Demagogia barata

Dizem-me que sou mediano, pouco exigente, medíocre, por sentir-me satisfeito com o regresso às vitórias. E por querer acreditar que, atrás desta, virão outras.
«Só podes ficar satisfeito quando formos campeões», é a mensagem que me passam, perante a qual eu pergunto aos meus botões: «mas, para sermos campeões, não temos que festejar várias destas vitórias que, de tão insignificantes, nem deviam fazer-nos sorrir?»

134 thoughts on “Demagogia barata

  1. Qualquer vitória é importante, mais ainda quando estávamos há 48 dias sem ganhar!
    Entende-se perfeitamente que se celebre efusivamente, até porque aqueles que dizem que ganhar ao braguinha não devia ser motivo de festa, são os mesmos que profetizavam uma derrota nos dias que antecederam o jogo.
    O Sporting já não está em 1º lugar na lista de prioridades de muita gente, é por isso que se vê tanta azia com esta vitória.
    Eu vou continuar a celebrar as vitórias deste enorme clube, e vou fazê-lo da forma que bem entender, ora efusivamente, ora mais contido, quero é que ganhem.

    • Cherba, uma coisa é ficar contente, outra é festejar como se tivéssemos ganho algo além de 3 pontos!!
      Nem co Barcelona se admitia esta festa toda, só faltou a alguns ir pro Marquês apitar…
      Nem tanto ao mar nem tanto à terra.
      Só pra terem uma noção do que falo vejam o ridículo que foi aqui na minha terra.

      • LeoBenedita,
        não sei o grau de influência que a cerveja terá nesse vídeo, mas não julgues três milhões por uma dúzia onde o protagonista diz “foda-se, especular!”.

      • Não estou a julgar 3 Milhões, lá no núcleo eu e muitos não fizemos esta festa apesar de estarmos contentes, e sei que muito leão não se revê neste comportamento, o que acho é que se deve ser mais contido quer nas derrotas quer nas vitórias, não se pode passar de besta a bestial devido a uma vitória.

        Começar a gritar campeões campeões?

        Se estivéssemos numa maré de 7 vitórias seguidas e com apenas 3 não vitórias em 15 jogos uma derrota com o Braga seria motivo pra estarmos todos em depressão? Claro que não, estaríamos ainda na taça, já qualificados pra liga Europa e em primeiro no campeonato…

      • Bem, se eu estivesse 1:30 +10 + aquecimento desde as 5 da tarde a beber minis também estava muito contente, deixem o pessoal ser feliz!

  2. Tu és mediano por ficares contente com vitórias, e amuares com as derrotas, falhando completamente em tudo o mais pelo meio: a leitura errada que fazes dos problemas que atravessam o clube.

    • cara (seja lá quem tu fores),
      o teu nick dá-me a entender que és novo por aqui. Ou, então, estás simplesmente armado em esperto.

      Como parto do princípio que caíste aqui vindo de um trapézio sem rede, e como o teu comentário me parece dirigido, aconselho-te a leres os muitos posts que estão para trás. Verás que, se fosse gajo de amuar, o Cacifo abriria a porta uma ou duas vezes por semana. E talvez vejas que o que escrevo não se resume a vitórias e derrotas.

      Se, ainda assim, considerares que eu estou longe de perceber quais os problemas do clube, convido-te a enviares um texto para o e-mail do Cacifo, que terei todo o gosto em publicar, promovendo-te a “guia espiritual da nação leonina”.

  3. Cherba, o “só podes ficar satisfeito quando formos campeões” não é demagogia. É o discurso de quem tem uma agenda, e essa agenda não são as vitórias do Sporting mas a vitória de alguém nas eleições. Porque para alguns, o melhor que podia acontecer ao Sporting era este perder de forma consecutiva até termos eleições e até ganhar o candidato preferido deles. Se este não ganhar, é voltar a repetir o ciclo de derrotas até se conseguir o objectivo.

    Mas cada um é como cada qual, e cada um tem o seu sentir Sportinguista. Eu, que sou menos exigente face aos elevados padrões de excelência de alguns, fico muito contente com as pequenas vitórias a cada jornada.

    Assim como assim, não sou Sportinguista pelos campeonatos que ganhámos….lembro-me de 2.

    Como (parece que) disse o Godinho, “a referência do Sporting é o Sportinguismo”, ou como dizem os Corintianos, “o Corintiano não vive de vitórias, vive de Corintias”.

    • Para enquadrar o que disse, queria só acrescentar que, tal como toda a gente, não estou satisfeito com o actual momento do clube nem com a estratégia (inexistente) a longo prazo para o clube. Não votei em nenhuma das duas listas mais votadas no último acto eleitoral, se fosse hoje voltaria a não o fazer e quando houver eleições, não votarei de certeza.

    • Pegando aí na frase do Godinho “a referência do Sporting é o Sportinguismo”, pergunto-te, mas tu por acaso fazes ideia do que é ser Sporting? Fazes ideia sob quais valores este clube foi fundado? Fazes ideia da exigência que temos que ter a cada jogo? Não fazes puto de ideia. Somos o Sporting vivemos de títulos e não de vitórias morais, se não entendes isso não podes falar sequer em sportinguismo. Este clube foi fundado para ser um dos maiores da europa e os maiores da europa não festejam vitórias de 2 em 2 meses. É por isso que estamos na merda, não há exigência, uma simples vitória faz com que os problemas todos desapareçam.
      Antes do jogo do Braga tinha uma ideia que era se o Sporting independentemente do resultado que fizesse contra o Braga não conseguir sacar pelo menos um empate contra os lampiões a direcção cai. E porquê? Porque para a maioria dos sportinguistas é mais vergonhoso perder um jogo contra os lampiões do que só ganhar de 2 em 2 meses. É simples. Bastou ver a festa que fizemos por ganhar o ano passado aos lampiões quando acabámos em 4º lugar e este ano estamos mais uma vez na piscina dos pequenos (liga Europa) e ainda por cima a fazer figuras ridículas. Continuem assim e deixem que o essencial vos passe ao lado, há aí lunáticos que ainda pensam que o Sporting vai ganhar todos os jogos que faltam e ser campeão de tudo quando estamos a 13 pontos de 2 clubes. Depois os maus sportinguistas sou eu e outros que partilham da mesma opinião que eu.
      Continuem a tapar o sol com a peneira.

      • “Depois os maus sportinguistas sou eu e outros que partilham a mesma opinião que eu”….

        Não cataloguei ninguém de ser mau Sportinguista, ao contrário de ti: “mas tu por acaso fazes ideia do que é ser Sporting? Fazes ideia sob quais valores este clube foi fundado? Fazes ideia da exigência que temos que ter a cada jogo? Não fazes puto de ideia.”

        Tu não és mau sportinguista…és só mau, no geral.

      • Foda-se, oh Leão à solta, se há coisa que me enoja é essa pose de “eu posso dar lições de Sportinguismo a tudo e todos”.

        Agora, pergunto-te eu: mas quem és tu, caralho?!?
        De onde é que me conheces?
        que conhecimento tens daquilo que, em 30 dos meus 35 anos de vida, fiz pelo Sporting?!?
        tu sabes, porventura, se eu tenho assinado petições e listas, no sentido de serem convocadas eleições?
        tu deste-te ao trabalho de ler o que está para trás onde, inclusivamente, fui acusado de ser lírico por defender que o Sporting tem que resolver os jogos nos primeiros 30 minutos?
        aliás, eu perguntar-te-ia, mesmo, se te dás ao trabalho de ler o que os outros escrevem, pois continuares a insistir que aqui se defende que uma vitória termina com os problemas, coloca-te numa categoria intelectual bastante duvidosa.

      • Leao ‘a solta, tu es do Sporting porque? Pelos titulos que temos conquistado?
        Se o Sporting vivesse de titulos, ja’ teria morrido ha’ muito!
        Ser Sporting e’ muito mais do que isso…e’ uma forma de estar na vida que nao encontra comparacao em Portugal e, provavelmente, em muito poucos paises do Mundo!
        E’ claro que adoro festejar os titulos do meu Clube, mas como e’ possivel afirmar que nos vivemos de titulos, quando nos ultimos 30 anos vencemos o campeonato por 2 vezes?
        Se fico contente por isso? E’ obvio que nao…mas isso nao me faz amar menos o meu Clube, nem garantir que onde quer que eu esteja ele estara’ bem representado e defendido, porque para mim estara’ sempre em primeiro lugar.
        Agora nao sejas demagogo e idiota ao ponto de afirmar que so’ e’ Sportinguista quem quer titulos e vitorias em campeonatos, porque ai sou eu que te digo que “nao fazes puto de ideia” do que e’ ser Sporting ou dos valores que este Clube representa na vida de cada um de nos.

