Novelas

Olha-se para as capas dos diários desportivos e, rapidamente, percebe-se a necessidade de escrever qualquer coisa. Um diz que Jesualdo está mais perto, outros dois colocam-no mais perto da porta de saída. Tivemos uma novela parecida, há coisa de um ano, com Adrien. E, volta não volta, temos tido algo semelhante com Bruma.

Ora, tendo em conta a mudança dos tempos e de paradigma, há uma grande diferença: a Adrien, e o seu empresário, foi dada total abertura para esticarem a corda até atingirem um ordenado que, à semelhança de tantos outros, é demasiado pesado para a capacidade financeira do clube. No que toca a Jesualdo e a Bruma, creio ser relativamente simples perceber que as divergências são a nível financeiro. E que aceitar exigências que coloquem em causa o rumo traçado, será subverter aquele “modelo a la Dortmund” que tanto temos defendido.

Anúncios

290 thoughts on “Novelas

    • a única coisa que ficou trancada na gaveta desse croquete, foi uma lista de exigências que queriam que o actual presidente do Sporting assinasse sem questionar. O resto terás tempo para ver, à medida que a casa for sendo arrumada

    • É isso. É fácil falar de emularmos o Borussia de Dortmund e depois não estarmos disponíveis para perceber que quem quiser ganhar mais do que o tecto salarial terá que sair do projecto.

      Vai-nos custar, mas temos mesmo que descer à terra. Se for feito um bom trabalho de proteção dos interesses do Sporting, apresentando-se um projeto com pés e cabeça, com objectivos bem definidos a cada novo ano, até chegarmos ao rumo, estou em crer que alguns dos miúdos vão querer ficar, para poderem fazer parte de uma história, mesmo recebendo “menos” do que o receberiam num clube de regabofe e que não olha para o dia de amanhã.

      SL

      • o Dortmund , como se sabe nos primeiros anos andou a penar a meio da tabela ( e fora da europa) e a lutar por uma uefa até consolidar a equipa8 e isso demorou 3 ou 4 anos.

        e como fizeram a equipa? pessoal da formaçao e gajos que eram desconhecidos, gajos baratos e gajos que estando em outras equipas alemas, ninguem lhes pegava, eram 3 e 4ºs opçoes( tipo o Hummels era suplente na equipa de reservas do Bayern Munique).

        e este ano estao a tirar a clausula de rescisao de todos os contratos( depois do que aconteceu com o Gotze), com a filosofia que o dortmund é uma grande equipa e que os jogadores têm de ter orgulho em jogar lá, e para sair só por valores justos.

      • Kadechima,
        está a chegar o momento de se perceber se quem atira os nomes Dortmund e Rangers, ou o verbo “refundar”, o faz só porque é poético ou se está efectivamente preparado para cerrar os dentes.

    • Segundo sei e algumas coisas até já vieram nos jornais, está em andamento. E em breve haverá novidades. Não fica na gaveta, não. Têm é de evoluir nos argumentos. Não era em Abril, ou Março (ah…desculpem afinal foram os de Fevereiro que o Godinho deixou por pagar) que os salários não iam ser pagos? E que era o fim do Sporting. Perguntem aos funcionários do Sporting a que dia é receberam em Abril.

  1. no caso do jesualdo as diferencas sao a nivel financeiro?!

    eu ñ tiro essa conclusão. nem parece q a continuidade ou nao seja tão simples para se resumir a dinheiro.

    para o Juju o mais importante n creio q seja dinheiro. acho até q está disposto a ganhar consideravelmente menos para continuar. ele sabe q dificilmente terá outra possibilidade de encontrar um clube como o sporting.
    acho q o Juju quer mesmo é poder total no futebol, incluindo a equipa B, e uma equipa minimamente competitiva.

    o Bruno quanto a isto tudo está muito cauteloso em dar lhe esse poder..

    • a questao do jesualdo pleos vistos não é financeira, ele quer reportar apenas ao presidente e poder ter uma palavras na formaçao da equipa e nao ter de estar sujeito a quem da estrutura quiser.

  2. A auditoria chegará, estás muito excitado com isso, mantém as cuecas vestidas.

    Claro que esta semana convém arranjar outros focos de pressão para que o jogo de Sábado passe despercebido assim como a pressão do outro lado da segunda circular. Porque há perguntas mais interessantes, Jesus renova? Quanto quer ganhar? Mas essa são varridas para debaixo do tapete. Na semana do derby levamos com a indecisão do Jesualdo, do Bruma e afins, do Jesus nem uma palavra.

    Tenho para mim que o presidente Carvalho só fará a avaliação de Jesualdo no final, ou seja alcança a liga Europa é proposta a renovação, não alcança o objectivo mínimo obrigado mas é preciso apostar em alguém novo e sobretudo dar-lhe oportunidade e tempo, vide o exemplo Futsal, alguém sabia quem era o Nuno Dias?

    SL

      • Se assim é aceito, claro que não acho que Jesualdo seja o melhor treinador do mundo, mas estamos numa fase em que temos de fazer mais com menos.

        Isso é consensual, daí que a renovação de Jesualdo não é uma questão de dinheiro mas de projecto, se for com pés e cabeça e com jogadores ambiciosos tudo bem. Acomodados não obrigado.

        Para mim o tecto salarial tem de existir dê lá por onde der, mesmo que isso nos obrigue a perder alguns jogadores fortes. O primeiro passo para construir uma equipa é a noção de irmandade e para isso não pode haver primas donas que julguem que são titulares pelo estatuto ou pelo que ganham.

        Diga-se de passagem que se pagarmos a tempo e horas e tivermos os salários equilibrados (iguais não acredito) estou seguro que atrairemos os bons profissionais que dão tudo em campo.

        SL

    • green sabia, tanto quie o Nuno dias estava a treinar uma das equipas mais fortes da europa depois de ter sido treinador revelaçao cá com o Instituto

      • Sim mas só para quem seguisse a modalidade. O que eu defendi foi que para mudar de treinador tem de ser por alguém com trabalho de base como por exemplo o treinador do Estoril.

        Campeão da segunda com brilhantismo, primeira época na primeira divisão com futebol atractivo sem medos de descer, daí a boa classificação.

        Sl

  3. estes artistas pensam q uma auditoria de gestao se faz num mês ou coisa parecida.
    c/ tanta coisa q tem havido para tratar e q está a ser feita a ritmo galopante ainda têm lata para vir mandar estas estarolas

    • o mais caricato é o contraditório: avançar para uma auditoria de gestão significa ter noção de que o clube está de cabeça para baixo. Logo a seguir, perde-se essa noção e acha-se que se pode avançar para a auditoria sem ter endireitado, minimamente, a situação.

    • Uma auditoria de gestão leva pelo menos 6 meses a ficar concluída.
      Mas com as “marosquices” que se devem encontrar debaixo dos tapetes, em Alvalade é coisa para levar mais meses ainda.

    • Vamos aguardar. Mas do que já se conhece, não tenham dúvidas: se disse que ia avançar, vai mesmo avançar. Tenhamos calma.

  4. estes artistas pensam q uma auditoria de gestao se faz num mês ou coisa parecida.

    c/ tanta coisa q tem havido para tratar e q está a ser feita a ritmo galopante ainda têm lata para vir mandar estas estarolas

  5. Na minha opinião o Bruma é um caso muito diferente do Adrien, pois é uma venda segura. Seja qual for o valor mensal que lhe paguemos (dentro da razoabilidade, claro) será sempre compensado por uma futura transferência. Continuo a acreditar no valor do Adrien e, não sabendo quanto é que ganha, reconheço que tem rendido abaixo do que esperava – mas o mesmo tem acontecido este ano com a quase totalidade da equipa.

    Quanto ao Jesualdo, custar-me-ia perder a continuidade dum bom trabalho agora que temos um bom treinador, o que já não acontecia há algums anos. Mas o Sporting não morre se não ficar, mas nesse caso preferiria sempre um treinador português, bem identificado com o nosso futebol e que seria sempre uma melhor opção para um trabalho a longo prazo.

    • Keita,
      para a sobrevivência do clube vai ter que existir algo que não existiu nos últimos anos: total rigor financeiro. E se isso implicar baixarmos para menos de metade o tecto salarial do plantel, não vais poder estar a abrir excepções. Vai ser duro? Muito.

    • Só para acrescentar que não acredito em tetos salariais, acho muito mais razoável ter um orçamento fixo e não ultrapassar nem um cêntimo. Criar regras (ou, pior ainda, divulgá-las) que se podem voltar contra nós pode ser muito perigoso.

      • Estou completamente de acordo contigo Keita.Éssa é que é a regra. Um bom atleta que faça a diferença dentro de campo é sempre vendável e tendo retorno certo no futuro é bom que fique por cá durante uns tempos, pelo menos e depois vende-lo pelo preço certo e não ao desbarato como no passado, e com clausulas de forma a que se voltar para Portugal só jogue no Sporting. Claro que o deveria ter sido feito pelo godo era não ter dado total poder ao Jesualdo de poder chamar miúdos para a equipa A sem ter acautelado o contrato e é esse tipo de erros que já estamos fartos de assistir. Pagar muito e a jogadores que não são titulares e que não façam a diferença (tipo o defesa que veio dos corruptos) é que não podemos voltar a repetir.

  6. Mas o rumo traçado não era apostar na formação?

    O rumo traçado não era deixar de vender jogadores a preço de saldo?

    O rumo traçado não era o de apostar em pessoas com comprovada capacidade técnica?

    Isto é estranho: o Cherbakov parece mimetizar as notícias da Bola, que são um espelho fiel dos comunicados da Direcção. Não acho mal, mas era útil que se fizesse uma declaração de interesses. Visto que aparenta conhecer bem as pessoas que agora estão no poder, a transparência que se preconiza nesta nova era exige que os sportinguistas não sejam enganados pelo spinning comunicacional do Cherbakov. Estas pequenas ameixas que ele vai largando a justificar o (impensável) que é a venda das nossas pérolas da formação, são preocupantes, porque aquele futuro é nosso e porque exemplificam os subterfúgios daqueles que fizeram promessas ocas no passado.

    • Caro Observador,
      ponto um: eu não leio A Bola, apenas olho para as capas.
      ponto dois: eu não apontei para venda de pérolas. Apontei para algo que é concreto: estás a tentar renovar com um jogador (com vários, mas este caso é mais retorcido) e tens um valor que não podes ultrapassar. Se esse jogador diz que quer ganhar 20% acima do que lhe ofereces, fazes o quê? Aceitas, abres um precedente e perdes o controlo? Ou continuas a tentar inverter o rumo que nos conduziu a este estado, em que se pagavam ordenados pornográficos em todos os departamentos do clube?
      ponto três: imagina que o Bruma não renova. Isso é deixar de apostar na formação? és ridículo.
      ponto quatro: continua a observar-me que eu gosto. É pena que, ao fim de cinco anos, de Cacifo, ainda não tenhas percebido que o único interesse que me move é a paixão que sinto pelo Sporting.

      • Vou mais pelo que defende o Keita: orçamento total para salários e contratações e deixar-se cair os limites salariais. Isto na prática significa que se tivermos 200 mil para gastar, teremos que optar entre pagar, suponhamos, 100 mil a um jogador que consideramos fundamental, e ficar com mais 2 que não ultrapassem os 50 mil cada um. Isto, claro, se concluirmos que ficamos desportivamente melhor assim do que ficando com 4 jogadores de 50 mil cada um.

        O que quero dizer é que o tecto salarial significa que quando um jogador o atinge, o passo seguinte é vendê-lo porque ele vai querer mais… E eu penso que, se se puder optar por vender jogadores cujas saídas possam ser colmatadas com jogadores provenientes da B ou dos júniores, é preferível do que perder um diamante que não será facilmente substituído.

        É menos um jogador que se contrata, é menos um Adrien que nos chula. Prefiro um Adrien nos ladrões se isso nos permitir ter condições de impedir que um Bruma ou um Ilori num ManUtd ou num Liverpool por 5 e 2.5 ridículos milhões respectivamente.

      • Não há nenhum jogador fundamental a quem se tenha de pagar 100 mil euros. Mas quem são os fundamentais de agora, que nos levaram à pior classificação de sempre?

    • Caro master of cacifeiros,

      Pegando nos pontos 1 e 4: Eu também não leio A Bola. Mas há uma coincidência permanente entre o que dizes, o que a Direcção diz e o que diz A Bola. Isto pode ser o resultado de um acaso olímpico, pode ser a consequência de leres A Bola ou aquilo que me parece mais lógico que é ser a consequência de ires recebendo informação de dentro do clube (e está visto que actualmente recebes informação de todo o lado…) sobre o que é útil à actual Direcção fazer para gerir do ponto de vista comunicacional as expectativas dos sportinguistas. Foi aliás a Direcção que disse isso num comunicado na semana passada – “Sabemos que a desinformação que tem sido colocada a circular é por si promovida, com o objectivo de manipular opiniões e emoções dos adeptos Sportinguistas, para condicionarem os processos em curso, tentando retirar daí vantagens comerciais lesando os interesses do Sporting Clube de Portugal” – e nada me leva a crer que a Direcção não pretenda também ela gerir opiniões e emoções dos adeptos Sportinguistas. Aliás seria estúpido se não procurasse fazê-lo.

      Se o faz através de ti, acho que utiliza um dos meios mais idóneos para o atingir. Não estou a sugerir que ganhas alguma coisa com isso e, se ganhasses, até achava muito bem, porque o Sporting não deve viver de favores e part times (coisa que aliás o Bruno Carvalho não fará, pois será remunerado pelo seu trabalho). E não acho censurável que recebas o teu, que ajudes no que podes, se acreditas que esta estratégia é a mais adequada para o Sporting. E se for esse o caso, é a paixão pelo Sporting que te move. Ou seja, nada disto é censurável. O que já é censurável é que isso não seja transparente porque aí é mesmo manipulação.

      Sobre os tectos salariais e as escolhas, remeto para o comentário do Wity e o que referi ontem noutro comentário. O problema não são as linhas na areia que queiras traçar, são as escolhas difíceis que tens de fazer. E isso do exemplo para os outros é que me parece – e desculpa lá dizer-te isto com toda a frontalidade – completamente ridículo (és ridículo?). Se o exemplo que se dá com a não renovação do Bruma é o de que pedindo um salário razoável (se forem os tais 700.000 deve ser metade do que lhe prometem noutros clubes) o Sporting não renovará por dificuldades financeiras, então os miúdos da formação saberão que é excelente ser formado no Sporting para depois aos 19-21 anos saírem com o passe na mão, para receber o dobro do que receberiam no Sporting e ainda com um belo prémio pela transferência. Belo exemplo!

      Ninguém disse que era fácil mas neste espaço que observo atentamente, sempre se prometeram facilidades. Diz-me sinceramente se caso tivesse ganho o Couceiro e houvesse o mesmo discurso do “vai ser muito duro e não cederemos um milímetro custe o que custar”, se terias o mesmo comportamento.

      Se a ideia é poupar 200.000 ou 300.000 por ano, num miúdo que aos 18 anos (ainda júnior!) se tornou indiscutível no 11 e leva apenas 10 jogos na 1ª Divisão, se ao fim de 3 anos poupaste 1M, talvez chegues à conclusão que além de ter sido bom contar com o Bruma durante + 3 anos, que 1M são trocos para outros jogadores.

