Nós acreditamos em vocês! (apesar do masoquismo)

Golo do Nacional. Bruma debaixo de fogo, no relvado e nas bancadas. Schaars manda calar Rinaudo (enorme, Sr. Cimento, enorme) e conforta o puto. Eu contenho a minha vontade de mandar calar os gajos que, a meu lado e atrás de mim, gritam «não se brinca aí!», esquecendo-se que aquele golo era anunciado desde o apito para o início da segunda parte. E esquecendo-se que Bruma era, nessa altura, um jogador a menos.

Mas a beleza do futebol reside nestes pormenores incontroláveis. Bruma passa para defesa direito (já percebi o porquê do Miguel Lopes ter sido incluído no negócio do Izma: está tantas vezes lesionado como o russo, mas recupera mais depressa), Viola entra para falso extremo esquerdo, e o Sporting parte para 15 minutos finais de enorme fulgor.

Para trás ficava uma excelente entrada em jogo, com Bruma e Capel endiabrados, André Martins a pautar, dois laterais que só sabem atacar (sim, falta o resto) e dois centrais a dizerem presente. Tudo isto à luz de um sol de que tantas saudades tinha de ver nas bancadas de Alvalade. Um golo monumental (sério, ainda alguém é capaz de dar o calcanhar do argelino como exemplo, depois deste golo ou do do Ricky?) e oportunidades para fazer mais um ou dois nos primeiros trinta minutos de jogo, equipa a respirar confiança (até em demasia, nalguns lances, quase parecendo jogar para a nota artística), mas a baixar o ritmo nos últimos dez minutos da primeira parte. No reatamento, a atitude e a intensidade ficaram no balneário (tal como o sócio 100 mil ficou em Madrid, num momento ridículo que merecia, pelo menos, um telefonema). Jesualdo demorou em sacudir o jogo (e, sim, não teve sorte com  entrada de Labyad) e aquele que tinha tudo para ser um bonito final de tarde, ficou ensombrado.

Mas a beleza do futebol reside nestes pormenores incontroláveis. Bruma passa para defesa direito (já percebi o porquê do Miguel Lopes ter sido incluído no negócio do Izma: está tantas vezes lesionado como o russo, mas recupera mais depressa), Viola entra para falso extremo esquerdo, e o Sporting parte para 15 minutos finais de enorme fulgor (sim, já o tinha escrito, mas encarem isto à laia de um flashback cinematográfico, daqueles que contextualiza a cena principal).

Boraaaaaaaaaaaaaa!, grita-se das bancadas, de cada vez que a equipa recupera uma bola e parte para o ataque. Rufam os tambores das claques, cada vez mais alto. «Nós acreditamos em vocês!», entoa-se a plenos pulmões, num rugido que embala os que correm na relva. Tenta-se uma, duas, três. Ilori faz um carrinho fantástico, mesmo à minha frente. Boraaaaaaaaaaaaaaaaaaa! A bola está do lado de lá, novamente. Cruzamento de Bruma e o anúncio da marca de cerveja a tornar-se real: por momentos,  o coração pára. Vejo um gesto técnico brilhante, mas não vejo quem cabeceia. Ouro herói improvável, novamente vindo da argentina, fico a saber pouco depois. Isto faz mal ao coração, mas faz bem à alma. «Nós acreditamos em vocês!», entoam os dois topos.
Pois acreditamos. Mas dava jeito não esquecer os erros cometidos e, se possível, ser um bocadinho menos masoquista.

Anúncios

128 thoughts on “Nós acreditamos em vocês! (apesar do masoquismo)

      • É fora de jogo?? Ok, pois é. Fazemos assim: Ficamos com o empate de ontem, mas dão os 3 penaltys gamados a semana passada, vale? Assim, em vez de 3 pontos em 6, se calhar fazemos 4 em 6, pode ser?
        Todos pro caralho!

      • e agora arautos da verdade desportiva? onde está a vossa idoneidade e coerência?

        ide chupar na 5.ª pata do cavalo…

      • tolas, é fora de jogo. queremos a repetição do jogo. o que se passou ontem foi uma vergonha. um golo em fora de jogo. o nacional terá o meu apoio se quiser a repetição do jogo por golo com um dedo em fora de jogo. podemos ignorar a alinha que diz que em caso de dúvida beneficia-se sempre o ataque. ontem a validação do jogo não é uma questão de “critério largo”. é uma questão de lei. e como disse o Jusko, ficamos com o empate mas queremos os 3 penaltis e 3 expulsões da luz!

        p.s.:,o Ronaldo estava em treino à hora do jogo!

      • Podemos também ignorar o lance em que o Rondon está em fora de jogo e não fosse o Ilori a cortar, o Nacional tinha marcado. Mas essa não conta, não foi golo não conta…

    • “Houve um jogo, este sim limpinho. Não houve decisões por parte da equipa de arbitragem que de alguma maneira influenciassem o resultado e por isso parabéns também para o quarteto de árbitros.” Palavras de Manuel Machado, na conferência de imprensa.

      O fora-de-jogo é milimétrico e está nas regras que, em caso de dúvida, se beneficia o atacante. Se apitasse, não me chocava, mas presumo que teve dúvidas e seguiu a regra de beneficiar o atacante. Em todo o caso, e mesmo admitindo que haja erro, não foi escandaloso, como foram os da semana passada.

      • Perdemos o direito de reclamar porquê? Eu estava no estádio, em linha com o lance, cá em baixo, e não vi fora-de-jogo nenhum. E, mesmo, na TV, é preciso parar a imagem para se ter a certeza, já que há vários jogadores a avançar e recuar no momento em que a bola sai, e, no momento em que cabeceia, o Rojo está mais de um metro atrás da linha defensiva – e não, como o Maicon (v. SLB) ou o David Luiz (v. VG) um metro adiantado (e em lances de bola parada, o que não é o caso). Obviamente que não devíamos ter dormido meia-hora da segunda parte, mas isso não justifica que alinhemos em comparações de lampião entre um jogo em que fomos deliberadamente roubados numa dúzia de decisões seguidas, e um lance que, em rigor, (e como bem refere o MBC) foi bem decidido, porque os foras-de-jogo que, como este, só se vem na quarta repetição (ou seja, que são necessariamente duvidosos), a decisão correcta “no campo” é não assinalar. PS: Grande Capel, sem dúvida o melhor. E grande Ilori, que vai ser um monstro de um central. E grande Viola, que depois de parecer um Nalitzis de bolso ainda nos vai dar muitas alegrias. SL

      • não vás por aí… :) eu acredito que mesmo que ele estivesse dez metros em fora de jogo tu dirias que não estava :) eu estava na superior sul e nem me apercebi que pudesse haver alguma dúvida, só no carro é que ouvi pela primeira vez na rádio. Chegado a casa dá para ver e dá para ver bem sem precisar de ir até à quarta repetição ;), até porque ele faz um movimento ao contrário, anda para trás. Eu só chamei a atenção para dois factos: um que tenho pena que isto tenha acontecido e que quase parece de propósito, outro que não devíamos ter chegado a este ponto no jogo.

