hoje escreves tu: especial aniversário

Post aberto ao Sporting, by Sérgio Loureiro

Meu caro amigo, primeiro que tudo o que tenho para te dizer, quero dar-te os meus parabéns.
Fazes 106 anos de uma longa vida onde já foste o maior entre os maiores, respeitado, temido, mas também amado e odiado.

Nasceste no tempo da monarquia, qual Rei saudado por todos os seus súbditos, sobreviveste às inerentes e inúmeras convulsões durante da implantação da República, cantaste tantas vitórias no Estado Novo e mantiveste a juba erguida nos tempos do PREC. Foste grande, mesmo nos poucos momentos menos bom, quando este nosso comum cantinho da Europa à beira-mar plantado sofria na pele da privacidade da liberdade, as agruras da miséria, ou o desconhecimento do que se passava além-fronteiras.

Foram tempos, meu velho, em que para se ir à vizinha Espanha tínhamos que mostrar o passaporte. Mas no mundo da bola, onde nos conhecemos, havia alegria entre o povo, as pessoas respeitavam-se, viam o jogo juntas e no final ansiava-se pela próxima jornada. Transversal a tudo isto, mitos que gostámos e gostamos como Francisco Stromp, Peyroteo, Manuel Fernandes, Vítor Damas, Manuel Fernandes, Rui Jordão, Cristiano Ronaldo e tantos, tantos outros.

Eclético que és e te prezas ser, tu, meu velho, viste o teu símbolo colado ao coração de outros nomes imortais como Joaquim Agostinho, Carlos Lopes, Fernando Mamede, António Livramento, Ramalhete e muitos mais.

Tempo idos que teimam em não voltar. A devoção, a dedicação e o esforço colocado ao serviço do teu nome deram em glórias. Muitas. Tantas que te tornas-te apetecido. Não só a representar-te como a tomar conta de ti. Na direcção da instituição passaram nomes que te respeitaram e colocaram-te acima de quaisquer interesses pessoais. Meu velho, que saudades temos de figuras como o Visconde de Alvalade, Ribeiro Ferreira, Góis Mota, Brás Medeiros, João Rocha ou Amado de Freitas. Homens, meu velho, que ajudaram a tornar-te grande como os maiores da Europa.

Os tempos mudaram. Tu não. Não por culpa tua, de quem te segue muitas vezes com enorme sacrifico, mas dos doutores desta vida, endinheirados que viram em ti, no teu símbolo o local ideal para protagonizar uma medonha, inútil e foleira feira das vaidades. Não mereces, bem sei, mas aproveitaram-se do teu nome para te baixar a juba e fazerem de ti um leãozinho que quer rosnar bem alto mas tapam-te a boca apregoando um sportinguismo dispensável e desprezível. Hoje, o respeito deu lugar aos jogos de bastidores que nunca soubeste jogar e ao quais não nasceste para eles. Já se viu que ser doutor, ou engenheiro pouco ou nada custa. Só se safam nesta vida os controladores de espaços noctívagos, os batoteiros que antes de jogarem já sabem que ganham. Tu não fazes parte deste grupo e pareces em vias de extinção.

Meu velho, estás moribundo mas não estás só. És demasiado grande na tua história de vida para te abaterem. Olha para aqui e vê os que te seguem; tens neste teu olhar para nós a força da esperança para que um dia voltes a ser, de facto, o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.
Ergo a minha taça, bem alto, e proponho um brinde a ti! Faz o discurso.

49 thoughts on “hoje escreves tu: especial aniversário

  1. O Sporting não está moribundo. Está a passar um mau bocado, com sinais contraditórios. Esperemos que o que é positivo prevaleça e vá apagando os aspectos negativos.

    SL

  2. Rapaziada… isto é um espaço de sportinguistas. Se quiserem insultar sugiro que comecem a escrever noutro lado. É que quando eu quero mandar umas patacoadas para aliviar a pressão uso outros sitios para o efeito e aí não meto travão. Sejamos cordiais e respeitemo-nos uns aos outros. O termo ‘moribundo’ pode não ter sido o mais feliz, mas para quem como eu e muitos de vocês já viu o Sporting saudavelmente a competir não deixa de senti alguma (grande) apreensão em relação ao futuro deste nosso clube.

  3. Coma as devidas desculpas pela minha franqueza ao autor, e a quem decidiu publicar este texto, não deveria a ocasião justificar algo mais elevado?

