O Bloco de Notas do Gabriel Alves – Champions League, play-off

É um estádio bonito, novo… arejado
Sporting – Fiorentina
18 Agosto 2009, 19h45, Estádio José Alvalade

Uma humidade relativa, muito superior a 100%
Numa noite de Verão, a grande curiosidade será ver até que ponto os sportinguistas conseguirão esquecer os espectáculos deprimentes que lhes têm sido servidos neste arranque de época, e rumar a Alvalade para assistir a um jogo que, em situação normal, faria sentar nas bancadas 35 a 40 mil pessoas.

A selecção do Mali tem um futebol com perfume selvagem e com um odor realmente fresco…
Italianos, novamente os italianos. É, efectivamente o Sporting não se dá bem com o futebol cínico destas equipas, mas também é verdade que a Fiorentina faz parte dos momentos felizes vividos contra equipas italianas: em 67/68, na Taça das Cidades com Feira, empatámos 1-1 em Florença e ganhámos 2-1 em Lisboa.

Agora os tempos são outros e esta Fiorentina, que renasceu das cinzas depois de ter aberto falência e começado tudo de novo a partir da série C2, apresenta-se em Alvalade após ter sido quarta classificada no campeonato italiano. Curiosamente, e tal como o Twente, voltamos a defrontar uma equipa que assenta na táctica que eu defendo para o actual plantel do Sporting, 4-2-3-1, e que deverá alinhar de início com Frey; Comotto, Dainelli, Gamberini e Pasqual; Zanetti e Montolivo; Marchionni, Mutu e Vargas; Gilardino.

Este homem é um Mister
Já por diversas vezes considerado o melhor treinador do campeonato italiano, Cesare Prandelli tem feito um execelente trabalho à frente da Fiorentina, onde chegou em 2005. Foi quarto classificado logo na primeira época, mas viu o acesso à Champios fugir-lhe devido ao escândalo Calciopoli, tendo ainda que começar a época seguinte com 15 pontos negativos. Isso não o impediu de alcançar o sexto lugar e o acesso à UEFA onde, na época seguinte, viria a ser eliminado nas meias-finais. A isto junta dois quartos lugares nas duas últimas épocas e chega a Alvalade dizendo que espera um jogo aberto. A ver vamos.

Ele é excelente nestes lances porque a bola está morta e passa a estar viva
A Fiorentina perdeu Felipe Melo para a Juventus, mas manteve Gilardino e Mutu na frente de ataque. Montolivo, Jorgensen e Kuzmanovic, são outros dos nomes a ter em atenção. E não esquecer o capitão e defesa central Dainelli.

 A vantagem de ter duas pernas!
Olho para a Fiorentina e não vejo nenhum Douglas (Twente) nem nenhum Clebão (Nacional). Mas jogar bola pelo chão poderá ser uma boa ideia contra uma equipa onde a média de alturas deverá rondar o 1,83.

E agora entram as danças sevilhanas da Catalunha
Paulo, fiquei à beira das lágrimas (de raiva) com a tua conferência de imprensa de ontem. Disseste que a equipa cresceu frente ao Nacional. Que foi mais organizada. Que soube reagir a momentos adversos e, pior, que não ganhámos nenhum dos três jogos oficiais, mas que também não perdemos nenhum. Quando ouvi isto apeteceu-me partir-te a cana do nariz com uma cabeçada. Depois acalmei-me, e percebi que esta frase explica a nossa forma de estar em campo, as primeiras partes que não existem e a nossa ambição mais expressa em palavras do que em actos.

Sabes, Paulo, a mim sempre me ensinaram que jogam os melhores. Vuk e Matias no banco é uma afronta a qualquer sportinguista e, acredita, espero sinceramente que te tenhas dado ao trabalho de preparar este jogo convenientemente. É que se hoje jogarmos o que temos jogado, não vai haver sorte que te valha.