      • Não avalies os outros com olhos vermelhos, foi tão evidente que nem o treinador adversário se queixa. Pessoalmente tive de ver a repetição 3-4 vezes para perceber o fora de jogo e qual dos dois jogadores efectua realmente o remate, claro que numa fotografia é sempre mais fácil, por alguma razão nem nas repetições chamaram a atenção pra isso.

        Mas é a grande diferença entre os clubes, como disse o Jusko, se todas as faltas decisivas nestes dois jogos fossem realmente marcadas ficávamos a ganhar, duvido que sem matic e maxi em campo as gaivotas fizessem mais alguma coisa, alem disso nós admitimos que houve um erro decisivo, ainda estou para ver uma papoila a assumir aquilo que todos vimos há uma semana, que foram beneficiados de forma escandalosa para poderem continuar a sonhar com o titulo.

        Já se esqueceram das capas dos pasquins nos dias antes do derbi? Capela era o gajo que prejudicou os pardais num jogo qualquer, e o fiscal de linha era o que lhes tinha tirado o titulo… Querem melhor para pressionar o arbitro?

    • Os arautos da verdade desportiva sabem ver a diferença entre um possível fora de jogo milimétrico ( eu até acho que estava em linha ) e o nojo que vos anda a levar ao colo.

  1. Epá com este título tenho de dizer isto: FUI EU quem começou, sozinho, a gritar “NÓS ACREDITAMOS EM VOCÊS” no DUXXI, depois do golo sofrido.

    Pronto, era só para demonstrar o meu orgulho. Agora vou ler o post.

      • Esteve mesmo. Óptimo jogo para levar o meu irmão pela primeira vez para a curva. Já a Juveleo esteve fraquíssima…

      • Diogo, comentei isso mesmo com quem estava ao meu lado, a JL parece uma claque de reformados…ao passo que o Directivo se encarrega de transmitir força e alma à equipa.
        A Bancada Norte está em grande.

      • A Juve Leo ontem, mais uma vez, passou metade do jogo a impingir um cântico novo e sem ritmo… em jogos importantes em que a equipa precisa de apoio, cantam-se as músicas que puxam pelas palmas e pelo apoio das pessoas, digo eu… Talvez por isso, muitas vezes esse cântico tenha sido interrompido por outros iniciados mais cá de cima…

      • O Fernando Mendes e o Musta devem andar tristes com a “austeridade” que vai entrar no SCP…
        Perderam força animica, como o “grassman” do Coelho…

  2. Por acaso não desgostei do joãozinho em termos defensivos (e eu fui um dos que nunca foi muito à bola com ele…). Quanto ao schaars, faz-nos falta um jogador com a maturidade dele em campo. Espero que na próxima época ele fique connosco.

  3. como é que o treinador mais competente que temos tido esta época continua a insistir num médio macio – até enervar – de seu nome Adrien?

  4. Por falar em izmailov, então e o liedson? que jogador…acho que desta vez sempre podemos dizer que quem mais perdeu nestas trocas foi o porto. Eles que costumam acertar tão bem nas contratações, lá se lixaram.

    PS: ainda bem que o jogo foi às 6 da tarde. Com um vento e frio destes…os jogos deviam ser sempre de tarde

    • Quanto ao jogo, notas positivas para:

      – Ilori, o miúdo é muito rápido. Não fosse ele a tirar a bola ao Rondon e ele provavelmente tinha marcado, num lance em que o Rondon estava claramente em fora-de-jogo, mas não sei se é por falta de pulmão ou por incompetência, o fiscal de linha chegou bem atrasado à jogada, e não foi a única vez que isso sucedeu…
      – Miguel Lopes, jogou bastante bem e teve várias iniciativas interessantes, compensando em parte o fraco jogo de Bruma, que só valeu pela assistência no 1º golo.
      – Capel, não é preciso dizer muito
      – Joãozinho, mais por não se ter destacado pela negativa…

      Adrien, que desilusão. Não sei quantas mais oportunidades irá ter para mostrar algo de jeito. Mas schaars também não acrescenta nada…

      Ronaldo o sócio 100.000? A sério? Não o devia ser há pelo menos uns 10 anos? Não percebi esta estratégia de marketing de o colocar como sócio 100 000…

      • Repito: quem da nossa formação é que é sócio do Sporting? O viana? O moutinho? O simão? O quaresma? Nem no Nani ou no Veloso acredito…

      • Não compreendo o vosso problema com o Ronaldo… o homem disponibiliza-se para fazer esta campanha e é atacado por isso?
        Foda-se, mas que outro jogador deste nível fez o mesmo pelo seu clube?
        Quantas vezes já não vimos Ronaldo expressar o seu sportinguismo e agradecer ao clube tudo o que é hoje? Hoje foi apenas mais uma forma.

        O melhor do mundo é nosso, tem orgulho em sê-lo e vocês gozam com isto?

        Já agora, do actual plantel quantos tinham as quotas em dia e podiam votar nas últimas eleições? Um apenas, isso é que é triste…gajos que foram apresentados com o cartão de sócio no dia que entraram no clube não terem sequer as quotas em dia.

      • mas quando criticas o facto de ronaldo nao ser socio há 10 anos nao estás a criticar esta direção, certo? nunca é tarde para emendar os erros dos outros. principalmente, quando estamos a falar do jogador mais mediatico do mundo. agora, nao estavam à espera que ele descesse num helicoptero, certo?

        foi uma oportuna e bem esgalhada estrategia de marketing. ponto.

