Um homem só?

A pergunta que dá título ao post tem vindo a ganhar forma na minha cabeça e explica, também, o porquê do meu questionar matinal. Basicamente o que tenho sentido é que, com o aumentar das dificuldades, Domingos tem sido obrigado a falar de demasiados aspectos do dia-a-dia leonino. Ele fala das lesões, ele fala dos árbitros, ele fala de quem joga, fala de quem não joga, fala de lesões, fala do que se escreve sobre o Sporting, fala de tudo e de mais alguma coisa. Desgastando-se, parece-me, ainda para mais numa altura em que vários adeptos começam a apontar-lhe o dedo. Daí que repita a pergunta: onde está Luís Duque? Não é a ele que compete dar a cara na defesa do grupo, principalmente quando os assuntos envolvem arbitragem ou comunicação social?

Perante a ausência de outras vozes, Domingos surge-me como um homem sozinho na defesa de um barco pirata, carregado de boa gente e de gente com valor, com alguns dos seus melhores espadachins aleijados ou sem ritmo de combate, obrigado a viajar com alguns rapazes que podem render alguma coisa no mercado de escravos, e bombardeado de todos os lados por uma monarquia de bastidores languinhentos que, a todo o custo, procura manter a distribuição do poder por dois condados.
Neste cenário, Domingos parece desorientado e incapaz de encontrar a estratégia que o retire da linha de fogo, transmitindo às gentes que aguardam, em desespero, o momento de poderem festejar conquistas, uma mensagem cada vez menos auspiciosa. Tanto que, há já quem diga que a solução é voltar atrás e procurar novo capitão (já para não falar da facilidade com que um Rodriguez passa de “este gajo e o Moisés é que deviam ser os nossos centrais”, para “este gajo nunca devia ter sido contratado).

Eu não concordo que seja essa a solução. Já o tinha dito e repito. Despedir Domingos é deitar por terra um trabalho que ainda não vai a meio. É pedir um novo Carvalhal (o tal que agora muitos defendem, o tal que nos fez levar cinco e quatro de Porto e Benfica) e desbaratar seis meses de trabalho. É um trabalho que está a desiludir-nos? Sim, está, principalmente depois de ter-nos permitido criar tamanhas ilusões. Mas, porra, será que estas ilusões não poderão vir a efetivar-se com este mesmo capitão e esta mesma tripulação (mesmo que retocada)?
No fundo, apenas quero deixar-vos a minha posição: esta merda está a doer. É angustiante. Mas eu quero dar uma oportunidade a este grupo (treinador e jogadores) que me fez voltar a acreditar e a ter prazer em ir ao estádio.

Anúncios

129 thoughts on “Um homem só?

  1. Apesar de muitas coisas também é a minha opinião, mas….

    Começo a ver coisas que não me agradam num treinador.

    Irrita-me que tire ou nem sequer convoque sempre os mais novos e mais vulneráveis, por exemplo Renato Neto, Carrilho, Rubio, André Martins.

    Então neste ultimo jogo foi desesperante ver sair o Carrilho quando era o único que desequilibrava, porra, também chatei-a esta merda.

    Ou não tem pulso e força ou então alguem manda na equipa por ele.
    E seja qual for a resposta a esta pergunta, só pode sair-lhe mal a resposta.

  2. Duque e Domingos têm é de ganhar na quarta, mesmo que eu duvide muito que tal aconteça. Falar por falar, não vale a pena. Neste momento só têm é de estar calados. Eu se fosse ao Domingos, mandava o adjunto para a conferência de imprensa. Com estas tretas da flash interview os treinadores estão demasiado expostos. Nos nossos rivais só vemos mesmo o jasus e o pereira a falar também. Nesta fase o descrédito é total porque a equipa tem sido incompetente. A verdade é que nós dos 4 favoritos para a taça da liga éramos os que tínhamos um grupo mais fácil e mesmo assim fomos o único que afundamos. As decisões do árbitro no sábado tiveram talvez influência no resultado, mas a verdade é que o empate não nos servia e na primeira parte não fizemos o suficiente para ganhar. O lance do Matias depois de tudo o que ouvi e li (visto que só tinha visto o lance no estádio) parecia-me penalty flagrante, mas ao ver ontem na tv pela primeira vez não me parece nada. O primeiro amarelo ao Capitão América é que acho que é escusado. Nem sei se é falta. Com isto tudo, se Luis Duque agora falasse íamos todos dizer que se estava a desculpar e a justificar o que não devia ter justificação, se durante os 3 jogos de índice de dificuldade baixo do grupo tivéssemos cumprido o nosso papel….
    SL

  3. Subscrevo na íntegra. O sentimento insuportável de angústia e a ideia de que, na manhã seguinte, deitando abaixo o que está (?) a ser construído, só podemos mudar para pior. Não sei onde vamos parar, mas sei que a importância do jogo de quarta-feira é demasiada. Jogamos grande parte do nosso futuro na choupana. É tremendo.

  4. Não pude ver o jogo contra o Gil Vicente e quando me disseram que o Sporting tinha perdido foi difícil engolir. Não sei se o Sporting jogou bem ou mal. Os comentários aqui foram contraditórios (uns a dizer que até criamos boas oportunidades, outros a dizer que voltámos ao tempo do forcado) e eu já não me fio nem nos jornais nem nos resumos das televisões.Só sei de duas coisas. Uma, o árbitro mais uma vez teve dedo (mão, braço, dois braços, o corpo inteiro) no jogo; outra, o Domingos é o treinador. Quanto à primeira, ou enveredamos pelo caminho que Porto e Benfica enveredaram ou assimilamos que temos que jogar sempre como se a outra equipa tivesse 14 jogadores. Quanto à segunda situação, concordo que se mantenha inalterada, mas não porque ache que o Domingos é um grande treinador e nos vai trazer muitas vitórias. Acho que se deve manter o treinador, porque quem quer que treine o Sporting até fim da época é para queimar. Importante é que quem comece a próxima época não venha queimado, caso contrário a equipa contará com uma pressão adicional logo desde os amigáveis de Julho. Estou muito pessimista em relação à prestação do Domingos até final da época (diga-se: eliminação do Nacional e trinufo na Taça, eliminação do Légia e carreira memorável na UEFA e conquista de lugar de acesso à LC). Resta saber se os fracos desempenhos recentes derivam somente da (in)capacidade dele ou de outros factores dentro do futebol do Sporting a que ele é alheio.

  5. Hugo: tal como o jogo contra o Beira-Mar, notou-se um ténue crescimento qualitativo da equipa a nível ofensivo – notei a inversão do elias com o andré santos das posições 8 e 6, o que nos deu mais qualidade na saída de bola – ao qual voltaram a faltar os golos, como faltam sempre. Ninguém ali tem sangue frio para fazer golos. E o domingos perdeu a cabeça na segunda parte ao tirar o carrillo, que estava a ser o melhor, de longe. Lá atrás é que a conversa foi outra: o Hugo Vieira, sozinho, fez o que quis. Mas o que a nossa equipa produziu não é muito diferente do que tem sido feito pelos nossos rivais, que simplesmente têm uma eficácia quase total em frente à baliza e a ajuda dos badamecos do apito. Basta ver o que aconteceu ontem no jogo do Colo-Colo. Um penálti inventado contra nós (falta do OO é fora da área) e um penálti com expulsão a nosso favor escamoteado no espaço de cinco minutos é dose, é muita coisa.

    • o hugo vieira fez o que quis??????
      não concordo nem um pouco, ele de facto é bom jogador e de frente para centrais lentos é um perigo, mas o gil não criou oportunidades a jogar contra 11.
      quando a equipa arriscou tudo a jogar com 10, aí tiveram mais espaço e podiam ter feito mais golos.
      mas foi um daqueles jogos em que fiquei com a sensação de que se o 1º entrasse , tinham levado 3 ou 4.
      estruturalmente temos dificuldades contra equipas fechadas, mas já assim é desde o tempo de peseiro, que diga-se era uma merda de lider de balneário!

      • Fez o que quis contra 11 e fez o que quis contra dez. Assim de repente, sem esforço, lembro-me que antes de ser cumprido o primeiro minuto já tinha ganho espaço pela direita em velocidade e chutado com perigo, lembro-me que uns dez minutos depois sacou o amarelo ao polga, depois o primeiro amarelo ao oguchi quando se isolava perto do intervalo e foi ele quem depois lhe sacou o vermelho na segunda parte, fora da área (ninguém fala nesta merda…). Ninguém teve pernas para ele.

        Estruturalmente temos dificuldades contra equipas fechadas? Que estrutura é essa? Sobra alguém do tempo do peseiro, entre jogadores, técnicos e dirigentes, fora o polga?

        A única coisa que sobre desse tempo somos nós, os que pagam quotas e ganham cabelos brancos, e aquele relvado de merda, cortesia do senhor “Aguenta, Não Chora”, que só por acaso é adepto do Colo-Colo. Entregar o projecto do nosso estádio a um arquitecto lampião é épico.

    • Essa melhoriazinha muito ténue em termos ofensivos deveu-se quanto a mim à presença do Wolf. Apesar de não andar com golo (e isso é fundamental na posição dele) dá outra velocidade à manobra ofensiva da equipa. Mexe-se muito, cria espaços, e tabela bem. Nos últimos 20/25 minutos já estava de rastos e jogou pouco…
      SL

  6. Concordo plenamente. Este grupo tem de ir até ao fim e aí sim, faz-se o balanço e responsabilizam-se os intervenientes ( quer para o mal, quer para o bem). Mas porra, deixemo-nos de insistir em erros passados e enterrar mais treinadores. Temos de raciocinar! Penso que o valor está lá, nos jogares e no treinador ( já o vimos este ano) o que está a falar é a bola entrar mais vezes e uma mentalidade e um querer ganahr e superar as adversidades. Se transmitirmos confiança ela será sentida pela equipa!
    Força SCP!