      O Sporting não deve gastar à tripa forra. Mas também não deve pretender poupar nos valores seguros, para investir em consultores com experiência televisiva.

      • Meu,tu até és capaz de ter razão em tudo o que escreves, e no caso do Bruma concordo a 300% contigo (e o Cherba certamente que sim), mas só te aponto uma falha: enquanto continuares com esse nick dificilmente alguem te leva a serio. concordas?

      • O 1º recado que se deve dar é que nenhum jogador está acima do Sporting e não há pessoa nenhuma que esteja à frente do Sporting…

      • A única forma de não se concordar com o seu comentário é arranjarmos alguém melhor que o bruma, por menos custo ano, e com pelo menos o mesmo potencial de valorização.

        Se acham fácil, vamos a isso.

        Quanto ao jesualdo o problema é outro e chama-se inácio? E alguém recrimina??

    • pena so se terem tornado observadores atentos no ultimo mes, porque da formacao, vendidos, foram os que foram para o barcelona e para o liverpool, pena nao estarem atentos, quando as perolas, (que agora querem que o presidente segure, mesmo que tenha de rebentar com o tecto salarial), foram vendidas a fundos, que serao aqueles que verdadeiramente, virao a fazer dinheiro com uma futura venda( talvez daí agora tanto croquete preocupado com a formacao).
      pena que a exigencia que teem agora num mes, nao a tivessem tido nestes ultimos 17 anos, portanto ninguem vos da credibilidade nenhuma, porque ja se sabe, de que massa sao feitos( e nao e de rissois de camarao…), a proposito sera da falta do champanhe e do camarao nos camarotes???
      off topic:
      em relacao as ideias, sei que ja vai tarde, e ate parece heresia, aquilo que vou dizer, mas em 50 anos de vida, que me lembre so ha uma coisa de que neste momento nao me importava de imitar do desportivo de carnide:
      ha cerca de 20 ou 25 ano, lembro-me de que eles tinham uma politia de salarios, que nao me importava de ter agora no nosso SCP, tecto salarial baixo, (apetecivel, mas baixo), e depois premios de jogo por vitoria, por presenca,por golo, por assistencia, qualificacao para a champions, etc, etc, e entao de certeza veriamos os meninos a correr, e os premios pagar-se-iam a eles proprios com vitorias e prestigio dai decorrente
      por ser uma ideia tola, mas pelos assim eles corriam pela melhoria do ordenado ao fim do mes, em vez de saberem que quer corram quer nao, o dinheiro esta la ao fim do mes
      saudacoes leoninas

      • Fernando, já vi esse argumento algumas vezes e confesso que não o compreendo.

        “pena que a exigencia que teem agora num mes, nao a tivessem tido nestes ultimos 17 anos, portanto ninguem vos da credibilidade nenhuma”. Se calhar não precisava de ter essa exigência, porque a exigência aqui no Cacifo relativamente a este tipo de erros(!!!!) era enorme. Ou seja, se calhar concordava com o antigo Cacifo – em que se criticava, precisamente!, a saída de jogadores (de 2ª linha) para o Barcelona e o Liverpool – e não concordo com o novo Cacifo em que já tudo se justifica e ou se faz isto ou é o caos.

        Percebe? Se calhar não fui eu quem mudou.

        Ou posto de outra forma: os erros do passado são argumento para justificar os erros do presente? Não era precisamente os erros do passado que era preciso corrigir? Se no cacifo o roquettismo não serve de exemplo para nada, então que não sirva de exemplo para justificar as acções do presente. E muito menos para atacar quem não concorda com as acções do presente. Um mínimo de honestidade.

      • a honestidade é compreender, que nessa altura, foram vendidos para alguem por dinheiro ao bolso, em do dinheiro que faziam com as comissoes de pranjic`s e boula`s etc, outra e nao ceder a chantagens, feitas por empresarios que estao habituados ao regabofe que o SCP tem sido nesse aspecto
        alem do mais se continuasse atento, ou andado por aqui ultimamente, sabia que eu nao conheco o velho cacifo como voce lhe chama, porque so descobri este local de sportinguistas que tenho a sorte de 90% deles pensar da mesma maneira que eu, portanto nao entro nessa sua categoria de aceitar que estes facam o mesmo que os outros blablabla…
        o erro do passado como lhe chama e bem, foi vender.No presente é preciso mostrar que nao se cede a chantagens de empresarios, porque neste momento os unicos que quererao a valorizacao do jogador (em prol da sobrevevencia do clube), só pode ser alguem que tenha parte nos fundos por onde o godo, andou a despachar quase todos os jogadores com algum potencial
        o SCP parecia uma casa de putas, cada um vinha e fazia o que queria, vendia jogadores ao preco que queria, comprava ao preco que queria, que alguem se peidava, 10 minutos depois estava no jornal etc, etc, etc, se queremos respeito da comunicacao social, arbitros, e outros parceiros, teremos de saber fazer-nos respeitar… vai ser duro?? vai! vai custar?? vai! mas tem de ser feito,

        quantos casos destes vemos nos nossos adversarios??
        quantos empresarios sonham sequer fazer exigencias??
        quantos Adrien`s ve voce nesses clubes??

        estao eles pior que nós???
        pois , tambem me parecia

        que se lixem os milhoes que um pseudo craque nos podera dar, se com isso, mostrarmos que o clube deixou de andar ao sabor do vento, e que agora tem alguem a tomar conta do leme, e esse alguem, (vigiado pelos socios, claro) levara o clube a bom porto

      • Fernando,
        Apresentam te dados e numeros concretos em relacao a renovacao de bruma e tu poes te a falar de coisas passadas.??

      • Hugo,
        o problema não se punha se a passagem dele (e dos outros) aos A’s tivesse sido acautelada. Andava tudo a dormir? Ninguém percebeu o valor dele?

        É o presente e o futuro próximo completamente comprometido pelo ruinosa gestão do passado, é o que é.

    • Observador completamente de acordo.
      Segundo consta bruma tinha alinhavado 600mil ano.
      Se multiplicarmos por 4 (os anos de contrato) da a modica quantia de 2,4 milhoes pelos 4 anos.
      Que jogador vamos contratar por estes valores 2.4M ja com ordenados incluidos e com um potencial tremendo e com a possibilidade de ao fim de 2 anos vender por 20 ou 30 milhoes.?
      Podem tentar branquear a vontade mas Nao renovar com Bruma isso sim e gestao danosa.!!

  7. o modelo do dortmund é para ser seguido, mas adaptado à nossa realidade. não podemos ser competritivos sem esticarmos a corda do vonto de vista financeiro. temos é que ser inteligentes e esticá-la quando se justifique, prendê-la quando não.

    dar mais 100 ou 200 mil euros por anos ao bruma, eric, ilori…. faz todo o sentido quando vemos que os putos têm qualidade e quando foram chamados precocemente a dar o corpo às balas e a corrigir as merdas que os graúdos pagos a peso de ouro fizeram, mostraram competência.

    esses 100 ou 200 mil acabam por não ter impacto se os gajos pagos a peso de ouro e que não rendem um caralho sairem. boulahrouzs, adriens, jeffréns, bojinovs…..

    se não esticarmos um bocado a corda e por causa de 100 ou 200 mil/ano deixarmos sair a preço de saldo os putos, não há cá modelo de dortmund que subsista

      • Por esse salário esqueça, tem de haver tectos.

        Estes gajos são tão gananciosos ao inicio que arriscam-se a que ninguém lhes dê esse valor.

        Mas há algum clube, em Portugal, que vá dar a um puto de 18 anos 700 mil ao ano? Nem no estrangeiro um gajo para pedir isso tem de ser logo titular e render mais do que o Bruma. Aliás basta olhar para os destinos do Bebé do Fabio Paim Quaresma e afins para ver os destinos da ganancia. Até o Ronaldo foi para o banco e safou-se porque o Ferguson apostou pessoalmente nele.

        Sinceramente acham que algum treinador vai atravessar-se pelo Bruma da mesma maneira, tenho dúvidas.

        SL

      • O Futebol clube do Porto ou o Benfica pagam-lhe isso sem problema e eu acho que o problema maior será mesmo esse.

      • É evidente que tem de haver razoabilidade no valor que um jogador aufere no sentido de não o colocar numa posição demasiado confortável. Estar a pagar-lhe demais é fazer com que não tenha interesse em ser transferido quando isso nos interessar, mas creio que 700 mil por ano é um valor equilibrado tendo em conta as capacidades que o Bruma já mostrou, pois muitos clubes europeus podem pagar-lhe bem mais que isso.

        Acham que o Braga, com um orçamento semelhante ao que vamos ter, não pegaria nesta oportunidade? Na pior das hipóteses, não acreditam que o podemos vender por um milhão na próxima época tendo entretanto tido vantagens desportivas? Esta situação é muito diferente da do Ilori, do Zezinho ou de outros putos, pois parece-me claro que o Bruma, dada a posição em que joga, tem um valor de mercado claramente superior.

      • Mas o Bruma mostrou o quê, afinal? Que têm potencial? Potencia, não é mais que isso mesmo. Por acaso já mostrou que pode ser eficaz e regular ao longo de uma época inteira? Quando fizer isso e marcar pelo menos meia dúzia de golos, então pode pedir lá os 700 mil.

      • Ah, e não se podendo pagar esse salário e havendo alguém que pague 7 milhões, é vender. Há clubes que têm dinheiro para apostar em potencial. O MU não pagou 10 milhões pelo Bebé? Pode levar o Bruma por esse preço se ele não quiser renovar.

      • e depois, caralho?!!! foda-se não têm olhos na cara, voces. e se o Bruma ganhar 700k€ por ano, dá 50k€ por mês. daqui a 2 ou 3 anos vamos buscar 30 ou 40 M.

        Foda-se, há quem seja cego: estamos a falar de 3 jogadores que nos podem dar largas dezenas de milhoes daqui a um medio prazo e voces só se preocupam por terem 20 anos. preocupem-se com os milionarios do clube, caralho!

      • Profilático, meus caros. Podes ter que sacrificar alguma pedra, para ganhares mais à frente e saberem com que linhas se cosem quando negoceiam contigo. Ou então, és um merdas tipo Godinho, que quaisquer jogador e empresário fazem o que querem de ti, e sacam contratos de 1 e 1,5 milhões por ano. Acabou. Esse tempo acabou.

      • Fodasse 700 mil por ano vezes 4 quanto da.??
        2,8M certo.?
        Por este valor vamos conseguir contratar alguem com o potencial do Bruma? Ja com ordenados incluidos.!! E com a possibilidade de o vender por 20 ou 30M daqui a 2 anos.
        Bruma e um valor seguro da nossa formacao, quando foi a altura do Adrien renovar ainda me lembro de que se escreveu por aqui.

      • Temos todos de descer à terra e deixar de criar “estrelas” onde elas ainda não existem. Sobretudo descer à terra dos orçamentos do nosso campeonato?

        Para pensarem: O jogador mais bem pago do Paços de Ferreira é Josué. Ganha 70.000€/ano. 10% do que alegadamente pede esse ridículo destruidor de carreiras que é Catio Balde.

        Onde está o Paços? Onde está o Sporting?

        Quem é o Bruma??? Pode vir a ser alguém, com muita probabilidade… mas ainda não é. Vamos pagar probabilidades ou certezas?

  8. é pena rapazes novos e sem 2 neurónios c/o é o caso do bruma serem dominados por empresarios q se estao a borrifar para a carreira deles, e q só querem dinheiro.
    nao era bom para o bruma nesta altura sair, exceçao seria talvez para um man united onde existe alguem q lhe deitava a mão a todos os niveis.
    mas para qq outro lado acho q se perde.

    • lmc, o problema é que ja nao existe isso no united com a saida do ferguson( vamos ver quem irá para lá, falasse no “protegido2 dele o Moyes que está ha 15 anos no evertone que tambem aposta em jogadores jovens)

    • Os jogadores têm empresários para tratar dos seus interesses, e é nesse mundo que temos que viver. No presente caso espero que tudo acabe com a renovação, pois o Bruma vale bem a pena.

      Quanto à carreira dos jogadores, ficar no Sporting a jogar na B quando se tem capacidade para mais não é necessariamente a melhor opção. Vê o caso do Baldé. Há duas partes num negócio e nem sempre é fácil conciliar interesses. Se eu fosse o Bruma teria de me sentir bem compensado para renovar com um clube que muito provavelmente não vai estar nas competições europeias na próxima época.

      • keita

        a ser verdade o que saiu nos ultimos dias, o psv tentou vir busca-lo e ofereceu-lhe 150 mil/mes e ele recusou por um lado por nao querer sair a mal do sporting, por outro por preferir ficar e crescer no sporting.

        e o bruma até tem um exemplo na familia de quem tenha saido para um grande clube sem mostrar nada e agora anda perdido( o irmao dele o Mesca, que saiu para o chelsea com 16 anos,e agora aos 20 anda algures na equipa de reservas do Fulham)

  9. Não tenho ilusões, nem pensei que a o achincalhar de que somos alvo pela CS acabe de um dia para o outro.

    Até acho positivo o facto de uns jornais darem o Juju como certo e outros não, é sinal que ninguém faz puto de ideia do que se passa lá dentro.

    Quanto aos valores da academia e a possível não renovação de alguns contratos: temos de ser claros, queremos rigor financeiro e aposta na academia ? No meu ponto de vista sim mas estes dois aspectos têm de andar de mão dada. E a forma como será resolvido o ‘caso Bruma’ será no meu ver, o diapasão indicador do que podemos esperar para o futuro. A minha opinião é clara, acho que o Bruma pode ter um grande futuro, talento tem indiscutivelmente e cabeça aparenta também ter, mas tenham em atenção que não é ‘a última coca-cola no deserto’. Acho coerente oferecer-mos o valor que temos estipulado para jovens. Para estes casos compreendo também a existência de prémios de desempenho.

    Importante é termos uma equipa equilibrada, capaz de lutar olhos nos olhos com qualquer outra, sem entrar em loucuras.

  10. sobre a continuidade de Jesualdo não acredito que sejam questões financeiras a emperrar a decisão e pergunto: alguém acredita que JF estaria disposto a reportar a um intermediário – Inácio – por muito respeito que se possa ter pelo que fez pelo Sporting em 1999/2000 ? Em que clube, com peso, o treinador pede licença a um director para falar com o Presidente?

  11. Tu é que saíste uma pequena ameixa preocupada. Ou melhor, hipocritamente histérica.

    Quando percentagens dos passes das nossas pérolas foram vendidas, onde estava o Observador de Godinhos Lopes?

    Vê se metes uma coisa nessa cabeça, ninguém justificou a venda de “pérolas da formação”. Uma coisa é defender a política de comissões croquettes, outra é constatar que os croquettes deixaram a casa a arder. O que o Bruno de Carvalho defendeu durante a campanha é que estas pérolas da formação nunca deveriam ter sido lançadas sem os contratos renovados e estabilizados. O imbecil do Godinho meteu produto do bom na montra, sem “patentear” a descoberta. Se temos meio mundo, milionário por sinal, atrás dos miúdos, e se não temos poder negocial por aí além, dado

    a) os contratos que os ligam a nós serem frágeis em tempo e dinheiro,

    e

    b) os efeitos da passagem do furacão de metralhas e salteadores de consoante dobrada,

    constatar que não podemos entrar em loucuras de licitações feitas por empresários espertalhões, com a benção dos jornais, é constatar o óbvio. Não é defender “venda das pérolas da formação” como política desportiva. Percebes, ou és burro?

