Pergunta a todos os Sportinguistas que por aqui passam

Como é que se pode exigir eleições sérias se, a julgar pelo exemplo do Cacifo, há dezenas de adeptos a duplicarem e a inventarem novos nicks para mostrarem que a sua opinião vale tanto quanto um balde de diarreia?

Anúncios

237 thoughts on “Pergunta a todos os Sportinguistas que por aqui passam

  1. Correcção: são às dezenas sim… mas não tenho a certeza de serem adeptos. Quem gosta do clube até pode achar que o rumo seguido tem sido o correcto, não pode é andar pelos blogs com vários nicks, a espalhar a confusão, com outra coisa na cabeça que não seja o benefício do Sporting! Pelo menos eu e aqueles em que punha a mão no fogo, sejam eles familiares, amigos, conhecidos, do Sporting ou não, não se vendiam, muito menos para prestar um serviço que não serve os seus clubes.

    Mas não vale a pena. Depois deste post e deste comentário esses cretinos riem-se e seguem com o trabalhinho deles.

  2. O que vale uma opinião?
    Se considerarmos que uma opinião encerra, por definição, uma alta dose de subjectividade, de crenças e sentimentos pessoais, vale relativamente pouco.
    Palavras “leva-as o vento”.
    2+2=4 é um facto e não uma opinião. E os Sportinguistas devem olhar para os factos que constituem a realidade do clube hoje em dia. E esperemos que os candidatos não emitam demasiadas opiniões, intenções, crenças e fés e que nos mostrem factos (leia-se cheques, leia-se decisões concretas).
    Afirmem claramente e sem margem para interpretações ou opiniões aquilo que querem para o clube.

    Os ajusets de contas podem ficar para depois.

    SL

  3. e depois da ci do severino ontem, este é candidato a ter 1% dos votos na eleiçoes, é que aquelas medidas foram do mais parvas que já vi.

    – consultas medicas e de advogados gratis? socios gratis, autocarros para o pessoal ir ver os jogos, gestao da academia ao cruiff, nao quer mais nenhum centimo da banca( epa os bancos podem lhe fazer a vontade já para os custos correntes), enfim este está apresentado e ………está fora.

    agora é( como se esperava) entre couceiro e bc, vamos ver quem ganha o round 1, que é o da equipa que o acompanha

  4. Eu ainda gosto de ler o Cacifo, e venho aqui todos os dias ler a opinião de alguns cacifeiros que me habituei a respeitar, mes mo muitas vezes não concordado com eles. Mas ultimamente isto parece o record ou o maisfutebol, merda em cima de merda e cada vez é mais difícil separar o trigo do joio e sem dúvida que desmobiliza muitos de comentar.

  5. Há formas mais elegantes de exprimir repugnância pelo tipo de participação de alguns (ditos?) sportinguistas no Cacifo. A recorrência admoestatória também me parece desnecessária. Um administrador de blogue goza do privilégio de eliminar os comentários que bem entender. E isso não é censura. A não ser por delírio de grandeza, não se confundirá um blogue com a Cidade. Ninguém que aqui venha pode esperar beneficiar do estatuto de cidadão, daí (putativamente) indignando-se com actos censórios de que seria objecto.

    Tenho pena que estas eleições se estejam a organizar de forma tão estereotipada. Tudo se inclina para que tenhamos o candidato do sistema, o candidato da ruptura e o idiota inútil. É a melhor forma de impedir que os problemas reais do Sporting sejam identificados e que as soluções (mais ou menos sensatas e exequíveis) para esses problemas sejam seriamente equacionadas e debatidas.

    • A ter apenas 2/3 candidatos, quero acreditar que será um debate mais ideológico que outra coisa… até porque não estou a ver o Couças a ir na linha de discurso do Godas & Cia…
      Pena é ver o Severino a colocar-se a jeito para ser o Bobo da festa a distribuir uns disparates… Enfim, tem de haver sempre um “Baitazar”… Porque para Boal (ou seja, de fogacho) já tivemos um salazarista envergonhado que não passou a “candidato a candidato que deixa de ser candidato”

    • Também tenho pena, Gregor. Até porque confesso tenho alguma simpatia para com o Couceiro, e ainda não me apercebi de nada que associe a sua candidatura à dinastia roquettista (a não ser a já famosa entrevista do caríssimo Dias Ferreira). Vamos esperar, e ver a lista e o projecto.

      • Não sejamos líricos para não dizer outra coisa. Se o Couceiro não representa a continuidade, então quem a representará? O Severino? Deixemo-nos de tretas por favor.

  6. Qual é a novidade? Fazes bem em dedicar um post a isto, porque até tens informação privilegiada, que nós não temos. Mas alguns são tão evidentes, que podem mudar de nick à vontade que são logo caçados.

    Duas atitudes possíveis:

    Quem os detectar deixa uma mensagem de aviso, e a partir daí mais ninguém dá troco (falo dos cacifeiros que sabemos serem autênticos, independentemente das suas escolhas);

    Ninguém dar troco; esta forma de proceder tem o problema de alguém que não conheça a peça, e que esteja de boa fé, dar troco a quem não deve.

    Pela minha parte, logo que os detecto, alerto. A menos que decidamos outra coisa, ou que o Cherbakov diga como quer que façamos (afinal a casa é dele), continuarei a proceder deste modo. De igual modo, se alguém os detecta e dá o alerta, eu procuro não dar troco.

  7. Tens razão cherba. Vamos falar do que interessa, caralho! FUTEBOL

    Desculpem o desabafo, mas ontem foi dos dias mais dificeis que tive em termos futebolisticos. Nunca tinha ficado tão triste e fodido ao mesmo tempo, depois de ver a exibição assombrosa do cabrão do Moutinho (já para não falar do izmailov).

    FDX; COMO É QUE É POSSÍVEL TERMOS VENDIDO O MELHOR MÉDIO PORTUGUÊS DA ATUALIDADE PARA AQUELES FILHOS DA PUTA !!?!??

    Deculpa Cherba, mas tou mm fodido!

    SL

    • O melhor médio português da actualidade não tem elevação moral, nem profissionalismo suficientes para jogar no Sporting. Não fazem falta homens assim no clube. Não deixa saudades. Durante 2 anos comportou-se de forma vergonhosa ao pressionar o clube que lhe dava de comer. Mais, num outro clube qualquer com a idade que ele tinha nem jogaria. Aprendeu e valorizou-se às custas do Sporting e portou-se de forma ignóbil. Devia ter sido vendido por metade do preço para um campeonato asiático.

    • Eu não fiquei lixado, fiquei triste. Muito triste. O João Moutinho é um jogador que, por mais que o nosso cretinismo auto-destrutivo insista no contrário, exactamente por ser um extraordinario profissional, não tinha lugar no fosso de incompetência em que deixámos que transformassem o futebol do Sporting. A saída dele (e de todos os jogadores com o perfil competitivo dele) do Sporting dos Bettencourts e dos Costinhas é algo de inevitável. Insisto: só jogadores medíocres é que aceitam permanecer num Clube desgovernado e em acelerado caminho para o fundo. Aliás, a maior prova desse desgoverno foi exactamente a maneira como deixámos sair e vendemos a um rival o nosso capitão (ou melhor, a um ex-rival, porque essa venda teve implicou o reconhecimento da nossa desistência de querer rivalizar com o FC Porto e com a escumalha – e o que aconteceu nas épocas a seguir, prova-o). E, vão por mim, esta nódoa só passa no dia em que comermos o FC Porto da mesma maneira.

      • é isso mesmo Tote.

        Fdx, se não queria jogar no SCP só tinha que treinar à parte até ao final do contrato ou então ser vendido para qualquer clube do mundo, menos para o FCP ou para o SLB.

        Fdx, incompetentes do caralho!

      • Concordo em absoluto. E devo dizer que nunca ouvi do Moutinho ou do Izmailov alguma palavra contra o Sporting. Não posso falar do Izmailov porque sinceramente não sei, os dados públicos são muito contraditórios, Mas quanto ao Moutinho sempre foi um profissional exemplar e sempre deu o litro em campo. Criticar uma das piores gestões de que há memória (Bettencourt) e fazer como verdadeiros os argumentos que ele usou para justificar a venda do Moutinho é um bocado de esquizofrenia, não acham?

        Custa-me ver o Moutinho no Porto, gostaria antes de o ver orgulhosamente num Manchester ou num Real Madrid. Mas infelizmente fomos muito anjinhos para ser capazes de contrariar a teia de influências que se moveu para excluir o Moutinho da seleção impedindo a sua valorização. Apesar de tudo – e não estou a dizer que concordo! – ainda foi uma das nossas melhores vendas.

      • Estão-se a esquecer dum pormenorzito, vá… o Montinho está no fqp porque quis! Ninguém o obrigou a assinar contrato nenhum e muito menos a encontrar-se com o pdc…
        O JEB era uma merda… mas o montinho não foi menos! Cuspiu no prato que lhe deu de comer e isso não é de esquecer… PONTO! O JEB já tem o seu lugar na história do SCP, conseguindo ser suplantado pelo Godo… agora, o Montinho continuará a ser um merdas tal (mas de formas diferentes), como foram o Martins, o Suinão, o Paulo Costa, o Alhandra, o Caneira e mais recentemente, o Ismyhate e o pesetero que deitou à rua 7 anos e meio de Sporting para se prostituir por 5 meses!

        Onde fica o SCP no meio disto! Acham que isto envergonha menos o SCP do que um JEB ou um Godo! Quem obrigou estes “anjinhos” a disserem o que disseram e a referir-se ao Sporting da maneira como o fizeram? Não me lixem pá… o montinho pode ser um jogador do caralho, um profissional dentro do campo irrepreensivel, mas fora dele é um ASCO!

      • Tote,
        Na mouche! Já expressei a mesma ideia nos comentários que fiz após a venda ao FCPorko. A partir do momento em que os jogadores olharem para cima e virem gente competente, que os protege e que trava as lutas noutras arenas, ninguém irá querer sair.
        Sei do que falo, basta compararmos com uma empresa para a qual trabalhemos, cheia de potencial, de história e de clientes satisfeitos, mas que tenha um chefia sem ideias e sem estratégia…sem arte e sem moral. Vamos querer ser os primeiros a sair.