      • cherbakov, não quero dar lições de sportinguismo a ninguém, apenas me cingi a relembrar os desígnios para o qual o Sporting Clube de Portugal foi fundado, se isto te incomodou não peço desculpa. Não catalogo os sportinguistas por bons ou maus, ou o sabem ser ou não o sabem, eu acho que o sei ser.

      • Samuel Ramos, para tua informação o Sporting Clube de Portugal é um clube centenário, não existe só há 30 anos e apesar de nos últimos 30 anos só termos ganho 2 campeonatos isso não implica que a grandeza e a história deste clube não tenha que ser respeitada. Há valores sob os quais temos que nos reger, não sou lunático ao ponto de dizer que temos de ganhar sempre, mas porra temos obrigação de em 30 anos ganhar pelo menos 10 campeonatos. É a exigência do sentimento de pertença a este clube, o maior de Portugal a falar mais alto. Se não entendes isso também não tenho jeito para o desenho para te explicar melhor.

      • Leão à solta,
        tu lês o que escreves, antes de publicares?
        Tu achas mesmo que alguém aqui precisa que recordes a máxima de “sermos tão grandes como os maiores da Europa” (basta leres o post anterior para perceberes que não)?
        Tu achas mesmo que não estás a armar-te em mais qualquer coisa do que os outros, se te arrogas no direito de apontar o dedo para dizeres “tu não sabes ser Sportinguista!”?

        Já que estamos numa de dar opiniões e de ser arrogantes, eu acho que tu, sempre que assumes esta postura, está a ser imbecil. E que o meu Sportinguismo é imensamente menos imbecil que o teu.
        Pronto, agora estamos ao mesmo nível.

      • Leao ‘a Solta…eu tambem nao sei desenhar, mas felizmente ainda tenho algum jeito para a matematica.
        Posto isto, comecemos…
        O Sporting, como muito bem dizes, tem 106 anos de historia. Ora bem, nestes 106 anos de historia temos 18 campeonatos nacionais e 4 campeonatos de Portugal, o que da’ um total de 22 titulos de campeao nacional. Se dividires os nossos 106 anos de historia pelos titulos de campeao que temos, veras que, em media, vencemos um campeonato a cada 5 anos. Isto nao e’ ilusao, nem demagogia…sao factos!
        Mesmo suportado nestes factos que tu, como hiper-mega-super Sportinguista que es, deverias conhecer, achas que, baseado no nosso historico, deveriamos ganhar um campeonato a cada 3 anos.
        Ora, por muito que eu gostasse de ver isto, isto significaria romper com a historia e iniciar um ciclo vitorioso muito acima do que historicamente temos feito e nao perpetuar a nossa historia, pois isso significaria vencer nesses mesmos 30 anos algo como 6 titulos.
        Para que conste, nao sou defensor do rumo que o nosso Clube tem levado e muito menos das pessoas que se tem aproveitado do mesmo. Por mim, o Godinho ja’ tinha saido do Clube ontem, embora bom mesmo seria nunca la’ ter entrado. No entanto, continuo a dizer que o meu Sportinguismo nao se mede pelo numero de titulos que o meu Clube vence ou deixa de vencer, caso contrario seria adepto e socio do carnide, porque la’ e’ que so’ se apoia quando se ganha. E para mim, o Sporting representa muito mais do que isso.

        Quanto ao facto de seres um imbecil exigente, nao concordo. Para mim, es apenas mais um imbecil que muito escreve e muito fala, mas que nada faz para mudar o rumo dos acontecimentos, ficando ‘a espera das derrotas da equipa para que isso aconteca.

      • “O campeonato foi criado em 1938. Inicialmente foi designado como Primeira Liga Experimental durante quatro épocas, altura em que passou a designar-se Primeira Divisão, na época de 1938/39 e que passou a definir o Campeão Nacional, título que era até então atribuído ao vencedor do Campeonato de Portugal”

      • http://www.lusofans.com/portugal/liga-zon-sagres/sporting/palmares

        Ora se o campeonato foi criado em 1938 e se O Sporting tem 18 titulos as tuas continhas de merceeiro estão todas mal feitas Samuel Ramos…

        As VERDADEIRAS contas dizem-nos que em cada 4.1 anos ganhamos um campeonato…

        Se vamos ver os campeonatos ganhos antes da seca dos 18 anos sem ganhar, verificamos que em cada 2.75 anos o Sporting ganhava o campeonato, e esta??

        Quem é imbecil agora??? Parece-me que o desejo do Leão à Solta corresponde áquilo que o Sporting nos habituou até aos anos 80…

      • Ok…entao neste caso a historia do Sporting nao e’ centenaria, porque comecamos a coisa a partir de 1938…tudo bem. Entao nesse caso, eu quero comecar a contar na decada de 40 e terminar na decada de 50, onde entao vencemos 10 campeonatos em 18 possiveis! E depois ainda falamos do carnide e criticamos os gajos porque vivem do tempo das glorias do gajo to tremoco…enfim…
        A verdade e’ que, por muito que nos custe, nao podemos apagar os ultimos 30 anos da nossa historia! E nao e’ com barulho, petardos e merdas do genero que as coisas vao mudar para melhor, como muito bem se viu nas nossas ultimas eleicoes e ainda no dia de ontem a uma escala bem diferente.
        Quanto ‘a imbecilidade do Leao ‘a Solta, eu nunca disse que ele era o UNICO imbecil…tu tambem nao estas nada mal nessa area…

      • Oh Samuel Ramos, FODA-SE custa muito perceber que o Sporting não poderia ser campeão de uma coisa que não Existia, logo que as contas não podem ser feitas assim??

      • Se para si fazer as contas como deve ser, ser exigente e não querer este Sportinguezinho que vc pelos vistos defende é “ser imbecil” então eu assumo aqui a minha “imbecilidade”…

        SL

      • Mas tambem nao pode eliminar das contas os nossos ultimos 30 anos e, infelizmente, e’ essa a nossa triste realidade!
        De resto, se em alguma das coisas que escrevi consegue ler que eu gosto da situacao em que o Sporting esta’, peco desculpa pois nao me terei explicado bem.
        Nao gosto da situacao em que o Sporting esta’, nao quero esta direccao que o Sporting tem e mudava muita coisa neste Sporting! No entanto (e voltando ao inicio de toda esta discussao), nao me venham criticar por festejar uma vitoria ou por gostar que o Sporting ganhe, so’ porque voces estao chateados com os gajos que estao no poleiro.
        Nao o querem la’, facam como eu e facam-se socios, votem contra aquela abecula e assinem as peticoes para uma nova AGE. Agora nao me fodam o juizo so’ porque fico feliz quando o meu Clube ganha!
        O que eu disse e repito e’ que o meu Sportinguismo nunca, em momento algum, vai ser medido em termos de vitorias, conquistas ou campeonatos…eu sou do Sporting sempre e faco questao de o dizer e demonstrar e nao vao ser um par de badamecos que vao andar a colocar em causa o meu Sportinguismo ou o de qualquer outra pessoa que aqui escreva so’ porque voces acham que nao devemos festejar os nossos triunfos e devemos andar sempre amuados enquanto o cabrao do godinho la’ estiver.
        Fdx, voces sao Sportinguistas ou anti-godinho? Gostam mais do Bruno Carvalho, Dias Ferreira, Boal e outros que tais do que gostam do Sporting?
        Nao venham para aqui dar licoes de Sportinguismo e de vitorias, porque sobre essas apenas aceito as vindas de quem me deu a conhecer o Sporting que foi o meu avo…e esse sim viu os 5 violinos a actuar e pode falar do que e’ ser campeao ate’ cansar. Voces, tal como eu, podem falar e’ de uma enorme travessia no deserto que nao comecou com godinhos, roquettes, corjas ou a real meretriz que os concebeu…nos anos 80 ainda nao havia nenhum desses e ja’ nao ganhavamos um caralho!
        E para finalizar, quero apenas referir que, pelo menos para mim, a sua imbecilidade nunca sequer esteve em discussao, pelo que nao precisa de assumir nada…e’ por demais evidente!