    • Olha pá, não tenho consoantes dobradas no meu nome mas acho que qualquer tipo de discriminação entre sportinguistas é uma profunda parvoíce. Aliás, o Presidente “de” Carvalho também apelou à unidade. Esse tipo de discurso divisionista é de gajo completamente atrasado mental.

      Relativamente às % de passe, que nem percebo como vieram parar a esta conversa, coloco-te a seguinte questão. O que preferes:
      – vender 100% do Bruma por 5M no final da época
      – vender 50% do Bruma por 1M (a diferença entre o que o que se diz que o Sporting oferece e o que se diz que o Bruma pede), utilizar esse 1M para pagar 3 anos de salário, e vender o Bruma por 10M daqui 3 anos.

      • Eu ja perdi alguma pele dos meus dedos a tentar explicar-te “o porquê”, E onde é que esses calculos falham. Agora estas só a rebobinar a cassete…

      • Não te respondi ontem mas desculpa lá… achas que se disseres ao Adrien, ao Schaars ou ao Jeffren que ficam com o passe na mão, que eles ainda te pedem o valor do resto do contrato? Facilmente arranjam quem lhes pague um prémio equivalente ao valor do contrato. E só aqui devem estar 400.000 por mês!

      • Primeiro, nao acredito que alguem, atendendo a desvalorização que esses jogadores sofrem nesse momento lhes apresentasse uma proposta que lhes compensasse o que eles iriam deixar de receber…

        Segundo, e mais importante… Queres por-lhes na mão passes que ja nao sao nossos?…

      • Os próprios jogadores têm interesse em continuar a carreira. Quanto pagaria um St. Etienne para ter um Adrien? Ao Sporting, talvez 500.000. Se o jogador aparecer com o contrato na mão, porque não dar-lhe os mesmos 500.000? Se lhes oferecerem um salário 20% inferior ao que recebem actualmente, esses 500.000 chegam para pagar a diferença de 2 anos de salário e relançar a carreira.

        Difícil é negociar isso com o Maniche, que tem 34 anos. Com estes 3 não me parece tão dif´ícil assim

        Sobre as percentagens dos fundos, basta fazer de mandeira a que o fundo conserve a % do passe. É mais interessante para o fundo que o jogador esteja num clube que pode pagar o salário do jogador, caso contrário o jogador pode rescindir o contrato e o fundo fica a ver navios.

    • Puseste o dedo na ferida, à mais de uma decada que anda a dizer isso, nenhum junior, ou da equipa B, pode sequer calçar na equipa A sem antes estar devidamente blindado para mais uns 4 ou 5 anos, para quem quer apostar na formação isto é do mais básico e elementar que há.

      • Exacto!
        E a melhor forma de impedir que isso volte a acontecer é voltar a negociar jogadores nesta fase da sua carreira.

      • Qual a vantagem de renovar com um jogador sem provas dadas? Brinda-lo com clausula de rescisão? É que se ele tiver sucesso vai querer ser aumentado… Se nao, arriscamo-nos a ficar ali com um “peso morto”…

        Se me disserem que os devemos blindar com um salário baixo e depois com um contrato por objectivos, como ja alguem referiu… Ai sim, ja me calo.

      • Carlosepar, não há nenhum jogador sem provas dadas e estes que citei são valores seguros. Se aproveitares 50% destes jogadores com contratos de valores médios (20.000 mês, 140.000 por ano) e um deles vier a ser um grande jogador, entre salários e custos transferências, já está mais do que ganha a aposta.

      • Mas o que era bem feito era prever logo aumentos salariais consoante o número de jogos feitos na equipa principal. 20.000 para renovar até 2018, 30.000 automaticamente quando fizerem 20 jogos na equipa A, 50.000 quando tiverem 21-22 anos e + de 50 jogos. Mostrava progressão.

        Só para teres uma ideia, o Evaldo custa 50.000. Ora aí está outro tipo de peso morto.

      • Sim, nisso eu tenho que concordar.

        Relativamente a questão do Evaldo, foi o que eu ja disse prai num post algures… Essas coisas dos “one season wonders” desde essas experiências causam-me fobia. Porque a nao ser que eles queiram rescindir amigavelmente com o cube, ficam a ser isso mesmo… Pesos mortos. Por causa de uma “coisa” chamada “pacta sunt servanda” :)

    • Deixem lá, que embora os observadores tenham estado mais desatentos, o Bruma já é só 50% do Sporting. E se o clube o decidir vender, sempre será por bem mais do que o valor vendido pelo Godinho Lopes às offshores dos seus amigos.

      • Gimenez tendo tu inside information es muito fraquinho no argumentario.
        O alvo e so um godinho lopes lopes, e atacavas quando nao tinhas que fazer nada.
        Agora que tens mostrar e o que vales.

  12. Quanto pediu o RPatrício para renovar? Quantos acham que fizemos mal em ceder? Acho piada àqueles que no passado diziam “temos que os segurar custe o que custar” e “não renova não joga”, mas agora dizem que temos que estar preparados para os deixar sair a todos. Nem tanto ao mar nem tanto à terra, mas haja coerência.

    • Acho muito bem que tenhamos renovado com o Rui, mesmo que isso o tenha colocado no patamar dos que mais ganham. Este é o momento certo para que saia, pois em termos desportivos não perdemos muito e financeiramente podemos ganhar um valor razoável.

      O Bruma é um caso semelhante, com a vantagem de que ganhará menos e renderá mais no futuro.

  13. preferes isto ou fechar portas?
    ahh. bom.

    numa de dar oportunidade a quem tem formaçao de base, e apostar na prata da casa e tal, gostava de ter o Abel na equipa B para a proxima época, o bom trabalho nos sub19 merece.
    e o tacho para os amigos do sá pinto tem q acabar. tanta coisa q n se percebe na B.

  14. querem ver q o consultor c/ experiencia televisiva é q ia ganhar uma fortuna q já n dava para renovar c/ o bruma?!

    o q se poupa em marisco e croquetes na tribuna vip já dá para pagar ao consultor televisivo de certeza.

    • Achas que o consultor televisivo aceita receber menos do que 5.000 por mês? Pelas minhas contas, isso faz 70.000 por ano. Se lhe juntares o outro consultor televisivo, pelo mesmo salário, já faz 140.000. Se a diferença entre o que o Bruma pede e o que o Sporting pagará a 2 consultores televisivos for de 350.000, já levas aqui um bom avanço.

      Depois basta-te dispensar o Adrien e em 2 meses arranjas 250.000.

      • Remeto-te de novo para o que te disse acerca das rescisões. (Sob pena de também estar a tornar-me repetitivo… Mas este discurso ja esta a ficar aborrecido e é pura demagogia).

  15. A merda da atitude com que jogámos em paços (“o favorito”) fez com que, com elevado grau de possibilidade, a Europa não exista.
    Isto é mau para as renovações dos putos.

    Aqui já vi perguntar se o Dier ainda é do Sporting.
    O Bruma deve querer ir para a cee; uma coisa é querer renovar (como ele disse que queria) e ter uns jogos na Europa, é ficar por cá num projecto que neste momento é uma incógnita. O Ilori a mesma coisa.
    Mas o plantel deve ser uma manta de retalhos contratual.
    O crime vem detrás. Estes gajos andam há anos no Sporting, e foi criminoso não proteger os interesses do Sporting quando se estava mesmo a ver o que ia acontecer quando se começou a razia de jogadores no inverno. Enfim.
    Já para não falar dos seus passes, de quem os tem, e em que percentagem. Houve notícias há uns meses de que alguns deles já tinham os passes retalhados por fundos.
    Não ir à Europa pode ser bom no caso da mobília que se queira despachar, sem esperar grande retorno.

    Não acredito que na cabeça da direcção a questão JF não esteja já resolvida. Com o projecto sério que agora se começa a implementar, a questão do treinador é fulcral. Nâo é agora, ao sabor do vento, e de mais um ponto ganho ou perdido, (por acaso estamos exactamente com os mesmos 4 pontos de diferença para o 5º desde que o presidente foi eleito), que a coisa ia mudar.
    BdC tinha uma ideia, que andou a matutar há meses, e das duas uma ou era com JF ou não. Nâo acredito que fosse. Se JF se superasse a ele mesmo e fizesse um trabalho extraordinário, podia-se pôr em equação a sua presença nesse projecto. Superou-se? Acho que não.
    Mas fez um trabalho e tal e coisa com os jovens e estabilidade na equipa e mais não sei o quê. Ok.
    JF, queres fazer parte deste projecto em que quem manda sou eu, e aquele faz isto e aquele outro faz aquilo? Ok, foi o que eu pensei. Obrigado por tudo.

    • Concordo, o nosso presidente já tem o seu treinador há muito tempo, resta saber se é Jesualdo ou não. Nós, Sportinguistas só temos que apoiar e confiar ;)

  16. pereira cristovao és tu?!

    olha q a maddie n está aqui, podes ir procurar noutro lado.

    o quê?! queres recuperar os 2000euros do cardinal q metes te no banif da madeira? tarde de mais.

    mas olha, se nao tivesses andado a pagar:
    o telemovel da kitty para a tua filha,
    as mariscadas aos amigos,
    o iphone para a namorada nova,
    a pensao de alimentos à tua ex.,
    os fatos da dielmar q compraste,
    e tantas outras q n se sabem ainda.. C/ DINHEIRO DO CLUBE! TALVEZ N ESTIVESSEMOS NESTE PONTO EM Q OU ISTO OU O CAOS!

  17. e se for verdade que o bruma pede 700 mil/ano isso não se justifica? dá 50 mil/mês, contando com 14 ordenados. sinceramente não acho muito.

    o bruma já fez mais para merecer a renovação do que os 80 ou 90 mil/mês que se diz que o adrien ou o miguel lopes ganham, para não falar nos elias, bojinov, jeffrén.

    a ideia do teto salarial para mim não faz sentido. percebo a ideia, mas acaba por ser uma limitação cega que pode levar a que gajos que têm retorno desportivo e financeiro garantidos saiam a preço de saldos.

    perder o controlo não é pagar 700 mil ao bruma, é pagar isso e muito mais a parasitas que se enchem de guito e que se esvaziam no campo. isso é que é gestão danosa. quase tão danosa como não fazer um esforço grande para renovar com quem merece.

  18. Continuo a fazer um apelo aqui a todos, não comprem jornais desportivos, que estão cada dia que passa em piores condições financeiras.

    Segundo boatos, esta época só não houve despedimentos no jornal Abola, devido à campanha dos galináceos. Se os jornais desportivos fecharem será sem dúvida uma verdadeira desinfecção no panorama desportivo nacional. Sabemos que estes já estão em canais de tv, mas sempre será melhor assim.

    Não comprar jornais desportivo implica poupança na carteira e poupança no ambiente.

    Em relação à próxima época, a aposta tem que ser em jogadores de qualidade, relativamente baratos e que não representam as selecções.

  19. 1) Em relação à situação do Bruma

    Vou assumir que ganha, vá lá, 10.000€ mensais, o que dá, anualmente, 120.000€/ano. Trata-se apenas de uma suposição apenas para concluir o meu raciocínio. Primeiro, não podemos ceder a propostas ridículas. Segundo, não nos cabe saber o que poderia ganhar noutro clube em caso de transferência. Terceiro, ele tem contrato com o clube que o lançou na primeira equipa com apenas 17 anos. Posto isto, uma negociação justa é ele receber o dobro em remuneração fixa + prémios por objectivos (240.000€/ano + prémios). Uma chulice é ele querer receber cerca de 7/8/9/10 vezes mais do que aquilo que ele aufere neste momento. Tendo em conta o valor do jogador e o seu potencial de mercado, admitiria chegar aos 300.000€/ano + objectivos (e isso já representaria mais do triplo do que deve ganhar agora). Não podemos dar o ordenado de “jogador feito” a um miúdo de 18 anos porque isso seria dar a mensagem de que basta fazer 4 ou 5 bons jogos para se ganhar o direito de encostar o clube à parede. O próprio jogador terá de ter em conta o ridículo que é pedir quase 1M/ano sabendo que: a) o clube está a viver uma crise financeira, b) o jogador ainda não justificou em campo aquilo que está a pedir e c) há “2 dias” andava nos júniores e na equipa B. O que eu mais quero é que ele ganhe 1M/ano, porque seria sinal de que justificou esse aumento. Hoje, ainda nem justifica sequer metade disso.

    2) Em relação ao Jesualdo

    Eu também gostava de não ter sócios na minha empresa para ficar com os dividendos só para mim. Um trabalhador também gostava de não ter um chefe a quem reportar. Pessoalmente, gostava de mandar uma valente foda na Irina. Ou que acabasse o conflito israelo-palestiniano. Isto para dizer o quê? Jesualdo é treinador de futebol. Pode ter vindo como manager mas é como treinador que ele nos interessa. E um treinador não veta directores, não escolhe “reportar apenas ao presidente”, não exige ter poder que ultrapasse única e exclusivamente a gestão do treino e dos jogos. Pode ter uma palavra a dizer em contratações, nas renovações ou nas dispensas na simples medida em que dá o seu relatório sobre a valia dos activos e o seu rendimento dentro do campo. Ponto. Se a exigência do Jesualdo é ultrapassar Inácio ou Virgílio (que lembro a todos que foram a votos e ganharam) então pode muito bem ir à sua vida. Se o presidente entender dar mais poder ao treinador, é uma decisão dele e que só pode ser dele. O treinador é que não pode vir com exigências dessa ordem, sobretudo, se não formos à Europa. Quer exigências? Que atinja os objectivos. E mesmo assim, não é garantia de absolutamente nada. O presidente definiu o modelo. Ou o Jesualdo aceita aquilo que OS SÓCIOS VOTARAM ou põe-se nas putas.

    Que saia um contentor de bom senso para todos, caralho. O Sporting não acaba sem Jesualdo ou Bruma. Reconheço o trabalho do treinador e admiro as qualidades do jogador. Mas amo o meu clube.

    • Em relação ao primeiro ponto, só posso estar feliz por não seres gestor do meu Sporting. Pensava que o Vitor Gaspar só usava o nick “Cherbakov” mas afinal usa também “Sá”.

      Explicando um bocadinho melhor: Em vez de cortar a direito e em tudo, preferiria vender a preço de saldo um ou dois dos caríssimos submarinos que por aí temos e não cortar nem um cêntimo em educação, que é e continuará a ser vital para nós. É mais difícil gerir assim? Claro que é, mas sem estratégia e inteligência não vamos a lado nenhum.

      Relativamente ao ponto 2, totalmente de acordo (com especial ênfase na questão da Irina).

    • Sá, em relação ao teu primeiro ponto estou totalmente de acordo.
      Ponto 2: Nada me diz a mim a ti ou aos sportinguistas que Jesualdo pôs essas condições ao presidente. Sinceramente parece me a mim que 95% de “certezas” nesta altura é especulação, pura e dura. Com isto, não posso nem vou dar como uma premissa válida a imposição do que quer que seja. Só podemos supor e imaginar.

