38 thoughts on “Gira-discos (porque o estado de alma leonino também se canta)

  1. Não tenho tido vontante para aqui comentar, mas hoje não resisti.

    A Polly Jean é soberba, mas tendo em consideração o contexto em que esta bela musa (e musica) é apresentada neste tão nobre cacifo, preferia ouvir a Good Fortune…..

    FORÇA SPORTING

  2. Que grande música.
    Que grande é a PJ Harvey.
    Que enorme é este cacifo.
    Cada vez mais o blogue sportinguista de eleição…e quando nos dão música desta, só pode melhorar.

    : )

    SL

  3. E até dá para varia a táctica… começa num 1-1-1-1 progressivo, aos 36” avança para um 1-1-1-1 alternado e apartir do segundo 55 finaliza num audacioso 2-1-1.

  4. A imprensa noticia hoje que estamos a negociar a venda de um Júnior (João Carlos), para o Liverpool. Não será alheia a este hipotético negocio a excelente campanha que a nossa equipa de juniores tem realizado na NextGen Series (a liga dos campeões dos pequenitos), onde uma das vitimas foi precisamente o Liverpool.

    A concretizar-se este negocio ou outros no futuro, fico sempre com “mixed fellings”. Por uma lado sabemos que não vamos poder aproveitar todos os juniores que produzimos. por outro “seria este um crack que estamos a mandar embora por um valor relativamente baixo. Para já não temos como saber. Mesmo nos casos mais flagrantes de puro talento nem sempre as esperanças se confirmam, dou como exemplo Dany.

    Vejo duas soluções para resolver este problema e são complementares. A primeira é a tão falada equipa-b. Se clubes como o Marítimo a têm, parece-me um total disparate que aquela que é unanimemente considerada a “melhor escola do pais” não tenha uma. Sinal da profunda incompetência que grassou no nosso clube nos últimos anos Soares Franco e Bettencourt à cabeça. A segunda, tentar obter mais valias de uma futura venda por parte do comprador, que sejam superiores à compensação referente à formação. Para mim entre 15 e 20 por cento da mais valia gerada deveria ser o objectivo.

    Como ainda não temos equipa-b, fico à espera de ver noticiada qualquer clausula do tipo que referi. Isto no caso de se concretizar a transferencia, claro está…

    Z

    • O Sporting no tem equipa B porque estas nao estao autorizadas a jogar na segunda liga… o maritimo B joga na segunda B, onde a progressao sera muito melhor que um olivais que funcionou em tempos como equipa B do Sporting. Mais, na minha opiniao a equipa B serve para fazer a transicao de junior para senior e nao para os fazer saltar a etapa de junior como no caso do Joao Carlos. Mesmo tendo a equipa B o risco seria o mesmo, i.e. nao saberias na idade de junior mais do que sabes hoje e se ele iria ou nao ser um bom jogador no futuro.

      Quanto a segunda opcao, concordo por absoluto, mas relembro que podera ter poucos efeitos praticos. Um jogador que vai para um clube grande como o liverpool dificilmente saira de la tao cedo, i.e. ficara pelo menos 4/5 anos… a partida, se singrar mais tempo ficara no clube. Ou seja, se ele se tornar realmente bom o liverpool fica com ele e nao o vende e o Sporting continua a nao ver mais dinheiro.

      Eu propunha portanto a presenca de clausulas graduais que deem retorno ao Sporting caso o jogador chegue a efectuar jogos pela equipa principal e consoante o seu desempenho. Claro que a presenca destas clausulas levara sempre o liverpool a oferecer menos dinheiro do que se comprasse o jogador sem clausulas. O outro problema e que se o gajo for mesmo bom entao toda e qualquer clausula sabera sempre a pouco.

      Solucao? Aplicar os conhecimentos que existem na Academia e analisar as condicoes que o jogador tem de singrar… posto isto, fazer um juizo ponderado e decidir se vale a pena arriscar e manter o jogador ou se o risco e elevado e sera melhor vende-lo. Mas essa sera sempre uma decisao cheia de incerteza e desde que seja feita com base no melhor conhecimento na altura nao se podera criticar.