      • A realidade do Sporting de certeza que não é ganhar 5 campeonatos numa década,aliás se o foi só os mais velhinhos é que deverão se lembrar e seguir por essa lógica,o resto olha tudo para livros.
        Essas estatisticas são boas é para quem viveu nesse tempo(dos violinos e pouco mais),casos como eu em que apenas acompanho o Sporting há 30 anos(derivado à idade),temos que nos seguir pela lógica que é ganhar apenas 1/2 campeonatos por década.Quero voltar a ver o Sporting do tempo dos violinos,é um desejo,ganhar tudo,sem pena de ninguém,o futuro poderá vir a ser este,até lá eu(pouco mais de 30 anos) tenho que me seguir pela lógica que aprendi com o Sporting,que o Sporting me ensinou.
        Em 35 anos de existência apenas vi o Sporting ganhar 2 titulos,3 vá lá…Esta é a minha realidade.Já nem avô tenho para lhe perguntar como era a realidade do Sporting,perguntei ao meu pai mas ele diz que no tempo dele era Eusébio e Salazar que mandavam no futebol….

    • stromp concordo com o que dizes.

      também eu não sou apenas do sporting quando ele ganha( se assim fosse estava lixado, a primeira vez que os vi ganhar alguma coisa foi uma taça e já tinha 10 anos e ser campeao só quando tinha 15), sou do sporting sempre, independtemente das vitórias ou das derrotas( e nestas altura tenho muita gente a meter-se comigo a dizer para mudar para este e para aquele, que o Sporting não vale nada e eu apenas digo que serei sempre do Sporting independentemente de tudo e de quem quer que seja que lá esteja)

      e por muito que não digam isso, por aqui existiam muitos comentários antes do jogo do genk( e mesmo após) a dizer que não ganhando os 2 jogos o godinho ia embora, não ganhando ao braga tinhamos logo eleiçoes e alguns ainda continuam á espera e a desejar isso, nem que se tenha de sacrificar o sucesso da equipa, e infelizmente caro Stromp, espera até ao próximo jogo que a equipa não ganhe , para se ver de novo alguns desses comentários.

      • Mas que sucesso?
        Ganhar ao Braga é sucesso??
        Ganhar 3 jogos em 15 ou 16 é sucesso?

        Quando é que percebem que sucesso nesta altura é correr co Godinho??
        Só com o pequeno Godo corrido a pontapé podemos voltar a ter verdadeiros sucessos, como por exemplo ganhar títulos.
        Acham que é sem rumo e com um fantoche a presidente que vamos ter algo mais a festejar do que vitórias esporádicas??
        Não vos percebo.

      • Dá pra perceber que o Stromp é o Acordem, mas mesmo com esse teatrinho não ficas bem na fotografia, pois acabo por concordar mais com o alter ego Acordem…

        Alguém acha que com o Godinho as vitórias algum dia serão constantes?

      • oh Fernando Pessoa, há uma forma simples de convocar eleições, e está nas mãos dos sócios. Já fizeste alguma coisa?

      • Sozinho não consigo fazer nada, assinei a convocatória pra convocação de uma assembleia geral, mas parece que não deu em nada, e às vezes sinto-me a pregar no deserto, não estou certo que nessa assembleia seriamos em numero suficiente pra conseguir a convocação de eleições, há que mudar muitas opiniões antes disso, por isso que estou aqui, por querer o melhor pro meu clube e não querer ficar parado.

        Que maneira é essa tão simples?
        Pode ser que consiga dessa maneira então.

      • Então já percebeste qual é o caminho. Disse e repito: estou farto do Godinho e do croquetismo. Mas não me peçam para desejar derrotas do meu clube como forma de apressar uma mudança que, recorde-se, deveria ter acontecido há ano e meio.

      • Não quero nenhuma derrota do Sporting, nem empate, quero vitórias e de preferência por goleada.
        SEMPRE!

        A questão é que não acredito em vitórias por acaso.
        Acredito em competência, acredito na qualidade.

        Logo sei que não é este o caminho para alcançar aquilo que quero, que são vitórias constantes do Sporting.

        Ficar contente com uma vitória do Sporting? Claro, sempre.
        Ficar contente com 3 vitórias em 16 jogos? Não, nunca.

        Tudo farei para que o Sporting venha a conseguir mais vitórias no futuro, logo tudo farei para que esta direcção saia do nosso clube e dê oportunidade a outros de mostrar competência que foi coisa que até agora ainda não vi em ano e meio, para mim foi tempo que chegue, não dou mais, queria acreditar mas não consigo acreditar que esteja a ser injusto com eles.

        Não quero incompetentes à frente do meu clube.

  4. Touché.

    Uma coisa é o que queremos. Outra é onde estamos. Outra é o que devemos exigir, perante as circunstâncias existentes.

    O que queremos é ser campeões. O máximo de vezes possível.
    Onde estamos? Na merda. Com a cabecinha fora dela mas ainda atolados na mesma.
    O que podemos exigir, tendo em conta este cenário? Jogar bem para estarmos mais próximos de ganhar. Eu ainda sou daqueles que acredita que a jogar muito melhor que o adversário está-se mais próximo da vitória.

    Exigir mais do que isto, nesta altura, é irrealista, utópico e pouco inteligente. É fodido, mas é a vida. “Exigência de merda” – pensarão muitos. E eu penso igual. Mas para um gajo que mal sabe fazer um passe, exigir um slalom à messi é estúpido.

    Eis o que eu exijo, de momento: Fazer da primeira parte contra o braguilha algo próximo de 60/70 minutos. Se isso acontecer, acredito que estaremos a ganhar por mais de um golo na maioria dos jogos que faltam, tendo depois os restantes 20/30 minutos para gerir o resultado de forma inteligente. Se isso acontecer, então a minha exigência aumentará. Gradualmente.

  5. Sinceramente,festejar uma vitória(eu não festejei efusivamente nem nada que se pareça)mas como é claro fico contente sempre que o Sporting ganha e fico pior que estragado quando não ganhamos e é por isso que não ligo ao que se passa?!há que tentar separar as coisas,o futebol no campo é uma coisa,o clube em termos de direcção é outra,mas não é por ser contra a corja que lá anda a muito tempo a destruir o Sporting que vou querer que o meu clube perca,porque se há alguém que deseje o Sporting a perder,é um sportinguista de merda!

  6. O que eu acho é que alguns, na hora das vitórias são Sporting e na hora das derrotas são anti Godinho e Corja … isso é que é errado.
    Devemos SER, isso sim, SPORTING E ANTI GODINHO 24 horas por dia, 7 dias por semana.
    Eu festejo as vitórias, quero o sucesso do meu clube mas, continuo a achar a estrutura vazia, sem chama, sem rumo e sem projecto. Isto são fugachos que dificilmente nos levarão a lugar algum.
    Vejo estas vitórias como uma coisa menos má num clima de pessimismo e descrença.
    O Sporting dificilmente entrará na corrida pela Champions,
    Os outros teriam que piorar muito, e nós teríamos que melhorar muito … o tempo não pára e 13 pontos é muito … 7 também o são.
    A saída a Moreira da Cónegos e a recepção ao Benfica, serão a constatação do que será o resto da época : Uma sapatada na crise ( momentânea, já que a sapatada permanente só com a saída desta Direcção ) ou o perpetuar da agonia.

    • Era mesmo isso que eu queria dizer Paulo Silva,mas alguns por serem anti godinho desejam que o Sporting perca,isso para mim não são sportinguistas!

  7. 1º Qualquer vitória me deixa contente, satisfeito e sonhador. Mesmo que seja contra um braga

    2º Qualquer sportinguista é livre de festejar da forma que bem entender. Lá porque o individuo “A” grita com uma vitória ao Braga mais do que o “B” quando se ganha o campeonato não significa que haja mais sportinguismo nas veias do primeiro. (eu sou um adepto efusivo, qualquer lançamento lateral ganho chega para fazer a festa)

    3º A “mediocridade” que alguns adeptos apresentam é totalmente culpa do Sporting que temos hoje… Só com muito brio, garra e uma mentalidade vencedora é que vamos levantar o nosso clube. Saibamos continuar a pedir aos jogadores aquilo que eles sabem e tem para dar… chega de “sonos”

  8. “É o discurso de quem tem uma agenda, e essa agenda não são as vitórias do Sporting mas a vitória de alguém nas eleições. Porque para alguns, o melhor que podia acontecer ao Sporting era este perder de forma consecutiva até termos eleições e até ganhar o candidato preferido deles. Se este não ganhar, é voltar a repetir o ciclo de derrotas até se conseguir o objectivo.”

    É mesmo isto.

    E enquanto não parar esta palermice dos “pro” e “contra” direcção,dos corja e abutres, dos “pequenos godos” ou “burros do caralho”, o rumo continuará a ser o mesmo. Para baixo.

    E agora discute-se a intensidade com que se festejam vitorias?

    Puta que pariu a policia do festejo, vão-se é prejudicar seriamente, eu festejo como quero e quando quero

  9. Não me importo que se comemore uma vitória como um campeonato….. desde que uma derrota não nos leve à depressão!

    Podemos comparar uma vitória a um golo….ok!
    é natural vibrarmos….