  7. Não sei se concordo contigo.
    Domingos só nos deu a conhecer 1 sistema de jogo, que nunca muda, quer estejamos a jogar com Moreira de Cónegos, quer com a Lazio. Isto no Braga não era assim, e contra eles apenas 10% das equipas eram montadas em função do adversário. No Sporting 90% das equipas adversárias são montadas em função do nosso sistema de jogo. Ora se as coisas não funcionam neste sistema há que experimentar alternativas.
    A gestão do plantel tem sido abaixo de cão. Por exemplo passar titulares para a bancada, até às punições como a que foram alvo Polga e Bojinov depois das exibiçºoes desastrosas contra o Nacionel na 1ª mão da Taça, que não tem seguimento com outros como o João Pereira, responsável directo por mais de metade dos golos que sofremos esta época.
    Mas há mais, desde a titularidade de jogadores em baixa de forma ou sem ritmo, e a exclusão de jovens que deram provas importantes como André Martins, ou Rubio (início de época).
    Domingos não tem culpa de tudo. Entre o preparador físico e o departamento médico tem havido fartura de asneira. Mas o médico é irmão do vice-presidente, agora o preparador não! Desta falta de qualidade resulta uma redução das soluções do plantel, e logo da performance da equipa e do próprio Domingos.
    O facto do Duque não falar não espanta. Tem muitos telhados de vidro. Na anterior passagem quem o fazia eram Manolo Vidal e o JM Torcato. Na restante estrutura havia quem pudesse fazer. Pereira Cristovão falou no galinheiro, e … calou-se para sempre.
    mas se Domingos não tem responsabilidade para falar de marginalidades, não o faça. Decline como o faz Mourinho.
    É certo que entraram muitos jogadores, mas a maior parte são jogadores de qualidade caneco! O Pal Serge tinha batatas, e por esta altura tinha mais pontos que este gajo! Não me fodam! Uma coisa é discutires o título e ganhar a liga aeuropa, outra é discutires os primeiros lugares e teres um fio de jogo, dares espectáculo de quando em vez, corresponderes a este apoio da base adepta. E isso é um absoluto falhanço que eu duvido que ele consiga corrigir.
    Não concordo contigo.

    SL

  8. Vamos fazer um raciocínio simples, dos últimos anos:
    – Os treinadores mudaram. Desde Bento a Carvalhal, passando por P.Sergio e acabando em Domingos todos por lá passaram e queixaram-se do mesmo. Falta de apoio e dando sozinhos o corpo ás balas.

    – Os jogadores mudaram. Principalmente esta época que entraram cerca de 20 (vinte) jogadores novos.

    – A direcção mudou. Mas mudou mesmo?! A dinastia roquetista acabou?! Os mamões deixaram de estar no Sporting?!

    Nos últimos anos, mudaram treinadores, jogadores mas a direcção permaneceu sempre a mesma. Quer se queira ou não, Godinho não é mais que a continuidade dos interesses do roquetismo dentro do Sporting, não tivesse ele feito parte do mesmo á uns anos atrás quando foi responsável pelo património do clube.

    Pensem nisto. Mas pensem mesmo. Pois jogadores de qualidade nós temos e um treinador competente também.

  9. Bom, quarta-feira é que a equipa tem de dar tudo por tudo, nem que afunde a ilha!
    O jogo que passou fiquei fodido, mas também é uma taça de merda! A meu ver a equipa até nem jogou mal, contudo não pode falhar tantas oportunidades de golo.
    Penso que com Rinaudo o meio campo do Sporting irá ficar mais agressivo e rápido e sem medo de falhar na pressão, pois sabe que esta lá Rinaudo que é peça fundamental na equipa e a falta dele nota-se e de que maneira.
    E pá,nem quero pensar em derrota esta quarta, foda-se!

    FORÇA SPORTING Rumo ao Jamor, Sem medo!

      • Nem de propósito. O cabrão do Proença. Roubou-nos contra o Marítimo, roubou-nos contra o Porto. Vai roubar-nos também contra o quinentinhos. Não fosse ele um árbitro de mão do sistema pintacostista.

      • Esse nao engana, veio em entrevista dizer que o sporting devia se preocupar com os investimentos falhados em jogadores… Isto relacionado com o caso da greve dos arbitros que foram agora punidos, cheira a que vai fazer tudinho pra enterrar a equipa na quarta em jeito de vingança.

        Aposto em penaltis por marcar, muita gestao de amarelos pra nao correr o risco de dar vermelhos ao nacional e muita, muita entrada violenta… o costume.

        Se passarmos vai ser mesmo contra tudo e todos.

      • Infelizmente, já fomos caralho. O proença vai à madeira para nos foder, espero que me engane, mas não me parece…

  10. Concordo em quase todos os aspectos.

    O único em que discordo é quando afirmas que só Domingos tem falado, isso não é a realidade, ainda a semana passada vimos Carlos Freitas a falar da arbitragem e das possiveis movimentações de jogadores e vimos o Presidente a falar da auditoria. Só temos visto Domingos a falar em questões técnicas, poucos mais.

    Pelo que me apercebo, por aquilo que Duque já fez no Sporting, não sei quem se lembra, não é uma pessoa de falar muito, é ponderado, nunca foi de aparecer a mostrar o que esteve a fazer, a verdade é que no inicio da época quase todos sabiamos que é uma pessoa com grande peso na estrutura (não peso de gordura!). Daí não perceber o porque de agora se vir falar nisto.

    Por exemplo, a medida que foi tomada agora, de ninguém falar eu atribuo-a a Duque, porque nos habituou a dar estabilidade ao clube e a blindar o plantel! eu continuo a confiar em toda a estrutura como confiava há 3 meses atrás quando ganhámos uma série de jogos seguidos.

    Quanto ao angustiante, penso que nesta altura esse é o estado de espirito de todos nós, as coisas não estão a sair como saíam há bem pouco tempo. Para mim faltam bolas na área, não se pode querer ganhar jogos, jogando com extremos e laterais ofensivos e depois rarmente centrar uma bola, é ridiculo, esse é para mim um dos factores, tal como a saída de Rinaudo da equipa.

    SL

  11. Grande posta Cherbakov!

    Já temos novidades!
    «O Sporting volta a treinar nesta terça-feira de manhã, de novo à porta fechada, para preparar a deslocação à Madeira, onde vai defrontar o Nacional, para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal. Ao contrário do habitual, não haverá antevisão da partida por parte dos leões»

    E o Pedro Proença vai ser o árbitro!

  12. Domingos, nesta altura vê nas costas de Paulo Bento, Carvalhal, Paulo Sérgio e José Couceiro as suas próprias costas! E deve andar cheia de chagas pois é ele que tem também de mandar recados e expor-se perante a CS…

    Mais um mimo de LD e CF

    • Mais um pormenor:

      – Nos clubes profissionais, os jogadores jovens são lançados em momentos oportunos, na nossa casa não…quando está tudo a arder é que se recorre a eles. Quais são os resultados??

    • Já enjoas com isso. Convoca uma AG para acabar com a direcção e pôr lá a tua ou tem vergonha e acaba lá com a merda da campanha fds. mas alguma vez o Couceiro, o Carvalhal ou o PalSerge tiveram uma equipa como esta? Elias (A) brasileiro, Insua (A) argentino, Rinaudo (Deus), Capel e Jefren (esperanças espanhois), Schaars (A) holandês, Wolsvinkel (A e esperança) holandês, Carrillo, Onyewu, Arias, Ribas, Rodriguez (escolhido por Domingos)… Alguma vez, qualquer desses três treinadores teve jogadores destes à sua disposição para treinar? Estás a querer comparar o quê? No dia em que vocês gostarem mais do Sporting do que dos vossos egos e projectos pessoais… nisso são iguais a muitos que já lá andaram e a alguns que se calhar ainda lá andam. aproveita e faz-te sócio, que já li num lado qualquer que não tinhas acesso à auditoria porque não és. fds, isso é que já seria qualquer coisa. Uma coisa é um gajo ser bovino e ter de gostar de tudo o que lhe servem, outra coisa é ser esperto e querer fazer os outros de parvos. Os Cacifeiros são malta fiel, esclarecida, crítica, mas que vai aos jogos e paga cotas. Já que vens aqui ler e comentar aproveitavas e aprendias com a malta. Depois, sim, faz lá as críticas que quiseres mas não tomes a malta por parva. Mas há alguma comparação?! Deves ter saudades do Maniche, do Djaló (que afinal já é muita bom), do Postiga e do resto da fantástica equipa dos últimos dois anos… Mas há alguma dúvida que este gajo tem obrigação de fazer melhor?!

      • Como não sou nenhum bovino e não quero ninguém por esclarecer, aqui vai:

        Estou a querer comparar a falta de apoio dos directores nas alturas devidas. Só isso… Por isso referi a exposição à comunicação social. Não percebeste, perguntavas! Se tivesses perguntado primeiro evitavas parte das ridiculas considerações que nada tem a ver com o que escrevi, bem como as outras considerações que fazes sobre a minha pessoa.

