Por mim, chega!

Tínhamos feito o mais difícil, não tivemos maturidade e inteligência, mesmo com dez, para guardar o resultado […] Também acredito que o Maniche está arrependido da asneira que cometeu. Conto com ele para dar maturidade, essa maturidade que faltou após expulsão“, Paulo Sérgio.

21 thoughts on “Por mim, chega!

  1. FODASSE É CADA BUJARDA CARALHO.
    Quando um gajo está calado até se pode ficar na dúvida se ele será mesmo tão mau e tão estúpido como aparenta. Mas quando abre a boca desfaz todas as dúvidas.

  2. Resta-nos esperar que Maniche, este grande benemérito, sportinguista desde pequenino, consiga fazer a cabeça aos restantes colegas para cavar a sepultura deste treinador de segunda categoria em Coimbra quando com uma salvadora derrota descermos novamente ao décimo lugar. Força Maniche.
    SL

  3. Não consigo dormir. Estou para ali às voltas e não adormeço.
    Vim de Alvalade mais estupefacto que fodido e não consigo pôr ordem nas ideias que me passam pela cabeça.
    O nosso “treinador” diz que tivemos várias oportunidades para matar o jogo. Portanto, o Zé Merdas que temos no banco acha que o Sporting, em Alvalade, a ganhar por 2-0 não tem o jogo morto e controlado. Este choninhas do caralho tem de se demitir hoje. É inconcebível que este gajo continue a treinar o Sporting. Este saco de merda levou um banho tactico monumental do Machado com a substituição ao intervalo. O descalabro que aconteceu era já previsível, quantos de nós não pensámos “Se o Guimarães marca um golo, vamos foder-nos”? Eu pensei isso. O Sporting na 2ª parte perde o meio campo todo e depois foi uma questão de tempo, porque o Sporting não sabe defender, não sabe dominar o adversário, controlar o jogo. É facílimo do adversário do Sporting ganhar em Alvalade.
    O Maniche não pode calçar mais esta época. Se vê o contrato renovado automaticamente, é a maior das vergonhas. Já está tudo perdido, esta época não vai a lado nenhum, por isso, aquele burro de merda que hoje matou o campeonato do Sporting, não pode voltar a jogar. E não terá ele feito de propósito para não jogar com o seu querido FCP? Já não sei nada.
    Já não sei nada porque vejo dirigentes do Sporting a ficarem felizes com vitórias do FCP. Dirigentes do Sporting? Não, dirigentes do anti-Benfica. Os lampiões têm razão, nós (uma grande parte de nós) odeia mais o Benfica do que ama o Sporting. Estou farto disso. Estou farto de dar razão aos lamps, pois cada vez é mais óbvio que somos uma filial patética do FCP. Aturamos calados a corrupção que grassa por aqueles lados e que nos prejudica e mata. Ficamos contentes com as goleadas que eles impõem ao Benfica. Rezamos para que sejam eles campeões e não o Benfica (vá, confessem, quantos hoje pensaram “Ao menos que seja o Porto campeão”?). A esses, ao adeptos do anti-Benfica que já são mais que os Sportinguistas, desejo o mesmo que desejo ao clube pelo qual afinal torcem, quero é que se fodam todos.
    E quero que se foda o JEB que é o maior erro de casting da história do Sporting. E que se foda o merdas que se senta no nosso banco. Há quanto tempo não temos um treinador a sério? Há quantos anos? O último terá sido quem, o Fernando Santos? Ou o Boloni? Assim de repente só me lembro do Jozic como um treinador a sério. Quanto tempo? 12 anos? Que patetice é esta? Quão patético se tornou o Sporting?
    E que se foda a oposição visível a esta direcção. Que também é tudo uma cambada de oportunistas baratos e trafulhas de esquina. Que prejudicam mais o Sporting do que ajudam. Que armam a puta por causa de fotografias e que acham que o Erikson é que era.
    Estou farto. Estou farto e estou cansado de ser medíocre, de ver o Sporting a definhar, de ver a esperança morrer, de não ver futuro para o meu clube de sempre, de ver parte da minha vida a não fazer sentido e de me ver perdido por sofrer tanto por algo que está transformado numa patetice.
    Boa noite.