    Agora, depressão…isso não!
    Não nos podemos iludir…. ganhámos, mas não somos campeões por isso!

  10. Para mim, são poucos os sentimentos idênticos aos que os que tenho após uma vitória do SPORTING e raros os melhores. Claro que uma vitória num campeonato é bem mais importante que uma vitória que vale 3 pontos, mas a verdade é que sem as vitórias que valem 3 pontos não há vitórias no campeonato.

    Por isto, para mim, esta conversa é um bocado ridicula. Cada um festeja como quer as vitórias e lamenta como entende as derrotas. Mas é sempre um prazer ver um sportinguista festejar uma vitória, seja de que maneira for.

    Quando falamos da equipa ja vejo as coisas de uma forma um bocadinho diferente. Por exemplo fez-me muita confusão a forma como a equipa técnica (ainda com SP) e os jogadores festejaram na vitória contra o Gil Vicente salvo erro, mas importante é que ganhamos.

    Se dizem que há vitorias que não vos fazem sorrir, tenho-vos a dizer: Vão para o CARALHO que não merecem o clube que admiram.

    FORÇA SPORTING

  11. Se eu estivesse perdido no deserto a morrer de sede e encontrasse uma garrafa de água, não ficava triste, mas sabia que isto não me resolvia o meu verdadeiro problema que era estar perdido no meio do deserto.

    O mesmo se passa com o Sporting. A vitória contra o Braga deixou todo e qualquer sportinguista contente, mas a verdade é que o futuro continua muito negro e essa vitória é apenas um alívio temporário. Eu também quero acreditar que esta vai ser a primeira vitória de muitas, mas eu gostava de ter garantias reais para que isso acontecesse e quem está na presidência não oferece garantias nenhumas. Quem está na presidência não está lá há dois dias. Já lá está há ano e meio. Assegurou a pés juntos que o Domingos é que era; o Sporting começou a perder e veio o Sá; “agora é que vai ser”, asseverou; meia-dúzia de meses depois lá estava Sá, Duque & Freitas na rua; “agora com o Franky é que é”, gritou na sua voz enfezada o presidente. Foda-se, com este passado recente, só quem é muito ingénuo é que acredita que este homem é a pessoa certa para liderar o Sporting. E não me fodam com o “o Godinho não marca golos”. Não marca golos mas é responsável pela gestão do clube. E se não tem responsabilidade, então temos presidente para quê? Além de que ele já mostrou à saciedade que não é capaz. Vai ganhar competência dum dia para a noite? Vamos assistir a um milagre?

    Para mim, esta é que é a diferença. Há quem se preocupe com o médio/longo prazo. Há quem meta a cabeça na areia e pense pequenino e a curto prazo. Certinho como a morte é que o Sporting está neste momento mais perto da descida do que do apuramento para a CL e que não ganhamos um campeonato há dez anos. E nesses dez anos o que não mudou foi a trupilha dirigente. Não há coincidências, como diria aquela gaja que não gosta de gordas.

    • Foda-se, oh Hugo, mas esse tipo de recados fazem sentido no Cacifo, caralho?!? Mais um bocado ainda chega aqui alguém a escrever que eu sou pró-Godinho…

      • já agora… se encontrasses uma garrafa de água no deserto ias sentir uma esperança renovada de chegares a bom porto. Seria um primeiro passo, ou não?

      • Cherba, eu quando teci este barrete não foi para enfiar na tua cabeça, nem acho que te sirva. Mas tens de concordar que há muita gente que já está toda iludida porque ganhamos ao Braga. Yay! Obviamente que, se me derem a escolher, prefiro vitórias com o Godinho do que derrotas (com ou sem engodo). Mas também não me iludo e sei perfeitamente que com Godinho estamos mais próximos de ficarmos na pior posição de sempre (recordo que o Sporting nunca deixou de se qualificar para uma competição europeia) do que embalarmos para a tão desejada onda de vitórias. No deserto, a água matava-me a sede. Mas meia hora depois, eu estaria mais próximo de ficar cheio de sede outra vez do que de chegar a bom porto.

      • Exactamente Hugo. Embora perceba a posição do cherba, a verdade é que com os dois últimos posts deu azo a que uma franja de sportinguistas fique mais convencida da sua posição, ainda que na verdade foi um mero jogo, positivo é certo, mas que perante a má gestão e comportamentos que a direcção tem, não tem um impacto relevante. Para contrabalançar a incompetência, muitos resultados desportivos positivos têm que se concretizar e isso não é nada fácil quando à frente do Sporting temos um homem como GL e Cia. Claro que é bom ganhar ao Braga, mas isso faz com que o projecto do godinho passa a ser bom, ou melhor do que isso, passe a existir? Não. Muito bem, ganhámos ao Braga. Ainda bem. Agora, estamos a 13 pontos do 1º, a equipa não mostrou jogo contra equipas pequenas, não temos rentabilizado os activos que temos e os resultados financeiros são negativos. Portanto, está na altura de ser realista, ter os pés assente no chão e não andar a deitar foguetes

  12. Exacto.

    Se festejas uma vitória, és pouco exigente porque perdeste todos os outros jogos.
    Se festejas uma derrota, és uma “brunete”, um “anti-corjista” ou um palerma (esta digo eu. E apoio o Bruno de Carvalho, como é sabido)
    Se não festejas nada, és um acomodado, conformado.
    Se festejas tudo, és um palhaço porque não há nada para festejar.

    Foda-se!

    Olhem, depois da vitória contra o braguilha, festejei como se não houvesse amanhã. Apanhei um valente pifo. É que não sei quando é que vamos ganhar outra vez e ter ali a pomada fechada à tanto tempo estava a fazer-me uma certa confusão. E podia ter sido contra o genk na semana anterior ou contra o setúbal antes disso. Não interessa o adversário. Não é em função deles que eu festejo. É só pelo Sporting. E se depois de 7 jogos sem ganhar com toda a depressão que se estava a instalar, se não festejam uma vitória (por maior ou menor que seja a manifestação desse festejo) então desculpem lá mas o vosso sportinguismo não é genuíno.

  13. Foda-se eu fiquei contente pela vitória contra o Braguita e espero que seja a primeira de muitas até ao final da época. Como já disse para mim o presidente até podia ser o emplastro, o Castelo Branco ou o Zé Caralho que para mim quero é que o Sporting ganhe.

    • Tem lá paciência. Se tivesses que ser operado, tanto te fazia se fosse o Barroso, o emplastro ou a Rute Marlene a operar-te? Tanto te fazia teres no banco como treinador o Mourinho, o Batatinha ou o Mr. Bean? As vitórias e as conquistas não caem do céu. Trabalha-se para elas. O Godinho e a sua estratégia já demonstraram que não servem. Se não funcionaram até agora, porque raio hão-de funcionar a partir de hoje? Porque tu queres muito? Para mim este é que é o problema. Esta estratégia já não serve. E já a experimentamos há dez anos. Está na altura de tentar algo novo.

      • Não é isso que está em jogo e eu não sou admirador do Godinho, antes pelo contrário. A questão aqui é: já que o Godinho não se demite, tens 2 hipóteses até o homem acabar o mandato:

        1) Derrotas com o Godinho
        2) Vitórias com o Godinho

        Eu prefiro a 2ª hipótese porque quero que o Sporting ganhe sempre.

      • Hugo parabéns. Grande resposta. Não diria melhor, esta gente pensa que as vitórias vão aparecer só porque sim e que os outros todos vão ser amiguinhos e perder jogos com fartura para no final ficarmos contentes e irmos todos para o Marquês festejar.
        O Godinho não devia ter entrado, demos-lhe um ano e fodeu tudo, já vai em quase mais meio ano e continua a foder tudo e vai conseguir completar o mandato graças a adeptos que se deixam iludir com vitórias morais e esporádicas. Depois se for tarde e a situação irreversível, vamos todos apoiar o Sporting para a distrital, garanto-vos que aí somos campeões com o Godinho.

