo começa desta linda forma:
    “Três jogos seguidos sem sofrer golos pode não ser uma proeza muito grande mas para o Sporting nas competições europeias é o máximo.”

  13. Caro Tiago,
    Todos,

    Para quando um boicote a serio, com peticao a circular e tudo, aqui na Net incitando os Sportinguistas a deixarem simplesmente de comprar A Bola e o Record? Peticoes para retirar a bracadeira ao Moutinho foi num instante, para despedir o Paulo Bento tambem… mas para coisas que tenham realmente a ver com a proteccao do Sporting, vai la vai…

  14. Caro Tiago,
    Todos,

    Para quando um boicote a serio, com peticao a circular e tudo, aqui na Net incitando os Sportinguistas a deixarem simplesmente de comprar A Bola e o Record? Peticoes para retirar a bracadeira ao Moutinho foi num instante, para despedir o Paulo Bento tambem… mas para coisas que tenham realmente a ver com a proteccao do Sporting, vai la vai…

    Cherba,

    Tens toda a razao. O que eu acho notavel e, apesar das enormes dificuldades em pelo menos trocar a bola durante alguns segundos apos a sua recuperacao, aquela defesa aguentar estoicamente e de maneira muito concentrada as sucessivas investidas do adversario. La defender bem o Sporting defende (dando ao adversario a falsa impressao de ter o jogo completamente a sua merce).

  15. No que me toca a mim, há anos que não compro um jornal desportivo. Mas admito que não consigo não ler as edições online (o que também dá lucro aos jornais porque quantas mais visitas têm, mais conseguem cobrar pela publicidade). São os meus momentos masoquistas do dia. Sei que vou odiar o que vou ler, mas não consigo deixar de o fazer.

    Hoje temos mais um belo exemplo na capa da Bola. O Benfica leva um baile de bola de todo o tamanho, mas a capa da Bola, mesmo assim, consegue enaltecer o treinador. A equipa joga uma merda e perde mas o bronzeado é o melhor treinador do mundo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s