        Onde leste que eu não era sócio, devias ter lido mais (o porquê) e não “escarrapachar” aqui a parte que te convem… Já agora, eh pá, se me pagares as deslocações para eu poder ver o SCP todos os jogos em casa, é para já! São só mais de 400kms (ida e volta, portagens, gasóleo, refeição). Que tal?! Eu pago os bilhetes…

        Mais, se achas que estava a defender DP (que estou farto de dizer que não foi o técnico que devia ser QUANDO MAIS PRECISAMOS) andas a ler tudo ao contrário do que já escrevi aqui. Aí nem precisei de fazer-te de parvo… foste-o sozinho!

        É tudo… por agora.

  13. Eu nem de perto nem de longe sou a favor de se mudar constantemente de treinador. Mas basta que o erro de casting seja cometido, para que tudo o resto seja hipotecado. Esta Direcção já provou que é mais do mesmo. Não há volta a dar. É visível até para um cego irreversível. No início todos nós pensámos, que emobra Godinho pudesse ser mais do mesmo, o caminho percorrido seria outro. Iria haver algumas mudanças, pelo menos no departamento de comunicação, no discurso cá para fora, na blindagem da equipa técnica, na defesa dos interesses DO CLUBE em DETRIMENTO dos interesses PRÓPRIOS. Volvido 1 ano, o departamento de comunicação não sabe explicar um único ponto, o discurso cá para fora parece-me ser a 4 ou 5 vozes, a blindagem à equipa técnica não me parece a melhor. A equipa técnica, por culpa própria e por falta de apoio, não sabe em que águas navegar. Anda à deriva … e um barco à deriva, sem rumo certo é um caixote à espera de encalhar numa qualquer ilha. Anda tudo ao Deus dará. Domingos é responsável pelo actual momento da equipa. Mau escalonamento da equipa, excessivo proteccionismo a alguns atletas, convocatórias sem pés nem cabeça, 1 e só 1 esquema táctico ( na pré-época ensaiou o 4x2x3x1 e nos jogos a sério trocou-o pelo 4x3x3 ), a equipa não tem fio de jogo, o futebol é sofrível, levam banhos tácticos e o discurso é o da desresponsabilização total. A culpa é de todos, menos do treinador e dos jogadores. Passam a ideia de que está tudo bem, de que o que é feito é mais que bom. Eu não peço que desanquem os atletas em directo mas, têm que deixar passar a ideia de que não estão contentes com o que vêem. Falar, como Domingos falou, sobre jogadores que têm que dar mais e no fim tirar do 11 os que mais deram e deixar os que nada fizeram é de doidos. Fazer os atletas dançarem entre a titularidade e a bancada é de LOUCOS, LOUCOS. Dar chances a recém chegados, em detrimento de atletas que têm 6 meses de casa e mais, é uma falta de respeito. Se já tivessem sido dadas chances a todos, aceitava-se. Agora, o caso é bem diferente. Há jogadores que não merecem a confiança de Domingos. Há atletas descontentes. Tem de haver. Não pelo melhor motivo ( serem suplentes ) mas sim porque são suplentes com um treinador descrente nas suas capacidades. Direcção e Domingos não estão em consonância, estão em dissonância em alguns pontos. Penso que há membros da Direcção, muito descontentes com a actuação de Domingos. Carlos Barbosa sai por razões que ainda são lúgubres mas, não me espantaria que para além da auditoria, Domingos pesasse nessa decisão. Pediu-se tempo aos adeptos, nós concordamos. Deu-se tempo a Domingos, nós achamos que é correcto. Pediu-se apoio à equipa, nós acedemos a esse pedido. Pediu-se união, nós começamos unidos. O que não podem pedir é calma para TANTA MEDIOCRIDADE em tão pouco espaço de tempo. Num ano já perdemos um Dirigente. Fará falta !?? Claro que não. Mas, será um sinal de perigo !?? Evidentemente que sim. Tivemos o caso Bojinov. Faz-nos falta o atleta !?? Não, não jogava um corno. Mostra falta de pulso, mostra desamparo da equipa técnica. Talvez mostre. Ganhamos 1 jogo em 8 em 2012, fomos eliminados na Taça da Liga por Moreirense, Gil Vicente e Rio Ave … é grave !?? Gravíssimo. Empatamos a 2 bolas em Alvalade, contra o Nacional, numa meia-final da Taça de Portugal. É mau !?? É muito mau. Quando os atletas não aproveitam o facto de estarem a 1 passo do Jamor … quando futebol apresentado é de 3º nivel … algo de grave se passa. Domingos é um homem só, tal como Godinho é um homem só … tudo o que é dirigente do Sporting está SÓ. Está só porque não tem o apoio incondicional dos adeptos. Não tem porquê !?? Porque o tempo esgotou-se. Não há mais paciência para amadorismo, para a mentira, para a falácia, para o conto da carochinha. Com tanta mudança, com tanto talento na equipa, com uma Direcção nova, com um estádio sempre cheio, sem assobios à equipa … esperava-se mais … um pouco mais. 6 meses não dão para um futebol melhor !?? Dão sim … podem não dar para um futebol consolidado, para vitorias atras de vitorias mas, a espaços tem que se ver trabalho. Estamos a falar de atletas de altíssimo nivel. Falamos de jogadores que se adaptam facilmente a novos ambientes. Daí serem de topo, internacionais A pelas respectivas selecções … algumas, as melhores do Mundo : Brasil, Argentina e Holanda. Há desnorte no reino do Leão. Temos que aceitar isso … é evidente que há. Pergunto a todos : Terá Domingos, a força necessária para comandar esta equipa na próxima época, depois de uma época sofrível !?? Teremos nós total confiança em alguém que nos tem dado tantas tristezas !??? Teremos a capacidade de não o crucificar caso as coisas comecem menos bem !?? Não serão os jogadores a única matéria que deve permanecer unida, mudando-se o timoneiro !??? Se não sair ninguém, se não se vender ninguém … poderemos aproveitar o facto deles se conhecerem bem, e guiados por um BOM TREINADOR, dar-nos as alegrias que pelas quais tanto ansiamos. Eu acho que o jogo da Madeira irá ditar as reais capacidades de Domingos. Se for eliminado, digo sem sombra para dúvidas que Domingos não deverá permanecer em Alvalade. É a minha convicção. Deverá sair, ser substituido por alguém a nivel interno, e mediante o futebol apresentado até final, decidir-se com CABEÇA, se deveremos optar por uma outra solução. Necessitamos de alguém com CALO, com TRAQUEJO … com as manhas necessárias para nos guiar nesta fase conturbada. Saudações

    • 1º não há pachorra para ler tanta palavra condensada!
      2ºachas que o van basten que era o treinador do bdc faria melhor?
      quanto melhor, tipo koeman nos rançosos?
      a madeira irá ditar as verdadeiras capacidades do domingos? 1 jogo?
      tanta estupidez paulinho, tanta estupidez!

      • Não gostas não lês. Segundo ponto : Não falei em Van Basten. Terceiro ponto : A Madeira ditará sim a verdadeira capacidade Domingos … soma-lhe os jogos anteriores e não será só 1 jogo. Por último … a partir de hoje, ficas a falar sozinho como estúpido que és. Escusas de comentar as minhas frases porque para mim és como os Lampiões que aqui pairam : Um Bardamerdas. Só não faço mais, porque não te conheço, nunca te vi o trombil. Te garanto que se te conhecesse ficavas uns meses como o Danny do Zenit : Rotura total dos ligamentos cruzados do joelho. És um verme que só destila ódio por quem não fala o mesmo que tu. Desaparece e fazes um favor a toda gente. Não vais ter resposta ao que quer que escrevas. Para mim és merda … merda , merda, merda !!

      • Oh Jonas a sério tu também contentas-te com pouco não?!sinceramente,o campeonato já foi com o caralho,logo no ínicio da 2 volta,taça da liga com o caralho foi,taça de Portugal vamos a ver e liga europa não vai ser nada,mas nada facil.andamos a jogar uma merda,em 8 jogos,ganhamos 1 e tu consegues defender o que não tem defesa?!agora também digo já..Van Basten?!preferia mil vezes o Rijjkaard,de longe mesmo!Inácio a diretor desportivo?!também não me parece…!que o treinador tem estado mal,isso tem…

    • Deixem-se disso, quarta vamos jogar bem e ganhar, quando jogamos bem não há arbitragem alguma que nos possa parar.

      Que jogo perdemos em que merecessemos ter ganho?
      O que importa mesmo é a nossa exibição.
      Na Madeira vamos reagir e vamos voltar de lá com duas vitórias,
      Eu acredito.

      • Não jogámos o suficiente para ganhar nem sequer empatar nenhum desses 3 jogos, deixem de ser calimeros e apoiem mas é a equipa que já demonstrou que quando está bem ganha.

  14. quando o Godinho Lopes se tornou presidente do SCP e por consequencia Domingos o treinador do escalao principal nao fiquei de todo satisfeito. quanto à presidencia para mim, a primeira coisa que me veio à cabeça foi “é desta que o sporting acaba”. Hoje assim nao o penso. Embora nao esteja a ser um trabalho perfeito e com falhas que considero graves, GL uniu os sportinguistas, ou o que restava deles, como nunca, reabriu nucleos, cativou a massa associativa, quem diria que mesmo neste ano com estas exibiçoes pouco conseguidas conseguiriamos levar tantas pessoas ao estadio? Outro grande fator para esta direçao ter a minha confiança foram as contrataçoes de CF. queixem-se do que quiserem mas quem imaginava que este ano iriamos ter jogadores como capel, jeffren, oniewu (que para mim se revelou uma otima surpresa), insua, rinaudo, schaars, carrillo (estes ultimos 3 nao chegaram ao preço dos 3 milhoes!!!!). claro que houve alguns erros de casting como bojinov ou poderia ate mesmo falar nos gastos que se teve com elias e wolf (nunca pondo em causa o valor de ambos). O que quero dizer é que ate agora esta direçao ja nos deu provas que nao é tao mau como alguns fazem crer.

    mas vamos ate ao treinador que foi isso que me trouxe aqui.