      • Lagartão mas quem é que disse que quer que o Sporting perca? Não vejo aqui ninguém a dizer isso. Eu (mais que obviamente) quero que o Sporting ganhe mas que se corra com o Godinho ainda esta época. É possível haver contestação ao Godinho se a partir daqui ganharmos todos os jogos (hipótese extremista e ridícula)? Acredito que venha a ser difícil alguém contestar o Godinho se isso acontecer porque uma simples vitória ao fim de 2 meses de derrotas e empates já veio calar muita gente. Nas derrotas abrem-se os olhos e vê-se que claramente não há futuro com o Godinho por lá, nas vitórias mesmo que escassas já não há problemas.
        Apresento a solução: contestar Godinho nas vitórias, nos empates e nas derrotas. Este ano estamos a jogar para a 3ª posição ao fim de 9 jornadas e mesmo assim estamos a 7 pontos desse “objectivo”. Isto não é motivo mais que suficiente para correr com o homem e convocar eleições? Depois de uma época passada fraca como foi ainda há tolerância? Não me venham com merdas. Querem ser campeões não é com o otário do Godinho que o vamos ser.

      • Leão à solta,
        a tua sugestão é uma merda. Queres eleições, ajuda a convocar uma AG extraordinária. Se não és sócio, faz-te. Depois assina. Depois vota.

      • Cherba, tem lá paciência, mas isso não é totalmente verdade. Há também a possibilidade de a direcção cair se a contestação chegar a um determinado nível. O JEBas bateu com a porta sem ser necessário convocar uma AGE. Além de que convocar uma AGE não está ao alcance de todos. É caro, dá muito trabalho e nem toda a gente tem disponibilidade financeira e pessoal para isso. Só um candidato com uma boa organização por trás o podia fazer. Que resta ao sócio/adepto/simpatizante comum fazer? Contestar e criticar o que está claramente mal.

      • Como alguém já escreveu antes, não se convencem sócios a mudar de direcção com arruaça.
        Queres mudar a direcção? Basta convencer a maioria dos sócios.
        Queres afundar o Sporting? Continua na tua senda de criar desestabilização e a pedir aos adeptos e simpatizantes que vão para as AG atirar cocktails molotov.

  14. Da mesma forma que Schaars se intitulou a si próprio como o “cimento” da equipa, para mim o cacifo funciona como uma espécie de “cimento” do sportinguismo. A inteligência e pertinência deste post e do anterior são desarmantes. Revejo-me completamente neles, bem como nalguns excelentes comentários.
    A reificação do clube perpetrada por alguns comentadores do blog faz lembrar a aristocracia tesa de uma célebre série televisiva dos anos 80: adeptos de um clube que ganha 2 campeonatos em 30 anos mas que pensam como se tivessem ganho 20. “Exigência” como proclamam ou “devaneios à moda de Carnide”?
    Provavelmente são os mesmos adeptos que acham que, por assobiar em Alvalade durante os jogos, estão a prejudicar o Godinho. Será que não percebem que, a cada insulto que lhe dirigem ou a cada vaia a meio do jogo, estão de facto a contribuir para mais quatro anos de corja?
    Por muito que os sócios com mais votos estejam cada vez mais sensíveis à debacle do “roquetismo”, muitos deles vão sempre escolher um candidato da corja se confrontados com um candidato que mobilize a arruaça para vaiar a equipa em Alvalade (seguindo a estratégia de “vale-azevedizar” Bruno de Carvalho, vão despejar para cima dele toda a instabilidade criada de fora para dentro).
    A vitimização é uma estratégia muito eficaz. Se não deixam o homem estampar-se sozinho, ele irá reclamar das forças de bloqueio que não o deixam trabalhar com tranquilidade. E, convenhamos, quando já se deseja a derrota da equipa na esperança de precipitar eleições, há um fundo de verdade nessa estratégia de vitimização.
    Há poucos dias Godinho foi à APAF e teve uma ação de sensibilização/coação com uma claque e outros grupos de sócios. No jogo a seguir não fomos roubados alarvemente como tem sido hábito (tanto o golo anulado como o fora-de-jogo são discutíveis) e diminuíram consideravelmente as vaias (embora a equipa tenha ajudado).
    Da forma como foi comunicada, a promessa de Onyewu ao grupo de sócios fez lembrar o Valentim Loureiro a distribuir máquinas de lavar e foi aqui muito lucidamente interpretada como ação pré-eleitoral (penso que num comentário do Jusko). Na altura fiquei na dúvida porque, a ser verdade, essa interpretação quereria dizer que Godinho ponderava demitir-se. Mas eu acho que ele não se vai demitir. Nem por nada. Por isso, questiono-me se o propósito da reunião com a claque e demais grupos de sócios não teve o mesmo propósito da visita à APAF: criar as condições para que a equipa não fosse prejudicada num jogo muito importante.
    Por muito má impressão da corja que eu possa ter, estou sempre à espera de ser surpreendido. Posso até antever que tudo se vai passar como é previsível – este ano ficamos em 4º, falhamos a champions por pouco, ainda assim renovam com Franky, que se aguentará até Dezembro de 2013 sendo despedido por maus resultados e nas eleições de 2014 Godinho sairá pela porta pequena. Posso querer o imprevisível, mas chega o “possível”: 3º lugar este ano, lutar pelo título até ao fim em 2014. Godinho sai à mesma, mas quem vier encontra o clube em melhor estado. Falta de exigência ou realismo?

    SL

  15. Os Pitons da bota do gelson cortaram a relva em 3 partes.. vamos discutir isto tb … Já q se discute como festejamos a vitoria do Sporting ou se este ou aquele está do lado do presidente…

  16. Correndo o risco de ser queimado em praça pública, vou dar a minha opinião, mesmo que ninguém a tenha pedido.

    Continuo a achar que o melhor era que o Godinho & Associados se pusessem a milhas o mais rapidamente possível, fosse de que maneira fosse.

    Se quero que o Sporting perca? Não, nunca, sob qualquer circunstância. Mas preferia que se desse esta época como perdida, e que a mesma servisse para a Escumalha saltar completamente do Barco. No fundo, que o Sporting deixasse de ser “interessante” para todos os que se andam a aproveitar dele nos últimos anos.

    Como foi falado mais do que uma vez, preferia até que se fizesse uma reestruturação à Dortmund (clube do qual sou particularmente fã). Reduzir custos com jogadores (vender os que fossem pouco usados para o que ganham e tivessem mais mercado), apostar na formação com alguns acréscimos de jogadores mais experientes mas que não viessem cá para ganhar a reforma (contratações cirúrgicas), e dizer aos adeptos que os próximos 4/5 anos seriam de mudança, e os objectivos passariam pela qualificação para as competições europeias (principalmente para mantermos patrocínios).

    Podem chamar-me o que quiserem, mas prefiro dar um passo atrás, para poder dar dois para a frente. Prefiro garantir que continuamos fortes e seguros no futuro, do que ter vitórias morais agora..

    Acima de tudo, Sporting Sempre!

    SL

    • Concordo em absoluto. Falas do Dortmund e falas bem, nós temos mais recursos que o Dortmund, temos uma academia que é das melhores do Mundo, todos os anos saem de lá bons valores prontos a serem aproveitados. Com uma política inteligente muito semelhante à do Dortmund não tenho dúvidas que os resultados seriam excelentes num futuro próximo. Agora da maneira que estamos o futuro vai ser cada vez pior, mas que sa foda ganhámos ao braga, ao gil vicente e ao horsens e este último levou 5 na saca.

      • e só estamos a 13 pontos da liderança e o apuramento para o próxima fase da liga europa também está bem encaminhado.

      • Tirando os 80.000 lugares que o Dortmund consegue encher em TODOS os jogos, o brutal montante que recebe dos direitos televisivos e a fortuna que ganha em merchandising e’ que nao vejo mesmo diferenca nenhuma para os nossos recursos…

        Isso e o facto de, como se pode ver nestes posts, termos tambem adeptos tao compreensivos quanto os que eles tem e que de certeza iriam apoiar e a aceitar uma estrategia que passasse pelo facto de lutarmos pelo meio da tabela, com alguns serios sustos de vez em quando, como eles fizeram num passado nao muito distante…

        E e’ claro que jogando para ir ‘as competicoes europeias, entao ai sim iriamos comecar a ver o nosso estadio encher em todos os jogos!

      • Samuel, é certo que em termos de assistências não nos íamos equiparar ao Dortmund, mas para o estádio encher, basta começarmos a jogar, bem! A partir do momento em que jogamos bem, e valorizamos os nossos activos, os recursos financeiros começam a aparecer. Não podemos é continuar a viver acima das nossas possibilidades, contraindo empréstimos bancários para pagar outros empréstimos e comprando jogadores ás paletes para os vender por tostões ou ve-los sair a custo zero.

        Quanto às possíveis ambições de que falava, penso que caso se definisse um objectivo mais baixo, provavelmente os sócios/adeptos iam compreender. É perfeitamente normal que vejam constantemente as suas perspectivas defraudadas quando lhes foi dito que vamos ser campeões todas as épocas, não? Aliás, na realidade, o que temos andado a fazer nos últimos anos, é exactamente jogar para ir ás competições europeias…

        Na prática, basta ser honesto.