    Ou será que no Cacifo se instalou a apologia da mediocridade?

    Nmmo, não começa nada bem este especial aniversário.

    • Pão Metálico,

      no post anterior escrevi: «E mesmo que o maldito azul publicitário continue a conspurcar as novas camisolas, aproveitem a caixa de comentários para destilarem Sportinguismo, foda-se! E, caso estejam com vontade de escrever mais do que uma dezena de linhas, sintam-se à vontade para enviar por e-mail. Garanto que todos os textos serão publicados num especial de aniversário.»

      Ora, para além do que foi escrito indiciar total liberdade de expressão (dentro de certos limites, claro), a verdade é que o Sérgio foi o único a decidir alongar-se no passar dos pensamentos para as letras. E creio que, como em qualquer post, estará preparado para as críticas ou para os aplausos.

      • Nem mais, nem menos.
        Ainda assim, e se o caro Cherba conceder a devida autorização, terei todo o gosto e orgulho em escrever só mais um post, no claro sentido de responder, com elevação e educação, ao que para aqui vai.
        Viva sempre, mas sempre o SCP
        SL

      • Mas porque razão não poderei criticar a qualidade do texto? É fraco, contém erros. Desculpa Cherbakov mas a minha cor é o verde. Nunca fui cinzento nem politicamente correcto, Pelo facto do Sérgio Loureiro ter sido o único a enviar um texto, fará do escrito um bom texto? Merecedor de ser publicado?

        E pensar que uma das vantagens do Cacifo era a busca da qualidade.

        Neste lugar exige-se (e bem) tanto dos actores do Sporting que penso que seria coerente proceder-se da mesma forma em relação aos comentadores do Cacifo.

      • Essa de não ser politicamente correcto tem muito que se lhe diga por aqui…
        Também já me cansei de paninhos quentes e virgens ofendidas!
        O Sporting precisa e merece muito mais do que indignados crónicos!

      • Como já deves ter percebido, Pão Metálico, não sinto necessidade de assumir um papel de editor nem de fazer juízos de valor sobre o que vai sendo escrito. Uma coisa é apagar comentários lampiões ou tripeiros, outra é apagar ou não publicar comentários e textos por achar que estão mal escritos ou por não gostar de estilo de escrita. Se assim fosse, perderia horas a tentar corrigir os pontapés, alguns de bicicleta, que vão sendo dados no português. Ou teria que apagar infindáveis trocas de galhardetes, muitas delas despropositadas e dispensáveis entre adeptos do mesmo clube.

        Mas, por outro lado, tudo isto, faz parte da forma de ser do Cacifo, espaço onde tão depressa discutimos como se estivéssemos de bifana e imperial na mão, como partimos para a prosa digna de um jantar à luz das velas. Simplesmente, porque há Sportinguistas de todos os tipos e todos têm espaço nesta canto leonino.

        p.s. – relativamente ao post em questão, és, obviamente, livre de comentar e criticar o que quiseres. No fundo, é mais um post. E está assinado. Cabe, assim, ao seu autor, esgrimir argumentos.

      • Sérgio,
        não me parece que se justifique um post para justificares o que escreveste. Tens aqui os comentários, tens aqui a tua oportunidade (e direito) de resposta.

  4. Se moribundo é andar à procura de forma desesperada de um “investidor”, concordo.
    Se moribundo é existir um “processo crime” em que a imagem de nenhum membro dos corpos sociais sai ilesa, concordo.
    Se moribundo é não ter dinheiro para contratar jogadores, concordo.
    Se moribundo é não conseguir renovar com jogadores importantes, concordo.
    Se moribundo é apoiar um treinador e no dia a seguir mandar o mesmo embora, concordo.
    Se moribundo é ter umas contas vergonhosas, em que um jogador que foi anunciado por 5 milhões afinal ficou em 9 (casos de Niculae e Polga), concordo (e bem sei que nos outros clubes o mesmo acontece).
    Se moribundo é não ganhar títulos, concordo.
    Se moribundo é notar-se de forma evidente que estamos a navegar à vista, concordo.
    Se moribundo é mandar embora quase todos os funcionários do clube numa “pasada”, concordo.

    Se o nosso SCP está moribundo não sei, agora que se nota que o Engenheiro GL e restantes pessoas que mandam no clube não sabem muito bem o k fazer, isso é evidente.

