Os putos

De quando em vez, há alguém que se lembra do nome do Diogo Rosado. E, invariavelmente, quando isso acontece eu recordo-me de um rapaz com inegável talento para jogar futebol, apontado por muitos como um dos próximos craques com carimbo do leão e que, nas duas ou três vezes em que o vi em campo me deixou a certeza que iria aplaudi-lo com a camisola da equipa principal.
Ora, não sendo um puro extremo mas fazendo com facilidade o corredor, nomeadamente o direito, continuo sem perceber o porquê de não ser dada uma oportunidade ao Diogo Rosado que até tem uma cáusula de rescisão de 20 milhões e que termina o contrato em 2012. Será menos jogador que o Salomão? Não me parece.

E, quando se fala nas nossas necessidades para o centro da defesa, há outro puto que me ocupa o pensamento: Eric Dier, o tal que a Umbro convidou para uma campanha onde, entre outros nomes, estava Rooney, e que o Sporting emprestou ao Everton, acreditando que os jogos das camadas jovens são mais intensos e competitivos por terras de sua majestade. Quando é que faremos regressar este central que até em termos atléticos parece encaixar que nem uma luva nas nossas necessidades?

74 thoughts on “Os putos

  1. Ora nem mais. A prata da casa brilha sempre menos que a outra… Ó Lopes, Paciências, Duques e Freitas, pelo menos a pré-época aos rapazes, não?

  2. Quanto ao Eric, foi emprestado por 6 meses. Cá jogava nos sub-17 do Sporting (juvenis), foi a meio da época para lá jogar nos sub-18 (nós não temos esse escalão “intermédio”) e sagrou-se campeão inglês com o Everton. Excelente mesmo.

    Como tal, espero que esta temporada volte para o Sporting, e sendo junior de primeiro ano espero que se afirme já como titular dos juniores leoninos (escalão sub-19).

    Se for para voltar mesmo, e para ser titular nos juniores, parece-me que foi uma óptima opção, porque fará com que o jogador quando for junior de segundo ano até já possa jogar pelos séniores…

  3. Quanto ao Rosado também pensei o mesmo quando o vi jogar nos juniores. Achei que ia ser a proxima perola a sair da academia mas pelo que ouvi, deslumbrou-se com a fama e a coisa deu para o torto. Vale a pena recordar que o Beira-Mar o devolveu pouco depois de o termos emprestado…
    Quanto ao Dier acredito que vá ser um grande central mas não nos podemos esquecer que só fez 17 anos este ano. Vamos com calma e acreditar que daqui a 2 epocas estará na equipa principal! (este gostava que entrasse logo na equipa em vez de rodar… em alguns jogadores acho melhor ficarem logo por cá do que andarem por equipas mais fracas…)

    Há só uma coisa que não percebo. Antes os putos com qualidade começavam a jogar com 17 anos (tipo ronaldo, quaresma, viana). Agora com 22 (tipo salomao e carriço) ainda são considerados “perolas por limar” e jovens com grande futuro. Se pensarmos que o Messi tem 23 e o ronaldo 25 se calhar já não são assim tão jovens…

    • Mike e ZFS,
      eu defendo que a tarefa de um clube de futebol é não só formar jogadores, mas também homens. E se o Rosado for mesmo o grande jogador que indiciava ser com a pouca cabeça que se diz ter, não fará sentido tentar ajudá-lo a perceber que está a desperdiçar o talento e a carreira?

      • Cherba, a partir do momento em que o emprestas e ele não consegue calçar no Beira MAr ou no Penafiel ou no caralho mais velho, ELE NÃO PODE PENSAR QUE TEM HIPOTESES DE JOGAR NO MÁGICO SPORTING..não sei se por falta de cabeça ou outra coisa, mas quando metes um jovem promissor a rodar ele tem de mostrar qualidade como o Reis,o Neto ou o Golas fizeram por exemplo.

        já o Erik Dier tem condições pa ser do melhor que já vimos sair de Alcochete..espero que não o vendam cedo de mais, lhe renovem o contracto e o ponham a treinar e jogar com os seniores logo que possivel.

