Idade da inocência

Mais a frio, depois da deprimente noite de quinta-feira, a primeira coisa que me apetece dizer é que deu um jeitão a louca ansiedade do Bojinov. Porquê? Porque, parece-me, mais grave do que o gesto do gajo (já lá vou) foi não sermos capazes de ganhar a um Moreirense que jogava sem seis ou sete titulares. Isto é o mais preocupante e é relativamente a isto que eu gostaria de ver explicações. Ou, se preferirem, como é que se expliqua que, num reveillon, passemos de 1 para 11 pontos do primeiro lugar?!? Que a equipa passe da pressão alta, mandona, colhões a encher os calções e a jogar como pedimos, como se viu na Luz, para esta equipa onde até a alma que já nos evitou dissabores maiores (Paços de Ferreira e jogo em casa com o Nacional para a Taça, por exemplo) parece eclipsar-se?!?
Ah, já sei, Rinaudo. Sim, tudo parece ter começado a tremer com a lesão de Fito, mas não passou tempo suficiente para termos alguém que permita aos dois outros médios jogar mais descansados, aos centrais não terem o peso de agarrar na bola, ao laterais terem a oportunidade de subir logo na construção? De cada vez que penso nisto surge-me no pensamento o exemplo do Milan e de Andrea Pirlo. Não podiam Elias, Schaars ou André Martins terem sido, desde logo, a opção para a máquina funcionar no primeiro momento de construção? (e, sim, eu sei que depois ainda ficámos sem Matias).
Ah, já sei, a equipa emperrou em termos atacantes. Mas será que temos que jogar sempre em 4-3-3? Será que não podemos prescindir de um dos médios e actuar com dois avançados?!? Será que não se justifica existir um plano b táctico que vá para lá de colocar o Ogushi a ponta-de-lança, de inverter os alas ou o triângulo de meio-campo?

Ainda assim, a julgar por grande parte dos comentários, importa é apontar o dedo ao Bojinov. Falemos, então, do Bojinov.
O búlgaro tem sido tudo menos um exemplo de mau jogador de balneário. Sempre que fala pensa no grupo, festeja os golos, sofre no banco, manda o Caixinha para o caralho quando reduzimos, frente ao Nacional. Teve, na quinta-feira, um acto desesperado. Um acto de alguém que precisa de mostrar-se e de sentir-se útil. Fez mal e correu mal, o que justifica um castigo e que lhe retira quase toda a margem junto da maioria dos adeptos. Claro que a imprensa aproveita, como fez, ontem, O Jogo, e escreve que o rapaz era olhado de lado no balneário para, no mesmo texto, dizer que ele era dosmais chegados a Ogushi e Wofswinkel. Come e acredita quem quer, não é? Como grita e pede sangue quem quer, e haverá quem aplauda a sua saída, como se aplaudiu a de Deivid e a de Pinilla, para depois meterem as mãos nos bolsos, a cabeça em baixo e dizerem que foi uma vergonha terem deixado sair esses jogadores.  E, no meio de tudo isto, volto a bater na mesma tecla. Foi um erro de gestão tê-lo deixado de fora contra o Braga, numa clara machadada na motivação que ele poderia ter perante a oportunidade de agarrar o lugar. Se se for, tenho pena. Sobretudo, tenho pena que pouco se tenha feito no sentido de dar a Alvalade a oportunidade de ver um dos jogador que eu fazia questão de ver, ao domingo à tarde, com a camisola do Lecce, na Rai1.

Mas sabem do que é que eu tenho mesmo pena nestas alturas? De ter crescido como adepto. De ter deixado aquela idade da inocência onde acreditava que qualquer Peter Houtman ou qualquer Eskilsson podiam ser os melhores avançados da Europa, que o Rodolfo Rodriguez ia defender tudo, que centrais como Pedro Barny ou Miguel podiam dar conta do recado, que o Ali Hassan podia fazer a diferença e que o Valtinho tinha o remate mais forte do mundo, ou que o Amaral tinha tudo para ser um craque e que o João Luís II e o Edel podiam ser armas secretas para resolver a partir do banco.
Naquela altura, qualquer homem que vestisse a camisola do Sporting tinha que ser defendido até ao fim como fazendo parte da melhor equipa e do melhor clube do mundo. Com eles, acreditava que ia ganhar sempre e quem dissesse e escrevesse o contrário tinha mais era que ir pró caralho. Mas, hoje, parecemos absorvidos pela constante vontade de duvidar. Até de nós mesmos, enquanto adeptos.

65 thoughts on “Idade da inocência

  1. “Teve, na quinta-feira, um acto desesperado. Um acto de alguém que precisa de mostrar-se e de sentir-se útil”

    Quem é que se mostra útil por bater um penalti? o último penalti que ele marcou foi prai em 2006, segundo ouvi.
    Concordo que ele tenha sido um bom jogador de balneário, o que apenas me surpreende mais pela forma como agiu e pelo desrespeito perante a equipa.

    Não consigo compreender esta atitude.