    Domingos a treinador do sporting. A minha primeira reaçao foi que ia dar merda. O sporting como um clube grande que é sempre jogou (ou tentou) no modelo de posse de bola, controlando o jogo e jogar em ataque organizado. DP vinha de um Braga que joga num modelo que gostam de chamar de transiçoes rapidas, que para mim chama-se contra ataque mas como isso soa muito a equipa inferior fazem questao de lhe dar outro nome pois o braga é um colosso. Adiante, com esta minha fracçao na cabeça e juntando-lhe o inicio de epoca com aqueles resultados que nao vale a pena relembrar (influencia da arbitragem? Sim. Bom futebol? Nao, o mesmo da epoca anterior…) como imaginam a minha imagem sobre o nosso treinador em nada melhorou.

    Vieram as fantasticas exibiçoes das 10 vitorias consecutivas. Foda-se!!! Acho que nunca tinha visto o scp a jogar assim!!! Um super guardião que defendia tudo que embora nao fosse muito respondia com grande qualidade, uma defesa segura como à tempos que nao se via, um meio campo de 3 autenticos senhores , Rinaudo, a força, a garra, a coragem, a determinaçao (quando o comecei a ver jogar disse para mim proprio: este será um dos meus jogadores favoritos, se vos disser que adoro o puyol nao sera facil perceber porque…); schaars um autentico patrao no meio campo, organiza toda a equipa corrigindo as posiçoes, controlando a posse de bola, dando linhas de passe; elias, que embora nunca percebendo o porque de tanto alarido a volta dele (apenas neste ultimo jogo com o gil pude eleva-lo num patamar de grande jogador) ninguem pode negar que é um jogador incansavel, aparece no ataque, na defesa, da linhas de passe, faz posse de bola, corre, corre e corre. No ataque, pela esquerda a fantastica dupla Insua&Capel, pela direita um JP dando grande consistencia ofensiva e um irreverente carrillo que levantava o estadio a cada toque na bola e claro no meio um inspirado lobo com um sentido posicional e de opurtunidade que por momentos me fez esquecer o nosso 31.

    Mas desde que essas boas exibiçoes acabaram Domingos tem vindo com decisoes que me deixam completamente fodido. O bom futebol acabou, culpa das lesoes de jogadores muito influentes como rinaudo? de certa forma sim. Mas foda-se porque razao perbemos o rinaudo num jogo a feijoes? nessa altura rinaudo era dos jogadores com mais tempo nas pernas e porque nao se poupou? o mesmo com o schaars que ninguem me tira da cabeça que a sua lesao foi por esforço fisico a mais. e como foram eles podiam ter sido outros, ou nao. ninguem preve o futuro mas foda-se ser treinador nao é so mandar os 11 pro campo.
    2º ponto as experiencias de Domingos. nao percebo a puta da ideia das trocas constantes entre ribas, boji9 e rubio. ribas chega ao scp e no 1º jogo é logo titular com o braga (e com isto junta-se a magnifica titularidade do evaldo e depois substituindo-se o insua pelo capel). machadada no boji que tinha ganho o lugar a titular. depois trocam-se outra vez ja nao me lembro com quem. junta-se o rubio a mistura e plim plim plim. temos 3 jogadores que produzindo pouco ou nada obtêm um Domingos perdido e desorientado sem saber em quem apostar.
    quanto ao ultimo jogo fiquei fodido por perder, fiquei fodido por atirar-se o rubio aos leoes quando se precisava de um jogador como ribas na area, fiquei fodido por se tirar o carrillo quando este era o que estava a jogar melhor, fiquei fodido por ver que o domingos nao tem um plano B (va la que meteu 2 avançados o que ja é uma novidade).
    quando a taça em si quero que se foda porque de taça aquilo pouco ou nada tem. tenho pena é que domingos nao tenha visto que era nestes jogos que se quise-se exprimentar o podia fazer, tenho pena de nao ter visto arias a jogar de inicio e ate memso rubio, tenho pena de nao se ter dado mais minutos a jogadores que nao jogam tanto nestes jogos, tenho pena de nao se ter exprimentado o pereirinha a DD nestes jogos ja que o JP parece nao aprender. eu sei que ganhar esta taça era um bom fator psicologico para a equipa ganhar moral e tal mas com este grupo super acessivel que nos tivemos penso que foi estupido de mais ter sobrecarregado os habituais titulares com tantos jogos visto que ainda competimos no campeonato, liga europa e TP.

    por fim e sem me alongar mais (ja chega nao?) fico a espera que domingos me responda se é o treinador que sempre achei que era ou se afinal é o homem que me fez voltar a acreditar incondicionalmente nesta equipa.

    Força Sporting!

    • Depois do que resultou da auditoria ainda acreditas nos “custos zeros” e nos valores que são publicitados pelas transferências.?? Só se andarmos a dormir.

      O rodriguez ficou em 1,8 milhões por exemplo.

      Esses negócios estão todos muito mal contados.

      Quando contratamos Niculae falou-se em um milhão de contos, 5 milhões de euros, ora vai saber não é que ficou em 8,5 milhões.

      Aliás, nem é preciso puixar muito no tempo. Basta analisar o que dizia GL no defeso, sobre os valoes entretanto gastos a cada momento do mercado, e lembrar que o pessoal andava um bocado tonto, as contas não davam certo. E porquê? ao que parece, a cada valor publicitado devemos somar cerca de 30%, relativo às demais pessoas que também “precisam de ganhar dinheiro para comer”,

      Assim, esses valores de compra de rinaudo, schaars, capel etc não me convencem, até prova em contrário.

      Deixo aqui um apelo a GL. Não venda o passe do carrillo aos bocados, é o jogador do SCP com mais potencial para gerar algum retorno financeiro.

      • vê lá artista só o emerson e o garay ficaram mais caros que 4 grandes jogadores!
        só dizes merda seu rançoso lampião merdoso!

      • O ponto não é esse ó inteligÊncia mal-educada. O meu ponto é ralativo à diferença dos valores anunciados na CS e comunicados À CMVM e os valores reais pagos e que acabam por se reflectir nas contas dos clubes.
        É o caso do rodriguez que ficou por 1,8 milhões.

        Não tou a dizer que foram maus negócios, mas não acreditam nos valores anunciados.

        Esse comportamento é que é muito vermelho, falar sem saber e sem ler.

  15. Mas desculpem lá, no carnide e porco não é o mesmo!?
    Não são os treinadores que dão o peito ás balas???
    Ouvem Rui Costa e Anterro Henrique a falar?

    N brinquem cmg!
    O domingos fala demais….talvez…mas o mal são os resultados!

    No 1 ano de jesus…ele dizia o que queria…pq ia ganhando….o ano passado tb foi gozado por tudo e todos!

    Tudo acontece ao sporting…mas se é smp ao sporting será só por azar!?

    Desde o inicio que sempre disse que domingos n era treinador para o sporting, que vos perguntei a quem tinhamos ganho esta época para haver uma hesteria enorne….

    e a resposta era sempre a mesma…..SS Lazio! Epá! Por amor de deus!

    o carnide ontem rodou 5 jogadores…..pq a equipa o permite!
    pq a “moral” o permite e pq tem um plantel mt bom!

    Ainda há uns tempos um atrasado mental dizia que o rodrigo era uma merda….

    Metade das pessoas que vem aqui não precebem de bola…..

    Vou foder! Hasta

    • desculpa lá mas no carnide e nos porcos não vês as televisões fazerem reportagens de 5 minutos a gozarem e a ridicularizarem os treinadores e os jogadores ?

      • VP e Jasus já foram pouco gozados foram…

        Bem mais que Domingos porque são figuras muito mais gozáveis.

        Mas agora o Domingos tem-se posto a jeito e os resultados não ajudam.

        Porque é que o Domingos tem de falar tanto?
        Porque tem de falar de estacas, de médicos e carpinteiros, etc?
        Não pode falar só do que quiser e no resto mandar a CS pó caralho?
        Porque temos de responder ás provocações dessa gente?

    • o carnide rodou jogadores e ganhou porque o soares dias é tão porco como o seu pai que já morreu!
      viste a vergonha da expulsão do preto do maritimo?
      e se o hugo vieira fez o que quis dos nossos centrais o que dizer do sami que falhou golos incriveis contra o carnide?
      mau caro mais cego é o que não quer ver!

    • foda-se queria lá eu dinheiro emprestado dos rançosos ou dos corruptos!
      mais valia fechar a loja e começar de novo como a fiorentina!
      com a massa adepta que o sporting tem, nunca acontecerá o que aconteceu com belenenses ou boavista ao contrário do que dizem alguns abutres!
      eu até na 3ª divisão ia à bola ver o meu Sporting!

  16. Carvalhal também deu 3 ao Porto e durante alguns jogos (até ser eliminado pelo Atl. Madrid), fez com que o Sporting jogasse o melhor futebol desde Peseiro.

    Carvalhal entrou a meio da época substituindo Bento e nunca lhe foi dada hipótese de contruir a equipa e trabalhá-la desde o início à sua maneira (tal como Couceiro).

    Convém lembrar o positivo também e não só o negativo caro Cherba.