    P.S.; Não entendo o porquê de mandar embora o Andrés Santos ou mesmo o Adrien para ir biscar o dito gelson.

    Cumprimentos a todos.

  5. Então um malandro qualquer, em dia de aniversário do Sporting (ainda por cima!), INSULTA o clube e não se pode dizer nada ao marmanjo? Dizer que o clube está muribundo não é insultá-lo, é o quê? MAS O QUE É ESTA MERDA??? Se algum dia um pasquim pegar na deixa, depois a malandragem fica escandalizada, quando é esta gente que dá as dicas para a comunicação social desqualificar o Sporting. TENHAM VERGONHA!!

    • Ofender o Sporting é constatar factos??
      Que eu saiba quem ofende o Sporting são aqueles que conduziram e conduzem o clube a esta situação.
      Ah e aqueles que fingem que está tudo bem na minha opinião também estão a ofender o Sporting, pois são eles que votam nesta gente e que permitem que isto tudo aconteça…

      • Tangerineira, diz-me então em quem é que os sócios do Sporting deviam ter votado para o clube não estar nesta situação?

      • As suas constatações valem o que valem e não valem certamente mais do que as dos sócios que elegeram os actuais corpos sociais. Não gosta do Sporting, desampare a loja! Mas quem é que vocês pensam que são? Andor!

      • E quem são vcs para pensarem que fazem censura?? Ainda vivemos num pais livre… Se gastassem menos energias a tentar fazer o papel de PIDE e mais a informar-se sobre o clube faziam melhor figura… e quem são vcs?? Apareceram de onde?? Chegam aqui agora e já estão cheios da moral…

      • Eu adoro o Sporting, por isso é que sofro com aquilo que se está a passar.
        Quero um futuro risonho para o clube e não o continuar desta situação, custa assim tanto perceber isso?

        Em quem devíamos ter votado não sei, não sou adivinho.
        Sei em quem devíamos não ter votado, em quem há mais de 15 anos anda a dar cabo do nosso clube e faz questão de nos mostrar isso praticamente todos os dias como ontem foi mais um exemplo.

      • Ali em baixo o Marco Aurélio colocou parte desses 15 anos (de 1999 a 2002) como estando ao nível da época dos 5 Violinos.

  6. Para aliviar a tensão … o central John Mensah, foi dispensado do Lyon. O Ganês é belo jogador … não estaria aqui uma oportunidade de negócio !??? Com 29 anos, parece-me uma boa aquisição. Digam á de vossa justiça.

    P.S : O texto foi escrito por alguém que sente ( digo eu ) as dores do clube. Mais respeito. Concorde-se ou não, a verdade é esta : Estamos muito longe de estar bem. Abraço a todos.

    • Hoje por hoje, só aqueles que batem palmas à direcção é que sentem as dores do clube! Os outros todos que estão contra esta estirpe dirigente são apelidados de desestabilizadores, anti’s, e sei lá mais o quê…
      Estou-me bem a lixar para isso… o que me interessa é o bem do SCP!
      Atoardas, bocas foleiras e fuleirices papo eu ao pequeno almoço…
      Muita gente neste nosso clube deixou de adoptar o leão para abraçar a avestruz… e os resultados estão à vista!

  7. “Moribundo”??? Mas o que é esta merda? Como é que queremos ser respeitados se são aportinguistas (serão?) que numa altura em que se festejam 106 anos de glória caracterizam o clube como “moribundo”‘? Tenham respeito!

    • Respeito é enfiar a cabeça na areia e dizer amén a tudo?! Então não respeito…
      Um clube com o património que já teve e está na situação que está, apelidas de quÊ? Cheio de vitalidade??? A puta de cegueira pá… há-de ser a NOSSA ruína!
      É que ainda não perceberam que TODOS NÓS perderemos no fim de contas…
      MAs quem diz que o Sporting está moribundo é o agressor???
      E quem dirige mal e tem delapidado o clube é o que? É o Sério? O Credível?
      O Sporting está onde está e não merecia… Mas há muito e muito sportinguista que merece o Sporting de hoje! E das duas uma, ou acorda… ou adormece, enquanto o clube definha… À VISTA DESARMADA!!!

  8. Alguém esteve em alvalade ontem? Viram a sala para os sócios? Só vi em foto e pareceu-me engraçado. Mas não sei onde é, e não sei se é necessário mais alguma condição para além de ser sócio, para poder frequentar a dita sala.

