Olá, eu sou o Sporting Clube de Portugal

Olá, eu sou o Sporting Clube de Portugal.
Não levo a mal que não me tenhas reconhecido. Afinal, estou longe daquela imagem bonita que te fez dar continuidade a uma paixão que já vem do tempo em que os teus avós ainda brincavam com os avós deles. E, também, não levo a mal que te mostres reticente sobre a minha capacidade de sair desta cama de hospital onde, ligado à máquina, luto pela vida. Sabes, gostava de aproveitar esta hora mais tranquila, para dirigir-te algumas palavras. Para desabafar. Para contar-te a minha versão deste período negro da minha história.

Há dez anos, mais coisa, menos coisa, tive oportunidade de colocar um ponto final na dicotomia que havia tomado conta do nosso futebol. Quer dizer, não é bem uma dicotomia, pois um dos meus rivais tem ganho quase sempre, mas eu vou utilizar esta expressão porque sei que, assim, a nossa comunicação social fica feliz. Dizia eu, há dez anos, tive oportunidade de alterar o estado de coisas. Em três épocas, fui campeão duas vezes, ganhei uma Taça de Portugal, e duas Supertaças. Os miúdos, pequeninos, iam para a escola a cantar «só eu sei porque não fico em casa». A equipa tinha craques para todos os gostos, incluindo alguns saídos da formação, o que permitia um excelente aproveitamento de marketing e a valorização de quem jogava com a verde-e-branca ao peito. A verdade, é que tudo isto foi desperdiçado face a algo que tem vindo a acentuar-se: falta de um rumo definido e falta de influência junto das estruturas que mexem com os cordelinhos deste pestilento futebol nacional.

Dias da Cunha bem alertava para o sistema, mas o seu ar alucinado de pouco lhe valeu. Ainda assim, no segundo ano, dando continuidade ao investimento em jogadores cuja experiência e qualidade permitiam o crescimento e afirmação nos nossos jovens, esteve perto de conseguir um feito inédito: com um futebol que empolgava as bancadas, ser campeão e ganhar a Taça UEFA. O sonho transformou-se em pesadelo, o arranque da época seguinte foi negro e o poder entregue a Filipe Soares Franco. Defendeu-se, então, que era hora de inverter o rumo. De poupar o dinheiro gasto em jogadores vindos de fora, dando prioridade à nossa formação. Ganhei Taças, fui à Champions, mas, aí, levantou-se outro problema: assumiu-se que era para esses objectivos que eu estava a jogar, e instalou-se a ideia de que isso podia ser bom se atrás de nós estivesse o nosso eterno rival. Sim, é verdade que o campeonato (e a Taça da Liga), fugiu por culpa de influências de apitadores e bandeirolas, mas esse é um problema que só conseguiremos resolver quando resolvermos os que temos dentro de casa. E, dentro de casa, apesar das contas se mostrarem mais risonhas, a saturação face à ausência de títulos, às contratações de jogadores medianos ou medíocres que deixavam expostos os melhores (formados por nós), e ao futebol apresentado, conduziam a mais uma mudança presidencial.

Chegava José Eduardo Bettencourt e, com ele, aquela que tem sido a política dos últimos três anos: total ausência de projecto, esbanjamento de dinheiro em supostos craques, jobs for the boys, futebol miserável, discurso demagógico com objectivo de dividir (e confundir os mais influenciáveis), para reinar. Isto para não falar na duvidosa escolha de treinadores. Ainda assim, Bettencourt teve a lucidez de se demitir, permitindo o agendamento de eleições. Agitei-me como há muito não acontecia, especialmente perante a possibilidade de mudar radicalmente o poder instalado. O acto terminou com uma das mais tristes noites de que guardo memória, e que serviu de pronúncio ao estado em que actualmente me encontro.

Sejamos sinceros: seria um milagre, se um presidente que teve que esconder-se para fazer o seu discurso de vitória viesse a ter a capacidade de unir os Sportinguistas em seu redor. Podia ter acontecido, claro que sim, mas, já diz o povo, o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita. Algo que assentava num bando de nomes conhecidos, num projecto que cabia numa folha A4, em intervenções televisivas guiadas por iPad, e em lançar a suspeição sobre os adversários, diz muito sobre Godinho Lopes. Godinho Lopes não tem o mínimo perfil para ser presidente do Sporting. Até pode estar cheio de boas intenções, mas não pode sê-lo. Foi ele que me encontrou a recuperar de um avc, é dele a responsabilidade por, neste momento, eu estar ligado à máquina. E, obviamente, estando ligado à máquina e tendo como presidente alguém de carácter duvidoso e inexistente capacidade de liderança, torno-me um alvo cada vez mais fácil. Dos árbitros, da imprensa, dos bancos, dos adversários (sejam de primeira, sejam de quinta), dos Carlos Barbosa desta vida que me envergonham enquanto adeptos, dos leões palermas que dão cara e voz nos programinhas de debate desportivo. Essa falta de respeito, essa imagem de fraqueza, passa de dentro para fora e regressa em dobro. Tanto que, basta recuar a quinta-feira para, de lágrimas nos olhos, recordar a forma vergonhosa e sem atitude com que praticamente todos os jogadores envergaram o símbolo do Leão.

Sinto-me um império transformado em exército. Em exército sem coronel, sem tenente, sem capitão, com os soldados tolhidos pela incapacidade de lutar. Um exército de quem ninguém parece querer tomar conta, numa altura em que tudo o que se pede é que alguém se chegue à frente com um projecto a sério (não será muito mais fácil assim, do que esperar que recolhas de assinaturas à porta do estádio, ou na internet, nos conduzam a algo de novo?). Mais grave: sinto que o povo, o meu povo, está cada vez mas dividido.  Vejo-vos insultarem-se uns ao outros. Vejo-vos duplicarem o números de visitas e de comentários aos blogues sempre que as coisas correm mal. Vejo-vos criticarem quem ainda quer acreditar em algo. Vejo-vos apontar o dedo, responsabilizando-se uns aos outros. Vejo-vos incapazes de agir, de dar um murro na mesa. Vejo as claques agirem em função do que mais benefícios possa trazer-lhe. Vejo-vos tão perdidos quanto eu.

Eu não quero que venham visitar-me, e olhem para mim com aquele ar de quem pode estar a ver pela última vez alguém que ama. Claro que vocês não podem lavar as mãos do estado em que me encontro. Afinal, foram vocês que foram às mesas de voto. Afinal, são vocês que também se mostram indecisos quanto ao rumo, tão depressa querendo craques que sustentem os que chegam da formação, como querem que não se gaste dinheiro e se assuma que jogamos uns anos para o meio da tabela, acreditando ser essa a forma de ressurgir. Mas vocês continuam a ser o meu chão. A minha força.
E é por isso que decidi escrever-vos, enquanto tenho forças para tal. Para pedir-vos que, numa altura em que tudo aponta para que eu possa vir a entrar em coma profundo, não me abandonem. Eu voltarei. Não sei se renovado, se remendado. Mas, espero, com força suficiente para mostrar a tudo e todos que não sou peça de museu. E para gritar bem alto, «eu sou o Sporting Clube de Portugal!»

110 thoughts on “Olá, eu sou o Sporting Clube de Portugal

  1. O post exprime o meu sentimento… estou desiludido…

    Também tenho culpa… não por ter votado em GL (votei Dias da Cunha…pareceu-me o menos mau…)…. mas porque cai na apatia e, confesso, achei no início da época que este era, inequivocamente, o melhor plantel dos últimos anos… mas com um treinador muito sofrível…

    Temos que definir um rumo… e depois de bem ponderado não devemos desviarmos do rumo optado…vão surgur dificuldades mas não podemos colocar, quando elas surgirem e vão surgir, tudo novamente em causa!

    Temos de pensar, ponderar muito bem, optar e depois mantermo-nos firmes!!!!