      • Como é que é?!!! Temos mais recursos do que o Dortmund? Mas que parvoíce! O Dortmund é o clube da Europa com mais assistências, um clube de um campeonato que é o único lucrativo da Europa, de um país que é o motor da economia europeia. Olha, não será melhor falares em blogs de costura ou de novelas?

      • Bem sei cherba. Como sócio (correspondente) que sou, já assinei uma das petições que tem circulado para a convocação de uma AG com vista a eleições antecipadas.

        A questão que me alarma e deixa preocupado, é se estas vitórias contra bragas desta vida não se equivalem aos “vice-campeonatos-desde-que-á-frente-do-benfica” e ás derrotas em casa em finais europeias. Ou seja, espero que não funcionem como “morfina” tão boa que, além de nos aliviar das dores das nossas recentes feridas, nos faça esquecer completamente das mesmas.

  17. A questão principal aqui é que se confunde estrutura, simbolismo, fundamentos, mística, pessoas ao serviço do clube e mais um rolo de coisas. E enquanto cada um falar de assuntos distintos como argumento para o que os demais apontam, será sempre impossível haver um ponto de encontro.
    Damos por nós a ver quem é mais sportinguista e, para cúmulo, a questionar se “preferimos” derrotas ou vitórias para o nosso clube.
    Enquanto acharmos que somos melhores a lutar uns contra os outros então estamos bem feitos e, assim, não me venham falar de sportinguismo que não há nada que resista a disputas internas. Seremos sempre menos enquanto não virmos que temos de nos unir para sermos mais fortes.
    Enquanto isso, os outros clubes, vão seguindo os seus caminhos mais libertos das suas missões pois sozinhos somos capazes de destruir o que temos.
    É o Sporting que nos une, por isso tenhamos a capacidade de nos unir em torno dele. E isto não quer dizer em momento algum que devemos deixar de estar atentos à saúde do Clube ou abdicar de abordar assuntos sensíveis. Temos é de perceber que todas essas questões só se resolvem com a união de todos e, mais que isso, com um Sporting protegido e blindado contra o que vêm de fora.

  18. mas qual é o problema de celebrar? celebrem porra!! Antes celebrar que andar aí com um poste no cu… fossem os problemas do mundo a celebração… que bando de conas de sabão a sério, se não se ganha depressão, se se ganha, depressão… ainda não vi/li ninguém que exarcebasse o facto de termos ganho um jogo. Ganhámos porra!!! o que está mal na equação? foi um jogo, logo celebra-se a vitória num jogo, vamos continuar a ganhar e a celebrar e também a perder e a amuar e depois?
    celebre-se o que há para celebrar, isso não impede que se continuem a pensar os problemas e atentar colmatar as lacunas ou a arranjar soluções.

  19. É lamentável mas alguns dos comentadores deste blog, cujo sportinguismo não ponho em causa, mas que carecem notoriamente de lucidez, estão tão desesperados por verem o Godinho Lopes pelas costas que acham pecado que um sportinguista festeje e fique feliz quando, depois de uma série desesperante de derrotas e empates, o nosso club ganha finalmente um jogo e logo ao Braga – cuja estratégia passa nos ultimos tempos por se assumir como o “terceiro grande”, às custas do Sporting.
    Não se festejou um título, é certo, mas sim uma boa vitória e FINALMENTE um exibição razoável.
    Não votei Godinho Lopes nas últimas eleições.
    Mas para o bem e para o mal ele é o presidente, não é um inimigo.
    Alguns queriam que fossemos já para eleições para correr com “a corja” e para que o Bruno de Carvalho pudesse rapidamente assumir a presidência do clube.
    Só se não gramarem o homem: acham mesmo que ele podia mudar fosse o que fosse a meio da época, com um plantel e um treinador escolhido por outros?!
    Os inimigos do clube são garnde parte dos comentadores, desportivos e não só, que semana após semana gozaram e achincalharam o Sporting, meterma not
    icias falsas ou tendenciosas nas primeiras páginas dos jornais e pretendem que o clube desapareça, para se eternizar o duopólio SLB-FCP, que emularia em Portugal a rivalidade Barça-Real Madrid. Acham que não há “mercado” para três grandes, e o Braga seria um mero out-sider para animar um pouco a coisa.
    Odeiam-nos. Leiam isto e reflitam. ODEIAM-NOS.
    E não só eles. Quase toda a estructura da arbitragem, que gosta de se fazer forte prejudicando o que consideram um ex-grande, que já não os assusta. Não se lembram dos roubos de catedral que nos últimos anos nos cortaram as pernas quando estavamos prestes a conquistar algo de significativo? Do golo de Luisão na época do Peseiro, do golo com a mão do jogador do Paços de Ferreira que nos tirou um campeonato na segunda época do Paulo Bento? Da final da Taça da Liga com o penalty inventado pelo Lucílio por suposta mão do Pedro Silva? Dos penaltyes inventados contra nós no Dragão ainda este ano? Da expulsão do Rinaudo ano passado em Guimarães num lance em que nem falta fez? Da arbitargem do Bruno Paixão ano apssado em Barcelos contra nós? Podia estar aqui uma tarde inteira….
    O inimigo é o Godinho Lopes? Ou outros sportinguistas só porque não pensam como nós? Será?
    Só com união vamos lá. Lamentavelmente os desaires apenas nos têm posto uns contra os outros.
    Também tenho as minhas ideias sobre a má gestão do clube, mas o principal responsável pelos erros desta direcção chama-se Luís Duque e já saiu. E desde que saiu concordo com as decisões que Godinho LKopes tem tomado. Claro que quem escolheu Duque foi ele, que sem Duque não teria ganho as eleições, etc… Mas no ponto em que estanso temos é de cerrar fileiras em torno da equipa, até porque parece que finalmente temos um treinador competente e inteligente. E no final do mandato da direcção faz-se o balanço.
    Aliás nem tudo é mau: temos a equipa B no topo da segunda lLiga, com meia dúzia de jogadores que vão seguramente representar a selecção nacional daqui por uns anos, espero que sem antes terem saído do Sporting. Os nossos ruvais precisam de se abastecer de jogadores no mercado sul-americano pois não os conseguem formar. Aproveitemos isso e tudo o mais. E voltaremos aos títulos.
    Acho que me alonguei de mais. Cherba, desculpe.

    • Que fique assente, estou mesmo muito contente com esta vitória. Mas não tem nada a ver com ter sido frente ao Braga; muita gente parece que se esquece que antes de eles serem Braga são Sporting Clube, são assim como que uma filial, estão noutra categoria. O Sporting B é maior do que o Braga. Ponto!

      Não se festejou um título nem mesmo uma boa vitória. Se a primeira parte foi jogada à Sporting, a segunda foi jogada à Paços de Ferreira, à excepção de um gajo que teima em ser um dos melhores GR da Europa. O que se festejou-se foi essencialmente a renovada distância para a linha de água. Essa é que é a realidade.

      Se acham que esta vitória é prova de que está tudo bem, que o “projecto” vai finalmente dar frutos, então têm o presidente e a direcção que merecem. Quem perceber finalmente que não há nem nunca houve um projecto, obviamente que quer eleições, já! Se estamos a meio do “triénio” a fugir à despromoção, com o segundo pior ataque da prova, acho que não vale a pena esperar mais um ano para perceber que godinho lopes não vai cumprir a derradeira promessa de ser campeão. Não me venham falar de união; como é que nos podemos unir em torno de gente que já demonstrou cabalmente que não tem qualidade para servir o Sporting.

      E metam lá na vossa cabeça, nada disto tem a ver com o Bruno de Carvalho! Eu quero lá saber do Bruno de Carvalho! Quero é o Sporting a ganhar, agora e no futuro. Preferia que BdC viesse a público dizer que não é candidato, assim as donzelas ofendidas lá teriam que arranjar outro discurso, podia ser que então chegássemos todos a algum lado.

  20. Quem não se sente neste momento satisfeito por evitarmos o 14º lugar, a 1 ponto da despromoção, só pode ser estúpido ou então lampião (ou essa variedade mais comum, lampião e estúpido).

    Por outro lado, a quem acha que esta vitória traduz o sucesso do “projecto” do godinho, eu pergunto: estando a meio do “triénio” em 10º, a 13 pontos do primeiro lugar (e já agora, com o 2º pior ataque, -2 em diferença de golos!), acreditam que estão criadas as condições para sermos campeões até ao próximo ano? Ainda para mais com uma estrutura directiva que não percebe nada de futebol?? Ou também já acham que o futebol “não é a principal referência” do Sporting?

