Tótó, ranheta e facada

A imprensa desportiva. Esse fantástico ilhéu de irracionalidade, falta de critério, amadorismo e bílis. No passado, era uma companhia diária. Agora, é uma companhia sanitária. Nos sanitários. Os jornais desportivos – Bola e Record, porque o Jogo não é nada, na verdade – continuam a ser reis no cubículo mágico, onde os fracos fazem força e os fortes lêem qualquer coisa. E é lá que, nestes dias tristes de nevoeiro no mundo leonino, eu ainda vou para encontrar os bonecos que me ajudem a deitar cá para fora as coisas que já não pertencem cá dentro.

Não há alcunhas no plantel do Sporting. É o ponto mais relevante da entrevista (?) que os nossos melhores médios deram à Bola.

(a propósito do parêntesis acima, a ocasião para a entrevista aos nossos homens foi um evento promocional da Puma. Será que os senhores da Bola recebem “por fora” para promover isto… ou nem percebem que são instrumentalizados de forma violentamente vergonhosa…. percebem, claro que percebem. Eu é que não percebo como o alegado jornalismo deste pasquim ainda permite ser publicado sob essa designação…. Tirem-lhes a carteira profissional, digo eu!).

Bom, mas não há alcunhas no plantel do Sporting. Pela reacção do Pedro Mendes à pergunta, dá a impressão que nunca houve… hummm… acho estranho. Quem já viveu num balneário durante um ano inteiro (às vezes, basta a pré-época) sabe que as alcunhas são a coisa mais espontânea que pode haver a seguir às toalhas molhadas a estalar nas nádegas. “Ó zarolho, ó monga, ó mangalho, ó marreco, ó qualquermerda”. No futebol, então, o potencial de “Maradonas, Ronaldos, Messis, Zé Tós, Tó Marrecos, Pelés” é ilimitado. É instintivo.

Para mim, das duas, uma: ou o Costinha voltou a fazer das suas (e nesse caso, claro que há alcunhas, especialmente criativas para o Salazar da Costa, também conhecido como o Parvalhão)… ou o plantel não ri. O que é mais grave. Porque um plantel que não ri dele próprio, não se dá bem, não resolve as feridas e… não ganha. Basta lembrar as alcunhas que havia na época de 2000, de acordo com o que se foi percebendo em entrevistas de jogadores da altura.

Assim, o Cacifo resolve. E lança-se nessa recompensadora missão de criar alcunhas para os nossos heróis. Eu deixo três, para serem usadas à vez pelo Evaldo, o Postiga e o Maniche, os três jogadores que eu gostava de ver fora dali, os meus bodes respiratórios: os meus Tótó,  Ranheta e Facada.

PS: O Polga comprou uma nova casa na Expo, uma moradia, diz o CM (outra companhia sanitária de eleição). Porque pretende viver muitos anos em Lisboa. Tremam!

55 thoughts on “Tótó, ranheta e facada

  1. Estás a ver o que dá armares-te em sensível e não quereres falar do Sporting, quando estamos juntos? Haja mais alguém que não gosta mesmo nada do Evaldo!

    p.s. – vou ali terminar um trabalho e já penso numas quantas alcunhas. O Evaldo fica desde já o Kong. Donkey Kong.

  2. Este tópico caiu que nem ginjas.

    À cerca de 15 minutos atrás voltei a assistir no jornal da uma, da RTP, mais uma tentativa de alienação da verdade desportiva, e mais importante, do pensamento dos sportinguistas.

    Porque caralho vieram eles lançar novamente uma “reportagem” anedótica sobre o facto do Vukcevic querer paz? Já não tinha isso sido noticiado em tempos, inclusive com uma pequena entrevista com o jogador, onde ele disse que “queria que o deixassem em paz porque só queria jogar à bola”.