    A minha opção recai numa aposta firme na formação salpicada por alguns jogadores estrangeiros de qualidade… claro que face às nossas dificuldades financeiras não vai ser possível contratar essas mais valias numa só época nem em duas… vamos ter de ter paciência….muita paciência…

    Agrada-me ter glórias no SCP…mas esse não pode ser o único critério… exemplo flagrante o SÁ… mais do que a qualidade não era certamente o timing… ele não estava ainda preparado!

    Precisavamos de implementar um grupo de olheiros que funcione… tanto em Portugal (onde está o Lima, o Éder, o Neto, etc, etc, ….) e no estrangeiro (que jogador estrangeiro é que fomos adquirir e que consiguimos em seguida vender para o estrangeiro com claras mais valias? Os nossos rivais fazem-no e com uma cadência impressionante!!!!)

    Temos de ser participativos nas sedes de decisão do futebol sujo português…. temos de, pe, só emprestar jogadores aos clubes que partilham das nossas preocupações (embora com o advento da equipa B esta seja uma realidade menos vísivel…)

    O FCP tem de ser o NOSSO INIMIGO…temos de combatê-lo!!!! E se o SLB se quiser juntar que se junte….

    SL

    Agrada-me a ideia de ter sportinguistas

  2. Resistir é a palavra de ordem.
    Desde as eleições afinadas, o Sporting vive num tempo suspenso.
    Os relógios só voltarão a rodar com eleições transparentes e inequívocas.
    Qualquer revolução ou tomada de posição radical com esta gente ao leme está fadada ao insucesso. Até lá, resta a lógica do menos mau.
    Desde logo, evitar a debandada. A forma lamentável como se vendeu a maçã podre serviu de modelo para os passos que os jogadores com categoria têm que dar para abandonar o barco. O primeiro passo é tornarem-se indesejados pelos próprios adeptos. No contexto actual, a lógica da debandada faz lembrar o RAP a vender kunamis e maracatés na praça: quem dá mais por estas frutas podres. Assobiar e criticar os jogadores dá argumentos a Godinho para os deixar sair por tuta e meia (recebendo o clube uma parcela reduzida na maior parte dos casos) com o argumento de poupar em ordenados.
    Depois, ter a cotas em dia para dar rumo e depois votar.
    O clube não acabou, nem vai acabar. Está apenas suspenso. Num cenário de eleições, a coisa pode cair para dois lados, perdendo-se assumidamente a maioria da SAD ou mantendo-se a maioria da SAD. O cenário eleitoral é o ideal para abrir este debate, por isso não percebo as intervenções recentes de Dias Ferreira, a defender a tranquilidade como se já tivesse patrocinador para ficar com a SAD.

    SL

  3. Até ontem pensei que este fosse um blog livre., sem censura. Ontem verifiquei que não quando três posts que aqui publiquei foram pura e simplesmente eliminados só oirque não diziam mal da direcção do Sporting!.
    Viva liberdade de expressão

    • Saucedo,
      só há duas hipóteses dos teus comentários terem sido apagados: ou porque entravam numa discussão com um palerma de cores adversárias, ou porque entraste nalguma troca de galhardetes daquelas que terminam em medir qual das mães tem mais kms de pila.

      Acabei de recuar até dia 11, na caixa de comentários apagados, e não há lá nenhum assinado por ti. Na caixa de spam, também não. Tal como na caixa dos pendentes. Estranho, no mínimo.

      E, sim, viva a liberdade de expressão.

      • Obrigado pelo esclarecimento, Na verdade não insultei ninguém, nem lampião nem dragão, muito menos leão, claro. apenas divulguei um artigo que li num blog e que apelava à união dos sportinguistas. Mas foi apagado….estranho. mas tudo bem. Viva a liberdade de expressão e bom trabalho por aqui. Todos não somos poucos para reerguer o SCP!

      • Saucedo muitas vezes se partilhas links no comentário simplesmente o comentário nem chega a aparecer. Tenta por exemplo pegar no link de uma notícia do Record e partilha-la aqui. Não vai dar. Verificaste se o teu comentário imediatamente após o teres publicado estava cá ou simplesmente nem o chegaste a ver?

      • Já me aconteceu algo parecido ao Saucedo, acho que é o WordPress que coloca os comentários em stand-by (corrige-me Cherba se estiver errado), até porque me aconteceu algo parecido num outro blog.

        Honestamente acho que é essa razão.

      • Já me aconteceu, várias vezes até acabar de escrever, publicar e não aparecer. Mesmo recuando, copiando o texto e fazendo re-post (que se for exactamente igual terá uma mensagem de erro a dizê-lo, ainda que o comentário não tenha aparecido) volta a não dar. É a vida pá. Afinal é de graça.

  4. 1. A demissão da actual direcção ajudaria a resolver a actual crise?

    Não resolvia nada. A crise está dentro da própria equipa que se encontra completamente desmembrada, descrente, perdida. Se amanhã saísse GL, esta miserável equipa do SCP não começava, como que por artes mágicas, a jogar à bola no dia seguinte. Para além de que eleições antecipadas, nesta altura só aumentaria o clima agreste que já existe no SCP: mais instabilidade a tds os níveis (desde financeiras, a sociais… até à própria SAD, já que a equipa se via sem o homem que, pelo que parece e até os maiores críticos de GL confirmam, lhes tem garantido o salário apesar do seu vergonhoso desempenho); traria um incremento de agressividade entre sportinguistas; com consequências em mais acentuadas divisões no seio duma família que se encontra numa espécie permanente de ‘estado de sitio’. Quem ganharia com isso? O SCP não seria de certeza absoluta…

    2. Ou, ao contrário, acrescentaria ainda mais problemas aos que já existem?

    Bem, acho que a resposta a esta questão está já implícita no que escrevi em 1. Mas alguém dúvida do mal que umas eleições realizadas precipitadamente provocariam no clube? E mais, quem é que se perfila para ‘pegar’ no SCP tal com está actualmente? Nem o Baltazar que resolveu aparecer para debitar umas banalidades se atreveu a tanto… Dias Ferreira? Mas será que vêem o seu desempenho como ‘paineleiro’? O que leva alguém a crer que iria melhorar enquanto presidente do SCP? Bruno de Carvalho? Que após o efeito surpresa, só se tem enterrado e cujas aparições só denunciam uma gritante falta de capacidade quer intelectual, quer inclusivamente de ética e moral? Já nem os antigos membros da sua lista tem a seu lado… Abrantes Mendes? Que é um gde e respeitado sportinguista mas que vive completamente desfasado destes tempos tão duros com o romantismo. Boal? (RIR). Há alguém que tenha manifestado interesse em avançar para eleições? Um qlq Pedro Souto dos automóveis, talvez… Mas ñ dei conta de nada…

    3A. É uma crise apenas causada por falta de resultados, ou é de origem mais profunda e que tem a sua génese em más decisões estratégicas como sejam:

    A construção do plantel?

