Dissecando o zombie

Por muito que alguns dos que, diariamente, nos ajudam a fazer do Cacifo aquilo que ele é não gostem, a definição que o Douglas encontrou para o Sporting parece-me perfeita: zombie ou morto-vivo. Não creio, no entanto, que apenas dois ou três pedaços do zombie estejam livres da podridão que, nos últimos dois anos, semana após semana, alastra pelo corpo deste Sporting em agonia. Vai daí, lembrei-me de dissecar o zombie.

Cérebro
Foi aqui que o vírus teve início, trazido das planícies alentejanas por um senhor de olhos esbugalhados atrás de óculos fora de moda. Os que se lhe seguiram – uma espécie de Dom Quixote agarrado à coca, um cabeçudo de Torres amigo do whisky e crente de que valia mais três segundos lugares do que um primeiro, e um bandalho ordinário que fica na história do clube pelas piores razões – apenas contribuiram para alimentar os agentes infecciosos que grassam pelo corpo do nosso Sporting. Curiosamente, no dia 26 de Março, temos oportunidade de mexer no cérebro e começar a tentar que o antivírus faça efeito.

Olhos
Turvos… raiados de sangue… quase cegos. A culpa não é deles, mas sim das lentes que lhes deram. Umas lentes que servem para Paços de Ferreira, para Leixões, até para a Selecção, mas que levaram, nos últimos 30 meses (ao tempo que andamos nisto…) o clube para um verdadeiro deserto de ideias, de conhecimentos tácticos e, pior, para um derserto de identidade e de conhecimento da grandeza do clube. Para este zombie, jogar bem é esforçar-se e, no final, dizer que vamos levantar a cabeça. Não admira que o pescoço esteja todo fodido, de tantos esticões…

Boca
Não há. Não há uma voz de comando. Não há um grito. Não há um soldado capaz de guiar as tropas e minimizar a incapacidade do comandante para o cargo que desempenha. O zombie está mudo.

Pescoço / Cervical
Disse-o acima: tudo fodido. Das sete vértebras que minimizavam o andar marreco e de cabeça em baixo, uma está no estaleiro, outra foi para o Porto, outra foi para o Génova, outra enlouqueceu e não há treinador que lhe deite a mão, outra foi sambar a troco de uns milhares de euros que nos permitam, no final da época, pagar a cirurgia para lipoaspirar o sebo gadelhudo que se alojou na cintura. Sobram duas vértebras, demasiado tenrinhas e desamparadas para conseguirem fazer o que quer que seja.

As mãos
É das partes do zombie em melhor estado, muito por culpa de uma das vértebras tenrinhas que, apesar de tudo, vai conseguindo melhorar (mesmo sem alguém que o ensine). Claro que Patrício, fruto desse processo de crescimento, continua a enterrar de quando em vez, mas é dos pedaços do zombie que devemos preservar. Tiago, por uma questão de acreditar que sabe o que é o Sporting, poderá ser aproveitado para treinar os guarda-redes das camadas jovens. E o alemão, se quiser, pode ficar e ajudar o Rui a crescer.

Os pés
Dos nove dedos que restam ao zombie, aproveitam-se três e dois meios: Torsi (haja um defesa que não manda biqueirada para a frente), João Pereira (haja atitude a sério) e Carriço, pese embora este último dê indícios de poder estar afectado pelo virus. Os meios são Evaldo, a quem sou capaz de dar o benefício da dúvida e esperar para ver o que joga com um treinador decente, e Cedric, escondido num abrigo à espera que o surja a cura.
Os restantes dedos não têm qualidade para encher uma chuteira com mais de cem anos de história e aspirações a vencer. Ou porque já deram o que tinham a dar (Polga), ou porque são dos jogadores mais patéticos de que tenho memória (Grimi).

