Agora?!?

O Sporting tem dinheiro e vai fazer investimentos que acho que podem vir a fazer a diferença. Não vai ao mercado só por ir […] Vamos gastar o que tivermos de gastar.”

As palavras são de José Eduardo Bettencourt, no jornal O Jogo, e seguem-se a mais uma patética derrota em Alvalade, desta feita frente à União de Leiria e que, em minha opinião, colocou um ponto final nas ténues esperanças de podermos sonhar com a possibilidade de nos introduzirmos na luta pelo título (em resposta a este post do Cintra, defendi que tudo ia depender de ganharmos a tripleta Setúbal, Leiria, Naval, pois o calendário colocava Braga, Benfica e Porto perante jogos onde podiam – e confirma-se – perder pontos).

O nosso presidente diz, também, que “[…] temos a consciência de que precisamos de mudar alguma coisa para transformar a equipa. Os sportinguistas disseram que precisam desse alento em termos desportivos, e essa mensagem está apreendida”, frase que me leva a uma pergunta: mas só agora perceberam que os Sportinguistas precisam de alento?
Que os Sportinguistas estão cansados de mau futebol e de futebol fraquinho?
Que os Sportinguistas estão cansados de ver jogadores medianos envergarem uma camisola histórica?
Será que as cada vez menores assistências em Alvalade, não lhe deram essa percepção aquando da sua candidatura e posterior eleição, sr presidente?
Será que as lacunas na equipa que se apontam agora não são as mesmas do início da época, sr presidente?

E, sr. presidente, deixe-me colocar-lhe mais uma questão (ou duas).
Este tardio reforço da equipa, não olhando a valores, mas sim à qualidade dos jogadores, é feito com que objectivo? Ficar em quarto? Ganhar uma Taça? Não levar 12 do Liverpool?
Este tardio reforço da equipa, não olhando a valores, mas sim à qualidade dos jogadores, significa que Carlos Carvalhal vai ser treinador do Sporting na próxima época? É que estar a reforçar a equipa para, daqui por seis meses, chegar um novo treinador e mudar tudo novamente, não faz sentido nenhum. E, pelo menos até ao momento, essa é uma hipótese totalmente em aberto.

34 thoughts on “Agora?!?

  1. Cherba,

    Hoje por hoje ao Sporting só restam 3 coisas de valor: (i) as suas próprias acções na SAD, (ii) os “passes” dos jogadores de futebol que tem e (iii) os seus adeptos.

    É fundamental que o futuro não ponha em causa o crescimento (ou sequer a sua sustentabilidade). Simplesmente não temos capacidade para aguentar (financeiramente mais do que psicologicamente) mais erros. O próximo a ir pode ser o clube da propriedade da SAD.

    Por isso às tuas pertinentes perguntas, acrescento as minhas:
    – pode o Sporting dar-se ao luxo de desvalorizar (para valorizar o que está a adquirir pelo preço de mercado) o que tem?
    – quem tem o Sporting na sua estrutura que consiga reduzir a zero (que é a margem de erro do clube) o risco de uma contratação? E essa pessoa é nova no clube e nós não tivemos a oportunidade de nos ser dada a conhecer? E se não é nova, porque se enganou no passado?
    – pode o Sporting dar-se ao luxo de investir forte e falhar no investimento?
    – é esta a forma de motivar uma equipa que ainda procura adaptar-se aos métodos de um novo treinador?

    Medo. Muito medo.

  2. o kardec foi um dos melhores marcadores do último campeonato do mundo de sub 20 (4 golos), tem um 1m86 e é um excelente cabeceador. foi para o benfica por 2,5 milhoes.

    pergunto-me, tendo em conta as suas caracteristicas e o seu valor, será que foi caro? Não. Se o SCP nem este tipo consegue ir buscar então mais vale desistir por agora.

    • nós também andámos a choramingar por não termos conseguido o keirrisson por empréstimo e agora nem ao banco vai, se for preciso. Esta Kardec já vem dizer que é como o Jardel mas às tantas acontece-lhe como o Makukula! A mim o que me assusta mais é ficar com a ideia de que é o JEB que vai escolher os reforços. Isso sim é medo! muito medo!

      • era apenas um exemplo de alguem que tem, idealisticamente, exactamente as caracteristicas de um avançado que precisamos.
        o JEB diz que temos dinheiro, o Vieira já contratou um médio defensivo e um avançado (8,5 milhoes).