        SL

      • Tote,

        Concordo em tudo menos na parte do costinha. JEB é JEB, costinha estando longe de ser perfeito tentou mudar a mentalidade de merda daquela gestão.

      • Ricardo, esta é uma das situações que gostava de comparar com os orcs e os andrades.
        Se o jogador amua, “encosta-se” ou carimba-se-lhe um visto no passaporte.

        Moutinho foi realmente deselegante em dois momentos em que se exigia união de grupo, ainda para mais sendo ele capitão, mas quem é que o julgou com capacidades para ser capitão ?
        Quem é que te diz que se os restantes 23 ou 24 jogadores daquele plantel, recebessem propostas parecidas, não tinham feito igual ?
        Os dirigentes e treinadores pactuam em dar a entender aos jogadores que são imprescindíveis, veja-se Adrien e outros.
        Metem-nos nos píncaros para mascararem a incompetência deles próprios, isto é, em formar um grupo competitivo, e não em inventarem referências, especialmente em “putos” de 20 ou 21 anos.
        Quanto mais os dirigentes usarem uma “versão romântica” com os adeptos, mais os adeptos se revoltam com casos pontuais.

        A minha opinião foi que Montinho não teve uma atitude correcta, e devia ter sido logo resolvida, não abafada, com palminhas nas costas….

        Se fiquei fodido com ele ?

        CERTAMENTE, não o comparo a outros, e não quero dizer o nome para não ter mais desilusões, porque nós Sportinguistas, temos tido os nossos melhores jogadores a traírem a nossa confiança.

        O conteúdo neste caso, do profissionalmo no nosso Sporting, terá que mudar a forma em que o nosso Clube é visto, por alguns mais cépticos.

      • Não estou a dizer que não concordes com o que referi, nem estou a dizer nada de novo, as emoções de cada um não se domesticam, vejo é que, a incompetência dos dirigentes, abriram-nos uma guerra aberta com alguns atletas, e gostava de pensar, imaginar que, muita coisa poderia ter sido diferente se…..

      • Certo, We…
        Mas não podemos andar a passar a mão no pêlo dos “mininos”… Como diria o Bruma “SOMOS TODOS ADULTOS”… E isso já diz tudo! Cada um com a sua consciência! Incompetência de dirigentes e falta de caracter dos jogadores (demais da conta, para o meu gosto)…

      • Já está na altura de pensarmos nao no que os andrades e vermelhos fariam. Encostar o moutinho era estupido. Temos um clube em falencia técnica e iriamos pagar salários a quem não jog. E depoois o passe seria vendido completamente desvalorizado. Também se andava a suspirar por contratações baseadas em fundos como os outros e não se diga que não que o unico candidato que não propôs isso foi o que ficou em ultimo. Agora que se fez tudo isso que queriam igual aos outros lá teremos que voltar outra vez à nossa essencia até a paciencia se esgotar e voltar-se a imitações

  8. É uma peversão dos processos democráticos que se baseia na premissa que há uma tendência natural para as pessoas partirem para uma discussão com uma ideia pré-concebida que querem fazer vingar. O debate serve apenas para confirmar uma ideia já formada, e quanto mais acesa é a discussão mais irracional se torna a defesa da posição subjectiva de cada um.
    O que interessa às agências de comunicação são precisamente os processos subliminares que levam à formação de uma determinada ideia que as pessoas adoptam como sua. O debate racional tem pouco a ver com estes processos, como foi historicamente demonstrado pela ascensão “democrática” de regimes totalitários.
    Nestas eleições há duas ideias para destruir ou validar, consoante os lados – a ideia que BdC é o candidato da ruptura com o passado recente, a ideia que Couceiro representa a continuidade.
    Para quem pugna por um debate racional, seria bom nesta fase preferir uma argumentação rigorosa e aberta a recursos retóricos como a ironia ou o sarcasmo, recursos poderosos mas que induzem una espécie de caos semântico que nesta altura seria de evitar.

    SL

    • Não querendo ser caótico semanticamente mas acho que não consigo dissociar-me do meu sarcasmo e da minha ironia, que tanto me custaram a construir ao longo destes anos! Eu tenho esses dois “amores”…
      Quanto aos candidatos, acho que desta vez os debates vão ser low-profile… a não ser que o Baitazar começe a semear noticias difamatórias no Correio da Manhã

  9. Cherba, isso é um sinal do sucesso que o blog tem! Se fosse uma tasquita com meia-dúzia de visitantes de certeza que não tinhas que aturar isto. Assim, sendo um dos blogs de referência (ou mesmo O blog de referencia) dos sportinguistas, é paragem obrigatória para quem quer lançar a confusão!

    Mas só tens de continuar. Há muita gente, como eu, que se identifica com grande parte das coisas que escreves.

  10. Meus caros, eu estou-me cagando para quem duplica nicks. Isso dá-lhes sensação de sossego, de dever cumprido, cimenta-lhes a força ideológica mas, convenhamos … a vacuidade está toda lá … todinha.
    Ainda há os que duplicando nicks, fazem comentários com ideologias contrárias. É grave mas, não para o Cacifo. É grave para quem sofre desses distúrbios, para quem se dá a esse trabalho pueril.
    Como disse há uns dias, eu acredito piamente que existe gente com peso no Sporting, que diariamente vem aqui esgrilar um bocadinho para ver como anda a cabeça dos adeptos.
    Sempre que a contestação aumenta de tom, lá fica o Cacifo cheio de cabeças ocas ( umas antigas outras novas ).
    O propósito é só um : Tentar dividir para governar.
    Não se deram bem … menos de 2 anos depois, veja-se o cenário que temos e que tanto desejávamos : ELEIÇÕES !!
    Achar que quem aqui vem denegrir a imagem de quem é ANTI CORJA, é santo, é um adepto comum, um estudante de 10º ano, um ” cervejolas “, um tipo que não tem nada para fazer, é estar-se distraído. Quem aqui vem com esse discurso é velho do Restelo, é gente com ligações à corja, são gente como os PPC desta vida, os Ricciardis desta vida.
    O Cacifo é de facto um blog com muita notoriedade. É falado em tudo quanto é sítio. Esta gente quer saber o que se vai pensado no Universo dos associados e adeptos.
    O discurso de quem cá vem defender a corja, é típico da corja. É a corja aqui instalada. Chamem-me louco, desvairado mas, neste momento eu acredito em coisas que há uns tempos achava impossível. Nada me espanta no meu clube, no meu país neste mundo.
    Couceiro é o novo boi da corja … já lhe enfiaram a argola no nariz … não tarda está a puxar a carroça para começar a lavrar o que a corja quer. É mais um merdas com um lema de campanha à Corjista ” Todos pelo Sporting “.
    Desta vez hão-de saltar de lá … custe o que custar, doa a quem doer !!

  11. Voces que sao tao proximos do BdC, podem-me dizer o que faz ele na vida? Pergunto, porque realmente nao sei: – qual e a profissao desse candidato? Quais as empresas que ele detem e/ou dirige? Sendo um homem licenciado em Gestao, e acima dos 40 anos, ja teve tempo para firmar uma carreira e uma posicao no mundo empresarial…

    • Nome: Bruno de Carvalho
      Idade: 41 anos
      Sócio SCP: 17.838
      Profissão: Empresário na área da Construção Civil

      Formação Profissional e Académica/Curiosidades: Curso Superior de Gestão do Instituto Superior de Gestão :: Mestrado de Gestão do Desporto de Organizações Desportivas da Faculdade de Motricidade Humana e Instituto Superior de Economia e Gestão :: Prática de Futebol, Rugby e Luta Livre :: Curso de Treinador de futebol da Associação de Futebol de Lisboa Nível I :: Curso de Treinador de futebol UEFA – Nível II :: Vice-Presidente da Secção de Hóquei em Patins do Sporting CP :: Fundador e Presidente da Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto :: Fundador do Movimento de Integração Social pelo Desporto e Cultura :: Fundador do site Centenário Sporting :: Membro dos Leões de Portugal.

      AQUI TENS …

    • “Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho, sócio do Sporting Clube de Portugal desde 1986 e neto de Eduardo de Azevedo, escritor, autor de A História e Vida do Sporting Clube de Portugal, um trabalho profundo, com pormenores ímpares desde o nascimento do Clube até à década de sessenta.

      Tem como formação académica de base o Curso Superior de Gestão do Instituto Superior de Gestão à qual junta o Mestrado de Gestão do Desporto de Organizações Desportivas da Faculdade de Motricidade Humana e Instituto Superior de Economia e Gestão.

      O seu conhecimento desportivo foi incrementado através da prática de futebol, rugby e luta livre, até à idade de 18 anos, o Curso de Treinador de futebol da Associação de Futebol de Lisboa Nível I, Curso de Treinador de futebol UEFA – Nível II, ao que junta a experiência na Vice-presidência da Secção de Hóquei em patins do Sporting CP, a qual exerce há duas épocas.

      A sua experiência desportiva foi, ainda, reforçada pelo treino de crianças em escolas de futebol, treinador de futebol na Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto IPSS e responsável pela realização de mais de 100 eventos de carácter desportivo, cultural, de lazer e de solidariedade social, no âmbito das comemorações do centenário do Sporting Clube de Portugal, organizados pelo site http://www.centenariosporting.com.

      No seu currículo tem mais de 18 anos de experiência de gestão empresarial na área da Construção Civil, bem como importação e exportação, com negócios em diversos países dentre os quais se destacam a Rússia e Moçambique.

      Actualmente, para além da empresa que detém, é Vice-Presidente da Associação de Patinagem do Sporting Clube de Portugal e Fundador e Presidente da Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto, IPSS cuja missão é o apoio, desenvolvimento e integração social de crianças e jovens carenciados e deficientes, através do desporto como ferramenta de inclusão social.

      Entre outros, destaca-se o facto de ser Fundador e responsável do Movimento de Integração Social pelo Desporto e Cultura.