A cintura
Gorda e pesada. Maniche é um verdadeiro insulto para qualquer Sportinguista. Não tem lugar, obviamente. Pedro Mendes tem qualidade, mas o motor começa a dar sinais de cansaço (ainda assim, penso que é importante mantê-lo, até pelo carácter e experiência que representa para o balneário). André Santos é, claramente, para manter. Zapater… eu sei lá o que vale Zapater…

O coração
É curioso como o jogo de ontem mostrou que ainda existe alguém capaz de fazer bater o coração do zombie. Matías Fernandez fez, provavelmente, o seu melhor jogo ao serviço do Sporting, e deixou-nos esperançados num futuro onde Valdés e, quem sabe, Vuk, levarão o sangue limpo a todo o corpo (e há um tal de Tales que, de tão pequenino, nem se vê. Dá para emprestarem?)

Os braços
Para este zombie, em tempos conhecido como o maior fabricante de asas futebolísticas, abrir os braços é um constante esgar de dor (não só para ele como para nós). Cristiano ia abrir um rodízio com Paulo Sérgio e Cabral. Yannick é outro Varela ou outro Lourenço (como preferirem), incapaz de fazer mais do que seis ou sete jogos a sério por época, passando o resto do tempo entre movimentos tecnicamente aberrantes, o posto médico e o sofá, vendo os vídeos da Luciana a vomitar. Salomão só estará pronto para o Sporting depois de um ano numa equipa que lhe permita ir ganhando estaleca, enquanto não tira o aparelho dos dentes.

As pernas
Já viram que só temos duas? Postiga e Saleiro. Está tudo dito.

A alma
Somos nós e, confesso, ontem fiquei com a ideia de que seremos capazes de recuperar o zombie. Desde que não voltemos a dar-lhe um dador de sangue também ele infectado. Nesse caso, o melhor mesmo é dar um tiro na cabeça deste farrapo verde e branco.

Anúncios

77 thoughts on “Dissecando o zombie

  1. Vou-me concentrar na alma, porque os apontamentos sobre as restantes partes do corpo parecem-me muito acertadas.

    Seria interessante que a “alma”, à 2ª vez que um jogador toca na bola, não comece logo a assobiar. Sim, refiro-me ao Grimi. como é possível alguém com mais ou menos valor, apresentar algo de positivo com semelhante ambiente? É verdade que Grimi tem feito más épocas, mas é também verdade que a 1ª época foi interessante e levou até o Sporting a gastar uma soma avultada de € para o contratar ao… Milan. Será que o jogador vale tão pouco como parece? Ficam aqui as minhas dúvidas…

    Não me esqueço que vi e ouvi, no estádio, adeptos a assobiarem estes jogadores (um pormenor importante, vestiam de verde e branco):

    R. Quaresma
    C. Ronaldo
    Varela
    Nani
    Custódio

    … quem quiser que complete a lista.

    http://bancadadeimprensa.blogspot.com/2011/02/classico-perdido-antes-de-comecar.html

    • Sim, vale ainda menos do que parece. E a mim, nunca me enganou. Nem na primeira época. Aliás, eu vaticinei aqui que aos 5 minutos essa besta já tinha um cartão amarelo. Foi aos 4…Honra lhe seja feita. Aguentou o segundo amarelo até ser substituído.
      Ficamos sem saber, caso Carriço não se tivesse lesionado, se o Toureiro o metia a titular à mesma..
      SL

    • Eu digo isto porque a constante é… criticar jogadores de verde e branco. É um caso de alucinação colectiva que estou em crer ser crónico.

      lembrei-me de um outro:

      Gabriel Heinze. O que este tipo foi gozado quando jogou pelo Sporting. Foram só 5 jogos e 1 golo (ao FC. Porto…), mas nem isso o salvou.

      Veredicto: recambiado!

      • O que dizes entronca em algo que escrevi no post anterior.Não alinho nem no endeusamento de certos jogadores nem no axincalhamento de outros.P.Barbosa tinha quem o odiasse (quantas vezes foi ele assobiado pra depois se tornar mais tarde no capitão do SCP por muitos anos) e quem o amasse, eu adorei-o quando com um simples inclinar do corpo deixava o adversário no chão mas odiei-o quando perdia bolas infantilmente.Isso não é motivo para pura e simplesmente hostilizarmos os nossos jogadores, sermos nós, adeptos do Sporting, quem torna a vida dificil aos nossos próprios jogadores, exemplo disso é Grimi, mas houve e há muitos outros.O Djaló já teve momentos brilhantes, mas é claramente um “odiado”, pelas lesões, pelo corte de cabelo, pela sua vida pessoal,etc.O Matias pode passar meio ano no banco, passar jogos sem se ver, mas continua a ser idolatrado.O Carriço é um bem-amado, por mais merda que faça, já outros não podem falhar um passe, são engolidos vivos.O que ganhamos nós com isso? o que tem ganho o Sporting com esta atitude? Por mim, enquanto lá estiverem com a nossa camisola vestida, merecem algum respeito, por mais que gostasse que tal não fosse realidade em muitos dos casos.

