O primeiro dia do resto da nossa vida

Uma espécie de jogo treino, com uma equipa raçuda, para testar o novo Sporting. Evolução na linha dos outros jogos: batuta nos centrocampistas, arranque pelas alas com os defesas, apoio nos avançados e tentativa de jogo de desequilíbrios com os extremos e com os laterais.

Gostei:
Evaldo: tinha dúvidas, mas estou a dissipá-las a cada jogo, o rapaz é um lateral esquerdo daqueles bons. Ao contrário do João Pereira, defende muito bem e ainda limpa os buracos deixados pelos centrais lentos. A atacar, é uma locomotiva, de facto. Mas é preciso confirmar nos jogos a sério, com o peso da bancada de Alvalade nos ombros.
Maniche: alta rotação, bem posicionado e, acima de tudo, define com regularidade. Grande passe para o golo.
Vuk: Está de volta aquele que me apaixonou. Melhor em campo e único do ataque titular que faz, de facto, a diferença.

Gostei pouco, mas até gostei:
Postiga: O homem desenvolveu um dom: total falta de golo. E neste jogo até esteve relativamente bem na finalização… mas ficou claro que já é karma… não há golos para este senhor.
Liedson: Estou a gostar da negação do estatuto que o Paulo Sérgio lhe está a dedicar. Não é titular e quando entra joga sozinho no ataque. Estamos no início de qualquer coisa diferente na vida do Liedson. Se é bom ou mau, não sei ainda.

Não gostei muito:
Táctica: o 4-4-2 obriga a jogar com os avançados com menos golo dos três grandes. Percebo a ideia de jogar esticadinho em campo e com pressão sobre os dois centrais adversários. Mas torna-se particularmente inconsequente no momento de definir. O Saleiro então nem sei o que faz em campo no ataque. É inteligente e tal a jogar, mas morde tanto como uma marmota sem dentes.
Carriço: O Polga não comprometeu como tem sido hábito, mas o Carriço sim. Foi o pior defesa e aquele por onde se abriram mais buracos. Aliás, se o Sporting jogar com estes dois centrais, não só continua em desvantagem nas bolas paradas como ainda abre assustadoras avenidas nas suas costas. Valha-nos o Evaldo para fazer as dobras (quando está lá).
Djaló e Veloso: Que se assinem os malditos papéis rapidamente… já não são deste filme, estão a jogar para os futuros treinadores.

Não gostei nada: Lesão do Pedro Mendes: relembra-nos a adaga sobre a nossa cabeça – estamos nas mãos de dois grandes médios, experientes e… com enorme risco de lesões.

Portanto, arranje-se um ponta-de-lança que marque golos, outro centrocampista com pézinhos e pulmão, um central rápido e, porventura, um guarda-redes experiente e bom. De resto, tudo no caminho certo.

(pedimos desculpa aos comentadores da SIC por termos marcado um golo enquanto os srs. alegremente falavam, há minutos, da campanha europeia do eterno rival no ano passado: “bom, vamos lá ver se este ano é melhor… olhó Sporting… golo!”… que imbecis!)

21 thoughts on “O primeiro dia do resto da nossa vida

  1. Sem ser uma exibição por ai além foi suficiente para ver que 1) há ali muito potencial e 2) o Sporting em termos de uma filosofia de jogo vai ser muito diferente (para melhor!) em relação aos últimos anos (não apenas na época passada mas em toda a era PB). Com estas duas ideias veio-me logo uma terceira: os lampiões e especialmente os murcões vão ficar agitados e desatar a comentar nos blogs do Sporting e nos desportivos online. No LdE foi dito e feito…o nº de comentários aliens que aparecem no post que cobre a vitória dest noite confirmam que estava certo. Não tenho dúvidas que nesta altura os mais nervosos serão mm os murcões: têm uma equipa de merda, têm casos bicudos para resolver dentro do balneário, o treinador é uma incógnita e fizeram uma época de merda no ano passado. Já os lampiões, estão cheios de si com a vitória no campeonato e apesar dalgumas notícias menos favoráveis (di maria, roberto no campo das certezas e ramirez, coentrão, david luiz e luisão no campo das possibilidades) as coisas não mudaram mto pelo que estão confiantes.
    Caros sportinguistas depois disto estejam preparados para toda a espécie de ataques com vista a desestabilizar uma equipa que ainda está em formação. Eu acredito que podemos vencer o campeonato a jogar futebol bonito. Oxalá nos deixem jogar…

  2. Primeiro de tudo quero dar os Parabéns por este EXCELENTE espaço caros “cacifeiros”!! É um espaço onde existem verdadeiros sportinguistas e não pseudo-sportinguistas ou anti-benfica/porto ao contrário de certos outros blogs leoninos que preferem a crítica em primeiro lugar ao seu clube: eu prefiro a defesa do meu clube mesmo que por vezes não se diga TUDO o que se pensa sobre o mesmo.Se não formos nós a defender esta institução quem será?