      Fundador do site Centenário Sporting, executou mais de 100 acções por todo Portugal, junto de milhares de sportinguistas, conseguindo uma fortíssima mobilização naquela comemoração marcante, pela qual se provou a existência de um potencial imenso que pode e deve ser aproveitado num trabalho de divulgação em prol do Sporting CP junto das populações onde os Núcleos, Delegações e Filiais podem e devem ter um papel primordial”

      Ficas bem informado.

      • empresario em que empresas? podes dar-me os websites das empresas que este candidato detem ou gere? entao sim caro Tintim, ficarei bem informado!

      • Fodasse Eh pá oh desert Lion, lá acima disseste o mesmo… Isso é SPAM??? Há um computador que manda mensagens automáticas?? Ainda estou à espera de respostas…

      • eu tento responder, como sempre fiz, de forma absolutamente seria e educada. no entanto, os meus comentarios estao “sob moderacao”… parece que a verdade e uma coisa muito aborrecida para este blogue de “Sportinguistas”…

      • A unica verdade que eu vejo nos teus comentários é que tu és um chato de primeira e aborreces o pessoal com essa diarreia mental e que só vens aqui em busca de picardias.

      • claro que tem links, foram-me pedidas as fontes… vejo aqui muitos comentarios com links mas tambem posso enviar sem linkar (ver abaixo). esta informacao e recolhida nas conservatorias do registo comercial, onde se da entrada dos eventos mais significativos na vida de cada empresa. esta e a base utilizada pela banca e pelas grandes empresas para estabelecerem as suas relacoes comerciais, sejam de credito, de compra e venda ou outras (de parcerias, etc.)

        caro krpan, nao me lembro de ter sido mal educado consigo. o krpan disse-me que, para alem das empresas indicadas, havia mais uma de que nao se lembrava o nome. ao procurar por “bruno de carvalho polibuid”, este artigo de jornal fica disponivel (http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/sporting/empresa-deve-mais-de-630-mil-euros), onde se menciona a Soccer Fans como mais uma empresa detida pelo BdC. Assim, naturalmente, assumi que se estaria a referir a esta e fiz uma busca sobre a mesma. os dados preliminares estao aqui abaixo, como podera ver:
        -http://www.einforma.pt/servlet/app/portal/ENTP/prod/ETIQUETA_EMPRESA/nif/505441470/-
        -http://www.einforma.pt/servlet/app/portal/ENTP/prod/ETIQUETA_EMPRESA/nif/MzM3NTAzMjI1/-
        -http://www.einforma.pt/servlet/app/portal/ENTP/prod/ETIQUETA_EMPRESA/nif/MzM3NjE0NzIy/-

        http://www.einforma.pt/servlet/app/portal/ENTP/prod/ETIQUETA_EMPRESA/nif/MzM2NDI4Mzc1-
        como ha de reconhecer, nao retirei nenhumas conclusoes precipitadas, disse apenas que a informacao preliminar apontava num certo sentido, tendo ainda de estudar mais para conhecer a verdadeira situacao destas empresas.
        mas, ja agora, o krpan tambem me podia ajudar, indicando-me para o website de alguma empresa que o candidadto detenha ou onde seja gestor. penso que tal seria util para qualquer associado do Sporting que pense ir votar nas proximas eleicoes.

      • Krpan, o link que eu pus aqui faz referência a uma das empresas do BdC, Polibuild. O Desert Lion perguntou-me nomes e eu indiquei este.

      • Desert Lion, logo a abrir com um link para uma “notícia” do Correio da Manhã, isso dá-te logo cabo da “credibilidade”! Ao menos arranjem uns sofismas/sound-bytes novos.

        Quanto aos relatórios das empresas, já me registei nesse site e já os descarreguei, fiquei na dúvida que informação é que referes que “aponta num certo sentido”…

        O que eu vejo é uma empresa sem ligação ao BdC (“Globurban”), empresas que foram entretanto liquidadas, sem registo de acções judiciais, e uma empresa (“SOLUÇÕES ATELIER”) que tem registado resultados invariavelmente crescentes desde a sua constituição.

  12. Boas… Sou de Faro, e tenho um familiar que gostaria de votar… Alguem me sabe dizer como puderá faze-lo sem se ter de deslocar a Lisboa?

    Obrigado, SL

      • Sim, para já o voto electrónico só na votação presencial na AG eleitoral.

        Farense, para votares por correspondência em principio o cenário será este:
        – caso tenhas quotas em atraso, tens até dia 3 de Março para regularizar a situação
        – até dia 8 de Março irás receber em casa os boletins de voto para cada um dos orgãos sociais, juntamente com uma declaração que terás que assinar (para comprovar que os boletins foram preenchidos por ti)
        – terás que enviar de volta os boletins preenchidos e a declaração assinada; para serem considerados têm que dar entrada no Clube até às 20h00 do dia 22 de Março

    • CONVOCATÓRIA Nos termos do disposto, entre outros, no artigo 45º, números 1 e 2, dos Estatutos do Sporting Clube de Portugal, convoco a Assembleia Geral Eleitoral para uma reunião extraordinária, a realizar no dia 23 de Março de 2013, no Estádio José Alvalade em Lisboa, local onde existem condições para que a Assembleia se realize, para proceder à eleição:
      a)da Mesa da Assembleia Geral e do seu Presidente;
      b)do Conselho Directivo;
      c)do Conselho Fiscal e Disciplinar ;
      d)dos membros que lhe compete eleger do Conselho Leonino.

      As urnas abrirão às 10.00 horas e encerrarão às 20.00 horas do referido dia 23 de Março de 2013, sem prejuízo da votação a realizar após as 20.00 horas por parte dos sócios que até as referidas 20.00 horas se hajam apresentado no local para exercerem o seu direito.

      O voto presencial será exercido recorrendo ao voto electrónico.
      Em conformidade com o disposto no artigo 47º número 2, dos Estatutos, as candidaturas terão de ser apresentadas até ao dia 21 de Fevereiro de 2013. A apresentação far-se-á nas instalações do Conselho Directivo, até as 18.00 horas do mencionado dia 21 de Fevereiro de 2013.

      As candidaturas terão de ser propostas por sócios efectivos que, à data da efectiva apresentação das mesmas, tenham sido admitidos na categoria há pelo menos doze meses e que tenham pagas as quotas devidas até ao mês de Janeiro de 2013, incluindo este. Os sócios proponentes das candidaturas devem representar, em conjunto, pelo menos mil votos.

      As candidaturas devem ser apresentadas em formato de papel e abranger todas as posições elegendas para os respectivos órgãos, bem como o número de suplentes estatutariamente exigível, ser subscritas pelos respectivos candidatos como prova de aceitação da candidatura, ser acompanhadas pelo respectivo Programa de Acção, o qual ficará disponível, com os restantes, para consulta por todos os sócios na sede do Sporting Clube de Portugal e no respectivo sítio na Internet e serão publicados na íntegra em edição do Jornal do Sporting relativa às Eleições.

      As candidaturas devem, igualmente, vir acompanhadas dos termos de aceitação dos candidatos e de cópia dos cartões de sócio e documentos de identificação civil (bilhetes de identidade, cartões de cidadão, passaportes) quer dos candidatos, quer dos proponentes, quer dos seus mandatários.

      Cada sócio pode subscrever propostas de candidatura para os diversos órgãos (Mesa da Assembleia Geral, Conselho Directivo, Conselho Fiscal e Disciplinar, e Conselho Leonino).

      As candidaturas devem, ainda, observar o disposto nos artigos 32º e 36º do Regulamento da Mesa da Assembleia Geral e nas mais disposições pertinentes dos Estatutos, designadamente no que toca a requisitos de elegibilidade.

      Para o caso de o Presidente da Mesa da Assembleia Geral vir a entender conceder o prazo previsto no artigo 47º, número 5, do Estatutos, nas condições aí previstas, deverá ser indicado, com a entrega das candidaturas, o modo pelo qual o primeiro proponente deverá ser notificado.

      Nos termos do disposto no artigo 46º número 4, dos Estatutos, e no artigo 50º do Regulamento da Mesa da Assembleia Geral é permitido o exercício do voto por correspondência postal aos sócios com capacidade eleitoral activa que não residam nos concelhos da área metropolitana de Lisboa.

      A residência dos sócios eleitores é determinada em função do endereço constante da respectiva ficha de sócio actualizada ao momento da elaboração dos cadernos eleitorais.

      Caso algum sócio que resida nos concelhos mencionados no n.º 1 esteja comprovadamente impedido de se deslocar à sede do Sporting Clube de Portugal na data designada para o acto eleitoral, por motivos que lhe permitiriam, nos termos da legislação eleitoral, o voto antecipado, poderá requerer à Mesa da Assembleia Geral até quinze dias antes do acto eleitoral o envio dos boletins de voto por forma a poder exercer o seu voto por correspondência.

      Até quinze dias antes do acto eleitoral serão enviados a cada eleitor, residente fora dos concelhos referidos no n.º 1, os boletins de voto contendo todas as listas admitidas a sufrágio, para que os eleitores possam proceder à votação por correspondência.

      Os sócios que fizerem uso deste direito farão acompanhar os envelopes contendo os boletins de voto de uma declaração, dirigida ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral, contendo a respectiva assinatura reconhecida presencialmente nos termos legais, na qual confirmam que aqueles boletins foram por si preenchidos.

      Os votos por correspondência só serão válidos se forem recebidos na sede do Sporting Clube de Portugal até às 20.00 (vinte horas) horas do último dia útil anterior ao do acto eleitoral.

      Nos termos do artigo 20º, nº 2, dos Estatutos e dos artigos 28, n.º 2 e 50º do Regulamento da Mesa da Assembleia Geral, podem votar os sócios efectivos que, à data da eleição, tenham sido admitidos na categoria há pelo menos doze meses isto é, os sócios efectivos que hajam pago todas as quotas devidas incluindo a quota relativa ao mês de Fevereiro de 2013, pagamento esse que deverá ocorrer até ao dia 3 de Março de 2013.