    Não é só falta de resultados. É mt mais do que isso, sim. Comecemos pelo plantel. É desequilibrado, já que é óbvio que faltam soluções condignas em algumas posições chave. Um 10 decente, por exemplo. Pior que ter um Romagnoli, por exemplo, que nem era assim tão mau como o pintavam, é não ter ng. Aliás, sp me manifestei altamente critico com a dispensa de Mat14s… E sp esperei q chegasse alguém para compensar essa lacuna. Pior que ter um Bojinov é não ter ng (por favor não queimem o Betinho). Pior que ter um Polga (outro injustiçado…) é não ter alguém que lhes chegue aos calcanhares. Basta verificar que não só foi o melhor central da anterior época, como manter, nesta altura, a nítida ‘impressão’ (nc se pode afirmar mais do que isso) de que com ele, a defesa estaria pelo menos mais bem orientada e teria uma voz ‘avisada’ e experiente dentro do relvado, e na liderança de um sector, que foi o menos mau num passado recente e que agora passou a ser um autentico pesadelo. Aliás, o resultado das alterações radicais que se fizeram na defesa, na passagem duma época para a outra, está bem à mostra de todos… O SCP marcava poucos golos e nc foi na defesa q esteve o nosso maior problema. Neste momento, não só pioramos o registo de obtenção de golos, como aumentamos dramaticamente a falta de coesão defensiva…

    Acrescento só mais uma ‘sensação’ que tenho vindo a consolidar. Mts dos elementos deste grupo de jogadores do SCP têm demonstrado uma falta de inteligência dentro de campo, q me deixa assustado, principalmente ao nível da ocupação de espaços. Não são fracos tecnicamente, mas mts deles, tem uma percepção e compreensão do jogo mt limitada, que não lhes permite antecipar o que os nossos adversários pretendem fazer e assim evitar danos na sua equipa. Não é à toa que raramente se ganha um ressalto de bola, por exemplo. Há algumas situações críticas que se repetem e que são básicas. Nos cantos nunca está minguem na meia-lua da gde área de forma a obstaculizar remates numa zona frontal e perigosíssima para a nossa baliza qd a bola cai ali naquela zona. H

    3B A escolha dos treinadores?

    Sim tb… Domingos demonstrou não ter manápulas para conduzir o SCP! A imagem q deixou vai mt de encontro do epíteto de Choramingas q já vinha coleccionando no Braga. A gestão do plantel e a sua condução de pessoas tb parece ter deixado a ajudar, com alguns episódios bastante suspeitos. Por fim o discurso era qlq coisa de dramático. Sá Pinto deu ânimo, trouxe um discurso mais ambicioso, numa altura crucial e numa sucessão de jogos em que o SCP não era obrigado a assumir a iniciativa, ou tinha a sorte de ver a equipa marcar cedo e resguardar-se numa estratégia de maior contenção… Mas, na prática, a equipa estagnou, deixou de evoluir até chegar a um estado de lamentável confusão que deu origem à sua saída. Afalta de confiança nas suas ideias e/ou a incapacidade de as colocar dentro do relvado revelaram-se fatais. Acho que foi tb por aqui que a crise se agravou.

    Soluções? Poderá passar pelo regresso de alguns lesionados ou estranhamente proscritos. Pereirinha deixou saudades (Cédric após um começo prometedor, tem vindo a decepcionar bastante…). NO meio campo não se percebe a ausência total de André Martins, um dos poucos junta a inteligência com a técnica e até alguma criatividade. Adrien de titular passou para quase inutilizado… E Schaars, que começou numa forma lastimável, mas que me parece ser tb dos pcs com uma percepção colectiva do jogo. Jeffren precisa de ter sorte… Sp que promete ‘explodir’ vê-se afectado por lesões… Pior só mesmo Izma que à debelidade física parece acrescentar problemas do foto psico-motivacional… Enfim, é preciso que aconteça mt coisa e em simultâneo para que esta equipa venha ainda a produzir qlq coisa de minimamente interessante nesta época. Vercauteren tem realmente mt trabalho para fazer e não sei se terá a capacidade para recuperar uma equipa que recebeu em frangalhos.

    • Mas os problemas do Sporting começam ou acabam na equipa de futebol??? Não abram a pestana não…

      Click to access ir_relatorioecontas2011-2012anual.PDF

      O Problema está aqui

      http://www.forumscp.com/index.php?topic=48290.0

      Está aqui

      http://www.forumscp.com/index.php?topic=49233.0

      Está aqui

      http://www.forumscp.com/index.php?topic=42529.0

      Está aqui

      E está em muitas outras coisas…

      Esse texto só revela, das duas uma, ou uma tentativa de atirar areia para os olhos dos outros, ou então um total desconhecimento do que se passa no Sporting…

      SL

      • Poia estás enganado,GL não joga nem a central nem a PL,ou será impressão minha……
        Já nem adianta,enfim…….
        Amanha se o Wolfs não marcar à 1ª oportunidade que tiver e se com isso condicionar o nosso jogo(como tem acontecido),ou se a defesa cometer algum erro infantil,é porque a culpa é do Godinho…..
        Neste momento a nossa melhor solução é começar a ganhar jogos,já temos 1 bom treinador,agora é esperar que dê frutos,Roma e pavia não se fizeram num dia já dizia o povo.Altura de construir,não de destruir.Acredito numa viragem do nosso futebol,para pior já não dá mais.
        Não podemos ficar à espera que GL se vá embora para começar a ganhar jogos,temos que os começar a ganhar,temos que crescer como equipa,temos que desenvolver.

      • Mas afinal quem é que deu aval à contratação destes jogadores?
        Quem é que escolheu o Duque?
        Quem é que despediu o Duque?
        Quem é que escolheu o Freitas?
        Quem é que despediu o Freitas?
        Quem é que escolheu o Domingos?
        Quem é que despediu o Domingos depois de 3 dias antes garantir a sua continuidade?
        Quem é que escolheu o Sá para se livrar das críticas?
        Quem é que despediu o Sá?
        Quem é que escolheu o Oceano para ver se dava alguma coisa?
        Quem é que escolheu o Vercauteren ao fim de não sei quantas semanas?
        Quem é que escolheu o Barbosa?
        Quem é que escolheu o PPC?
        Quem é que vendeu ao desbarato o João Pereira e o Matias?
        Quem é que ofereceu o Onyewu?

        Ele não joga, mas decide, certo?
        E que boa merda de decisões tem tomado!

        Abram os olhos caralho!

        Por muito que o Cherba faça posts a alertar para a merda que se está a tornar o nosso clube, aparecem sempre aqui os habituais “temos que apoiar”, “GL não marca golos”, “eleições agora não vão resolver nada”.

        O que não vai mesmo ajudar nada é manter esta gentinha na frente dos destinos do clube até nos tornamos em mais um Rangers ou Salgueiros…

        SL
        José

      • ,,,,Ao menos não ando a desejar derrotas ao MEU Sporting.Se a VOSSA única solução é ver o Sporting perder para contribuir para a saída de Godinho eu estou fora.Amo o Sporting demais para deixá-lo de apoiar,não critico quem o faça mas não me peçam para contribuir em causas a favor de derrotas do meu clube.
        Vocês querem é o fim do Sporting,só vocês é que o desejam.Dps ainda dizem que amam o Sporting,po caralho.
        “É melhor descer de divisão,é melhor perder,etc etc”,Zé estes comentários são mais dignos de um sportinguista não é?
        A solução nunca mas nunca pode ser com derrotas só porque contribuiria para a saída do Godinho.Dps dizem que não querem que o Sporting perca…Falsos.

      • Zé…
        neste caso não deixa de ser irónico dizer que seria “obra” e “graça” do(s) Espirito Santo… (entenda-se dos “BES”)

    • Interessante mesmo é achares que há uma espécie de solução (ou rendenção) em nódoas de jogadores do passado, para justificar a ausência de melhores alternativas do presente.

      E não: o melhor central da época passada foi Oguchi, de longe (e é isso que demonstra a ausência de capacidade de recuperação de bolas este ano, e não apenas por alto). Compensava a sua desemPolgante companhia, melhor que em anos anteriores, mas queria-se algo mais (ou vá lá, algo…) ao lado dele.