      • @ Phill Babb.

        É isso que não se entende. O Carnide pega num jogador de caca e transforma-o num craque. Nem que seja somente no imaginário deles (hoje li, num blog Benfiquista de referência, que Jardel é o central com mais técnica do futebol português…). Eu sei que só por isto devia de levar umas chibatadas…

        Bom dizia, há que 1º preservar o bom nome do clube, e é como dizes os que lá estão merecem todo o respeito e apoio. Serviu alguma coisa de começar a assobiar Grimi aos 5m de jogo?

        Serviu sim para o intranquilizar ainda mais. Imaginemos que o inverso se passava, que o público puxava pelo rapaz e ele num inusitado assomo de orgulho dava tudo e por ali nada passava.

        É um cenário com pouca probabilidade de acontecer? É.

        É porque os adeptos leoninos tem uma nova modalidade em que me parece que são campeões mundiais:

        O achicalhamento público de todo e qualquer jogador vestido de verde e branco. Se estiver no banco safa-se… até ao momento em que começa a jogar…

  2. Muito bem dissecado cherba, mas quanto á alma, há muito tempo que também está doente, muito doente mesmo, o que vi ontem foi assim:
    Patricio – Seguro, defendeu o que havia a defender (falhou pontapé)
    João Pereira – Um dos melhores a atacar
    Polga – Perdeu quase a totalidade dos lances
    Torsi – De longe o melhor defesa do Sporting
    Grimi – Pois não sei, fez melhor que eu dentro de campo
    Pedro Mendes – Seguro e desgastado
    André Santos – Precisa de treinador e será um dos melhores
    Yannick – Corre bem, mas tem de aprender a dominar a bola
    Matias – excelente jogador, noutro lado seria “formidável”
    Cristiano – Bons apontamentos, mas desapareceu
    Postiga – Um dos melhores, bom jogo
    Saleiro – Um triste, não ganha um lance
    Salomão – Um dia será bom jogador, demasiado tenrinho
    Maniche – Ainda entrou a tempo de fazer muita merda – o normal

    Falta-nos 5 ou 6 jogadores de eleição, espero que quem fique a comandar esta equipa no futuro, saiba trazer 2 em cada ano, e assim lutaremos para titulos daqui a pouco tempo.

    • Desculpa lá mas há coisas que me obrigam a interpelar-vos.

      Quando dizes “Cristiano – Bons apontamentos, mas desapareceu”, pá… desculpa lá… eu não queria maçar-te, mas… se fizeres favor… olha… nem te peço muito, basta um, um só.
      Ou seja, o que quero pedir-te é que me dês apenas um “bom apontamento” para a amostra. Um apenas. É que como tive ali uns minutos disperso com o olhar no topo Sul, pode ter-me passado qualquer coisa ao lado. Tipo um passe a rasgar, um drible do caralho, um cruzamento com nexo, um sprint em que tenha ganho vantagem até à linha, um canto bem marcad, sei lá… qualquer coisa. Peço-te, portanto, só um desses “bons pormenores”. Um pequenino. Isto, claro, partindo do pressuposto de que o facto de ele ter saído logo pela linha lateral no momento da sua substituição não encaixa no teu conceito de “bom pormenor”. Se for esse o caso, então desculpa lá mas tenho de pedir-te dois apontamentos. Consegues dar-mos? Fazes-me esse favor? É que eu estou para aqui a vasculhar a memória e só me lembro de ver uma triste e patética figura digna de um clube de segunda divisão. Mas posso ser eu, que não sei ver futebol.
      Podes então ajudar-me?
      Agradecido.