    Esta “reportagem” sabotadora tem maldade, tem veneno. O Vuk na tal entrevista anterior dada tem a seguinte frase: “só quero paz, seja aqui ou noutro lado”, frase essa que passou ao lado dos panascas tripeiros que trabalham na RTP, RESPONSÁVEIS PELO JORNAL DA UMA (que como se sabe tem mais incidência sobre o grande Porto, e o Telejornal da noite mais sobre Lisboa). Ora após vários visionamentos lá encontraram tal frase, que lhes deu a “brilhante” ideia de fazerem uma mini-reportagem sebosa, com declarações de um dos palermas do Sporting que se sentam nas mesas redondas (que nunca na vida me hão-de representar, seja onde for) e veja-se lá quem, o Nélson, ex-jogador anos a fios do Sporting, CURIOSAMENTE NASCIDO NO PORTO.

    O que é que o Nélson disse? Disse que o Vuk para além de esgotado fisicamente de jogar no Sporting, também estava esgotado psicologicamente e animicamente. Deve ser um psicólogo do caralho este Nélson…

    Pois bem, se algum desses filhos da puta mafiosos, trabalhadores manipuladores da RTP Norte acompanha o Cacifo, lê isto: EU NÃO ME ESQUEÇO QUE O TEU CLUBE ESTEVE NA CORRIDA PELO VUK, MAS FICARAM COM ELE, FODERAM-SE, EU SEI QUE VOCÊS CONTINUAM DE OLHO NELE, QUIÇÁ PORQUE O RODRIGUEZ ESTÁ TODO FODIDO DOS JOELHOS E O HULK VAI SAIR NO FIM DE ÉPOCA.

    VOU ESTAR ATENTO CABRÕES.

  3. Olha, já fiquei a saber que no balneário do Sporting não á algunhas, fixe.
    Agora venha de lá mais um email a dizer que somos 364 vezes campeões, nem que para isso se tenha que contabilizar um 13º lugar num qualquer torneiro de mini-corta-mato, para ver se me animo um pouco.

  4. então não há alcunhas ??? aqui no escritório há:

    Rui Patrício – Patorício ou Pastrorício
    João Pereira – O Naifas ou João Cigano
    Maniche – Porquinho ou Jim Carrey
    Abel – Guarda Abel
    Zapater – Tosiglieri
    Torsiglieri – Zapater
    Pedro Mendes – Carocho ou Jesus Cristo
    Djaló – Catatua
    Saleiro – Sá Leão
    Salomão – Mina de Salomão

    Acho que é tudo.

  5. rui patricio: borrao (apesar de tar a evoluir nao consegue largar aquela cara de quem tá sempre borrado)
    Joao Pereira: Refilas
    maniche: gorda
    A.Santos: amélia
    postiga: postes
    yanick: floribelo
    saleiro: proveta
    liedson: chefão (da favela)
    abel: professor burro
    grimi: el bebado
    evaldo: conguito estupido
    hildbrand: loiraça
    tiago: ancião

    Paulo Sergio: FILHO DA PUTA, CABRÃO, MONTE DE MERDA

  6. Depois do R.Jorge e das prendas que se seguiram (Ronny e Grimi) já estão a fazer a cama ao Evaldo?!
    Se calhar preferiam um César Pexoto, ou um Miguel Lopes, talvez um Sapo-naru, um Patrick ou um Fucile (para mim o mais parecido com o secretário que se podia arranjar)?
    Foda-se, são unânimes a mandar abaixo o futebol do Sporting, numa opinião que eu partilho, mas depois estão à espera que um gajo chegado ali este ano faça maravilhas sozinho, todos dizem que a equipa não joga um caralho mas o raio do Evaldo é que teria de partir a loiça toda, sozinho? o treinador não presta, a tática é uma merda mas o cabrão do Evaldo, que tem jogado os jogos todos, incansável, que não se lesionou como metade da equipa, esse cabrão que corre o jogo inteiro, é que é uma merda?? da-se.

    • espero vir a dar-te razão o mais depressa possível. Para já, o Evaldo não passa de um gajo esforçado, mas incapaz de ser lateral de um clube que jogue para ganhar, ou seja, incapaz de aparecer a centrar ou a criar superioridade junto à linha de fundo.

