Rumores

Agora que a CMVM já foi informada que o Sporting não vai prolongar o contrato com Carlos Carvalhal (a capa do Record é, uma vez mais, uma vergonha, tão grande ou maior do que o “força amigos!” com que nos brindou no dia do Benfica-Braga), pode dizer-se que, oficialmente, o Sporting anda à procura de treinador.

Os rumores mais insistentes apontam para que Villas-Boas esteja mais do que garantido para a próxima temporada. O rumor requentado, aponta o nome de Paul Le Guen. O novo rumor, avança o nome de Tigana.

Perante este cenário, em que parece que a escolha do novo treinador tem, obrigatoriamente, que passar por alguém conhecido do Costinha, dou comigo a pensar “porra, assim até eu quero o Villas-Boas”, para, logo de seguida, o meu cérebro entrar em estado de irritação e questionar-me repetidamente “foda-se… mas porque é que estes gajos não pensam no Gérard Houllier, no Dick Advocaat ou no Radomir Antic? No Schuster? No Juande Ramos? No Ernesto Valverde? No Laudrup? Que merda…”

p.s. – e o Rijkaard tem mais pinta que o Tigana.

38 thoughts on “Rumores

  1. ps: e ate ja foi nosso jogador, mesmo sem ter jogado…

    Os gajos se calhar pensam nesses treinadores. E depois percebem que nao ha maneira de os conseguir atrair para ca.
    Para alem disso, muito cuidadinho com treinadores da velha guarda: sao muita bons e tal e coisa, mas depois coloca-los frente aos “mestres da tactica” ca do burgo e parecem uns amadores… vao logo de vela tipo Kick Flowers

  2. para mim era muito simples…villas boas e mais nada!
    não podemos voltar a repetir erros do passado e ter medo de arriscar..ficamos na merda depois de ter perdido mourinho, ficamos na merda quando JJesus esperou esperou que o tlf tocasse e nós nada…chega de invensões e nomes ponposos…villas boas tem algo de especial e toda a gente fala nele por alguma razão, é jovem e vai trazer alegrias.ondaleonina.blogspot.com

    • “chega de invensões e nomes ponposos”… exacto…

      “villas boas tem algo de especial” ya, possivelmente vai ser o primeiro treinador a ser promovido a treinador de um clube grande logo depois de descer de divisão (ou quase)

      “e toda a gente fala nele por alguma razão” se há coisa que me irrita são crendices e superstições

      • e se á coisa que me irrita é falar mal só por falar ou achar que nomes sonantes ou estrangeiros vão fazer a diferença…o que o Sporting precisa é de bons jogadores e de um treinador jovem com ambição com carisma…Mourinho era um jovem em quem pinto da costa acreditou…use oculos para ver a realidade.

      • Rui Cunha, claro que nomes sonantes fazem a diferença, só o facto de contratar por exemplo um Gérard Houllier era logo sinonimo de atenção por parte da imprensa internacional, investidores, empresários, marcas, etc. Mas o mais importante de tudo é que ganhava-mos o respeito de todos e os jogadores do plantel incluídos!

      • rui cunha, o mourinho aos 32 (idade do villas boas) era adjunto do robson no porto… ainda iria para o barcelona e ainda trabalharia com o van gaal antes de chegar ao benfica aos 37. aos 39 chegou ao porto, etc.

        estamos aqui a brincar ao football manager ou quê?

  3. O problema é que para vir um desses treinadores, tem de ter à partida um orçamento para fazer a sua equipa.

    Ou acham que o Gérard Houllier (que sim, gostava de ver por cá), vinha para o Sporting limitado a Postigas, Caneiras e Pedros Silvas..?

  4. Subscrevo, na integra, o post do Rui Cunha.

    Dizem que o Villas Boas não tem currículo mas gostava de saber o que é que esses Senhores já ganharam, assim de tão especial!?

    Qual a razão de tanto ódio pelo Villas Boas!?
    Trata-se do mesmo ódio que impediu o Luís Duque de contratar o Mourinho!?

    Dos nomes que apontaste não se aproveita ninguém…

      • o que o villas boas fez foi por toda a gente a falar nele…foi ter assinado um contrato com uma clausula de poder sair para um grande no final desta mesma temporada…por alguma razão ele o fez.