  21. Com esta conversa toda … só ainda não percebi qual é a posição no campo do Godinho. Qual é o número da camisola, quantos golos já marcou.

    Já todos percebemos e sabemos bem que para alguns enquanto não virem o seu presidente eleito tudo o resto será merda … não vale a pena chover no molhado. É assim quando não se aceitam as decisões da maioria.

    O que se discute neste e noutros posts do mesmo teor é (julgo eu) se essa vontade ajuda a criar mau ambiente e a tornar a recuperação mais dificil. Eu acho que sim e acho que essa é a estratégia (infelizmente) por detrás de muitos “sportinguistas”.

    Agora que a equipa principal de futebol não corresponde isso é inegável. Mas os mesmos que acham que isso é culpa de uma pessoa então deviam olhar para o resto das coisas boas (como por exemplo a prestação da equipa B) e dizer então que também é sua culpa.

    O Sporting não é só futebol. Doi mais ver a equipa principal assim? Dói. Dói muito. Mas não esqueço que este presidente foi eleito por sportinguistas que me merecem todo o respeito e têm todo o direito de eleger quem quiserem e se apresente numa lista para esse efeito.

    E sobretudo não esqueço nuca que ser do Sporting não é só olhar para a equipa de futebol da Super Liga.

    Não gostam do Godinho, têm bom remédio. Preparem uma lista para as próximas eleições e apresentem um projecto de gestão que a maioria dos sportinguistas aceite.

    p

      • Dada a quantidade de vezes que dizes “Cunha & Vaz”, fiquei curioso e fui ao google ver o que tu estavas para aí a dizer…

        É uma empresa que “tem por missão a prestação de serviços de Comunicação”…

        Continuei sem perceber porque é que te referes a esta empresa, post sim post não…

      • Tão inocente que és… ou talvez não!

        Procura “cunha vaz sporting”….. “Cunha Vaz & Associados trabalha comunicação do Sporting”. Até aqui tudo bem (tirando a questão porque é que a direcção de um clube em sérias dificuldades financeiras tem que pagar a uns gajos de fora para “comunicar” com os sócios e adeptos, mas adiante).

        Agora procura “cunha vaz benfica”… até te passas! Ou não, lá está…

        Para te entreteres mais um pouco:
        – “cunha vaz cofina”
        – “cunha vaz banco espirito santo pavilhão atlântico”
        – “cunha vaz eleições câmara de lisboa”

        Se quiseres procura também “cunha vaz luis lemos sporting” e até pode ser que aprendas alguma coisa da (triste) história recente do nosso Clube, isto é se não souberes já.

      • Não sou inocente…ignorante nesta matéria, sou.

        Não tive tempo para ler tudo, mas assim de repente não me choca que o Sporting trabalhe com uma agência de comunicação que até parece ser conceituada.
        O facto de trabalhar também para o benfica também não me parece impeditivo; existem inúmeros fornecedores comuns ao Sporting e benfica, desde a edp até aos auditores.
        Em relação ao preço que estão a cobrar, não sei se é muito se é pouco…não vi referências a isso.
        Têm lampiões lá na agência que trabalham para nós…o Jorge Jesus não é propriamente benfiquista… e nós aqui no Cacifo estamos a sempre a dizer que não queremos (só) Sportinguistas a trabalhar no Sporting, queremos sobretudo competência, por isso temos de decidir o que queremos afinal.

        Mas é como te digo, se calhar não tenho a informação toda que tu tens…

      • Deves então ter andado a dormir durante a campanha eleitoral (talve daí o voto no palhaço do Futre e no projecto chinês do DF) e passou-te ao lado a influência destes “agentes de comunicação” junto do godinho e da campanha de merda que ele fez.

        Eu até admito ter um lampião a decidir como é que se corta a relva, como é que se pintam as linhas de jogo ou como é que se lavam as os balneários dos visitantes. E sim, até um treinador lampião ou jogadores lampiões, desde que ganhem jogos. Mas é um bocado desconcertante ter um lampião a decidir o que é que o presidente do Sporting vai dizer, ou ter um lampião a falar com a comunicação social em nome do Sporting (sei lá, por exemplo, a “bufar” à Lusa que o Domingos na verdade estava feito com o PdC).

        Não tenho mais informação do que aquela que podes encontrar no google. A diferença talvez seja que leio o que encontro e não só o que me dá jeito encontrar.

      • “Campanha de merda que ele fez”?! Campanha de merda fizeram os outros que não ganharam.

        O projecto chinês do DF não prestava, o do GL também não….não vou falar dos outros porque eram tipo o PPM, a CDU e o BE…não estavam lá para ganhar…qual era o que prestava? Só prestava um, não era?

        Já agora, e não achavas desconcertante ter como director desportivo uma pessoa que ainda está por provar que não é tripeiro?

      • Sem dúvida que sim, só prestava um.
        O DF deixou de prestar no dia em que preferiu o amigalhaço do Futre em vez de derrotar a continuidade. O Futre agradeceu, hoje está bem na vida. Só o Sporting é que ficou a perder.

        O que eu acharia desconcertante era ter como director desportivo um gajo que em todas as oportunidades que teve fez questão em foder o Clube. Agora o Inácio, desde que ganhasse, que fosse (novamente!) campeão, não me incomodava nada.

        Mas concentra-te lá ò sócio :) estamos a falar do Cunha Vaz, certo?

      • Cunha Vaz, certo…estou a cagar para o cunha e para o vaz….para mim nem é assunto. Não é por aí que estamos onde estamos.

        Em relação ao único candidato que prestava…temos opiniões diferentes. Aliás a maioria dos sócios votantes não acharam que ele fosse o único a prestar.

        Se calhar, talvez fizesse falta ao teu candidato o apoio de uma agência de comunicação…isso e apoiantes que o soubessem “vender” melhor. A estratégia que tem sido seguida na blogosfera pelos seus apoiantes não vai dar bom resultado, mais uma vez.

        Algures aqui neste post, houve um apoiante do BdC que teve uma análise bastante lúcida deste tema. Acho que os mais radicais o deviam ovir/ler.

      • Fazes uma pergunta sobre o Cunha Vaz e agora já te estás a cagar, pelos vistos o que queres é falar do Bruno de Carvalho. O papão do Bruno de Carvalho!! Juro que não entendo essa obsessão, seja qual for o tema, arranjam sempre forma de ir parar ao BdC. Como se tivesse culpa da incompetência dos que foram empossados.

        Descomplexem-se pá! :) As eleições já foram, o homem já não é candidato a nada. Não há apoiantes, só há socios e adeptos, gente que quer é ver o Sporting a ganhar, não o BdC.

        Mas, à conta das loas do Cunha Vaz, temos que gramar estes caralhos que não sabem o que fazem, só sabem o que precisam de fazer a cada momento para continuarem agarrados ao poleiro. Mas estás-te a cagar para isso, ‘né?

    • Mas qual lista!!! Alguns dos que aqui pedem eleições nem sócios são!
      Como podem o que quer que seja, a não ser mandar uns bitaites na net!!!???

    • News flash: o futebol profissional é a única maneira de pôr o Sporting a dar lucro e manter as modalidades. E isso só acontecerá se o Sporting ganhar, for muitas vezes à Champions e vender jogadores caro (sendo certo e sabido que um jogador campeão é muito mais caro que um jogador vice-campeão ou classificado no 12º lugar).

      Ponto 2: arrisco dizer que nenhum sportinguista quer pôr quem quer que seja em particular na presidência. O que queremos é ganhar, não a todo o custo como o Porto, mas ganhar. O Godinho tem ganho? Nem juízo, quanto mais. Esta foi a terceira vitória da época. Estamos em Novembro. Estamos mais próximos da descida do que de nos apurarmos para a Champions. Estamos fora da Taça; praticamente fora da Liga Europa (que nos podia dar algum dinheiro). O Godinho não joga. Mas quem é que escolheu o treinador? Quem é que escolheu a estrutura do futebol? Se não é importante para o futebol, está lá a fazer o quê? Meninos?