 Vamos jogar no Totobola
Fiorentina – Sporting    1 x 2

35 thoughts on “O Bloco de Notas do Gabriel Alves – Champions League, play-off

  1. Manifesto 18 Agosto de 2009:

    Acabei de ver alguns feiorentinos… fiorentinos…florentinos, florêncios, ou lá como se chamam, perto do centro comercial de onde trabalho… Não sei se eram adeptos, até porque me pareceram demasiado atléticos e vestidos de igual, com fato de treino branco-lilás e logotipo da Fiorentina… Provavelmente até eram jogadores e eu nem dei conta… Seja como for… pus o meu voodoo em prática! Estou a gozar.
    Só desejo que o sporting ganhe ou empate a zeros, na pior das hipóteses. Quero que entrem em campo com espírito de vencedor. Quero ver o Vuk e o Matias desde o início. Quero poder sonhar um bocadinho. Quero ver o SCP na LC. Quero mandar os italianos à merda. Quero uma equipa verde e branca com garra. Quero ver os gatinhos dentro da caixa. Quero ver os leões à solta. Quero luta, suor, sangue e trabalho! Quero ver esta porcaria andar para a frente! Quero que deixem de ser como o nosso país, sempre a andar para trás! Quero gritos de apoio. Quero destronar os bota abaixo a nossa equipa. Quero meter um pepino no cu dos lampiões!…
    Enfim. Quero alma de sportinguista no campo e façam o favor de jogar, não é preciso jogar bem… basta jogar!

    Saudações leoninas.

    • O nosso Sporting até entrou com espírito decidido. Pena que não tivesse marcado logo no primeiro minuto.
      Espero que substituam o Pedro Silva que está pouco afirmativo e que caia definitivamente a mala-pata do golo. Estou fula da vida por causa da falta de direcção dos nossos remates.
      Ufffaaaaa!!!!!! Até estou cansada sem jogar!!!!!

  2. Spooooooooooooooooooooooooooorting!
    Faço um parêntesis no meu desânimo leonino. Até às 19h45 vou acreditar que é possível golear a Fiorentina e fazer o jogo da década, com golos que serão repetidos sucessivamente nos melhores momentos do ano da Eurosport até Dezembro de 2027.
    Até às 19h45 não há lugar a frustração, raiva, desalento ou desânimo. No meu cérebro apenas há espaço para esperança e confiança. A partir das 19h45 logo veremos se sou um adepto espectacular ou apenas um palerma que ainda acredita no Pai Natal.

    • Amigo sousa cintra,

      Estou contigo e não abro.
      Estas palavras também me encheram de ânimo a mim.
      E sabes uma coisa? Não gostei do palpite do totobola.
      Hoje vamos finalmente marcar e tenho um “feeling” que não vamos sofrer nenhum golo para jogar a nosso favor em Florença.

      Spoooooorrrrting!

  3. Eu quero acreditar que o PB manteve o Vuk e o Matias no banco para os poupar fisicamente para o jogo de hoje. Vamos papar italinos !!!!

    ———- Patricio
    P.Silva Carriço TONEL A.Marques
    ———- Veloso
    Vukcevic ———— Moutinho
    ———– Matias
    ——- Liedson Caicedo

  4. Sendo freguês cá do sitio é a minha estreia.
    Sousa, conhecendo o original es muito parecido.
    Mas o que interessa, somos parvos por natureza e nada pode mudar isso, logo ainda acreditamos!
    Nao nesta equipa, neste pseudo treinador, nesta especie de direcção.
    Mas no Sporting, nunca deixaremos de acreditar!
    E contra isso, nem os 90% nunca poderao fazer nada.
    Porque eu sou do Sporting, e estou-me bem a “borrifar” para gigantones, cunhais de gravata verde e outras coisas que passaram pelo meu Clube.
    Saudações Leoninas a todos

  5. Tou com essa tua equipa, Jedi!
    Palermamente espectacular, deliciosamente desemPolgada!

    E tou pior que o Cintra: Spoooooooorting, com vitória, empate ou derrota, que esta treta só vale a pena imaginada de verde e branco!

