Ainda fará sentido?

O Luís Figo é um símbolo do Sporting. Tenho lido que está a ser apontado como dirigente do Inter de Milão, mas, se fosse essa a vontade do Luís, com certeza que olharíamos para essa possibilidade“, José Eduardo Bettencourt, sobre a possibilidade de Figo querer prosseguir a carreira em Alvalade.

A vergonha ou a falta dela

A arbitragem tem melhor imagem e está melhor do que em 2003, a época a que se reportam os factos do processo Apito Dourado. Hoje não há árbitros corruptos […] Foram analisados 530 jogos durante a época, entre Liga Sagres, Liga de Honra e Taça de Portugal e o resultado geral é francamente positivo. A verdade desportiva não foi atingida“, Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem, fazendo o balanço da época 08/09.

Gestão?

O Sporting é uma das melhores escolas de formação do mundo. Infelizmente, o Sporting tem vendido os seus putos, maioria das vezes com a justificação de que utiliza uma tabela salarial rígida, o que acaba por não permitir, por exemplo, passar a pagar 70 mil euros mensais a um miúdo que ganha 30 ou 40 mil.

Então, expliquem-me lá senhores gestores, como justificam que estejamos a pagar 66 mil euros mensais a uma merda de jogador chamado Pipi Romagnoli (menos quatro mil do que aquilo que vamos pagar ao Matias Fernandez)?

Vamos ajudar o Pedro Barbosa

O Derlei disse “adeus e obrigado”.
O Bettencourt disse que o Sporting precisa de jogadores que levem pessoas ao estádio e sejam uma mais valia comercial.
Nós, adeptos, dizemos e pensamos diariamente em nomes de jogadores que, acreditamos, poderiam tornar o nosso Sporting mais forte.
Assim sendo, o Cacifo abre as suas portas a todos os adeptos que queiram ajudar o Pedro Barbosa (dizem que é ele que faz isso) a oferecer ao Paulo Bento jogadores que sejam mais valias.

Porque é feriado e porque, provavelmente, acordei mais cedo que os restantes “cacifeiros”, cabe-me a mim iniciar esta viagem pelo mercado, viagem essa em que começo por enumerar quem acho que o Sporting devia dispensar ou vender:
Abel, Tonel, Ronny, Miguel Veloso, Romagnoli e Tiuí, o que significaria que, com a saída do Derlei, teríamos que ir buscar sete jogadores.

Aqui vão algumas ideias, sempre partindo de um pressuposto: há pouco dinheiro para contratar jogadores (já a contar com os cerca de 3 milhões que vamos ganhar com a ida do Ronaldo para Madrid).

Defesas
Sébastien Bassong, Fabricio Coloccini e Caçapa (Newcastle); Sébastien Pocognoli (Az Alkmaar); Emanuel Pogatetz (Middlesbrough); Massamba Sambou (Le Havre); Florian Marange (Bordeaux); Guglielmo Stendardo (Lazio); Antunes (Roma); Polenghi (Lecce);

Médios (por favor, não me falem do Hugo Viana. E eu até falava do Nani e do Quaresma, mas o primeiro vai assumir a posição do Ronaldo e o segundo já torceu o nariz a um possível regresso a Portugal)
Geremi, Damien Duff e Jonás Gutiérrez (Newcastle); Jonathan Greening (West Bromwich); Stefan Babović (Nantes); Ricardo Faty (Roma); José Montiel (Reggina); Drenthe (Real Madrid); José Pedro (Belenenses)

Avançados
Ricardo Oliveira (Bétis); Oba Oba Martins (Newcastle); Afonso Alves (Middlesbrough); Manucho (Man United); Ivan Klasnić (Nantes); Christian Bekamenga (Nantes); Nikola Nikezić (Le Havre); Nêne (Nacional); Mamadou Diallo (Le Havre); Rolando Bianchi (Torino); Nicola Ventola (Torino); Demba Ba (Hoffenheim); Vedad Ibišević (Hoffenheim); Theofanis Gekas (Bayer Leverkusen); Marek Mintál (Nuremberga)

Os nossos putos prontos a saltar para a primeira equipa
Rui Fonte (avançado, o tal que foi aos 16 anos para o Arsenal e terminou a sua formação em terras de sua majestade);
Diogo Rosado (dizem que é o novo Barbosa, joga a 10 ou à direita do meio campo, e promete acabar com a ideia de que só formamos médios até 1,70 de altura);
Wilson Eduardo (o Liedson dos júniores, marca que se farta e é mesmo avançado, ao contrário do Yannick que jogava invarialvelmente como extremo esquerdo nas camadas jovens);  
André Martins (médio interior direito, da altura de Moutinho e Pereirinha, há quem diga que tem uma forma de jogar que faz lembrar o Xavi. E nós gostamos sempre destas comparações);
Nuno Reis e Pedro Mendes (a dupla de centrais dos júniores e também da selecção. Vai ser complicado trazê-lo em simultâneo para a equipa principal mas, se pensarmos também em Carriço, o nosso futuro está assegurado nesta posição)

O que se diz na impresa:
– que André Marques vai regressar para o lado esquerdo
– que Tiago Pinto é uma incógnita
– que o Saleiro vai fazer parte do plantel principal
– que o Celestino vai fazer a pré-época