      • quem diz que o ronaldo apenas agora é socio? pode foi ter sido aproveitado para a ocasiao do socio 100 mil e ter aceite mudar de numero, para o clube ter um socio mais mediatico com esse numero. e serve como campanha de marketing

      • O Rolando que expresse o seu Sportinguismo e venha jogar de novo no SCP!
        De preferência enquanto ainda vale alguma coisa…
        Charminho para uma “reforma dourada” não “enteressa” nem ao menino “Jasus”…

  5. Bela tarde de Sportinguismo.
    Bom jogo do Sporting, gostei de Miguel Lopes, seguro a defender e atacar pela certa. Ilori e Rojo estão cada vez mais consistentes mas ainda faltam muito para serem um dupla de top. Joãozinho acho o um bom suplente.
    Rinaudo gostei da disciplina tactica que tem vindo a adquirir.
    Adrien para mim para sair.
    André Martins, fez um bom jogo, é um miudo que gosto de ver jogar veio da formação mas acho que não vai ser um médio de top.
    Schaars para mim é fundamental na equipa.
    Capel e Bruma grande jogo mesmo com o erro deste ultimo.
    Labyad entrou com pouca vontade, naquele estilo descontraido.
    Viola acho que está cada vez melhor.
    Wolfs um bom jogo, mas a bola poucas vezes lhe chegou em condições.
    Relativamente ao falhanço de Bruma e a reprimenda de Schars e Rinaudo confesso que vi Rinaudo num estilo mais agressivo e schaars mais paternal.
    Não sei qual dos dois estilos funciona melhor com Bruma, mas pensando bem, se calhar os 2 um repreendeu o e fez sentir que tinha prejudicado a equipa com aquela infantilidade o outro deu-lhe umas palmadinhas nas costas e motivou para encarar nas jogadas com a mesma confiança.

    • Para terminar, Prof. Jesualdo está a fazer um grande trabalho com estes miudos a evolução da equipa está a vista.
      Na minha opnião fundamental para o próximo ano.

  6. Só não percebo é porque desvalorizas a acção de marketing do Sócio 100 mil, crias mesmo que ele viesse a alvalade, eu penso que vídeo e a acção estão bem conseguidos e o objectivo foi conseguido, ter o Melhor Jogador do Mundo como sócio do Melhor Clube do Mundo para mim é motivo de Orgulho e para ele também : ) http://www.youtube.com/watch?v=KVeVn-rsnpI

  7. Cherba, mais uma vez dizes quase tudo… Na bancada onde fiquei foi a mesmissima coisa. A rapaziada sentiu que tentamos, e fomos, digo eu, o 12º jogador.

    “Boooooooooraaaaaa!!!” , e eles foram… e marcaram!!!

    Já há duas semanas tinha dito a uns amigos que foram comigo à bola que era inadmissivel a Loja Verde estar fechada depois do jogo. Hoje, felizmente, estava a funcionar… e de que maneira. De tal forma que queria ter adquirido um cachecol e, a fila nunca mais acabava… Fica para a próxima. Em dias de jogo tem que ficar sempre aberta após a partida terminar. Os sócios querem ajudar o nosso clube!

    Gosto de ver que o nosso Presidente não só anda a “chamar os bois pelos nomes”, mas também das pequenas (grandes) atenções aos sócios no intervalo do jogo.

    Quanto ao jogo em si não gostei nada dos primeiros 30 minutos da 2ª parte. Falhámos passes até dizer BASTA. Adrien, André Martins, Joãozinho, etc etc, não acertaram um. Valeu a ponta final e o golo do Rojo. Este matou o Borrego, irra que é demais. Pelo menos já marcou. O outro teve cá 9 anos e nunca marcou um golo para o campeonato…

    Agora temos que ir vencer o Paços de Ferreira e depois vamos para o 5º lugar!!!

    Bora Sporting!!!!!!

    SL

    • Agora não se esqueçam de foder tudo e para o ano arranjar um central-direito e meter o miúdo a central-esquerdo (coisa recorrente em Alvalade quando toca a foder duplas de centrais).

    • Estava no sector A25, esse corte foi mesmo à minha frente! Impressionante o golpe de raiz que o miudo tem e o arranque que faz! Ilori ia lançado para fazer pressão, a bola sofre desvio, o puto, pára, arranca atrás do Rodon e corta em carrinho! Qual Varane, qual que! Futuro melhor central do mundo ali! Ok posso estar a exagerar…

  8. Só espero que depois do jogo de hoje, o Sporting perceba que tem de segurar o Capel. Seria uma perda enorme vendê-lo tão cedo…

    Quanto ao Ronaldo, sinceramente pareceu-me uma boa jogada de Marketing.

  9. A matéria prima está lá. Apesar do bom trabalho desenvolvido ainda continuo a dizer que o Juju não é o treinador do Sporting. Não compreendo também o porquê de tantas oportunidades a Adrian quando Zezinho, João Mário e até mesmo o Cristian Ponde tem potencial para mais e melhor.
    Quanto ao resto, é como o Cherba já antes disse aqui, são “dores de crescimento”…

    SL

    • O Juju tem muitas virtudes mas nenhum treinador é perfeito. No sentido em que “nenhum treinador vai agradar a todos os treinadores de bancada”. Vidé o Jesus que é DE LONGE o maior responsável pelo revitalizar do clube da gaivota e mesmo assim mais de metade dos lamps que conheco passam o tempo a criticá-lo e já o tinham despedido mais de uma vez.
      A questao do Zezinho é igual à questao do Dier no meio-campo. Sobretudo porque o Zezinho se fartou de jogar na última vez que foi titular.

  10. também me pareceu uma boa jogada de marketing a cena do Cristiano.

    a equipa vai melhorando, já se vê futebol em Alvalade, tinha saudades. Merito do treinador.

    Tiago Ilori estará a jogar no Barcelona em 3 anos se tudo correr normalmente, e os nossos cofres bem recheados.

    sinal mais claro para Capel e Marcos Rojo (a evolução dos 2 com Jesualdo tem sido evidente) e Bruminha.

    o Presidente precisa de dar prioridade ás renovações dos putos e á continuidade por 2 anos de Jesualdo. São medidas base para sermos melhores num futuro próximo e de medio prazo.