      A Defesa, sector nevrálgico de qualquer equipa que ambicione voar, alicerce essencial pelo qual se deve começar a construir uma equipa (e abençoados que estamos com um GR de nível mundial), continua um merda, mas não é por termos deixado alguma merda para trás. É por não termos jogadores com nível a assumir o lugar no presente, e o teu raciocínio é, por isso, todo ele um ciclo vicioso de vácuo que não leva a nada.
      É portanto simples: temos que ter um LD que saiba (sobretudo) defender, e que se souber atacar também e fazer o corredor todo, melhor; temos que ter um LD idem aspas; temos que ter Defesas Centrais dignos desse nome, e não este desamparado Rojo que exige alguém com experiência ao seu lado, nem este Boula que tem passado tanto tempo no estaleiro que se torna difícil perceber se ainda vale alguma coisa ou não (parece a reencarnação do peruano).
      Razões da saída do Oguchi? Teria lugar de caras nesta equipa, nem que Boula estivesse espectacular e se tivesse que encostar Rojo à esquerda (onde muitos dizem que renderia muito mais), ou o próprio Boula à direita. Ou seja, não há razões possíveis, que não sejam questões mal geridas de relacionamento com o treinador (um boato, bem sei, mas que sempre é melhor que a justificação de um surto de demência…).

      Há mais problemas? Querem um 10, um PL? Outro treinador, outros métodos de trabalho?
      É capaz de ser tudo bem verdade, mas as minhas modesta capacidades só me permitem pensar em solucionar um problema de cada vez.
      A começar pelo primeiro. E que apesar disso, se arrasta há muitos anos (desde, pelo menos, 2002)!

      • Não falei em Xandão, mas dificilmente considero isso um lapso.
        Se a tua intervenção vai no sentido de insinuar que Polga era “tipo” xandão, por mim tudo bem, até sou capaz de condescender.
        Com uma vantagem para Xandão, porém, e que não é de somenos: não estou à espera de ter que gramar com ele durante 9 anos!

  5. Cherbarkov,

    Lembraste quando no Cacifo , talvez vá para dois anos, se escreveu um texto baseado na Divina Comédia de Dante? Eu fui um dos que achei que estávamos a ser hipernegativos, reconheço que me enganei. Com a saída de Domingos, deixei de ser sócio, nós não devíamos usar chicotadas e técnicas de manipulação baratas, nós deveríamos ser profissionais. Hoje o adepto triste, apenas deseja bom senso e a vocês que querem melhorar este estado de coisas sorte, calma e resiliência para os desafios que vos esperam.

  6. Está visto que para o Godinho sair de lá temos que perder contra o benfica. Pode ser que aí alguém se lembre de lhe dar um murro nos cornos e ele ganhe vergonha na cara de vez.

    • Leão à solta,eu desejo a saída do Godinho tal como a maioria,presumo,mas uma coisa te garanto como já te tinha referido,não desejo derrotas ao meu Sporting,sei que contribuía e muito para a sua saída mas eu quero que o Sporting ganhe sempre,quer jogue bem ou pessimamente como tem acontecido,e como tal ganhar com o Moreirense e Lampiões é obrigatório,ou ganhamos pontos nos próximos jogos aos nossos adversários mais diretos ou morremos na praia.Eu ainda acredito neste Sporting,não nesta direção.Nem sempre o melhor caminho é o caminho mais torto.
      Abraço.

      • Também não desejo derrotas do meu Sporting, mas isto que aqui anda já não é o meu Sporting, é um sportinguizinho de alguém, que não o meu certamente.

        Como tal, se me disserem que podemos ganhar 1-0 aos lampioes, que ficamos todos contentes nessa noite, que levamos com o godinho flopes mais uns meses e depois voltamos ao mesmo, perdemos contra todos os moreirenses desta vida, ficamos para o fim da tabela, e 3 clubes quaisquer que estão no nosso grupo nos humilham na taça da liga e depois então o presidente se põe nas putas, ou que em alternativa, levamos já 3 ou 4 batatas dos lampiões e arrancamos este cancro do nosso clube, aí então assino já por baixo a 2ª. Prefiro amputar o pé agora do que ambas as pernas daqui a 6 meses

      • sim senhor ricos adeptos. Isto de torcer pela derrota do SCP como parte da solução apenas demonstra que não há solução. A pensar assim é fácil perceber como caminhamos.

  7. Eu sou do tempo:
    – Das cadernetas de cromos (Yasalde, Jordão, Damas..)
    – Da CUF, Atlético, Boavista, Leixões, Oriental, Belenenses de 1ª.
    Estou apreensivo se poderá acontecer o mesmo ao Sporting.
    Estou apreensivo ao ver que o Sporting, qual Titanic, se está a lentamente a afundar, enquanto a orquestra nos continua a dar música, a viver e a pagar à grande, a pedir união (apoiar a sua má gestão ?), a pedir silêncio (quem cala consente).
    Quando já não houver mais património para alienar, receitas futuras como garantia, não venham pedir mais $$$$ aos sócios, para esse peditório não dou.
    Que o peçam a quem tem ao longo dos anos, aprovado as contas, as auditorias e a quem tem lucrado com o Sporting.

  8. VÁ, tudo a animar malta.
    O Sporting jamais irá acabar.
    Somos muitos e bons.

    Agora, aqueles que lá estão que não metam os Sportinguistas á prova por demais tempo.
    Aqueles que lá estão por “gosto” e recebem “alguns” € em troca que não pensem que a incompetência, a vulgaridade, a banalidade são a face e o rosto dos verdadeiros Sportinguistas, são de quem a pratica e serão eles que ficarão manchados na história, e que de vez, esses que lá estão a passear o símbolo não se esqueçam dos sacrifícios dos adeptos…….eles não duram sempre…….os sacrifícios.

    Roquette
    Soares Franco
    JEB
    Godinho

    São apenas pessoas que fizeram da demagogia o seu lema.
    O que os difere do outro ? Apenas um melhor contabilista.
    O Sporting para eles foi um saco de experiências.
    A banca ? O parceiro de laboratório.

    Sinto que esperamos todos que apareça um político com influência que dê um verdadeiro murro na mesa e aponte o dedo aos vigaristas e criminosos que o rodeiam, o mesmo se passa no Sporting.

    SL Sempre.

    • “VÁ, tudo a animar malta.
      O Sporting jamais irá acabar.
      Somos muitos e bons.”

      O problema é que somos cada vez menos e a qualidade do adepto sportinguista é duvidosa. Nas últimas eleições ficou bem patente isso. Felizmente ainda há alguns com os olhos abertos.

      • Com este caminho dos últimos anos somos cada vez menos e cada vez será mais difícil veres os miudos quererem ser do Sporting.
        Já vejo isso em filhos de amigos meus sportinguistas.
        Não querem ser do Sporting, querem ser tripeiros, ou até mesmo lampiões.
        Assim vai definhando o nosso clube…

  9. Pois é meus amigos, sinto uma grande angústia e impotência pelo que se está a passar no clube, e ainda é mais doloroso porque o que o cherba aqui expressou é a apinião dominante do universo dos adeptos sportinguistas, mas que é contrariada por uma minoria de sócios, mas que ainda tem peso suficiente para ter a maioria nas urnas de votos, ainda que com “afinações”.
    E a debandada dos associados que estão desanimados só contribui para que esta minoria elitista seja ainda mais reforçada, ela que tem sido a responsável pela perpetuação da linha roquetista de destruição do clube. E tudo isto começou com a entrada de Santana Lopes no clube, e quem melhor que um político que está habituado a enganar o povo para fazer o trabalhinho sujo preparando a entrada desta gentalha (Roquettes, ricciardis, nobre guedes, etc, etc…) para parasitarem o clube e delapidarem todo o património…
    Nessa altura Sousa Cintra tinha deixado um clube com património e um mísero passivo comparado com o actual, tínhamos um estádio olímpico com uma pista de atletismo de excelente qualidade, possuíamos as naves para as modalidades e uma piscina, e mais importante, o clube tinha mais de 100 mil associados, com diversas origens de classes sociais, era popular, e era o clube com mais sócios de Portugal. Foi nessa altura, início dos anos novente, que eu, ainda estudante, me associei ao Sporting. Também nessa altura se associaram muitos amigos meus. Tinhamos uma massa associativa jovem, e um projecto desportivo no futebol que passava por ter uma equipa com a base da selecção portuguesa campeã mundial sub-20 em 1991. Era um bom projecto, um projecto que cativava e com futuro.
    Mas a corja sabia que para levarem o seu projecto avante teriam de destruir esta base popular de apoio, então a direcção de Santana Lopes, tratou de no seu mandato duplicar o valor da quota, de 500 escudos mensais passou para mil escudos. O meu irmão deixou de ser sócio, os meus amigos também, e eu para me conseguir manter sócio, tive de abdicar de sair tantas vezes como gostaria e passei a ir menos vezes a Alvalade, paralelamente esta direcção dava outra machadada acabando com o Voleibol, Basquetebol e Hoquei Patins.
    Com estas acções conseguiram reduzir em grande parte os sócios do Sporting, deixando os mais abastados (elite) ou os que como eu tiveram de fazer sacrifícios para se manter sócios, e assim chegámos aos tempos de hoje.
    POR ISSO APELO A TODOS OS SÓCIOS QUE ESTÃO CONTRA ESTA LINHA DE DESTRUIÇÃO DO SPORTING QUE NÃO ABDIQUEM DE SER SÓCIOS E DE PARTICIPAREM NA VIDA DO CLUBE, PORQUE ASSIM SÓ ESTARÃO A DAR TRUNFOS AOS CROQUETES DESTA VIDA!