    SL
    José

    • De acordo !! De facto o homem colocou a equipa a jogar um futebol atractivo em alguns jogos. A questão é mesmo essa : Estaremos nós a dar uma chance à pessoa errada ( Domingos ) ?

  17. Trata-se de principios básicos da gestão desportiva que não são praticados.

    Façam este exercicio: imaginem na vossa mão direita a equipa e os técnicos. Imaginem agora a vosso poder de actuar, como dirigentes, na vossa mão esquerda. Afastem as duas mãos e estalem os dedos da mão esquerda e acenem e façam um pirete e corninhos, tudo o que quiserem. Assim, ninguém vai olhar para a mão aonde está a equipa e vai deixá-la sossegada, com menos pressão.

    Isto é básico!. Se a equipa está em baixo, é atrair a atenção para outro lado, para os dirigentes, nem que vá la um fazer de mauzão e dar pau nos árbitros, e outro fazer de palhaço e mandar umas bocas no gozo. foda-se, aqueles gajos todos são pagos para quê? para jogar CM? o futebol é feito de homens, dentro e fora de campo, há que saber lidar com todos da melhor maneira.

    Além de que aquelas coisas que apitam, andam demasiado “à larga” nos nossos jogos. É preciso apertá-los.

  18. Domingos tem boa comunicação social. Eu digo o Sporting tem má comunicação social e isso é que preocupa. O Sporting vai suportar uma 2ª volta muito penosa e será “agredido” pela CS a torto e a direito pois neste momento é fácil malhar no clube. O Sporting está fragilizado e sem capacidade de responder (em campo) às críticas e à chacota geral. Mais um ano desesperante para o universo sportinguista. Andamos desgastados…Não temos Poder de Influência como os outros.
    Ou entra muito dinheiro no clube, ou não vamos a lado algum. Até lá falta fazer muita coisa. Jogar mais à bola, denunciar e responder de outra forma às várias difamações feitas ao SCP.

    Se bem se recordam, em 2009 Obama tornou-se o 1º negro presidente dos estados unidos. Para lá chegar a sua equipa sabia que a raça e o facto de ser um desconhecido, seria vitima de muita campanha suja, e foi. O nome: Smear Campaign http://en.wikipedia.org/wiki/Smear_campaign entrou no lexico urbano!

    O que fez em relação a isso a sua equipa?
    https://my.barackobama.com/page/s/join-attack-wire-today

    Criou o primeiro website integrado com redes sociais (facebook e twitter), onde os seus apoiantes podiam denunciar smears/difamações e ao mesmo tempo responder com factos a tais “opiniões”, invenções…em tempo real. Funcionou e vai funcionar outra vez durante as Presidências deste ano.

    Porque raio não se junta um grupo de sportinguistas bloggers para criar um mecanismo como este? Merdas não faltam a falar sobre nós, só falta colocá-las todos juntos, com os nomes e as caras dos seus autores e com FACTOS VERDADEIROS (temos aos montes), responder e repudiar um a um, denunciar cada smear num SITE e PROFILE no facebook proprio e so para isso.

    Vai viralizar, criar buzz, gerar discussão, surpresa, envolver e unir os sportinguistas num movimento contra a campanha de difamação que o clube é alvo por parte de alguns na CM.

    Contra factos verdadeiros não há argumentos que colem. Perguntem ao Obama.

  19. Tanto comentário e, salvo erro, nem um sobre uma das coisas melhores que vi acontecer, em termos de espírito de balneário, no Sporting dos últimos anos.

    És grande, Oguchi. E és o capitão, o “américa” e o do Sporting, com ou sem braçadeira!

    • Lol, ao que te vais agarrar, é mesmo o desespero e já nao ter qualquer noção do ridiculo.
      Enalteces algo que se tivesse acontecido co Boji9 estaria hoje tudo a insultar o homem de alto abaixo.
      Bom exemplo tem sido os adeptos, mais uma vez tivemos mais espectadores que o Carnide, imagino se estivessemos a ter bons resultados.
      Nunca um treinador, equipa e direção tiveram tanto apoio como estes estão a ter.

      • Vês-se….

        Ou então confundes “apoio” com “espectadores”. Vais pouco ao estádio, ou vais a sítios melhores que eu, pois muitos dos que ouço por lá podem estar a fazer tudo, menos a “dar apoio”.

      • Fodasse ohh placebo, se achas que não é apoio teres mais adeptos e apoiarem do principio ao fim do jogo sem assobios (ou com poucos) então não sei onde estiveste nestes ultimos anos, principalnmente os 2 ultimos…

      • A boa nova é que aposto que terão mais apoio na Madeira.

        Gostei muito do apoio ao Polga depois da burrada contra o nacional aos 40m minutos de uma eliminatória de 180m, é que viu-se que ele enrijou logo ao ouvir os assobios da bancada! A partir dai fez logo outro jogo!

        Gostei muito de ver o jogo do belenenses em que um sócio “velho do restelo” me ia gritando ao ouvido os ataques dos azuis como se fosse a final do campeonato do mundo enquanto criava alcunhas irreproduziveis muito giras para todos os jogadores da sua equipa.

        Gostei muito do apoio contra o FCP, durante os primeiros 40 min. Depois parecia
        que estava a ver o jogo em casa, tal era o sossego á minha volta.

        O apoio ao bojinov na marcação do penalti foi merecida, e o apoio ao domingos com os lencinhos brancos também foi uma manifestação linda na despedida de uma prova que todos dizem não interessar para nada.

        Nem os encornados dão valor aquilo e a prova foi criada para eles não fazerem tantos ultimatos nem ameaçarem ir para a liga espanhola.

        Apoio verdadeiro foi ouvir os miúdos do SCP que estavam na bancada visitante contra o beira-mar abafar a claque do beira-mar , cada vez que eles gritavam “BEIRA-MAR” ouvia-se apenas o grito de “SPORTING” sobreposto.

        Pena não serem os jogos sempre á tarde.

        SL

      • Placebo, se vais pegar em cada pintelhice… Se o Polga fizesse uma asneirada daquelas e não o assobiassem é que estavamos mesmo muito mal…. E não és mais contra os assobios que eu, mas dizer que os adeptos este ano assobiam…

  20. São raras as vezes que discordo dos teus posts, cherba. Mas desta vez, discordo. Pelo menos em parte.

    Concordo contigo quando dizes que deveriam ser outros a dar a cara em vez do treinador.

    Contudo, o treinador diz aquilo que quer. Ninguém anda a apontar uma arma ao Domingos nas conferências de imprensa (pelo menos, literalmente). Assim sendo, concluo que o Domingos adora falar. Infelizmente, só diz merda e, pior, diz com uma postura de coitadinho acabando por ser um fartote para a CS.

    Ou seja, Domingos não é obrigado a dizer nada. Há inúmeras situações que ele poderia resolver com frases curtas, simples e contundentes e há outras em que simplesmente tem a opção de não responder.

    O problema no discurso do treinador é a constante necessidade de se justificar perante os resultados. Ele não tem de justificar nada. Tem é de ser um homem,assumir os erros, não sacudir a água do seu capote e mandar recados quando tem de mandar. Porque qualquer sportinguista sabe que as lesões condicionaram, que os árbitros espoliaram, que houve uma série de condicionantes que contribuíram para o estado a que chegámos. Isso nós entendemos. Ele devia saber que nós somos malta inteligente e que não precisamos de ouvir semana sim semana sim as mesmas desculpas. Isso é para esconder as suas próprias limitações.

    O que não entendemos é o choradinho do Domingos. Juro que pouco faltou para o ver a chorar em directo. Essa imagem, para além de não se coadunar com as exigências do clube, demonstra claramente que ele é incapaz de alterar seja o que for. E atenção que estou só a falar de apenas uma das funções do treinador. Porque nas restantes, os erros são tantos que nem vale a pena estar a enumerar.

    Mas claro…a bela imprensa que tem vai dando para ir-se aguentando no banco após desaires inaceitáveis. Eu sou de uma opinião diferente. Acho que para salvarmos o resto da época, precisamos de uma chicotada psicológica. Toda a gente sabe que produz efeitos a curto prazo, embora a longo prazo possa ser contraproducente. Mas nós precisamos de salvar esta época, por isso precisamos de ganhar rapidamente. E creio que o Domingos está completamente esgotado em Alvalade. Não quero com isto dizer que o treinador é mau. Apenas não é bom para o Sporting. E já pensava isto antes das eleições. Para mim só há duas hipóteses: um estrangeiro que não olhe a nomes e seja exigente na preparação física ou…Sá Pinto. Sim, esse mesmo.

    Agora comecem a insultar-me…

    • Paciência comunica muito mal. Pessimamente mal para o Sporting, que é um clube muito mal tratado pela comunicação social. É uma limitação muito particular dele, mais do que muitas outras que têm vindo a mostrar nos últimos tempos.

      Quem o contrata tem de o saber resguardar de si próprio – como eu acho que foi tentado com o blackout anunciado hoje – e não deixá-lo numa posição de desgaste mediático (para o qual ele não foi talhado), numa atitude de minimização de danos. Como se preparasssem mais um cordeiro para o sacrifício no caso da coisa correr mal.

      Para mim o ponto chave é: se Paciência foi o homem escolhido para o “projecto”, tem que ser tratado como sua parte integrante e as suas fraquezas têm que ser minoradas por quem o pode fazer.

      O contrário é mais estúpido do que deixar João Pereira com rédea solta nas dobras e marcações.

