Stoj, Stoj, Stojkovic! Stoj, Stoj, Stojkovic!

No dia em que José Eduardo Bettencourt assumiu na totalidade a pasta do futebol leonino, parece-me pertinente abordar o primeiro caso que tem que resolver: o que fazer com Stojkovic, que ontem meteu a pata na poça no jogo contra a França?

Para lá das muitas ou poucas qualidades futebolísticas do sérvio, os factos são estes:
– Stojkovic tem um enorme ordenado, cerca de 700 mil euros/ano, o que tem impedido de ser contratado por outros clubes;
– Stojkovic aceita rescindir se lhe pagarem um ano de salários;
– Stojkovic estará, muito provavelmente, no próximo Campeonato do Mundo e será titular na baliza da selecção sérvia

Não importa agora questionar quem deu aval à contratação de um jogador com tal ordenado (sim, o Ricardo tinha saído e ganhava mais), sem ter-se dado ao trabalho de ponderar o facto de ter vários antecedentes disciplinares. Importa, isso sim, perguntar o seguinte? Damos-lhe 700 mil ou esperamos que o homem se valorize no próximo Mundial para tentarmos conseguir ter algum retorno do investimento feito?

p.s. – já que falamos em Bettencourt e em Mundial, seria bom que o nosso presidente e, agora, responsável pela pasta do futebol, pensasse em, na reabertura de mercado, ir buscar um companheiro de Matias Fernandez na selecção do Chile, o goleador Humberto Suazo (conforme já aqui defendeu o Jordão). Aos 28, perdido nos mexicanos do Monterrey, era menino para marcar 10 a 15 golos por época no nosso campeonato. E, se a defesa da selecção chilena não der barraca como deu ontem, com o Brasil (Suazo marcou dois golos), vai poder mostrar-se ao mundo no Verão de 2010.

21 thoughts on “Stoj, Stoj, Stojkovic! Stoj, Stoj, Stojkovic!

  1. Será que Stojkovic se irá valorizar durante o Mundial de 2010?

    Esta vai ser dura de resolver.

    O Suazo era capaz de não ser mal visto. Mas, o que fazíamos com a (até agora) sobra Caicedo?

  2. Marinho,
    por muito bom que venha a revelar-se, mais não seja pelas características físicas que tem, o Caicedo é uma contratação para esta época e pronto, pois nunca vamos dar 9 milhões pelo passe.

  3. Não percebeste. Eu queria era saber se não podemos devolver o rapaz em Dezembro, tipo,
    -obrigado pelo empréstimo mas agora já não é preciso-.

  4. Ponto 1 – o caso do stojkovic foi a cereja em cima do bolo, da politica do freitas.

    Ponto 2 – dar-lhe 700 mil agora e ele ficar livre a menos de 1 ano, seria a atitude + estupida k poderia ser tomada.
    Pq? Se temos de lhe dar os 700 mil de qq maneira p ele ir embora, então arrisquemos k ele jogue o Mundial c contracto connosco e ken sabe, a sorte muda p nós e o vendemos por algum dinheirinho?? Correndo mal os 700 mil são os mm …

    Ponto 3 – O benfica antes de contratar o Julio Cesar, já tinha acertado tudo c ele.
    O SCP aceitou a oferta do grupo de empresários k o keriam comprar por 1 milhão € MAS, colocou 1 clausula k durante esta e a próxima época ele não poderia jogar no campeonato português, a não ser por + 1 milhão de euros, o negócio caiu por terra.

    • Concordo particularmente com o ponto número 2. Oferecer 1 ano de salários a um jogador que vai estar no Mundial em 2010 é tao estúpido, tao estúpido, que mesmo os iluminados gestores do Sporting nao seriam capazes de tal feito.

      Ponto 3 – o Sporting realmente perdeu um bom negócio mas concordo que arriscar ver o gajo noutro clube em Portugal tao cedo é algo que o clube nao deveria aceitar. De resto, serve para ver que se (numa realidade alternativa) nós tivéssemos dito adeus ao Paulo Bento e olá ao Jorge Jesus, este “problema” já nao existiria. De todo. Mas isso sao outros quinhentos.