      No momento que o Sporting atravessa espero que haja consenso e uma só vez, quer para a saida quer para a continuidade

      SL

    • Sá és dos cacifeiros que mais gosto de ler. Tens sempre uma analise que junta o suficiente de racional e emocional. Concordo quase com tudo o que dizes e creio que devem ser estes os moldes do NOSSO Sporting.

      Apenas não concordo na foda na Irina. Não quero sloppy seconds do Cristiano! :p

  20. Eu preferia ter um plantel mais pequeno (19 jogadores) e poder pagar mais a alguns jogadores. Bruma e Ilory devem renovar, mas numa base decente, claro. Que diabo, se não pudermos pagar 300/350 euros anuais a um jogador da casa, que tem talento e vontade, vamos pagar a quem? Ao Rubio? Ao Adrien? Não é nos bons jogadores que temos de poupar, esses custam dinheiro, mas garantem qualidade. É nos outros.

  21. Acho que se é realmente verdade os 700 mil euros anuais ( que duvido muito ), é ridiculo colocar-se sequer a hipotese de renovar com o Bruma.
    Não mostrou ainda nem metade do que vale. Nem está em condições de fazer este tipo de exigencias.
    Cá para mim, cheira-me que ele já tem algum pré-acordo mas .. lá para cima. Não sei porquê, daí estar a pedir RIOS de dinheiro.

  22. NA minha opiniäo o Bruma vale muita guita. Por isso temos de baixar as cuecas até porque o PSv quer-se vingar; Eu ia até aos 500 mil como alguns jornais avancavam e dava-lhe uma percentagem minima do seu proprio passe.u seja negociava com o que tinha para ver -se näo nos arrependemos, assim tipo ficar a meio termo…ou dividir o ma pelas aldeias. senäo é vende-lo já….

    • Percebo, concordo em parte, mas dar-lhe uma % do passe é dar-lhe um incentivo para ser transferido logo na janela de transferências seguinte. Essa merda abana com a cabeça de qualquer jogador.

  23. Keita, não sei se entendeste o que quis dizer. Mas vou tentar explicar melhor:

    1) Concordo que o Bruma seja aumentado dentro do limite da razoabilidade. Não é uma questão financeira, é uma questão de princípio. O precedente que abrires com o Bruma será aproveitado por todos os Brumas que vierem depois dele.

    2) Não escrevi nada sobre os “submarinos caríssimos”. Referi-me apenas à renovação do Bruma. Concordo plenamente com a venda dos “submarinos caríssimos” a preço de saldo. Concordo com a alocação de parte dessa poupança nos nossos miúdos. Não concordo é em sermos chulados.

    3) Não estamos a falar de “cortes” até porque o que está em questão na renovação do Bruma é um aumento. E na minha opinião, receber pouco mais do triplo do que recebe hoje é justo e exequível. Como podemos querer que um miúdo de 18 anos tenha um plano de carreira em Alvalade se lhe aumentamos 10 vezes mais o ordenado após 4 ou 5 jogos a titular? Será isto razoável? E quando fizer duas épocas em grande nível? Vai pedir quanto? 5M/ano? Queremos que eles façam carreira no Sporting ou queremos fazer uma renovação absurda para se poder vender em 2 anos?

    4) Essa comparação com o Gaspar é infeliz. Mas se achas que devemos aceitar um aumento de ordenado de quase 10x mais por um miúdo de 18 anos, então Guterres assina com o nick Keita.

    • A questão põe-se pois em saber se Bruma pertence ao lote dos Djalós e Velosos ou ao lote dos Ronaldos e Nanis. Com o grau de risco que a idade coloca, se a avaliação dos técnicos competentes o coloca no segundo lote, 700.000 mil ano são amendoins, até porque desses aparecem poucos. Se o colocam no primeiro lote, será uma exorbitância.
      Na minha opinião desinformada, falta-lhe golo nos pés.
      Uma forma de contornar o problema seria aumento automático do vencimento ao longo dos anos do contrato indexado a vários factores de análise do rendimento – presenças, golos, assistências… (constato que começo também a ficar seriamente
      afectado pelo jargão económico dos tristes dias que correm).

      SL

    • “O precedente que abrires com o Bruma será aproveitado por todos os Brumas que vierem depois dele” dizes tu…

      Nao há muitos como Bruma. Um jogador como Bruma aparece de 10 em 10 anos. Quem o diz nao sou eu. Sao pessoas que respiram futebol 24 horas por dia há 50 anos.

      Jogadores como Nani ou Bruma aparecem de 10 em 10 anos, jogadores como Ronaldo só aparecem uima vez. Mas desperdiçar jogadores de 18 anos com o potencial já evidenciado, como Bruma o faz, é um erro crasso que voces mais tarde iriam cobrar à Direção.

      deixemos as coisas acalmar e nao se baseiem no que aparece nos media. mas nao se esqueçam duma coisa: o orçamnento para a proxima epoca nao cabe para jogadores a ganhar 150 mil euros por mês. Se o que Bruma pede são 700k por ano, isso dá uma media de 50k€ por mês. Se isto vos parece exagerado, entao o que dizer dos mais de 100k€ que certamente Labyad está a ganhar?

      Quanto aos tiques de vedeta de Bruma, eu conto-os: dentro do campo, cada vez que um defesa lhe faz uma placagem à Rugby.

      • converge, seja ele quem for. Neste momento o Bruma é aquilo que é. Tem potencial é verdade mas não passa de um puto de 18 anos que há 3 meses atrás estava a jogar na B.

        Quer assina, não quer lava sanitas na B. Simples. Todos nós por vezes fazemos sacrifícios pelo clube, uns para ter as quotas em dia outros para comprar um bilhete para levar a família à bola… E este gajo está a torcer o nariz a 350 mil euros anuais? Devia ter vergonha. Os jornais é que nos fodem bem, fizeram-lhe a cabecinha com um pinta com a história do Man Utd. Mas também te digo se ele fosse agora para o Man Utd que não espere encontrar o clube como Ronaldo encontrou. É que agora sem Fergunson eles vão-se sentir um pouco e não vai haver a paciência para potencializar estrelas como houve na altura.

    • Sá, entendi perfeitamente o que disseste. Não posso é concordar quando dizes “não nos cabe saber o que poderia ganhar noutro clube em caso de transferência”. Na verdade, esse conhecimento do valor de mercado dos nossos ativos é essencial para qualquer gestor! (em sentido contrário, teria sido bom ter gestores que soubessem aferir do correto valor de mercado de trambolhos como o Bojinov ou o Pranjic). Não podemos chegar ao pé do Bruma e dizer. ganhas 10? então toma lá 50 e já vais bem quando sabemos que concorrentes nossos dariam 100. E não estou só a falar de Porto e Benfica.

      Repara que me refiro ao Bruma, não (por exemplo) ao Betinho. O primeiro, com a idade que tem, mostrou capacidade muito fora do normal para jogar na primeira equipa e fazer a diferença, muito à imagem do Nani. O segundo tanto pode dar um bom jogador ou ser apenas mais um que não consegue aguentar a transição de escalão com o mesmo nível.

      Como já foi bastas vezes falado, temos é que nos precaver e (tentar) não chegar a este ponto, fazendo com que a transição à equipa B seja acompanhada dum contrato a médio prazo por objetivos. Os que se destacarem precocemente devem ser aumentados também precocemente.

      O que não podemos é deixar sair – não por tuta e meia, que não é o caso – mas por valores muito inferiores ao que, com um grau de probabilidade muito grande, o Bruma poderá render num futuro muito próximo.

      Diz-se que o ordenado do Carrillo dispara este ano. Que fazer neste caso? Vendê-lo a qualquer preço? Não é muito mais velho que o Bruma.

      • Era ao Labyad que me queria referir, não ao Carrillo, mas a coisa vai dar ao mesmo. É um jogador com talento provado (não cá, infelizmente) mas que ainda precisa de algum tempo para crescer.

        Concordo em absoluto com a descida drástica do orçamento, mas nesta fase de transição há assuntos que têm que ser resolvidos com pinças e, de preferência, não na praça pública.

    • pelo que sei ganha 30k por ano. ora isso dá uma media de 2 mil e poucos euros por mês. Agora não é pegar nisto e dizer “bem o gajo ganhava 2000 euros por mes, vamos lá pagar-lhe 10.000 e ele fica todo contente!”. Nao se faz gestao de ativos assim. Principalmente quando este ativo nos pode dar varias dezenas de milhoes daqui a uns anos.

  24. Sá, se o que se diz é verdade, o Bruma agora pede 700.000. O mesmo que ganha o Evaldo. Se é muito para um jogador que ainda não provou onde pode chegar e que é muito novo? É seguramente. Mas parece-me que já provou que pode ir mais longe que o Evaldo.

    Só que o problema não é o ser muito ou pouco, precoce ou um mau exemplo, é ter apenas mais 1 ano de contrato. Esse é que é o problema. Porque se tivesse contrato até 2018, bem podia fazer birra que tinha de aceitar o que o Sporting achasse que o seu rendimento merecia, com maior justiça e progressão. E depois de 2 épocas de grande nível, a ganhar o mesmo que o Evaldo (700.000), mas com 3 épocas ainda pela frente, poderia voltar a fazer birra, mas sairia quando o Sporting quisesse, sob pena de ficar 3 anos a ir buscar a água ao Iuri Medeiros. Assim sai para o ano e os 350.000 que se diz separarem o Sporting do Bruma, poderão ser multiplicados por 10 (3,5M) como prémio de transferência.

    É muito importante dar o exemplo que não somos chulados. Mas se esse exemplo de sermos chulados corresponder a perder uns valentes milhões e o contributo de um jogador que já mostrou poder fazer a diferença, então que se lixe o exemplo.

  25. São novelas é certo mas são casos que têm que ser resolvidos.

    A minha solução era fazer com que o Bruma se livrasse do demo Zahavi e assinasse a merda do contracto, explicando-lhe que se sai agora do SCP não faz nada da vida apesar de ter muito potencial, se ele continuasse com as exigências ia lavar sanitas para a equipa B e continuava a receber o que recebe pois claro está. Pulso firme agora ao inicio, somos o Sporting caralho, não é um puto de 18 anos que nos exige o quer que seja, se tiver que servir de exemplo para os outros todos que se seguem então servirá.

    Quanto ao Jesualdo era adeus e um queijo. Tripeiro incompetente com 40 anos disto que mais parecem 40 dias e olhem que no dobro do tempo deu o outro a volta ao Mundo e este caramelo nem a volta ao jogo sabe dar.

    Chamo a atenção para os restantes contractos que estão a terminar na formação e equipa B, o Wallyson acaba este ano e hoje saiu uma notícia de que o Barcelona andava atrás dele e não me admirava nada, o rapaz parece-me ser bom de bola.

    • Concordo e tenho a certeza que o Bruno não se vai deixar comer por empresários/chulos. Ao bruma basta mostrar o exemplo do irmão.
      Quem não quiser vestir a camisola do Sporting pelo orgulho que isso representa que se faça à vida.
      Eu quero ir assistir aos jogos do Sporting e apoiar os “nossos” jogadores. Para ver mercenarios há filmes para isso.
      SL

    • VocÊs às vezes falam como se fossem uns inteligentes supremos e, pelo contrário, os jogadores uns burrinhos que não vislumbram a luz da sabedoria.

      Os jogadores pensam no dinheiro. No dinheiro de curto prazo como outra pessoa qualquer. Isto em regra.

  26. “No que toca a Jesualdo e a Bruma, creio ser relativamente simples perceber que as divergências são a nível financeiro. E que aceitar exigências que coloquem em causa o rumo traçado, será subverter aquele “modelo a la Dortmund” que tanto temos defendido.”

    Cherba, leio e pasmo com a tua desfaçatez. Desculpa a linguagem, mas tenho a certeza que mediste bem o que escreveste. Costumas ser ponderado nas afirmações… mas aqui nem hesitas! E a tua afirmação não convence por carecer daquilo que é óbvio: correspondência com a realidade dos factos.
    Que o “caso Bruma” (sim, infelizmente já se tornou num caso) é uma questão de dinheiro não há qualquer dúvida. Os intervenientes directos (Bruma e empresário) não o escondem. Se a Direcção ceder às exigências astronómicas de Bruma+empresário abre a sua caixa de Pandora e fica sem capacidade de controlo sobre as outras negociações que estão em cima da mesa. Depois da sacanice do Pedro Mendes, temo pelo que o Bruma se prepara para fazer. Aliás, a sua conversa e exigências já vêm desde o momento em que apareceu na ribalta.
    Espanta-me que mistures esta sacanice e falta de amor pelo Sporting com a situação de Jesualdo Ferreira. É evdente que não é o valor do contrato que está em causa, mas a sua posição no organigrama funcional do Sporting. Convenhamos, se a Direcção quer um moço de recados vai a Paços ou ao Estoril e arranja. É canja. Se quer alguém com currículo tem de lhe atribuir funções e competências de acordo com o profissional em causa. Há quem fale em Bielsa. Alguém acredita que ele não exige espaço de decisão?
    Bruno de Carvalho está confrontado com o momento crucial do seu mandato: ou revela inteligência e capacidade de gerir recursos partilhando responsabilidades e competências ou vai apagar fogos e administrar desinteligências e conflitos pessoais.

    • A questão do Jesualdo é outra. É uma questão de competência só. O BdC certamente acha que ele não a tem (eu também o acho) e quer o seu treinador!

      O Bruno de Carvalho tem ideias, não tem que gramar com as borradas dos outros para sempre, aguenta até ao final da época e depois pontapé no cu do tripeiro.

      É isto que sinceramente espero que se esteja a passar.

  27. Relativamente ao Bruma, só tenho uma coisa a dizer: gostava muito que ele ficasse, mas SE o que li esta semana for verdade (ou seja, que exige o dobro do que o Sporting lhe pode pagar), que vá andando. Concordo inteiramente com o Cherba quando ele diz que não se pode comprometer o rumo do clube por causa de um jogador. Ainda por cima – acrescento eu – um menino de 18 anos, que ainda comete erros, que ainda tem de crescer e que, na minha opinião, já apresenta tiques de vedeta.

    • mbc, como ja disse anteriormente: se o que Bruma pede são 700k por ano, isso dá uma media de 50k€ por mês. Se isto vos parece exagerado, entao o que dizer dos mais de 100k€ que certamente Labyad está a ganhar?

      A questao nao está em pensar que um jogador que ganha 2k€ por ano passar a ganhar 50k€ por ano é um ultraje porque estamos a falar dum miudo de 18 anos. E o Labyad é velho?

      O que Bruma já deu ao PSorting é mais do que suficiente para fazer todos os esforços no sentido de evitar que ele va´ganhar 1 milhao de euros por ano no manchester city.

      E se voces dizem que o Man City pode pagar isso, eu respondo: no orçamento para a proxima epoca do sporting nao cabem certamente jogadores como adrien ou labyad a ganhar mais dum milhao por ano, mas cabe o Bruma ganhar 700k. Essa é que é essa!