    • Estou contigo especialmente na questão do anti-benfiquismo. Eu quero é o porto e benfica vão à vidinha deles. Não me dá gozo nenhum ver um a golear o outro para além de assistir a um bom jogo de futebol. Acima de tudo, dá-me gozo é ver o Sporting a ganhar a qualquer um deles quando têm equipas fortes.

  4. Vocês são todos uma cambada de ursos.A maçã podre foi-se e ficámos com este magnifico exemplar de merda,um verdadeiro mercenário da bola que já devia tar farto de apanhar frio lá na Alemanha e veio preparar a reforma no seu “clube do coração”.Foi aqui elogiado, aliás li aqui com grande concordância geral, que ele tinha feito muita falta na Belgica e que ele mexe os cordelinhos na equipa.
    E depois espantam-se de jogadores como o Moutinho quererem sair dali pra fora, e com urgência??!
    A mim espanta-me cada vez menos, e cada jogador que ali for formado e que queira realmente ser alguem no futebol e dar um salto qualitativo na carreira não pode pensar fazê-lo no Sporting, essa é que é a realidade.Com Costinhas, Jebes, Jubas Brancas, Forcados, Carvalhais, caminhamos para uma grandiosidade de mediocridade.Somos mediocres,apenas.

  5. FARTO

    2-3

    RUA!
    Inadmissível.
    Então depois daquela superioridade que o Sporting chegou a ter.
    No 2-1 o treinador tinha que fazer algo.

    Surreal.
    Depois de jogos empatados de rir porque as bolas iam aos ferros, vão perder este jogo

    Não podemos ter um treinador que não é capaz de “acalmar” a cabeça dos jogadores perante uma adversidade.

    Depois de uma 1ª parte em que podiam golear.
    É uma vergonha desmoronarem-se quando ficamos com 10 e até essa altura com 2-0 completamente controlados.

    Maniche tem culpa, mas podiamos ficar com 10 por outros motivos e isto não pode acontecer.

    Compreendo quem não meta mais os pés no estádio.
    A gente podia perder, mas não era neste jogo depois de termos tido a vantagem que tivemos.
    Nílson é um grande GR.

    Parece impossível e quase “bruxedo” que “nunca podemos” ficar bem perante o Benfica.

    Forcado RUA!
    Inadmissível
    Esta época é apenas esperar que o Sporting no final vá à Europa e ligar apenas aos jogos com o FCP e Benfica, por uma questão de tradição.

    Há equipas que são o que são, o Sporting podia ser uma equipa que era aquilo e pronto… não dava mais.
    Agora o que não pode ser é a equipa que a meio de um jogo tem a superioridade que tem perante um Guimarães e depois num instante se deixa dobrar com 3 golos por manifesta falta de cabeça.
    Parecia o Benfica – Lyon… só que esse jogo estava 4-0 e não 2-0.

    O FCP teve por exemplo uma época horrível com o Octávio a treinar, mas jogava menos do que o costume e perdia jogos fora, pronto… quase sempre por um golo e porque tentava ganhar e não empatar.
    Não estava a ganhar jogos com grande avontade e depois mamava assim 3 golos.
    Este Forcado não dá.
    Pode não ser só ele, mas ele não dá.
    Hoje era a Nossa oportunidade de chegar ao 2º lugar e mostrar que podiamos estar com o Benfica a lutar por ele.
    Depois de hoje, mostramos que não temos hipótese… até parece que não queremos.

    Surreal que neste campeonato que leva 10 jogos, o Sporting faça a melhor 1ª parte de todas e que após 2/3 da 2ª parte a controlar se desmorone num minuto e consinta o empate.

    Já se sabe que perde porque fez um ataque sofrego de forma idiota e provocou uma resposta em contra ataque com 3 jogadores do Guimarães a fazerem o que tinham que fazer.