      • Cherbalove,

        o que interessa ao Sporting o que gasta o Benfica?

        Gastar muito é gastar bem?

        Se o LFV está a levar o Benfica no caminho a falência fica contente por arrastar o Sporting com ele também?

        O Sporting não tem de andar a reboque dos outros. São os outros que têm de andar a reboque do Sporting.

  3. “Gastar muito é gastar bem?”

    Não necessariamente. Mas se o meu irmão tiver disponíveis 8,5 milhões para comprar uma casa (e eles até dizem que têm mais no banco), e eu tiver 850 mil euros, é natural que a casa dele seja melhor. Mais espaçosa, mais confortável, mais arejada, mais bonita, etc.. Muito melhor e sem grande esforço. E até pode o meu irmão ser o tipo com pior gosto do país e eu o tipo com melhor gosto do universo. Pode sempre pagar a algum tipo que entenda do assunto que lhe escolha a casa e decorações.

    Custa assim tanto perceber?

    Ignorar isto é não ter sensibilidade para isto do futebol e acreditar em milagres todos os dias.

    “Se o LFV está a levar o Benfica no caminho a falência fica contente por arrastar o Sporting com ele também?”

    Não sei se está se não está. Esperemos todos que sim. O que eu sei é nós continuamos no mau caminho e sempre sem capacidade de ir ao mercado como um clube que se diz grande.

  4. Foda-se! Mas eu vou viver com o dinheiro do meu irmão? Ele vai dar-mo? Vou pedir-lho emprestado e ele não me vai cobrar juros?

    E se o meu irmão e eu tivermos os dois €850mil para comprar uma casa e ele, em vez de utilizar os €850mil, endivida-se até ao pescoço a acreditar na valorização da sua casa, e pede €8,5M? A opção dele é melhor do que a minha?

    É preciso que este ponto fique claro: se o Sporting gastar mais, o Benfica não gasta menos. Gasta mais. Ninguém sai vencedor deste jogo.

    Agora, a menos que tenha 90 anos (e seja um exemplo de info-inclusão para a sua geração) e tenha filhos, netos e bisnetos do Benfica, querer ver o Sporting a endividar-se mais parece-me coisa para dar muito mau resultado. A curto, médio e longo prazo.

    • Endividado já estamos. Não quero que nos endividemos mais. Não me interprete mal. O caminho a ser seguido é o da racionalidade. Agora como não acredito em milagres santos todos os dias, não acredito que se consiga equipas para lutar títulos com um terço ou um quarto do investimento dos outros.

      Não se pode exigir campeonatos com isto. E o sportinguista exige. E se corre mal culpa Bento e culpará Carvalhal e culpará quem se seguir.

      O único caminho realista que vejo num quadro próximo é que os sócios se convençam DE UMA VEZ POR TODAS que não lutamos com as mesmas armas dos outros e que nos resta, em condições normais, o consolo do 3º lugar.

      • Bozinovski,

        não lutamos com as mesmas armas, lutamos com armas diferentes.

        Eu acho que lutamos com armas melhores, porque são mais baratas e geralmente têm mais talento. Assim saibamos ser racionais na gestão dos recursos que temos.

        Da mesma forma como não podemos achar que o Di Maria é um talento incrível – porque tem limitações ao nível intelectual gritantes – não podemos andar a dizer que os nossos jogadores são maus.

        O Sporting até poderia ter o 3º melhor plantel, isso não justificaria a posição que ocupa neste momento.

        Mas é absolutamente necessário que se deixe de comparar o valor dos plantéis pelo nível de investimento. Porque, para dar um exemplo, nesse caso o valor do plantel do Barcelona seria muitas vezes inferior ao do Real Madrid. E como equipa, parece ser superior.

        O valor dos plantéis deve ser aferido pelo valor médio de mercado do 11 base e o valor de mercado dos 15 jogadores mais utilizados.

        São estas as armas que o Sporting tem para utilizar.

        Há um exemplo que deve ser colhido do Benfica, apenas 1 e não é no investimento, é este: tendo saído o Simão para o Atlético de Madrid (o que lhes acabou com a temporada!), foram contratados 4 jogadores), Adu, Di Maria, Cristian Rodrigues e Maxi Pereira. Isso sim foi um investimento bastante proveitoso e demonstrador que se fazia trabalho de casa.

