Salomices

Eu não sei o que vale Diogo Salomão. Digo-o muito sinceramente.
Os jornais pintaram-no como um diamante em bruto. Os meses em Alvalade pouco mostraram, para além de alguns bons pormenores técnicos e uma clara imaturidade para gerir os tempos e as situações de jogo. Resumidamente, continuo sem saber se temos ali uma pérola se mais um jogador com alguns fogachos a quem auguram um futuro demasiado grandioso.

A culpa poderá ser de quem não o colocou em campo, travando uma possível evolução e, quem sabe, afirmação, mas também poderá não ter sido mau de todo ele ter ficado na sombra, evitando queimar-se na verdadeira fogueira que foi a última época leonina. Chega, agora, à Corunha, onde poderá jogar com maior regularidade no Depor local, sendo clara a mensagem deixada pelos dirigentes do Sporting: acreditam nele e no seu potencial, daí terem feito um empréstimo sem opção de compra para o clube galego.

Claro que o rapazinho, que já tinha mostrado ser parvo o suficiente para encher o seu Facebook com merdas dos sem nome (e depois o Diogo Rosado é que não pensa), tratou de confirmar que não basta um aparelho nos dentes para se fazer boa figura quando se abre a boca e afirmou que o empréstimo lhe agrava muito, até por ser no estrangeiro, e que até era possível ficar no Depor. E que tal mostrares que tens lugar no Sporting, evitando que o propalado “rei Salomão” se transforme em mais um qualquer Lourenço desta vida?

 

p.s. – bem jogado o empréstimo de Wilson Eduardo, Pereirinha e Mexer ao Olhanense, clube orientado por alguém que já mostrou saber valorizar jovens jogadores.
p.s.2 – quando penso que depositamos tantas esperanças no Salomão, não posso deixar de continuar a questionar-me no porquê de não olharmos para os jovens jogadores do continente africano. Agora é Souleymane Coulibaly, da Costa do Marfim, a dar nas vistas, no Mundial de sub-17, com oito golos em 3 jogos (aqui dá para ver os 3 que espetou ao Brasil, cada um melhor que o outro http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=F1LQsbuG_Bk ). O Siena já lhe deitou a mão, mas há por lá outros diamantes africanos (como o pequeno número 7, Jean Kouassi, com pormenores a fazer-me lembrar o Amunike).

Anúncios

31 thoughts on “Salomices

  1. Muitas vezes pergunto-me a mim mesmo e a outros sportinguistas por que motivo o Sporting não tem explorado o filão africano ( que saudades do grande Keita!…) e não digo apenas jovens promessas. O país que o tem feito e muito bem é a França. Se virmos os plantéis das equipas francesas, são muitos os jogadores africanos. Não me parece que sejam mais caros que os sul-americanos e adaptam-se muito mais facilmente ao futebol europeu.

  2. é que o probelma dos jogadores afircanos nestas selecçoes jovens é que ninguem tem a certeza da idade deles, se neste caso têm 16 anos ou foram ao registo de bicicleta, e depois são indiciplinados e mais tarde repara-se que nao sao exactamente o que se esperava deles

  3. O empréstimo do salomão parece-me apropriado, já o do wilson eduardo nem tanto – acho que podia ser útil, já. Estou satisfeito com a forma activa como andamos a abordar o mercado, acho que os dois holandeses, o rinaudo (está certo, certo?) e o norte-americano são reforços de peso, o próprio rodriguez também desde que sem lesões, teremos o regresso do grande Izmailov, mas tenho três ressalvas a fazer:

    1) falta um ou dois nomes para mexer com a malta, craques que nos mobilizem, que gerem receitas de merchandizing e façam a diferença logo de caras, que gerem ilusão (num blogue irmão falou-se do robbie keane e acho que seria um reforço fabuloso e de concretização verosímil para nós)

    2) não consigo perceber a mais valia de contratar o santiago arias, um defesa colombiano de 19 anos sem qualquer tipo de experiência ao mais alto nível, apesar de ter ajudado a conquistar Toulon, se já tinhamos o cedric (compreendo que rode um ano) e o jorge gonçalves (já rodou que chegue e se for bom tem de ser aposta). Do que vi dele pareceu-me limitado.