      Saudacoes Leoninas

  5. a minha unica opiniao neste caso é: se lhe derem os 700 mil para rescindir é a maior estupidez que ja alguem fez no mundo do futebol!! e por 2 razoes:

    1- tal como disse o pedja, os 700 mil são os mesmos ficando ou não, e sempre temos a hipotese do gajo fazer um mundial do caralho e ser vendido.

    2- pagar 700 mil para ele se ir embora depois de recusar 500 mil ao Getafe?? so assim do nada ficavamos arder em 1,2M…

  6. Eu até diria mais: se o empresário diz que não encontra clubes que queiram pagar mais do que 15% do que ele aufere em Alvalade, se a nós nos interessa valorizar o jogador, se ao jogador interessa jogar para estar bem no Mundial, será que não podíamos ter emprestado o gajo ao Leiria, por exemplo? O velho Manel tomava conta do gajo e podia ser que ainda pagassem 10% do ordenado. Uma solução a pensar para Janeiro.

  7. Puta que pariu o Stojkovic, pá!
    Era o que faltava estarmos agora a requentar um caso que já cheira a podre. Se vocês fossem directores de um clube e tivessem de investir 1 milhão de euros (mais ordenado) num guarda-redes, iam arriscar fazê-lo neste cromo? Já olharam bem para o cartão de visita do homem nos últimos quatro anos (incluindo a época e meia antes de vir para o Sporting)? Polémicas, casos, empréstimos sucessivos, problemas, questões, coisas, caos, loucura, estupidez, irresponsabilidade, testes abandonados a meio, declarações cretinas, frangos… e pelo meio umas exibições daquelas de encher o olho . Não me parece honesto que se queira agora usar este último item para anular todos os outros. Sobretudo na semana em que ele dá o pato que deu contra a França.
    Sejamos claros: vocês acham mesmo que vale a pena acreditar que ele vai fazer “um mundial do caralho, mesmo do caralho” e depois ter meio mundo atrás dele? Acham mesmo?
    Eu defendi o Stojkovic até certo ponto, pq não me parecia normal que o melhor guarda-redes do Sporting não fosse opção. Mas a partir de certa altura tive de reconhecer que o problema não estaria (apenas) no Paulo Bento. Essa coisa da “personalidade diferente” do Stojkovic não pode servir de guarda-chuva para a imbecilidade do homem.
    Para mim já não existe aqui qualquer lógica de racional de negócio. Se ele fosse bom profissional trabalhava como um cão, com brio, com atitude, rasgava-se todo para mostrar que valeria a pena dar-lhe algum crédito. Mas como não o faz, e como se limita a atirar boutades como a do “sou o melhor guarda-redes da Europa”, tenho para com ele a mesma atitude que tenho para com aqueles loucos que de vez em quando vemos na rua a gritar coisas imperceptíveis: sorrio, afasto-me e penso “bem… deve ser feliz lá à maneira dele”.
    Pois que o seja. Que vá para outro lado qualquer por tuta e meia e que prove ser o melhor guarda-redes do Mundo e do universo. Nós por cá ficaremos com mais uma história lagarta para contar aos netos.

  8. Se um jogador nao cumpre o estipulado no contrato (que presumo que inclua comportamento irregular) por que nao se rescinde com justa causa? Nao foi o Mutu demitido do Chelsea pelas mesmas razoes e ainda por cima posto em tribunal para compensar o dinheiro previamente investido nele?
    Aqui a questao e: houve comportamento irregular? De que tipo? Quando?
    Estou farto de rumores, como so existem no Sporting, fruto de um silencio imperturbavel por parte da direccao no que toca a estas coisas, mas se o rapaz esmurrou o Pedro Barbosa, como se diz, como eh que isso nao eh suficiente para terminacao imediata de contrato??

    • Raul,
      essa é uma questão pertinente. Que o gajo pediu ao irmão para dar uma entrevista manhosa à Bola, todos sabemos. Que o gajo andou ao soco com o Barbosa em pleno balneário, todos pensamos saber mas, efectivamente, se isso tivesse acontecido não precisávamos de andar preocupados com os ordenados do menino há bastante tempo.