        No resto, o facto de produzirmos em casa o que os outros têm de comprar só diz uma coisa: que temos condições para sermos mais fortes, porque temos o know how, durante mais tempo. Para eles, basta falharem um conjunto de contratações que o castelo pode ruir.

      • só podes estar a brincar cmg, ó PLF. Compreendo o que dizes, mas nem o barcelona se fica apenas com a prata da casa. não é uma equipa de juniores que vai ganhar o campeonato. e também não é todos os dias que se arranjam negócios como o do liedson.
        há anos que falamos no caralho das escolas e não ganhamos um caralho de um campeonato porquê? Se essa merda fosse tão simples, e bastasse apostar nas camadas jovens, então ninguém comprava e éramos todos felizes. se os outros investem 25 milhoes e eu tenho 2 milhoes para investir estamos uma luta justa?

        Esta merda não é o FM. Nós até agora simplesmente não conseguimos ir buscar ninguém, é simples. e por isso temos um plantel extremamente desequilibrado.
        o burro do bettencourt critica o fundo do benfica e dois depois já diz que é bom. caralho, que vá à puta da Vieira de Almeida que eles fazem-lhe um fundo igual. é simples, avaliam os jogadores, o SCP vende uma pequena % dos passes e utiliza esse dinheiro para reforçar a equipa. o que acontece é que neste momento temos os jogadores completamente desvalorizados.

        O kardec é só um exemplo, se calhar o tipo é um mau investimento, veremos. mas se já todos sabemos quais são as falhas do SCP porque é que ainda nenhum jogador está contratado. filho da puta do paulo bento, o varela até a defesa direito tinha lugar no SCP.

        agora em nenhum lugar do mundo a capacidade financeira não influencia os resultados. é óbvio, mais dinheiro, mais capacidade de investir, mais resultados. se o investimento é melhor ou pior, isso é uma quesão posterior, porque se eu não tiver dinheiro simplesmente não invisto. até a merda do manual do césar das neves fala disto…

      • Para já, Cherbalove, espero que tenhas consciência (mas não deves ter) que se o Sporting tivesse a capacidade financeira do Barcelona e tivesse conseguido manter os frutos da sua formação nos últimos 10 anos(o Xavi estreou-se na equipa principal em 1998/1999) que o Sporting tinha uma equipa DO CARALHO.

        Portanto, se nos últimos 10 anos tivéssemos conseguido jogar apenas com os nossos jogadores da formação, repito, estávamos como o Barcelona (ou melhores).

        Portanto, a todos aqueles que dizem que jogar com os frutos da formação não chega, o meu dedo (do meio) bem levantado.

        Por outro lado, não percebo esta merda destas queixas de que “os outros investem mais”. Foda-se… temos mais dinheiro para investir? Não temos? Então passe-se à solução seguinte. Olhar para os outros e chorar é que não.

        Temos aqui uma mais valia que é necessário explorar e o resto é conversa. Também não disse que o Sporting deveriam ser 11 jogadores da formação a jogar. Mas pelo que vejo em campo, começo a ficar convencido que sim.

        Agora, andar a vender o cu e 8 tostões e depois gastá-los em “investimento” cujo retorno é uma incógnita, não. É como um junkie a dizer que o próximo sera o último chuto.

        Por último, o sporting já cedeu parte dos passes dos jogadores a um fundo uma vez. Pode fazê-lo novamente, mas isso é ANTECIPAR RECEITAS. Foda-se! Distribuir o risco é bom mas POR DEFINIÇÃO implica partilhar também o lucro.

        E eu não sei o que diz o manual do césar das neves, mas deve dizer qualquer coisa como “se tens ma empresa endividada até ao tutano e se conseguires equilibrar as contas sem te endividar mais, faz isso e depois pensa em investir”.

        Senão é uma merda de um manual!

      • mas o problema é esse. isto não é o barcelona, os jogadores da escola do SCP querem ir para o barcelona e não o contrário. e não podemos esperar que em todas as fornadas de camadas jovens num país pequeno como o nosso apareçam figos, ronaldos, etc…
        sim é uma antecipação de receitas, e? divisão de lucro…pois claro, mas diz-me lá que lucro é que temos tido? tenho a certeza absoluta que se 5% do passe do ronaldo fosse de um fundo privado que o tipo não tinha sido oferecido ao MU.