    • Bojinov é vítima das atitudes ambíguas e inaceitáveis de quem diz que quer o melhor para o Sporting, André Santos e Rubio são outros ( até ver ) . Já aqui o escrevi ( e fui altamente criticado ) que Domingos, que foi um belissímo treinador no Braga, não tem ( ou não quer ter ) capacidade para treinar o nosso Sporting.
      Não me venham com a conversa de ” mais um do bota-abaixo, e tal…”, que não é disso que se trata. Não gosto do Domingos no Sporting como gostei dele no Braga ( e sei do que falo, uma vez que sendo da Cidade de Braga segui o Sporting local ). Nunca o vi a enterrar jogadores como no nosso Sporting, muito pelo contrário. Digo, sem qualquer problema, que o espírito que os jogadores-chave do Braga demonstram se deve ao Domingos.
      Nunca vi, a não ser em caso muito excepcional ( tal como colocar o Paulo César a defesa direito contra o Liverpool e não um júnior para não correr o risco de “queimar” o jogador no caso de correr mal ), a inventar como inventa no nosso clube. Capel a extremo-direito, Insua a extremo esquerdo, Bojinov e Matias a extremos-direito, Carriço a trinco ( embora este tenha jogado na posição em júnior ) por mais que uma vez em todos os casos. Nem efeito-surpresa pode ele alegar.
      Improviso, diz ele. Isso de improvisar, improviso eu no FM, mas tenho o cuidado de salvar o joga antes de “inventar”….

      • quando dizes que andré santos é um dos casos, perdes toda e qualquer razão!
        o andré santos com toda a boa vontade do mundo não passa de um jogador mediano sem agressividade, o que o transforma num mau jogador!
        ponto final, o resto é como insistir que o postiga é um bom ponta de lança e o djaló um grande avançado móvel!

      • Vocês tem memória curta em relação ao André, ponto final!
        Sobre o Postiga e Djaló, aí não há volta a dar. Medíocres a fugir para o mau, concordo.

      • Ah! Já me esquecia de dizer o seguinte: Tenho a sensação que o Domingos está a preparar-se para encostar o Rui Patrício…Sei que isto parece muito rebuscado mas é que me parece.

  2. Exacto Cherba, muitos estão a usar o Bojinov (Godinhos e Domingos incluidos) como desculpa para o que se passou na quinta-feira e até para o que se tem passado desde o jogo na ETAR, o bulgaro teve mal? Sem dúvida que sim, agora não me venham com tretas, vejo futebol há tempo suficiente para saber que se a bola entra nunca na vida era castigado.
    Fazer dele bode expiatório para encobrir os verdadeiros problemas da equipa só me deixa mais envergonhado enquanto adepto.

  3. Eu, sabes bem, defendo sempre os que vestem de verde e branco contra tudo e contra todos. No entanto, não vou cair na ingenuidade da tal idade da inocência e acreditar que o Bojinov ainda poderá dar muito ao Sporting. O Bojinov do lecce tinha menos 9 anos… e menos três lesões graves. Faz-me em tudo lembrar um tal de niculae que num jogo contra o setúbal em Alvalade viu a sua carreira ser destruida; niculae nunca mais será o mesmo, como não o será Bojinov.

    Eu, claro está, acredito que foi a ânsia de ajudar a equipa que o levou a querer marcar o penalty… mas no balneário o treinador tem que ser respeitado e se não o for tudo cairá por terra. Caberá portanto ao Domingos e ao resto da equipa aceitar as desculpas do Bojinov e reintegrá-lo e eu aceitarei qualquer que seja a sua decisão. Não tenho, contudo, ilusões… o Bojinov do lecce não existe mais.

    • Essa do Niculai também nos saiu ao lado. Actualmente é dos melhores jogadores romeno da actualidade e melhor marcados do campeonato: http://www.lpf.ro/campionat2.htm#2…Talvez fosse um bom substituto para o Bojinov.

      Quanto ao bulgaro, hoje o Mingos já lhe abriu a porta de saída mediante a entrada de outro avançado. Espero que se confirme. Ele pode ser muito bom rapaz mas a verdade é que há 3 ou 4 anos que não joga patavina. Não estamos em posição de ficar à espera de um milagre que até podia acontecer, mas que é pouco provável. E depois deste episódio nunca mais será visto com bons olhos pelos colegas…

      SL

      • Niculae demorou umas 5 épocas para retornar a um nível aceitável e joga actualmente num campeonato com muito menor exigência (romeno). Se ainda estivesse em Alvalade seria uma espécie de Izmailov. Gostava muito dele mas o que é que adiantaria ao Sporting tê-lo mantido em Alvalade?

      • Pois, o Niculae ter ficado estes anos todos no Sporting, isso também não. Mas agora era bem resgatado, ainda fazia 2 épocas. Ao menos, marca golos. Outro que eu, se fosse o Freitas, ia melgar cabeça pra fazer aqui 6 meses emprestado era o Liedson. Mas esse seria muito difícil porque o Corinthians não deixava…
        SL

  4. Desde que se falou na possível vinda de boji que o venho a dizer, é um flop.
    À excepção de uma época no Lecce, como referido no texto, tem números de Postiga, sendo que o Postiga ao menos ainda se esforçava. Para se jogar no Sporting não basta vibrar desde o banco e mandar os caixinhas desta vida para o caralho, é preciso para além de saber jogar à bola (algo que o boji à muito desaprendeu, fruto das lesões, mulheres ou discotecas, vá-se lá saber qual/quais), correr dentro de campo é também necessário, e não parecer que se está prestes a desfalecer a qualquer momento após o primeiro sprint do jogo. Mas sim, não é por boji que estamos onde estamos, e mais culpas no cartório tem por exemplo Domingos, mas se isto significa que boji não joga mais, há males que então vêm por bem…

  5. Isto é crítica boa, construtiva.

    Um leão à antiga, este Cherba.