    Maniche é muito culpado mas não é ele o culpado a crucificar.
    Se bem que por mim… metia já Férias até Janeiro.
    Nem o culpado é GR Nílson que fez as defesas que tinha a fazer.
    O nosso não esteve mal, mas lá está… não faz um raio de uma defesa daquelas “impossíveis” como vemos gajos como o Nílson a fazer.

    Quem viu os dois jogos FCP – Benfica e Sporting – Guimarães sabe perfeitamente que ao intervalo, mais depressa estava o Sporting a ganhar 3-0 do que o FCP ontem.
    A diferença é que aproveitaram quase tudo… e nós desperdiçamos.
    No entanto mal o FCP chegou a 2-0 eu disse, e quem estava comigo a ver o jogo sabe, que ia ficar 5-0.

    Hoje, apesar destas coisas caóticas que acontecem no Sporting, depois de marcarmos 1-0 cedo, nunca pensei que pudessemos acabar por perder o jogo.
    Ao intervalo então o jogo mostrava sentido claro e único.
    É impressionante, não a 2ª parte, mas os últimos 20 minutos.

    O Forcado não alterou a equipa por ficar com 10.
    Nada fez com o 2-1 (e aqui era a altura de um “grito de revolta”).
    Depois do 2-2 nem o empate souberam conservar.
    Claro que é de atacar sempre e tentar ganhar e realmente o Nílson fez grande defesa a evitar o 3-2… mas não é de atacar a descurar a defesa da maneira que descuramos quando sofremos o 2-3.

    Podiamos receber o FCP em braço a braço como o Benfica.
    Assim vamos receber longe do Benfica.

    Quanto ao Maniche: sem comentários, mas o Sporting não se pode desmonorar assim por ficar com 10.
    Por mim: época estragada a todos os níveis.
    Assim com estas trapalhadas vamos ter dificuldades para acabar em 4º sequer

    O Sporting poderia não ser capaz de ganhar ao Guimarães, por mais que nos custasse.
    Não pode é fazer como dizes, a melhor 1ª parte do campeonato até agora e depois cair daquela maneira.

    Também acho que o Sporting só joga bem (ver o que disse durante o jogo de hoje) quando as equipas não metem o autocarro.
    O Guimarães não meteu e podia realmente estar a apanhar 5 ao intervalo, tal como o Levski ou o Gent em Alvalade, que também não meteram o autocarro.

    Agora contra esses pequenos matreiros de cá, temos empatado ou ganho com dificuladade, isto em parte porque o Forcado não arranjou ainda um “plano” para jogar contra equipas muito defensivas.
    E também não arranjou maneira de defender quando é preciso.
    Como quer este gajo jogar na Europa numa eliminatória por exemplo?
    Marca um golo fora na 2ª mão e precisa de defender… como faz?

    O que ganhamos em trocar este Forcado pelo Carvalhal?
    Depois do jogo de hoje não posso pedir a nenhum Sportinguísta que vá mais ao estádio este ano.
    Que objectivos? Liga dos Campeões? Assim a dar estes tiros nos pés ou nos ferros noutros jogos?

    Atenção que o ano passado o FCP ia com a mesma moral toda em cima a Alvalade e perderam de forma inapelável.
    Mais, essa derrota, esses 3 pontos foram o acabar do campeonato para o FCP e também são esses 3 pontos que não dão, por mais contas que se façam para serem campeões o ano passado partindo do princípio utópico que com Hulk eram vitórias nos jogos todos.

    Hoje, depois de ficarmos com 10 o Treinador ainda fez tudo ao contrário a nível de substituições.
    Mas o pior é que se nota que a equipa não sabe o que fazer num caso destes, assim como não sabe mudar durante um jogo.

    Com o Rio-Ave estavamos 10, mas o Rio Ave não é o Guimarães e simplesmente foi ainda assim empurrado de forma sufocante no último quarto de hora, e após 10 minutos de oportunidades de cada jogada para a área, e após 3 bolas nos Ferros, lá entrou um golo.
    Este Forcado tem que fazer algo de diferente.
    Não pode jogar com “táctica de 2 cruzes” que com qualquer alteração vai com o cão.
    Parece os clubes pequeninos que vão com uma táctica de autocarro para o 0-0 e por vezes aguentam aguentam, mas quando sofrem o 1º não têm nada a fazer.