        “se conseguires equilibrar as contas sem te individares mais” – primeiro, no caso do fundo, não te estavas a endividar mais (pelas minhas contas), até pq o dinheiro da venda da % dos passes seria utilizada para investir noutros activos; segundo, essa história da poupança, só por si, é pouco inteligente, não passa de uma forma de estagnação…
        sem investimento não há criação de riqueza. no caso do futebol, parece-me óbvio por várias razões que não chega o investimento nas camadas jovens. mas mais, o facto de olharmos para os adversários directose seus investimentos é inevitável, é até obrigatório, porque é com eles que concorremos. quem me dera a mim sacar agora um david luiz, um álvaro pereira, um ramires, um lisandro lopez e um hulk das camadas jovens no actual estado de maturação.

      • Assim de repente lembro-me de uns €25,5M do Nani. Trocos…

        E só não foram mais, porque já se rejeitaram propostas de €15M pelo Moutinho, €10M pelo Veloso e €6,5M pelo Djaló.

        Sabes de outras propostas feitas a jogadores do Sporting?

        E sabes por quanto saiu esse grande “investimento” de €7M chamado Rodrigo Tello? Zero…

        E… foda-se… queres sacar Hulks mas não tens dinheiro. Vais fazer como? Inventá-lo? Hipotecar o futuro?

        E vais faer o quê aos €4,5M que pagaste a pronto pelo Izmailov? Vendê-lo com lucro depois de o meter no banco??? Ou os €2M que pagaste por 50% do Vukcevic? Vendê-lo quando ele mandar todos pócaralho? Ehpá… desce à Terra! Isto não é mesmo o FM.

        É que o Hulk pode ser um grande jogador… mas 50% do passe custaram €5M… e as suas estatísticas estão um pouco aquém do Varela. Quem? Sim, desse gajo que foi despachado pelo Sporting. Era extremo.

        Mas alto! É da formação portanto não tem valor. Ou melhor, o valor não conta para o “investimento”.

        Esta merda é mesmo verdade. O André Santos é um grande jogador. O Adrien é uma merda e deve rodar. Porquê, apesar de ter sido sempre o contrário? Porque bons são aqueles que não jogam no Sporting.

        Já o Fernando e o Raul Meireles… Ui! Jogadores!

      • ninguém disse que os jogadores da formação são maus. nada disso. nem disse que o varela é mau ou que o andré santos não presta, pelo contrário…
        mas alguma vez ganhamos algum campeonato só com jogadores da formação nos últimos 30 anos? mas isso existe sequer numa equipa que quer ser campeã? manda-me lá as estatísticas do ajax, já agora…
        o meireles e o fernando não prestam? enfim…

        mas porque a única vez que investimos muito dinheiro num jogador, saiu um caralho de jogador isso quer dizer que é um erro gastar dinheiro? se a formação resolve todos os problemas então porque é que estamos a bater no fundo? nem sequer vender jogadores sabemos caralho…

        que não há dinheiro todos sabemos, afinal agora já há. eu não digo para gastar o que não tÊm, mas digo para se desenmerdarem e procurarem soluções porque foi para isso que foram eleitos. a solução do fundo, por ex., é completamente diferente de estar a vender o dinheiro de um patrocínio de 10 anos…mas é apenas uma ideia. se a aposta na formação é o plano (ja oiço falar desta merda há anos, e n se vÊ um caralho, estamos cada vez mais endividados e fodidos, depois até com o paulo machado o porto faz dinheiro), então que se deixem de merdas e façam um comunicado aos adeptos a avisar para o pessoal não ter grandes esperanças, porque só temos dinheiro para o por os putos a jogar.

        assim, não vale a pena sequer esta discussão porque a ideia de apostar unicamente nas camadas jovens é a única ideia viável, o resto é estúpido.

        dados – não jogamos um caralho, nem ganhamos um caralho.

      • Cherbalove,

        esta merda de discussão não leva a lado nenhum porque tu achas que a solução é investir dinheiro que o Sporting não tem.

        Eu como acho que isso está no campo dos impossíveis (ou dos indesejáveis, leia-se hipotecar o futuro e com ele a maioria do capital da SAD), não consigo pensar em mais investimentos de merda.

        Digo-te simplesmente: só houve 1 jogador do Sporting comprado acima dos €2,5M que tenha saído por mais do que foi comprado. Foi o Duscher e já lá vão 10 anos.

        Todos os outros, Jardel, Niculae e quejandos, “obrigaram-nos” a comprar Purovics, Caicedos e afins.