  11. A propósito das nossas pérolas jovens, gostei de ver a mensagem que veio das claques (Torcida ou Directivo, não estou certa). Não me lembro das palavras correctas mas era qualquer coisa como: “Formar para vencer e não formar para vender”. É um bom mote para a época que vem. Os nossos jovens têm de ser canalizados para ganhar títulos pelo Sporting. Essa deve ser a exigência. Depois, então, podem ser vendidos.

  12. Esta equipa só precisa de estabilidade, o potencial enorme está lá! Na minha opinião há pelo menos 3 jogadores não formados na Academia que têm que lá estar na próxima época e quem sabe até por muitos anos independentemente do ordenado, são eles o Deus Rinaudo, o Capel (mas álguem duvida do profissionalismo e garra deste senhor? nunca baixa os braços caralho! sempre a 300 à hora) e o marcos Rojo (o homem tem alma fodasse, eu gosto daquele nervo, ranger de dentes e agressividade que o gajo mostra) quanto ao resto vender o Jeffren, o Boullarouz, o Adrien, se fizemos um bom encaixe com o Patricio do qual eu gosto muito para cima de 15 milhões temos lá o Marcelo Boeck, mas o mais importante é manter os putos a qualquer preço e calejá-los (Bruma, Eric Dier, Llori, Zezinho, André Martins, labyad sim Labyad porque tem potencial, Carrillo, Betinho, Rubio, Aias, etc.) temos de estabilizar e não vender os nossos putos ao desbarato, para termos uma excelente equipa em 2/3 anos a lutar por TUDO!
    PS: eu estive lá hoje mais uma vez, e que ambiente espectacular! isto é o SPORTING.

    • Concordo inteiramente quanto aos jogadores não formados na Academia que se devem manter. Por muito dinheiro de que necessitemos, não podemos cair no erro de vender tudo a torto e a direito. Capel e Rinaudo, mais até do que Rojo, são indispensáveis. Do Patrício gosto muito, mas é uma das nossas poucas oportunidades de fazer um bom encaixe. O Boeck é um leão e excelente guarda-redes. Com regularidade, pode crescer muito mais. Quanto aos miúdos, também acho que são para manter. Só não concordo muito quanto ao Carrillo e Labyad. Têm potencial, sem dúvida, mas se for preciso vendê-los para manter os acima citados, que seja. Há que estabelecer prioridades e o Sporting vai ter mesmo de vender.

  13. A cena do sócio 100 mil ser o Ronaldo em termos de marketing é bem jogado mas é uma parolice de todo o tamanho até porque o Sporting não tem 100 mil sócios tal como o benfas não tem 200 mil ou lá o que eles dizem que têm. Se não poderiam votar quase 100 mil pessoas não era…..

      • Ok o scp teria nessa altura 60 mil sócios com menos de 18 anos? Obviamente que não… Acredito que com a vitória do bdc tenha aumentado mas não vamos ser hipócritas. Não se pode dizer ah e tal o benfas tem 200 mil tangas porque não fazem a recontagem e depois no scp passar-se a mesma coisa e andar-mos como eles por ai a vangloriar de algo que não é verdade

    • Só podem votar os sócios com mais de 18 anos e com as quotas em dia. Só 30 mil estavam nessas condições, mas existem muitos mais sócios do que aqueles.

    • Eu deixei de pagar cotas quando o engodinho fez o assalto ao poder. Recusei-me a dar dinheiro a chulos. Sim, a chulos, porque o dinheiro ia para eles, e não para o clube, como se pode ver pelo aumento de passivo. O BdC ganhou, a corja saiu, e eu fui regularizar as cotas.

      Como eu, acredito que muitos outros. Se a isto juntares o factor idade acima referido, ai tens os teus 100 mil.

  14. Tenho sido crítico em relação a algumas prestações do Patrício e por isso estou à vontade para afirmar que hoje foi dos melhores em campo!

    Não é só nas defesas em vôo para a fotografia que se vê um GR. Esteve impecável no cruzamentos e na 2ª parte dá uma chapada no esférico ( tipo soco, mas saíu chapada) espectacular!

    Ainda teve um mérito brutal quando faz uma mancha incível, aguentando sem cair uns bons segundos, num lance de golo iminente do Rondón.

    Venham as críticas todas, mas como ganhámos não se falará muito dele. Para mim fez hoje a sua exibição mais completa. Adorei…

    • boas, muito provavelmente vais dever esse teu nick às sucessivas magnificas exibições do Patricio ao longo desta época.:)

      mais; acredito plenamente que se nao fosse o Patricio, estarias neste momento aflito a lutar pela permanencia e nem o Jesualdo conseguiria inverter a situaçao.

      Se de repente deixou-se de falar tanto do Patricio foi porque a equipa começou a jogar futebol a serio, começou a ganhar, e outros jogadores começaram a destacar-se.

      Mas o empurrao decisivo para hoje estarmos a lutar pela Europa foi dado pelo Patricio, essa é que é essa!

      SL!

      • Estás enganago! Este nick deve-se em 1ºlugar à constatação de um facto.

        Depois, decidi escolhe-lo porque sempre acreditei ser possível, ao contrário de muitos que por aqui passam!

        Quanto ao Patrício, fácil é enumerar o óbvio que foi o que fizeste.

        Eu já o critiquei várias vezes. E agora fiz o contrário, ou o homem é intocável pá?

  15. Hoje foi um grande dia: fui com a minha filha de 4 anos e com o meu filho de 2 à bola (e com a minha mulher tb, uma ex-portista a quem eu consegui indicar um melhor caminho)! Que espectáculo. O puto mal viu o estádio começou a cantarolar: “Sporting ganhou, Sporting ganhou”. É lá um cântico dele, não sei onde o foi buscar :) ! Chegámos, lá conseguimos entrar com um puto de 2 anos, subimos até à bancada B, e entramos ao mesmo tempo que a equipa.
    Primeiras bolas a rondar a baliza, e eu a pensar: é melhor avisar os putos que se for golo toda a gente berra como o pai berra lá em casa. Bem dito, bem feito. Golo do Capel: goooooooooooooooooooooooooooolo!
    Lá engonhámos o resto até a tristeza se abater com o golo do Nacional. E depois os putos começaram a sentir o Sporting, um bruá constante, toda a gente a puxar, um imenso empolgamento que culminou com o golo do Rojo mesmo à nossa frente! Brutal, que alegria, minha, dos putos, de toda a gente.
    Foi o jogo que vi pior, “sempre” a dar atenção aos putos, mas foi um dos que me deu mais gozo! Obrigado Sporting!