      • Converge, o que dizes relativamente aos ordenados dos outros jogadores (nomeadamente de Labyad e Adrien) é verdade. Mas pelo que tem sido veiculado, os jogadores com salários mais altos ou aceitam baixá-los ou vão ser vendidos. Faz parte da estratégia traçada. O Bruma, por muito talentoso que seja, tem de se enquadrar nessa estratégia, porque senão não serve os interesses do clube neste momento. E confesso que me choca ver tantas exigências (a serem verdade), de um miúdo que nem sequer cumpriu uma época na equipa principal. Penso que deveria ter a humildade para crescer e adequar-se à realidade do clube. Se a vontade dele é unicamente ganhar dinheiro, o Sporting nunca terá condições de ombrear com um City ou um United, nem que lhe pague os 700 mil por ano. Ele é que tem de perceber se quer crescer no Sporting e fazer-se um grande jogador, mesmo ganhando menos, ou se prefere ganhar um milhão e ficar a ver o jogo do banco.

  28. Já que falamos em contractos, deixo aqui uma ideia que não é de agora, já há muito que tenho pensado nisto.

    Porque não pagar ordenados consoante o rendimento colectivo e individual? Por objectivos.

    Haveria um salário base claro.

    Assim controlava-se perfeitamente os gastos visto que os jogadores só recebiam a quantia merecida se os objectivos fossem alcançados, as vitórias trazem dinheiro ao clube e parte desse dinheiro teria como destino o pagamento dos prémios.

    Era vê-los a deixar a pele em campo!

  29. Jesualdo sai porque, de acordo com o seu discurso:

    1º Já ganhou tudo o que tinha para ganhar no futebol….

    2º O Paços de Ferreira é favorito num confronto com o Sporting…

    3ª Acredita que há vencedores antecipados no futebol….(ou por outras palavras, não acreditava que o Estoril pontuasse na luz!)

    Quem assim pensa não possui estrutura moral para treinar o Sporting Clube de Portugal.

  30. Essa do Evaldo é despropositada e ridícula. Lá porque a anterior direcção fez merda nessa contratação, a direcção actual não tem nada a ver com isso. Se o Evaldo ganha muito e joga pouco, vai sair como acontecerá a todos os que estiverem nessas condições.

    Percebo a situação do Bruma ter apenas 1 ano de contrato. E aceito que se faça um esforço. Não aceito é sermos chulados. Uma negociação é um conjunto de propostas e contra-propostas até se chegar a um valor final. Se o empresário pede 700.000/ano, oferecemos metade. Depois ele pede um bocado mais..por aí fora.

    Se o empresário quer negociar, negociemos. Se quiser fazer ultimatos de 700.000/ano, pode ir dar uma curva. Já disse e volto a repetir, não sei quanto o Bruma ganha mas segundo os jornais (o que é sempre de desconfiar) oferecemos 350.000/ano, o que corresponde a metade do que pediram. Se o empresário quiser continuar a negociar, que faça a contra proposta. Se diz que “ou é 700.000 ou nada”, mete-se o jogador a ir buscar águas ao Iuri Medeiros durante o último ano de contrato, como tu disseste.

    Há que perceber os princípios de uma negociação. E uma negociação bem feita é quando todos ganham. Se houver uma quebra, perde o jogador que fica 1 ano sem jogar. Se houver uma cedência a um eventual ultimato perde o clube que paga uma enormidade a um activo que ainda tem 18 anos e abre um precedente. Se houver uma negociação na verdadeira acepção da palavra, vai haver acordo.

      • Oh cum’caraças, a ver se metemos isto na cabeça, o que o Labyad e pranjic e bolo de arroz ganham não é exemplo de nada, esses vão sair! Estar a dar maus exemplos para justificar outros é uma teoria da batata!

      • Converge,

        Labyad, Pranjic, Bolodearroz (e também já referiram o Evaldo…)?

        Epá, não vamos agora fazer uma merda, só para nivelarmos com as merdas que já foram feitas antes…se há coisa que não podemos fazer é usar erros anteriores como bitola para o que devemos fazer agora…

  31. Eu vejo todos falarem de Borussias e Rangers e o Diabo a quatro e penso que , se calhar, nós sportinguistas, ainda nao estamos preparados para o que aí vem. Bruno de Carvalho já o disse. É obvio que vai haver medidas impopulares, essa foi parte do negocio com a Banca. Medidas que eventualmente até poderão diminuir o poder da propria SAD.

    Mas os socios têm que fazer a sua escolha. E essa escolha nao se limitou ao 23 Março. Essa escolha tem de se estender ao apoio incondicional à atual direçao, desde que acreditamos que o caminho está a ser devidamente percorrido.

    Bruno de Carvalho tem de acabar com a disparidade de vencimentos que existe no Sporting:
    Nao tem sentido jogadores como Bruma ou Dier ou Ilori ganharem por ano um terço ou um quarto do que alguns jogadores ganham por mês!

    O caminho terá que ser: baixar o teto salarial e aumentar muito o patamar de vencimento daqueles que já provaram ter talento e vontade para singrarem no Sporting.

    Quanto a Jesualdo, nao ligo puto ao que vem na imprensa e acredito mais uma vez que ele vai ficar. Desde que dentro dos limites orçamentais impostos.

    Quem nao aceitar as condições orçamentais impostas por Bruno de Carvalho, parece-me que tem os idas contados. Independentemente do peso do nome que tem na estrutura. Embora me pareça que, no caso do nosso miudos, há que fazer um esforço adicional para levar a bom porto as renovaçoes. Eles são o cimento na construção dum melhor futuro.

    • Não acredito que o Carrillo ganhe 700k por ano. Quanto aos outros, era arranjar quem os contratasse em troca da assumpção do valor que o Sporting ainda lhes tem a pagar. Assim já ninguém podia dizer que esses jogadores ganhavam fortunas à custa do Sporting. Também concordo que os bons jogadores devem ser premiados, mas dentro de limites sérios. Que fez o Bruma ou o Ilori ou o Dier para justificarem 700k por ano?

    • Partilho da mesma sensação, há muita gente que não está preparada para o que aí vem – vejo muitos a falarem do Dortmünd e do Rangers, mas parece que só têm verdadeiramente em conta o Happy Ending…

  32. sá, o sporting deve ser gerido por padrões de meritocracia. o bruma e os outros, em 7 ou 8 jogos, fizeram mais do que muita malta deste plantel.

    o sporting tem tambem que ser gerido com vista à previsão do retorno desportivo e financeiro que terá com estes miúdos. o futebol é um negócio, não podes querer enfiar no bruma e nos empresários a pedagogia de que 2 ou 3 vezes mais é suficiente, quando depois esses olham para o lado e vêm gajos como os boulahrouzes e adriens a ganhar muito mais que eles e a não jogarem nada. além disso, por mais que queiras evitar, é perferitamente compreensível que na cabeça dum jogador, na negociação da renovação, esteja o hipotético ordenado que pudesse ganhar noutro clube.

    esta direção, toda a gente concorda, não tem culpa dos disparates que as anteriores fizeram. mas tem obrigação de endireitar (ou pelo menos tudo fazerem) o sporting. e isso só se consegue com sacrifício financeiro e com visão. o que sentirão os sportinguistas se o bruma sair para ir ganhar 700 mil/ano noutro lado e, passados 2 ou 3 anos, ser vendido por alguns bons milhões? o que pensarão quando, não renovando com o bruma (quem diz o bruma diz os outros putos), se manteve merdas a ganhar muito mais que ele?

    e ao contrário do que pensas, acho que seria mais pedagógico (a até justo) premiar estes putos que mostram talento e coragem para assumir o barco nestas alturas, do que essas merdas de jogadores que vêem em contentores a ganhar 1 milhão/ano e depois não rendem um caralho.

    o bruma e os outros devem ainda mostrar o que valem, são projetos de (bons) jogadores, mas se não os recompensares pela entrega e qualidade, o que vão pensar os outros putos da formação: “fodasse, estou há 10 anos no sporting, identifico-me e conheço o clube como poucos, devo muito ao sporting mas também contribuí para muitos títulos nacionais nas camadas jovens, sou titular da seleção nacional do meu escalão, mas só posso ganhar 10 porque há outros gajos acabados, constantemente lesionados, que não sentem o sporting e estão-se a cagar se ganham ou perdem, que não jogam a ponta dum corno, mas que ganham 100”.

    com esta lógica, se calhar grande parte dos putos prefere sair do sporting cada vez mais jovens

      • Mas não vamos acabar com os acabados, constantemente lesionados, que não sentem o sporting e estão-se a cagar se ganham ou perdem, que não jogam a ponta dum corno, mas que ganham 100?? Lá se vai o exemplo.

    • Compreendo o que estas a dizer. Mas eu, na minha opinião pessoal, acho que o bruma ainda nao fez nada. Acho que esta a pedir demais para o que de facto vale. Ele que aceite um contrato por objectivos em que se na próxima época atingir x objectivos automaticamente aufira o valor que supostamente quer, desde que isso seja comportável para os quadros do clube.

      Estar-lhe a dar o que ele quer assim ás escuras é um erro crasso e desses ja tivemos alguns.

    • Dás-lhe 50k/mês e ele começa a só pensar em Porsches, putas e vinho verde. Depois quero ver que milhões é que ganhas com a sua venda. Além de que ele fez meia dúzia de jogos que até não lhe correram mal, mas ainda tem muito a aprender, veja-se a brincadeira que deu o 1-1 ao Nacional e a falha de marcação que deu o 1-0 ao Paços.

      • Nem mais Hugo!

        E na mesa de negociação isso tem de ser abordado!

        Bdc: ” Mas sabes que nos custaste a ida à Europa (claramente injusto) com os teus erros infantis e agora queres 700 mil/ano??? Tás parvinho ou quê??

        Os jogadores só entendem este tipo de discurso!. E resulta! Não vale apena pensar que eles algum dia perceberão termos como contenção de custos, rigor orçamental, etc, etc…

      • nunca, eu estava a falar para o hugo, pá. esse argumento das putas e dos carros é pueril. mas já agora, pensando bem, o teu argumento tambem falha: eu já me passo com essa historia dos erros do Bruma. epá, embora lá te rjuizo porque nem a brincar se pode evocar que Bruma é o responsavel pela epoca desatrada. nem a pensar, pá. deves estar a ver outro filme!

      • Mas tu leste o que escrevi:

        Bdc: ” Mas sabes que nos custaste a ida à Europa (claramente injusto) com os teus erros infantis e agora queres 700 mil/ano??? Tás parvinho ou quê??”

        É jogares com os trunfos que tens, meu caro!

      • Sim, até porque o que o Bruma tem corrido é também atrás do novo contrato.

        Lembro-me de alguns assim (e sem querer ser pulha e comparar o Bruma a algum deles), como o Pedro Barbosa, Carlos Martins e Ricardo Quaresma.

  33. Só me espanta como ninguém na B se tenha lembrado de dizer à direcção “olhem que este gajo é bom, é melhor renovar-lhe já o contrato” ou como a direcção anterior, se avisada, não tenha tido a visão de fazer uma proposta ao jogador. Enfim. Agora puseram a faca e o queijo na mão do empresário. Seja como for, para mim, dava-se um prazo para ele assinar um contrato com um valor decente (70k/mês para um puto de 18 anos? Mas anda tudo doido?). Se ele não assinasse, para o ano nem na B calçava. Ia fazer companhia ao Afonso Martins a dar voltas ao relvado que se fodia. Servia de exemplo para os outros.

    Em relação ao poupar dinheiro, se vendermos a catrefada de nulidades estrangeiras que temos no plantel e emprestados noutros clubes, pouparíamos imenso dinheiro. Para alguns (Pranjics, Boulas, Bojinovs e quejandos), nem era preciso exigir uma verba pela compra. Desde que o clube comprador pagasse o valor dos salários que o jogador ainda tem a receber do Sporting, já era um bom negócio.

    Quanto ao Prof. Pardal, não me parece que ele esteja em posição de fazer qualquer tipo de exigências. Se ainda fosse um homem com uma carreira carregadinha de títulos e de bom futebol ainda se aceitava. Agora 150 anos de carreira e dois ou três campeonatos no clube das putas? E agora está armado em Mourinho? Para mim essa atitude só devia facilitar (ainda mais) a decisão de o mandar pró caralho.

    • +1

      Já buscar o pacote ( Marco Silva, Steven Victória, C. Eduardo e Jefferson)

      5 Milhões o kit completo!

      Tem é de ser feito esta semana que é para os gajos perderem um pouco de motivação nestes 2 jogos que faltam.

      Era um 2 em 1 brilhante!!!

      P.S: E não me venham com merdas de que não se arranjaria 5 milhões! A não ida à “hóroliga” representará na balança custos vs proveitos bem mais do que isso!!!

      Nem que peçam um empréstimo à cofina com 40% de juros, mesmo assim financeiramente valeria a pena!

      Desportivamente só um cego negaria essa evidencia!!!

      • “Tem é de ser feito esta semana que é para os gajos perderem um pouco de motivação nestes 2 jogos que faltam.”

        O Vieira é mestre em tirar a “motivação” a jogadores adversários.

      • E nós temos de aprender a fazer o mesmo!!!

        Neste lodaçal que é o futebol português: ou fechas as portas ou se queres competir lá está…

        Não é crime nem é contra os regulamentos! É um esperteza saloia, é. Mas tem de ser!

        E mais não são só os latinos!! Olha o caso do Gotze!?

  34. Compreendo que não se entrem em loucuras por Jesualdo, para além de não ser susceptível de gerar mais valias no futuro, ainda não provou sequer valer aquilo que actualmente lhe pagam.

    Já quanto a Bruma, Dier, Ilori e mais de metade dos jovens valores da equipa B, começa logo pela incompetência atroz da anterior direcção ao não ter resolvido atempadamente estes assuntos.

    Especificamente no caso do Bruma, que julgo ser dos poucos de quem ainda possuimos a quase totalidade do passe, parece querer um salário correspondente a menos de 30% do que estás a pagar ao Jeffren, habitual suplente, e menos de metade do que é pago ao Adrien, já para não falar de outros emprestados a quem o Sporting paga partes do ordenado que são em si superiores a isso.

    Os tectos salariais funcionam quando são transversais a todo o plantel. Não consegues ter um titular a ganhar menos de um décimo do que ganha um suplente e dizer-lhe que só podes subir até 20% desse mesmo suplente. O jogador obviamente não percebe e eu no lugar dele também teria dificuldades em compreender.

    Podes sempre optar por outro modelo de negociação em que para não subires mais o ordenado nem dar um prémio de assinatura tão elevado, ofereces uma componente variável em função do número de presenças/golos/whatever e/ou uma percentagem de uma futura transferência acima de determinado valor, fintando assim dificuldades imediatas de tesouraria.

    O que não se pode fazer e não vês isso acontecer noutros clubes é haver fontes dentro do Sporting a passar informação aos jornais para deixar o jogador mal visto pelos sócios/adeptos e prepará-los para uma futura desilusão. Se a intenção for pressionar o jogador há formas mais discretas e eficazes como os corruptos estão a fazer com o atsu e como os lamps têm feito com o cardozo.

  35. Há uns dias falávamos aqui no patrocínio de equipamentos e do facto de ser bonito/feio caro e barato.

    Acabei de ler que a Puma (a mesma que no equipa) acabou de assinar um contrato de 5 anos com Arsenal de 200 Milhões de euros, o que dá a módica quantia de 25 Milhões/ano…

    Alguém sabe quanto vale o nosso contrato?