        Se esta merda tivesse sido gerida de forma racional, não estávamos a discutir isto. Como não foi, não vale estar a discutir que deveria ter sido. Não há dinheiro para investir, não há, ponto final. O dinheiro não gera dinheiro porque senão o Jardel, o Niculae, o Tello, o Carlos Miguel e o Kmet também tinham gerado. E esses só geraram dinheiro para uns bolsos mais simpáticos, mas não foi para os nossos de certeza.

        A formação não resolve todos os problemas. Mas a formação do Sporting pode evitar muitos. Tem-no feito. E o facto de não reconheceres isso é porque não dás valor ao que tem valor. É a tua opinião e temos de viver com ela. Mas eu fico fodido por ver que se querem contratar jogadores quando não se tem dinheiro para os pagar e actualmente não se gera dinheiro suficiente para lhes cobrir os salários, porque as contas da SAD são sempre deficitárias.

        Não jogamos um caralho porque tivemos 1 treinador que virou as costas à nossa cultura de jogo.

        Vamos esperar para ver se o regresso à nossa cultura de jogo funciona.

        Senão enterrem o clube de vez.

      • bem, devo ter-me embrenhado numa lapaliçada e não sei ou então endoideci. aquilo que quis dizer:
        – não proponho gastar aquilo que o SCP não tem, até pela impossibilidade material da coisa;
        – agora se querem reforçar o plantel decentemente, arranjem soluções para conseguir dinheiro, nem que vão todos dar o cú;
        – se querem apenas, por impossibilidade, apostar na formação, não me venham com merdas e nos próximos 5 anos deixem de se apresentar como candidatos ao título.

        já agora, o teu presidente ainda hoje disse – «Há dinheiro para investir em Janeiro».
        e isto já esteve mais longe de fechar, sim.

      • “Bozinovski,

        não lutamos com as mesmas armas, lutamos com armas diferentes.

        Eu acho que lutamos com armas melhores, porque são mais baratas e geralmente têm mais talento. ”

        Eu não consigo responder a isto. Ultrapassa-me de todo. É uma mentalidade de muitos sportinguistas, de crença ou de sobranceria que não compreendo. Deixa-me mesmo sem palavras. Não estou a ser irónico.

        A nossa diferença não é eu querer investir o que não tenho – querer investir quero, mas se não há (e não há), ninguém defende o endividamento eterno.

        A nossa diferença é que tu acreditas piamente que esta diferença de investimento, com melhor perspicácia nossa em contratações cirúrgicas, vai resultar de certeza. Eu não sou optimista. Acho que só resulta se Porto e Benfica fizerem campeonatos anormais de fracos.

        Fomos campeões pela última vez quando de uma assentada se investiu forte em Jardel e Niculae (juntando-os a jogadores mais que feitos: Barbosa, João Pinto, Paulo Bento, Rui Jorge, Babb, André Cruz) e em outros dois que todos conhecíamos dos juniores e sabíamos ter qualidade que aparece de tempos a tempos dos juniores (Viana e Quaresma).

        Jardel e Niculae não deram retorno financeiro? Não. Um por uma razão outro por outra. E então? Alguém acha que se investiu mal nesta gente?

      • Falharemos sempre contratações. Toda a gente falha. Os com muito dinheiro e os com pouco dinheiro. Isso do não falhar nas contratações é utópico. Não conheço clube de mundo que não falhe. Mas quem tem muito, em condições normais, falha menos. Mais, pode dar-se ao luxo de falhar. O Porto falha: em Prediguer, em Guerin, em Benitez, em Bolatti, em Mariano, em não sei quem mais todos os anos. Mas acerta em Lisandro, em Lucho, em Hulk, em Falcao, em Alvaro Pereira, etc. E esta gente não foi gente barata. Barato foi Cissokho (negócio do século) e Fernando.

        O Benfica falha: Balboa, Adu, Sepsi, Kikin Fonseca, Schaffer, Patric, o próprio Sidnei foi um balúrdio, etc. Mas acerta em Cardozo (que nós tínhamos na lista, disse Bento, mas não tínhamos dinheiro), em Saviola (que idem idem aspas aspas), em Ramires (que idem idem aspas aspas), em Javi García, etc.