  10. Fdx Cherba, os teus textos são um exemplo e dão-me vontade de sair do sofá e fazer alguma coisa pelo meu clube. Agrada-me também ver tantos comentários a cada um dos teus posts. Mostram que o Cacifo é um grande baluarte de resistência sportinguista. Deixo aqui um link para um artigo contra todos os Carlos Barbosas do nosos clube:

    http://mentiradesportiva.net/2012/11/25/e-por-causa-de-merdas-como-este-que-o-sporting-esta-assim/

  11. Que o Sporting há-de ressurgir, não tenho dúvidas. Até porque andamos em crise desde que me lembro. E a minha memória não é curta. Se fosse para morrer já tínhamos ido há muito.

    Para quem idealiza os consulados de João Rocha e Sousa Cintra – que, para o bem e para o mal eram verdadeiros líderes, reconheço – eu recordo a permanente falta de dinheiro (por vezes colmatada por um empréstimo do presidente), a crença eterna em paliativos, fossem eles bingos, bombas de gasolina ou projetos imobiliários. Lembro-me do consulado do Jorge Gonçalves e de quase termos ido ao fundo; Eu que nunca tinha votado estive na fila da até então mais participada eleição – infelizmente sem que isso o impedisse de ganhar. Lembro-me bem de decisões idiotas que nos custaram caro, como o despedimento de Bobby Robson. Só para dizer que o projeto Roquete não nasce do vazio mas já então duma decadência diretiva que nos deixou sem um rumo certo.

    Por uns tempos as coisas até parece que iam correr bem; mas uma sucessão de erros de amadores por parte daqueles que se diziam como os profissionais trouxeram-nos atá onde estamos.

    Não tenho nada a ver com esta direção, mas a minha opinião é que deve levar o mandato até ao fim. Isso não impede que se vá discutindo o clube e propondo alternativas para o futuro, duma forma o mais serena possível. Gostaria, como muitos de vós, de acreditar que a alternativa está já ali ao virar da esquina e se chama Bruno de Carvalho; No entanto, depois de ter lido o PDF do homem, de ter assistido a várias sessões de esclarecimento e ter tentado extrair o sumo de tudo isso, confesso que me aterroriza a ideia desse sujeito aos comandos do nosso clube. Até porque se pode sescer sempre mais fundo.

    Infelizmente o que cativa as pessoas é o dinheiro. Lembro-me que um tal Brás da Silva que ninguém conhecia de lado nenhum bastou acenar com alguns milhões para rapidamente disparar nas sondagens de alguns blogs. Outros prometem investidores com milhões nos bolsos, e podem crer que ganhará quem mostrar os bolsos mais fundos.

    Infelizmente é muito difícil discutir o Sporting no estado de desunião em que estamos. Quem me dera poder-se discutir a política do clube sem se ser imediatamente apelidado de croquete ou brunete. Eu quase que já desisti, pelo menos aqui no Cacifo…

    Mas havemos de por cá andar ainda por mais algumas gerações. Se é a lutar pelo título é que não sei…

    • No tempo de João Rocha e Sousa Cintra éramos RICOS, e porquê? Porque tínhamos património e acima de tudo tínhamos uma grande massa associativa, a maior de Portugal e quanto ao facto de pontualmente não haver dinheiro, isso tinha a ver com a gestão de tesouraria, que nessa altura não era comum ser alimentada por sucessivos empréstimos bancários, que como se sabe resolvem um problema imediato e criam novos problemas no futuro com o serviço da dívida.
      Hoje é que é bom! As maravilhosas sad’s vieram resolver o problemas dos clubes, temos um clube sem rumo, sem património, sem sócios e a única coisa que aumentou em grandeza foi um passivo monstruoso…

      Para mim a solução não tem de estar em Bruno de Carvalho, a solução passará pelo melhor projecto de ruptura com esta linha que tem sido seguida desde 1996, mas se desses projectos, o melhor for o de Bruno Carvalho, porque não votar na sua lista…

    • Mas haverá descida mais rápida que a que o Sporting está a ter com as duas últimas direcções?

      – O passivo a aumentar às dezenas de milhões ao ano.
      – Lutar pelo título, nem em sonhos e com records atrás de records de distãncia para o campeão.
      – Champions nem vê-la.
      – Ultrapassados duas vezes em três anos pelo Braga (a caminho de 3 em 4 com esta época)
      – E este ano, mais um record de ver-se eliminado em todas as frentes em pleno Novembro.

      E ainda vêm dizer que BdC é que o mau da fita?
      E ainda podemso ir mais fundo que o caminho que estamos a seguir?
      Só podes estar a gozar…
      Há gente que não abre mesmo a pestana!

      • edu.. tu já metes nojo, começas cada vez mais a deixar cair a mascara… não passas de uma lambuças como outros.

        Porque nunca ninguém disse que o Bruno ou outro são a salvação. As pessoas apenas viram uma maneira de ter esperança e uma pessoa/projecto em que acreditam.

        Ninguém é salvação.

    • Óh Cerdeira vai dar banho ao cão, porque aquilo que tu queres sei eu!

      Vocês até se cagam todos, só de imaginar que pode chegar alguém ao Sporting sério que vá investigar toda a porcaria que antigos presidentes fizeram e que os possa meter em tribunal!

      Não enganas ninguém!

  12. Os erros na minha (modesta) opinião estão na péssima planificação desta época. Desde a renovação com Sá Pinto às dispensas/contratações. Se a equipa estivesse a ganhar ninguem falava no Godinho ou nos “problemas financeiros”, essa é que é a verdade, os maus resultados alimentam muita gente, muitas divagações, dissertações e paranóias variadas.

    Poderemos então apontar o dedo à direção, visto esta ser, em 1ª mão, a responsável máxima pelo futebol e tudo o que o rodeia, referindo-me em particular às tais contratações,etc,etc.?? Claro que sim, quanto mais não seja porque suportou tudo isso.
    Portanto quando se fala em estabilidade, faz tambem todo o sentido dizer que somos vitimas da falta desta, porque se tivessemos uma direção tarimbada, unida e experiente, provavelmente todos os erros cometidos ou alguns deles pelo menos, poderiam ter sido evitados.

    E mudar mais uma vez de direção ajuda à coesão e estabilidade?
    É uma panaceia, tem um efeito calmante mas tambem perigoso, pois como se está a ver pelo reinado de Godinho, ao minimo passo em falso, descamba tudo e o “prédio” desmorona-se em cima da própria cabeça.
    Vamos então mudar novamente de dirigentes…
    Este é o denominador comum nas intervenções que aqui leio, e estou à vontade para dizer o que penso, pois nunca, em nenhuma altura, fui apoiante de Godinho.