  36. Há aqui uma situação, para mim, muito importante:

    Alguém sabe qual é a % do passe bo Bruma que nos cabe?

    Isso é fundamental na negociação. Se tivermos, por exemplo 30% do passe valerá a pena abrir precedentes e renovar a todo o custo?

    Penso que não!! Quem paga os ordenados é o Sporting para depois servirmos de vitrine aos chulecos dos empresários/fundos???

    Isto tem de acabar! Enquanto não entenderem que os fundos são o MAIOR cancro no futebol, nunca teremos livre arbítrio…

    Alguém com seriedade e cabeça quer discutir isto?

    SL

  37. É impressão minha ou esta malta (com o devido respeito que aqui todos queremos o melhor para o SPORTING) que quer dar já os 700k ao Bruma, provavelmente teria cedido perante o BES e o BCP com o medo que o Sporting acabasse?

  38. Finalmente uma discussão séria … apesar de algumas trocas mais ou menos azedas. Para dizer a verdade não concordo com tudo o que escreveu, mas gostei de ver algumas outras coisas escritas pelo “observador”. E também acho que nesta fase do clube devemos colocar um travão em algumas picardias.

    Que diga-se foi a forma como o observador começou. No meu entender demasiado ao lado.

    Talvez ainda seja cedo, mas muitas vezes ainda se dispara fácil a quem não, “aparentemente”, não concorda com o que se vai fazendo actualmente no clube.

    Se lerem, como eu fiz, com calma as opiniões que estão expressas atrás, percebem que existem dois aspectos fundamentais: o primeiro tem a ver com o post do Cherba. Muitas “notícias” na CS são plantadas e visam apenas marcar posição de empresários e outros. É um facto, toda a gente sabe disso. Sabemos viver com isso. Eu não compro jornais desportivos, por ex.

    O segundo aspecto tem a ver sobre o famoso teto salarial e sobre o que fazer com os jogadores da formação.

    Quanto ao teto salarial, julgo que muitos vêm nele um problema porque isso pode balizar demasiado baixo o valor dos atletas. Não sei.

    Por outro lado, não vejo qualquer tipo de problema em que existam excepções à regra. E neste aspecto o “observador” tem razão. Eu tb prefiro pagar mais agora a Bruma e encaixar mais no futuro do que em nome de uma poupança perder esse $$ a médio/longo prazo.

    Qual é o problema aqui? É o facto de nenhum de nós enquanto discute e dá opiniões ter o conhecimento perfeito do que se passa com estes jogadores da formação. Não sabemos se temos sequer $$ a receber de transferências futuras, se as temos de entregar aios fundos, etc, etc… e aí a logica do “observador” pode ser totalmente invertida.

    O que sei é que a situação deve ser terrivelmente complexa para quem tem de decidir e devem andar vários empresários/players misturados a tentar aproveitar ao máximo esta nossa posição de fragilidade. Nunca de esqueçam da máxima “amigos, amigos, negócios á parte”.

    A maioria destes “miúdos” são verdadeiros profissionais, têm empresários desde muito novos (algumas vezes mesmo antes de terem possibilidade de realizarem um contrato profissional), são um investimento muito trabalhado e em apenas no final (com honrosas excepções) são Sportinguistas. Entre o “amor” à camisola, ao clube, e o lucro potencial de uma transferência gorda não deve ser fácil.

    p

  39. Já disse em cima, mas volto a repetir:

    Mas o Bruma mostrou o quê, afinal? Que têm potencial? Potencial, não é mais que isso mesmo. Por acaso já mostrou que pode ser eficaz e regular ao longo de uma época inteira? Quando fizer isso e marcar pelo menos meia dúzia de golos, então pode pedir lá os 700 mil. 7 ou 8 jogos não definem um jogador titular de uma época.
    Que há potencial? Há? Que chega como garantia de que não pode ser um flop? Não chega, acho eu.
    Não se podendo pagar esse salário e havendo alguém que pague 7 milhões, é vender. Há clubes que têm dinheiro para apostar em potencial. O MU não pagou 10 milhões pelo Bebé? Pode levar o Bruma por esse preço se ele não quiser renovar.

    • Finalmente alguém que vive neste mundo… subscrevo Jordão2.

      Como disse em cima, o jogador mais bem pago do Paços ganha 70.000€/ano. Temos a mania que temos dinheiro, é o que é… mas esse tempo tem de acabar…

    • “Não se podendo pagar esse salário e havendo alguém que pague 7 milhões, é vender. Há clubes que têm dinheiro para apostar em potencial. ”

      Pois, mas põe-te no lugar do jogador. Ou é um negócio que lhe interessa mesmo, ou então prefere ficar mais um ano a ganhar tostões e no fim ficar com o passe na mão e negociar para ele esses sete milhões como prémio de assinatura. Era o que eu faria!

      • A merda já está feita. Como já foi dito por aqui, não se devia deixar subir à equipa principal jogadores em final de contracto. Agora, se ele tiver encostado não vai ganhar isso de prémio de assinatura. Eu, por mais que goste do Bruma, encostava-o, para servir de exemplo. Podes perder agora, mas ganhar muito no futuro. Caso contrário, todos vão querer fazer o mesmo.

  40. Bruma é um jogador com grande potencial, mas previsivelmente nos próximos anos irá brincar muito nas selecções.

    Em face às restrições financeiras do Sporting a minha sugestão para a renovação do contrato de Bruma passa pelos seguintes termos:

    Tempo Salário mensal*14 Salário mensal*14
    (milhares de euros) (milhares de euros)
    sem renúncia com renúncia
    às selecções às selecções

    2 Anos 40 48
    3 Anos 50 60
    4 Anos 60 72
    5 Anos 70 84
    6 Anos 80 96
    7 Anos 90 108
    8 Anos 100 120

    Obviamente não quis incluir outro tipo de situações como prémios por objectivos para simplificar a compreensão dos leitores, visto que alguns são muito limitados.

    • Como a minha interacção contigo num post anterior não terminou bem, agora vou fazer uma abordagem diferente:

      – Podes-me explicar qual a lógica de não quereres que os teus jogadores vão às selecções?

      Eu não sou fã da selecção, mas considero (tal como a maioria das pessoas) que o facto de teres jogadores internacionais é uma valia na valorização do activo.

      Basta olhares por exemplo para o caso de Inglaterra em que os jogadores extra-comunitários só têm licença de trabalho garantida caso tenham representado a sua selecção um determinado número de vezes num determinado espaço de tempo (julgo ser assim). Se tiveres jogadores extra-comunitários e os obrigares a renunciarem às selecções, é logo um mercado que está mais fechado para fazeres negócios…

      • A merda do comentário saiu mal, vou rectificar:

        2 anos; 40 mil euros mês sem renúncia; 48 mil euros mês com renúncia
        3 anos; 50 mil euros mês sem renúncia; 60 mil euros mês com renúncia
        4 anos; 60 mil euros mês sem renúncia; 72 mil euros mês com renúncia
        5 anos; 70 mil euros mês sem renúncia; 84 mil euros mês com renúncia
        6 anos; 80 mil euros mês sem renúncia; 96 mil euros mês com renúncia
        7 anos; 90 mil euros mês sem renúncia; 108 mil euros mês com renúncia
        8 anos; 100 mil euros mês sem renúncia; 120 mil euros mês com renúncia

        A lógica é simples, considero que os jogadores desvalorizam-se nas selecções, afinal quem paga o salário dos jogadores são os clubes/sads.

        Isso é um problema dos clubes ingleses mas eles sabem contornar essa legislação, pois o Anderson não tinha as condições necessárias mas deram-lhe a autorização para jogar, além disso, qualquer extra-comunitário pode rapidamente passar a comunitário via casamento.

      • Vê o que se passa no benfica, o Artur todo o ano andou a falar na selecção e a reclamar um lugar e acabou por acusar toda a pressão no jogo contra o Estoril naquele lance do golo do Jeffreson.

        Se o Artur tivesse renunciado à selecção não tinha dado aquele pito.

      • Isso a nível de pagamentos até pode fazer sentido mas estás a esquecer-te de um ponto muito importante: visibilidade!

        O facto de representar uma selecção é um ponto de valorização de um jogador, porque ao representar o seu país em competições o jogador está a mostrar-se ao mundo, a pessoas que provavelmente nunca iriam ver 1 jogo do teu clube mas até vêm da selecção porque está a jogar contra o seu país.

        Lembra-te que, são raros os jogadores que não sonham representar a sua selecção, ao colocar essa politica em prática terias sempre uma menos-valia em relação a outros clubes quanto à contratação de jovens.

        Posto isto, concluo que na minha opinião, essa teoria é … ESTÚPIDA!

      • Foda-se Peixe-Agulha, não respondas. Este gajo é lampiurso e só está aqui com teorias do papel higiénico e do preservativo para gozar.

        Não o leves a sério. O Cherba bem que podia apagar os comentários deste lampiurso mal os vê, foda-se. Não lhe faças o dia peixe-agulha.

      • peixe-agulha, fdx, continuas limitado, antes de mais, factos, estamos em 2013, não estamos em 1950, 1960, 1970, 1980, 1990, ou seja, a informação chega muito facilmente às pessoas, seja pela tv ou via net, logo tem acesso a dezenas de jogos de vários países, ou seja, a visibilidade hoje é muito maior do que nas décadas anteriores.

        Outra coisa, a visibilidade ser maior agora é normal, mas a visibilidade que interessa é outra, é a visibilidade efectuada não pelo adepto comum, mas a visibilidade efectuada por olheiros, empresários, agentes fifas, dirigentes, etc, pois são estes que podem pagar os elevados valores.

        Não é por acaso que a formação tem crescido em todo o mundo, sendo que a procura de jovens talentos (alguns com idade pré-escolar) é filmada até à exaustão, aliás deves poder ver muitos vídeos no youtube.

        Aliás podes verificar que em cada vez mais ligas europeias existem cada vez mais brasileiros que nunca jogaram na selecção e os clubes não têm problemas em contratá-los independentemente de concordarem com a minha teoria.

        Podemos concluir, que se há mais procura efectiva por este tipo de jogadores é porque estão cada vez mais valorizados. O melhor exemplo foi o Hulk que não brincava na selecção e custou uma valente pipa de massa (estava valorizado), mas foi mesmo um bom investimento.

        Os jogadores quando são contratados é para jogarem uns 50/60 jogos por época e não fazer uns 5/6/7 jogos num mês de férias.

        Os jogadores até podem sonhar com as selecções, mas mais do que isso precisam é de dinheiro para sustentar as suas famílias e assegurarem o futuro, dinheiro esse que é pago pelos clubes.

        A escolha tem de ser feita quando os jogadores são jovens, pois é aí que vão definir a quem é que vão servir, se o clube que lhe proporciona a formação e depois o salário ou se vão servir as federações. Se de facto o jogador preferir escolher a federação é preferível escolher outro jogador que dê prioridade ao clube.

        Acaso, não reparaste nas dezenas de jogadores brasileiros que jogam na liga portuguesa, a grande maioria deles não brinca na selecção.

        Epá, por aqui me fico, mas eu tenho outros argumentos coerentes com a minha teoria.

        Vê lá se reflectes um pouco para deixares de ser tão limitado.

      • Super… Reflecte tu sobre essa teoria do arco da velha. Vou seguir o conselho de deixar de te alimentar, mas antes de te mandar para a real puta que te pariu.

      • peixe-agulha, reflecti muito sobre essa teoria que consideras estúpida, mas estupidez é pagar milhões em transferências e e salários e depois deixar ir os jogadores às selecções.

  41. Grande e boa discussão se tem feito neste post! Uma das melhores dos últimos tempos. Reflexo também de que estamos de facto em tempo de decisões… Jesualdo? Bruma? Adrien? Jeffren? Tudo vai ter que ser equacionado neste defeso. Em minha opinião (muito limitada por não saber a margem de manobra financeira) Acho que o esforço deve ser feito mais para o lado dos “Brumas”. Sem entrar em disparates evidentemente. Pensei que podemos utilizar a seguinte pergunta para entender quem mais tem custado ao clube (transferencia+vencimentos): serão os “Brumas” que querem ganhar mais? Ou os “Evaldos” e “Balarús” que contratámos ano após ano?

    Importa sim definir um rumo. Para mim isso é o mais fácil, a parte difícil tem sido colocar os interesses do clube acima de outros interesses, coisa que abundou nos últimos 15/20 anos no Sporting. A minha esperança é que esta direcção o consiga fazer… Senão… Já fomos!

    Z

  42. converge,

    Disseste que o Bruma ganha 2.000/mês. Segundo os jornais (é sempre de desconfiar), está-se a negociar a renovação por 350.000/ano, o que corresponde a cerca de 30.000/mês. Corresponde a um aumento de 15 vezes mais em relação ao que aufere actualmente.

    A minha pergunta é esta: para um jovem de 18 anos, que só fez 4 ou 5 jogos a titular, que está, pela primeira vez integrado na equipa principal e que está a negociar o primeiro contrato como sénior, será que estamos a tentar explorar o rapaz com 30.000/mês? Ou é o rapaz que está a tentar explorar o clube com 60.000/mês?

    Uma coisa é querermos explorar o rapaz, como tu disseste, “ah! se ganha 2.000/mês, vamos aumentar para o dobro ou o triplo”. Outra coisa é oferecer 15 vezes mais e colocá-lo a ganhar 30.000/mês. Condenaria a direcção se fosse o primeiro caso. Neste caso parece-me a mim que estamos a fazer um esforço significativo para o manter e assegurar ainda a hipótese de fazer, pelo menos, mais um contrato a seguir a este. Porque se lhe damos, neste momento, 60.000/mês daqui a uns anos, com o aumento do assédio que certamente acontecerá, ele vai querer negociar para 100 ou 200.000/mês antes do término do contrato. Todos sabemos que os jogadores nunca cumprem os contratos e pedem aumentos após uma série de alguns bons jogos e com o Bruma não será diferente. Trata-se de aumentar gradualmente para se ter margem para se aumentar no futuro.

    Por isso é que eu digo, bom-senso para todas as partes. Para o presidente, que tem de perceber que o Bruma é um talento e tem apenas 1 ano de contrato e para o empresário que tem de perceber que o jogador está a ser valorizado no clube e que estamos em Portugal com sérias dificuldades financeiras.

    Outra questão relacionada com isto:

    Que caralho fazia o Manuel Fernandes? Se ele era director da equipa B e o Bruma estava na B antes de subir para a equipa principal, não era função dele prevenir o presidente para renovar com o jogador?

    • Se tiver alguém que lhe pague 150 mil euros/mÊs é normal que ache que 30 mil é pouco.

      Trata-se de uma questão matemática.

      Não esquecer que a vida útil de um futebolista é muitop curta.. Não dá para grandes pensamento de loongo prazo.

      • Mas há algum clube disposto a dar a um jogador como o Bruma que tem 7/8 jogos na equipa principal 150M/ mês?