      Ao abrigo do artigo 30º do Regulamento da Mesa da Assembleia Geral, os cadernos eleitorais, de que constam todos os sócios com capacidade eleitoral activa, estarão concluídos e afixados na sede do Sporting Clube de Portugal e publicados no sítio oficial do Sporting Clube de Portugal na Internet até dia 8 de Março de 2013.

      O sócio que não tiver o seu nome inscrito nos cadernos eleitorais não poderá exercer o direito de voto.

      Os protestos referentes a omissões ou inclusões de qualquer sócio nos cadernos eleitorais deverão dar entrada na sede do Sporting até 8 (oito) dias antes da hora designada para o início da votação.

      Lisboa, 7 de Fevereiro de 2013,

      O Presidente da Mesa da Assembleia Geral
      Eduardo Barros

  13. Eu gosto do Couceiro e do Bruno de Carvalho. Eu sou apologista da estaca zero e do pagamento das dívidas (salvação do Sporting), mesmo que isso obrigue a péssimos resultados desportivos (incluíndo descida de divião). Destes dois candidatos, o que estiver mais próximo destas premissas, terá o meu voto.

    P.S.:O que tentar processar Godinho Lopes por gestão danosa, também terá a minha simpatia.

  14. Nome: Bruno de Carvalho
    Idade: 41 anos
    Sócio SCP: 17.838
    Profissão: Empresário na área da Construção Civil

    Formação Profissional e Académica/Curiosidades: Curso Superior de Gestão do Instituto Superior de Gestão :: Mestrado de Gestão do Desporto de Organizações Desportivas da Faculdade de Motricidade Humana e Instituto Superior de Economia e Gestão :: Prática de Futebol, Rugby e Luta Livre :: Curso de Treinador de futebol da Associação de Futebol de Lisboa Nível I :: Curso de Treinador de futebol UEFA – Nível II :: Vice-Presidente da Secção de Hóquei em Patins do Sporting CP :: Fundador e Presidente da Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto :: Fundador do Movimento de Integração Social pelo Desporto e Cultura :: Fundador do site Centenário Sporting :: Membro dos Leões de Portugal.

    Aqui fica para quem quiser saber quem é e o que fez Bruno de Carvalho. Agora vão ver o que fez Godinho, Severino e até mesmo Couceiro … vão ver !

    • “Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho, sócio do Sporting Clube de Portugal desde 1986 e neto de Eduardo de Azevedo, escritor, autor de A História e Vida do Sporting Clube de Portugal, um trabalho profundo, com pormenores ímpares desde o nascimento do Clube até à década de sessenta.

      Tem como formação académica de base o Curso Superior de Gestão do Instituto Superior de Gestão à qual junta o Mestrado de Gestão do Desporto de Organizações Desportivas da Faculdade de Motricidade Humana e Instituto Superior de Economia e Gestão.

      O seu conhecimento desportivo foi incrementado através da prática de futebol, rugby e luta livre, até à idade de 18 anos, o Curso de Treinador de futebol da Associação de Futebol de Lisboa Nível I, Curso de Treinador de futebol UEFA – Nível II, ao que junta a experiência na Vice-presidência da Secção de Hóquei em patins do Sporting CP, a qual exerce há duas épocas.

      A sua experiência desportiva foi, ainda, reforçada pelo treino de crianças em escolas de futebol, treinador de futebol na Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto IPSS e responsável pela realização de mais de 100 eventos de carácter desportivo, cultural, de lazer e de solidariedade social, no âmbito das comemorações do centenário do Sporting Clube de Portugal, organizados pelo site http://www.centenariosporting.com.

      No seu currículo tem mais de 18 anos de experiência de gestão empresarial na área da Construção Civil, bem como importação e exportação, com negócios em diversos países dentre os quais se destacam a Rússia e Moçambique.

      Actualmente, para além da empresa que detém, é Vice-Presidente da Associação de Patinagem do Sporting Clube de Portugal e Fundador e Presidente da Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto, IPSS cuja missão é o apoio, desenvolvimento e integração social de crianças e jovens carenciados e deficientes, através do desporto como ferramenta de inclusão social.

      Entre outros, destaca-se o facto de ser Fundador e responsável do Movimento de Integração Social pelo Desporto e Cultura.

      Fundador do site Centenário Sporting, executou mais de 100 acções por todo Portugal, junto de milhares de sportinguistas, conseguindo uma fortíssima mobilização naquela comemoração marcante, pela qual se provou a existência de um potencial imenso que pode e deve ser aproveitado num trabalho de divulgação em prol do Sporting CP junto das populações onde os Núcleos, Delegações e Filiais podem e devem ter um papel primordial”.

      Só para completar…

  15. Esta do João Paiva dos Santos é da maior demonstração em que há indivíduos que andam mesmo a gozar com o Sporting, criando lobbies especulativos, falsas intenções para depois lançarem a verdadeira “teia”.

    Congregam um grupo de sócios, constroem uma retórica “familiar”, os sócios esses, identificam-se com contactos próximos, preparam sedes de campanha, “ganham” entrevistas e tempo de antena, etc, e depois…..

    Triste……muito triste (aí estão os multinicks da campanha).

    • Isso só serve para angariar votos para a corja … ele veio logo dizer que Couceiro é o homem certo !! Que sabe ele de Couceiro !? Que lista tem Couceiro !?? Que ideias mostrou Couceiro !?? Nós não sabemos mas, eles sabem … eles sabem !!

      • Antes assim… com certeza não agregou muita gente e… pelo menos não espalha votos nas eleições! Até nisso fez mal o seu serviço!
        Ou apenas procurou promover-se à pala do clube… como muitos já o fizeram!

      • O homem ia desistir, já me tinham dito mal anunciou, e ao que parece nem os 1000 votos conseguiu reunir. E tinha uma sede de campanha tão “catita”…

      • Devem ter-lhe saído caras as tarjas… E ainda havia quem se tivesse iludido com tal anjinho, pensando que tinha alguma coisa para dizer!
        Para dizer ele até poderia ter muito, por exemplo, aquele estranho desaparecimento da “Ponte Salazar” por outra ponte sobre o tejo… ou do desaparecimento de certa “personalidade” para o renascer de novas convicções com Sá Pinto…
        Enfim, o Couceiro com este “apoio público” deve andar tão à vontade e satisfeito como o Fernando Seara com o apoio do Relvas…

      • Krpan, por acaso ouvi dizer o contrário, que estava muito perto de ter os 1000 votos. Se vê noutros melhores condições do que nele próprio, acho que até lhe fica bem afastar-se em vez de dispersar os votos.

        Já as declarações do irmão no dia em que ele se lançou foram lamentáveis…

      • Alberto,o que é estranho é ele querer seguir a ideologia do Couceiro sem antes nada saber dessa mesma ideologia.E quando confrontado com isso mesmo nada passou de engasgos e gaguês.Atrapalhou-se todo mesmo.

      • Eh pá, custa-me acreditar que eles não tenham falado antes. Em termos de comunicação pública obviamente deram a entender que não. Mas se até o BC sondou o Couceiro (alguém ontem o disse por aqui), duvido que o Paiva Santos não tenha falado com ele. Estou a especular, mas se calhar quis marcar terreno avançando com uma candidatura para o caso de Couceiro não avançar, não sei.

        Mas se só ponderarmos o que passou cá para fora tens razão, concedo.

      • Do que pude aperceber das palavras do Paiva Santos é que ele não teve argumentos para definir esse mesmo apoio,apenas se referiu à candidatura de Couceiro como sendo independente.Deu uma de anti-bruno,como já é hábito sem qualquer tipo de argumento,dificil haver credibilidade.

      • li agora n’A Bola que eles efetivamente já tinham falado antes, e interpretei essas declarações mais como anti-Godinho do que anti-Bruno

        mas vamos ver

  16. Realmente e o que mais me espanta, é a necessidade de homens se esconderem atrás de um NICK. A palavra de um Homem tem um rosto e só assim tem valor! Comessem a novamente a dar a vossa Palavra de Honra como assinatura dos vosso pensamentos e vão ver que as Lagartixas vão desaparecer deste cacifo!
    (pode ser um gap entre gerações, mas com os meus 45 ainda não descobri outra maneira de me identificar quando quero mostrar a minha Alma)
    Saudações
    Tadeu

  17. Repito questao porque nao a vejo respondida neste perfil: quai e o percurso profissional do Candidato? E que ate o gajo que me desentope a sanita ca em casa e ‘empresario da construcao civil’! Como posso ter acesso a um Curriculo do BdC que clarifique quais as empresas que detem e/ou dirige? Obrigado

    • Para a primeira vez que aqui comentas, estás muito exigente, ó Leão do Deserto.
      Sabes o que é que eu faço quando tenho dúvidas do género? Procuro o contacto das pessoas e questiono-as directamente. No caso do candidato Bruno de Carvalho é simples, basta ires ao Facebook e enviares-lhe uma mensagem

    • Polibuild, bruno carvalho I e II, Globurban e sei de outra que não me recordo do nome. A Polibuild já foi extinta e tem o alvará cancelado…

      Mais alguma informação??

      • interessa saber o trajecto profissional de todos os candidatos, claro. comeco pelo que esta mais bem posicionado para ganhar… se quiserem posso voltar com a informacao que encontre sobre cada um deles e postar um comparativo!

      • e extraordinaria a confianca aqui demonstrada na solidez do percurso do candidato que apoiam… isto comeca a parecer um culto, caros consocios!

      • eu trabalho, caro krpan. ja me deste a informacao basica, logo a noite farei a pesquisa completa com tempo e atencao. os dados preliminares sao de insignificancia das empresas a nivel de actividade (BdC II sem vendas desde 2010 ; Polibuild sem actividade desde 2010 ; Soccer Fans cessou actividade em 2011). a Globurban existe, com indicacaao de diversas accoes judiciais interpostas e severa reducao de vendas (Globurban 2009-2012). a BdC I nao encontrei. nao posso tirar mais conclusoes pois preciso de ter acesso aos Relatorios completos, o que so poderei fazer logo a noite. depois de estudar devidamente, dar-te-ei toda a informacao , ja que estas tao curioso e vai ter tanta influencia na tua orientacao de voto…

      • Não sabias de empresa nenhuma, mas conheces uma tal de Soccer Fans que mais ninguem conhece, fodasse vai-ta por num porco.. Sabes tanto como o caralho ta foda…

      • Krpan, penso que, pelo menos parte desta informação será do domínio público. Além disso, deve ser possível às administrações das empresas corrigir/adicionar informação.