    Nada de paneleiragens “roxas”, “vermelhinhas” ou “azulinhas”.
    Veeeeeerdeeeee e branco!
    Iuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!
    …”rapaziada, oiçam bem o que lhes digo, gritem todos comigo, VIVÓ SPORTiNG!!!, tralalala, raralala, raralala…”

    Vulgo, o “Coração de Leão”

  6. GOLÃO, Amo-vos Veloso e Vuk!
    Cabrão, Odeio-te árbitro de merda!

    Vivó Sporting!!!!!!!!!!! Mesmo o empate soube bem! Vamos chacinar esses italianos daqui a uma semana!!! Merda!!!! Pah! Árbitro vergonhoso, miserável!

  7. Agora mais a frio: Este árbitro devia ser nomeado ARBITRO DO ANO pela UEFA!!!

    É uma grande tristeza constatar que os grandes interesses do Futebol profissional vão acabar por matar a magia do futebol.

    Em mim, essa considera-se assassinada…

  8. Grande Sporting!! assim um gajo quase que acredita..
    quanto à arbitragem nem vou falar, basta dizer que o sr. que encomendou o arbitro é o mesmo que disse que se o Ronaldo valia 93Milhoes, ele no tempo dele valia 94.

    uma questão; YANNICK CARALHO?!?!?!?!?!?!?!

  9. Sobre o Sporting tenho a dizer que gostei do que vi: Atitude, Coração, Esforço e alguma Arte ( Fernandez, Moutinho e Veloso ).

    Por outro lado, o Polga está mal, o André está verde, o Pedro Silva anda a ler os livros do Abel e o Liedson ainda não afiou a faca.

    Penso, contudo, que o Sporting é superior à Fiorentina e, salvo outro Arbitro destes apareça, podemos passar a eliminatória.

    Parabéns aos que acreditaram no SCP e foram ao Estádio.

  10. Enfim….

    Bem sei que é a minha obsessão, o meu delírio, mas… enfim.

    Deixem lá o André Marques em paz, e o Rui Patrício. Não liguem às atrapalhações do Postiga, que o rapaz é esforçado e até estorva (na posição dele é melhor que nada). Deixem lá o Caneira, e até o Djaló.

    Olhem, por uma vez na vida, para o desgraçado do nº4, e do quão decisivo ele continua a ser. O Campeão do Mundo do mamanço no 2º golo (ele gosta mesmo de bola, não perdeu pitada do lance, no melhor lugar do estádio), mas também lá estava no lance mais bonito dos caceteiros italianos concubinados pelo idiota do árbitro, com o não-se-quê-tovic (ou -votic…) a mamá-lo ainda fora da grande área, a desmarcar-se isolado, a voltar a mamá-lo na pequena área (onde ele fez um dos seus bonitos slides para fora do campo, só comparáveis aos seus magníficos “ameaços” de que vai de facto saltar a uma bola…), e a só não marcar o 3º golo por milagre do Patrício. Ah, e lá estava na grande área adversária, com a vantagem desta vez de nessas alturas passarmos a ter alguém seguro na retaguarda, a proteger-nos dos contra-ataques, e por outro lado de até ter direito a cobertura por parte de um defesa, pelo menos no princípio, em que os adversários olharam para o número dele e julgaram que o gajo era capaz de ser um potencial cabeceador, desconhecendo obviamente que tem menos golos que o nosso guarda-redes, apesar de lá estar sempre, sempre, sempre….
    Bem, não tendo esperanças que o PB arrume na prateleira esta inominável besta, resta-me ter fé no H1N1. Mostra o que vales, vírus de porcos!

    O Vuk, bem… esquece, pá, o raciocínio até parece que está a voltar, a pouco e pouco, é verdade que com algumas falhas, mas continua, estás no bom caminho.