      • Quem tem sido o jogador a jogar na ala com o Evaldo? o Vuk, o Valdez? qualquer um deles nessa posição é um desastre, como esperar que o defesa faça toda a diferença sozinho? cubra e ainda ataque? se reparares nos jogos em que ele teve o puto Salomão como companhia a sua prestação ofensiva é melhor, mas essas coisas carecem de rotinas, algo que o P.Sergio não deve apreciar muito.

      • esforçado sou eu com aquilo que ganho.
        agora o evaldo a ganhar 62 k €, dass, tem de ser mais do que esforçado

    • Bela merda o Evaldo! A pensar assim o djaló também era um jogador do caralho não era (senão tivesse metade da época lesionado)..

      Digo-te, o evaldo é horrível como jogador porque:

      – Posicionamento horrivel;
      – Fraquinho a defender;
      – Nunca vai á linha cruzar (insiste nos cruzamentos do meio-campo);
      – Corre muito é verdade, mas é quase sempre em vão.

      Ai se o RJorge tivesse a disponibilidade fisica deste evaldo….

  7. E volta a repetir pró caralhinho com esta conversa de merda!

    Até o facto de não existir alcunhas no plantel já serve para criticar o Sporting, O costinha, os jogadores, etc.

    Já sei o que me vão dizer! Ah e tal e não se pode criticar? Ah e tal e tás contente com o rumo das coisas?

    Ao que eu respondo já de antemão! Não, não estou. Obvio que cada resultado que não seja a vitória dá cabo de mim e tenho vontade de partir tudo!

    Mas aproveitar toda e qualquer merdinha de nada para vir para aqui dizer que somos os piores do mundo, que somos uma merda, que nada presta, que isto só la vai à bomba…Fodassss!

    E acreditem adorava vir ao Cacifo. Era dos poucos sítios da blogosfera que conseguia conciliar dois aspectos. O amor doentio que temos pelo nosso clube e a critica bem fundamentada e estruturada! E éramos os primeiros a defender o que era nosso. Contra tudo e contra todos…

    Desculpem. Foi um desabafo! E acabo com um vão todos para o caralhinho.

  8. Para (não) variar, um texto muito bem escrito. Mas, ao mesmo tempo uma mão cheia de nada. Então as futuras vitórias de um clube medem-se pela quantidade de alcunhas que os jogadores têm??? se chamarem gordo ao Maniche, zarolho ao Rui Patricio, Panisgas ao André Santos, perna-de-pau-carunchoso ao polga já está tudo bem, e há “espirito de grupo”… Poupem-nos…

    • Concordo, realmente o que não tem faltado n’O Cacifo ultimamente são mãos cheias de nada… será que a falta de inspiração do Nosso futebol se espalhou aos cronistas? Álevantar, caralho, álevantar!

  9. O cacifo está ao nível do pipi. Não é por aqui que não somos campeões.
    O cacifo é o nosso horizonte. Vemos mais vezes o cacifo do que o Sporting a jogar à bola. Mantém aceso o nosso entusiasmo. O cacifo é o nosso horizonte, um invisível que não pode desaparecer (Apollinaire) que é a nossa paixão pelo Sporting . O Evaldo não é pior do que quando estava no Braga, não é o maior, mas faz o lugar que desde o Rui Jorge não teve ninguém de jeito. Com o Izma ali à frente dele teríamos uma belíssima ala.

