E porque não 4-2-3-1?

Eu sei que estamos numa fase em que devemos ser optimistas.
Acreditar que o entendimento entre o Matias e o Liedson vai ser fantástico.
Que o André Marques vai ser o defesa esquerdo com que há tanto tempo sonhamos.
Que o Abel nunca vai ser titular. E que continuar a insistir no Caneira a lateral foi só para baralhar os adversários.
Que o Vuk vai fazer uma época brutal e ser considerado a revelação da Champions depois de pregar três batatas ao Real.
Que vamos iniciar a época a dar um verdadeiro bailinho, na Choupana.
Veja-se bem, é até uma fase em que devemos acreditar que o tratamento conservador escolhido para o joelho do Izmailov foi uma excelente opção e que, daqui por uma semana, o rapaz não está a ser operado e a perder metade da época.

É com estes bonitos pensamentos que devemos encarar um dia de sol melhor que os últimos 15.
Quem estiver duas horas para conseguir chegar à praia, e outras tantas para estacionar, não pode parar de sorrir.
Porque temos que ser optimistas.
Porque ver 20 jogadores, juntos há dois anos e liderados pelo mesmo treinador, chegarem ao primeiro teste da época, frente ao “Trofense de Inglaterra”, e apresentarem-se quase sem fio de jogo e como se se conhecessem há meia dúzia de dias, não pode ser motivo para preocuparmo-nos.
Afinal, o optimismo diz-nos que o losango que, curiosamente, continuaria a manter-se em Alvalade caso o por muitos tão suspirado Jorge Jesus tivesse assinado a verde e branco, é a melhor táctica do mundo.

Peço-vos desculpa mas, talvez por não conseguir sorrir perante a hipótese de ir para a praia a um domingo, quero mudar um pouquinho desta história optimista.
Quero acreditar que o Paulo Bento vai acordar hoje, no hotel, e, por alturas do pequeno almoço, vai anunciar aos jogadores que “acabou o losango!”. Eles vão tremer, claro, até porque o losango é a melhor táctica do mundo, tão boa que qualquer treinador devia ter como máxima “losango forever!”
Mas o Paulo, homem de ideias fixas, não vai vacilar.
Vai colocar o Rui na baliza.
O Pedro Silva à direita, o Carriço e o Polga no meio e o André Marques à esquerda.
Moutinho e Veloso vão formar um duplo pivot, capaz de assegurar transições ofensivas e defensivas.
Vukcevic, Matias Fernandez e Izmailov (se o tratamento conservador se mostrar mais acertado que o losango), formarão uma linha de três, apostada em dar todo o apoio a Liedson.

E digo-vos mais. Depois de imaginar tudo isto, sinto-me capaz de ir dar um mergulho…

19 thoughts on “E porque não 4-2-3-1?

  1. Não concordo com o televisionamento dos jogos da pré-temporada. São épocas de treino, preparação. Tanto pode dar para ilusões ou desilusões, ambas muito precipitadas.
    Há 10 ou 15 anos atrás era bem melhor. Não havia jogos destes na Tv, a malta abria o jornal no dia seguinte e só via maravilhas.. “10 a 0 a uma equipa amadora da cidade holandesa onde se está a estagiar”; “Cadete e Juskowiak marcam 4 golos cada um!”; “Pedro Barny e Carlos Jorge trancam a defesa!”; “Vinicius e Gil Baiano são mustangs pelas laterais!”
    A malta, na praia, ficava deliciado. Entretanto, longe dos olhares exigentes dos adeptos havia tempo e espaço para se fazer a pré-temporada. O jogo mais a sério era o da apresentação e, aí, as coisas em termos futebolísticos, tinham melhor aspecto.
    Agora não. É jogos com uma ou duas semanas de trabalho que parecem finais europeias. Os adeptos começam a deslumbrar-se ou, neste caso, a desesperar.

    Confesso que só gostei da 1ª parte mas sei que foi pouco. Ainda assim, mesmo sabendo que isto é “treino” vejo que há coisas que não mudam (logo, preocupam-me, ou melhor, não me deixam espaço para sonhar ou iludir):
    – Djaló em toda a bola que toca, estraga;
    – Vuk não extremo esquerdo (devia ter “mais campo” para jogar);
    – um jogador profissional devia, em pé, conseguir ver os pés (Roca e P. Silva, dúvido que o consigam);
    – o Polga tem que entregar a bola ao colega mais próximo e não ao mais longe;
    – Veloso a jogar bem (até quando?)
    – Se o Matías é bom nas bolas paradas, porquê que não marcou nenhuma?

    Coisas boas:
    – Carriço
    – Moutinho
    – Matías sabe arrancar com a bola e fez umas boas triangulações
    – já houve alguma pressão sobre a bola e adversário
    – Pereirinha

  2. Não concordo com a opinião generalizada que Pedro Silva é muito melhor que Abel. Acho-o um jogador muito desiquilibrado. E Abel, quando está em forma, é dos melhores a centrar bolas para a área….