      • Pois…falar dele! E quem é que alimenta esse falatório???? É que por mim, esse tipo nem sequer é assunto.

    • Não se trata de ódio, rapaz. Trata-se de achar que o melhor para o Sporting é um treinador estrangeiro, com experiência e com curriculo, daí as minhas primeiras escolhas.

      E, perante as barbaridades que dizes acima, nem vou perder tempo a dizer-te o que esses senhores já ganharam, mas convido-te a, por 10 minutinhos, deixares de sonhar com o Villas-Boas e espreitares o que diz o passado de cada um destes treinadores.

      • Qual passado?!

        Treinar o Getafe?
        Treinar o Atlético de Madrid? (até o Quique..)
        Treinar o Zenit?
        Treinar o Lyon?
        Teinar o Sevilha?
        Treinar o Villareal?
        Treinar o Espanhol?

        Uau!

      • Foda-se, meu, tu insistes em ser palerma… pronto, só para fazer-te feliz, digo-te que a minha primeira escolha, esse merdoso do Gérard Houllier, ganhou, na mesma época, a Taça UEFA, a Taça de Inglaterra e a Taça da Liga inglesas, como treinador do Liverpool (e depois ganhou ao Bayern, na Supertaça) e, em França, foi duas vezes campeão, em dois anos, com o Lyon.

        O outro merdoso, o Advocaat, e recuando apenas dois ou três anos no tempo, era o palerma que estava no banco do Zenit quando esta “enorme” equipa foi campeã russa pela primeira vez e, depois, limpou a UEFA e a Supertaça Europeia, esta última frente aos fraquinhos do Manchester United.

        O terceiro merdoso, o Antic… esse palerma que fezx miséria da França enquanto seleccionador da Sérvia e, pasme-se, estava no banco do Atlético de Madrid quando, depois de fazer uma limpeza de balneário, limpou o campeonato e a taça do rei, deixando para trás o barça de Johan Cruyff.

        Podia continuar a falar-te da merda que os outros da lista fizeram, mas entendo perfeitamente que nenhum deles tenha respirado o ar do balneário onde esteve o Mourinho e, muito menos, tenha tocado no casaco mágico. Venha de lá o Villas-Boas!!!

  5. Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José, Manuel José.
    Foda-se!
    Só mais uma vez: Manuel José!

    • Lá está, uma pergunta pertinente: porque não o Manuel José?

      é como dizes, Cintra, parece que o Costinha quer trazer um treinador amigalhaço, que não levante grandes ondas…

      • Já aqui o disse.A opção Manuel José agrada-me.Mas infelizmente tenho de concordar com o Cherba.O Costinha nunca vai optar por um tipo mais “patrão” do que ele é ou julga ser.

      • 1) O Manuel José é chanfrado; 2) O Manuel José é velho e nunca foi campeão (e já esteve no SLB e no SCP); 3) Eu não gosto de “regressos”.

        Temuri Ketsbaia seria a minha escolha.

  6. Qual era o currículo do Inácio? Qual era o currículo do Boloni?

    Qual era o currículo dos últimos treinadores campeões em Portugal antes de irem para o clubes em que foram campeões?

    Tinham todos alguns anos de bola, mas tinham feito alguma coisa de especial enquanto treinadores? Ou foram contratados com base no pontencial? Com excepção do Trapattoni, acho que nenhum tinha um CV decente.

    Uma ajuda:
    99/00: Inácio (SCP)
    00/01: Jaime Pacheco (Boavista)
    01/02: Boloni (SCP)
    02/03: Mourinho (FCP)
    03/04: Mourinho (FCP)
    04/05: Trapattoni (Benfica)
    05/06: Co Adriaanse (FCP)
    06/07: Jesualdo (FCP)
    07/08: Jesualdo (FCP)
    08/09: Jesualdo (FCP)
    09/10: Domingos

    • (lol) espero que tenhas razão em relação ao Domingos… mas tirando esse e mais 3 (Mourinho, Inácio e Jaime Pacheco) todos são experientes e com currículo. Até agora 4 em 10 campeonatos portanto.