    Quanto ao jogo o Sporting fez o suficiente, mas não brilhou, mas teve boas oportunidades e viu-se fio de jogo ao contrário dos últimos anos. Neste caso esta exibiçao também pode ter sido influenciada por uma grande diferença de horários….Portugal/França/Portugal/Estados Unidos/Portugal/Dinamarca…Parecendo que não, pode ter um papel algo preponderante no rendimento dos jogadores. No segundo jogo de certeza que pelo menos 3 golos marcamos, veremos se tenho razão.

    Saudações Leoninas e continuem o EXCELENTE trabalho!!

  3. Concordo com o ‘post’ do Douglas a 95%…

    Quanto ao Bostiga não posso concordar, porque ele, o Polga, o Abel, o Grimi, o Djaló e…infelizmente mais o P Silva e o Caneira (bem sei que estes não fazem parte do plantel, mas ainda lá estão) não os consigo ver a jogar pelo nosso Sporting…

    Até nas contratações estamos quase a 100%… Acho que faz falta um lateral que possa fazer a direita e a esquerda, para precaver eventuais lesões…

    Por fim, quanto aos comentários na SIC, além de tudo o que já aqui e noutro ‘post’ anterior foi referido, relembro quando a chegar o fim da 1ª parte o Ribeiro Cristovão fazia uma antevisão da próxima temporada, no que à Liga diz respeito, e sai-se com algo do tipo “-…Se se pensava que o Braga iria estar mais fraco ontem deram 3-0 ao Celtic, que já não é o Celtic de outrora, desenganem-se, quanto ao slbosta e ao fcorruptos do porto partem claramente na frente, o SCP poderá criar alguns problemas mas não me parece que tenha equipa para ombrear na luta pelo título”

    Dasss que até me enojei a ouvir esta merda… Filhos de um qualquer ungulado doméstico portador de farta ossadura córnea, espero que a direcção do SCP perceba que tem mesmo que reforçar o plantel com, pelo menos, 3 jogadores (1 ala dirtº/esqº, 1 central, 1 avançado), não só para dispor de opções crediveis, mas sobretudo para calar estas bocas que de tanto veneno que possuem, mais parece que andam a lubrificar pénis de equideos bem avantajados… Tenho dito…

  4. Douglas,
    sabes que eu não sou um acérrimo defensor do Patrício, mas é um bocadinho injusto esse apontamento ao guarda-redes, não? Ainda para mais depois de, no primeiro minuto, ter sido decisivo. Adiante.

    Como bem dizes, o jogo acabou por ser uma espécie de outro desafio de pré-época. Os Dinamarqueses são fraquinhos e nem com umas semanas de competição a mais nas pernas foram capazes de apertar muito.

    À tua análise, apenas acrescentaria um pormenor que, confesso, me deixou meio apreensivo para jogos mais a sério: tendo em conta a ordem para a atacar que é dada aos nossos laterais, não podemos jogar com dois alas estilo Vuk e Yannick (aquele lance, aos 77 minutos, em que inicia um contra-ataque, julgando-se capaz de enfrentar cinco defesas, e onde perde a bola por clara incapacidade técnica para dominá-la quando atinge uma velocidade mais elevada é… patético).

    Como dizia, pelo menos um dos médios ala/extremos, tem que ser tacticamente evoluído, caso de Valdés e de Izmailov. Senão, e ontem aconteceu mas os nórdicos são fraquinhos, as laterais ficam descompensadas e os médio centro são obrigados a fechar, criando um buraco em frente aos centrais que, com equipas de outro quilate, pode dar merda e da grossa (até porque aquela dupla de centrais não convence ninguém).

    Posto isto, ainda tenho esperança de nos ver jogar com Valdés, Maniche, Mendes e Izmailov, no meio-campo, Vuk e Liedson, à frente.