        Também acho que este suposto pedido de esclarecimento do “leão do deserto” traz água no bico. Não conhecia empresas e afinal sabe de uma que ninguém sabia. Enfim…

        Acho que dignar (mais) este logro com respostas é dar demasiada importância a provocadores baratos, e acaba por lhes dar “argumentos” para depois virem chorar baba e ranho, que o Cacifo é o orgão oficial de comunicação da candidatura do BdC.

        Mas já agora, aproveitando a consulta que fiz neste site, por mera curiosidade, registei-me para ter acesso a mais detalhes das empresas (qualquer um pode faze-lo, só tem que deixar o nome, e-mail e NIF, e tem acesso gratuito ao relatório de 5 empresas).

        Sobre a “Globurban”, na verdade não encontro qualquer referência ao BdC… A empresa é propriedade de uma holding holandesa, não vi qualquer menção a BdC como sócio ou como gestor.

        Quanto à “BdC II” foi liquidada em 2009, não existe registo de qualquer acção judicial. A tal “Soccer Fans” também já não existe, e também não existem acções judiciais.

        Encontrei outra referência que me pareceu bem mais actual, a da empresa “SOLUÇÕES ATELIER”. Desde a constituição até agora os resultados têm vindo invariavelmente a crescer. Parece-me invejável para uma empresa no ramo da construção.

        Infelizmente, não posso fazer paste dos links porque, como disse, o site precisa de registo. Mas qualquer um pode-se registar e procurar esta informação.

      • Eu acho curioso a “saudavel inocência” de alguns quando falam em falências/insolvências de empresas de construção civil em Portugal… E tirar daí as (in)devidas ilações! Muitas tem falido precisamente porque NÃO HÁ TRABALHO! E se as grandes e médias empresas estão a internacionalizar-se há anos, esperavam que as pequenas que operam como subempreiteiras das primeiras tenham que fim… Uma das formas de morrer de sede é não haver água… E não é por não querer bebê-la… é porque não há!
        E parece-me muito mais consciente alguém fechar uma empresa porque se percebe que não há viabilidade do que outros que pura e simplesmente rebentam empresas de forma estrondosa (vide o estrondo da gigante FDO em Braga com mais de 200M€ de dividas)

      • Ricardo, para os sofistas de serviço, “liquidação de empresas” rapidamente se tornará num argumento qualquer escabroso sobre dívidas e falcatruas.

        Pessoalmente, e até à luz do que disseste sobre consciência e falta de viabilidade neste mercado, liquidar uma empresa parece-me um procedimento perfeitamente normal, principalmente quando se constata que não existem processos pendentes.

        Mas já se sabe que vão vir charters deles a dizer que se o BdC fechou empresas é porque é um aldrabão. Enfim, sofismas…

    • Nome: Bruno de Carvalho
      Idade: 41 anos
      Sócio SCP: 17.838
      Profissão: Empresário na área da Construção Civil
      Formação Profissional e Académica/Curiosidades: Curso Superior de Gestão do Instituto Superior de Gestão :: Mestrado de Gestão do Desporto de Organizações Desportivas da Faculdade de Motricidade Humana e Instituto Superior de Economia e Gestão :: Prática de Futebol, Rugby e Luta Livre :: Curso de Treinador de futebol da Associação de Futebol de Lisboa Nível I :: Curso de Treinador de futebol UEFA – Nível II :: Vice-Presidente da Secção de Hóquei em Patins do Sporting CP :: Fundador e Presidente da Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto :: Fundador do Movimento de Integração Social pelo Desporto e Cultura :: Fundador do site Centenário Sporting :: Membro dos Leões de Portugal.
      Aqui fica para quem quiser saber quem é e o que fez Bruno de Carvalho. Agora vão ver o que fez Godinho, Severino e até mesmo Couceiro … vão ver !

      FODA-SE CARALHOS DE FODAM ::: NÃO LEIAS TANTO NA DIAGONAL FODA-SE …

  18. Toda a gente pode ter o nick que quiser, afinal isto é a internet.

    Agora andar a gozar com a cara dos outros ao estilo maltês ou malhos é de banir.

    o cacifo é uma catarse onde debitamos as nossas opiniões. Claro que se o clube estivesse bem possivelmente não haveria tantos tópicos de discussão. Não é critica é natureza humana.

    Apesar desses sacos de merda que vem debitar bilis para gerar confusões entre sportinguistas penso que a maioria dos que aqui vêm estão realmente preocupados com o clube e querem dar a volta às coisas.

    Na minha modesta opinião e depois do que Dias Ferreira disse (somente confirmou com inside information o que todos desconfiávamos) é que o SCP tem sido gerido por gente sem amor ou dedicação ao clube que nada entende de futebol.

    Retenho esta frase há gente que foi para o SCP por uma questão de status sem querer desenvolver ou melhorar o clube. Daí estas cedências ao FCP que como se viu ontem foram desastrosas.

    Por isso é que alguns cacifeiros onde eu me incluo queremos uma mudança como BdC, pelo menos é diferente do que temos tido lá. Parece entender o fenómeno do futebol e dos seus adeptos além de ter carisma e de não ter qualquer ligação ao SCP nos últimos anos. É uma lufada de ar fresco para o bem e para o mal.

    Não sou do tempo do porko fraco mas contam-me que quando PdC se candidatou ninguém do status quo o queria lá e diziam que ia destruir o clube, no entanto a historia provou o contrário. Façamos uma analogia com este SCP e vejam as semelhanças.

    Não gosto de Pdc nem das suas manobras por baixo da mesa de domínio de arbitragens e sistemas no entanto gostava de ter um presidente com a sua dedicação, sagacidade e carisma à frente do SCP e não copias baratas ao estilo Viera.

    Penso que até pela idade BdC tem características semelhantes a um jovem PdC, espero que seja o homem certo no sitio certo. Pois o futebol é um jogo de falhas jogado por seres humanos e aquele que melhor compreender os atletas e as suas necessidades irá extrair o máximo deles e prevalecer.

    Ser campeão não é uma questão de dinheiro mas de competência e humanidade todos os que saem do FCP saem agradecidos e tecem elogios, percebamos o porquê e estaremos próximos dos títulos.

    SL sempre

    • “todos os que saem do FCP saem agradecidos e tecem elogios, percebamos o porquê “… Muitos dizem que é por causa dos “macacos” e do “calor”… dizem, eu não sei…

      • honra? Não percebi, oh edu…
        “glória” até percebo ( e as aspas nem estão por acaso) agora honra… hesito!

      • Alguns admito que sim mas a verdade que todos falam do sentimento de família e união que ali se vive com os dirigentes a promoverem essa união.

        Coisa tão simples como jantares com a equipa, promover jogadores com famílias estáveis e ajudar os atletas a falar e a movimentar-se na cidade.

        Pergunto alguma vez viste um dirigente do SCP ajudar um atleta e próximo dos mesmos? Já?

      • Honra da camisola Ricardo.Houve aquele falhanço do Rui Jorge e do Jardel,tirando isso não vês 1 jogador a cuspir na camisola depois de já terem saído.Não me referia à honra de ganhar e vencer,essa foi totalmente adulterada.

    • Eu percebo a questão do Edjuveleo quando fala de honra é do facto de lá os atletas deixarem tudo em campo, e as derrotas são sempre vendidas caras.

      Ou seja os tipos têm brio em não perder nem ser humilhados.

      Porque defendem uma instituição que os defende e em troca tem de dar tudo em campo. Se não o fizerem saem como Zahovic, Carlos Alberto etc.

      Os jogadores tem de ser vedetas pelos que dão em campo e não por andarem aos saltos com os árbitros.

      • Por acaso estava a reparar nisso de correr e dar tudo em campo e foi curioso verificar que apesar de dar tudo, o Ismyhate pouco fica a dever aos “colegas”… o que mais estranho se torna, tendo ele chegado dum clube onde não se corre tanto…

      • Exato Ricardo,é a tal disciplina e honra que te falava,que é incutida logo de inicio aos jogadores,seja ele Moutinho ou Izmailov.Nunca correram tanto quando jogavam pelo Sporting.

      • Nunca correram tanto não diria…
        Montinho sempre correu que se esgadanhou, é um facto. Não acho que seja melhor do que era em Alvalade… Agora, um cronico de enfernaria como Izma estar a fazer 70min ao ritmo que vi ontem… foda-se: HESITO!

      • Não me parece que o Izmailov esteja instruído para correr muito agora. Parece-me claro é que há muito estava instruído para correr pouco no Sporting. E não seriam certamente os otários que nos dirigem a dar-lhe essas instruções, mas sim os corruptos via cancro-do-paulo-barbosa.

      • Várias coisas que me deixam mais descansado em relação a esta eleição:

        1. o Lino “Afinador” não está na MAG…

        2. o adulterar dos resultados do voto electrónico envolve mais pessoas, inclusivamente pessoas externas ao Clube; nomeadamente, o fornecedor do sistema informático terá que estar de alguma forma envolvido (claro que não é garantia de nada, mas ao contrário da afinação feita totalmente em casa, eu diria que já dá para os afinadores pensarem duas e três vezes…)

        3. apesar do voto ser contabilizado electrónicamente, o sistema de boletins em urna será mantido em paralelo (depois de vota no ecrâ tactil, é impresso o boletim já preenchido que o sócio, pessoalmente, terá que colocar na urna); em caso de dúvida, contam-se os boletins como antigamente; ou seja, na pior das hipóteses, este sistema é tão seguro como o anterior.

  19. Alguém sabe dar informações sobre estas empresas? Alguém sabe o que é que estas empresas fizeram para estar na lista negra da segurança social e nas finanças?