    Liedson imperial a chatear, infeliz a resolver.
    Moutinho como sempre, Veloso muito bem, Carriço em terra de cegos com um olho e meio. Boa entrada de Pereirinha, a substituir o incompreendido Pedro Silva (incompreendido porque, olhando para o lado, para o seu conterrâneo, não deve perceber a embirração dos adeptos com as suas infinitamente menos numerosas “fífias”…; o pá, o teu mal foi não teres sido convocado por engano para o banco de suplentes de uma equipa campeã do mundo; aprende a viver com isso e desanda!).

    E Matias, amigo, sê bem-vindo, rapaz, estávamos mesmo a precisar de ti!

    Viva o Sporting, Sempre!!!

    Vulgo, o “Coração de Leão”

  11. pah.. tive fora.. hoje voltei.. vi o nosso Sporting.. e apesar de o resultado não ter sido dos melhores.. fiquei bastante contente..vi garra nos jogadores, coisa que ja não via a muito tempo.. e voltei a ter a eterna esperança que sempre nos caracterizou, hoje não tivemos a sorte e o Paulo Bento parece ser o unico a remar contra o sucesso(não percebi porque entrou o caneira..e o djalo..ja nem vale a pena falar).. afinal não é dificil manter a equipa e os adeptos juntos.. basta que haja esforço..dedicação..devoção.. ja que os adeptos mesmo triste/chateados/cansados.. sabem apoiar e estar presente quando a equipa precisa.. agora só me resta esperar mais uns dias pelo jogo de florença para ganharmos !!

    cumprimentos

  12. Não percebo a complacência generalizada perante este perfeito infantil idiota grande filho duma égua chamado Simon Vukcevic.
    Faz uma asneirada descomunal daquelas e sai com aquele ar de débil mental a pensar “enganei-me…”.

    Não há muitas coisas que um futebolista precise de decorar. Assim de repente, lembro-me de duas: (i) o lugar do campo onde joga e (ii) não despir a camisola quando tem um amarelo.

    Gostei muito do jogo. Pereirinha no lugar do parvalhão e vamos acreditar em florença.

    • Tens toda a razao e mais alguma.. mas pior do que o vuk n ter tido capacidade de pensar em não tirar a camisola.. estão todos aqueles que não a transpiram.. o vuk pode ter nos custado o acesso a champions? pode.. se o deviam punir? talvez.. porque esse burro que tirou a camisola de vem lá do montenegro ou raio que o parta respeita mais a camisola que veste e vive mais essa camisola do que o numero 20 que se diz Sportinguista desde pequeno, que desde pequeno veste a camisola e entrou a cagar-se para todos os Sportinguistas !!! Não vou falar do polga..do pedro silva..ou doutro gajo qualquer.. porque todos eles erraram.. mas custa-me é não respeitarem a camisola que vestem.. mas tenho dito e escrito.. que era este adversario que o Sporting precisava para passar a champions.. depois de hoje.. fico com a certeza que se tiverem a mesma atitude de hoje.. daqui a uma semana estamos todos a festejar !

      cumpts

  13. Nem sei o que diga. O Vuk deve ser o meu jogador preferido do Sporting mas neste momento só lhe quero dar pontapés na cabeça. Resta-me tentar acreditar que com ele em campo o Veloso não tinha marcado aquele golaço. Mas não se pode perdoar tamanha estupidez. Aqui assumo que não volto a criticar o PB quando castigar este asno.
    Adorei o Matias e vi uma estatistica interessante, foi o jogador que percorreu a maior distância. Isto faz sentido? Para mim não. Para mim só mostra que anda a cansar-se desnecessariamente a correr atrás de quem não devia.
    Ah, e Placebo amigo, estou contigo. Odeio o Polga do fundo do coração.

  14. Já agora perguntava ao Cherbakov se, uma vez que vuk no banco é uma afronta a todos os sportinguistas, tamanha irresponsabilidade do vuk o que é?

