O início de uma década verde?

A Academia continua a ser a trave mestra, temos aqui um filão, mas a estrutura da equipa não pode ser suportada pelos meninos da Academia. Têm qualidade mas precisam de jogadores experientes que os possam ajudar. Se a equipa for mais forte e estiver suportada numa forte estrutura, estes jogadores valerão mais. E para o Sporting ter uma estrutura forte tem de ter dinâmica no mercado […] As contratações feitas não estão a ser pensadas para cinco meses e sim a média duração. O Sporting mudou e vamos ter um Sporting mais agressivo no próximo defeso, activo no mercado nos próximos tempos“, Carlos Carvalhal, hoje, em conferência de imprensa.

10 thoughts on “O início de uma década verde?

  1. Concordo com o nosso treinador, é uma mais valia a academia, e sem duvida que acredito que o Sporting irá deixar a ideia de ser um conjunto de miudos jeitosos de pés, para passar a ser uma equipa de jogadores com grande personalidade e que enteem a cada disputa de bola com tudo, e quando me digo com tudo, é mesmo assim, com garra, determinação, querer, e essencialmente que não sejamos anjinhos, que é tudo o que temos andado a ser ultimamente, quero uma equipa de feios porcos e maus.
    Este discurso do Mister animou-me, amanhã lá estarei.

  2. Concordo com o RFF. De facto, a grande interrogação é se tanto Carvalhal, como Bettencourt e Sá Pinto, serão os mais indicados para operar tamanha mudança?

  3. Para já o Carvalhal fez aquilo que muitos aqui no cacifo defendiam: alicerçar os jogadores da formação com jogadores que os valorizarão. Os resultados logo se verão mas eu não acho justo meter a cabeça do mister na forca. Temos de deixar o homem trabalhar e ver o que vale.
    Bom ano caralho!

    • concordo e assim proteger os jogadores quando saiem da formaçao para nao terem a responsabilidade de terem de ser eles a comandar a equipa e deixar esse papela a jogadores mais experientes

  4. Só investindo se poderá lutar com Benfica e Porto. Sempre o defendi. E só com bons jogadores, feitos, maduros, os jovens da academia podem evoluir. Vai daí, fico satisfeito por ver o Sporting investir e conseguir arranjar dinheiro e mudar de rumo. É o ‘admirável mundo novo’ depois de tanto ano a contar tostões e ver os outros a investir que nem doidos. Corria-se o risco de vermos ser cavado um fosso tremendo entre nós contra Benfica e Porto.

    Podemos depois discutir a qualidade do que foi contratado: aplaudo sem esforço a vinda de João Pereira, tenho mais reservas quanto a Pongolle (sobretudo pelo preço).

    Esperar pelo o que ainda aí virá em Janeiro. Tinha receio de se estar a gastar os cartuchos todos agora e de se ficar sem dinheiro para se investir na pré-época, mas as palavras de Carvalhal ontem (aparentemente) desmentem este meu medo.

    Espero ainda que o que falta vir nos próximos dias seja mesmo reforço – com tudo o que isto tem de subjectivo – e não soluções para encher chouriços e tentar salvar uma época que está perdida. Insisto que não me importo nada de ficar em 4º ou 5º, ninguém morre por isso, desde que me garantam um plantel mais equilibrado para a época que vem.

  5. Como clube de um campeonato de segunda linha na Europa, eu olharia para aqueles com que nos poderemos mais directamente comparar e aplicaria uma solução explorada em tempos pelo Ajax de Amsterdão e que deu os seus frutos: a aposta sustentada na formação em conjunto com a aquisição de valores portugueses que venceram na Europa.

    O último Ajax campeão Europeu tinha em ascenção uns tais de Davids, Kluivert, ou Overmars, enquanto Rijkaard ou Danny Blind assumiam um papel tutelar na equipa. http://observer.guardian.co.uk/osm/story/0,,708220,00.html

    Agora imaginemos aqui há dois anos Moutinho, Veloso e Nani numa equipa em que pudéssemos contar com Figo, João Pinto, Pauleta ou Sá Pinto…

  6. Cada vez curto mais do nosso treinador. Há quem diga que não é o homem certo para o lugar, e que não possui os conhecimentos necessários para estar onde está, mas como pessoa, é um senhor, e de uma forma mais racional, começa a dar a cara como um verdadeiro líder, defendendo os seus interesses e os do clube, sem nunca entrar em exageros como os realizados por paulo bento (embora tivesse quase sempre razao)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s