    Fora isso: 100% de acordo, só que talvez seja mais assertivo quanto ao achar que queimar o Bojinov é queimarmo-nos um pouco a nós próprios.
    Ainda que não se tenha começado a acender o lume ao búlgaro neste jogo, e por causa daquele lance, longe disso, não faltava caçador a esta “bruxa” muito antes dele ter direito ao benefício razoável da dúvida.

    Enfim, eis o Sporting à moda de uma certa corrente de adeptos….

  6. Apenas digo isto : A vassourada foi pequena … !! Temos 2ªs opções péssimas em alguns lugares : Evaldo ( esquerda ), Pereirinha ( direita ) , Carriço e Polga ( centrais ) Bojinov ( ataque ). Depois juntamos-lhe apenas 1 só 1 trinco de raiz que se lesionou. Ninguém precaveu essa hipótese !?? Contrapomos isso com excesso de 8’s ( Renato Neto, Schaars, Elias, André Santos, André Martins ) que à falta de 6’s queremos converter em alternativas credíveis. Destes só mesmo Elias o pode fazer e bem ( continuo a achar ). Uns nem contam, como são os casos de Arias e Rubio … gastou-se dinheiro e ocuparam-se 2 espaços no plantem com jogadores novos e bons mas, que por alguma razão que desconheço, não parecem ser suficientemente bons para Domingos apostar neles. Juntemos-lhe a lesão de Jeffren e Izma e a coisa fica grave … Matias é 10 puro … Izma poderá render muito aí também mas, é craque e talvez o ÚNICO jogador no plantel, capaz de jogar em qualquer lado e sempre com nota 10. Perdemos. Esperamos de Carrillo, um jovem de 19 anos, o que esperaríamos de alguém com 25 e com anos de Europa ao mais alto nível. O puto carrega a equipa às costas em alguns momentos. Reabertura do mercado, contratamos um central que estava de férias, um avançado que não jogava no modesto Génova ( sim, é modesto ) e apostamos em Renato Neto num clássico, quando este tinha 1 semana de entrosamento com a equipa. 2 jogos depois, o rapaz fica na bancada. Estamso a perder André Santos por teimosia de Domingos … mas alguém duvida que o rapaz a 8 ou a 10, jogando regularmente, não fazia grandes jogos !? Matias anda entre a linha e o meio … até me dói ver tanta qualidade desperdiçada. Não chegando … Ribas chega, Ribas mete Boji no banco e Rubio na bancada. É uma excelente mensagem a Rubio …
    São muitos tiros nos pés, muita teimosia, muita obtusidade. Domingos está macio … falta-lhe pulso. Sporting não é Braga. Milhões de adeptos não são milhares … !! Domingos tem a escola do ” proteccionismo ” … PORTO. Ali ele tem que os ter no sitio, uma vez que poucos os têm. Ao Sporting falta raça … muita raça … muita RAÇA MESMO. Muitos criticaram Sá Pinto no caso Liedson … a corda partiu para o lado de Sá … jamais poderia ter acontecido. Tratamos os da casa como estranhos e somos benevolentes com os ” intrusos insolentes ” … temos que nos munir dos que realmente sentem a casa e têm anos de casa. Cada época que começa com nomes como Carriço, Evaldo, Polga, Pereirinha, Postiga, Djaló … é uma época que começa torta. Esta não foi excepção. Para o ano espero que os remanescentes sejam convidados a sair para o bem de todos nós. Vamos construir um plantem forte … não um 11 forte. Precisamos de mais … um pouco mais. Saudações Leoninas

    • “Evaldo ( esquerda ), Pereirinha ( direita ) , Carriço e Polga ( centrais )” falta ainda Rodriguez (faz um jogo de 15 em 15 possíveis e ainda consegue enterrar) e João Pereira, por muito que goste da sua raça e entrega, simplesmente é uma nulidade em termos defensivos, e isto repare-se apenas falando da defesa. É realmente complicado assim…

      • Sim, também !! Fica difícil. Eu acho que de certo modo houve alguns erros de casting por parte da dupla Duque / Freitas !!

      • Levantou-se-me aqui uma “pequena” questão sobre o que escreveste!
        Quando dizes:
        «…temos que nos munir dos que realmente sentem a casa e têm anos de casa…» e a seguir “rematas” com:
        «…Cada época que começa com nomes como Carriço…Pereirinha…Djaló … é uma época que começa torta…»
        Não sentiste nada a perfurar-te os pés, de forma rápida mas dolorosa?

      • Falo em termos de dirigismo e não de jogadores. Mas há algum atleta da ” casa ” que sinta a camisola que veste !??? Existe algum ( dos supracitados que valha a pena ter no plantel !? abraço

    • É verdade!
      Milhares não são Milhões.
      Assim a responsabilidade e o peso da camisola é outro.
      Esta verdade aplica-se a todos os que trabalham no nosso clube.
      Estas e outras verdades começam a aquecer, para nosso bem.
      SL
      JRibeiro

    • tá bem paulo folgo em ver alguma moderação!
      agora uma coisa é certa: o andré santos é para ser emprestado porque a 6 até o carriço é melhor, e a 8 temos muito mais e melhores opções!
      o plantel foi feito dentro do possivel e mesmo assim terem acertado na qualidade de insua carrillo fito rinaudo schaars oniewu elias VW rodriguez jeffren capel, foi muito bom!
      desafio-te a dares o exemplo de algum clube que tenha mais de 50% de sucesso nas contratações.