  9. Moribundo sim, completamente moribundo, pelo menos tal como me acostumei a reconheçer o clube…se for para chegar ao que chegou o Belenenses antes fechar as portas de vez. Digo mais, rançosos, mediocres, pseudo Sportinguistas, sem vergonha e palhaços são os que não vêm esta realidade, são os que continuam sistematicamente a achar que ainda somos um grande clube, são vocês que nos arrastam para baixo.
    Um grande bem haja a todo e qualquer verdadeiro Sportinguista que não aceita nem nunca vai aceitar que o clube seja a vergonha em que se está a transformar.
    Saudações Leoninas aos verdadeiros leões, não aos putos de 18 ou 20 anos que por aqui escrevem e nem se lembram daquilo que já fomos.

    • Tenho para cima de 30, mas não tão acima que me permita ser do tempo dos 5 Violinos. Nesses tempos estávamos claramente mais saudáveis do que estamos hoje. Após esse período, não me parece que tivesse havido outro em que estivéssemos clara ou significativamente melhor do que estamos hoje…tal como o país, sempre me lembro do Sporting em crise…

      Quem me dera ter vivivo essa década de 50, tal como o senhor Marco Aurélio viveu…

      • Campeões na época 1999/2000 e 2001/2002…para cima de 30 anos esperava que ainda se lembra-se disto…ou só começou a ver futebol com os tais 30 anos?

      • Não me esqueço desses campeonatos. Mas comparando com a época de 50, foram apenas 2 episódios isolados.

        Esses títulos não tiveram (infelizmente) continuidade, não serviram (infelizmente) para alavancar o Clube e foram conseguidos à custa de muito Passivo criado.

        Nesse período não acho que estivéssemos (o Sporting) substancialmente melhor do que estamos hoje. O que estava substancialmente melhor era a conjuntura económica e a facilidade de obter fundos para contar com Jardeis e JVPs.

        O que também mudou substancialmente de lá para cá foram os negócios ruinosos que envolveram a construção do estádio, e cujo endividamento nos sufoca.

    • quem fode o Sporting não são os jovens de 18 a 20 anos. mais respeito, se algum dia o Sporting voltar a ser que foi vai ser por “nossa” causa.

      • Falas bem: “Se algum dia voltar a ser…”
        Pelo caminho que o levaram já tenho algumas dúvidas que haja Vontade de o tirar de lá…

  10. E tudo isto trouxe-nos a esta situação em que nos encontramos, ou seja, um Sporting moribundo. Penso que finalmente está a chegar ao que interessa, estamos a morrer, se vamos morrer mesmo ou recuperar isso não sei, mas que estamos a morrer enquanto grande clube ai isso estamos de certeza absoluta.

      • Caro Stromp, das duas uma, ou não queres perceber ou és mesmo de dificil raciocinio…mais acima “acusas-me” de colocar as conquistas de 1999 e de 2001 ao nível dos 5 violinos, tu por acaso leste a troca de post´s? Ou dizes merda pela boca fora só mesmo por prazer? O que disse e repito, é que ao contrário do que dizes o Sporting já esteve infinitamente melhor do que aquilo que está, e não foi só no tempo dos 5 violinos, aliás, se assim não fosse, não tinhamos por onde considerar este clube como GRANDE, ou achas que ficar em 4 tem alguma grandeza.
        Já o disse por diverssas vezes, o que arrasta o clube para baixo, além da clara falta de capacidade de 90 ou mais % de todas as pesoas que por lá andam, desde direção, passando por jogadores, etc., é a falta de ambição e exigência dos adeptos, para quem tudo está bem, ou, caso não esteja, conformam-se. Esse é claramente o teu caso ou pelo menos o que espelhas no teu post, porque minimizar o estado atual do clube considerando que nunca fomos muito melhores do que isto é triste e nada digno de alguem que se considere um verdadeiro Leão.
        SL

      • Marco Aurélio magistral a limpar a sua “área”…
        Corte certeiro na hora “h”… O problema maior do Sporting é esse mesmo!
        Falta culto de exigência dos sócios/adeptos/simpatizantes!!!
        Estou cansado de dizer o mesmo…