    Onde é que eu já vi isto?
    1. Um jogador querido da Juve,
    2. com talento a rodos,
    3. intermitente no 11 inicial,
    4. com atitudes perfeitamente irresponsáveis,
    5. problemas com o treinador e,
    6. pede desculpa a todos os sportinguistas.

    Sabem quem é? Joga aqui ao lado. Começa em Car- e acaba em Ins.

  15. Se isto não é o renascer do leão, então o mundo está todo louco. Finalmente viu-se garra, raça, raiva, vontade, muita vontade da maioria dos jogadores em afirmarem a sua qualidade, gritando bem alto que esta equipa não está morta, que tem ainda muito para dar. Só assim seria possível jogar contra uma equipa tipicamente italiana em esperteza e qualidade táctica, temperada ainda por excelentes executantes (Gillardino, Mutu, Vargas, Frey, etc.) e virar um resultado com menos um jogador. Algumas notas sobre o que permitiu ao Sporting realizar um excelente jogo, mas também sobre as razões que impediram a equipa de ir além do empate.

    Pontos fortes

    Não é ainda Matigol, mas hoje foi sem dúvida Matishow. Saiba o Sporting e Paulo Bento aproveitar um nº 10 todo o terreno como há muito não se via em Alvalade. Assistências, piques com sentido, visão alargada de todo o campo, entrega total, rapidez de execução e de raciocínio, e técnica, muita técnica que se revela em cada recepção, passe ou simulação. Reforço, pelo que mostrou hoje, Matias Fernandez é a melhor contratação dos últimos anos.

    Miguel Veloso está um senhor jogador e transborda confiança. Neste momento parece-me a única salvação do desgastado losângulo, pois transmite dinâmica e rapidez na circulação da bola a todo o meio campo.

    Postiga fez um grande jogo. Muito incisivo e combativo, trocou hoje as tão portuguesinhas simulações de faltas, por uma acção constante a atacar a equipa adversária. A continuar assim, este poderá ser finalmente o ano da sua afirmação.

    Muito Carriço, como de costume, mas também um cheirinho do velho Polga, a fazer valer a sua experiência, excepto na desgraça do segundo golo.

    Rui Patrício com defesas decisivas nos momentos chave do jogo. No golo talvez pudesse ter feito um pouco mais, mas não concordo que tenha facilitado. O remate é puxado ao canto e com potência.

    André Marques acusa ainda alguma ingenuidade, mas confere poder físico à defesa, sobretudo no jogo aéreo. Actualmente, é melhor aposta do que Caneira.

    Pontos fracos

    Pedro Silva é um perigo público. Não pode ser, um jogador tão inconstante e com tão pouco critério é um risco permanente para qualquer defesa.

    Vukcevic assinou por baixo todas as reservas que Paulo Bento tem quanto à sua “personalidade futebolística”. Se futebol não lhe falta, falta-lhe espírito de equipa que lhe atenue o ego que só o prejudica. Marcou e quis gritar bem alto o seu valor, esquecendo-se que acima de si está a equipa. Tem a palavra Paulo Bento.

    Liedson continua longe do melhor. Tem sido assim todos os inícios de época, mas o que compensa na restante temporada pode não chegar para atenuar o prejuízo dos golos que não marcou nestes jogos decisivos.

    Djaló não é solução no 11, também não é arma secreta vindo do banco. Sinceramente, custa-me dizê-lo, mas creio que a ideia já transmitida por Paulo Bento acerca de jogadores que chegam a uma determinada fase do seu crescimento futebolístico e deixam de progredir, assenta que nem uma luva a Djaló.

    Em jeito de conclusão, tenho esperança que este jogo seja daqueles que marcam uma época. Que a partir daqui a equipa recupere a confiança no seu valor, os jogadores na sua capacidade, que este seja o jogo que marcou o despertar de um jogador de eleição: Matishow.

    Abraço,
    António

  16. Curioso, curioso são as declarações do PB transcritas no site da UEFA. Embora PB tenha criticado duramente o filho da puta do árbitro, no site nada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s