        O Sporting também falha. Mas como tem menos para gastar, tem menos margem de manobra para falhar. Porque tem comprado nos últimos seis anos na base do tentar achar milagres por tostões. E isso não é impossível, mas acontece uma em dez vezes. Portanto quando dizem que a questão do investimento é falsa…

        Mais, e isto devia ser óbvio para qualquer sportinguista: nas mesmas condições normais, se Porto, Benfica e Sporting lutarem pelo mesmo jogador, eu não sei onde ele parará, mas sei que não virá para o Sporting de certezinha absoluta – porque a nossa oferta ficará sempre atrás das outras.

      • Bozinovski,

        eu acho que se investiu mal nessa gente.

        Porque basta olhar para o plantel do FCPorto que perdeu em 1999/2000, com Jardel, para perceber duas coisas: (i) que nem sempre os plantéis com os melhores jogadores ganham campeonatos e (ii) que um plantel bem feito no Sporting é um plantel que consegue equilibrar (no mínimo) valor actual com valor potencial.

        O plantel do Sporting que ganhou o último campeonato era horrível neste aspecto. Não havia, excepção feita ao Niculae e aos ex-juniores Viana e Quaresma, 1 único jogador com mercado.

        E é assim que se acumula capital para reinvestir. Não se pode enterrar dinheiro em jogadores que não podem dar retorno outro que não desportivo. E foi o que o Sporting fez. De todos os jogadores presentes nesse plantel, que era bem curto por sinal, só o Viana e o Quaresma foram transferidos (quem gosta de criticar o Pedro Silva ou o Grimi deve lembrar-se que esse plantel tinha o Diogo, o Hugo, o Nalitzis, o Luís Filipe e… já agora, jogaram também nessa época o Jorge Vidigal, o Lourenço, o Custódio, o Afonso Martins, o Dimas, o Gisvi… só para mencionar algumas super-estrelas do futebol que alinharam foram campeões e que faziam parte pelo menos das opções para o plantel).

        E por último…

        Se há lição que esses 2 campeonatos nos podem dar, é que o Sporting pode ser campeão com coxos no plantel. Di Franceschi, Bino, Toñito, Hanuch, Ayew, Mpenza, Iordanov, Marcos, Vinícius, Quim Berto, Afonso Martins, Robaina. Quantos destes jogadores teriam actualmente lugar no plantel?

        Se perceber alguma coisa de futebol, a reposta é zero.

        O que nos ensina é apenas uma coisa: que se deve investir pouco e muito localizado.

        Porque depois não queremos ex-administradores da SAD (infelizmente actualmente presidentes) que digam que gastaram €60M para criar um período de hegemonia mas que tiveram o azar das coisas correrem mal.

        Quando se põem todos os ovos no mesmo cesto e se o deixa cair, demora muito tempo até voltar a enchê-lo.

        Se isto é o que o Benfica está a fazer ou não, pouco me importa.

        O que eu sei é que é preciso que o Sporting aprenda com os erros do passado. Aprenda que não é investindo muito que se tem muito retorno e aprenda que hipotecar receitas futuras hipoteca o investimento futuro no caso – não negligenciável – da “contratação” não ser um “reforço”.

        Agora, achar que o Sporting contratou o Caneira, o Postiga, o Rochemback, o Romagnoli, o Grimi e o Izmailov, todos jogadores bem conhecidos e alguns dos quais estiveram sob empréstimo, na base de “tentar o milagre” é estar obscurecido para a realidade.

        E a realidade é esta: os jogadores mais valiosos do Sporting são os da sua formação. Ponto final.

      • Olha… E Bozinovski…

        Vale o que vale:

        “Quanto ao Sporting, penso que é claro aquilo que tem de dizer aos adeptos: uma aposta clara na formação. O Sporting é uma loucura a formar jogadores. Talvez o Barcelona seja semelhante. Não somos campeões este ano? Ok, mas para o ano talvez consigamos. Agora ir buscar jogadores que já deram a volta ao conta-quilómetros é que não. Tapam o crescimento dos miúdos”, concluiu.

        Aqui:

        http://www.record.pt/noticia.aspx?id=013fa440-22dc-418e-8f62-19578e683253&idCanal=00000044-0000-0000-0000-000000000044&h=7

      • “Bozinovski,

        eu acho que se investiu mal nessa gente.”