    3) não conseguimos fazer dinheiro com ninguém? vuk, grimi, hildebrand, zapater, essa gente toda?

    De momento, analisando o que temos, estamos mais fortes, com mais e melhores soluções e um excelente treinador, mas não chega.

    Confiemos em que lidera.

    SL

  4. Isso do filão africano nao é bem verdade desde sempre que apostámos no filão africano, e até da melhor forma (parece-me que é mais facil jogadores de Lingua oficial portuguesa adaptarem-se que os de outros países africanos), de onde vem o Djaló, o Zézinho ou o Armindo Tué na Bangna vulgo “Bruma”, por exemplo??

  5. A aposta no mercado Angolano com as parcerias feitas na semana passada parece-me uma grande jogada. Mas falta concretizar uma contratação de um jogador angolano de forma a motivar outros jogadores e poder apostar tambem no marketing num país com mais habitantes que Portugal onde todos eles seguem o nosso campeonato e são adeptos de um dos 3 grandes. Poderiamos eventualmente conseguir receitas interessantes a nivel de marketing e venda de camarotes a empresas angolanas caso tivessemos um Mantorras, ou um Djalma ou um Manucho. Nao se espere ir buscar um jogador de enorme qualidade mas se fossesmos buscar um jogador popular como por exemplo o Job do Petro de Luanda ( com 23 anos) podiamos vir a ganhar bastante com isso.

  6. cherba, mas o gajo foi para o siena? fdx…segundo se dizia o mourinho queria levar o gajo…

    das imagens parece ser mesmo muito bom!

    p.s. este tipo de contratações terá sempre risco. mas isso qualquer contratação tem…

    • songue, o puto já estava no siena quando foi para o mundial.

      é mm uma máquina!

      mas o que o SCP precisa é de jogadores chilenos e japoneses.

  7. Sobre o Salomão já disse tudo noutro post. Gosto do miúdo. E digo isto não porque algum pasquim lhe augurou um futuro brilhante mas porque gostei do seu desempenho na maioria dos jogos que fez aliado às características técnicas que possui. Não foi perfeito, longe disso. Mas aproveitou bem os poucos jogos que fez. É apenas uma questão de gostar ou não do seu estilo de jogo. Eu gosto.

    Sobre o mercado africano, há muitos e bons talentos por esse continente fora. Mas é sempre um mercado de risco elevado devido às características do futebol africano e às dificuldades de adaptação em relação à língua e aos métodos de treino europeus.
    A seu favor, os africanos costumam compensar essas insuficiências com muita entrega e atitude competitiva.

    Subscrevo inteiramente o comentário do romagnoli. Devíamos contratar um angolano pelo valor simbólico que isso tem. Numa altura em que a guita escasseia pelo mundo fora, entrar num mercado onde ela circula a rodos não é nada mal pensado. E o job seria uma opção interessante.

    Não tenham dúvidas. Contratar um angolano é pôr Angola inteira colada ao televisor nos dias em que o Sporting jogar. Até os lampiões.

    • Se adoras o Salomão, vais adorar o Carrillo. Tive a ver o miúdo a jogar e é tal e qual o Salomão, rápido, ágil, tecnicamente evoluído mas defende pouco, não aguenta muito o choque e perde algumas vezes a bola ou porque não a passa em tempo conviniente ou porque acaba por abusar das fintas.

  8. O Salomão que estava no Real Massamá era mesmo muito bom, depois quando chegou ao Sporting, parecia estar apático e foi desaparecendo ainda mais em virtude do banho de banco que lhe deram.
    Espero que regresse agora em Espanha, se o deixarem jogar à maneira dele.

