Bettencourt marca pontos

[…] Talvez a forma como se integram os jovens tenha que ser um pouco mais pensada e um pouco mais lenta, para haver uma mescla maior entre juventude e experiência […] Chegar à equipa principal do Sporting tem que ser um fim. Não pode ser um trampolim“, JEB in O Jogo, sobre os jovens jogadores olharem a equipa principal como uma forma de darem o salto para outro campeonato.

9 thoughts on “Bettencourt marca pontos

  1. Exactamente Nastase. Essa ideia já havia sido dada por PPC na entrevista ao i onde disse “O primeiro objectivo de um jovem que alinhe nos juniores do Sporting tem de ser jogar na equipa principal. Esse é que deve ser o seu orgulho! Depois de chegar lá, só tem de brilhar e ajudar o clube que tanto nele investiu.” Portanto, depois do pavilhao (como é que o candidato da continuidade sequer pensa num pavilhao), ja é a 2ª vez que JEB mostra estar num vazio de ideias tremendo. O problema para nós Sportinguistas é que JEB tem todas as capas e todo o tempo de antena, levando a pensar que afinal o candidato que diz “pelo Sporting faço 50% de desconto” ou “com mais uns treinos somos campeões” não se está assim tanto a borrifar para o nosso clube. Mas está.

  2. Pepe,

    não me tomes como apoiante do Bettencourt (basta veres outros posts), mas não posso deixar de colocar aqui mais um trecho da entrevista ao Jogo (podes ler a Bola ou o Record, também), para veres que o homem também pensa no pavilhão:

    “[…] vamos fazer tudo para viabilizar a construção de um pavilhão, que é um marco importante num clube que tem uma tradição eclética e sem o qual o ecletismo fica seriamente comprometido […] vivi muito no pavilhão. sou da geração do Ramalhete, Rendeiro, Sobrinho e toda essa gente. Isso faz parte da minha vivência sportinguista. As pessoas conhecem-me daí […]”

    Quanto ao Cristóvão, o facto de, muito provavelmente, hoje não apresentar o treinador como disse que ia fazer, não abona nada a favor.

  3. Dizer que “Chegar à equipa principal do Sporting tem que ser um fim. Não pode ser um trampolim.” é uma ideia original do PPC é no minimo ridículo.
    Isto não é uma ideia, é uma coisa óbvia.

  4. No fundo, qualquer candidato com dois dedos de testa apenas precisa de ler alguns blogs do Sporting e repetir as ideias mais vezes vincadas… esta de facto foi primeiro apontada pelo candidato PPC, mas antes disso já tinha sido repetida até à EXAUSTAO aqui, no Leao da Estrela, no Sangue Leonino, na Centúria, etc, etc, etc… e as ideias originais, as propostas acompanhadas de medidas concretas?… até mesmo dizer isto sobre os jovens da formacao é tao óbvio que se torna ridículo. Sobretudo porque se lhes perguntares “Entao e como é que coloca isso à prática? Concretamente, que medidas vai tomar?” cai logo tudo por terra (mas como o objectivo nisto tudo nao é ir ao fundo do que quer que seja, essas perguntas ficam para a próxima…).

    SL

  5. ERIKSSON CARALHUUUUUU!

    Não que vá muito à bola… mas tirando a direcção do consenso com o treinador do consenso, aquilo que acho que todos queremos é uma mudança e sinceramente, nesta altura qualquer um é melhor que o Paulo Bento. Né?

  6. Engraçado isso já vinha no programa do P.Cristovão

    JEB só sabe fazer Copy/Paste

    É uma pena que nada vai mudar… talvez só mude qd ficarmos em 5º lugar e o clube estiver a fechar portas… e depois os sócios vejam a asneira cometida!!!

  7. Placebo,

    O slb quando contratou o Trapattoni contratou um campeonato e com um dos piores plantéis que há memória.

    Não me entusiasma o Eriksson mas neste momento, o PB também não.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s