        Ai sim? Investiu-se mal em Jardel e Niculae. Pá, é que não sei mesmo contrariar isto. Foi mesmo mal jogado ter-se ido buscar o Jardel… Ou o Niculae…

        “Se há lição que esses 2 campeonatos nos podem dar, é que o Sporting pode ser campeão com coxos no plantel. Di Franceschi, Bino, Toñito, Hanuch, Ayew, Mpenza, Iordanov, Marcos, Vinícius, Quim Berto, Afonso Martins, Robaina. Quantos destes jogadores teriam actualmente lugar no plantel?”

        Pois pode. Mas esse campeonato foi uma anormalidade (como foi o do Boavista ou o do Benfica de Trapattoni). Não vê quem não quer. E a anormalidade foi o Porto não o ganhar. E tínhamos André Cruz, Schmeichel, César Prates, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Barbosa e Acosta, que na mesma linha de raciocínio, provavelmente eram hoje titulares. São só 8 jogadores.

        “Agora, achar que o Sporting contratou o Caneira, o Postiga, o Rochemback, o Romagnoli, o Grimi e o Izmailov, todos jogadores bem conhecidos e alguns dos quais estiveram sob empréstimo, na base de “tentar o milagre” é estar obscurecido para a realidade.”

        Mas acha que se tivéssemos 10 milhões para dar pelo Cardozo ou 5 pelo Saviola, tínhamos ido buscar o Postiga ou o Purovic ou o Tiuí. Caramba.

        E fomos buscar de novo Rochemback e Caneira porquê? Porque tinham o passe na mão e tinham passagens felizes no clube.

        E Romagnoli acha que era o nº10 que qualquer treinador ou dirigente ambicionava ou era o que havia disponível no mercado por aquele dinheiro?

        Grimi é estupidez indefensável (que já agora nunca apoiei, estou à vontade para falar nisso).

        Irra. Isto é tudo tão básico.

      • Ahhhh!

        Mais um Vidigal-lover. Isso já explica alguma coisa.

        O que eu não consigo explicar, e já tentei de várias formas, é que se se hipotecam receitas futuras, estar-se-á a perder margem de manobra no futuro. Mais dinheiro agora = menos dinheiro no futuro. Isso é que, de tão básico que, é, é impossível explicar com maior simplicidade.

        O que não explica é a falta de sentido de se discutir o que o Sporting não consegue contratar.

        Contratar o Cardozo? Excelente negócio.

        Contratar o Saviola? Excelente negócio.

        Contratar estes Cardozo+Saviola, + uma catrefada de gajos por valores entre os €2M e os €5M = péssimo negócio.

        Porquê?

        Pela mesma razão que o calhau com olhos do Caicedo poderia ter marcado contra Rio Ave e Marítimo e o Sporting teria + 4 pontos. Porque no futebol, uma actividade onde é difícil prever o rendimento e uma actividade em que o valor futuro depende do da performance individual e colectiva, é irracional elevar a dose de risco para os níveis praticados pelas gestões de JEB e MRT no princípio da década.

        Essa é a lição: Jardel e Niculae foram bons negócios?

        Sim se considerar o campeonato que permitiram ao Sporting ganhar.

        Mas uma pessoa inteligente vai um bocadinho mais além.

        Pensa. E pensa o seguinte: se em vez de se ter posto os ovos todos naquele cesto (que além daqueles 2, incluíam o JVP, o Tello, e muitos outros jogadores como o Barbosa e o Sá Pinto, que recebiam €150mil/mês e que jamais trariam um rendimento financeiro ao clube) que caiu ao chão e os partiu todos, tivesse assumido uma actuação cautelosa, tivesse renovado os contratos com o Cristiano Ronaldo, o Quaresma, o Viana etc., que equipa teria?

        E qual teria sido a minha margem para “atacar o mercado” (como dizem) se não tivesse hipotecado todo o meu dinheiro, daquela temporada naquele conjunto de jogadores que jamais trariam um rendimento financeiro?

        Pois.

        É aqui que a questão se complica. Para quem a consiga perceber. Concedo que não é imediato.

        Mas o passado é o passado.

        Se me quer dizer que o Sporting precisa de contratar melhor, estou de acordo. Que tem de deixar de contratar jogadores medianos, por valores altíssimos, ainda estou mais de acordo.

        Mas o que me estará a dizer – mesmo que não saiba – é que o Sporting além de ter os 9 jogadores oriundos directamente da formação que tem actualmente no plantel, teria muito mais.

        E se for esta a sua solução, tem o meu apoio incondicional.