    • Sá,

      Eu concordo que a chicotada psicológica a curto-prazo pode ter um efeito galvanizador na equipa, especialmente se quem vier seja o Sá Pinto – transmite a mística e a garra do clube, pega no pessoal pelos colarinhos e é capaz de os meter a jogar (pelo menos) o que sabem.

      Mas se perdermos na quarta-feira (madeira, madeira, madeira, literalmente) o que é a “salvação da época” ? Ganhar a Liga Europa? Parece-me utópico. E para mim o 3º lugar acabará sempre por ser nosso, com ou sem Domingos. Mas mesmo que viesse o Sá e fizesse um brilharete como, por exemplo, chegar às meias-finais da Liga Europa e 2º lugar do Campeonato. Será suficiente para hipotecar os 6 meses que o Domingos fez até agora, que irão servir de balanço para a próxima época?

      Mal por mal, acho que prefiro a estabilidade. A escolha de Domingos nunca me aqueceu nem arrefeceu, porque o trabalho dele, apesar de com resultados óptimos, não seria ideal para levar para o Sporting. Ou seja, ir com o Braga à final da LE é grandioso, mas não podemos fechar os olhos à forma como o conseguiu. A Grécia foi campeã europeia mas todos nós vimos como, e os adeptos do Sporting não podem nem devem admitir que o nosso clube jogue dessa forma.

      Depois, há uma coisa que não entendo. E agora já não é para ti mas para muitos outros cacifeiros: assim que o GL venceu as eleições com as afinações, houve aquela guerrilha. Não fosse o BdC e o boneco não saía de Alvalade vivo. Dia seguinte, para grande parte dos Sportinguistas, tudo morreu. A luta acabou de madrugada e a paz apareceu subitamente com o nascer do sola. Porquê? Quando não nos devíamos calar, o que se dizia era que o importante era deixarmos os homens trabalhar, apoiarmos e beca beca.

      O que mudou? Os resultados da equipa principal de futebol. FODA-SE!! Para mim o Sporting não é resultado duma bola entrar ou não! Há muito mais Sporting para além das fintas do Carrillo e dos remates do Wolf! Muitos quiseram fechar os olhos ao que se passou e esperar pelos resultados da época; a meio, como não vai bem, já saem textos e críticas aos Roquettes a torto e a direito. Já não me lembro onde vi, penso que foi no Fórum Sporting, que não se pode dizer que este não é o momento para mandar a era Roquette abaixo porque o que se passa é demasiado importante e todo o momento é bom.

      Mas este momento é melhor que no dia seguinte às vergonhas eleições? Antes tínhamos de apoiar e deixar de trabalhar e agora já não temos?

      SL

      P.S: admirei-me por dizeres que vives em Angola, e ainda assim vives o nosso Sporting como se morasses logo no Campo Grande :) Gostava de ouvir um dia destes um relato de como se vive o Sporting em Angola ;)

    • Se nós pudéssemos escolher um treinador para liderar a equipa e, principalmente, para liderar o projecto do Futebol do Sporting, se pudéssemos escolher qualquer um, seria, na minha opinião, Arséne Wenger. E explico porque não Mourinho ou Guardiola, por exemplo. Tem haver com a maneira de Wenger ver o Futebol, com o projecto que encabeçou no Arsenal, a cultura futebolística que tem, a cultura de mais que um treinador, meio-treinador meio-Director Desportivo, um Manager, como eles chamam em Inglaterra. Sabe o que é montar equipas jovens a jogar futebol de grande qualidade, não ganha muitos títulos? Não, não ganha, mas os adeptos do Arsenal tem muito orgulho no clube que são e no treinador que têm, gostam de pegar em miúdos que poucos ou nenhuns conhecem e fazem deles estrelas Mundiais.
      O futuro, sustentado, do Sporting Clube de Portugal passa por aí, um treinador que seja capaz de olhar para o Sporting como o seu Arsenal, incorporar uma % significante de jovens talentos da Academia na equipa principal, um treinador que chame a si a responsabilidade de escolher os jogadores (escolher só os que ele quer, não levar com nenhum impingido pelos empresários que trabalham com a direcção), de gerir a comunicação ligada ao Futebol e que olhe para o Sporting como o seu clube para os próximos 10 anos e não para os próximos 2.

      Falta agora saber se existe algum treinador com essa capacidade e se nós próprios temos capacidade para o atrair para o Clube.

  21. Estou inteiramente de acordo com o post.

    “No fundo, apenas quero deixar-vos a minha posição: esta merda está a doer. É angustiante. Mas eu quero dar uma oportunidade a este grupo (treinador e jogadores) que me fez voltar a acreditar e a ter prazer em ir ao estádio.”

  22. A todo o momento é difícil dissociar o “treinador” que existe dentro de nós e a análise clara e objectiva do que se passa à nossa volta. Muito mais difícil é faze-lo em momentos de insucesso. É claro que esta é uma realidade que os atletas e treinadores conhecem e não se podem deixar afectar pelo mesmo. Mas se os adeptos e sócios podem dar largas às suas tácticas e formações preferidas, aos dirigentes é pedido o sentido de responsabilidade de dirigir um grupo de trabalho para um objectivo comum.
    E qual é esse objectivo? Durante o período eleitoral o objectivo comum era ser campeão já esta época. Inclusivamente os nossos adversários nem seriam mais o Porto e Benfica mas sim o Real Madrid e Barcelona. Depois, um dia antes do primeiro jogo do campeonato o terceiro lugar já seria bom. Durante o período de vitórias constantes o título de campeão e as 3 taças em disputa já eram o objectivo. Depois voltou a ser construir uma equipa para se aproximar dos “grandes” nos próximos 3 anos e agora ganhar apenas a Taça de Portugal e ir à final da Liga Europa. Ao mesmo tempo que o objectivo comum é freneticamente alterado, deixando o grupo de trabalho sem um rumo claro definido e à mercê dos seus resultados, as mensagens de quem dirige vão sendo mais claras no que à situação financeira se refere. Frases como as proferidas no final de 2011 e durante este início de 2012 “a situação do Sporting é caótica”, “o seu dia a dia é um drama”, “não temos dinheiro para mandar cantar um cego”, “pagar os ordenados é um grave problema mas lá temos conseguido com muito custo fazê-lo”, “estamos em falência técnica”, prejudicam e muito a coesão, concentração, vontade, auto-estima e dedicação de todos os atletas. Quantos de nos não recebemos dinheiro nas empresas em que trabalhamos mas se temos a noção de que a sua situação financeira é muito má desmotivamos e começamos a mandar currículos para todo o lado tentando quase desesperadamente procurar outro local de trabalho? E quantos de nós não nos queixamos do nosso emprego e dizemos que somos criticados todos os dias mas nem sabemos o que temos para fazer pois o patrão diz-nos que é para fazer uma coisa, o director outra e o chefe ainda outra? Mas os jogadores são profissionais e têm obrigação de cumprir as suas funções dizemos todos, mas nós todos no dia a dia e ao que nos diz respeito fazemos isso quando as condições são as que eles estão a viver? Acreditamos mesmo que a falta de um objectivo comum e de condições financeiras estáveis permitem desempenhar com afinco e responsabilidade as funções a que nos comprometemos? Eu sou apologista do profissionalismo acima de tudo e não perdoo a falta dele, mas sem darmos as devidas condições como podemos exigir aquilo a que temos direito? Se não soubermos avaliar a situação como um todo como podemos ambicionar ser parte de uma solução? Criticar é sadio e nós sportinguistas podemos e devemos sempre exigir mais e melhor a todos aqueles que servem o nosso Clube, mas temos de o fazer a todos e não apenas à parte mais visível durante os 90 minutos de cada jogo.
    E as lesões? Como lidar com um grupo de trabalho com inúmeras lesões, umas que vêm já com os jogadores na altura da contratação e outras que regularmente afectam grande parte dos atletas?
    O futebol é muito mais do que os jogos das competições. É, entre muitos elementos, a capacidade de gerir grupos de pessoas e motivá-las constantemente para um objectivo comum, é a capacidade de criar um grupo coeso, quer a nível técnico quer a nível físico, onde a questão da preparação física e da propensão a lesões tem de ser uma variável a ter em conta. Só assim se cria um grupo forte capaz de responder às necessidades desportivas de uma equipa de topo como o Sporting Clube de Portugal.
    Para o Sporting CP o terceiro lugar nunca é um objectivo, pode no máximo ser uma consequência, aproximar-nos dos “grandes” nunca pode ser um objectivo pois grandes somos nós, os outros apenas têm tido a sorte e o engenho de terminar à nossa frente. Domingos é um técnico jovem e ambicioso e acima de tudo é o nosso treinador. Pode até ter ambição de ir treinar outras equipas mas eu sei que o que ele mais queria agora era ter sucesso no Sporting e ser campeão. Não será campeão esta época e ele próprio já teve a humildade de reconhecer os seus próprios erros. Se todos o tivessem feito talvez o grupo estivesse mais protegido e concentrado.
    Mas nestes tempos devemos procurar soluções e não apenas apontar problemas e assim também o farei. Para nós adeptos e sócios a solução é apoiar até ao fim os nossos atletas e a nossas equipas técnicas pois eles são aqueles que nos podem dar as alegrias que merecemos; Para os responsáveis pela gestão a solução é criar um objectivo comum fixo que motive o grupo de trabalho e que os faça ter um rumo claro e definido, obtendo, simultaneamente, junto dos adeptos a compreensão e força necessárias para que não existam mais falhas; Para a equipa técnica e os jogadores a solução será compreender o que se tem passado de errado, avaliar a capacidade de cada um e o que tem sido o elemento retardador dessa valia, criando um catalisador comum que catapulte esta equipa para as performances que acreditamos serem capazes e as conquistas que ainda estão ao nosso alcance.
    Desportivamente este é o único caminho possível esta época. E acredito que se assim o fizerem poderão já no meu dia de anos nos dar a alegria de seguir em frente na Taça de Portugal e depois no Jamor pelo menos podermos festejar essa conquista esta época. O orgulho em ser do Sporting Clube de Portugal é uma constante da nossa vida e como tal temos a cada jogo que demonstrar a força do Leão!
    Cada um de nós tem uma missão para podermos ambicionar conquistas esta época. Vamos sem medo assumir as nossas e gritar presente em todos os jogos com um alto VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!
    Nós somos o Sporting e nós salvaremos o Sporting e por isso estamos atentos e prontos para intervir a nível da gestão quanto tal for necessário e vamos continuar a ser o elemento de força adicional para ajudarmos, desde já (e como temos feito toda a época), a nível desportivo! E é por isso que digo com alegria e muito orgulho: VIVAM OS E AS SPORTINGUISTAS!