    • Estava a ler o teu comentário e a lembrar-me da primeira vez em que vi um jogo ao vivo, pela mão do meu pai, com 8 anos. Foi no velhinho estádio, um Sporting vs Leça da Palmeira para a Taça de Portugal, que vencemos por 4-3. Uma tarde de sol como esta, eu sentada no topo sul, atónita com tanta gente e com tanto movimento. O meu pai comprou-me um cachecol de riscas dos antigos, daqueles em malha, que guardo até hoje, já lá vão 20 anos. São momentos destes que não esquecemos nunca mais.

      • 28 de Novembro de 1998. Ao sair de casa, já de noite, o meu pai dizia “vamos ver se há bilhetes”. Hoje sei que ele tinha a certeza que haveria bilhetes, claro, mas na altura só me deixava mais nervoso e excitado enquanto caminhávamos em direcção ao estádio.

        Levava as calças de pijama por baixo da roupa e uma manta para nos agasalharmos, obrigações da minha mãe. Passámos pelo Campo Grande e pelo bingo. À minha volta só via gente verde, bandeiras, cachecóis, camisolas. A caminhada até à longa fila das bilheteiras foi assustadora, de tanta coisa noiva, mas extraordinária.

        Já com os bilhetes na mão, estava na altura de subir a escadaria do velhinho Alvalade. Enquanto o meu pai andava, eu corria. Só queria entrar. A excitação aumentava. Fomos para o topo Norte. Vou ver o estádio… vou ver o estádio… E foi aí que se deu o melhor momento da minha vida:

        Cheguei ao interior do estádio e uma imagem de um colossal tapete verde, tremendamente iluminado por holofotes gigantes enchiam-me os olhos. Eu era tão pequeno que tinha de virar o pescoço para ver o campo a toda a sua largura. A minha cara deve ter sido digna de se ver: olhos esbugalhados, peito cheio de ar e uma expressão que dizia “UAUUU!”

        O jogo foi contra a União de Leiria, que vencemos por 2-0, com golos de Krpan (!) e outro gajo que não merece que falemos deles. Confesso não me lembrar de como foi festejar os golos. Mas houve algo que me marcou, e muito: na 2ª parte, já com a mantinha por cima das pernas, saboreei o meu primeiro grito de leão. Do topo Sul a Juveleo gritava “Spoooorting” e toda a nossa bancada, de braços esticados, replicava a plenos pulmões “SPOOOOORTIIING”. Vezes sem conta. Fan-tás-ti-co. Nesse dia fui, sem dúvida, o miúdo mais feliz do mundo. Nunca esqueci e nunca esquecerei. Obrigado pai!

      • Nunca ficámos em 6º,

        Fds, Krpan e simão, que crl… E em 2002 sempre que ia à bola o Jardel não jogava! ahahah

        Quem me dera ter visto o Balakov :)

      • Bela descrição, Diogo!
        Ainda fui a tempo de ver o Balakov, o Figo e o Juskowiak. Dos melhores jogadores que o velhinho estádio me permitiu ver jogar.

  16. sabem quem marcou um golço do meio da rua na 1ª vez q eu fui ao estádio??? (ainda no velhinho alvalade) Nalitcis (n sei se é assim q se escreve) tal como todos vocês tb guardo momentos lindos desse dia…. tenho a certeza que foi dos dias mais marcantes da minha vida ;)

    • As minhas memórias desse tempo às vezes falham, mas o meu pai é do Benfica e o primeiro jogo que fui ver foi na Luz. Não foi mau: Benfica 1 – Liverpool 4. :)

  17. o ultimo jogo que tive hipotese de ver em alvalade, antes da vida me ter obrigado, a deixar portugal, a procura de melhores condicoes, foi o da bicicleta do jusko, mesmo no enfiamento onde eu me encontrava na bancada nova, estava com um colega meu, vi o centro, o jusko a virar-se de costas para a baliza, e so tive tempo de dizer ao meu amigo: ele nao vai fazer aquilo?, pois nao??? hahaha, o meu colega so me perguntava: como e que sabias que ele ia de bicicleta???
    ainda hoje quando fecho os olhos consigo ver todo o movimento, so nao me lembro quem fez o centro, mas se nao me engano foi o figo…
    que momentos no nosso velhinho estadio, e espero ainda vir a ter a hipotese de ir ao novo, a esperanca ainda nao morreu
    viva o sporting

  18. Não sei se foram muitos ou poucos, mas pela televisão pareceram-me alguns, e não percebo mesmo esses gajos que ontem assobiaram a equipa em alguns momentos. Devem achar que dá para apostar na formação sem isso implicar paciência para aturarmos erros pontuais e até algumas más exibições aqui e e ali (o que não foi o caso de ontem, pese aquele início da segunda parte). Devem pensar que têm o plantel do Real Madrid ou do PSG. Palhaços.

    Aplaudo a atitude do Schaars. Ninguém ralha ( só o professor tem esse direito), e muitos menos assobia o “minino”.

    • Perto de mim tinha palhaços desses. Pensam que Brumas, Labyads, Joãozinhos, etc são ronaldos e messis. Para além de acharem que o Wolfsvinkel está com a cabeça no Norwich. Tinha vontade de me voltar para trás e mandá-los para um sítio que eu cá sei.

      Se não houver paciência com os putos não vamos longe.

    • Também ouvi os assobios e isso revoltou-me profundamente. Pensava que os adeptos do Sporting já tinham entendido que vamos ter de fazer a travessia e que isto implica paciência e compreensão, mas ontem isto desesperançou-me. Se para o ano é para ser assim, não saímos dos últimos lugares. São miúdos, ressentem-se mais dos apupos. Há que remar tudo para o mesmo lado..

  19. Ja disse por varias vezes que esta epoca vai ficar para a historia, e nao pela negativa. Porque é nesta época que ganhámos uma equipa num contexto de pesadelo.

    Nao será por acaso que já vamos na 4 vitoria em que temos que fazer a remontada.