      • parece-me que o cintra tem razão quanto ao que se passou no jogo. mas também o que esperar de um tipo que esteve lesionado dois meses e que não jogou durante cerca de três meses? se alguém esperava que o tipo chegasse a uma equipa destruída como a do SCP e de repente fosse o melhor jogador da equipa em duas semanas só pode não estar muito bem. ainda assim, do que me lembro dele no paços, era um jogador acima da média, não se sei se suficientemente bom para o SCP, mas que não era mau, não era.

        continuo a achar que a grande parte da culpa é do deficiente mental que lança um jogador nestas circunstâncias…e o tipo não vai ser mais que um bode expiatório de tudo o que se está a passar…enfim, está visto que nem sequer vamos conseguir saber se o tipo é aceitável ou se não vale um chavo…

      • Olha eu nem no paços gostava do Cristiano Lol E ainda gostava menos por nos marcas uns golos do caraças.

        Ainda estava ele no Paços quando se falava da hipótese Sporting e eu criticava.

        Saiu para o PAOK onde penso não se conseguiu impor (mesmo antes dos salarios ema traso) para vir para o Sporting -.- e para o colocarem a titular -.-‘

    • O Cristiano só está ali porque é amigo do treinador e porque é um jogador que para o nível do sporting é barato. Estamos resumidos a uma equipa de compadres, que joga quem é amigo do treinador. Parece as jogatonas de rua da minha infância. Sempre quero ver se o tipo na quinta é outra vez titular…
      SL

  3. um aparte relativamente às pernas:

    neste momento somos um verdadeiro saci perere! temos uma perna e que nem sequer é grande coisa. já a perna saleiro, não passa de um implante proveta e serve, talvez, para dar a sensação de que o zombie ainda se consegue mover sem se arastar…

  4. Mbo pensa que se o tema é do outro mundo tenho obrigação de partilhar com vocês o meu último pensamento…. O grimi só pode ter um irmão gémeo!!! Por mais que pense esta é a ideia mais aceitável para as recentes exibições do grimi… Temos o irmão errado!!!! O verdadeiro esteve cá meia dúzia de jogos.
    Cherba desculpa o reparo mas tens de incluir um belo par de colhões na tua análise sem eles nada mais faz sentido… pensem nisto!

  5. “E o alemão, se quiser, pode ficar e ajudar o Rui a crescer”

    Discordo. Um internacional alemão ou vem para ser titular, ou é dispensado. Não é normal um gajo destes nem ser convocado, quando temos a nódoa do tiago no banco. É um insulto futebolístico completo. E ainda, considerando o ordenado elevadíssimo que este gajo deve estar a receber. Foi mais uma borrada do Costinha!

      • Referi-me ao Costinha porque acho que foi uma contratação que nunca devia ter acontecido. Penso que não foi o Paulo Sergio que pediu um GR, ainda para mais porque nunca houve vontade séria dele, de pôr o alemão a jogar.
        E vamos ser realistas! Um GR precisa de concorrência? Ou é bom e tem potencial ou não joga. Não é por ter um outro gajo bom no banco que vai passar a jogar melhor.
        Só o Real Madrid e afins contratam GR’s de craveira internacional para colocar no banco de suplentes no caso do titular se lesionar, pk têm guito para isso.
        Mas este caso foi só 1 exemplo – entre pongolles, grimis, etc – de como este clube (que se queixa que não tem dinheiro para nada) vem esbanjando milhões à toa e hipotecando o futuro, porque estamos encravados com os empréstimos e juros á banca e que agora impedem a renovação do plantel.

  6. Estou plenamente de acordo com o post. Brilhante.
    Agora acho que também temos que ver, que neste momento está toda a gente subvalorizada, a maioria não joga nada porventura, fruta da falta de indicações do que devem fazer! Não há fio de jogo não há uma ideia colectiva do que devem fazer! Quantas vezes os laterais quando sobem ficam sozinhos, não há ninguém a tabelar a criar rupturas, a ideia é que corram sozinhos e façam sozinhos, não há movimentos de apoio, o João ainda se safa porque é rápido, agora o evaldo com um treinador e não com um forcado certamente renderá mais! Só dando um exemplo…

  7. GE-NI-AL!

    Um aparte:

    Faltam os colhões como já foi dito e o caralho.