  7. Não sou defensor do Carvalhal, não digo que é o treinador indicado para o Sporting…acho apenas que ainda é cedo para acertar o não prolongamento do contrato…ainda há uma posição de 4ºlugar no campeonato em disputa!
    Agora não me parece que 1gajo sem provas dadas venha trazer uma mais valia…mas vamos esperar para ver..acho que também devemos deixar as pessoas novas (Costinha) aplicar as suas ideias e no final do próximo ano tirarmos conclusões! Acho que + importante que treinadores, é importante mandar embora jogadores que não fazem falta ao Sporting e escorraçar empresários como o Paulo Barbosa do clube..

  8. Ódio ao Villas Boas????

    Mas q gde confusão anda nalgumas cabeças…

    Bom, eu q tb era estudioso, bom rapaz, aplicadinho, ambicioso, etc e tal, tirei o meu curso superior e comecei a trabalhar. Ao fim de seis meses de trabalho numa empresa a sério (antes tinha andado a fazer uns biscates durante uns anitos) notei que não sabia ‘puto’ e q a prática, a realidade aquele nível de exigência, pc tinha a ver com a teoria que me ensinaram na escola. Tinha dado para me desenrascar nos biscates…

    Qd me deparei com colegas / competidores “à séria” foi o bom e o bonito… Valeu-me ter tido o apoio de um colega mais velho, com enorme experiência do mesmo departamento que me integrou e me ensinou mt daquilo q hoje ainda aplico. Qd me lembro desses tempos e o comparo com o que sei agora, rio-me da minha ingenuidade e, pq não dizê-lo da minha arrogante ignorância…

    Mas isto, sou eu, um gajo com uma inteligência apenas normal, e nenhum “Mourinho”, ou, no meu caso, “Eng.º Sousa Veloso”…

    Parece que agora existe para aí um rapaz ruivo no mundo da bola q está em risco de descer de divisão mas q, apesar disso, mts garantem que é sem ponta de qlq dúvida um sobredotado e possuidor de uma inteligência e capacidades raras… E quem desconfia de tais capacidades, pq ainda as não provou, ou o odeia ou é um invejoso (das capacidades intelectuais do rapaz) do catano…

    Get real!

    AVL é por enquanto um jovem treinador. Promissor? Sim, talvez, mas para, ao fim de seis meses, atingir o topo da carreira? Não me parece… A não ser que, como se costuma dizer, seja ‘afilhado’ de um gde tubarão! Mas, caso se concretize a sua contratação para o SCP, será o meu treinador, e apoiareia 100%. Dou-lhe a oportunidade q dou a tds os que chegam. Haja Fé e (mt) esperança. Afinal estamos a falar do Sporting!

    SL!

    • Promissor? Sim, talvez, talvez não…isso não interessa, nós sportinguistas gostamos de triturar treinadores como que de uma pastilha elástica se tratasse. É evidente se para o ano as coisas não correrem bem, o treinador será o primeiro a sair ainda mais por se tratar de um puto sem curriculum. Já o estou a imaginar a tentar levantar a voz ao levezinho e este manda-lo para o jambal. Depois vem o JEB e pensa: “vou dispensar quem? o levezinho campeão do mundo ou jovem promissor sem curriculum?” Penso que um treinador experiente serve melhor os interesses do clube mesmo que perca um ou outro jogo contra os “mestres da táctica”.

      • Mirko:

        Não se trata de ‘triturar’ treinadores. Trata-se de, ao analisar o estado actual do futebol do SCP, escolher um perfil de treinador de futebol que possa oferecer maiores garantias. E AVL, na minha opinião, apresenta um perfil de enorme RISCO. Demasiado elevado para a actual situação do nosso clube. Repara que se se falhar na próxima época, logo após a pior época de que há memória, o próprio JEB fica numa posição (ainda mais)insustentável… Até pq AVL aparenta ser, claramente, uma aposta com um carácter mt pessoal (por parte do presidente).

        O que é que a ponderação exige perante a presente situação? Apostar num treinador jovem, inexperiente que terá q integrar-se numa estrutura ela própria inexperiente e pior, altamente instável, ou em alguém com ‘calo’, muita experiência e uma autoridade técnica e disciplinar acima de qlq suspeita?