    • Muito bem. Resta-me apenas uma dúvida: quando é que o Abel “está em forma”? Desculpa lá, mas deve-me ter escapado a leitura da crónica desse treino de 20 minutos…

    • dos melhores a centrar bolas para a área?!? Estás a gozar, não estás? Foda-se! A centrar bolas do meio campo?!? Não me lembro de um lance em que o Abel tenha ido à linha e o seu centro tenha dado um golo! Uma merda, é o que ele é!

  3. Ontem sai do trabalho a correr..fui para casa.. desejando de ver o jogo..só vi 15m..deixei-me dormir.. não que tivesse cansado do trabalho..não devia horas a cama da noite anterior..apenas aquilo nem treino foi.. não quero que joguem como se fosse uma final da liga dos campeoes.. apenas só queria algum respeito pela camisola que vestem.. a culpa não é do veloso..ou do paulo bento ou do djalo..acho que apesar de todas as nossa opinioes sobre sistemas tacticos..jogadores..treinadores ou outra coisa qualquer.. sejam 15 dias de pre-epoca ou daqui a 6 meses.. os jogadores não sentem o peso da responsabilidade de vestir a camisola.. não sentem o mesmo que eu quando visto a camisola “só para ir a rua”.. e essa atitude da-me sono.. porque mesmo sem pernas.. mesmo se os jogadores tivessem esquecido num mês todas as indicaçoes/procedimentos que o paulo bento lhes deu durante todo estes anos.. não justifica o desempenho de ontem.. e assim.. por muitas matias fernandez.. e liedson’s que tenhamos.. não vamos lá.. na minha opinião é tudo uma questão de atitude..

    Saudações Leonias

  4. Enquanto o Izma nao recuperar temos o Pereirinha que já um optimo flanco direito e centra muito bem.

    Mas embora o PB não deva mudar de tactica, a equipa que escolheste, Cherba, era a que eu escolheria também, com o Vuk a descair um bocado para o lado do Liedson e para a esquerda.

  5. Acho que todos nós apanhámos um balde de água fria no sábado!!! E o Matias pareceu-me um pouco perdido em campo apesar de ainda assim ser mil vezes melhor que o Romagnoli!!!

    • claro que estava perdido em campo, meu! Estava mais preocupado em fechar e ajudar o trinco do que propriamente em atacar… e enquanto não acabarem as ordens para os defesas utilizarem os passes longos, craque nenhum nos vale. O que é que o rapaz pode fazer sem bolas no pé?

  6. Esta época vai correr como já sabíamos no final da anterior que ia correr se o PB não fosse embora.
    Não vamos jogar nadinha de nada durante 98% da época.
    A única hipótese que temos de ser campeões é se o Matias afinal for o Maradona e o Liedson marcar em todos os jogos.

  7. Também não gostei do que vi, e é claro que tenho medo que esta época vá ser mais do mesmo, mas concordo com a leoa sempre, estes jogos não deviam dar na televisão.

    Andar a dizer para respeitarem a camisola aos 11 de Julho é ridículo.

    • claro que é ridiculo respeitar a camisola a 11 de julho.. visto que isso nunca devia ser posto em causa.. o respeitar a camisola não é ganhar os jogos todos.. mas sim ter empenho nos jogos que entram.. sejam eles a feijoes ou finais..de certeza que qualquer um de nós na sua respectiva actividade profissional se for um mes de ferias..quando voltar não tem a desculpa que teve de ferias para justificar algo de não fez como devido.. tem sempre que haver exigencia senão.. vamos continuar na senda do “nosso” penta ou mais grave.. 18 anos de “bons rapazes”

      • João, tenho todo o respeito pela tua opinião, mas não acho que possas comparar. O Barça o ano passado perdeu na 1.ª jornada com o Numancia (na 1.ª jornada, não na pré-época!) e ninguém veio dizer que eles são uma vergonha e que não têm atitude nem respeitam a camisola. Qual é a tua alternativa? Despedir o plantel? Dar cursos de sportinguismo? Contratar um psicólogo?

        Se o Pereirinha não tivesse falhado à frente da baliza ou a bola à trave do Moutinho tivesse entrado ninguém dizia nada. Deixem o plantel fazer a pré-época em paz e depois cobrem na altura certa.

      • se isto, se aquilo, se o raio que parta… olha, se o Sporting jogasse ao ataque em vez de desperdiçar primeiras partes atrás de primeiras partes, tínhamos sido campeões no ano passado!

  8. Eu nem queria comentar… mas desculpa la Shankly, ja estou um bocadito farto de ver utilizado o Barcelona como exemplo para desculpar a merda que parece vir a ser a proxima temporada do Sporting. O Barca perdeu o 1o jogo com o Numancia, o Barca tinha um treinador inexperiente, o Barca isto, o Barca aquilo, o Barca…

    … por acaso ate encarreirou quando venceu o Sporting por 3-1 nesse jogo em cuja 2a parte o Paulo Bento fez uma das piores alteracoes de que me lembro com o resultado em 2-1 e os catalaes a tremer em pleno Camp Nou.
    O Barca nao tinha o Guardiola a frente da equipa ha 3 anos. Tenham paciencia.