    Nao estive no Estadio infelizmente, nao pude assistir ao ambiente fantástico que o Cherba descreve, mas consegui ver o jogo pela net e já se torna previsivel no Sporting desta epoca acreditar que o adversario vai empatar, mas o que acontece de diferente é que já há poucos sportinguistas no Estadio ou fora dele que nao acrediam na vitoria final. Graaaande evolução.

    Penso que, assim, acaba por ser melhor porque é mais um fortificante do espirito de equipa e de acredtiar destes jogadores.

    Sem duvida o merito tem que ir para Jesualdo e felizmente aqui o converge tinha alguma razao (desculpem lá os bicos de pés :): esta equipa foi excelentemente bem montada pelo unico treinador que soube ver a luz ao fundo do tunel.

    Continuará a haver erros: normalissimo em jogadores tao jovens e tao inexperientes (Ilori e Bruma têm “apenas” 10 jogos nas pernas), mas ganhámos uma equipa: temos finalmente uma Dupla de centrais que nos poderá tranquilizar, temos finalmente um nº10 com imenso potencial e que já é o patrão do nosso meio-campo (Martins), pode ser que venhamos a ter aos poucos uma dupla de laterais finalmente consistente (ontem Miguel Lopes fez o melhor jogo da epoca, e é preciso nao esquecer o Cedric), temos finalmente um Rinaudo que sabe muito bem o que fazer em campo, temos finalmente organizaçao tática, temos finalmente uma uniao entre publico e equipa, e começamos a ter aquele carisma tao necessario para recuperar o nosso Sporting: a cena final de ontem , do Rinaudo falar com o publico é uma jogada fantástica, que nunca tinha visto num estadio portugues.

    Excelente!

    TEMOS SPORTING!

    • ah, é verdade, esqueci-me de mencionar o episodio relatado pelo Cherba, do Schaars:nao consegui ver pela tv, mas nao me admira nada e é por isso que destaco sempre a grande importancia do Schaars nesta equipa. Ontem, esse episodio acaba por ser esclarecedor da urgencia que nos temos de ter um verdadeiro lider na equipa. Senao , reparem: Rinaudo é o capitão e é Rinaudo que vai dar um responso ao Bruma (menino de 18 anos que ontem esteve, “apenas” nos dois golos do Sporting).

      Quem estava lápara dar confiança ao menino? Schaars! Rui PAtricio estava na baliza, Rinaudo estava a dar-lhe na cabeça e…nao temos mais ninguem com a idade e experiencia necessarias para ser um lider. Com este conforto, Bruma acreditou que nao era o fim e ainda foi assistir Rojo para marcar o golo decisivo.

      Schaars, pela sua qualidade tecnica e tatica e principlamente pela sua liderança, é um dos indispensaveis para a proxima epoca (isto claro se nao houver propostas milionarias).

  20. O Sporting está aos poucos, a demonstrar a que patamar pertence … isto vai gerar uma onda verde … eu nem vos conto.
    Ontem, o meu velhote disse-me : Vamos ver se o Sporting arranca um título nos próximos 10 anos … !!
    Eu respondi : Saca sim … digo-te aqui e agora : O Sporting vai ser campeão, algures nos próximos 5 anos. É o meu feeling !!

  21. Alguém disse acima: “Merecias e bem ter assistido ao vivo a pelo menos um jogo do Balakov com verde e branca…”.
    Eu tive essa sorte. Do melhor que tivemos nos últimos (pelo menos) 25 anos.
    Aliás, saquei-lhe um autógrafo antes sequer de ele estrear oficialmente a nossa camisola, num jogo particular com a Académica, na Figueira da Foz. Vi logo que tínhamos craque! E também me pareceu na altura que o Iordanov iria ser tremendo. Do Guentchev é que esperava mais.
    Esta “conversa” lembrou-me que estou a ficar velho…

    • Já somos dois, Jusko.
      Aliás, sou ainda anterior… ;)
      A primeira vez que vi o Sporting ao vivo foi em Leiria (ganhámos 2-0) na caminhada do título de 1982!
      Mas já seguia o SCP há muito. É que já vejo futebol há uns anitos, tantos, que o primeiro Mundial a que “assisti” foi o de 1978, em que aquela fabulosa equipa da Holanda perdeu o título para a Argentina.

      SL

      • Esse também foi o meu primeiro jogo… em Alvalade! Antes disso, o meu avô Alfredo, que queria “lampionizar-me”, levava-me para a Luz a ver cabazadas contra uns toscos. Mas quanto mais vezes eu via o Nené e o Bento, e os lampiões a babarem-se com um “quinjajéro”, mais Sportinguista me sentia. Por isso, obrigado avô Alfredo, onde quer que estejas!

      • Ups, queria dizer que o meu primeiro jogo em Alvalade foi COM o Leiria, quando ganhámos o campeonato 79-80 e o Jordão foi o melhor marcador!

    • Início dos anos 90, entrar no estádio pela primeira vez e ficar com um aperto no peito e soltar um “uauuu” ao ver aquele relvado luminoso. Conheço bem a sensação descrita pelo Bernardo aí acima, mas no meu caso foi verde iluminado pelo sol das três da tarde. Depois, recordo-me muito bem do estilo do Douglas, do Luisinho ( que até teve de sair lesionado) e sobretudo do Figo. Memória recorrente: o tambor na claque a ecoar pelo estádio, o Figo a tentar uma finta num estilo que na época ainda era muito lento e pastelão ( mas já com grande classe), invariavelmente, a cair no chão. Muitas vezes por sofrer falta, outras tantas por ser um bocado “piscinero.”

      Na altura já não percebia porque é um gajo com a cara pintada de verde e branco, e outros mais mas esse ficou-me na memória, aplaudiu os gajos e gritava elogios aos jogadores do Guimarães quando eles se aproximaram da curva no final do jogo, depois de já ter assobiado e insultado os nossos. Sim, tínhamos empatado, mas aquilo lixou-me mais do que o penalty e a recarga falhada pelo Cadete no ínico do jogo.

      “Ganda porco!”, foi a conclusão a que eu e o meu irmão chegámos sobre esse adepto quando, nessa noite, debatíamos o jogo e a ida ao estádio, sem conseguirmos adormecer.

      .