    Polga- Manso

  10. Maniche – 3 queixos
    João Pereira – chunga/mitra
    P. Mendes – boca de cinzeiro
    Patrício – trabuco
    Djaló – “jogador” (ironia)ou “Nunca sua”
    Polga – Bruna Polga
    Costinha – Amendoin
    Liedson – Foge ao vento
    Grimi – Castor
    Caneira – Presidente da Junta

    Paulo Sérgio – Forcado

    Porra… e nunca lá tive. Um treino dava para dar alcunha a esta gente toda

  11. Torsiglieri – Frankenstein
    Valdés – picanço
    Vukcevic – Zé Vuk ou Zé Maluco
    Carriço – cara de machado
    izmailov – zé torsicolos
    joão pereira – facadas

  12. Bom, depois do Luis Campos (pseudo treinador que virou comentador na rtpn) que achava um dos piores treinadores eis que surge um novo “enterra” de seu nome Carlos Azenha (ou azelha)…

    O pior é que nós também estamos servidos com um futuro comentador (sem sobrancelhas), tal como o que o antecedeu…

  13. A melhor alcunha para Polga é mesmo… Polga!

    “Tenho esta Polga a nascer-me na cabeça da gaita, e o médico diz que é sífilis”

    “Ontem vi-me à rasca enquanto cagava, e só me aliviei quando me saiu uma gand’a Polga”

    “O esgoto entupiu aqui em casa, e foi uma infestação de Polgas como nunca tinha visto”

    Ou ainda: “fiz figura de Polga naquele dia, agora nunca mais posso voltar àquele sítio”

  14. Hildebrand – Pezudo
    Torsiglieri – Pezudo
    Evaldo – Pezudo
    Caneira – Pezudo
    Polga – Pezudo
    Abel – Pezudo
    Grimi – Pezudo
    Maniche – Pezudo
    Zapater – Pezudo
    Saleiro – Pezudo Proveta
    Djaló – Pezudo
    Postiga – Pezudo

  15. E eis senão quando,

    http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=679458

    O ‘testa de ferro’ que dirige o SCP já cumpriu o principal objectivo da banca… Agora sim! É que o JEBardo (ou Judas) justificou o salário. Fantástico!

    Como diz na notícia,

    http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=679062

    “José Eduardo Bettencourt tem mantido negociações com a banca com o objetivo de garantir financiamento para reforçar a equipa no mercado de janeiro.”

    Sim sr JEBardo, és um grande sportinguista. Se eu estivesse no teu lugar, a fazer o que tens feito ao clube que dizes amar pintava a minha cara toda de preto e desaparecia para África. Príncipios… Uns têm, outros não…

  16. Patricio: Palito
    Pereira: Pitbull
    Carrico: Covas (e tao magro que nem bochechas tem)
    Polga: Golo
    Evaldo: Duracell
    ASantos: Douglas (meias para baixo)
    Maniche: Avô
    PMendes: Jesus
    Vukcevic: Pescador (mangas da t-shirt)
    Salomao: Mickey
    Liedson: Gordo

  17. Patrício – Xico
    João Pereira – Necas
    Carriço – Picas
    Polga – Folgas
    Evaldo – Naldas
    A. Santos – Pintos
    Maniche – Chispes
    Valdes – Don Jaime, “el pajarito”, Valdes
    Vukcevic – maluco do caralho
    Postiga – Parteiro
    Liedson – o gajo que lixa o balneário do sporting

  18. Patricio- franguicio ( óbvio )
    Maniche-topo gigio ( são iguais )
    Saleiro-CS9 ( o 9 é do numero da camisola e não a abreviatura de 90, minuto em que normalmente entra em jogo )
    Abel- guarda ( guarda Abel versão revista ao nível da odontologia )
    Djaló- djalucy ( afinal foi menina e optaram pelo nome Lucyanni. Um clássico instântaneo da onomástica portuguesa )
    Evaldo- Vinicius ( sim esse Vinicius…. )
    Carriço- é outro Beto ( e é mesmo. esperem até ao verão quando se falar dele para o real Madrid )
    Postiga- Van Basten de caxinas ( nada a dizer. Consta que era assim que, humildemente, era chamado pelo pai )
    Paulo Sérgio- Forcado Sobrancelha ( nome digno de personagem secundário de bd ) com a variante ” cabrão do forcado do caralho que não percebe um boi desta merda ” .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s