    Em relação aos colhões, tem de ser o director desportivo, director de futebol, o que lhe quiserem chamar. Trata-se do gajo que não deixa que brinquem com o clube. Que espuma raiva quando nos insultam. Que ataca quem nos prejudica. Que não leva desaforo para casa.

    Em relação ao caralho, trata-se do gajo que dá tusa a este zombie. O gajo que faz este zombie correr que nem um louco quando está erecto ou que o manda abaixo quando está murcho. E aqui talvez seja o tal “golpe de asa” que precisamos. Um gajo que sozinho ganhe jogos.

    • dois colhões,

      um mais macio e lírico, eventualmente até depilado, mas essencial para o equilíbrio sexual do leão: freitas lobo;

      outro grande, áspero e peludo, a gana sexual do leão: manuel fernandes!

      • fdsss. Puta de fixação pelo homem… Se algum dia ele fosse para o Sporting passava num ápice a ser um merdas, provavelmente porque ia buscar um “granda jogador” do Kasaquistão, o qual só o Freitas Lobo “conhece”, e eventualmente seria nada mais que um qualquer Pongolle, ou um Caicedo, ou pior ainda um qualquer Purovic. Aí o Freitas Lobo seria tão merdas quanto o Costinha, ou então quanto o Carlos Freitas o foi no periodo pré-despedimento…

      • Aquilo que me faz impressão é que nós, Sportinguistas, estamos fartos de levar com estas “experiencias” de pessoal sem qualquer prova dada nos cargos (Paulo Bento, Costinha, etc, etc…) e ainda continuamos e insistir no mesmo. Não digo que não possa vir a dar um excelente director desportivo, mas ninguem tem maneira de saber…

      • É que o homem, se no inicio cometer um erro qualquer, vai ser logo trucidado, como tão bem nós, com a ajuda da comunicação social sabemos fazer…

    • O sporting precisa dum presidente vigarista. Na nossa liga so ganha quem tem presidentes vigaristas, está no sangue dos tugas ser corruptos, começa no governo acaba no futebol. Um compra meninas para os arbitros o outro trafica droga. Tou farto de ser o clube santinho amigos dos arbitros e dos outros clubes. Sporting é Sporting, não precisamos, pelo menos não precisávamos, de ajuda de ninguem

  8. Muito bom, songue…

    no meio deste caos, haver lucidez para analisar de forma tão correcta aquilo que são as especificidades do nosso modelo de jogo (sim, é um modelo de jogo. senão não faria sentido tanta repetição em pleno relvado) e ainda por cima ter a capacidade de lhe acrescentar humor só pode ser de alguém que das duas uma:

    a) ou é um analista profissional

    b) ou este estado de alienação tem a paradoxal capacidade de fazer emergir uma lucidez de génio

    Sou capaz de ir mais pela segunda…por incrível que pareça, hoje os sportinguistas são pessoas mais lúcidas, mais conscientes e porventura mais perspicazes…aliás, o cacifo é a prova disso.

  9. e se não for pedir muito…em todos os restantes jogos que temos pela frente.

    mas não acredito muito nisso. afinal de contas, o Torsi ainda não interiorizou que para além de ter de defender bem, tem a função de organizador de jogo através dos fantásticos passes longos com destino às mãos do guarda redes ou à linha lateral. Coitado do homem, ele é só central. Mas felizmente, este é dos bons.

  10. estava aqui a ler a merda da bola e leio isto:
    “Khadafi discursa ao país e diz que prefere «morrer mártir» a deixar a LíbiaMuammar”.

    deja vu, onde é que eu já visto…eu que até sou pacífico, e a seguir ao bettencourt até o considero um dos tipos mais estúpidos e patéticos que já vi/ouvi, mas onde está um george bush para (mandar) enfiar um balázio nos cornos do khadafi e, já agora, do paulo sérgio?!