  7. Cherba,

    Este Bojinov medíocre não apareceu apenas neste jogo.
    Já se vira um jogador pouco empenhado e complicativo no jogo com o Nacional.
    Já pouco ou nada adicionara quando entrava como suplente (excepção ao jogo com o Gil mas penso que será a excepção que confirma a regra).
    O jogo com o Moreiriense veio mostrar mais alguns maus atributos, desepero, insubordinação, desrespeito pelo trienador, colegas e adeptos.

    Por mim não tem mais lugar no Sporting e se existe alguém, seja o Levski ou outro qualquer, interessado em levar este rapaz,que o leve para longe e se dê finalmente a oportunidade a Rubio que a merece muito mais que este ou que o Ribas.

    Quanto a Deivid e Pinilla, deixaram-te asim tantas saudades????
    Saudades tenho de Acosta, Liedson, Jardel, esses sim matadores.

    SL
    José

  8. Em teoria não concordo. O Bojinov mostrou falta de respeito pelos colegas, pela hierarquia e sobretudo pelos adeptos. Por isso devia ser afastado do clube. Na prática, o afastamento dele é capaz de ser complicado. Ainda tem cinco (dizem) anos de contrato e deve ter um salário alto, pelo que vendê-lo ou cedê-lo é difícil para não dizer impossível. Nesse sentido, a única solução é reintegrá-lo no grupo.

    • Não é dizem, os contractos são públicos!
      Informem-se!
      Assinou por 5 anos a receber 1.6 milhões ao ano (133,(3) mil por mês).
      Além de que custou 2.6 milhões mais o empréstimo do Valdez.
      Ao despacharmos o jogador tamos a deitar todo este dinheiro fora.

  9. Só um reparo, amigo cherba.

    Não foi só o Rinaudo. Para mim, o que se passou foi o seguinte: Domingos percebeu que o jogador que tem as característica mais parecidas com Rinaudo era o Daniel Carriço. E, apesar de um ou outro erro, o capitão surpreendeu-me. Incrivelmente, sentia-me seguro com o Carriço a trinco, o que nunca aconteceu quando jogou a central. E o jogo na pocilga confirmou isso. A equipa não se ressentiu e fizemos uma grande exibição (apesar dos iluminados do costume terem pegado logo no Carriço para justificar essa derrota). Perdemos na pocilga porque não marcámos golos e não porque defendemos mal. Mas é fácil para estes jornaleiros associarem uma derrota a um único jogador. Sendo o Sporting o clube visado, mais fácil se torna.

    E dir-me-ão que o capitão tem limitações a sair a jogar. Pois tem. Mas o jogo do Sporting nunca assentou numa construção de jogo elaborada ou em grande percentagens de posse de bola. O nosso jogo era abrir rapidamente nos flancos ou, em alternativa, bola longa para o Wolfswinkel e pressão asfixiante na conquista da 2ª bola. Foi assim que ganhámos 16 jogos.

    O que aconteceu depois é azar demais. Já tínhamos perdido o nosso trinco titular. E o jogador que mais se parecia com ele e que estava a fazer bem a posição lesionou-se. Tivemos que adaptar dois miúdos que nunca na vida serão trincos e, para que não se queimassem, obrigou a Schaars e Elias a abdicarem da tal pressão asfixiante para ajudar esses dois miúdos no posicionamento defensivo. A partir daí acabou tudo. Acabou a pressão, acabaram as conquistas das 2ªs bolas perto da área adversária e, consequentemente, a qualidade de jogo caíu a pique.

    E para juntar à festa, Izmailov, Jeffren e Matias lesionaram-se em alturas cruciais, obrigando a aposta em Carrillo (que é bom mas ainda tem de crescer). E para nos foder ainda mais, foi-se o melhor marcador da equipa e nunca tivemos Rodriguez (um suposto titular). E já agora, os substitutos (Bojinov, Polga, André Santos, entre outros) nunca aproveitaram as suas oportunidades (dou o desconto ao polga, que jogou bem na série de 16 jogos)

    Domingos cometeu erros. É verdade. Mas sinceramente, duvido que Jesus, Mourinho ou mesmo Guardiola tivessem conseguido lidar com essas condicionantes todas sem que a equipa perdesse rendimento. E recordo que quer o óróliga quer o cigano pereira nunca tiveram que lidar com lesões nos jogadores mais influentes. Mérito do departamento médico deles e dos preparadores físicos. Mas torna-se mais fácil. Ou menos difícil, se preferirem.

    Não pretendo desculpar Domingos. Nunca. Apenas quero dizer que o mister encontrou a fórmula para ganhar. Mas as lesões obrigaram a uma mudança no estilo de jogo. Podem dizer que isso nunca deveria ter acontecido. Mas é simplesmente impossível manter o rendimento de uma equipa, substituindo pedras fundamentais e de qualidade divina (Deus) por outros que mal têm qualidade para estar sequer no plantel, quanto mais no onze.

    Brevemente (espero que seja já amanhã), acredito que tudo vai mudar. Porque já temos Carriço para trinco (e daqui a umas semanas, Rinaudo). E estando seguros nessa posição, veremos novamente Schaars e Elias a pressionar mais à frente e a encantar. Com Rinaudo em campo, Schaars e Elias só correm do meio campo para a frente. Sem ele, têm de correr o campo todo. E isso faz toda a diferença.