  22. E tudo isto vai dar em quê !??? 1-0 ao Braga … gostei !?? Gostei muito.
    Em Moreira de Cónegos será outro jogo … jogam fora, com o fantasma da eliminação da Taça … tenho medo !??? Muito medo.
    Depois receberemos o Benfica. Os de Carnide jogam bem, têm os índices de confiança elevados … tenho receio !?? Muito receio.
    Para quem ainda não entendeu, esta época será titubeante, mesmo podendo melhorar com o Franky.
    Posto isto, restará a Godinho o último ano de mandato … aí é que eu QUERO, MAS QUERO MESMO, ver onde está o projecto do Godinho … o projecto que se iniciou com o despedimento de CF e LD, e com a contratação de Franky.
    O Sporting vai perder muitos pontos, vai sofrer em muitos jogos … esta época ardeu. Se ainda não perceberam isso, tenho pena.
    O que interessa perceber, é se até final da época o Sporting estará melhor ao ponto de não existirem dúvidas sobre o treinador, sobre se podemos sonhar com conquistas num futuro a curto prazo e se há melhorias na Direcção ( papagaiagem, tiros nos pés etc. )
    Ainda vamos ter muitos dissabores esta época … digo-o como Sportinguista convicto mas como Sportinguista NÃO CEGO !!

    • E é também aí, que eu quero ver os projetos alternativos sérios dos que andam há ano e meio a pedir eleições!
      Apareçam, mostrem o projeto e se for assim tão bom, todos vamos votar nele!

      • Não me digas, que depois de 3 anos de PÉSSIMOS RESULTADOS ( dos piores da história ) ainda vais ter a lata de achar que os projectos dos outros podem não ser bons, ou podem ser nefastos para o clube !!???
        Se para o ano as coisas forem iguais, só lhes resta assumir o péssimo trabalho desempenhado, e cabe-nos a nós votar em quem tenha projectos diferentes … pelo menos isso … diferentes !! O que é pior que morrer aos poucos !??? Morrer de uma vez !??? É isso !??? Tenham juízo …

      • Há!!!Qualquer um serve!Desde que seja diferente tudo bem! Mesmo que seja uma merda…é diferente…tamos nessa!
        Acho que nem preciso de comentar!

      • Zé continuar como estamos é que não pode ser…
        Ter medo de sair da merda porque não sabemos o que lá vêm é duma inteligência medonha…

        A única justificação pra isso é estar com medo de perder o tacho…

      • Zé, como é que sabes se são ou não uma merda !??? Se forem diferentes do Godinho, é meio caminho para serem melhores … meio caminho pelo menos. Piores que este artista não serão, garantidamente !! Ser-se diferente é um dos princípios : Diferentes modos de gestão, de ver o futebol, de adquirir jogadores, de falar aos sócios … Godinho tem sido mais do mesmo …

      • Se o Zé estivesse no meio dum fogo preferia ficar quieto à espera de morrer queimado do que arriscar saltar do 10º andar e tentar sobreviver.

  23. Cherba

    Acho que foste criticado, porque muitos “sportinguistas” até preferem que se perca, para que isto vá para eleições o mais rapidamente possivel.

    Eu tou contigo – festejei a vitoria porque foi a 1ª vitoria em quase 2 meses; ganhamos a um adversário directo (infelizmente) e ganhamos, apesar de merecidamente, com muita vontade.

    Sou sócio – votei em Bruno de Carvalho, provavelmente voltaria a votar, se ele se candidatasse, mas preferia mil vezes continuar a ver aquela aventesma do GL, se isso fosse sinonimo de vitorias.

  24. Quero que o SCP ganhe sempre, quero que os labregos do porko e do benfica percam sempre.

    O SCP é grande demais para acabar e para não ser campeão.

    Espero que a equipa melhore e ganhe à merda do moreirense e aos labregos da luz.

    Acho que a direcção falhou, mas como foi eleita para três anos têm a obrigação de apresentar resultados e de resolver o problema.

    Se tal não acontecer não devem renovar o mandato e devem dar o lugar a outros.

    Temos de nos unir contra os clubes de merda que se unem para atacar o nosso, foi notório que GD causou incomodo com a visita do labrego salvador ao museu do maior clube português, houve quem ficasse indignado, talvez por não terem museu para exibir.

    Assim como somos atacados pela arbitragem por um lance duvidoso mas bem ajuizado. Pelos visto incomodamos e se estivermos unidos eles sabem que somos uma força imparável.

    SL

  25. Que merda de conversa que para aqui vai.

    1) Tou-me completamente a cagar para aquilo que as pessoas pensam sobre os meus festejos ou a falta deles. Cada um festeja o que quer. Uma vitória do Sporting, uma derrota dos andrades, um piano nos cornos do gajo da apaf ou a vitória do Barraca Abana. Estamos num país livre (e eu vivo em Angola, onde a paz é muito mais recente do que aí). Festejar é um acto tão livre como espetar um balázio nos cornos.

    2) Festejar uma vitória do Sporting é natural, genuíno, uma reacção automática do corpo humano após o boi de preto apitar para o final do jogo. Cada um faz como quer. Uns despem a camisa, enrolam o cacheco na cabeça à Rambo e correm pela rua fora. Outros simplesmente esboçam um sorriso. Ambas são legítimas e louváveis. Não vou ser eu a classificar o grau de felicidade de um sportinguista após ganharmos um jogo nem a forma de extravasar essa felicidade.

    3) Acho que nenhum sportinguista com dois dedos de testa foi para o marquês depois do jogo de domingo.

    4) Ninguém na segunda feira andou a gozar com quem quer que seja no trabalho porque sabe da nossa real situação e sabe que cairia no ridículo. Mas pelo menos suponho que deve ter tido um bocado mais de paz. E isto nos tempos que correm é precioso e ajuda a passar o dia sem nos chatearmos ou mandarmos alguém para o caralho.

    5) Ninguém aqui dá lições de sportinguismo a ninguém. Muito menos o leão à solta. Mas como estamos num país livre (ver o ponto1) cada um pode dizer toda a merda que quer sem que isso tenha consequências. Não digo que isto seja bom ou mau é simplesmente assim. Mas às vezes é difícil ler tanta diarreia mental. Principalmente para o cherba que administra o cacifo e que se sujeita a esse tipo de críticas de livre vontade apenas e só para gajos como eu andarem aqui escrever sobre aquilo que mais amamos.

    6) Os problemas de fundo não acabaram e tenho sérias dúvidas que acabem com este presidente. A solução (ou o início dela) como disse acima o cherba, é simples. Isto não implica que o godo tome boas decisões. E se formos sérios e honestos temos de elogiar o que foi feito antes do jogo com o braga, nomeadamente, a visita ao vitó pereira e o tour pelo nosso museu dado ao salvador. E após o jogo, com o comunicado dirigido ao gajo da apaf. Como para mim, acima de tudo está o Sporting e não estou ao serviço de nenhuma candidatura, é fácil e dá-me prazer fazer este elogio. Tal como é fácil criticar o godo nos incontáveis tiros nos pés que já deu desde que tomou posse. Mas graças a Deus, desta vez fomos defendidos (e bem) pelo presidente. Finalmente. A nossa vontade de ver o godo pelas costas (e a minha é grande) não pode ser superior à vontade de ver a equipa ganhar nem pode toldar-nos as ideias a ponto de não sabermos reconhecer uma boa decisão por ele tomada.

  26. caros cacifeiros,

    Para quem esteja dentro das questões orçamentais do nosso clube:

    O SCP precisa de 40 milhões de euros até março e esse dinheiro não está em caixa?

    SL

  27. Em Janeiro lá vão eles gastar mais milhões em jogadores … façam o Ony regressar e comecem a apostar no Betinho e no Rubio !!!
    Eles CRESCEM JOGANDO … ELES TREINAM-SE JOGANDO !!

    P.S : Só aceitaria uma compra de um Mitroglu ou alguém do mesmo nível !!

    • Caro Krpan,

      Deixe os homens festejar. Eu também fiz uma festa ehhheehh.
      Uma vez que já vi que domine as questões financeiras relacionadas com o clube, tem algum conhecimento quanto a eventual necessidade de cerca de 40 milhões de euros até março e que não existe provisão até ao momento.

      • Não tenho informação quanto a isso, mas muito provavelmente tem a ver com o facto de termos custos com pessoal demasiado altos (só estes superam a receita) e de as receitas “fixas” (gamebox+receitas de bilheteira) esta época terem diminuido, e continuando sem resultados desportivos positivos, previsivelmente diminuirá mais. Para além do pagamento de emprestimos (não esquecer do pagamento do empréstimo obrigacionista de 20M€ + 9.25% juros que temos que pagar em Novembro de 2014, belo negócio…)

  28. Não percebi essa dos 40M mas confesso que só vi a parte do vídeo em que o Carlos Daniel e o outro urso (que não sei o nome) falam disso. E não precisei de ouvir mais nada. Malhar no Sporting é fixe e está na moda.

    Qualquer frase de um jornalista/comentador que começa com “Há informações de que…” é lixo.

    Que informações, vindas de quem e de que forma?

    Não digo que seja mentira, desconfio é dos bois que fazem esse programa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s