    Tal como li por aqui muitas vezes que o J.Pereira era uma merda, assim como o Polga, inclusivé o Oguchi não fazia falta.
    Pois podiam ser três merdas individualmente (o que devo dizer discordo), mas em conjunto eram coesos e falhavam pouco, o que é atestado pelos numeros defensivos relativos à ultima época e ainda mais notório se compararmos com as prestações de 2012/13.

    O que quero dizer com isto é que devemos todos olhar para nós próprios e para o que tem sido o Sporting que NÓS temos feito.
    Sim, porque em ultima análise, nós pedimos a cabeça do Peseiro e ficámos com duas, a deste e do Dias Da Cunha.
    A partir daí, levámos com S.Franco sem escolha, mas depois fizemos cair P.Bento, elegemos Bettencourt e elegemos Godinho. NÒS!
    Portanto meus caros, queixem-se, lamuriem-se, mas percebam que temos trilhado o nosso próprio caminho e que mais uma vez estamos à beirinha de encetar por novo trilho, à custa do Sporting.

    Não é só o tipo do ACP, os comentadores fraquitos ou os paineleiros de serviço, somos todos, a ter muita responsabilidade no que está a acontecer.
    É tempo de toda a gente assumir isso. Já será um começo.

    • É exactamente a minha opinião, Yorda9. Do melhor e mais lúcido que tenho lido por aqui.

      Especialmente esta parte

      “O que quero dizer com isto é que devemos todos olhar para nós próprios e para o que tem sido o Sporting que NÓS temos feito.
      Sim, porque em ultima análise, nós pedimos a cabeça do Peseiro e ficámos com duas, a deste e do Dias Da Cunha.
      A partir daí, levámos com S.Franco sem escolha, mas depois fizemos cair P.Bento, elegemos Bettencourt e elegemos Godinho. NÒS!
      Portanto meus caros, queixem-se, lamuriem-se, mas percebam que temos trilhado o nosso próprio caminho e que mais uma vez estamos à beirinha de encetar por novo trilho, à custa do Sporting.

      Não é só o tipo do ACP, os comentadores fraquitos ou os paineleiros de serviço, somos todos, a ter muita responsabilidade no que está a acontecer.
      É tempo de toda a gente assumir isso. Já será um começo.”

      Só te faltou referir o anti-Benfiquismo que para muitos parece ser condição essencial de Sportinguista, quando ainda hoje o Porto ganhou com um pénalty a favor do Braga não assinalado… Para manipular os Sportinguistas basta agitar a bandeira anti-Benfica como se eles não tivessem ganho praticamente o mesmo que nós nos últimos anos… Temos que olhar mais para nós e para o que andamos a fazer. Godinho é péssimo, deveríamos começar por aí.

  13. Anti-sad’s, não duvido de tudo o que dizes porque é um facto !

    DE-LA-PI-DA-RAM o SPORTING.

    Estamos a falar de gente muito perigosa, com apenas e só, interesses financeiros.

    Vai de correr com os sócios, o objectivo torna-se mais controlável.

    Godinho ? Sim é o presidente, mas não me esqueço do que fez nas eleições.
    UM AUTÊNTICO FANTOCHE !
    Como se estivesse em debates políticos da nhãnhã.
    É mau demais o que está a acontecer no Sporting.
    A depressão constante, a falta de espírito.

    Acredito que o Engenhocas Flopens esteja neste momento a ver a embrulhada disto tudo, tentando agir, tentando mostrar-se um homem do desporto, núcleos, Oceano……tudo pra freguês ver.
    Apenas um pobrezinho com uma engenharia.
    Entrou com mentiras, com ai a banca ai a banca, eu sou o homem da banca, metamo-nos de joelhos….tristeza.
    Ao Engenhocans FlipFlopens, eu lhe pergunto:
    Quem entra num projecto desportivo com mentiras, política miserável, e acima de tudo com a expressão “sem mim o Sporting morreria, eu sou o único…blá blá…blá”, está á espera de quê ?
    -que acreditemos mais em si ?
    -que confiemos em alguém que em vez de puxar pelos adeptos mais sinceros, puxou por aqueles do “ai a banca, ai a banca”.

    SL a todos os sinceros leões.

    Futuramente não podemos mais aceitar que venha alguém intimidar os sócios e adeptos, alguém que ALIMENTE os amigos internos e externos.
    Quem precisa de alimento é o SPORTING !

  14. Parabéns Cherbakov, excelente analogia.

    A doença que o Sporting padece é grave e limitativa mas ninguém duvide que tem cura. São precisas duas coisas, bons médicos e vontade de tomar os remédios, mesmo os mais desagradáveis.

    Abraço de Leão,
    Verdão

  15. Por mais que goste destes posts cheios de Sportinguismo, por mim já chega de apatia. Se queremos realmente fazer algo pelo Sporting tem que ser agora. Ou com manifestações, ou ações contra a direcção, ou criação de grupos de pessoas do povo do Sporting, especializadas e com ideias, que possam criar novos projetos.

  16. Só faltou recordar que o Duque é um dos que ajudou a não aproveitar aqueles dois campeonatos quase seguidos e falar do anedótico conselho leonino. De resto mais um grande post e uma bela resposta a quem te acusava de ser demasiado optimista e não perceber quais os reais problemas do Sporting.
    um abraço directamente de Macau e continua o teu verdadeiro serviço público leonino.

  17. Vivo em fora e tenho agora um vizinho português (porreiro) que é do benfica (pena). E não torço. Devagarinho disse-lhe que continuamos a gostar de lhes ir ao cú!
    Grande posta Cherba. E saucedo eu tb tive a sensação de ter os meus coment’arios elimindados mas acho que foi outra cena qq.

  18. Diogo B.,
    Claro que se pode fazer mais.
    Mas acredito sinceramente que as nódoas que ocupam lugares estratégicos no Sporting acabarão pouco a pouco por serem limpas , elas anulam-se umas ás outras.
    O que se tem passado no Sporting nos últimos anos é inconcebível, falta de exigência, desculpas permanentes, mesmo nas vitórias se sente que falta algo.
    O Leão á solta disse algo verdadeiro, a qualidade do adepto Sportinguista é duvidosa.
    Há o adepto que dá permanentemente o benefício da dúvida, digere a situação derrotista com relativa simplicidade, tornou-se um hobby ( mesmo este adepto começa a ter noção do ridículo, que lhe falta algo)
    Não estou a menosprezá-los, a fazer juízos de valor, apenas digo que lhes falta ALGO, até eu já me vi nesta situação.

    Há o adepto que está arrebentado há muito, que não admite que se ganhe por 1, que se fique em segundo ou que se anime mais se aquando da sua derrota vier a derrota do vizinho, quer é ganhar, não quer falinhas mansas, que se dê tudo, que os atletas encarnem o verdadeiro espírito desportista que empolga as bancadas, que os atletas puxem pelos adeptos, que os façam vibrar.
    É isto o desporto, tem que ser isto o Sporting.

    Eu sei que dói ver apenas 27 adeptos no aeroporto a receber os turistas, sei que dói.
    Sinto que quem está na direcção irá calcular muito bem os próximos passos porque a agitação é tremenda.
    Nós Sportinguistas podemos pôr 50.000 num ápice em Alvalade, nunca se esqueçam disso, não é o facto de terem estado 27 que nos desvie da realidade.
    Ainda somos muitos e bons.
    Nunca se esqueçam.
    Quanto a esta direcção………ás vezes uma nódoa não sai á primeira nem á segunda…..é uma questão de tempo.
    Se batemos no fundo ?
    Acredito que sim.
    Se iremos ficar lá ?
    Nunca, temos alma para dar e vender.
    São nestes momentos que……..