  22. 1. Rinaudo e Schaars como capitães na próxima época (um louco e um ponderado);
    2. Ilori e Rojo começam a fazer uma dupla de centrais bastante interessante que juntamente com o Dier, o Nuno Reis e um central experiente (Ogushi / Ricardo Carvalho!?) serão os centrais na próxima época;
    3. O Joãozinho não esteve mal, mas não tem estofo para ser titular do SCP;
    4. O André Martins é craque;
    5. O Adrien é para vender e subir o João Mário da equipa B;
    6. Se o Capel aprendesse a decidir melhor poderia ser um caso sério, pois já não há extremos com aquelas características;
    7. Nota-se uma grande evolução em determinados jogadores (viola, rinaudo, rojo…), fruto do trabalho desenvolvido pelo Prof. Jesualdo;
    8. O Prof. Jesualdo está a fazer um grande trabalho.

    • De facto, se o Jesualdo não continuar, não estou a ver onde iremos buscar melhor, sobretudo tendo em conta que não há dinheiro para treinadores de renome…

      • Para o que ganha não tem talento nenhum,temos jogadores na B a 1/20 do ordenado que o Labyad ganha com muito mais qualidade e com certeza com mais garra e mais empenho.
        Labyad e Adrien por mim já não tinham muito mais espaço de manobra,então o Adrien……

  23. Jogo com 2a parte de coração nas mãos. Fica ainda no meu registo pessoal e da minha mulher mais um jogo em Alvalade se ter visto o sporting perder, acho ke me vou mudar pra Lisboa. Força sporting

  24. Tinha tanta coisa boa para dizer sobre este jogo, mas há coisas que me deixam fodido.

    Vou propor ao presidente a criação de um organismo chamado ASSCA (Agência Secreta de Sportinguistas Contra os Assobios). Uma espécie de CIA do sportinguismo com agentes à paisana com o único objectivo de acabar com os assobios em Alvalade.

    O procedimento é simples. Quando um dos agentes identifica um potencial assobiador, dirige-se a ele, coloca-lhe um saco preto na cabeça e leva-o para uma sala escura onde leva um arraial de porrada. Se for reincidente…agulha e linha e cosem-lhe a boca.

    Essa merda tem de acabar. Há gajos que não merecem ser deste clube.

    • Parece que compramos umas câmaras de ultima geração para o estádio em 2011, podem servir para identificar os prevaricadores. Até temos um ex-PJ que as conhece bem (ás câmaras) ;)

    • Não me importava nada de uma cultura assertivamente antiassobios à equipa durante os jogos. Esses palhaços querem ganhar o jogo ou querem atrapalhar e dar um empurrão ao adversário? O mínimo que se exige é, se não estão a gostar, que fiquem calados ( na verdade têm é o dever de puxar pela equipa quando o jogo está numa fase difícil e fazer um inferno de assobios quando o adversário tem a bola, mas enfim…) Quando o jogo termina, por mim estão à vontade para dizerem o que quiserem. Até podem assobiar o Paulinho se quiserem ( salvo seja). Mas durante o jogo, se dependesse de mim, não haveria direito à liberdade de expressão. Assobias o Sporting com jogo a decorrer? À primeira és mandado calar, à segunda és expulso do estádio.

    • Eu estou à vontade para falar porque nem assobiar sei ;) Atrás de mim, estava um daqueles de velha geração, conseguiu levar o jogo todo a dizer mal do Bruma. Quando o miudo enterra com o toque de calcanhar quase que celebrou o golo do Nacional. E eu sempre calado. Remate de Ricky à figura, remate de Bruma para grande defesa e o gajo sempre a torcer para que não fosse golo…

      Agora o bonito, minuto 86, cruzamento de BRUMA, golaço de Rojo! Virei-me para trás, saltei por cima da fila das cadeiras e abracei-me ao homem a celebrar o golo!!! “Golo caralho!!!!!!!” O homem estupefacto olha para mim nem sabia o que havia de dizer! Creio que a primeira coisa que fez foi por a mão à carteira ver se eu não lhe a tinha palmado e depois digo-lhe baixinho: “viu quem fez a assistência? E hoje vão duas…Com 18 anos!”

      Acho que fiz ali um amigo para a vida!

      • Grande história!

        “E virando-se para os seus discípulos disse-lhes:se te derem uma bofetada, oferece-lhes a outra face, se te obrigaram a andar uma milha, acompanha-os durante duas, se te pedirem um tecido, oferece-lhes a tua capa, se disseram mal do Bruma o jogo todo, abraça-os como irmãos quando o “minino” resolver a partida”.

        Evangelho segundo são quimberto.

      • Bem metida Quimberto….

        Pessoalmente, nunca assobiei nenhum jogador no estádio, tal como o Mokambo, foi no princípio dos anos 90 que comecei a ir aos jogos, e lembro-me que quando assobiava, era sempre na entrada da equipa adversária, e aos árbitros que nos “brindavam” com arbitragens deploráveis, era o “hobby” preferido dos bois de preto.
        O facto de se assobiar um jogador da casa, não fica mesmo nada bem a quem o faz, porque ninguém o obrigou a ir, e porque cria um ambiente contrário e hostil, até nas bancadas, acaba por parecer a merda de um circo romano, e o jogador fica marado dos cornos.
        Obviamente que se um jogador, mostra zero em atitude, e está ali a fazer um frete, revolta bastante quem quer aproveitar as belas sensações de um jogo ao vivo do seu Clube, e sentir que quem o representa em campo, mereça a sua presença e vice-versa, mas se isso acontecer, tem que ser a atitude do treinador a dar o exemplo.

        Um jogador desconcentrado, mas incentivado pelos adeptos, consegue mexer com o jogo porque a sua mente a certa altura, deixa de se auto-flagelar.

        Penso que o adepto que assobia, é aquele que aplaude por tudo e por nada, ou seja, não sabe para o que vai…

  25. Se há fora de jogo é micrométrico e no estádio nem deu para ver, aliás a Fifa manda dar vantagem ao avançado em caso de dúvida.

    E este fora de jogo era duvidoso e como tal não devia ter sido marcado.

    Os adeptos do colo colo de Carnide que andam pelo melhor blogue do melhor clube português têm a consciência pesada, pois sabem bem como ganharam a semana passada e como tal, vêm para aqui tentar comparar o incomparável.