  20. Epá, eu era para nao comentar este post, porque é chover no molhado , mas fico fulo quando vejo os tais ditos “sportinguistas” dizerem bacoradas como estas: (“Moutinho), o melhor médio português da actualidade não tem elevação moral, nem profissionalismo suficientes para jogar no Sporting”. vai levar com um barrote de ferro nas nalgas, desculpa lá ó autor desta merdice. o joao moutinho era o unico, o UNICO (a par do liedson) que lutava do primeiro ao ultimo minuto! sempre disponível, já o fdp do izmailov era outra historia, pois demonstrou bastas vezes falta de profissionalismo e dedicação, mas o que se pode esperar de um russo que nunca disse uma palavra em 4 ou 5 anos? epá se querem chamar nomes ao imprestável do Bettencourt e do Costinha, tudo bem, alinho. Agora, por em causa o profissionalismo do João Moutinho é de bradar aos céus. mas o que é que vocês esperam?! que um jogador aceite arrastar a sua carreira pela lama da incompetência e mediocridade, adiando ad eternum a conquista legitima de títulos? vocês acham que o Moutinho é sportinguista até à morte da sua própria carreira? claro que o Totte Lowe tem razão. um jogador que se julga bom quer o melhor para ele, e a prova está à vista de toda a gente: Moutinho é o melhor médio português, um dos melhores da Europa. Agora pode-se dizer que é. Antes, tinha potencial para sê-lo. o que mudou? a conquista de títulos, porque o espírito de conquista já o tinha. foda-se aprendam a ver as coisas com objetividade: quanto mais bodes expiatórios (jogadores, árbitros, banca, vassalismo ao porto, etc, ) arranjarmos, mais nos despistamos da única coisa verdadeira: o Sporting é um clube prestigiado, dos + prestigiados do Mundo. Na historia do desporto Europeu (e falo da Europa, porque os EUA são um acaso à parte) não há muitos clubes como o nosso, com tanto ecletismo e tantos títulos nas diversas modalidades. Somos dos clubes mais antigos da Europa e dos mais bem sucedidos. Acontece que, algures na década de 80/90, depois duma bem sucedida gestão do João Rocha, esquecemo-nos da alavanca de um clube histórico, que é o Futebol. Quando eu vejo e oiço figuras (que me merecem todo o respeito) como o Prf. Moniz Pereira, dizerem alarvidades como “o futebol não é importante no Sporting, o Sporting nem sequer começou com o futebol, se o futebol desaparecesse o Sporting não desaparecia, etc, etc”, verifico que esta mentalidade eclética, heterogénea e “democrática” de um clube que tentando tanto ser a soma das partes resulta num clube partido, está na origem do colapso do clube. Olhem para o Benfica e olhem para o Porto. E até para o Braga. Olhem para os seus adeptos e reflitam: o que esteve na génese da recuperação futebolística destes clubes? Focalização e Unidade! Eles também tiveram os seus Vales e Azevedos e os seus 19 anos sem títulos, e no entanto, aprenderam com os erros. Porquê? Porque concentraram as suas forças em torno de uma só pessoa e de um só projeto. E em trono do futebol. O Sporting tem verdadeiras possibilidades de voltar a estar no topo. O futebol português tem espaço para 3 grandes, mas a revolução, meus caros amigos, desenganem-se , não está só no modelo de gestão e nessa tão propalada independência dos bancos (que eu não sei o que realmente significa, pois sempre aprendi que quem paga, manda ou pelo menos influencia), a verdadeira revolução passa por uma renovação nas mentalidades dos adeptos sportinguistas. Exigência e união. Sem elas, o Sporting pura e simplesmente vai desaparecer aos poucos.

    • absoluta e textualmente de acordo!! pena é ver que os adeptos/sócios preferem dividir-se em quezílias ridículas pessoalizantes em vez de caras ou candidatos à parte, debaterem seriamente soluções para o futuro do Sporting e tentar através desse debate influenciar os programas dos candidatos, a vida actual e futura do Sporting. mas claro que é mais fácil o insulto fácil e a verborreia eleitoralista e demagógica.

    • Fundindo o tema Moutinho e o do post, faço um apelo à memória do Cherba: na altura da venda do 28 ao FCP, quanto nicks novos apareceram no Cacifo, a dizer que era uma excelente negócio, que tínhamos comido o Porto e que o indivíduo era um cigano e tal?

  21. A maior parte daqueles que criticam o Bruno de Carvalho desconhece (ou não) que o mesmo tem um perfil no facebook e é também o administrador da página “Por um Sporting sem complexos”. Portanto, porque não irem lá questioná-lo? Posso adiantar que sou seguidor da página e por diversas vezes o Bruno de Carvalho entrou em debates com alguns ursos que tentavam denegrir a sua imagem nos comentários.

    • Diogre, sempre com o mesmo coveirismo. Pouco importa os nomes, o que importa é a política a implementar. Será que os jogadores do Sporting ainda irão continuar a brincar nas selecções em vez de concentrarem esforços no Sporting? É que os jogadores desvalorizam-se nas selecções e prejudicam desportiva e financeiramente os clubes.

  22. Muito bem Diogre, concordo com a tua opinião: vamos aguardar o que cada um dos candidatos tem para dizer. não podemos entrar em dogmatismos anti ou pro candidatos. eu não sou daqueles que desconfiam da credibilidade do Bruno de Carvalho. chamar-lhe novo Vale e Azevedo parece-me excessivo, até porque BdC tem um passado sportinguista, de gestão e militância. e até considerei que, na campanha eleitoral, era dos poucos que se batia por argumentos e tinha um projeto. mas o que eu gostaria mesmo de assistir é aquilo que já venho defendido há muito tempo: uma lista única. e explico porquê: neste momento, era urgente criar total consenso em torno de uma só lista, com um líder forte e agregador. o constante divisionismo está a matar o Sporting e se reparamos (e peço-vos a todos que tentem refletir nisto) os argumentos falaciosos são arremessados, como pão e circo para os olhos dos sócios. explicando: os detratores do BdC lançam, dum modo especulativo e atentatório, o argumento da “máfia russa” e do “aventureirismo” (o passado empresarial pelos vistos menos bem sucedido de BdC não deve ser argumento, porque todos nós erramos e BdC é novo, além do mais, temos exemplos como LFV no Benfica que vem dum passado algo “obscuro” e dá cartas no Benfica). Por outro lado, o constante e já saturado argumento da continuidade e dos “aliados da Banca” de que se servem os apoiantes do BdC. Aqui, há que dizer duas coisas: 1º – o que é isso da continuidade? é a continuidade Roquettista ou a continuidade da recente linha de má gestão? porque as 2 não são a mesma coisa. Provavelmente, uma grande parte dos presentes não se lembrarão que Roquette foi dos poucos presidentes a tentar refriar ânimos e a dizer que “nos próximos 5 anos ganharemos 3 títulos, mas agora é para arrumar a casa”. E o que aconteceu? em 5 anos, ganhámos 2 títulos .os nossos 2 últimos titulos. Roquette ganhou um e Dias da Cunha (que foi coptado) ganhou outro. Por outro lado, não nos podemos esquecer que foi Dias da Cunha o primeiro (e até à data, único) dirigente desportivo em Portugal que denunciou o “sistema”, mostrando as caras do mesmo: Pinto da Costa e Valentim Loureiro. Nessa altura, alem de campeões nacionais, mantivemo-nos verdadeiramente competitivos, mesmo na era Paulo Bento, em que não fomos campeões devido a um golo fantasma do Paços de Ferreira em Alvalade. E, a altura, vivíamos a melhor geração de “putos” que eram aproveitados na 1ª equipa (Quaresma, Viana, Nani,Veloso, CR). Não tínhamos os orçamentos de Benfica e do Porto, tão pouco os seus planteis tão valiosos. Isto leva-me a pensar que o argumento dos anti-“cRoquettes” cai pela base, porque o espírito competitivo e a nao-vassalagem ao Porto manteve-se devido ao Roquette e seu sucedâneo Dias da Cunha. Por outro lado, é comummente aceite que Soares Franco é considerado um razoável presidente, apesar do seu “afastamento” relativo do futebol. Mas também isto tem a sua explicação. E começa aqui a matriz da má gestão. o que aconteceu no Sporting foi tao somente isto: a obcessão em torno do défice e do passivo, curiosamente o mesmo que acontece com o atual Governo. Foi o velho paradigma da “manta curta”. Ou cobrimos os pés ou cobrimos a cabeça. O Sporting da altura, com passivos a roncar o vermelho, tinha duas alternativas: a politica expansionista, com respetivo endividamento perigoso (lembram-se no caso do Benfica em que os passes dos jogadores estavam penhorados pela Socónstroi?) ou, por outro lado, uma politica de contenção em que, inclusive, o aproveitamento da formação seria mais num sentido de lucro financeiro (venda do CR e Nani), ao invés de ser lucro desportivo. E o paradigma do erro começou aqui. Mas , meus amigos, há algo obvio: o Sporting não tinha manta suficiente comprida para cobrir pés e cabeça. Ou nós vendíamos as pérolas, conseguindo receitas que nos serviram por exemplo para construir a Academia (já a construção do Estadio é um erro), e com isso perdíamos competitividade, porque o Cristiano e o Nani valem meia equipa, ou aproveitamos os craques mais 2, 3 ou 4 anos, mas tínhamos que preparar os sócios para uma verdadeira refundação do conceito futebolístico, que era: formação, formação, formação, e adaptação dos putos à primeira equipa e ver Porto e Benfica a continuar a passarem-nos à frente. Que é aquilo que, por exemplo Arsenal e Liverpool fazem atualmente, sem recorrer a contratações de jogadores internacionais experientes. Assim , o CR não seria o que é hoje e tão pouco o Nani. A realidade do futebol europeu e português do inicio do anos 90 e da era Bosman, era um desafio para nós. E falhámos. Porquê? Porque deixámos de pensar em Futebol. Porque deixámos de pensar na nossa génese, que é a de um clube de futebol que tem de formar para depois aproveitar a formação, mas que para isso tem que ter tempo e para ter tempo tem que ter dinheiro e paciência e para ter dinheiro tem que ter a banca credora e para ter paciência tem que ter sócios e adeptos disponíveis para estares 3, 4, 5, anos sem ganhar nada. Esses mesmos sócios e adeptos que nos últimos 30 anos comemoraram 2 títulos (muitos deles nem sequer comemoraram). Estão a ver a encruzilhada em que nos colocámos? Já não falo dos apitos dourados e da constante incapacidade de dominarmos os meandros do futebol português, porque até isso terá explicação, que é o nosso tão estimado “polimento” e “equidistância” aristocráticos. Nesta conjuntura tão nefasta, era mais fácil termos má do que boa gestão. Mas o importante, é…e agora o que se segue? Este é o momento mais definidor deste clube. Não sou sócio, por isso não voto (podem me mandar todas as pedras que tenham à mão ). Mas apoiarei , enquanto sportinguista de 40 anos, todo aquele que consiga , não ter a solução à mão (porque ela não está num pacote de pensal), pensar verdadeiramente as razoes da atualidade do Sporting. E, para isso, esse candidato tem que compreender o passado do Sporting. Para bom remédio, bom diagnóstico. Tal como Jesualdo Ferreira o fez, tão brilhantemente na conferência de imprensa de apresentação e que me fez (e faz) pensar que ele é o homem certo na altura certa. O candidato que tenha o poder financeiro e estratégico para fazer isso, está no bom caminho para por o Sporting na rota dos títulos a um médio prazo. Alguém que sirva o Sporting. Se é o Couceiro ou o Bruno de Carvalho pouco interessa. Nós saberemos, se ele for o “chosen one”. E se nós todos o acarinharmos e apoiarmso como tal.