  4. O Diogo Rosado é uma pérola a jogar futebol, mas tem um defeito, de cabeça é muito parecido com um tal de Fábio Paím, alguêm se lembra deste fantástico jogador e no que deu ??
    Pois, isto de se ter 16/17 anos e ter acesso a muito dinheiro e muita fama dá nestas coisas.
    Há muitos exemplos destes no Sporting ao longo dos anos, assim de repente lembro-me do Litos, do Mário Jorge (que conheci pessoalmente), mas muitos outros houve. Perderam-se !!!!!

    • O facto do Litos não ter singrado não se deveu a não ter cabeça, mas sim a problemas de ansiedade o chamado ‘síndrome Mamede”… nos treinos era dos melhores talentos que alguma vez se viu para os lados de Alvalade, mas quando entrava em campo ele simplesmente bloqueava. Já com o Mário Jorge a história era outra…

  5. O Diogo Rosado devia fazer pré-época. Mas ele tem de ser acompanhado. Precisa de muita psicologia. Mas ao contrário de muitos q se perderam penso q ainda há alguma esperança c/ o Diogo. Ele já é pai; já viu alguns amigos falharem grandes carreiras; deve estar completamente ciente q esta seria a sua última oportunidade: penso q deve estar disponível p/ dar ouvidos e à equipa técnica e esforçar-se verdadeiramente por uma época a lutar pelo banco de suplentes.

    Eric Dier e Bruma é p/ fazerem uma época pelos juniores e de vez em quando levarem um bombonzinho c/ os séniores. P/ o ano podem fazer pré-época.

    Quanto aos outros putos:
    – Nuno Reis, Renato Neto e Baldé foram emprestados ao Cercle Brugge, da Bélgica. Penso q têm todos qualidade p/ ingressarem no Sporting p/ o ano.
    – P. Mendes (emp. Servette) tb promete … penso q p/ o ano irá concorrer c/ Nuno Reis por um lugar na equipa principal. P/ mim são ambos melhores do q Carriço (e ainda há o Eric Dier na 2a linha).
    – Wilson Eduardo devia ficar tb no plantel este ano (em vez de Saleiro)
    – André Martins vai fazer pré-época. Tem claramente qualidade mas precisa de ganhar massa muscular. Acho q devia ser emprestado a uma equipa com aspirações à Europa
    – por fim, tenho algumas dúvidas quanto ao melhor a fazer a Zézinho e Salomão.

    Os outros emprestados ou não têm qualidade ou já não são propriamente putos…

  6. O problema do Rosado tem sido muito mais as lesões que a cabeça… Foi por problemas físicos que foi dispensado do Beira-Mar (após uma pré-época interessante).

  7. Ainda esta semana em conversa com amigos, falei do Rosado e do Nuno Reis que gostava de ver na equila principal, mas a verdade é que o Rosado por onde tem passado, depois dos juniores não se afirmou. O que é mau. Por mim davam-lhe mais uma oportunidade (emprestado) para mostrar o que vale, se aí se afirmar é renovar e chamar à nossa equipa principal.

  8. O que eu ouvi de um penichense (ou como se chama uma pessoa de Peniche), é que esse menino deslumbrou-se. Algo que me apanhou de surpresa, pois o facto de ter sido pai relativamente cedo, podia o ter chamado à razão mais cedo, como fez ao JVP. Para além disso, alegadamente ele também terá uma perna mais comprida que a outra, o que lhe provoca lesões regularmente. Que ele tinha talento, sem dúvida. Eu vaticinava que seria o número 10 do Sporting quando subisse a sénior. Tinha muito mais classe e técnica que o Wilson Eduardo, por exemplo. Tinha físico, remate, técnica, passe. Só pecava um pouco na velocidade. Mas os bons jogadores até jogam parados.

    Enfim, tenho pena que se tenha perdido mais outra grande promessa, pois já não lhe acalento grandes esperanças.

    Em relação ao Dier, é muito cedo para subir a sénior. Precisa pelo menos de um ano de júnior. E na minha humilde opinião, o Tobias é melhor.