        AVL pode resultar? Pois pode, afinal estamos a falar de um desporto com uma multiplicidade de variáveis que sustentam o sucesso / insucesso, bastante elevadas, mas acho que o bom senso apontaria noutra direcção.

        SL!

      • Sim concordo, se as coisas correrem mal será a cabeça do proprio JEB a rolar caso seja o AVL o escolhido… só espero que corra tudo bem e que este Villas Boas se revele um novo “Mourinho” é só isso que quero mas que tenho muitas dúvidas que isso possa acontecer isso tenho.

        SL!

      • Mirko:

        “…só espero que corra tudo bem e que este Villas Boas se revele um novo Mourinho”

        Resume-se então tudo a uma questão de fé!

        É como digo: haja fé e (mt) esperança…

        Oxalá corra tudo Bem. Acho que nisso tds estamos de acordo. ;)

        Abraço.

  9. As comunicações à CMVM não obrigam a notificar a saída de um colaborador com contrato a prazo com dois meses de antecedência…
    Mais importante que saber quem vem a seguir, é saber respeitar quem está no momento. Sem discutir a qualidade do Carvalhal, merece o respeito que ninguém se dignou a dar. O preço de ter cheirado o balneário de um grande uma vez na carreira foi ser enxovalhado por todos, desde o patrão até à comunicação social, durante 6 meses.
    Como adepto sempre presente nas bancadas, vou aplaudir este treinador porque tentou justificar o ordenado e honrar a história do lugar que ocupou.

    • Precisamente por td o que afirmas, eu venho repetindo que o SCP não esteve ao nível do que os seus valores históricos de lisura exigem. no a CC, merecia outros tratamento que aquele que lhe têm dado.

      Sinceramente, a mim, deixa-me acabrunhado… E por aqui me fico…

      SL

      • Não concordo, pois não me parece que tenha havido falta de lisura alguma neste momento… o Sporting comunicou ao Carvalhal que não renovaria o contrato de 6 meses e apenas depois o comunicou a CMVM. O Carvalhal sabia que era uma aposta de risco da sua parte… sabia ao que vinha e, provavelmente, teve o que esperava. Resta-lhe agora lutar para vencer todos os jogos que faltam pelo que, acredito, lutará ao máximo.

  10. Para mim era simples… martin o’neill!

    Treinador de créditos firmados, respeitado pelos jogadores, que joga um futebol de ataque e é sempre querido pelos adeptos dos clubes por onde passa.

  11. Da mesma maneira que fui contra o Costinha ter expulso o Izmailov do estágio (no resto estou de acordo), agora estou contra o timming da demissão do Carvalhal. Que não é treinador para o nosso Sporting, não é – o que tem em (aparente) esperteza, simpatia, conhecimento táctico e outras coisas positivas, falta-lhe ambição. Carvalhal veio sempre a prazo… mas isso não quer dizer que, a 5 jornadas do fim, se vá desestabilizar ainda mais o clube.

    Era a favor de Villas-Boas entrar em Novembro, pela mesma razão que acho a contratação de Costinha foi boa: pressão inexistente. Ao entrar Villas-Boas, seria SEMPRE para este ano + o ano que vem, logo, vinha para fazer deste ano o ano 0 (que perdido já estava), limpar balneário e preparar o ano seguinte com tempo.

    Já quanto a vir para o ano que vem, sou contra. Não por ser bom ou mau treinador, mas pelo simples facto que vai ter muito mais pressão em cima e qualquer erro no princípio do ano vai aumentar essa pressão; nesta altura, só um grande nome do futebol é que consegue baixar essa pressão e, ao errar, ter ainda alguma folga. E acima de tudo, um treinador com conhecimentos (tanto táticos, técnicos como de outras pessoas), habituado a pressão e a ter mão em jogadores mimados e com vontade de vencer é TUDO o que precisamos.

    Nomes? São indiferentes… Basta procurar um certo tipo de treinador que os nomes vêm atrás. Quero é um que corresponda a isso tudo.

    • Concordo em absoluto e por isso lanço um nome… martin o’neill! Assenta que nem uma luva e até já está habituado a camisola verde e branca…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s