ZOMBIELÁXIA

O Sporting, este Sporting, é isto:

E é o Djaló, e é o Grimi, e é o Polga, e é o André Santos, e é Postiga, e é o João Pereira, e é o belíssimo veterano Pedro Mendes…

e é o treinador-adjunto Cabral… é o Saleiro, é o Maniche… é o Maniche!!

…é uma merda. Não é o Sporting. É um morto-vivo.

Salvaram-se o Mati e o Torsi. Coitados. Força rapazes, aguentem-se que já faltou mais…

Anúncios

O Bloco de Notas do Gabriel Alves, jornada 20

É um estádio bonito, novo… arejado
Sporting – Benfica
21 Fevereiro 2011
20h15, Estádio de Alvalade

Uma humidade relativa, muito superior a 100%
Vai estar uma noite óptima para se jogar à bola. Só é pena ser segunda-feira.

A selecção do Mali tem um futebol com perfume selvagem e com um odor realmente fresco…
Sim, é verdade: o Benfica está melhor do que nós, tanto no futebol praticado como classificação. Mas, digo eu, isso não significa que o Benfica, a subir de rendimento, seja um papão. Ataca bem? Pois ataca. Mas uma equipa que saiba explorar o facto de, do meio campo para a frente, apenas Javi Garcia saber defender, terá meio caminho andando para fazer estragos. Depois? Depois é ganhar o meio-campo, não deixando Aimar pegar na bola e solicitar as diagonais de Saviola. Ah, e convém estar muito atento com as bolas paradas.

Este homem é um Mister
Já todos sabemos que Jorge Jesus, para além de Sportinguista, é um dos melhores treinadores da Liga (a propósito, este continua a ser Sportinguista, ou é mais um para o leque de renegados?). Também todos sabemos que o homem tem tando de saloio como de arrogante o que faz com que, de quando em vez, se espalhe ao comprido.

Ele é excelente nestes lances porque a bola está morta e passa a estar viva
Cadozo é o maior perigo, até porque não há certeza de que Saviola possa jogar.

A vantagem de ter duas pernas!
Por mais argumentos que utilizem, continuo a achar que Luisão é uma espécie de joelho do Mantorras.

E agora entram as danças sevilhanas da Catalunha
Paulo, há jogos que valem mais do que três pontos e este é um deles. Não só por tudo o que rodeia este que é o jogo dos jogos mas, também, pela motivação acrescida que uma vitória trará para quinta-feira. E sabes qual é o principal indicador que podes dar aos jogadores e aos adeptos de que pretendes mesmo ganhar? É deixares de lado aquela merda de ideia de jogar três médios de contenção. Ah, e já agora. Não sei se não punha o Abel à esquerda.

Vamos jogar no Totobola
Sporting – Benfica  1 X 2 (com a esperança de que vamos ganhar 1-0 ou 2-1)

Olha lá, oh Paulo Sérgio

O que é preciso para tu deixares de colocar o Maniche a titular?
Para perceberes que a equipa não funciona com três médios de características idênticas?
Para assumires que o André Santos é o médio fisicamente mais disponível, logo, tem que jogar? (já para não dizer que tem sido o mais regular ao longo da época)
Para meteres na cabeça que isto é o Sporting Clube de Portugal e que jogar com dois médios de contenção (Mendes e Santos) é o máximo que os adeptos toleram?
Para te deixares de merdas e estabilizares a táctica num 4-2-3-1, onde a figura central do 3 seja sempre o Matías ou o Valdés?

No fundo, custa assim tanto dares uma imagem um bocadinho melhor da tua pessoa enquanto treinador de futebol?