10 thoughts on “Comer a relva? Come tu!

  1. Infelizmente, é só mais um exemplo da incompetência que reina naquele clube. Alguém pode explicar como é que em Setembro e ainda sem chuva o nosso campo já parece uma horta?

  2. Excelente pergunta Cherbakov!!! Eu sempre ouvi dizer que o relvado ia ser mudado depois do concerto dos AC/DC mas acho que é mais uma promessa que não foi cumprida!!!

    • Enzo Francescoli,

      Depois do concerto o relvado foi realmente mudado. Até foi por isso que o Sporting x Benfica em Juniores se jogou na Academia e não em Alvalade.

      Por este andar, vão ter que mudar outra vez…

  3. Também acho que sim. Deviamos deixar o relvado ficar todo podre. Os nossos rivais iriam sentir uma dificuldade tremenda em fazer jogadas com principio, meio e fim. Boa táctica. Nós como jogamos sempre mal, não nos faria diferença, é só esperar pelo golo do Liédson. Vou agora mesmo enviar um fax para o gabinete do Peruca Branca a indicar isso mesmo.

  4. Vocês não percebem nada! Este relvado está a ser preparado para a recepção aos lampiões que ontem desculparam-se com a relva grega para justificarem a derrota. Quando chegarem a Alvalade começam a patinar e depois dizem que comeram três por causa da relva!

  5. Como já devem ter reparado esta questão não é nova. Segundos os “entendidos” é uma questão estrutural pois a concepção do estadio não permite a entrada da luz solar necessária.
    Talvez o Taveira estivesse distraido a comer uma “lampiona”? ah!ah!ah!

    Saudações leoninas

  6. O novo estádio de Alvalade é na minha opinião um autêntico pesadelo. Acho que foi mal concebido. E até digo mais, nós como adeptos já o defendemos demais.

    – Cadeiras castanhas, laranja, azuis.. o que é que isto tem a ver com a história do clube? É um esquema de ilusão, para dar a entender que estão mais pessoas nas bancadas do que realmente estão?! E isto é bom? E já tinham pensado nisso antes de o fazer? Já estavam a contar com isso? VERGONHOSO, quero cadeiras verdes e brancas, como antigamente. Perdeu-se mística.

    – O fosso. Serve para que não hajam invasões de campo? Já houve, ou são 10 stewards que vão impedir que uma data de bêbados enraivecidos os levem à frente?! Os adeptos deviam estar ali junto à relva, como na Inglaterra…ou no estádio do Bessa (que é bem bonito por sinal).

    -Os monitores gigantes colocados nas bancadas são outra vergonha. Como é que isto é possível? Eles deviam estar agarrados ou na cobertura do estádio, ou na parede do 2º anel. DEVIDAMENTE SEGUROS, evidentemente. Estão ali na bancada… e (não conseguindo de todo o modo saber se foi verdade ou não)ainda quiseram dar esses lugares atrás dos placares aos invisuais. Sem palavras.

    – O Alvaláxia (às moscas). O 2º piso então é uma vergonha. Lojas fechadas, uma vergonha. Agora meteram e bem um Lidl em baixo, costuma estar cheio. Em relação aos cinemas não sei as estatisticas de espectadores, mas não discordo com a implementação das salas. Porque não meter no 2º piso um Casino? Dá milhões. Também se paga muito dinheiro, mas acredito que iria lá muita gente.

    Aspectos positivos que vejo no estádio: esvazia facilmente, boas acessibilidades, Metro e Autocarros “à porta”, a pala é magnífica e foi muito bem concebida e pensada.

    Quando entrava no velhinho Alvalade sentia um calafrio na barriga. Quando se subia a escadas da Sul e depois entrava-se na porta e via-se no relvado, lembro-me perfeitamente desse sentimento. Neste novo não acontece nada, entra-se, senta-se, vê-se um mau jogo e vamos para casa.

    Lamentável.

  7. Tens razão em alguns pontos, mas no antigo José de Alvalade as bancadas não estavam junto ao campo… e a razão pela qual os monitore não estão suspensos é porque a pala não tem estrutura suficiente para aguentar o peso. Inicialmente tal estava previsto, mas depois foi mudado… quanto ao ceder os lugares a invisuais não vejo qual é problema se era de graça e foi uma reacção exagerada da ACAPO na altura. Ainda ontem fui a uma concerto onde os lugares do coro (onde a orquestra está de costas) tinham sido cedidos a invisuais.

    Já a questão do casino também não é simples, porque são precisas licenças e neste momento a Estoril Sol (que detém o monopólio do jogo em Lisboa) conseguiu a licença para o Casino de Lisboa mas não voltará certamente a gastar mais milhões.

    O relvado sofre e irá sempre sofrer pela escassa exposíção solar e há também um problema com a drenagem. Conheço o responsável da empresa encarregue pelo relvado e acredita que eles têm tentado o possível e o impossível mas até ver sem grandes resultados…

Deixe uma Resposta para Kalinka Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s