    O Sporting tem entrado mais ou menos lento, mas quase sempre da mesma maneira.
    Normalmente sendo mais rápido a jogar marca e ganha os jogos, demore o que demorar.
    Hoje Dassssssse, depois da melhor 1ª parte do ano, muda de atitude e pronto estava a controlar e ainda com tempo de desperdiçar golos.
    Após ficar com 10 e a substituição do Valdéz parace que deu a volta à cabeça dos jogadores todos.
    E depois do 2-2 e com 10′ para jogar esta malta não pode (porque ganha muito dinheiro) pensar como os adeptos como nós que assistimos ao jogo e desmoralizar no género: Dassssssse ainda vamos perder.
    Se atacavam, atacavam com cabeça nos 10 minutos finais, não era à tola com 10 e permitir uma jogada como a do 2-3.
    Se bem que para mim ter ficado 2-2 ou 2-3 pouco importa. É um descalabro na mesma.

    2-1 aceitava porque pronto… pode sempre acontecer.
    Mas principalmente após o 2-1 era preciso tocar a rebate; e congelar a bola uns instantes… respirar fundo.

    Olhem, parece idiota… mas um jogador cair ao chão e pedir assitência, de preferência o GR.
    Vejo todos a fazer isso mesmo lá fora quando lhes convem.
    O burro do Patrício ao mamar o 2-1 devia logo fazer ai uma quebra, tendo observado o nervosísmo provocado na equipa pela expulsão do Maniche.

    Mas não sou eu que tenho que ensinar isto aos jogadores, é o Forcado.
    Perguntem-lhe como depois de estar a ganhar 1-0, também deixou virar o jogo para 1-2 no último jogo do ano passado como treinador no Guimarães – Maritímo.

    Mas ai existem diferenças:
    – O Maritímo jogou na linha da faca: só vencendo em Guimarães ia à Europa (muito dinheiro extra) e por acaso era o Guimarães que deixava de ir.
    – Virar 1-2 não é o mesmo que virar 2-3.
    – Guimarães e Maritímo são equipas da mesma dimensão. Sporting e Guimarães não.

    Afinal o que viu a direcção como mais valia deste Forcado em relação ao Carvalhal?

    O Carvalhal esteve lá meio ano e no pouco que conseguiu fazer ainda:
    – Derrotou copiosamente e num jogo impecável e sem Espinhas o FCP.
    – Fez uma gracinha em Alvalade (3-0) com o Everton.
    – Fez um Sporting – Guimarães com uma primeira parte de luxo, ainda melhor do que hoje a 1ª parte, na altura com Izmailov e Liedson em grande. Até o Saleiro jogou muito. E uma 2ª parte em que jogou a passo para poupar a equipa para a 2ª mão da UEFA. Hoje foi o que se viu.
    – UEFA: foi eliminado com dois empates (e arbitragem muito má, principalmente em Madrid) pela equipa que venceria a competição.

    Este Forcado até agora apenas teve 3 boas vitórias na Europa, mas com equipas que não estão ao nível da Inglesa (Everton) no tempo de Carvalhal.
    Por cá, ainda não teve um jogo que se diga: “sim senhor”. O melhor foi na Naval, mas como se vê a Naval está para último… e estava hoje a ter finalmente este ano a ter um jogo que se diga: Sim Senhor… até ao 2-1 com 20 minutos para jogar.

    Epá, sabemos que tem desculpa, porque o dinheiro é menos, para não andar ao nível de exigência do FCP e do Benfica.
    Mas não pode ficar a mal com quem aparece abaixo, como o Braga ou Guimarães.
    Não falo de um jogo ocasional, mas de bitola que se mostra ao longo de um certo periódo.