    • Boa análise. De todas as experiências feitas o Carriço é de facto o que dá mais garantias para o lugar. Mas o que me preocupa mais actualmente são a falta de soluções ofensivas. Não sei porquê mas ao ver o Ribas com o Moreirense pareceu-me uma segunda edição do Saleiro. Mas ainda é cedo pra opiniões definitivas…
      SL

    • É impressão minha, ou o Carriço jogou 45 minutos contra o Moreirense, com um rendimento abaixo de zero?

      E essa de chamar ao Ribas o novo Saleiro é muito bem vista, é curioso que ouvi um tipo ao pé de mim no jogo contra o Moreirense a dizer a mesma coisa.

      • O Carriço foi, por breves momentos, a solução para todos os problemas da vida de qualquer sportinguista; finalmente uma besta sanguinária a marcar o “10” rival. Depois batemos com a cabeça na puta da quina da mesa e chegámos à conclusão que ser trinco é para trincos.

  10. É isso.

    Comecem a foder quem agora chegou e somos campeões de certeza.

    Essa do Ribas ser o novo Saleiro é hilariante. Para avaliar o Ribas só existe um critério: ver as ocasiões de golo que teve e aquelas que concretizou. E a única ocasião que teve (um cabeceamento de difícil execução em Braga) o joaquim defendeu.

    Neste momento, Ribas e Rubio são os nossos homens-golo. E precisam do nosso apoio. Não de comparações estúpidas feitas com base em 2 jogos.

    Amanhã o Ribas marca 2 e cala toda a gente.

    • Agora analiso os jogadores do Sporting de maneira inversa dada a quantidade industrial de merdosos que temos recebido na última década (última década?!).

      O Ribas é, efectivamente, o ‘novo Saleiro’, agora que prove que não o é.

  11. Há uma coisa que eu não compreendo,toda a gente fala no que o Bojinov fez e mal como é claro e parece que toda gente se esqueceu do jogo miserável que fizemos contra as reservas de uma equipa da liga orangina,é que toda a gente fala na merda que o homem fez e ninguém fala no jogo triste com a nossa principal equipa contra uma equipa de merda…!assim é que tamos bem…sem falar do princípal e a falar só das polémicas…!sem querer desculpar o Bojinov(porque não há desculpa,só tem que ser castigado seja em salário ou que entenderem)agora pergunto o que o Jeffren fez em Aveiro contra o beira mar quando saiu do campo sem ser visto por o médico do Sporting se quer,saiu para o balneário e ficamos a jogar com 10 não é também um problema disciplinar?!é que a isso ninguém falou porque a diferença é que o Bojinov já era um mal amado antes deste jogo e o Jeffren é um menino querido apenas porque veio do Barcelona…2 pesos,2 medidas,2 casos diferentes mas em ambos 2 problemas disciplinares e importância completamente diferente…!
    só mais uma coisa que eu não percebo e não me parece normal,mas também não quero criticar por criticar,mas fomos jogar a braga e jogamos sem trinco,com 2 médios centro e um 10 e recebemos em casa uma equipa da 2 liga e jogamos com um trinco e arrumamos com o Matias para o banco,ele que tinha sido dos melhores em braga…não é normal pois não?!?ai Domingos,Domingos…

    SL

    • Isso da táctica de braga não é culpa do domingos, os comentadores do cacifo ganharam um prémio no forum da TSF e por um dia decidiram a táctica. Ouvi dizer que o Matias no meio rende mais.

      S.L.

  12. Não ganhamos fora desde 30 de Outubro (Feirense, em Aveiro). Se me tivessem dito na altura que íamos ficar três meses a empatar e perder longe de Alvalade eu teria internado a pessoa em questão. Lembro-me muito bem desse jogo e de pensar que ganhar 0x2 fora, num estádio pintado de verde, era o que os campeões faziam para serem campeões. Vamos lá acabar com esta brincadeira e retomar o nosso caminho… já chega.

    SL

  13. Relativamente ao Ribas, espero (anseio) que o Sá tenha razão. Jogo e meio é pouco para fazer julgamentos. Agora a verdade é que até aqui ainda não o vi criar uma situação pra golo. E os avançados normalmente percebe-se logo a pinta deles. O Wolf ao início era muito criticado mas percebia-se que tinha potencial. Aliás, eu acho que hoje era jogo para dar uma oportunidade a sério ao Rubio. Como é um rapaz cheio de genica, se corresse bem embalava para uma boa segunda parte da época, mas isto sou eu a divagar.

    O Carriço, talvez porque veio de uma paragem, fez uma primeira parte com o Moreirense medonha. Mesmo assim acho preferível tê-lo a ele que o Renato ou o André Santos. Ainda para mais hoje não há Elias.