    • Uma coisa aí acertaste na mouche (e noutras também). Eu lembro-me do primeiro título da era Roquete. Tava num café a ver o jogo, rodeado de Sportinguistas. Não me lembro do jogo já (não tenho boa memória nestas coisas), mas lembro-me de tar tudo aos saltos e eu não. A sensação era mais de alívio. Claro que estava contente, mas não estava eufórico… 18 anos é muito tempo e eu lembrava-me do Jordão e do Manuel Fernandes, os ânimos foram-se refreando. Hoje, tenho sempre muito medo da euforia. Temo que nunca voltemos a ser grandes :(

  23. Sou uma pergunta à mais recente traça profissional que resolveu infestar este cacifo: qual era o currículo do Sr. Jorge Nuno Pinto da Costa antes de se candidatar a presidente do FCP? que empresas tinha ele gerido e qual o sucesso das mesmas?

      • aacho que o Tote quis dizer antes de ir para o Porto. acho que teve uma empresa de venda de electrodomesticos.

        mas digamos que a forma como o pinto da costa chegou a presidente, nao é grande exemplo

      • Não é a melhor comparação pois já o conheciam e para muitos já tinha demonstrado certa credibilidade dentro do clube para desempenhar tal cargo.O resto foi um voto de confiança.

    • Ora ai está Tote, PdC era conhecido por afundar empresas e por ser um aventureiro etc. Mas graças ao seu carisma e dedicação transformou um clube regional numa potencia mundial (lamento mas temos de do admitir), agora a sermos geridos por quem não entende de futebol e só faz merda não dá.

      O grande trunfo de BdC é o seu sportinguista de base e o facto de ter uma paixão pelo futebol e perceber do jogo, já o Couceiro é marketing ou já se esqueceram de quem trouxe o Carlos Manuel para o SCP e outros flops.

      SL sempre

      • ter feito numa especie de golpe de estado dentro do porto tambem nao deve contar, pelo que se conta ele era seccionista de uma secçao do clube e como se chateou com o presidente, arranjou maneira de por os jogadores do lado dele contra o presidnete e acabou por fazer sair de la a força quem la estava

      • Com efeito Riga PdC devia ter sido cooptado para presidente, como fizeram no nosso clube pelo menos duas vezes.

        É muito mais democrático. Ironic mode

  24. O Pinto da Costa foi Diretor de Modalidades entre 69 e 71. Depois saiu do clube e quando voltou, em 76, foi Director do Departamento de Futebol. Sabes qual foi a primeira medida que tomou? contratar o Pedroto, mesmo antes de ser Presidente, que acabou por ser em 82. O resto…é a história que conhecemos. Sou sportinguista mas é importante sabermos a historia dos outros. Quanto à experiencia de gestao de empresas, estou-me completamente a cagar. Essa “traça” de que falas, ou é comprado ou nao sabe do que fala. O que importa é a experiencia futebolistica e a capacidade de saber tomar decisoes, com um par de colhoes de ferro e dois murro na mesa. Nao basta voz forte e colocada e nao basta parentesco sportinguista.É preciso meter medo. Por isso, Joao Rocha só houve um.

    • Entre os finais da década de 70 e inícios da década de 80 PdC teve também em gaia uma casa de alterne com o r.teles. Depois com a presidência, abdicou da sua parte para o teles que manteve a actividade até ao inicio da década de 90. Grande parte das putas que chegaram aos árbitros começaram por vir desse estabelecimento.
      O PdC não é nem nunca irá ser exemplo para ninguém. No dia que ele abandonar a presidência dos corruptos e fugir para o brasil (onde casou á bem pouco tempo com a puta brasileira que anda) ficará para sempre lembrado como o maior ditador, corrupto e mafioso que o futebol já teve em toda a sua história.

      • Tem razão, consócio: a última coisa que fazia falta ao nosso Sporting era um tipo que, por saber pensar e mandar, transformasse um clube perdedor num clube que ganha 4 em cada 5 ligas, que falhou umas 2 fases de grupos da Champions desde que a prova nasceu e que ganhou 3 provas europeias desde que eu vejo bola (contra zero de qualquer outra equipa portuguesa) NOTA: NÃO GOSTO do Pinto da Costa, não quero aqueles métodos para o Sporting, mas também não fui eu a fazer perguntas imbecis acerca de currículos. Imbecis, porquê? É só ver o excelente currículo do Vale e Azevedo, que até foi assessor jurídico do primeiro-ministro, ou do Bettencourt, que consta que até foi administrador de um banco (e basta ouvi-lo falar 5 minutos para perceber que, se não fosse primo do cunhado do sobrinho de Alguém nem um banco de jardim administrava).

  25. João Pedro Paiva dos Santos: “Caso o José Couceiro avance, nas próximas horas, com a lista que me foi apresentada pelo próprio e na qual me identifico, não apresentarei as minhas listas, pois só farão dispersar os votos dos sportinguistas em torno de duas candidaturas que partilham dos mesmos ideais, valores e princípios”

  26. ó riga,já pensaste que tu (e outros) falam desse passado “mafioso” do PdC porque o gajo teve sucesso? e que se o PdC assumisse o poder com caroladas e golpes de estado e putas e fruta, mas nao ganhasse nada, ninguem hoje falaria disso? Duma vez por todas, o futebol nao é nem nunca foi uma assembleia de virtudes. é o desporto mais importante do seculo XX, um dos fenómenos culturais, sociais e economicos mais determinantes da historia da humanidade e depende de vitorias. O PdC, comparado com o Berlusconi ou com o Tapie ou com o Jesus Gil, é um menino de coro.O FC Porto tem uma das melhores organizaçoes de futebol da Europa, desde há muito. Ganhar uma Champions em 1987 e em 2004 não é a mesma coisa que ganhar na década de 60, onde o Benfica tinha a base dos magriços e nao havia colossos financeiros europeus como há agora. A hegemonia do FCP deve-se ao poder instituido por alguem que soube compreeender o contexto futebolistico de um clube de bairro e que o dimensionou à escala planetária.Para isso, tiveram que comer merda e fazer das fraquezas forças.E é como tudo na vida: mais importante do que cairmos é o modo como nos reerguemos. Mesmo se pelo meio, se pagam umas putas. Já o velho Rocha o fazia. Comes with the job.

    • nao digo que nao, mas achas mesmo que os metodos do pinto da costa o pessoal aceitava. uma cena: a diferença entre o que o PPC andou a tentar fazer de “espiar” os jogadores e o que o Pindo da costa sempre fez, é que o ppc foi pelos vistos apanhado e o pdc nao.

      toda a gente sabe que os jogadores no porto sao controlados ao extremo, toda a gente sabe( o proprio Futre confirmou isso)o que o octavio machado fazia no porto( chegavar a ligar para casa ou a bater a porta dos jogadorres as 123h ou meia noite, so para ter a certeza que eles estao la, e se nao eswtiverem os super dragoes tratam deles(pelo que se diz, fazem rondas diarias pelas discotecas do porto e arredores a ver se apanham alguem por lá ….e quando isso acontece acontece o que aconteceu ao adriano)
      lá em cima têm jogadores e ex jogadores na estrutura que sao o comkite de boas vindas e ensinam-lhes o que podem e nao podem fazer ali.

  27. Couceiro é mesmo um mete nojo do caralho. Foda-se mais ó homem não larga o tacho. Parece o Santana Lopes, quer ser presidente de alguma coisinha não interessa o quê. Puta que pariu essa gentalha.

    Como treinador é uma nódoa, como director desportivo o que é que fez de jeito?

    Se ele tivesse colhões e olhos na cara, via perfeitamente que ao aceitar avançar com o apoio do Ricciardi a sua lista estará automaticamente conotada ao Roquettismo. Se ele fosse inteligente, procurava soluções por conta própria e apresentava-as aos sportinguistas. Ser-se sportinguista não chega, é preciso competência!

  28. volto a dizer,Paiva, estamos tão só a falar de competencia: o PdC pode ter tido as casa de alterne que queria e levar os arbitros para a cama, mas o Benfica na década de 50 tambem teve o Inocencio Calabote, que deu o titulo ao Benfica nos descontos, fodendo 3 jogadores da CUF, e tantos e tantos outros que houve. Nós tambem temos os nossos esqueletos no armario (o Joao Rocha foi o primeiro a casar estrangeiros com putas brasileiras), aqui o que se fala é em competencia de gestao, e dessa competencia faz parte o mundo de influencias. Não há nada puro no desporto de alta competição.Se puder ganhar sem recurso à corrupçao, tanto melhor. Mas se eu for competente, mais tarde ou mais cedo as vitorias acontecem.