      • peixe agulha, pelo que se diz o psv estava disposto a isso como forma de retaliaçao pelo labyad

      • Acredito que o PSV esteja ressabiado pelo Lábias, mas acho difícil acreditar que esteja disposto a pagar cerca de 2 Milhões época a um miúdo de 18 anos…

        Uma das razões pelas quais vemos grandes talentos a saírem da Holanda a valores mais ou menos baixos, é justamente os salários….

    • Concerteza, foda-se! E o manelito estava a mamar mais de 300k€ por ano! e nao vejo ninnguem a incomodar-se com isso! Quantro ao Bruma, Sà, concordo contigo, que uma proposta de 350k€ por ano é muito bom para um jogador de 18 anos.

      O que pergunto é o seguinte: qual é o teto salarial de Bruno de Carvalho para os vencimentos dos jogadores? 100k€ por mês? Se é assim, entao o orçamento tem de ser revisto. Porque se tem jogadores neste momento a ganhar mais do que isso sem dar NADA de volta ao clube, entao nao me fodam…O MAIOR PROBLEMA DO SPORTING NESTE MOMENTO NÃO É O QUE BRUMA QUER GANHAR, É O QUE GANHAM OS JOGADORES QUE VÃO DORMIR PARA O BANCO!

      BRUMA FEZ MAIS EM 10 JOGOS DO QUE OS RESTANTES FIZERAM EM EPOCA E MEIA!

      E CUSTA-ME LER AQUI ILUMINADOS QUE NUNCA OS VI NO CACIFO ATACAR O JOGADOR POR TER FALHADO NUMA JOGADA EM QUE TODA A EQUIPA FALHOU!

      Continuem assim, só espero é que o Bruno de Carvalho nao vos ligue um caralho!

    • Chamem-me o que quiserem… Mas ou ele amansa, e renova por valores normais atendendo as circunstancias (nem que seja com a “promessa” por de baixo da mesa que se pro ano algum clube o quiser e oferecer o valor da clausula que for fixada que pode ir com a pqp) ou então fica a próxima época a ver jogar os colegas na bancada. E a receber os 2 mil euros por mês.

  43. Pelo que vi na net (via forum scp) o Sporting tem

    65% do passe de Bruma
    100% do Dier
    25% do Rojo
    35% Labyad

    Do Ilori, do Esgaio e do Fokobo não vi nada, mas do Zézinho, já só temos 35%

    • Olha vejam lá se digo alguma coisa com tino. E se isto fosse o critério e se os dados estiverem certos (algo que duvido seriamente): A percentagem que o SCP ainda tem nos contratos.

      Ficavamos com o Dier, Bruma; Rojo, Labyad e Zezinho saíam, colocando a fasquia nos 35% como valor abaixo do qual não será rentável manter um jogador em formação no clube.

      Vantagens:
      Encaixe financeiro já (mesmo pouco pode ajudar);
      Encaixe financeiro futuro em caso de transferências (formação);
      Redução da massa salarial.

      Desvantagens (na minha opinião):
      Perdemos três bons jogadores com potencial de crescimento.

      p

  44. foda-se eu passo-me convosco às vezes, caralho. entao eu vi aqui alguns iluminados a chorar o manel fernandes que mamava (ou ainda mama) mais de 300k€ por ano!! para ser diretor da equipa B e está tudo revoltado pelos 700k€ do Bruma?!! foda-se, Cherba, um pouco mais de tino, caralho. Ou pensas que Brumas aparecem às pazadas?!

    • O problema e que o que esta aqui em jogo nao é “só” um jogador. Neste caso o bruma. O que está em jogo é a força e a palavra da nossa direcção face a estas situações. Depois de haver uma cedência num caso destes, os papagaios vão aparecer aos molhos. Os empresários vão afiar as unhas. E voltaríamos á cepa-torta.

      E nao, nao vos custa mais do que a mim ver este talento na eminência de entrar em rota de colisão com o clube. Mas se tiver que ser, para um bem maior… Que seja.

      • Carlos, o Sporting está como está por se pagar a diamantes como pedras e a pedras como diamantes!

        A péssima gestao orçamental e desportiva das ultimas décadas fizeram com que nós desbaratássemos pérolas como Figo, Futre, Simao, Viana, Quaresma e contratássemos jogadores que nunca deram um caralho por nós.

        Essa lógica até esteve no caso de Liedson, melhor ponta de lança dos ukltimos 10 anos, que vendemos por tuta e meia.

        Será que é dificil compreender que investir no BRuma é investir no Futuro!

        Tenho a certeza absoluta se Bruma fosse estrangeiro, muitos de vós mudariam de opiniao.

        Eu nao vos vejo a criticar o caralho do Carrillo que joga uma merda e depois vai para o twitter mostrar o novo sorriso. eu nao vos vejo a criticar o Jeffren que vai dormir para o Banco, mas já vos vejo a criticar o Bruma por ter dotes de vedeta. Tem , tem dotes de vedeta…os defesas que o digam…!

      • Mas eu sou o primeiro a desejar com o intimo do meu ser que o Sporting chegue a acordo com o miúdo!

        O problema e que temos montes de Adriens, de bolos, e por ai fora a chuparem salário. E como eu ja tenho dito n vezes, rescindir com a maior parte desses jogadores neste momento em termos financeiros e incomportável para o clube. E nao, nao vale a pena dizer que lhes metemos o passe na mão, porque nos ja nao os temos! – resultado, neste momento nao podemos entrar em loucuras enquanto nao resolvermos estas situações definitivamente.

        Se houver maneira de limparmos esse lixo, sim, subam um pouco os valores. Mas continuo a preferir que se lhe dê um contrato por objectivos bem pagos. Parece vir a ser grande jogador, mas ainda nao perdeu o estatuto de promessa! E era uma maneira de salvaguardar o clube. E de motivar o atleta.

        Quanto ao Carrillo, é uma desilusão aquela falta de cérebro. E sim, neste momento merece muito menos que o bruma. Mas o bruma tem que ter em conta que representa uma grande instituição, e nao somos so nos que temos que fazer cedências.

      • mal de nós e mal do Bruno de Carvalho se os empresários agora se baseasem na blogosfera para decidir os seus negocios. O Baldé sabe o que tem em mão e Bruno tambem. E nao esquecer que há o mais importante que é a vontade do jogaodor, que até à data, me parece querer ficar.

        Para que fica bem claro, eu tambem estou de acordo com que se aperte cada vez masai a malha aos emrpesarios. Apenas o que digo é que nao podemos comprometer o futuro. E o futuro passa pelo Bruma Dier e Ilori e outros. Sao estes os diamantes que temos que preservar. Se uma pessao como Jesualdo Ferreira que anda nisto há quase 50 anos diz que Bruma só aparece de 10 em 10 anos, eu pergunto: qual é a dúvida? Enquanto voces perguntam, como o outro pinoquio do Seguro” Qual é a pressa?”

      • Desengana-te amigo.

        Toda a comunicação social vem cá picar.

        Um empresário com ligações fortes ao Sporting não viria? Só se for parvo. Isto é um barometro fantástico para que se perceba até que ponto poderá esticar a corda…

  45. REspeito as vossas opiniões e aprendi muito com algumas delas mas agora emito a minha:

    Lá que os jogadores se queiram prostituir é lá com eles! A falta de respeito para quem os criou e os fez o que são é que têm que parar. Acho que é a altura ideal. Tens 18 anos revelas potencial recebes 2000 euros por mês? tens aqui a renovação para 30.000. Chega! Basta! Pelo amor de Deus mas que merda é esta? Não tens orgulho em vestir a camisola do Sporting e receber 30000 euros por mês com 18 anos? Puta que te pariu!

    Evaldos, Schaars, Adriens, Labyads mais a bela merda que durante decadas andaram a fazer no Sporting com renovações e renegociações estupidas como a merda resolvem-se como? Baixa-se o ordenado no mesmo contrato? Não podes!!! Rescindiam na altura! Ah e tal como estes recebem isto os Brumas e os Iloris tem que receber o mesmo! Então em vez de acabarmos com esta filha putice toda e chulice continuamos é a proliferar este tipo de atitudes.

    Não sou cego ao ponto de defender tudo o que presidente irá decidir mas aqui se não renovar com o Bruma pelos tais 700.000 € que são falados tem todo o meu apoio. Já quanto ao professor Jesualdo, não acho que seja assim isso tudo que se fala. Não morro se for embora, não podemos é falar no substituto. E os treinadores ao contrário dos jogadores não são como os melões.

    SL

  46. fala-se que o contrato do bruma tem umas particularidades que podem permitir a sua saida imediata e unilateral. não sei se é verdade.

    não estou de acordo com muito do que aqui foi dito, mas enfim, cada cabeça sua sentença, o que acaba até por ser o objetivo dum blog como este.

    para mim, a idade não devia ser um fator de medição de ordenado (talvez só para trintões). se queremos uma equipa feita à base da formação, temos que corresponder financeiramente. não basta dizer que o futuro passa pelos putos mas depois não os recompensar.

    se mandamos os gajos que mais ganham embora e não abrimos os cordões à bolsa para renovar com os putos, jogamos com quem? o que se poupa com a saída dos excedentários daria à vontade para renovar com os putos e ainda mostrar ao bes e bcp uma redução substancial de encargos. chama-se a isto boa gestão: eliminar gorduras, que neste caso são muitas e muito caras, e incentivar os bons.

    porque razão haveria o bruma de renovar a ganhar 350 mil/ano quando poderia ganhar o dobro noutro clube?

    quanto ao jesualdo, também acho que devriamos fazer um esforço para o manter, mas um esforço dentro do razoável. apanhou a equipa nas lonas, impôs-lhe um conceito de jogo que, bom ou mão, não existia e melhorou os resultados. os jogadores estão com ele e não é por termos em paços que passou a ser uma merda. não é o melhor do mundo, mas prefiro ir pela certa do que arriscar num marco silva ou paulo fonseca que à primeira derrota já estavam a ser enxovalhados.

    • “queremos uma equipa feita à base da formação, temos que corresponder financeiramente. não basta dizer que o futuro passa pelos putos mas depois não os recompensar.”

      Na mouche!

      • E com o devido respeito a vossa opinião, que em termos objectivos vale tanto como a minha… Deixo-vos um caso para vocês reflectirem, depois do que acabaram de dizer. E lembrando-vos que aquela garotada tem toda 18/19 anos…

        Fábio Paim.

      • quimberto será se a concorrencia nao der mais. a logica tem que ser financeira nao pode ser por idade. ganha mais quem dá mais ao clube.talvez considere que 50k€ por mês para um miudo de 18 anos pareca exagerado. talvez…será? mas com base em quê? no que ele ganha atualemte? isso nao pode servir de base…, por favor…

      • Agora mais calmo. Converge deve ser das dicotomias mais dificeis de resolver em qualquer área. Quanto o trabalho de uma pessoa vale, quanto valerá no futuro, o que dá e o poderá dar. Respeito e compreendo que não deverá ser nada facil mas não podemos ceder a chatagens. Volto a repetir na minha opinião que vale o que vale, pela meia duzia de jogos que vi e que creio poderá render 30.000 euros mensais basta.

      • Carlos,

        Paim. Bem lembrado…

        A estratégia do Sporting não pode andar ao sabor do vento!

        350k ao ano para um puto de 18 anos que fez 5 jogos na equipa A é ouro.

        Se não quiser aceitar, e por 2 mil por mês (qualquer trolha ganha menos) ,bem pode passar o ano a encher o fosso com argamassa!

        Enquanto não fizermos um “mártir” nunca mais seremos levados a sério. Nem sequer pelos nossos jogadores…

      • foda-se nao me venham falar em Fabio Paim, que a fama dele já o precedia desde os tempos de juvenil! o Paim nunca fez um caralho na equipa senior, porque, lá está, nunca chegou lá. Portanto, nem sequer se pode falar de comparaçoes onde elas nao existam. Com todo o respeito pelo Fábio mas compará-lo com o Bruma é comparar a Serra de Sintra com o olho do rego.

        Aqui, temos 3 jogadores (Dier, Ilori, Bruma) que entraram na equipa na pior epoca da nossa historia, defrontaram os gigantes (porque é gigante a diferença) Porto e Benfica, de peito aberto e pegaram de estaca.

        O Paim não se dislumbrou coisa nenhuma. O Paim foi um case study de um jogador que nitidamente nao tinha pedalada para o futebol competitivo aop mais alto nível.
        E tal como ele, outros, como o Salomão, por exemplo.

        E é isso que marca a diferença nítida com Bruma.

      • Continuo a dizer: 7 ou 8 jogos já dá pra pra subir o salário ao nível de outros que já provaram mais que uma época na primeira liga?
        E se agora pagas lá os 700mil e o gajo desta a meter-se na galderice como o outro? Como é que voltas atrás? As subidas de salário devem ser mais ou menos graduais.
        Se o bruma, tivesse feito 3/4 do campeonato e marcado meia dúzia de golos decisivos, então se calhar justificaria. Para o que fez até agora (e até já fez muita merda também, tipo dois jogos perdidos às custas dele). não merece o que quer. E se alguém lhe quiser pagar 150mil por mês, pode correr sérios riscos, vide caso Bebé.
        O Sporting não tem dinheiro para correr riscos. E se se dá 700mil ao Bruma quanto se terá que dar ao Dier, Llori, ou outros que poderão ser titulares indiscutíveis na próxima época?

        Queremos uma equipa de putos em que a média salarial é 50mil por mês?
        É isso que queremos? É que isso não me parece comportável. 30 mil já é muito bom.

      • Converge, nao foi o que ele disse numa entrevista cujo link agora desconheço. Mas posso-te adiantar que aos 16 anos os agentes passaram-lhe um porsche para as mãos. E que ele disse expressamente que o facto de terem querido fazer dele um novo ronaldinho gaúcho o deitou a sombra da bananeira nos treinos. Além disso queixou-se muito da pressão e que isso o levou a refugiar-se nas putas e vinho verde. Depois foi o que se viu.

        E agora eu pergunto-te.. Achas que oferecer 700 mil por ano a um miúdo é benéfico para ele? Achas que os adeptos á primeira criancice dele nao lhe vão cair em cima depois de jogarmos com valores e exigências destas? Achas que o bruma nao vai ser daqueles que vai querer ajudar todos os amigos, como quis o Paim? Ele tem 18 anos. E (por enquanto) nota-se a distancia que é um miúdo extremamente humilde… mas muito influenciável.
        E daí eu ter falado no Paim. Por isso tenho que discordar contigo. O Paim era outro Cristiano Ronaldo. Deitou-se foi a sombra da bananeira e arruinou a carreira. Mas queres outro exemplo ainda mais escandaloso de como tiques de vedetismo arruinam carreiras potencialmente brilhantes?

        Dani (Este com contornos ligeiramente diferentes, porque ele queria era mesmo gajas e passarelas). No entanto, continuo a dizer que o facto de um miúdo de 18 anos estar a exigir 700 mil por ano, é algo que nos deve assustar a todos acerca dos seus tiques de vedetismo.