    Logo à noite o sonho do campeonato cozinhado nas capelas e capelinhas começa a ruir com um empate ou derrota na Madeira.

    Cá estarei para me rir.

    SL sempre

      • Ah é verdade, parece que os adeptos do colo colo de Carnide gostam de ver o SCP a jogar, a avaliar por tantos os comentários dos adeptos dessa agremiação ao jogo do grande Sporting Clube de Portugal.

        Mais um mito que cai por terra, parece que os adeptos do colo colo de Carnide são todos anti-sportinguistas, pois comentam logos os nossos lance e vêm os nossos jogos com tanta atenção que até esquecem os seu próprio clube.

        Eu sei pesa-lhes a consciência.

  26. As palavras são de L.F.V presidente dos porcos…È preciso muito descaramento de vir aqui um lampião comparar merda a marmelada (um fora de jogo milimétrico, comparado com 3 que para mim são 4 penalidades roubadas e 2 expulçoes) ele há animais que só veêm vermelho, e nesse caso deviam dedicar-se mais a investir do que a fazer comentarios parvos em casa alheia!

    • Mas repara que andam muito atentos ao SCP.

      Só prova que mesma a 37 pontos e em 7.º lugar fazemos confusão a muitos adeptos do colo colo de Carnide.

      Pois somos impolutos e não vendemos a alma ao contrario dos anti-Sporting adeptos do colo colo de Carnide.

      SL sempre

  27. Bom jogo do Sporting, com a usual dose desnecessária de sofrimento.
    Quanto ao golo, é efectivamente fora-de-jogo e permitam-me uma argumentação à papoila saltitante acerca do mesmo:
    ” Como ainda faltavam cerca de 10m para acabar o jogo e ainda tínhamos tempo para fazer mais 2 ou 3 golos (pelo menos) caso tivesse sido anulado e além do mais o lance é perfeitamente legal, pois o Rojo mostrando toda a sua inteligência técnico-táctica recua até ficar 1 m em jogo e só depois é que salta estrondosamente para num gesto técnico à Van Basten fazer um granda golo!!!!!” Limpinho!
    Agora num registo normal,reitero novamente que o Jesualdo Ferreira, deve continuar e que o Schaars poderá ter um papel importante no balneário e por isso também deveria ficar.

    • eu acrescentaria:
      “depois de um golaço daqueles de calcanhar, como é que conseguem ter coragem de falar num fora de jogo?!”
      “querem ver que a culpa do Nacional estar a 50 pontos do glorioso é culpa do Rojo?!”
      “já que querem falar em arbitragens, porque é que não falam daquele jogo em 1980 em que o árbitro marcou aquele canto ao Freamunde, que deveria ter sido lançamento de linha lateral?! Pois…só falam do que vos interessa…”

      fdx…tou extenuado depois deste exercício de estupidez…como é que eles conseguem?!

    • “foi uma decisão à inglesa, a deixar jogar.”
      “lá vens tu com as regras….não tarda nada também não podes jogar para trás como no rugby…”
      “epá…depois de um golo daqueles, vens-me falar de um fora-de-jogo…?!”
      “o futebol não é para meninas…dediquem-se ao badminton…”

  28. Ontem, mais uma vez, ficou provado aquilo que já defendo à muito: o capitão de equipa deve ser o Schaars.
    Também parece claro, que o Juju deve ficar para a próxima época. Não acredito que arranjemos melhor, por menos dinheiro. Acho que devemos começar a criar uma vaga de fundo, para evitar que o nosso Presidente comenta o erro de não fazer tudo por tudo, para garantir isso.

  29. Ontem sim, os nossos centrais fizeram a diferença. Ilori (não me lembro de um central tão rápido, talvez o Enakarire Obikwelu?) a fazer um carrinho espectacular e Rojo a marcar no lance seguinte. Estão de parabéns, já mereciam. E nós que acreditámos neles, também. Uma palavra para o Boularouz. Podem acusá-lo de muita coisa, mas o homem tem apoiado sempre os colegas e nunca entra com ar de frete. Não é de agora, mas acho que é um bom profissional e faz bom balneário. A verdade é que no último jogo a titular, contra o Guimarães, ele saiu ao intervalo (entrou Pedro Mendes) e sofremos o golo logo a seguir. Nos 2 jogos seguintes (Rio Ave e Marítimo), com Boularouz lesionado, perdemos e com culpas na defesa. E já agora: parabéns à Direcção pela acção de marketing do Ronaldo. Foi bem esgalhada, sim senhor. Continuo a sonhar, que um dia, possa voltar a vestir a nossa camisola.

    • Val Verde,
      que digas que o homem é profissional e faz bom balneário, aceito na boa, agora que entres no campo da sua importância para o rendimento da equipa… basta recuar uma semana e ver que o segundo golo dos lampiões começa com um corte patético que o gajo faz, depois de ter entrado para fazer dupla com Rojo (nunca irei perceber a colocação do Ilori a defesa direito, mas tudo bem).

      • Isso mesmo.Não sei quem é o mais culpado nesse golo,se o Boula pela debilidade no corte sobre a bola se o Jesualdo de o ter posto contra a equipa que jogámos e tbm de ter apostado nele depois de tanto tempo ausente,sem ritmo nenhum.O débil corte é apenas uma consequencia de uma má decisão da parte do Jesualdo ao o ter convocado quanto mais ter jogado.Se fosse um miudo a culpa tinha sido do treinador que o tinha metido do nada contra as feras,ou seja a critica é que tinha sido queimado como costumamos fazer com os miudos,mas como é o Boula…..

  30. Cherba,
    é verdade que enterrou nesse e noutros jogos.
    Mas não te esqueças que entrou a frio e sem ritmo.
    Numa “época normal”, creio que ele se teria imposto facilmente na equipa. Mas numa época bizarra em que tudo o que de mal podia acontecer, (ex: moreirense para a taça e videoton na hungria) aconteceu…houve jogos em que só faltou um auto–golo num pontapé de baliza de patricio!
    Mas lembra-te que no primeiro jogo da época em Guimaraes (0-0) toda a gente elogiou a nova dupla de centrais e pensou que teríamos uma defesa de betão… Claro que o salário dele exige outro rendimento, admito perfeitamente. SL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s