    – Bruno de Carvalho

    • Não notas a diferença entre o que diz este ex-candidato, e espero que futuro também, e aquilo que debitas aqui no Cacifo?

      Se aprendesses com ele, fazias menos campanha pelos outros todos de cada vez que escreves aqui….

      • Sei, e aquilo que ele diz é o politicamente correcto. Eu não serei futuro presidente. Sou adepto e sócio. Reservo-me o direito a achar o Domingos uma merda e um dos responsáveis pelo actual momento. Lá porque prefiro o BdC não tenho que o seguir como um fanático religioso. Ou achas que o BdC acha mesmo mesmo mesmo aquilo que escreveu !?

  23. Infelizmente a oportunidade (que lhe vamos) dar pouco tem a ver com ir ao estádio. Tudo se joga depois de amanhã. Se não nos apurarmos para a final da Taça não vejo como o Domingos pode ficar. Os falhanços (em ambas as Taças) teriam sido demasiado embaraçosos pra todos, inclusive para ele mesmo.

    O Domingos gera-me reacções contraditórias. Ao mesmo tempo que acho que não tem o que é preciso não quero que o deitem borda fora. Uma coisa é certa: nunca me verão congratular-me com o seu inêxito. Por uma razão simples: nunca me verão regozijar-me com o inêxito do meu querido Sporting, sejam quais forem os protagonistas que circunstancialmente o representam.

    • esse sentimento contraditório deriva do receio de ver o domingos a ganhar na cadeira de sonho dele. Esse receio é pior quando se pensa que será já na próxima época.

      sejamos francos, o domingos acabará por ser treinador do clube do norte. é inevitável.

      Agora nós SCP temos que pensar mais no nosso futuro, e menos no futuro de um qualquer treinador, mesma que seja o domingos.

      • Não, não é daí que a contradição vem, SCP. Como também não me apetece muito pensar no futuro: prefiro resguardar-me no presente (ainda que fosse só para barafustar); para ser sincero, para lá do que a vista alcança só imagino tormenta e barco ao fundo. Utopias arrebatadoras não casam lá muito bem com o meu estado de espírito actual, nem – já agora – com “l’air du temps”.

      • Também como o pais está. isto não vai para longe. não vale a pena pensar muito no futuro. Quando começar a meter agora…. vai tudo ao fundo.

  24. Lembram-se do Cabral? O Adjunto do Pál Sérge. Quem já apanhou com o Cabral apanha com tudo. E nem acho que o Domingos seja assim tão mau na comunicação. Dos últimos treinadores só gostava mais do estilo Couceiro. Os outros eram todos piores. Nós nisso somos um clube muito especial (nisso e em tudo). O Jasus que é um gajo que até percebe de bola em Alvalade com duas derrotas seguidas ia de vela…
    SL

  25. Durante 18 anos, fizesse frio ou calor, chovesse ou fizesse Sol, o antio estádio estava quase sempre bem composto. O Sportinguista era um ” Bom sofredor ” … sabíamos, com maior ou menor burrice, que os dirigentes que tínhamos eram devotos ao cube. Eram pessoas que amavam o clube, que sofriam com as derrotas, que deliravam com as vitórias. Houve tempos conturbados, houve gente que tentou golpadas mas, rapidamente foram manietados … !! Hoje em dia a descrença é total porque ninguém se revê nos dirigentes que lá estão … os últimos 15 anos foram de um total afastamento dos sócios do dia-a-dia do clube. Quiseram distanciar-nos para a seu belo prazer, colocar o nosso clube na lama. Hoje a linhagem continua lá e é insuportável. Ninguém acredita em ninguém. Ninguém sabe quem é quem. Ninguém sabe o que cada um quer, pensa, ou diz. Somos um clube governado por autistas, narcisistas, corruptos, ladrões … !!! Jamais teremos o Nosso Sporting com gente desta lá. Jamais voltaremos a tirar este peso dos ombros. O peso da desconfiança, da descrença, da tristeza profunda. Sermos enxovalhados sistematicamente pela Comunicação Social, termos treinadores que nada dizem, directores que pouco dizem e quando dizem algo é só verborreia. Eu digo : Que venha de lá o capital estrangeiro se a ideia é colocar o Sporting a lutar por títulos. Se por outro lado a ideia é sermos o que temos vindo a ser, então assumam-no para que todos nós baixemos as nossas expectativas e passemos a sonhar bem baixo. É tudo uma questão de Os Ter no sitio e assumir o que se pretende. Farto da conversa de sempre. Eu quero é um Sporting a ganhar … só assim vale a pena. Um Sporting decrépito, enxovalhado, desrespeitado não é o meu Sporting. Eu disse que uma época igual às 2 últimas seriam a machadada final no meu clube. Penso que estamos perto do fim se nada for feito. Enquanto os assuntos mais permementes, mais urgentes e de interessa capital, não forem resolvidos, podemos andar com Messi’s, Ronaldos e Mourinhos no clube, que nada irá surtir efeito.

      • Paulo, eu até concordo com quase tudo o que dizes.
        Mas eu sou daqueles fanáticos, sabes… daqueles que gravava os resumos todos do Sporting no Domingo Desportivo…

        Quando era mais puto gravava os relatos na rádio, para depois fazer montagem só com os golos…

        E o Estádio antigo, na grande maioria dos jogos não metia sequer meia casa. E lembro-me que só se pagavam os jogos com carnide, corruptos e mais um ou outro. Lembro-me de ir ver as segundas partes para a Norte, quando a equipa atacava para lá na segunda parte.

        Lembro-me de ir para a Central a convite do altifalante quando chovia.
        Ok, quando enchia era à séria… mas a partir da 10 jornada… começava a vazar o balão. E só voltava a encher para a UEFA ou Taça das Taças.

        Tenho muitas saudades do velhinho Alvalade, mas não leves a mal, a casa não estava assim tão bem composta.

        Abraço

    • Paulo Silva,

      O que tu queres é o que todos os Sportinguistas querem, vitórias e dignidade.

      Normalmente não concordo com a maioria do que vais escrevendo por aqui, ou porque tás sempre aos gritos, ou porque apenas vês uma solução para o problema, ou simplesmente porque és de insulto fácil, pelo menos é a sensação com que fico, mas, cada um é como cada qual e quem sou para apontar o dedo.

      Julgo que para levar a água ao teu moinho misturas uma série de factos e sentimentos.

      O Sporting, no velhinho Alvalade, onde muitos jogos assisti, tinha médias de assistência muito fracas, principalmente durante o inverno ( não tenho números ) , enchia nos jogos grandes. Sinceramente não tenho muitas saudades daqueles tempos em nada se ganhava,nem uma taça, ficávamos apenas com o orgulho de ser Sportinguistas e com o titulo de bons sofredores, mas para masoquista eu não dou.

      Julgo que a maioria dos Cacifeiros votou no BC, eu inclusive, não sei se tiveste a oportunidade de votar, mas consigo eu, ou consegues tu, dizer com toda a certeza, que hoje estaríamos melhor? Eu não consigo dizer isso porque simplesmente não sei, mas estariamos seguramente diferentes. O que eu digo é que o timing se perdeu num determinado dia de Março de 2011 ás 6h00 da matina, como diz o Diogo Bernardo mais acima, no dia seguinte tava tudo normal e ninguém mais se preocupou com as afinações, começaram a chegar jogadores e tal… será agora a altura para questionar tudo, provavelmente é.

      Uns querem a queda do treinador, outros querem a queda da direcção e outros preferem a estabilidade, são todos Sportinguistas. Eu prefiro a estabilidade.

      Em minha opinião, o Sporting modernizou-se em quase tudo, mas afastou-se, como dizes e bem, dos sócios, como estava previsto no plano Roquette e isso é terrível. O Sporting perdeu património sem que isso tivesse significado um abatimento da divida o Sporting não construiu um pavilhão e devia tê-lo feito, tenho a certeza que se arranjava uma nave neste novo estádio, foi na antiga e unica, que vi uma segunda volta inteira de Hóquei em Patins…etc.

      O Sporting tem hoje um estádio moderno e funcional, é verdade mais caro do que era previsto, no entanto tem vestida uma roupa perfeitamente horrível, onde pelo menos quase ninguém apanha chuva ( o que me custava ir apanhar chuva no velhinho estádio, principalmente quando veio a proibição dos guarda chuvas no estádio ), tem uma Academia que é um espectáculo, ao nivel das melhores do mundo, de onde vêm todos os anos jogadores para a equipa principal, mas que depressa tratam de ser desvalorizados por nós próprios.