      • acrescentaria ainda clausula de recompra (por tempo determinado entre os clubes) e, provavelmente, mais importante que tudo, clausula de exclusividade (tou fartinho de produzir pos outros filhos de uma grande puta dos nossos rivais!!, e so depende de nós impedir repetiçao desse filme ja visto)

        SL

  5. Ontem tive um sonho.
    O Sporting tinha sido campeão. O país vestiu-se de verde e branco.
    Festa, euforia, gritos de “Campeões Olé” entoavam pelas ruas.
    Acordei. Voltei à realidade. À realidade nua e crua.
    Como o Domingos disse hoje em conferência de imprensa, é muito fácil bater no Sporting.
    Quando fomos campeões em 2000, dezoito anos depois, todos pensámos que o futuro seria risonho. Roquete e o seu projecto tinham dado os primeiros frutos. Em 2002, novamente campeões. Agora sim, ninguém nos parava.
    Veio o estádio novo, lindo, o mais maravilhoso de todos digam o que disserem. O passivo subiu a olhos vistos. O nosso, mas também o de lampiões e tripeiros. Ninguém ficou impune à febre dos novos estádios para o Euro 2004.
    Mas desde 2002, que não voltamos a festejar o título, embora com umas tacitas pelo meio.
    Razões para tal descalabro? Muitas. Tantas que nem vale a pena menciona-las. Uns com umas opiniões, outros com outras divergentes. Nunca há unanimidade.
    E enquanto não remarmos todos para o mesmo lado, nunca levaremos o barco a bom porto. Continuamos a bater forte e feio no treinador, nos jogados, nos presidentes, nos apanha-bolas…
    Por certo devem alguns pensar: Olha para este gajo, ainda agora começou a comentar aqui no cacifo e já anda a mandar bitaites para o ar.
    Mas de facto, sem união, nunca haverá tranquilidade e confiança na equipa de futebol.
    O Braga tem um orçamento mais pequeno que o nosso e vai à nossa frente no campeonato. Não comparem a pressão exterior a que está sujeito ao pé da nossa.
    Perdemos com os lampiões. Não merecíamos.
    Empatamos com a Académica. Falhámos 4/5 oportunidades de golo feito.
    Empatamos com os tripeiros. Podíamos ter ganho. As melhores oportunidades foram nossas.
    Empatámos com o Nacional. Oferecemos um dos golos.
    Perdemos com o Braga. Oferecemos 2! golos ao adversário.
    Cada um de nós no nosso trabalho, quando as correm nos correm mal sucessivamente, como é que nos sentimos? E se de repente, quando parece que finalmente tudo começa a correr da melhor forma, eis que algo de mau acontece e volta tudo ao como dantes. Repito, como é que nos sentimos?
    Hoje em dia, nem com o Ronaldo ou o Messi a jogar pelo Sporting, as coisas melhoravam. Imaginem como se sentem os jogadores que a cada infortúnio, levam logo com assobiadelas e constantes criticas a tudo e todos por parte de muitos de nós? Como nos sentiríamos nós no nosso local de trabalho se o nosso chefe e os nossos colegas passassem o tempo a embirrar connosco a cada coisa que corresse mal? E nos assobiassem e chamassem nomes feios? Eu de certeza que não me sentiria bem.
    Para mim um dos grandes, senão o maior, problemas do Sporting é total falta de confiança de toda a gente ligada ao futebol que não consegue de maneira nenhuma criar nos jogadores um clima de tranquilidade e confiança absoluta.
    Eu sei que nestas alturas, é muito complicado apoiar a equipa da mesma forma. Eu que o diga.
    Por essa Europa, são às dezenas os clubes em muitos países que também se consideram grandes na terra de cada um, e que no entanto não são campeões há muito anos, alguns até mais que o Sporting.
    E será que lhe tem faltado apoio por parte dos adeptos? Deixaram de ter razão de ser ou de existir? Não me parece. Alguns deles estarão mais vivos do que nunca. Alguns deles não faltará o apoio nos jogos disputados nos seus estádios.
    Não somos campeões há muitos anos. Estamos tristes. Desolados. Só nos apetece mandar toda a gente ligada ao clube à merda.
    Na altura em que se falou na vinda do Mourinho para o Sporting, toda a gente criticou. Nunca na vida. Eu incluído. O que acabámos por perder com isso? Basta pensarmos um pouco.
    Tem de haver nos jogadores vontade e um querer muito forte em vestir a nossa camisola. Tem de haver motivação. Tem de haver apoio. Tem de haver confiança.
    Eu sei que estas palavras a muita gente não interessarão rigorosamente para nada. Podem mandar-me à merda à vontade.
    Mas da coisa que mais me orgulho na vida, a seguir à minha filhota, é ser do Sporting. Sempre. Para sempre.
    E gostava que mudassem mentalidades e que acreditássemos num futuro mais risonho. Eu sei que é difícil, até eu tenho de ter muita força interior para continuar a acreditar e a apoiar o nosso grande Sporting. Dentro das nossas possibilidades. Mas sempre para ganhar, sempre para vencer, sempre para entramos em todas as competições com o objectivo único de as vencermos.