    • Marco, o Sporting só morre quando morrer o último adepto. E isto é impossível, somos milhões.
      Posto isto, não gosto dos que lá estão, não estão a fazer um bom trabalho, no global.
      Mas em algumas coisas não estão mal:
      A equipa B;
      Uma filosofia comum no modelo de todos os escalões, equipas;
      O DNA Sportinguista ser também um dos critérios de quem trabalha com os miúdos;
      A construção de uma base para a equipa com as aquisições feitas o ano passado;
      A escolha de um treinador que em comparação direta com o Domingos, já apresentou melhores resultados;
      O protocolo com a CMOdivelas;
      A contratação de Labyad (já para esta época, algo que os outros rivais não tiveram arte para o conseguir)

      São, na minha humilde opinião, coisas bem feitas. Podem não chegar, mas não reconhecer que se acertou em alguma coisa, não é honesto.

      A questão é que é o país que está moribundo, e o Sporting não escapa a esta conjuntura. Mas acredito que um dia, que espero não muito distante, teremos um presidente à altura dos nossos pergaminhos. Na pior das hipoteses daqui a dois anos, quando acabar o mandato dos que lá estão agora…

      A fazer figas para aguentarmos até lá!

      SL

      • Perguntas de algibeira:
        O Domiguez tem mais DNA sportinguista que o Lima???
        O Dominguez será mais competente que o Lima???
        O Dominguez será mais sportinguista e competente que o Lima???

      • Kadechima, falas do protocolo com a CMOdivelas…
        Leste o protocolo?
        Leste a deliberação da câmara que lhe serviu de base?
        Leste o acordo entre CMO e slb que vamos ter de cumprir NA INTEGRA?
        É nisso tudo que te baseias para dizer que o acordo é bom?

        Desculpem mas não passo cheques em branco! MAS A NINGUÉM… MESMO!!!
        E mais uma vez, leio relatos do que se passou na AG e a atitude vergonhosa de quem clama pela desinformação e prepotência (até um tal que se diz engenheiro e queria ser tratado como tal e nem na Ordem dos Engenheiros está inscrito, ao que consta!)…

        Essa gente não tem nivel nem moral para se dizer sportinguista, quanto mais governar-lhe o rumo… Longe com esta corja!!! MAS bem loooooge… Desterro, se possível!

      • Ricardo,

        Respeito a tua opinião sobre o Lima. Mas o Sporting é maior de que quaisquer nomes… só o futuro dirá se foi um erro.
        Quando ao protocolo, não é o ideal, mas não é mau. Creio que os beneficios são maiores do que os prejuizos. Claro que bom bom era ser tudo de graça e ainda recebermos dinheiro… mas a realidade da vida é outra.
        Mas também aqui respeito a tua opinião – esperando, para bem do Sporting, que eu esteja certo e tu errado :-)

        O que é certo é que está na altura de se começare a apresentar e a construir uma alternativa, para que nas próximas eleições, todo e qualquer voto seja feito em consciência e sem medo.
        É de certeza melhor do que estar sempre a reclamar e depois não fazer nada. Como dizia o outro, apresentem-me soluções, e não problemas…

        SL

      • Kadechima,
        Pelo que sei, o facto de ser sportinguista seria um dos aspectos para “desempate”… Assim sendo, qual é a mais-valia que Dominguez tem em relação ao Lima (ou ao Filipe Ramos, por exemplo, que não sei mas penso que já esteve nas camadas jovens como técnico… posso estar errado)… Ter treinado durante 2/3 meses um projecto falhado de I liga no ULeiria? Pelos vistos devem ter achado mais competente o Dominguez, porque desempate por sportinguismo nunca poderia ter sido… E se assim foi, meu caro, prescindir dum Lima que já é técnico há largos anos, inclusive na formação, para colocar um Dominguez que não é ninguém actualmente a nivel técnico só me confirma a capacidade do nivel dirigente a que estamos sujeitos hoje em Alvalade…

        Quanto ao protocolo, é OBVIO que não queria de graça… Queria um protocolo justo para as duas partes… é a essa justeza que se costuma chamar de ACORDO! Na volta, vai ver, é por isso que se chama protocolo… é porque não é “bom” para os dois! Obviamente que ter um espaço que aglutinasse todas as modalidade seria óptimo, mas para mim este protocolo é lesivo e tem uma série de itens que não me agradam nada! E não me agradam porque li de ponta a ponta… MAs os sócios assim quiseram (uns porque votaram, em consciencia ou não, mas foram os que compareceram… outros porque nem pusseram lá os pés, pactuaram por omissão!).