    Bettencout tinha razão numa coisa: iamos ter “saudades” do Paulo Bento.
    Epá saudades não tenho, porque como é sabido devia ter saído em 2007 quando perdeu o campeonato por “meio ponto”, o da raquetada do Ronny com a mão.
    E logo na altura disse a quem me conhece: não ganhou este ano nunca mais ganha; e fez uma 2ª volta a limpar tudo. Qualquer equipa que pisava Alvalade aos 10 minutos já estava sempre com 2 no papo.
    Quando muito tinha que sair no final da outra época após a vergonha dos jogos com o Bayern, onde na 1ª mão após o 0-2, já agora ilegal, (os jogadores portam-se como se fossem um adepto que não recebe milhões de € como eles e claro, que sabendo que com 0-2 em casa nunca mais passavam a eliminatória, jogaram o resto do jogo de forma displicente e deu em 0-5 contra os frios Alemães; e já na altura com ganda calinada do Paulo Bento a deixar a asa direita fragilizada a levar com Lahm e Ribery .
    Na 2ª mão, e como é normal em toda a Europa quando a eliminatória está mais do que decidida, vai a Alemanha com equipa com reservas, mas nem têm o cuidado de conversar com o Bayern… que se apresenta na melhor força para fazer as pazes com os adeptos devido à campanha interna; e pimba 1-7 e pior: estava 1-4 e mamaram 3 golos nos descontos, mostrando até falta de cabeça para gastar tempo, sem qualquer mostra de planeamento.

    Mas pronto, até parece que por Paulo Bento ter saído não se podia procurar melhor.
    Parece que se vão buscar treinadores de 2º plano só porque custam X e é assim que temos orçamento… basta um flop anual dos habituais num jogador que “pagava” um treinador mais caro.

    Ou até sinceramente, para fazer algo mais racional, bastava um treinador que não fosse ganda espingarda para grandes feitos mas pelo menos mais raposa que conhece estas equipas pequeninas (não falo do Guimarães) que tantos pontos nos custam por falta de cabeça da equipa a jogar.
    Epá vou dizer um nome: Cajuda. Um gajo assim tinha mais perfil pá.
    Inácio. Outro estilo mas também mais previsível.
    Mais valia gajos assim, mas de uma vez por todas vão buscar alguém de estaleca e façam uma equipa como deve ser: de trás para a frente e com o dinheiro que haja pronto.

    Arre, se durante uns tempos não pudermos chegar ao FCP e Benfica paciência, mas não pode acontecer algo que por vezes sinto: o Sporting até parece a equipa do campeonato a que é mais fácil marcar.

    Questões como Central pouco alto e forte e assim já deviam estar resolvidas.
    Tosco?
    Epá, eu vejo um gigantone como aquele que era do Estrela, Marcelo ou o caraças a fazer jogos enormes contra nós.
    Não peço um André Cruz
    Mas a dupla de centrais deve ser constituída por um central técnico e um central alto e forte que varra.
    Carriço pode vir a ser o tal central técnico… mas ainda não é.
    Diziamos nós mal do Beto… Dassssssse, era mau? Mas desde essa altura é só enterrar mais.

    O Manuel Machado deu-se ao luxo de explicar (não esquecer que Paulo Sérgio foi substituído por ele no Guimarães) como o Sporting devia ter feito:
    era manisfesta a falta de frescura no meio campo do Sporting e principalmente Maniche, na altura antes deste cometer o deslize emocional que o levou a ver vermelho.

    • O Carriço nunca há-de ser um central técnico. Tu se queres uma dupla de centrais com um técnico e outro monstro, tens de vender o Carriço, deixar o Torsi evoluir e comprar um mais técnico.

      Vamos ser verdadeiros, o Carriço parece um jogador de rugby.

    • Só li isto: “O burro do Patrício ao mamar o 2-1 devia logo fazer ai uma quebra, tendo observado o nervosísmo provocado na equipa pela expulsão do Maniche.”

      Nem me dei ao trabalho de ler mais nada… não ia valer a pena.

  6. Po mim quero que continuem assim, a serem filial do meu FC PORTO, sempre que precisarmos de um jogador, vamos aí abaixo á filial de Lisboa e é só escolher ao gosto de freguês. Bem que tentamos fazer o mesmo com os benfas no passado (Manuel Damásio) mas eles abriram os olhos e nutrem um ódio visceral por nós tripeiros, e ainda bem porque é recíproco. Isto sim é

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s