      Eu não me lembro do titulo de 81/82, já gramava de bola mas ainda não tinha chegado lá, no entanto convém dizer que foi com esta “linhagem” que eu vi títulos e que vi o Sporting a ganhar, eram presidentes Roquette e Dias da Cunha. O que quero dizer é que factualmente, foi com esta “linhagem” que começamos a ganhar títulos, nem tudo foi mau. Dois presidentes deram cabo disto, Santana Lopes e Soares Franco, para mim esta é que é a verdade.

      Actualmente, eu não consigo dizer que a culpa dos maus resultados é da direcção, isto não tem muito que enganar, quando a bola não entra … e insisto, as arbitragens têm prejudicado e muito o Sporting, a CS apanha todos os podres e dá-lhe uma dimensão irreal, e porquê ?

      Bem isto já vai longo e eu já me perdi no raciocinio.

      Como diz o Jusko, também eu sou um daqueles fanáticos, até álbuns com recortes de jornais eu fazia…

      Bem, ganda seca, sorry, mas é o Sporting !!

      SL

      • Eu até nem sou fã do Santana e das suas bandanas, mas dizer que ele é um dos responsáveis pelo estado económico do Sporting é uma alarvidade. O homem entrou a seguir ao Cintra porque Roquette não quis dar logo a cara, manteve-se como presidente por um ano e depois foi à vidinha dele, como é apanágio do seu percurso saltitante. Achas de facto que lhe assacar culpas, a ele que foi um testa-de-ferro e pouco mais, faz algum sentido?

        Tambem não me lembro de ver o estádio “sempre composto”, pelo contrário, a norte estava despida na maior parte das vezes e a bancada nova a menos de meio-gás. E isto mesmo com jogos ao Domingo e a meio da tarde.

        Mais uma vez julgo que posso resumir este status-quo a uma coisa: resultados!
        É ver as caixas de comentários de Setembro, Outubro, euforia generalizada que nem caracterizo de excessiva, acho que tambem temos direito a tal.

        Não vislumbro soluções mágicas. É verdade que a equipa que quebrou o jejum de títulos tinha sido criada por Jozic e mantida na sua génese para a época seguinte, onde viria a ganhar. Não é menos verdade que nesse ano de conquista tivemos dois treinadores e nenhum deles tinha “zic” no nome.
        O que digo com isto é que manter ou não um treinador pode ser um mero pormenor, já os jogadores, em permanente entrada/saída, são um óbice à criação de um grupo forte.
        Esse tem sido um dos erros, que mais uma vez repetimos este ano.

        Vw deveria ser suplente de Liedson e ir jogando e ganhando calo. Torsi poderia bem estar no plantel enquanto Polga deveria ter saído (à muito digo eu). Valdez podia ter ficado, o Espanhol tambem, assim como um ou outro que estou certo, renderia bem mais após o ano de entrada.
        Isto quer dizer que agora que temos uma boa base para uma equipa, não a podemos mais uma vez destruir pedra-por-pedra, devemos isso sim ajudar a que as suas fundações sejam mais fortes.

        Quanto ao treinador já não posso dizer o mesmo. São erros a mais e sinceramente pensava que tinhamos passado a fase de os formar (ide:P.Bento).
        Neste momento não lhe passo cheques em branco nem lhe ponho a cabeça no cepo, mas que já as vi rolar por menos, isso já.

      • Não se será assim tão alarve,

        Santana Lopes foi o responsável pela primeira grande debanda de sócios do Sporting, com a imposição de uma quota suplementar.

        No que diz respeito á gestão, já não me lembro e tanto quanto sei nem sequer entra nesta auditoria.

  26. Epa independentemente do que aconteça na Madeira, com Jamor ou sem Jamor, para mim a época está perdida. Infelizmente as expectativas criadas no inicio da época, e que me levaram a renovar a Gamebox, (quando tinha prometido a mim mesmo que não o faria), expectativas essas esfumaram-se todas!
    Mais vale olhar para a próxima, e para mim, e repito, é a minha opinião, devia haver sangue, eleições, um projecto, alguém com tomates para dar um rumo a este clube; Tenho 31 anos, e conta-se pelos dedos de 1 mão os campeonatos que vi o Sporting ganhar. Foda-se tou farto!
    Já aqui o disse, uma, duas, três vezes, as vezes que forem necessárias; Eu quero sangue, mas desta vez algo de concreto! Quero mudança! Eu que dou tanto a este clube, só eu sei aquilo que sofro, seja no estadio ou na TV, e não vejo esforço, não vejo um rumo, não vejo nada.
    Vejo 11 matraquilhos todas as semanas a correr atrás de uma bola, vejo um “treinador” a passar a mão pelo cabelo. Vejo um gajo que parece o Mr. Magoo, que não tem tomates para fazer uma caça às bruxas, porque também ele seria caçado.
    E depois venho aqui e vejo ofensas, a torto e a direito, só porque alguém discorda da opinião de outros.
    Tou farto do Sportinguezinho!
    SL

  27. Hoje tenho dúvidas sobre a capacidade de o Domingos ser o “tal” que irá conseguir dar a volta ao futebol do Sporting.
    No início da época não tinha estas dúvidas. Até escrevi por aqui que finalmente tinhamos contratado um treinador e que esta época não iríamos fazer pior, dado que as últimas foram verdadeiramente um horror.

    Mas com os disparates que tenho visto, é natural que agora tenha mais dúvidas do que certezas. Para piorar o meu “estado”, recordo o Domingos jogador e do que ele nos fez, incluindo uma meia-volta para Norte a meio da A1 e a coisa fica ainda mais complicada. Voltam as ideias da teoria da conspiração, estilo “e se o gajo está aqui para destruir o pouco que ainda está de pé, depois dos anos horríveis?”

    Confesso que não consigo encontrar explicação para tanto erro cometido com o escalamento dos titulares, gente que entra e sai de rompante nas convocatórias e os poscritos que nunca jogam, a insistência no bostiga e djalol, as substituições falhadas, o sistema táctico que é imútavel e que qualquer equipa da 4ª divisão conhece de gingeira e sabe contrariar, and so on and son on…

    Estas dúvidas curavam-se facilmente com boas exibições, primeiro e com vitórias, depois. Isso é que era – e assim deixaríamos que o Domingos fizesse o seu trabalhito com mais folga – até porque o balanço da época faz-se em Maio…

    Pode ser que a semana na Madeira seja o início da redenção e do voltar a acreditar. Não acredito que o seja, temos tudo contra nós. As nossas odds são infímas, oxalá a entrada do Rinaudo (que não fai resolver todos os problemas) seja o toque para que a equipa faça das tripas coração e saia de lá viva e de novo com garra. E isto siginifica ser apurado na taça contra o nacional e bater o maritimo na liga.
    É como disse, temos tudo contra nós, mas se o fizermos nem imaginam a dose de moral que seria para voltarmos aquilo que já fomos neste época (sim o resultado mais disnivelado é o nosso, 6-1 ao gil… não parece pois não?).

    Aberta a alma, venha de lá essa redenção…

  28. isto só lá vai com um treinador com uns tomates bem grandes que seja suficientemente maluco para conseguir isolar se de toda a merda de problemas que existe no clube , e coloca lo no caminho das vitorias. No estrangeiro, nao sei , mas em Portugal so existem 2 nomes:Sa Pinto e Jesus.
    Toda a gente agora fala da maravilhosa Gestao do Slbosta, mas alguem se lembra do que era antes de Jesus?? o homem eh que pos aquilo a funcionar ..e depois tudo o resto vem por acrescimo! Salta aos olhos que o Domingos eh bom treinador..mas nao para o Sporting . Funcionará às mil maravilhas nos Corruptos pq eles tem uma maquina bem oleada em que o treinador nao é a peça mais importante. Nós infelizmente nao estamos nessa fase, e nao é com o Domingos que chegaremos lá.

    • O homem que “pôs aquilo a funcionar” no benfica não foi o jesus… foi o soares de oliveira que re-organizou o clube e estabilizou-o em termos directivos. Claro que os resultados desportivos muito ajudam…

      • E de pensar que o Soares de Oliveira é sportinguista… em vez de se andar a gastar milhões em jogadores, se calhar pegava-se no dinheiro que se gasta em Ribas, e afins e contratávamos o Soares de Oliveira.

        Lá fora acontece isto… porque não cá??

      • Ora aí está… custará assim tanto perceber isso? Mas o mais provável é depois virem Sportinguistas dizer que ele vinha para o Sporting para nos minar por dentro.

      • Eu até nem desgosto do Ribas… para mim quem diz Ribas, diz Elias, Schaars, Rinaudo ou qualquer outro reforço. O Sporting precisa de visão e estabilidade directiva e isso vale mais que qualquer gajo que saiba dar dois toques na bola e que vem destinado a ser vendido dois anos depois.

  29. o problema é que não arranjou solução apra a saída do Rinaudo, já quantos meios campos e quantos trincos e quantos esquemas tentou, sem repetir um único?! Que demore 1 ou 2 jogos a encontrar alternativa tudo bem, agora 3 ou 4 meses é exagero e deu cabo da época com as invenções.

    • Não arranjou (pediu) um 2º trinco para o plantel, deve ser caso único em Portugal.

      Não arranjou ainda uma dupla de centrais titular, nem quero falar na insistência do “4”.

      Insiste em jogadores que não acrescentam nada á equipa (jpereira, carriço, muitas vezes capel).

      Insiste num sistema táctico que está mais que gasto.

      Enfim….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s