      • posso afirmar que isso não aconteceu, houve sim gritos da parte dele e uma atitude completamente tresloucada k fez com k nenhum colega voltasse a sentir confiança ou vontade para dividir o balneario c ele. Foi algo de realment surreal …

    • Filipe,
      eu não sei o que vale este Cleiton Xavier, mas fiquei tão mal disposto quando li a notícia que nem toquei nela. Só prova o amadorismo e o mundinho de interesses com que o Sporting é gerido.

  9. Não sei é para que é que se reintegra um jogador que não faz parte dos planos de Paulo Bento e nem sequer foi inscrito na Liga. Deve ser para criar bom ambiente entre o pessoal! Levar umas cervejinhas para os treinos, mandar umas bocas, enfim…

  10. Bem, aquilo que eu quero dizer apontando a notícia sobre o Cleiton vai um pouco além da questão de termos ou não perdido um jogador de talento, que foi até seleccionado pelo Dunga. Aquilo que aponto é exactamente esse amadorismo que o Cherbakov refere, a falta de consistência dos responsáveis pelas decisões do futebol do SClube entendido como um edifício uno, desde a formação à primeira equipa – mas quem são eles, afinal, esses responsáveis? Deveremos estar reféns do Pedro e do Paulo para decidir o futuro do futebol do Sporting ou existe outra entidade, competente, coerente e com visão de conjunto, que tome decisões estruturais e não pontuais?
    Eu pergunto: quem toma a decisão de dispensar os jogadores oriundos da formação? Quem decide, se acaso essas coisas ficam registadas – porque há sempre a hipótese do Carlos Freitas ter levado os ficheiros com ele (ele lá se lembrou do Moisés e esperou pacientemente pela não entendimento entre o SCP e o Tiago Pinto, de longe melhor, mais completo e mais versátil que o André Marques) -, quem decide, dizia eu, que opções sobre jogadores accionar?
    Vivemos um paradoxo: temos o melhor presidente das últimas duas décadas, pelo menos, temos uma academia a produzir como nunca uma enorme quantidade de jogadores com o selo distintivo de “jogador-tipo do Sporting Clube de Portugal” e nunca como hoje sinto que o clube não tem competência técnica no seio da sua estrutura profissional para o futebol.
    Enfim, talvez o José Eduardo Bettencourt que agora será o responsável máximo pelo futebol possa pôr ordem na casa. Afinal a esperança é nossa, ou estou enganado?

  11. Eu acho uma autêntica vergonha nunca ninguém ter assumido as tão faladas agressões do Stojkovic ao Pedro Barbosa. Porque não assumiram publicamente o ocorrido e despediram o jogador?

  12. Baseada no trabalho que José Eduardo Bettencourt fez enquanto Administrador da SAD, na primeira passagem pelo Sporting, no discurso que trouxe para o futebol português e, à falta de provas dadas ainda enquanto presidente, baseada na intuição e na observação. Se me tivessem perguntado, antes das eleições e da candidatura do JEB, qual o presidente ideal para o SCP teria dito que seria ele. Vamos ver, com o tempo.
    Mas, perdoa-me que te devolva a pergunta: diz-me, nos últimos vinte anos, qual o presidente do SCP achas ter sido um grande Presidente?

  13. passagem pelo Sporting enquanto administrador? Desconheço o que fez.
    discurso que trouxe para o futebol português? referes-te à euforia teatral? não, obrigado.
    mas tens razão o tempo o dirá. os próximos 3 meses são os que confirmarão a minha observação (baseada em evidências palpáveis) ou a tua intuição.
    Desarmas-me com essa pergunta, uma vez que o problema do Sporting é precisamente esse: até agora, nunca houve um presidente em full-time, tal como acontece no Porto, e temos tido um clube dirigido por membros mais ou menos obscuros. Cabe ao JEB inverter a situação, e ele tem a maior oportunidade de todas, mas infelizmente ele põe-se precisamente do lado da continuação.
    abraço

Deixe uma Resposta para ZFS Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s