    Saudações Leoninas.

    Sporting Sempre!

    Miguel

      • Raf77, sim fui eu, mas se leres mais abaixo, tens explicado de uma forma mais clara quem eu condeno por não ir ao estádio, não mandei à merda os Sportinguistas por não irem ao estádio, mas sim ALGUNS deles. Quem tem poder para tal, seja económico ou outros, disponibilidade e deveria lá ir apoiar a equipa, só lá aparecem nos bons momentos. Porque nos maus, ficam em casa e chamam nomes a toda a gente: jogadores, treinadores e direcção.
        Não misturem alhos com bugalhos, por amor de Deus. Se não partilhas desta opinião, pois são isso mesmo, opiniões. Temos pena.
        Saudações Leoninas
        Sporting Sempre!

      • Olha, a galinha voltou! O teu sonho era seres do Sporting, mas nasceste tronco e burro e como tal segues o clube das gaivotas.
        De vez em quando passas por aqui, com o teu cheiro nauseabundo e sempre as mesmas palavras ocas. Vens cá aculturar-te, tentas vir aprender umas coisas, mas não consegues
        És um verdadeiro caso clínico, que nem na psiquiatria tem explicação.

    • Se calhar porque até é verdade, digo eu.

      Enquanto não tivermos dirigentes que protejam o Sporting com unhas e dentes e que peguem ainda mais o fogo (como o senhor Godinho Lopes fez), é natural que surjam declarações idênticas desde há muitos anos.

  6. E sabem porque é fácil bater no sporting? Porque ainda falta alguma coisa aos nossos dirigentes na astúcia dos discursos para fora. Além disso somos todos nós responsáveis por isso ao sermos bi-polares.

    Agora já são todos uma valente bosta!? O único que é realmente bom é o Rinaudo? Enquanto não jogar vai ser o salvador. Depois se as coisas começarem a correr mal rapidamente esquecem o valor do homem.

    Vamos lá a apoiar a equipa, porque se o sporting somos nós, então convém fazer a nossa parte.

    SL

    • e os primeiros a bater são os adeptos, que vergonha!!!

      não precisamos de adversários quando nós somos os nossos proprios inimigos!

      Ano após ano a merda não passa do mesmo, mentalidades mesquinhas e pequeninas!

