“Conjunturas”

Erro? Lapso freudiano? Sugestão? Honestidade envergonhada? Ou mais uma “cabralada”, mais um sinal exterior de que o clube tem gente muito fraquinha e má a gerir os seus destinos? Todos. Até na secção “Língua Portuguesa”.

“Tais notícias são meras conjunturas sem nenhuma base de veracidade, que visam transmitir a ideia de que existe um vazio no poder e que a Sporting, SAD está a ser gerida de fora para dentro, o que não tem qualquer correspondência com a realidade”

Sim, são conjunturas, de facto. Isto é uma conjuntura. Este Sporting é uma conjuntura. Uma assustadora conjuntura, que nenhuma conjectura consegue tornar pior. Nem mesmo aquela em torno do futuro do seu treinador. Que, nesta conjuntura, continuará, apesar das conjecturas.

Triste isto.

Anúncios

15 thoughts on ““Conjunturas”

    • Não é válida de procedimento. Ou seja, a reclamação do Sporting não foi aceite como válida para originar a abertura de um processo e/ou encerramento de outro (anulação de multa e castigo).

  1. Haja alguém que mantenha TOTAL confiança no homem. Provavelmente a sad leonina também está toda negra mas com vontade de levar mais. Sadomasoquismo?! Não, Obrigado.

  2. Quando se pensa que o Sporting bateu no fundo, os merdas que lá estão conseguem sempre esgravatar mais um pouco. Qual o interesse e significado deste comunicado ridículo e mal escrito? Serenar a equipa? Os adeptos? O treinador?
    Puta que pariu que a paciência tem limites. Parece que não têm dignidade nem o sentido do ridículo!

    • Além da “conjuntura” temos também “têm a total confiança do actual do Conselho de Administração para fazer face aos difíceis desafios desportivos que se avizinham.”
      Cada tiro cada melro! Parecem o Djaló a parar uma bola!

      • Eles puxam a culatra atrás e pumba, tiro no pé. Depois?! Voltam a puxar a culatra atrás e pimbas, tiro no pé. Depois?! Recarregam a arma, puxam da culatra atrás e pimbas, tiro no pé…

  3. Eu diria que a Sporting SAD está a ser gerida de dentro para dentro… das grades. Isto são verdadeiros crimes de lesa-Sporting.
    Muito gostaria eu que tudo isto fosse, de facto, uma conjuntura, um momento circunstancial, uma interrupção… e que a verdadeira grandeza sportinguista continuasse dentro de momentos.
    Infelizmente parece-me que este jeito frouxo de ser (e dirigir, dentro e fora de campo)está instalado e não sei até que ponto os candidatos que já se perfilaram fogem desta indolência vergonhosa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s