      • “Ahhhh!

        Mais um Vidigal-lover. Isso já explica alguma coisa.”

        Ai a minha úlcera. Sim, explica que naquela especifica posição, à frente dos centrais, neste momento, com dois centrais que tremem como varas verdes, prefiro ter um trinco varredor (à imagem de Fernando no Porto, do espanhol do Benfica) do que um tipo que passa muito bem a bola, mas sem velocidade e que é passador autêntico (Veloso), ou do que um tipo prometedor, com margem de progressão, que por ora falha passes às carradas, que tem ainda muito quilómetro para correr até se tornar num jogador de futebol feito (Adrien). Entendido?

      • PLF,

        Se consideras o investimento no Niculae um mau investimento então qualquer compra um mau negócio porque… o jogador pode-se lesionar!
        Não percebo pq é que achas comprar o saviola um excelente negócio e depois consideras o Niculae um mau negócio! O gajo tinha 21 anos, um potencial espetacular, tenho a certeza que se não tivesse tido aquele azar seria para a romenia o que o sheva é (foi) para a ucrania!
        Se o cardozo se lesionar como o Niculae já vais achar um mau negocio?
        Quanto ao facto de acreditares piamente que é possivel ter uma equipa competitiva só indo buscar jogadores à formação, responde-me só a duas questões: 1- Não é exactamente isso que o sporting fez (Patricio, carriço, adrien, veloso, pereirinha, moutinho, djalo, saleiro, a. marques, djalo)?
        2- Tens palas nos olhos e não consegues ver o resultado dessa estratégia? Ou para ti é normal termos 4 vitorias em 13 jornadas? Ou levar na boca do ultimo classificado da almenha? ou empatar em casa no ultimo min com o ventspilililiss???

  5. Esse Kardec não é o jogador que todos pensam, pelo menos até agora…não se pode garantir que vá ser um fracasso, mas é um jogador muito contestado dentro do clube Vasco da Gama, tanto que houve necessidade de o emprestar.

    Era um jogador que prometeu muito mas nunca cumpriu.

  6. Mbo pensa que o melhor caminho para o Sporting é assumir de uma vez por todas que o campeonato está perdido, e começar a preparar a próxima época.
    É fundamental confirmar o Carvalhal como o treinador do Sporting para 2010/11, só depois disto devemos apostar em reforços, e esses reforços têm de ser QUALIDADE!

  7. Porra!!! Só ouço falar que são precisos milhões… O que é preciso é uma boa prospecção. Digam-me quanto custaram André Cruz, Phill Bab, Enakarhire, Duscher, Deivid ou Liédson.
    O SCP não tem margem de erro, se fizer um investimento tem que ser seguro para não aumentar o buraco financeiro. E com os “olheiros” que estão no clube o risco de insucesso é elevado.
    Vamos lá ver se as prendas no sapatinho não vão ser iguais ao treinador que ia ser uma surpresa…
    SL

    • pois é, mas será que esses chegavam actualmente, comparativamente com os plantéis dos nossos adversários directos?

      mas sim, há uma falta gritante de olho para esta merda. mas ver os jogadores que o nacional vai sempre desencantar…

  8. Petinga acha que a discussao acima (longa, muito longa) entre o Cherbalove e o PLF merecia aparecer em forma de post.

    Porque simboliza o paradoxo em que a geracao dos aristocratas meteu o Sporting.

    É normal o Sporting apostar forte na sua formacao? Sim.

    É normal o Sporting estar numa situacao financeira calamitosa? Nao.

    As mudancas de discurso do presidente, oscilando vertiginosamente entre o “nao temos dinheiro”, “somos os mais pobrezinhos” e o “há dinheiro para gastar”, “vamos gastar o que tivermos que gastar para reforcar a equipa”, metem medo? Ah pois.

    O departamento que vai identificar os reforcos é o mesmo que contratou os 10 últimos reforcos do clube? Parece que sim.

    Se o Sporting ficar abaixo do 4o lugar, o Carvalhal fica para 2010/2011? Aposto o dedo mindinho que nem pintado.

    Portanto vamos entrar numa situacao de “tudo ou nada” em que o Carvalhal vai tentar impor os melhores jogadores possíveis para com isso aumentar as suas chances de ficar para o ano que vem? Parece que sim.

    Ou seja, estamos potencialmente à beira de um abismo “daqueles”? Olhem, respondam voces…

    SL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s