    Eu não me esqueci desse episódio do Jeffrén de Aveiro. Aliás, esta época já temos dois casos perfeitamente caricatos e que só acontecem neste Clube. Até nisso somos os maiores. Mas a verdade é que aí o jogador não se insurgiu contra ninguém. É diferente do caso Bojinov. Demonstrou no limite falta de perfil psicológico para jogador de alta-competição ao correr para os balneários a chorar. Mas se conseguir fazer um grande resto de época (duvido que aguente mas tenho esperança) está desculpado…

    SL

    • como o acosta, presumo. ou o yazalde…

      epá, é impossível analisar o gajo porque jogou pouco mais que um jogo, porque esteve muito tempo sem jogar, porque entrou numa equipa em crise. que o gajo não é o aguero já se sabia, agora se é suficientemente bom para o SCP vamos ver!

      acho que o gajo vai marcar hoje! alguém quer apostar uma imperial a pagar na roulote das gajas boas no próximo fim-de-semana?

      • O Yazalde não é do meu tempo. O Acosta logo no início pareceu-me bom tecnicamente e com escola de ponta de lança, agora face à idade que tinha e à lentidão com que jogava aquela segunda época caiu-nos do céu. Ninguém apostaria nele, mas que havia lá alguns indícios havia…
        Também não quero estar a ser mau para o Ribas. Espero que demonstre qualidade e que, acima de tudo, traga golos.
        SL

      • acho que é aquilo que todos nós, pelo menos, deveríamos querer. todavia, se o gajo for um flop, há sempre o bruno carvalho…

      • A probabilidade de o Ribas fazer uma boa época este ano é reduzida, porque a maior parte dos joagdores que entram a meio duma temporada têm mais dificuldades para se integrar no estilo de jogo da equipa. Obviamente há excepções como o André Cruz, o Prates e o Mpenza em 2000.

      • Oh Hugo

        Mas cansado ele não virá… Está fresquinho que nem uma alface… e ele podia ter começado a época connosco. Mas preferiu a massaroca que o Genova lhe pagava… na pré-época esteve para vir… já cá podia estar…

  14. Este post ajuda-nos a discernir muita coisa que muita coisa que se lê por aqui…
    tal como tu já pensei que o Ouattara seria um novo Weah bem como o Didier Lang seria melhor que o Deschamp mas esse tempo já lá vai e hoje conseguimos olhar para um Bojinov e saber que por muito que se possa tentar nunca saíra dali mais que um Guentchev, ou um Vuckcevic (se quiser equiparar QI’s)…

    SL

  15. Cherba, o culpado pelo caso Bojinov é só um, o Domingos.

    Ponto nº1, é metira que o Matias tivesse destacado para bater o penlty, visto que o Matias estava a suplente.

    Ponto nº2 , que bate os penalties no Sporting não é o Matias é o Volswinkel.

    Ponto nº3, o Matias nem sequer estava ao pé do Bojinov quando este segurou na bola.

    Para o adepto do Sporting tanto lhe fazia ser golo do Bojinov como do Matias, o que interessava é que a bola entrasse.

    Logo o Domingos deveria ter estado quietinho, era golo e no fim do jogo, na cabibe diria o que tinha a dizer a quem de direito.

    Agora arranjar aquela confusão toda era desnecessário…

    • Se estiveste no estádio vias que quando o Matias se aproxima do Bojinov o publico começa a ovacionar o Matias, e da mesma forma, depois do empurrão, assobiou o jogador.

      Neste momento eu tinha quase a certeza que ele iria falhar, não consigo ver um jogador a ser assobiado pela sua massa adepta numa situação destas e a conseguir a concentração para converter.

      S.L.

    • Factos indesmentíveis

      1º… VW lesionado, não joga…
      2º… hierarquia: 1 VW, 2 Matias,3 …?
      3º… Matias começa a suplente mas já está em jogo, com Wolf não está… Matias!!!
      4º… BojiZero foi burro como o caralho… digo mais… foi burro como o caralho ao quadrado!

      Fim…

  16. Fdx, és cego ou não viste o lance.

    Não viste o Jeffren a correr ,depois do Domingos falar com ele, a dizer para o Matias ir tirar a bola das mãos do Bojinov?!?!

    • tirar a bola das mãos do Bojinov!?

      Oh que caralho!!!!

      O Matias limitou-se a cumprir uma ordem do seu treinador, coisa que o Bojinov não fez.

      Para além disso, o MAtias é o marcador dos penalties quando o Wolfs não está e faz sentido que seja, uma vez que nunca falhou um penalty na puta da vida.

      • Têm, 8 vezes por semana, depois quando chegam aos jogos não se aguentam nas canetas, e têm de andar a empurrar os colegas pra ver se mostram algum serviço.

        Mas a culpa é da diabinha, quem não fazia o mesmo que atire a primeira assobiadela.

        SL

  17. “O Matias limitou-se a cumprir uma ordem do seu treinador,”

    Fdx tava a ver que não chegavas lá…
    Tava dificil…

    Como disse no inicio o Domingos caladinho e o Sporting teria ganho o jogo…

    • mas e quem te garante que mesmo que o domingos nada tivesse dito — que só disse porque o bojinov não é marcador de penalties; como deves calcular, há mais do que um marcador de penalties na equipa —, que o bojinov tinha marcado?

      foda-se, interpretas o lance como bem te apetece e ainda vens ‘práqui’ dizer merda como se tivesses descoberto a pólvora.

      objectivamente, o matias, na falta do WW, marca os penalties; o bojinov quis marcar; o domingos mandou dizer que não era ele que ia marcar — o que até fazia todo o sentido porque o que ali estava em causa era o interesse da equipa e não do bojinov; o bojinov desrespeitou uma ordem do domingos; o bojinov empurrou o matias; o bojinov falhou o penalty.

      diz-me, por favor, tendo em conta estes factos, de onde é que caralho retiras que ‘o culpado pelo caso Bojinov é só um, o Domingos’.

      se o domingos tem culpa é pelo facto de a equipa não estar a jogar um caralho. e nem a tem exclusivamente, porque são os jogadores que estão em campo. agora, daí a culpar o homem pelo facto de o bojinov ser retardado ainda vai um bocado…

  18. Quem manda é o treinador e o Bojinov que vá ‘pá puta que o pariu.

    Saiu uma ordem do banco, o Jéffren foi a correr e disse que era o Matias, o chileno pediu a bola e o búlgaro empurrou-o.