    • Concordo com tudo menos com um aspecto: “Mas acredito sinceramente que as nódoas que ocupam lugares estratégicos no Sporting acabarão pouco a pouco por serem limpas , elas anulam-se umas ás outras.”

      Já não acredito nisto. Perdi essa crença no dia das eleições, no qual fiquei com lágrimas de raiva pela ditadura que estava instituída no meu clube. A pouco e pouco fui percebendo que a bola a rola é aquilo ao qual às pessoas mais ligam e, ao mesmo tempo, o que menos interessa.

      É por isso que já me comecei a mexer. Eu vou dar o que tenho e o que não tenho pelo Sporting para, no mínimo, ir para a minha cova de consciência tranquila.

  19. Grandissimo ‘post’ Cherba!!!

    Com maior ou menor detalhe (quer de ordem financeira ou histórica ou outra qualquer) creio que os verdadeiros Sportinguistas se revêm no que escreveste.

    Neste momento, no que à equipa de futebol principal o que faria era tão simplesmente chamar Dier, Esgaio, Bruma, João Mário, Betinho e um dos centrais e … COLOCÁ-LOS A TITULARES… com Rui Patricio, Rojo, Insúa, Rinaudo, Capel, Wolfswinkel… O resto ia tudo jogar na B…

    O SCP ao invés de ser uma alegria, tem sido um calvário nos últimos 3 meses…

    SL

  20. Se calhar o problema não é só de organização e/ou liderança. E se em clima de austeridade total, o aumento fiscal previsto para o ano que vem esteja a “drenar” o ânimo e a vontade de os jogadores ficarem por Portugal?

    • Então e nos outros clubes portugueses não é igual ? Ou no porto e no benfica é diferente e não estão em Portugal ?

      O problema, GreenMan, é que no nosso clube não existe Liderança que meta respeito aos jogadores, aos directores e a todos os funcionários.

      • Cerdeira… primeiro temos que ver os candidatos que se apresentam nas eleições e depois é que podemos analisar qual é a melhor solução. Mas terá sempre que ser uma que diga a verdade aos sócios. E que não entre em mentiras como fez o Godinho Lopes.

        E o Godinho também se pode candidatar com o projecto que bem entender, se tiver coragem para isso.

        O que não é credível de certeza é esta direcção actual. Nem ela, nem qualquer uma que venha com a mesma gente dos últimos anos e os mesmos conflitos de interesse.

      • “Que não entre em mentiras como fez o Godinho”?Consegues adivinhar?És adivinho então.Se ninguém o conhecer de lado nenhum vai ser a mesma merda.
        Credibilidade todos têm,pelo menos na apresentação da lista.O pior vem depois…..

      • Entao a solucao e deitar esta direcao a baixo e depois ver qual e a solucao.? Entao mas parta deitar a baixo uma direcao tem q haver ja uma alternativa credivel.
        Por essas e por outras e q não estou de acordo com eleicoes antecipadas. De momento não ha alternativa.
        Deitar a baixo so por deitar a baixo para mim não e solucao.
        Prefiro aguardar ate as proximas eleicoes e depois escolher.

      • Solução credivel já há… Para se ter credibilidade tem que se ter palavra e cumpri-la (coisa que não aconteceu neste ano e meio), nao chega repetir “sou credível” até á exaustão…

      • Conclusão:Não existe solução à atual direção,ponto.Existe 1 problema mas soluções nem vê-las.
        Credibilidade todos têm no papel,agora pôr em prática é que é pior….
        Quem é que me garante que quem vier não fará pior?Ninguém.

      • Portanto ficas na merda porque temes que quem se segue seja pior…

        Boa maneira de pensar…

        Arranjaste uma namorada que te dá porrada, mas como tens medo que outra qualquer seja pior vais levando nos cornos… Tá certo então

      • Então não fales de credibilidade porque isso não existe em simples listas.
        Godinho tinha uma lista,tinha 1 projeto,tinha pessoas para esse projeto,logo tinha credibilidade,este tipo de credibilidade todos têm,mas apenas na teoria.
        Mudas o nome mas o sistema permanece.Que grande mudança não haja duvida.
        Fico na merda à mesma,aliás ficamos na merda,tbm estás incluido ou pensas que não?Ou como é que pensas que tem sido a nossa realidade?Credibilidade no Sporting?Teria de recuar,sei lá nem me lembro,para cima de 20 anos.
        Se quero dar outro rumo ao Sporting?Claro,não queremos todos?
        Agora querer tirar alguém do poder sem nenhum tipo de alternativa,ou querer lá pôr alguém que possa fazer pior,isso é que não é rumo.
        Eu voto no Sporting,não voto no Godinho.O meu voto é importante demais para votar em individuos que só querem o Sporting para uso da sua própria imagem.
        Não quero ficar na merda lógicamente,apenas quero uma boa opção,uma boa alternativa,e isso Krpan não existe.Não digo que não apareça essa alternativa,desejo e muito.
        Não achas que já deveria ter aparecido alguém a reclamar o lugar?Em vez disso estão se a descartar…

      • Existe sim edujuveleo, e aquilo que tu “queres” é demagógico… não existem pré-candidatos a presidencia, até porque isso não faz sentido nenhum….. Não existe nada porque não vão haver eleições (ou pelo menos não estão marcadas)… E mesmo na altura em que este gajo foi empossado haviam alternativas, só não vê quem não quer, ou melhor, havia uma alternativa

      • Óh edujuveleo … eu não sou adivinho não!
        Tal como eu vi que o Godinho era mentiroso, muitos mais tiveram a mesma analise.

        Quem não viu que o Godinho era mentiroso, então tem que começar a prestar mais atenção aos assuntos do Sporting e à postura de promessas/ideias dos candidatos.

        O problema é mesmo esse… é que pelo menos metade dos sócios vivem na ignorância e são facilmente enganados (uns por culpa própria e outros não).

      • E.. será que era preciso muito, para ver que a conversa dos 100 Milhões eram mentira ?

        E os jogadores nos Fundos só após 2 anos ?

        E o investimento sem aumentar o passivo ?

        E o Sporting independente da banca ?

        Será que mais ninguém viu que estas promessas/ideias eram mentira ?!

        Porra… para a próxima têm que abrir mais a pestana!

  21. Diogo B.,
    Bem sei que te tem faltado/falhado algo importante nos últimos anos. O Sporting, a Alegria.
    Também a mim.
    E concordo que puxes pela malta, é de leão, mostra que amas o teu Clube.
    Talvez vivas mais o Sporting que a maioria, tens nervos de aço.
    Tudo o que possas dar de bom ao Sporting será benvindo.
    No meu caso, admito que já dei mais do que dou, custa-me pactuar com a incompetência a todos os níveis.
    Se podia fazer mais ?
    Claro que sim, sempre se pode fazer mais, uns mais que outros.
    Penso que esta direcção a cair, será naturalmente, já gastaram as vidas todas.
    Admito até que não nos classifiquemos para a Europa, por consequência caíra em Maio.
    Acho bem que se preparem projectos, para que então nas eleições possamos escolher.
    As anteriores mostraram o quanto estamos divididos, começando pelos dirigentes.
    As últimas eleições foram uma lição pra todos.
    Consigo ver duas situações:

    Ou se força a queda da direcção, por tabela, Vercauteren, por tabela, jogadores e a coisa fica feia em termos organizativos (ela já está eu sei).
    Tem que ser tudo muito bem feito, director desportivo, treinador, e acima de tudo, uma fortíssima organização directiva, isto tudo tem que ser bem pensado.
    É claro que também vejo uma limpeza geral, trazer os putos da B, começar de novo mas…

    A segunda situação é ver aonde é que isto vai parar, não quero parecer letárgico nem hipócrita, apenas acredito na ordem natural das coisas.
    Repara, ou isto muda drásticamente até Maio ao ponto de nos voltarem a dar a mínima esperança, ou então andamos nisto até lá e que venham as eleições.