        Ao contrário do que vejo aqui N vezes, não quero nem nunca quis ser o iluminado que sabe tudo e tem razão em tudo… Tomara eu estar errado com a direcção, tomara que viessem aí muitos sucessos desportivos, tomara que houvessem mesmo 100M€, tomara muita coisa… Mas tenho o mau feitio de não gostar que me atirem areia para os olhos! Que é o que esta direcção faz… e acho que já houve AG’s suficientes para quem lá foi (atenção, reporto-me a alguns – muitos – relatos de pessoas que lá estiveram) e não gostaram minimamente da arrogância, prepotência e deselegância dos “senhores” da direcção (que começou por ser de 11 e acho que já vão em 7, salvo erro… MAs nunca acreditei nesta gente e nunca vou acreditar porque estão a fazer mal ao clube!

        Numa coisa dou-te razão… Já devia estar em marcha alguém para construir um PLANO ou PROJECTO para o SCP… Mas acredito que isso esteja a acontecer fora dos holofotes… Há interesses muito estranhos poderosos a circular pelos corredores de Alvalade e não deixam por o pé em ramo verde (veja-se o caso de intimidação e desistência do Braz da Silva, que mal ou bem, apareceu e foi logo “silenciado”…)… Precisámos de uma alternativa válida, e não pode ser da linhagem dos “credíveis” (um desses “crediveis” queria ser tratado na AG por engenheiro quando nem na Ordem dos Engenheiros é membro, ao que consta), uma alternativa que congrege e emocione os sportinguistas, que apele à verdadeira união, e que lute acima de tudo PELO Sporting… Mas essa só terá força se a grande maioria dos Sportinguistas sair da sua zona de conforto, tirar a cabeça da areia e assumir as suas culpas para de forma clara e transparente, sem esqueletos no armário, voltar a trilhar caminhos de sucesso…

        SL

  11. Imagino-me agora na pele dum Benfiquista/Portista a vir visitar o Cacifo e a ver estas tristes figuras, em que Sportinguistas se insultam e se desrespeitam mutuamente. Não me interessa muito o que lhes vai na cabeça, mas rir-se-ão com certeza.

    A liberdade de expressão é um direito de todos, podemos concordar ou não, mas não se ganha o direito de perder o respeito. No dia em que a desunião nos for característica, então perdeu-se o espírito.

    Em relação ao texto, talvez seja demasiado melancólico, mas não deixa de ter as suas verdades. Estão a querer enfraquecer o nosso clube, estão-lhe a sugar o sangue, mas ainda estamos cá nós para poder mudar isso. Deixem-se de merdas e entendam que não é uns contra os outros que mudamos alguma coisa.

    SL

    • se há uma boa parte que não quer mudar e há uma grande parte que quer mudar, como é que vamos “mudar as coisas” se não estivermos uns contra os outros?

    • Jorge Antunes, se vêm aqui, não o deviam fazer, por muito bom que seja o cacifo, são coisas que não lhes dizem respeito, eu também não vou a blogues de clubes rivais… Não me puxa…

    • Se há coisa que não me preocupa e que não faço questão de fazer é colocar-me na pele nem de corruptos nem de broncos… Estou revoltado, triste, preocupado, ansioso… mas prefiro vestir a minha própria pele do que colocar-me na pele de gente baixa e reles, na sua graaaaaaaande maioria (obviamente há excepções)…

      Jorge Antunes… e que tal olhar mais para o seu clube, reflectir sobre o que se tem feito e deixar lagartixas imaginárias e gaivotas seguirem o seu caminho! Olhe para o SCP que bem precisa…

      • A questão é que estou a olhar. Ao colocar-me na pele de outros, não o faço por estar interessado no que eles pensam, estou simplesmente a dizer que eles nem precisam de fazer o seu trabalho, se nós já nos insultamos e lutamos uns contra os outros.

        Em relação ao meu clube, estou muito preocupado com ele. Não acredito que, com esta direcção, o Sporting esteja efectivamente de volta. Não acredito que enquanto a “continuidade” lá andar, possamos ser um leão temível, tanto a nível nacional, como a nível internacional. Como não sou sócio (por estar demasiado afastado de Lisboa e também não ter possibilidades financeiras), vou só mandando as minhas postas e vou roendo o caroço desta maçã, já sem sabor, dos títulos que conquistamos em 2000 e 2002.

        SL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s