    Depois foi o que se viu.

  19. Sei que não tem nada haver com o assunto,mas alguém sabe dizer me a que horas é o jogo dos nossos meninos para a NextGen na quarta?!e se sabem se vai dar para acompanhar pela Internet…?!é que eu como muitos Sportinguistas espera poder acompanhar o jogo dos putos a foder os italianos..

    SL

  20. Ser do SPORTING (sempre com maiúsculas) não é de fácil descrição… Do alto dos meus 35 anos já deu para perceber que não é uma definição unânime… mais ainda depois de ter começado a “conviver” em blogues e sites da “especialidade”.
    Uns são a favor de uma coisa (outros de outra), uns gramam à brava um estilo de liderança (outros outra), outros há ainda que gostam mais de A, B ou C ligados ao clube e outros há que têm “atravessados” X, Y ou Z… Atrevo-me a dizer que a esmagadora maioria dos Sportinguistas reune todas estas características (entre muitas outras, claro).
    Eu cá sou dos que procura ter opinião sobre tudo o que diz respeito ao SPORTING. Seja no futebol, nas modalidades, na Academia, nas pessoas que diariamente “vestem” ou “deveriam vestir” a nossa camisola e defendê-la intransigentemente… Goste-se ou não do estilo +/- inflamado, a verdade é que deixei de lado a versão mais moderada, mais tolerante e mais condescendente do que é ser SPORTINGUISTA. Estou a falar do lado do “vamos estar sempre com a equipa”, “vamos apoiar sempre”, “é nos maus momentos que se vê quem é Sportinguista”, “para assobiar fiquem em casa”… É do lado conformista de que falo.

    Nem 8 nem 80… Se por um lado é compreensível que é preciso dar tempo e espaço para as coisas evoluirem, por outro lado não é possível fechar os olhos quando não se está de acordo com o rumo que as coisas levam. Apoiar cegamente, “ad aeternum”, todas as medidas tomadas pelos dirigentes(?) do nosso clube, só porque sim, só revela uma coisa: CON-FOR-MIS-MO! CO-MO-DIS-MO!

    Quanto a criticas, estou à vontade para as fazer pois nunca gostei das pessoas que foram eleitas (para mim representam “mais do mesmo” ou faltaram à sua palavra, juntando-se a quem antes criticavam)… Depois de episódios no período pré-eleições que classificaria, no mínimo, de vergonhosos, cujo apogeu teve lugar no dia das eleições (em finais de Março ’11), foi empossada (lembro bem a felicidade contagiante e apressada do sr. Lino de Carvalho, porquê será?) uma direcção que, para quem votou nela, acreditava seria a melhor solução. Para mim nunca o foi, não o é hoje, e nunca o será. Desde lá para cá, muitas coisa mudou, é verdade… mas foi de facto, para melhor?

    Tenho assistido a diversos episódios que nem vou numerar (seria enfadonho para mim repetir-me) que só podem envergonhar aqueles que se dizem SPORTINGUISTAS (maiúsculas de novo)… as últimas, a pintura do nosso “pelado” e a tragicomédia em que se tornaram as paredes do túnel de acosso ao relvado dos nossos adversários…

    E parece que “no pasa nada”… Acham tudo normal… fait divers dizem outros… Concordo que há temas muito mais importantes a discutir (poderia vir de novo falar em VMOC’s mas para quê, ninguém quer saber quem virá a governar a SAD em 2013… bem com a Auditoria, mas dessa já ninguém ouve falar há meses…). Pois é, mas é nestas pequenas coisas que se vê onde o “meu” SPORTING está… melhor, este não é o “meu” SPORTING, sabem porquê? Porque o “meu” SPORTING é diferente, como sempre me orgulhei de dizer, e cada vez está mais parecido aos saloios dos “vizinhos” do lado ou mais rasteiros que os “vizinhos” de cima…

    O “meu” SPORTING preza o ORGULHO, a DIGNIDADE, a EXIGÊNCIA, a SERIEDADE, a COMPETÊNCIA, o CARÁCTER, a VERTICALIDADE… coisa que este “sportinguezinho” não preza com muitas das atitudes que tenho visto… E não estou a referir-me aos atletas que, embora devessem apresentar uma outra atitude, estão fora do âmbito daquilo a que me refiro neste texto… Falo sim de quem é suposto dirigir e conduzir esta instituição. É por estes valores que acima citei que eu entendo que o “meu” clube deve ser dirigido… cargos onde se exige SERIEDADE, COMPETÊNCIA E INDEFECTÍVEL SPORTINGUISMO. E isso eu não vejo em TODAS as acções pois não reconheço as mesmas em muitos dos actuais dirigentes.