    SL
    Dany.

  22. Um post que POUCOS pediam, MUITOS achavam desnecessário mas, mostrou ser de um OPORTUNISMO e tanto.
    Era um pouco disto que falava … mostrar o porquê de alguns problemas do Sporting. Mostraste isso, ainda que houvesse muito mais para escrever … com muito mais dureza.
    Posto isto, e sem querer parecer pessimista, o jogo de hoje não me deixa muitas esperanças de vir a ser um sucesso. Não acho que seja o jogo ideal para ” rererererererererererererecomeçar ” uma pálida ascensão na tabela classificativa, no futebol apresentado e nos níveis de confiança demonstrados.
    Continuo a achar que a equipa vai sofrer muito muito muito esta época … e Godinho não se aguenta até ao Natal.

  23. Acho que o argumento “GL não joga a central nem a ponta de lança”, não pode ser valido quando se avalia o benéficio ou não deste sair.

    Esta direcção tem feito alguma coisa boa, mas tem tido uma grande falta de liderança – devido principalmente a 3 factores:

    – GL não é uma pessoa carismatica
    – As eleições correram como sabemos
    – GL rodeou-se de personalidades que já se sabia que mais cedo ou mais tarde lhe dariam problemas – de todos os que sairam – só Carlos Freitas (e mesmo assim não sei) é que não tem ambição de ser presidente do Sporting.

    Passado quase 2 anos – temos GL a tomar as redeas do futebol (acho bem, mas devia ter um homem de confiança mais ligado ao futebol para o ajudar) – temos um plantel que considero bom, mas sem confiança e parece-me sem vontade de dar a volta aos maus resultados.

    Temos uma fornada de excelentes jovens com capacidade de singrar na equipa principal mas não no imediato

    Temos 2 treinadores despedidos

    Temos um passivo cada vez maior

    Ir a eleições é a melhor opção ? Sinceramente acho que sim, no entanto a melhor altura para mim devesse ser lá para Março/abril.

    GL tinha até lá para apresentar alguns resultados – sendo o primeiro ver a equipa principal de futebol a jogar…futebol

    • Sim ele é o culpado por tudo,sem duvida.Eu quero que o GL seja destituido,mas desejar derrotas da equipa de futebol para contribuir para esse factor é no mínimo ridículo.
      A solução tem que passar por ganhar jogos,pelo menos tentar.Godinho tem que saír é um facto,mas mais importante que esse facto é ganhar jogos.

      • Sim desejar derrotas é ridículo – concordo – até porque infelizmente elas vão acontecer de qualquer maneira.

        Na minha opinião – isto só lá vai se houver uma liderança forte – alguem que chegue ao Sporting e seja autoritário ou até mesmo ditador na sua liderança.

        E é necessário uma vassourada, mas não nos jogadores – em toda a corja de notáveis, onde se incluem ex-jogadores que gravitam em torno do Sporting.

  24. Muito bom post. O problema é o tal “se renovado, se remendado”. Faltou o “se refundado e a competir na distrital”. O ano passado andámos a vender 1% de um passe, 3% de outro, para ir pagando as continhas. Preocupa-me que já não o estejamos a fazer, quando estamos a acumular cerca de 5M€ por mês, e não conseguimos os tais investidores externos que eram a única solução para o Clube, quer dizer que já ninguém com dinheiro investe no Sporting. Espero que esse alguém apareça, mas não vejo onde estão as vocações para D. Sebastião!

    O Sporting já passou há muito a fase do ganhar ou não ganhar um jogo nesta semana ou na próxima, neste momento a questão é ter dinheiro para aguentar mais uma semana, semana a semana.

  25. Já que nos últimos tempos o nosso clube anda numa onda de comunicados, acho que não ficaria mal mais um comunicado a dizer que esperamos por uma reacção do braguilha e do dinossauro presidente da Câmara, a comentar o jogo de ontem…

    Só tínhamos a ganhar:
    – ou o braguilha ficava caladinho e assumia definitivamente o seu papel de clube submisso ou confrontava o clube do papa-putas e sofreria as consequências
    – estávamos a atacar indirectamente o clube do putedo, que temos de confrontar para nos reerguermos.

    Faz-me uma puta de uma confusão apontarmos tudo e mais alguma coisa aos ursos e fecharmos os olhos às vergonhas que se passam nos jogos do clube corrupto! Os ursos são uns pobres coitados! Quem nos empurra para baixo são os corruptos!

      • Embora me parece que não era pénalte, acho que é tão duvidoso como o lance de alvalade.

        Acho bem que percam. Espero que na sexta também sejam eliminados para a Taça, com um golo com a mão do martini.

      • Não era penalty? Credo!! Quê? Vais-me dizer que aquela é a posição natural da mão do jogador? Ou que ele estava a tentar proteger alguma parte do corpo?

        É dos penalties mais flagrantes que vi nos últimos tempos! Tenhamos coragem para atacar os corruptos!!!

      • Cafageste não te supreendas,vindo do senhor “scp” que diz que o César Peixoto no Sporting era ele e mais…eu já acredito em tudo!mas se aquilo não é penalty,ui!

      • É a minha opinião. O jogador está a dois metros no máximo, não está com a carada virada para a bola e para o lance e está com o braço numa posição idêntica àquela usada para proteger a cara.

      • SCP,defender a cara é uma coisa,jogar andebol é outra.
        O braço do jogador em causa está levantado,a bola vai ao braço,por muito perto que o jogador estivesse não pode ter o braço levantado daquela maneira.
        E a desculpa de olhar para o lado só serve ou para quem nunca jogou à bola ou de quem não percebe patavina do assunto.É tão fácil numa fração de segundos virar a cara….

      • Caro edujuveleo,
        como eu também disse anteriormente, acho que se trata de um lance duvidoso.
        Contudo, acho que a decisão merece o beneficio da dúvida. Aliás, quando estava a ver o jogo quando o lance ocorreu, sem repetições, disse que não era pénalte.

      • O pior é que quando nos acontece o mesmo não existe tal beneficio.
        O ano passado aconteceu com o casalense e este ano com o Cedric.Exatamente o mesmo tipo de lance.
        É por isto que dizemos que não somos bem tratados.Existe muita dualidade de critérios.Duvidoso ou não contra o Sporting é para marcar….

  26. Tenho a impressão que Godinho será sempre reeleito,apoio não lhe falta.E desta vez sem polémicas,com grande vantagem.Os nucleos estão do lado dele de norte a sul do país.Vai ser extremamente difícil tirá-lo de lá.

    Deus queira que me engane…….

    • Isso é apenas “propaganda” enganosa, para iludir os adeptos.
      O que acontece é que as direcções de alguns núcleos podem estar do lado do Godinho, mas isso não indica nada no que diz respeito aos restantes membros dos núcleos.

      E também temos o contrário, também temos alguns núcleos com uma opinião vincada contra esta direcção.

  27. Não se lembram de como fomos roubados, ainda há poucas semanas no estádio do ladrão, com os corruptos e ninguém se indignou na direcção? Se tivesse sido com as galinhas andavamos semanas, meses ou mesmo anos a falar disso!
    Andamos constantemente a apontar e disparar para o lado errado. Os corruptos vão passando entre os pingos da chuva, como ainda vimos ontem no braguilha…
    Continuemos pois a dormir e a disparar para os lados do galinheiro e iremos afundar cada vez mais…

    Carlos M.

  28. Vamos aguardar pelo salvador e o mesquita machado, se têm vergonha na cara (duvido) e falam agora do lance do penalti por marcar contra os porkos ea favor do braguilha…Vamos continuar a confirmar que aquilo é uma equipa de corruptos B e só espero que logo o Dias Ferreira tenha coragem de apontar e esfregar isso na tromba do comentadeiro corrupto!

    Carlos M.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s