    Agora, de qqer forma, e tarde demais para agoirar mudancas. E concordo que e cedo demais para criticar – ate porque este modelo futebolistico, para todos os efeitos, satisfaz a massa adepta em materia de resultados e chega para atingir os “minimos”. Mas so me apetece repetir o que ando a escrever pela blogosfera: alguem tinha realmente a ilusao de que, so porque o JEB passou a ser Presidente, o Sporting ia passar a jogar bom futebol/futebol de ataque/ futebol digno desse nome? Mudar de tactica? O Polga ia deixar de fazer 24 passes longos por jogo?

    Saudacoes Leoninas

    • Petinga,
      tu que não falasses no Polga… daqui a pouco estás a dizer que leváms um golo porque ainda estava no ar o cheiro do gel que ele usa… achas mesmo que é o Polga quem decide fazer os passes longos? Por amor da santa…

      • Caro Cherba,
        Claro que nao… pensei que fosse obvio que das minhas palavras se percebesse que o “visado” e o PB. Que da tudo o que tem pelo Sporting, obviamente. Mas o “tudo” dele ja a gente percebeu para o que chega em termos desportivos.

        Nem 8 nem 80: quando o JEB ganhou as eleicoes, o PB ja era o maior deste mundo e do outro, estava sempre a defender o nosso clube e seria uma injustica nao o deixar continuar a frente da equipa, porque ele “ate esta quase, quase a ser campeao, voces vao ver”. E agora voltou a ser uma besta?…

        E eu nem tenho problemas com o Polga, porque acho que se ele nao fosse titular “obrigatorio” mesmo quando esta/esteve em pessima forma ate podia ter continuado a evoluir…

        SL

  9. Shankly, eu não quero despedir ninguem porque nem com isso o problema que eu acho que temos não ficará resolvido..na minha opinião eu considero que sendo o clube com prestigio como é o Sporting, nós temos um nome a defender.. sei que é cedo para a equipa jogar de olhos fechados, sei que os jogadores não tem pernas para correr os 90m.. mas o Sporting seja a brincar ou a serio não pode ter certo tipos de resultados como muitas vezes tem.. este jogo em especifico eu acho que era uma obrigação que tinhamos em ganhar.. podia ser só 1-0.. podia até ser um auto-golo.. mas tinha de ser ganho.. nós socios/adeptos temos que ser exigentes.. dou-te um exemplo.. ao veres um jornal ou um site de futebol vês a seguinte noticia.. “real madrid perde 1-0 com o olhanense.. a tua primeira reacçao vai ser.. o real com as estrelas todas perde contra uma equipa que comparativamente não tem nada ??” ..e é isso que falta ao Sporting.. ao vermos um jogo em que a noticia é ..”Sporting perde 1-0 com o Nottingham Forest” ..vamos dar a desculpa.. há é pre-epoca..caga nisso..eu apenas acho que temos que elevar a fasquia.. se queremos ser grandes..ganhar titulos constantemente.. temos que ser exigentes.. ve lá se o porto perdeu com os pichotes? e eles tambem não tem pernas.. ha algo que tem que mudar..se um psicologo ajudaria? talvez.. por mim até podia ir para lá o prf. Karamba ou o prf. Bambo.. quero é que o “meu” Sporting não seja confundido com um nivel de equipa baixo..não podemos facilitar..

    Cumprimentos a todos
    Saudaçoes Leoninas

    • Petinga, João e Cherba,

      Eu não queria o Paulo Bento a treinar o Sporting esta época, tinha arriscado no Jesus e defendi-o várias vezes.

      Mas… A partir do momento em que o gajo ficou sou obrigado a dar-lhe tolerância até ao 1.º teste a doer, que vai chegar com as eliminatórias da Liga dos Campeões.

      Mandem-me para o caralho à vontade, mas estes jogos servem para duas coisas: ganhar ritmo e fazer experiências. Se ganharmos, melhor, mas ninguém se vai lembrar deles no final do ano. Se fossem só para ganhar o Djaló não tinha ficado 90 minutos em campo.

      Na pré-época passada ganhámos ou empatámos os jogos todos até eu ter ido a Madrid ver o Sporting levar 5-3 com uma 1.ª parte vergonhosa. No ano do Peseiro lembro-me de termos perdido com o Crystal Palace. E daí?

      Uma equipa de nível baixo é aquela que leva 12-1 a doer na Europa (ou 5-2 do Barça em casa, para recordar o teu exemplo preferido, Petinga) e continua a assobiar para o lado como se nada acontesse.

  10. Pingback: Resumidamente « O Cacifo do Paulinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s