    Posto isto, só quero dizer que por mim só se apostava na prata da casa. A vir de fora, só alguém que entrasse de caras no onze. Um craque mesmo.

    SL

  9. Isto no papel é tudo muito simples mas na realidade existem muitos factores complexos numa carreira de um profissional de Futebol.

    Sem entrar por aí, centro-me só na decisão que compete ao clube de decidir o que fazer com jogadores de 16, 17, 18, e 19 anos.

    Se por um lado existem os predestinados, casos de Figo, Ronaldo, Quaresma, Moutinho etc. que sendo um grupo muito restrito, aos 17, 18 anos conseguem entrar na equipa principal do Sporting e apresentar rendimento desportivo. Pelo que tenho visto acredito que apenas o Bruma neste momento seja o único caso destes nos próximos anos na Academia.

    Por outro lado, existem jogadores, que enquanto juniores apresentam performances perfeitamente medianas entre os jovens da sua idade mas que fruto de um sem número de factores como a ambição, o profissionalismo, os clubes onde evoluem, o talento etc., acabam por mais tarde, com 21, 22, 23 anos mostrar enorme qualidade sendo que muitos acabam mesmo por ser internacionais A. Neste grupo poderia referir nomes como o Nuno Valente, o Beto, o Varela, o Carlos Martins, o Miguel do Valência etc. até o próprio André Santos.

    A questão aqui é na triagem que tem de ser feita à partida com 17, 18 anos sendo que não há métodos infalíveis e pior que isso se o Sporting tem capacidade para “alimentar” 20 ou 30 jogadores durante 2, 3 anos à espera da sua explosão, sabendo-se que a sua maioria nunca chegará a jogar com a camisola do Sporting como o Patacas do Nacional, o Paulo Sérgio do Olhanense, o Hugo Machado da Naval, o João Martins e o João Paiva do Chipre, o Paím do Torreense e o Rabiu nem sei donde.

    O Porto por exemplo consegue aguentar uma estrutura de 20 a 30 jogadores emprestados, o Benfica (22) vai pelo mesmo caminho, o Sporting não chega a uma dezena.
    Esta capacidade permite também que jogadores como o Ricardo Carvalho e Bruno Alves por exemplo cheguem à equipa principal com 40-50 jogos na primeira liga o que lhes permite desde logo uma capacidade de resposta distinta.

    Como em tudo na vida, tem é de haver um critério bem definido e minimamente coerente.

    Posto isto devo dizer que o menino Zézinho não é nem de perto nem de longe um predestinado pronto a integrar o primeiro lote que referi e que quanto muito pode vir a integrar o segundo lote de jogadores que com a combinação de vários factores pode vir a se revelar um jogador com potencial para integrar o plantel principal. Além disto tudo ainda é preciso dar de comer aos empresários destes meninos que se acham estrelas de futebol.

    SL

  10. Acima de tudo estou a gostar da forma como o Sporting está a contratar sem que os fdp da comunicação social saibam. Tirando o Rodriguez e, ao que parece, o Rinaudo, ainda não acertaram 1. E ver toda a imprensa a dizer apenas que Sporting apresenta jogador às 21.30 sem um palpitezinho que seja só pode positivo.

    Em relação à qualidade futebolística não conheço, mas internacional holandês e capitão do AZ convenhamos que é um bom cartão de visita. Resta saber os valores envolvidos na transferência.
    Saudações Leoninas

  11. Estamos com’ó País, em ‘orange shi(f)t’. O outro diz que vão ser dois anos terríveis. Se afinamos pelo mesmo diapasão estamos feitos.

    Agora com V. licença vou ali ver mais três episódios de enfiada do “six feet under.”