    Falta-nos um avançado (de nome feito) e um defesa/médio esquerdo, estes dois teriam de ser nomes que entram de cara na equipa e não mais opções.

    Game Box – este ano ainda vou comprar (aliás já renovei), mas espero não me arrepender, pois até agora, as aquisições não me inspiraram muito, estamos melhores mas pouco.

  9. Segundo o site oficial do clube, “ficaram também acertados os empréstimos até ao final da época de Amido Baldé (Cercle Brugge), Nuno Reis (Cercle Brugges), Renato Neto (Cercle Brugge), Cédric Soares (Académica), Celsinho (Targu Mures), Eric Dier (Everton), Pongolle (Saint Etienne) e Diogo Salomão (Deportivo da Corunha)”.

    Espero que não vendam o Dier antes de ele subir a senior…
    Também acho que o Nuno Reis e o Renato Neto deviam fazer a pré-epoca…

    • 9,25% ano…dá + 17Me em Juros por ano…

      É de facto muito atractivo, e de certeza vai haver muita procura…quero ver como é que vamos pagar este empréstimo obrigacionista…

    • Não sei se vocês sabem que o Sporting não tinha outra hipótese senão renovar este empréstimo.
      A forma como estes empréstimos funcionam é a seguinte:
      1- É pedido o empréstimo neste moldes, em obrigações e com um prazo (neste caso 3 anos) e ainda uma taxa de juro. Este empréstimo é usado para que haja sempre liquidez, porque o grande problema dos grandes é o cashflow, o dinheiro sai muito mais rápido do que entra.
      2- A única coisa que pagas é o juro anual, neste caso 9.25%. Ou seja, 1 Milhão e 850 mil € por ano.
      3- No final do prazo inicialmente estabelecido, existem 2 hipóteses, ou se renova o empréstimo, ou seja, recebe-se novamente 20M€ e pagamos novamente 1.850.000€ anuais em juros, caso seja esta a taxa de juro negociada, ou se liquida o empréstimo, pagando os 20M€ na sua totalidade aos investidores que subscreveram as obrigações.
      Portanto, vocês pensam que neste momento existe possibilidade de liquidar os 20M€?
      Sejam realistas por favor, estes empréstimos obrigacionistas permitem no nosso caso pagar salários e usar uma pequena parte para pagar novos jogadores. Podem esperar reforços nos dias seguintes ao final da subscrição desta aplicação.
      E não me falem sequer em continuidade e banca, é óbvio que a banca poderá ser um dos agentes económicos que subscreve as obrigações mas podem ser também empresas e qualquer um de nós, para além disto este tema já era discutido na campanha eleitoral, lembro-me por exemplo do Bruno de Carvalho falar sobre isto, dizendo que não havia capacidade de liquidar o empréstimo e que teria que ser renovado.
      SL

  10. Há uma coisa que eu não percebi.

    Se eu investir dinheiro neste empréstimo a 3 anos e no final do prazo o clube não tiver dinheiro para me pagar pode renová-lo contra a minha vontade?

    • Penso que os subscritores são também eles renovados, para que os que querem sair da 1ª subscrição poderem dentro do prazo referido ter o retorno desejado.

  11. Tendo em conta que foram buscar o Salomão a um clube repleto de jogadores já com contracto com o Sporting alguma coisa o miúdo tem de ter… E daquilo vi eu achei o bom jogador.. lembro daquele jogo contra o Braga e alguns jogos para a Liga Europa. Estamos a falar de uma época não aconselhada a promover nenhum jovem à equipa principal e tendo em conta isso, acho que o rapaz tem valor. Não sei se um empréstimo será uma boa opção, mas pode ser que ele vingue lá e se torne mais tarde uma mais-valia para o plantel leonino.

    E falando em contratacções… agora sabem muita bem, mas mais tarde vai doer… e para isso basta vos recordar a ressaca dos títulos 99/00 e 01/02 que ainda hoje se sentem no passivo do Sporting.

Deixe uma Resposta para ZFS Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s