  11. Perfeito, este post está simplesmente épico.
    Sim de facto ontem achei, o Mendes um tanto ou quanto desgastado, mas isso resolvia-se, se tivessemos um treinador inteligente iria saber dar a volta à questão, o aimar no benfica fez 2 jogos e sentou para descançar.
    Matias foi genial, torsi não sabe jogar com os pés, mas sabe defender, e como a posição dele é defesa, por mim ficava no 11.
    Yanick é um jogador incompreensivel, andré santos é bom mas penso que ainda nao tem a estaleca e o cerebro de um jogador que joga a trinco. se fosse eu o treinador o meu 11 seria :
    -Rui Patricio
    -João Pereira (DD) Evaldo (DE), Carriço(DC) e Torsi(DC), Jogar com Nac ou polga é o mesmo de jogar com 10
    -Pedro Mendes/ André santos (MD)
    -Matias Fernandez(MC) e Valdes (MO), jogar com dois criativos, ao estilo barça com xavi e iniesta
    Salomão/Yannick( na ausencia de melhor)(EE), Vukcevic(ED)
    -Postiga (PL), nunca jogar com Saleiro, mais vale jogar com Vuk como segundo avançado

  12. Com 50 Milhões/€ para jogadores eu comprava 2 PL Vagner Love(15/20 M€)/Seba Ribas(1/2M€) (emprestava o Saleiro). Ia buscar o Gio dos Santos (5M€) (despachava o Cristiano, emprestava o Salomão para ganhar calo de 1ª liga), trocava o Matias pelo Giovanni Moreno, ia buscar o Jorge Teixeira (1/2M€) para defesa central e despachava o Polgas, contratava o Taiwo (DE) a “custo 0” para defesa esquerdo.

  13. Continuo com uma duvida relativamente ao jogo de ontem, apesar de haver cameras que proporcionem uma visão mais clara, não vi ainda imagens dessa camera relativas ao lance, o lance é aquele em que o Matias faz uma jogada espetacular ( mais uma iniciativa individual, foi isso o nosso jogo ontem )e que em teoria, o galinacio roberto defende, mas eu não fiquei com essa ideia , deu-me ideia que foi o contrão que defendeu ! Será que vi mal?

  14. O Grimi é o caso mais flagrante do que faz a falta de confiança ao rendimento de um jogador. Ou estávamos todos malucos quando o comprámos?
    Mas o maior problema é que praticamente todos no Sporting sofrem de uma enorme falta de confiança. E isto só se endireita quando houver uma liderança competente, astuta e exímia na comunicação.
    Para mim, há que cortar com o passado directivo recente. Não me deixam outra escolha, aliás. Estes últimos 2 anos têm sido bastantes esclarecedores quanto à sua real valia.
    Voltando então ao Grimi, receio que possa não ter tempo para recuperar a sua confiança no Sporting caso essa nova liderança faça o tal corte com o passado recente, como espero. Poderá eventualmente ficar, mas julgo que seria melhor para todos que se arranjasse uma solução que financeiramente fosse, no mínimo, aceitável. Ficar a treinar à parte com o Caneira (ou sem treinar) é que não, isso é estragar a sua carreira e os nossos bolsos.
    Também espero que o Sporting comece a implementar uma política de empréstimos que reflicta uma lógica de planeamento de carreiras: não me parece que se esteja a fazer uma gestão adequada de Adrien, Pereirinha e Cédric, por exemplo. Acho que estamos a impedir, ou impedimos, o desenvolvimento de jogadores ao emprestarmos quando os devíamos manter e a mantê-los quando os devíamos emprestar.

  15. “num futuro onde Valdés e, quem sabe, Vuk, levarão o sangue limpo a todo o corpo”

    Acerta em muito, muito mesmo…mas esta tirada é inconcebível !!!

    Vuk não é nem nunca será jogador que mereça vestir esta camisola!
    …tem talento? tem e um ego e carácter infinitamente pior…INDIGNO.

    COISAS SIMPLES

  16. É por posts destes que o Cacifo é o melhor blog do Sporting. Também acho que faltava falar da genitália, mas percebo que falar de colhões e afins numa equipa como esta deve ser complicado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s