    O “meu” SPORTING merecia mais e melhor do que certos indivíduos que gravitam em volta, quais aves de rapina, para arrancar um pedaço que lhes satisfaça a fome de protagonismo ou de outros interesses que não serão do conhecimento de todos…

    Vamos apoiar a EQUIPA de FUTEBOL, vamos torcer pelas vitórias… mas nunca de braços caídos, nunca a desculpabilizar… falta culto de EXIGÊNCIA e de RESPONSABILIDADE. Isto não é o Cascalheira… Isto é suposto ser o SCP!!!

    Perguntarão os mais distraídos… ele apoia a equipa de futebol e não apoia os dirigentes?! Respondo eu: COM TODA A CERTEZA! Porque os primeiros envergam a camisola e, para o bem ou para o mal, estão lá para defender a imagem e o prestígio do “meu” SPORTING… Aos segundo não reconheço sportinguismo, e muito menos sei ainda quais os seus “interesses”… Os meus sei eu bem quais são: GANHAR e PRESTIGIAR o CLUBE e TODOS aqueles que o DEFENDEM… Os outros não passam de erros de casting…

    Um dia voltará o meu SPORTING que tanto me orgulha… sim, porque isto…

    ISTO NÃO É O MEU SPORTING! EU SOU SPORTING!

    SL aos SPORTINGUISTAS que não se ACOMODAM… aos verdadeiros LEÕES! Um dia voltaremos a RUGIR…

    • Portanto, temos duas facções, a que defendes é a dos verdadeiros SPORTINGUISTAS, a dos que defendem o clube com SERIEDADE COMPETÊNCIA E INDEFECTÍVEL SPORTINGUISMO e depois tens os outros, aquela minoria de 50% de sportinguistas que votou nesta direcção e a suporta, esses sacanas que querem a destruição do meu clube e torná-lo um sportinguezinho por nao assobiar a equipa!

      Enquanto os críticos da direcção continuarem a falar em sportinguistas de primeira e de segunda, está mais que visto que a alternativa vai ser na continuidade…

      O BC só não é hoje presidente porque com a postura de “os verdadeiros sportinguistas” contra “os outros” (isso e gramar o futre, garay e dendres) recusou uma candidatura conjunta que lhe teria dado a mais que provável vitoria. Por outro lado o GL foi juntando as varias facções internas, e deu no que deu.

      Quanto ao resto, há que respeitar quem tem opiniões diferentes.

      SL

      • Caro Val…

        Uma coisa é respeitar as opiniões dos outros, outra é aceitá-las. Eu posso respeitar, mas não tenho de ter a mesma opinião.

        Quanto a Sportinguistas de 1ª e de 2ª, desculpa que te diga mas para mim, quem se acomoda, quem não critica e apenas diz que temos que apoiar “só” porque sim, que comem tudo o que lhes aparece à frente e lhes é servido… esses para mim não são de 2ª… são de 5ª categoria! Nem Sportinguistas deveriam chamar-se, esses acomodados. Não estou a falar de criticar por criticar, mas sim critica OBJECTIVA (pelo menos) e se possivel (preferencialmente) CONSTRUTIVA.

        E desde quando é que haver criticas é mau? Digo-te mais, havendo críticas pode ser um sinal de que há coisas erradas, ou não? Ou não tens visto erros neste mandato? O relvado? o túnel? A auditoria? os 100M€? Os emprestimos a pagar juros absurdos? as falhas GL/LD? (a proposito, onde anda LD, alguém o viu?)

        Deixa que te corrija num aspecto… o GL ganhou com perto de 33% (+/-) dos votos dos eleitores, e não com 50% dos sporttinguistas que votaram. E mais, ganhou porque quem votou nele tinham mais votos… ao que sei, teve menos 1500 votantes que o 2º (BC)… e a diferença de votos foi de menos de 300… A percentagem de GL e BC era quase identica…

        Como vês, até foi uma “minoria” (comparativamente ao total) que elegeu GL… valeu-lhe isso sim foi a maioria dos votos, caso contrário lerpava.

        Poderia ser o BC, o DF ou o Baltazar o presidente… achas que se andassem a fazer merda e a prejudicar o clube eu também não dizia nada?! Que batia palmas só porque tinha ganho o meu preferido… por favor!

        Aqui o que interessa é o SCP… esse sim! Por mim, o presidente podia-se chamar godinho, bruno, pedro, amilcar, fatima cristina ou cátia vanessa… tem é que ser digno do que representa. E para mim, GL não o é… nem ele nem muitos dos seus “muchachos”…

        SL

  21. Só para dizer ao Domingos que está no SPORTING CLUBE DE PORTUGAL e não num clube qualquer, e por isso tem de saber, devia saber! que do SPORTING toda a gente fala, quer ganhe quer perca. Já agora aproveito para dizer que esse andrade de merda só tem feito asneiras e só para falar numa delas, quero dizer que qualquer dia o Capel fica tolo com tantas voltinhas no lado direito à procura do pé esquerdo para fazer diagonais. Só para falar numa… porque agora não tenho tempo de falar no resto das asneirolas…!

    • relativamente ao exemplo que deste – até concordo que o domingos já fez alguma, como, aliás, o próprio admitiu já -, pergunto: já viste algum jogo do barcelona, por exemplo?

      • Lol ó Songue, mas queres comparar a qualidade dos jogadores do Barça com os nossos??

        Capel não dá pra jogar de pés trocados, não tem capacidade pra isso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s