  7. Os desabafos do Domingos (ouvi agora) parecem-me certeiros e coerentes. Só acho mal a alusão que ele faz aos médicos que criticam. Quanto aos fadistas e carpinteiros estou de acordo. Esqueceu-se foi do cacifeiro Trolha num lapso lamentável. Isto, porque se ele se está a referir ao eduardo barroso (e eu penso que estava) não lhe fica muito bem, porque para todos os efeitos a figura em questão é o presidente da AG do Clube, ainda que eleito em outra lista…

    Quanto às propagadas ausências do Rubio e Arias dos convocados são normais. O Rubio com o Ribas perde espaço. Como o rapaz chegou com grande ritmo de jogo na pré-epoca, ao contrário dos outros que vinham de férias gordos e parados, nós ganhamos grandes expectativas relativamente ao gajo. Eu também. Mas a verdade é que o rapaz ainda está muito verde como parece ser visível nos treinos abertos ao público. O que não quer dizer que não possa ser um bom jogador no futuro. Quanto ao Arias é outro que tem potencial. E estranho mais no caso dele não ser convocado para este jogo. Mas a verdade é que no que tem jogado demonstrou alguma imaturidade. Remata à baliza vezes sem conta, jogo tendencialmente sozinho. É verdade que tem tido também alguns pormenores que revelam qualidade, mas nesta fase difícil a equipa precisa de consistência…

    SL

  8. As coisas não estão a correr como todos queriamos, mas a verdade é que após a entrada de uma equipa nova, equipa técnica nova, direcção nova, equipa médica nova, tb novo estreitar de ligações com os adeptos do clube, não podemos querer que tudo mude num espaço de tempo tão reduzido!

    Há que continuar a dar tempo ao tempo, já todos sabiamos, ou deviamos saber e estar mentalizados para que alguma coisa corresse menos bem.

    A verdade é esta:

    – estamos a 11 pontos do primeiro no final da 1a volta, mau, mas nada é impossivel, pensar que seria aí sim seria ser derrotista!
    – estamos nas meias-finais da Taça de Portugal com todas as probabilidades de passar à final, EXCELENTE!
    – estamos no 2º jogo da Taça da Liga, uma boa forma de se ganhar trofeus e ganhar experiencia e força para ganhar outros!
    – estamos nos oitavos de final da Liga Europa, com grandes probabilidades de passar à proxima fase!
    – a equipa está em construção e apresenta bons niveis de jogo, excepto nesta fase, o que não pode, NÃO PODE (!!!!) ser motivo para por tudo em causa (6meses)!!

    É preciso ter paciência para formar uma equipa, ainda para mais quando não se ganha um campeonato à 9 anos! não é ser conformista, é sim ser realista e positivista!!

    SL

    PS: este post é nojento, deviam ter vergonha de ter isto aqui, em vez de animarem as cenas ainda metem esta merda!!!

    Em breve o Fito estará nos relvados, com a sua força e vontade contagiantes!!!
    Aprendam alguma coisa com ele!!

  9. Vamos deixar o braga começar a subir por ai a cima….e depois quero ver!

    Aqueles senhores já aprenderam a escola toda….o porto b sabe muito….

    Filhos da puta…..aquele tunel tb tem historia…..

    Não nos ponhamos a pau não….

    é assim que as coisas começam……

  10. Arias não foi convocado para o jogo de amanhã, bem como “parreirinha”.

    Não restam dúvidas de que o JP vai manter a titularidade.

    Parece a manutenção da titularidade de djlo e postig, ao que parece com intuito de angariar interessados.

  11. As minhas escolhas ou possiveis escolhas mesmo que nunca cheguem ao album:

    Winning – Por motivos de…

    E porque oiço o RUGIDO de uma grande maquina:

    Sporting (Lucretia), My Reflexion (Devoção).

    E já agora mesmo que chateie, dos mesmos:


    I got nothing to say I ain’t said before
    I bled all I can, I won’t bleed no more
    I don’t need no one to understand
    Why the blood run hold
    The hired hand
    On heart
    Hand of God
    Floodland and Driven Apart
    Run cold
    Turn
    Cold
    Burn
    Like a healing hand

  12. The Sound! Há anos que não ouvia isto. Long live António Sérgio, que nos iniciou a todos nos anos 80, 90, 00, nesta sonoridades alternativas!

    Muito bom!

    SL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s