  12. “Schaars is really the silent engine of a team. The type of player you’ll start to notice when he’s absent, mainly because he gives many covert but very important passes. Without Schaars, AZ’s midfield lacks a lot of serenity on the ball and their style of play will change from possession-based into end-to-end action. Schaars is the type of player that rarely if ever loses the ball and gives his forwards the opportunity to try and do game-changing things whilst he keeps the midfield in check. He does have a tendency to lose his man in midfield however, often resulting in the opposition having an extra person to give the ball to during a swift counter”

  13. Pelo que falei com um amigo meu que é Holandês, basicamente é um grande jogador de equipa, não é nenhuma estrela, parece ser o ponto de equilibrio do AZ nos ultimos tempos, bom remate e boa disciplina táctica.
    Esperemos que seja um bom investimento para o nosso Sporting. Pode ser importante para o crescer do André Santos como jogador.
    Agora uma questão, se o Rinaudo vier, suponho que vamos ter um meio campo bastante forte, tenho bastantes expectativas, resta saber como Domingos irá optar por jogar no meio campo.

  14. Bem pelo preço que está anunciado nao deixa de ser uma grande contratação! Que estranho este negócio… Que será que aconteceu? Um jogador destes nao vale este dinheiro, internacional A pela Holanda, capitao do AZ.
    Estranho…

  15. Que puta de negócio!

    Por 850.000 acabámos de comprar:

    – Liderança
    – Atitude competitiva
    – Fruta
    – Qualidade de passe
    – Marcador de bolas paradas com o pé esquerdo
    – Adaptação do Wolfs
    – Experiência

    Tiro o chapéu ao Freitas…

  16. Diálogo imaginário

    “Posso fazer de advogado do diabo?”

    “Não te ponhas com essas coisas. Desembucha lá.”

    “Então é assim: mais um destes – o Rinaudo é um destes, não é? – e temos um meio-campo para ser não só elogiado como treinado pelo Octávio Machado.”

    “Hã? Isso é bom ou mau?”

    “Depende. Para o Porto, é óptimo. Nunca mais perdemos com eles (e dá-me cá um gozo imaginar a cachola de frustração daquela coisa que costumava passear-se com a nossa camisola nº 28). Para os outros, nem tanto. Ganhamos um em cada 7 jogos.”

  17. Malta, atenção a uma coisa importante. Vocês estão a dizer que este homem não era para uma posição em falta? Pois eu discordo. Este gajo é “8” aparentemente, coisa que o Sporting não tem desde que saiu o anão e que eu pessoalmente sentia muita muita falta no nosso meio-campo (não do anão, mas sim de um 8).

    Portanto porra, ainda bem que contratamos um jogador para uma posição em FALTA (sim) na nossa equipa. Não acho que o ASantos seja esse homem. Este já acho (mesmo conhecendo-o mal, mas segundo o Diogo Viana, deu para perceber +-).

    • concordo com tudo menos com a do andre santos
      esse puto ainda nos vai dar alegrias (e provavélmente guito tb) mas num clube de “formação” onde até o nani era assobiado é sempre mais dificil…….

      SL

  18. É essencialmente uma grande contratação pelo preço. E não me desagrada esta recente predilecção pelo mercado holandês. São por norma jogadores competitivos e disciplinados e este factor disciplina é mais importante do que muitos julgam. E é no meio-campo que o Futebol de Domingos ganha dimensão, por isso parece-me bem.
    Agora, continuamos a necessitar de um grande nome mesmo em fim de carreira para estimular mais as hostes e a esse nível dá-me ideia que já deixámos fugir aqueles nomes que poderiam ser mais-valias: Val Nilsterooy, Trezeguet, Brentler, Klose…Mas pode ser que ainda me surpreenda..
    Saudações Leoninas

  19. A ver se digo uma ou outra coisa de jeito.

    Eu não embirro com este Schaars, tenho apenas receio de que estejamos a multiplicar “sósias” futebolísticos. André Santos, Rinaudo, Schaars, tudo jogadores baixos, leves e pouco velozes. Que meio-campo vamos construir? Conseguirá ser eficaz contra equipas – a maioria da liga portuguesa – que jogam recuadas apostando em transições ofensivas muito rápidas? O modelo de jogo do Braga é muito interessante mas dificilmente poderá ser “exportado” para o Sporting, equipa de que se espera – e os adversários não vão noutra conversa – que “mande no jogo”.