    • concordo. sem desequilibradores na frente voltamos a tudo o que de mau o bento nos deixou.

      e já agora, acho que estamos habituados a muito pouco, é que o jogo foi muito fraquinho…

  5. Afinal o touro sempre vem para o Sporting. Contrariado? Porque não se consegue ler que o Zapater forçou a vinda para o Sporting como o fez Walter pó Porto…:(
    Pelo menos já temos o substituto para a dupla do meio campo

  6. Cherba,

    São essas exactamente as minhas preocupações- Achei a equipa um bocado partida. Não sei se jogaremos sempre assim ou se foi o adversário que o proporcionou mas não acredito que com melhores equipas isto não dê merda a sério.

  7. Eu que não pesco nada de bola achei o jogo do Super Sporting muito desgarrado.
    Continua a faltar-nos alguma maturidade para perceber quando se deve ter a bola, quando se deve contra atacar, quando se deve esperar.
    Enfim, falta alguma calma.
    Mas mais vale esta loucura à Peseiro que a apatia à Paulo Bento.
    Gostei da dinâmica J. Pereira – Vuk e dos passes de ruptura do Maniche.
    Não gostei do 4x4x2… nem dos primeiros 15m da 2.ª parte.

    P.S.: Já há anos que n oiço comentários dos jogos na TV. O Mute foi uma belíssima invenção!

    Sporting C*ralho!

  8. Não gostei do jogo. Honestamente nao gostei de quase nada!
    tirando a visao de jogo do maniche, da segurança do pedro mendes, da capacidade de resolver do vuk e das cavalgadas do evaldo, não gostei de mais nada.
    dupla de centrais de meter medo (carriço precisa de um central para o ensinar), djalo nao consegue manter a bola dominada quando acelera, postiga falha, falha falha e volta a falhar, saleiro inconsequente…
    Este resultado poder ter um lado positivo que é o costinha perceber que ainda há muitas lacunas neste plantel e que falta, principalmente, um avançado capaz de resolver e jogar em 4-5-1 que, na minha opinião é a melhor tactica para os jogadores que temos. Mendes, Maniche, Matias, Valdes, Vuk e o tal avançado.

  9. Já está. Comunicado feito à CMVM:

    «Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, a SPORTING – Sociedade Desportiva de Futebol, SAD, informa ter chegado a um acordo de princípio com o Genoa Cricket and Football Club S.p.A. para a transferência dos direitos desportivos do jogador Miguel Veloso e para a aquisição dos direitos desportivos do jogador Alberto Zapater, com o consentimento de ambos.»

    • E não dizem valores, nem nada!

      Honestamente, se fôr por 8 milhões mais o Zapater (que não conheço bem), não ficou muito convencido. Mas é verdade que também não estava muito bem a ver o lugar dele na equipa.

      O Génova não é uma grande equipa, mas deve fazer um campeonato jeitosinho (do 6.º ao 8.º é o meu palpite) e pode ser que a história do Inter estar a apoiar o negócio seja verdade.

      Assim sendo só falta o Yannick sair para a geração P. Bento ter o seu fim inglório. Se calhar mais vale assim, embora pareça-me que dos 3 o Miguel Veloso era aquele que deveria ter rendido mais.

  10. Bem, não me fodam se acham que vamos ganhar alguma coisa com o Saleiro e o Postiga a titulares,o Djaló e ainda o Polga,que tanto é capaz de fazer um corte milagroso (como até fez ontem) como fica a ver uma bola a passar-lhe por cima da cabeça na grande área,o pior é quando depois estão lá tipos de outro calibre à espera dela,que não era o caso.Realmente só posso encarar este jogo como uma espécie de treino mais sério e esperar que Liedson volte rápido e que usem a venda do Veloso para reforçar,mas de verdade.Há coisas boas, sim, mas tambem muitas incógnitas. O que fazer com Izmailov?, se Tonel sair vamos buscar mais um central ficando com 5 no plantel?, se vendermos o Djaló contratamos um ala ou um avançado? e se não o vendermos não contratamos ninguem? Não tenho assim tanta falta de confiança no Abel, quando se tem um profissional a 100% como ele não vejo que comprometa se entrar, já o Grimi é outra conversa. Isto quando a malta anda com moral até um cepo é bom,o pior é se os cepos têm de jogar quando menos se espera e isso pode acontecer em qualquer altura em dez meses.

  11. E também vos digo uma coisa, ontem o Izmailov no lugar do Yannick ía ser outra história, pelo menos mais um golo metia-mos lá dentro.

  12. que vergonha! deixar o Tonel de fora e por a jogar um míudo que tem pouco mais de 1 metro,por favor, este central a dupla com o polga, bolas de cabeça não ganham uma. não há paciência. Gostei bastante do Evaldo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s