  29. mas é curioso, riga, falares do PPC, porque a minha opiniao faz lembrar aquela frase que diz: mau nao é roubar, mau é ser apanhado.lol. claro que nao defendo o crime, mas controlar jogadores que vao para a night até ás 4 da matina e no dia seguinte adormecem no Banco, não é crime, é um dever de quem gere uma estrutura que depende de resultados.

  30. Couceiro = Continuidade do passado recente vs Carvalho = Dúvidas sobre um futuro diferente

    É esta tb a vossa percepção? Teremos de escolher entre a continuidade e o risco de uma direcção “desalinhada”? É assim que se está a colocar o problema da escolha?

    Olhem que é dificil, mas o passado não tem sido bom (é aliás uma série de tiros nos pés de grande dimensão) e risco por risco … pode ser que uma nova forma de gerir o clube nos liberte desta sucessão de chatices.

    E depois temos de nos lembrar que BdC foi praticamente eleito nas ultimas eleições.

    p

    • É qualquer coisa do género: Seguir o trajecto que nos troxe até ao abismo e dar o passo em frente ou estar à beira do precipicio e encontrar lá um galho onde nos possamos agarrar com a fé que isso nos ajude a recuar o trajecto e poder afastar-nos da queda… Acho que a 2ª tem mais perspectivas de futuro…. digo eu…

    • Paulo, então a escolha de uma lista que esteja ligada ao “passado recente” não é por si só um risco?

      O que leva os sportinguistas a votar num determinado candidato?

      Não é o projecto o elemento mais importante numa candidatura? Quem mais apresentou um nas últimas eleições? Quem é que disponibilizou o projecto na internet para qualquer pessoa o poder consultar?

      Risco? Risco é continuar nesta pasmaceira que nos pode levar ao fim. Se o Bruno de Carvalho não honrar o que cumpre cá estaremos nós, todos os que gostam do clube, para o pôr fora do clube mas chega foda-se, chega de ter medo de quem não tem o Ricciardi na sombra!

      Quero o Sporting de volta, aquele Sporting ecléctico campeão em tudo, dos maiores da Europa com uma equipa recheada de produtos da formação, estádio cheio sem fosso, com as nossas cores, será pedir muito?! Talvez, mas isto é o Sporting Clube de Portugal e a exigência é a palavra de ordem!

      • Na minha perspectiva o Couceiro não é um risco precisamente porque sabemos o que esperar … infelizmente parece-me … mais do mesmo.

        Tornar a apostar nesse caminho já não é um risco é suicidio. Sabemos que vai dar cabo do que resta.

        Mas o que resta é valioso demais para deixar cair. Por isso também eu prefiro uma ruptura completa com o passado. E esta ruptura importa decerto riscos. É a estes que me refiro.

        Ideal para mim era uma lista em que NEM UM dos elementos tivesse tido o que quer que fosse de participação no que se tem passado no clube. Não sei se é possível ou até desejável. Mas que gostava, gostava.

        p

  31. Uma pergunta: este José Couceiro é o mesmo que foi treinador do FCP?

    Agora o Sporting vai ter um Presidente que já viveu às ordens do Pinto da Costa?
    Sei o que os tempos andam estranhos, mas anda mesmo tudo doido?

    • Ter sido treinador até não é por aí… porque ele também durou pouco tempo lá…. O juju até esteve lá mais tempo!
      O que custa é que o Couceiro já cá esteve por duas ocasiões e não fez nada de relevante… fora os Alvercas, Belenenses, Lituânias e o camandro… Desta competência estou eu farto… Parece o Santana Lopes… anda à procura de qq coisa para ir fazendo e nunca faz nada… palpável!

    • Ainda há essa o gajo treinou o porko foi despedido e agora quer mandar no SCP, mais provas de incompetência não há. Na casa onde todos ganham e todos têm oportunidade Couceiro foi corrido. Mais, lembram-se de quem trouxe o Carlos Manuel para o SCP? Ah pois foi o director desportivo Couceiro.

      Afinal qual é o curriculum deste homem no futebol? O sindicato dos jogadores?

      Qual é a credibilidade extra que trás?

      Falar bem, isso também o Bruno de Carvalho, então porque é que um é credível e o outro é malandro?

      SL sempre

  32. Discordo. Enquanto treinador ou director desportivo, também não me interessa onde é que eles andaram. Mas como presidente alto lá!

    Só a ideia de ter um ex-treinador do FCP como presidente do Sporting, só mesmo por aqui. Vê-se o desespero; seria inimaginável no FCP ou SLB

  33. Aliás se estas eleições são tão importantes como toda a gente as pinta, dever-se-ia eleger um presidente por uns bons anos.
    E há 2 pontos essenciais numa estratégia a médio / longo prazo (mais que os 25m ou 60m):

    1 A questão da maioria da Sad (que deve ficar no clube)

    2 A turbulência que se vai viver no FCP com a saída de Pinto da Costa.
    Uma oportunidade única para o Sporting tentar romper a bi-polaridade do futebol português e ter uma palavra de influência na tomada de decisões.

    • Z,
      O ponto 2 só acontecerá se entretanto pusermos a casa em ordem, contarmos os poucos tostões que nos restam e começarmos praticamente do zero. Claro que o ocaso do Bufas representará uma oportunidade, tenho dúvidas de que estaremos prontos para dar luta nessa altura.
      A mim ninguém me tira da cabeça as palavras do Prof Baltasar – tudo no Sporting é de uma opacidade que mete medo, o cenário é quase catrastófico.

      Pus-me a pensar e anda com esta fisgada há muito: foi o Porto que avançou com o dinheiro para o Godo pagar, no final de 2012, as dívidas que o Sporting tinha com fornecedores, empregados, atletas e com outros clubes, e que nos permitiu sair da lista negra da Uefa. Lembram-se? Nunca se esclareceu donde veio o dinheiro – para mim foi uma tranche recebida em adiantado da saída do russo Izmailoft, aconteceria já em 2013.

      SL

  34. O Couceiro é a terceira escolha da corja depois de levarem a nega do amigo Rogério Alves e do mercenário Figo (era preciso um contrato ao estilo Tagus Park) arranjaram este Couceiro.

    Andou a passear por SAD’s (recordo que o Alverca foi à falência com ele e o amigo Vieira) treinou uns clubes sempre sem grande sucesso, deu luta numa qualificação para o mundial da Lituânia e nas selecção Portuguesas nada a apresentar tendo um curriculum inferior a Nelos Vingadas e quejanos.

    Agora vamos eleger este homem para o SCP na base da fé que ele de um momento para o outro se torne vencedor, é mais um tiro no escuro, a mim este gajo não me engana.

    Como disse acima não confio o meu querido SCP a terceiras escolhas que nunca ganharam nada e anda há 20 anos no futebol, só porque vêm com um discurso bonito.

    SL sempre

  35. Continuam a haver sportinguistas que nao discutem o Sporting, só discutem nomes e caras. Parecem uns putos com a conversa “o meu pai é bombeiro, e o teu é trolha”. enquanto continuarmos a debater assim, fugimos a sete pés do principal. já o disse, e repito: criar estereótipos sobre putativos candidatos a presidentes é tao pernicioso quanto pouco pertinente. É verdade que se pode colocar a questao: Quem tem medo de Bruno de Carvalho? Porque é que Bruno de Carvalho inspira medo? Por ser revolucionario? o revolucionario de hoje pode ser o ditador de amanhã, certo? Na Antiga URSS, os bolcheviques (Staline) derrubaram os Czares e foram mil vezes mais sanguinarios do que os seus antecessores. Hitler dominou metade da Europa pela força da sua oratoria, iludindo milhoes de alemães.Ok, aceito que se dê uma oportunidade a Bruno de Carvalho, nem que seja pelo principal que é o facto dele parecer ser o que mais sportinguistas agrega. Mas é importante nao nos deixarmos iludir. Nao nos podemos iludir pela historia da “credibilidade” usada pelos Godinhos Lopes e Ricciardis, mas tambem nao nos podemos iludir pelo “Sportinguismo” de BdC, porque meus caros, nao me venham com merdas: alguem que me diga onde e quando e porque se coloca em causa o Sportinguismo de um sobrinho -neto da maior lenda do clube e que foi (com erro, é verdade) diretor desportivo do Sporting.Nao podemos iludir o principal que é queremos o melhor para o Sporting. A nossa/vossa necessidade urgente de vitorias nao pode cegar a objetividade. Nao defendo nomes nem caras, porque sei que o Sporting vive uma era em que nao há D. Sebastiões e o campo é tao minado, tao minado, que qualquer que seja eleito vai cometer erros.O Sporting nao precisa de nomes. Precisa de dinheiro, competencia e tempo.E precisa da Banca, meus amigos. Tal como cada um de todos nós precisa (infelizmente) da Banca se queremos ter um credito. A competencia nao tem cor nem caras. Afastem.se duma vez por todas da ideia de que há um complot para destruir o Sporting. Só a permanencia da incompetencia é que poderá faze-lo.O Sporting é uma empresa que deve ser gerida como tal.Gostaria que assim nao fosse, mas pusemo-nos (puseram-nos a jeito). Leiam a merda dos projetos e tentem ver para alem dos vossos estereotipos. Nao aceito que, de repente, um tipo que apareceu na alta roda mediatica há 2 anos, de repente seja o maior (e unico) sportinguista do planeta e todos os outros sejam cabroes oportunistas. Como diz uma canção dos SOnic Youth: “kill your idols”. A idolatria neste momento começa a ser escorregadia para quem, afinal, só deseja seriedade e competencia para o Sporting.Da minha parte, e nao sendo socio, cá estarei para avaliar, nao a credibilidade, nao o passado, mas a sinceridade e transparencia com e vai discutir o Sporting nesta campanha.

  36. Eu diria que quem se dedica a inventar nicks, em primeiro lugar não é sócio, em segundo é otário, em terceiro e em igualdade é lampião ou tripeiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s