    Quanto a nomes, pessoalmente não alimento “fetiches”; vou mais longe: não quero “craques” em fim de carreira. Quero isso sim os melhores jogadores a que consigamos chegar. Dos nomes todos falados, só tive pena de perder um: o (Dayro) Moreno. Apesar do inéxito europeu anterior, traria algo que o futebol do Sporting que me recorde nunca teve: um avançado poderoso, ágil, veloz q.b., com “cultura de avançado”, capaz de instabilizar e mesmo desorganizar com as suas movimentações a última linha do adversário. Em síntese, um jogador que corresponde ao protótipo do “avançado moderno” – apesar das suas imensas qualidades, nem Acosta, nem Jardel, nem Liedson alguma vez o foram.

    Se tenho um “fraquinho” é por um “puto-maravilha”. Gostava de ver um desses entre os contratados. Não fazem equipas, provavelmente nem é possível montar equipas à volta deles, mas dá um gozo do caraças vê-los pegar na bola é fazer com ela coisas que não lembram ao diabo. Desde que o Nani se foi que, neste capítulo, ficámos totalmente órfãos. E não me digam que indo mundo fora não são capazes de encontrar e deitar a mão a um “puto-maravilha”.

    • os adeptos do Sporting tÊm uma obsessão com as noticias que saem ou não na CS.

      eu também odeio a maior parte deles e gosto de profissionalismo e descrição que a direcção tem tido nos negocios mas se o Forlan, por exemplo, fosse falado 1 mês seguido e VIESSE MESMO, tava-me a cagar po facto de ter sido falado e aplaudia.

  20. É como diz o Sá, apesar de não conhecer este jogador em pormenor, o critério na construção do plantel é muito superior ao que estamos habituados, basta ver:
    Schaars, Campeão Holandês (li num artigo que juntamente com um tal de De Zeuw fez um grande meio-campo, treinado por Van Gaal), Vice-Campeão do Mundo de Selecções, Campeão Europeu de Sub-21, Vencedor da Supertaça Holandesa e conta com 15 internacionalizações.
    Em relação às características, parece um jogador de equipa, com um bom pé-esquerdo, trabalhador, humilde, empenhado, etc. Já li análises ao Schaars feitas por Valckx, Verbeek(antigo treinador no AZ) e Diogo Viana, até o próprio se caracteriza assim, como um jogador mais virado para o colectivo.
    Por 850mil€ é um negócio fantástico e prova, acima de tudo, que estamos atentos ao mercado porque o Valckx disse que este tinha quase tudo acertado com o PSV e nós chegamos lá e fizemos uma jogada à lá Porto. E aproveitamos também a falência do dono ou presidente do AZ Alkmaar.
    Estamos a construir um plantel competitivo, penso que deverão chegar mais 5 ou 6 jogadores, entre esses devem estar pelo menos 1 ou 2 gajos para entusiasmar a malta, mas também não vou criar expectativas de Cissés, Quaresmas e Pavlyuchenkos. Espero acima de tudo bons jogadores e, como mostramos na contratação de Schaars e Wolfswinkel, critério na escolha dos jogadores.
    Posições que requerem reforço urgente:
    -DC, com 2 jogadores, um patrão e um puto com margem de progressão, ambos altos.
    -LE, um jogador para competir com o Evaldo
    -MD, um jogador alto, um destruidor de jogo, para competir com o Rinaudo e para superar as mais que prováveis saídas de Zapater, Pedro Mendes e Maniche(principalmente este último, vai-te embora caralho!)
    -EE, um jogador de qualidade inequívoca, esquerdino de preferência e que possa entusiasmar o pessoal
    -PL, um jogador para competir com o Wolfswinkel e que não precise de tanto tempo para se adaptar como o holandês vai precisar, apesar de achar que o miúdo ainda nos vai surpreender já na 1ª época.
    Acima de tudo como já tinha dito o Sporting está diferente, estamos atentos ao mercado e temos critério no que compramos e não compramos por comprar (Hildebrand, Tales e Cristiano por exemplo…).
    SL

    • Concordo com a tua análise, so não concordo na questao do PL. Nao precisamos de um para competir, precisamos mesmo de um gajo que marque este ano no minimo 25 golos e descomplique jogos contra equipas fechadas. O Wolf (ainda) nao me parece capaz de o fazer.

      • Sim, analisando melhor o que disse até acabo por concordar contigo. O Wolfswinkel será mais um jogador para ir lançando e não forçar o seu desenvolvimento. Taça da Liga e Taça de Portugal, quiçá poderá ser sempre titular nessas 2 competições e se der pode ir fazendo minutos na Liga.

      • Olha que eu acho que estás enganado… o Wolfswinkel vem para jogar. E se não tiver problemas de adaptação vais vê-lo a marcar golos a torto e a direito. O miúdo é daqueles só vê baliza e tem verdadeiro faro de golo. Dito isto, concordo que não podemos colocar todo o peso em cima dele e ter um consagrado que ainda esteja aí para marcar golos seria bem pensado…

  21. tenho de concordar com quase tudo Bruno, acho é que 2 centrais não são precisos, só mesmo o tal patrão (em que se devia investir 1/4 dos 22M e picos que faltam). o Nuno Reis, Pedro Mendes e, mais tarde, Erik Dier e Tobias Figueiredo dão garantias pa 4º e/ou 5º centrais po ano.

    tou com receio de mais do mesmo em relação á altura, poder de choque e capacidade atlética do plantel..espero que Duque e Freitas não se esqueçam que é o maior defeito dos ultimos anos. O Central, Trinco e Ponta de lança terão de ser bestas de qualidade pa equilibrar o resto e jogarem frequentemente..

    ainda não vejo o trinco que queremos á anos no clube, um verdadeiro destruidor de jogo, que se imponha na bola parada atacante e defensiva. nem Rinaudo, nem André Santos, nem Shaars o são.

    de resto é isso DE, DC, MDef, EE, PL, de preferência pa serem sérios candidatos á titularidade,

    não como este Arias, que o emprestimo é o mais provavel, pa quê? só porque é barato?!??! isso também o Cedric é, e não deve ser pior.

    • O Arias foi um negócio de oportunidade, rescindiu com o La Equidad depois de fazer um excelente Sul-Americano de Sub-20 e parece que também não foi assim tão mau em Toulon. Será para emprestar durante 1 ano ou 2.

  22. Conheço o Schaars e vi alguns jogos do AZ… é um verdadeiro 8 que funciona como pêndulo e consegue imprimir os timings certos defesa/ataque. Tem precisão no passe e está sempre no sítio certo. Defende bem também, mas por vezes perde-se no ataque e porque não é um jogador muito rápido tem uma certa dificuldade em recuperar. Precisa de um 6 rápido e incisivo que lhe cubra as costas… que será o ASantos ou o rinaudo, se este se confirmar.

    Basicamente, comprámos um PMendes mais ofensivo e sem a tendência para as lesões. Isto significa que PMendes vai sair, Maniche não conta e provavelmente Zapater também não terá a vida fácil… também indicia que o AMartins se ficar no plantel vai ser apenas e só para aprender com os graúdos.

  23. só vai a esse blog quem quer e gosta de levar tangas..eu nunca tinha ido, dei uma vista de olhos e fartei-me de rir, tal é a palhaçada que páli vai, com os “mails” que o miudo recebe e tudo…

  24. Esse blog é qualquer coisa de especial! É só treta, e depois dá sempre ares de virgem ofendida. Enfim , uma vergonha para a restante blogosfera leonina, que tudo faz para manter o nível elevado.

    Em relação a esta contratação, sinceramente, não estava nada à espera. Acredito que esta contratação signifique que P. Mendes e Maniche estão de malas aviadas, e que se alguém dá dois tostões por Zapater também vai recambiado.

    Contudo, para além de ter sido um negócio fantástico, num relação de preço-qualidade, eu ainda anseio por extremos. Sinceramente, acho que é o sector mais carenciado deste plantel. E um patrão para a defesa. Ai dois metros de betão!

    FANTASISTAS PRECISAM-SE!!

  25. Pingback: Oportunidades « O Cacifo do Paulinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s