        No que diz respeito as pedras que por lá tão, concordo contigo. Elas tem que sair. Mas como eu estou farto de dizer, isso nao pode ser feito como nos queremos. É como a lei permite. E a lei permite ou rescisão amigável em que as duas partes acordam um valor, ou então mandamo-los embora e pagamos o valor todo dos ordenados. Dai eu creio que a direcção esta a tentar ou rescindir amigável mente ou então arranjar colocação em algum clube que lhes pague os ordenados…

  47. Foda-se, converge…

    Primeiro, tens de acabar com essa merda de argumentação com recorrência ao passado. A estratégia anterior era contratar merdas de jogadores e pagar balúrdios de transferência + ordenados e pagar outros tantos balúrdios por directores e outros cargos que não fazem rigorosamente nada. A merda está feita e cabe ao Bruno limpá-la. Esquece isso, por favor. A estratégia actual é reduzir custos em tudo o que for possível, principalmente em jogadores.

    Depois, fiquei espantado com o que disseste. Concordaste comigo em relação aos valores que estamos a apresentar ao Bruma (segundo as notícias). Mas depois dizes que o problema não está no Bruma querer 60K/mês mas sim nos outros que nada fazem. Não, pá. O problema está nos dois. Nem os outros fizeram o suficiente para ganhar aquilo que ganham, nem o Bruma fez o suficiente para ganhar aquilo que quer ganhar. São dois problemas, não é um. E ambos têm de ser resolvidos com igual eficácia.

    Por último, e já te disse no comentário anterior, se renovas por 60K/mês, daqui a um ano ou dois, depois de ele explodir definitivamente e ser uma das estrelas do campeonato ele vai querer aumentar o salário e vai merecer esse aumento. O grande problema está no facto de nessa altura não teres capacidade de chegar aos 150 ou 200K que ele vai pedir (antes de terminar o contrato). Era muito bom que os jogadores assinassem renovações de 5 anos e não piassem até ao fim do contrato. Mas sabemos bem que não é assim. Basta um punhado de exibições do caralho aliadas ao assédio dos tubarões para o jogador encostar novamente o clube à parede.

    Assim sendo, e para não estarmos apenas a analisar ou diagnosticar, aqui vai a solução para este imbróglio:

    O Bruma quer receber 700K/ano. Nós queremos dar metade. Oferecemos os 350K/ano + 200K se fizer 10 golos + 150K se fizer 15 assistências. Se no ano seguinte ele melhorar esses números recebe mais 350K. Por aí fora. Prefiro pagar 700K sabendo que ele faz 10 golos e 15 assistências numa época do que pagar 700K sem saber qual será o rendimento dele no ano seguinte.

    • sa, tal como eu tinha tentado explicar em cima, tendo esse contracto por objectivos, os jogadores nao se acomodavam, e davam o litro, seja Bruma ou seja outro qualquer.
      em relacao ao que o converge diz, que outros que nao fazem nada e recebem mais, penso que essa era a mensagem da semana passada, os socios podem nao gostar, mas vao haver saidas( pensando que e mais direccionado para quem ganha agora balurdios sem fazer nada, vao levar uma proposta de revisao de contracto, ou entao se nao aceitarem vao a vida
      sabendo que rescisoes serao sempre onerosas, sera sempre atraves de trocas de jogadores dispensas
      mas independentemente de querer as perolas da formacao connosco, ou nos apresentamos fortes nas negociacoes, ou nuna mais nos livramos desses abutres a volta dos nossos jovens da academia…

  48. 2 pontos cruciais:

    1. Ir, na medida do possível, acabando com a cancro dos FUNDOS.

    2. Nenhum jogador jovem da academia poderá começar a jogar na equipa A sem que tenha 3 anos de duração de contracto!

    Em ambas as situações somos enrabados por expôr os jogadores com a verde e branca!

    Foda-se!!!

  49. O paradigma mudou. Mudou mesmo. A questão da renovação com A ou com B não é essa a verdadeira questão. Aquela que importa é a (nova) filosofia daqui em diante!
    Quando entendermos todos isso vamos perceber porque não se renova com Bruma por 700 mil euros ano.

  50. Tudo o que estamos a assistir é fruto de uma negociação dura que vamos ter, de um lado um empresário que tudo fará para subir o teto salarial, daí todas as semanas termos clubes interessados nele, do outro lado da mesa o clube que tudo fará para pagar o menos possivél, no meio disto ambas as partes sabem que o melhora para o atleta é que o mesmo tenha mais tempo em Alvalade, então amigos vamos ter calma e esperar para que isto se resolva, para quem vem aqui criticar a direção e do porquê não abrir as pernas em relação ao assunto, lembro que o problema surge apenas por completa imcompetência da direção anterior, que lança o jogador na equipe principal sem que antes renova-se o contrato, quem gere o clube em cima do joelho paga caro tamanha incompetência.
    Em relação ao Jesualdo a desinformação é total, os jornais andam perdidos e irão usar este tema para braquear a situação do Jasus nas galinhas. Enfim mais uma vez o sou da opinião da continuidade do professor e acredito que o mesmo fique, mas não a qualquer preço, só resta esperar e ver o que será definido com a certeza que os supeiores interesses do clube serão sempre prioritários.

  51. Ò Cherba, só mesmo a tua imaginação para achar que Jesualdo não fica em Alvalade por causa de dinheiro! Ainda não percebeste a razão?

    • Não te vi tão preocupado quando o teu querido lider deu jogadores ao porto, nem quando “vendeu” o unico ponta de lança do plantel “para pagar ordenados”…

    • A razão de tu e muitos atrasados mentais porem o Jesualdo nos pincaros, de não aceitarem que agora manda o Sporting e não os empresários é que SE ACABOU A MAMA. Ele se não quiser renovar com as condições que lhe dão o que não falta são interessados.

      Mas o Jesualdo é algum deus?? Fdss… 1º está o Sporting. Não gosta dos elementos da direcção (coisa que não corresponde de todo à realidade) não fica, e isso nem sequer vai acontecer, portanto tira o cavalinho da chuva.

      • Grande Krpan!

        Ninguém está acima do Sporting. Esta é a verdade.

        Acho até que, ironizando um pouco, esta devia ser a primeira clausula de todos os novos contratos. O espírito tem que ser este. Vai ser duro, mas alguns não quererão ficar com as novas regras do jogo.

        Acredito que no caso do Bruma, tudo dependerá do que o próprio quiser fazer. Não me admira que tenha já muitos interessados. O empresário deve estar a endoidecê-lo com “tens estes atrás de ti, em Inglaterra também, na China idem2…
        O Bruma se quiser ir ganhar muito dinheiro, noutros lados não lhe será dificil. Custa, mas é a verdade dos factos.
        Espero é que quem nos lidera tenha artes de o convencer a ficar mais uns anos, subindo-lhe o salário e colocando, como li aí acima, muitas parcelas indexadas a objetivos concretos. E no fina de um biénio, ele que vá à sua vida e que encaixemos uma boa maquia…

        SL

  52. Já estou mesmo naquela fase de achar que se tem que mandar toda a malta que recebe muito embora, por mais que simpatizemos com eles e falo de Rui Patricio, Rinaudo e Capel a juntar aos outros:

    -Boulahrouz;
    -Miguel Lopes;
    -Rojo;
    -Adrien
    -Schaars
    -Jeffren

  53. Lamento, mas com muito sacrifício digo-vos. O Sporting tem de ter nos próximos anos, um orçamento inferior ao Braga.
    Passa por tectos salariais, passa por orçamentos rigorosos e por perda de activos como o Llori, Bruma, Dier, Zezinho, etc.
    Este ano desportivo vai ser o primeiro de 4 ou 5 anos miseráveis.
    Temos de formar e fazer prospecção como nunca. Estes jogadores já são passado. Já os perdemos. O futuro está no Esgaio, João Mário, Wilson Eduardo e outros que ainda não pegaram nos A´s. É toca e foge. Uma época e saiem por 5 a 10M cada. 3 a 4 vendas por ano e o orçamento do ano seguinte está feito.Esqueçam a Academia dos Ovos de Ouro. Não vamos formar ninguém e vender por 50M€. Uns vão vingar e deixar saudades outros vão ser como o Secretário no Real Madrid.
    Bruma não quer renovar pelos valores propostos? É vender por 5 a 10M, já em Julho.

    • Quanto achas que recebe o Zezinho, Ilori e Dier por exemplo? Não acredito que recebam mais do que 5 mil euros actualmente. O Bruma é que está a dar caso mas se agirmos na calada com os outros todos conseguimos renovar-lhes os contractos e ficam a receber uns 10 mil euros, uns 10 outros 15, outros 20…

      • É toca e foge… Todos esses miúdos que eu adoro, já têm os passes vendidos e revendidos. Esqueçam-nos. Estão emprestados ao Sporting! Não são nossos e vão querer sempre sair!

  54. Concordo que hajam limites bem definidos, mas a ideia de haver um tecto salarial, e principalmente se levada à letra pode ser perigosa.

    Por mais que se queira generalizar cada caso é um caso, concerteza que abrir uma excepção para um Adrien, ou um André Martins seria igualmente justo mas nunca seria justificável do ponto de vista financeiro pois estes jogadores provavelmente não irão render 1/5 do que o Bruma poderá render numa futura transferência.

    Estou certo que o nosso Presidente irá encontrar outras formas de persuadir o Bruma para além do salário. Ou mesmo que o empresário se mostre intransigente pode-se sempre cortar noutro lado (tantos meios jogadores que temos emprestados que se podem despachar), julgo que o fim justifica os meios.

    Estamos a falar de um jogador que se conseguirmos segurar agora podemos vende-lo facilmente dentro de dois anos por 30 milhões ou mais. Se para isso temos que investir 1.4 milhões, mesmo que esses 1.4 milhões fiquem um pouco acima do que se pretende. Temos duas formas de o fazer… Abrindo um precedente, e dizendo a toda a gente quanto é que ele ganha, ou mais às escuras, onde toda a gente fica feliz, O Bruma renova, ninguém sabe de muitos pormenores, ninguém fala muito sobre o assunto e por consequência não é aberto nenhum precedente.

      • Em 2007. Na altura jogávamos a Liga dos Campeões. Hoje, sem UEFA, sem montra…
        O que nos pode valer é o bom nome da Academia e a Selecção de Portugal. Patrício valeria tanto como o Ventura senão fosse a Selecção, ao contrário do argumento que por ai anda.

  55. já se sabe que o futebol, principalmente o que se pretende de qualidade, implica muito dinheiro. para o bem ou para o mal, é assim que a coisa funciona. e objetivamente 700 mil para um puto de 18 anos é muita guita. mas então digam-me o que se passaria se despachássemos os excedentários e não aceitássemos esticar os cordões à bolsa com os putos? ficávamos sem equipa. e iamos buscar os putos da equipa b. e daqui a uns tempos não renovávamos com esses e bazavam. e vinham outros. e assim sucessivamente, sem resultados desportivos e financeiros palpáveis.

    abrir os cordões à bolsa para manter putos que mostram grande carater e qualidade e representam uma muito previsível mais valia desportiva e financeira não é um gasto, é um investimento.

  56. Em 1999 Simão foi comprado pelo Barcelona por €15 milhões.

    E de caminho recordo dois casos repugnantes:

    – Futre “fugiu” para o FCPorto em 1983 alegando “não ter condições psicológicas” para jogar no Sporting. Na altura, era causa legal para a desvinculação de um jogador. Futre tinha 17 anos eo Sporting ficou a chuchar no dedo. Em 1992 voltou… para o Benfica. Não compreendo como BdeC permite que este cabrão que fodeu o o nosso clube surja num spot a… promover o Sporting!

    – Figo constituiu um caso semelhante ao que o Bruma parece querer encenar. Não renovou, deixou correr o tempo, foi fazendo conversa e inscreveu-se no Barcelona em 1995.

  57. Aqui no Cacifo não se morre de amores pelo A Norte de Alvalade. No entanto, este post é muito interessante. E pertinente. Façam o favor de ler.

    “Tornou-se motivo de conversa entre os Sportinguistas e objecto de desejo o “modelo Dortmund”, agora que o clube da Vestefália coroa o regresso à ribalta com uma final da Liga dos Campeões. Depressa foi encontrado o substituto do “modelo Barcelona” como exemplo de promessa de felicidade ao virar da esquina, mas temo que nem um nem outro tenham sido verdadeiramente conhecidos e entendidos.

    Pergunto-me: e porque não o “modelo Ajax”?, que depois de um longo jejum de títulos se acaba de sagrar tri-campeão com uma equipa de jovens jogadores e um treinador que é também uma das referências da formação da casa?

    A generalidade dos adeptos valida e valoriza o sucesso, raramente os métodos, o trabalho, bem como a perseverança necessários para alcançá-lo. Porém este raramente surge por acaso e, mesmo quando se estima fazer tudo bem, ele é tudo menos uma garantia.

    Como Sportinguista não me aborrece apenas a superficialidade com que se entende que um modelo é transplantável e facilmente enxertado de um clube para outro, descurando as diferenças abissais entre qualquer uma das realidades, especialmente a alemã. Mais do que isto é o desprezo a que se vota a possibilidade de o Sporting construir o seu próprio modelo. Ou até de este já existir, precisando apenas de ser levado às últimas consequências, ao invés de ser constantemente recauchutado ao sabor das tendências do momento.

    Inclino-me para última das hipóteses mencionadas, nem tudo estará ainda por fazer. Esse modelo passa pela formação de jogadores, algo em que já somos uma referência, na qualidade e na quantidade. Não temos “apenas” 2 jogadores considerados como os melhores entre os melhores, por toda a Europa se encontram espalhados jogadores que testemunham uma aptidão invulgar: criar valor onde a natureza se esqueceu de deixar o talento. Fazer grandes jogadores de miúdos geniais é quase natural, uma consequência. Difícil é construi-los a partir da “normalidade” e é isso que talvez seja mais fascinante na nossa formação, mesmo que menos notório e elogiado.

    A excelência da nossa formação e o que é hoje o nosso futebol profissional são tão dispares que quase se pode falar em mundos paralelos. Como estender esse bem-fazer à organização do seu departamento profissional, de forma a aproximar-se ou até igualar o que faz nos escalões de formação, é a pergunta óbvia e fácil. O que vale um milhão de dólares é a resposta.

    Há pelo menos uma ideia base – o recurso à formação – que carece de sair do papel e ser praticada. Tem faltado também coerência, estabilidade e perenidade, uma linha condutora, sem curto-circuitos permanentes. Todos os clubes bem sucedidos tiveram esses valores na base do sucesso e foi isso que lhes permitiu mudar e/ou adaptar-se à mutação constante da realidade envolvente. Tudo aquilo que o Sporting não tem sido e não tem conseguido no futebol.

    Precisamos de recuar aos anos 50 para encontrar a última vez que ganhamos de forma sustentada. O sucesso é isso e não um titulo em cada década. Na década de 40 fomos campeões por 5 vezes, o mesmo número de vezes na década seguinte. Os anos 60 anunciaram uma ligeira travagem – 3 títulos – que estabilizou na década seguinte – os mesmos 3 títulos – para aterrar num titulo por cada 10 anos que, na década em curso, nem sequer assegurámos. É a dureza dos números, mas é também a realidade e esta, quanto mais depressa é encarada mais perto estamos para perceber onde erramos e o que temos que mudar.

    Continua a faltar um modelo de jogo que produza boas exibições com frequência. Não só porque é o caminho mais curto para a obtenção de bons resultados também com a frequência necessária para atingir títulos, mas porque é com o futebol de qualidade que os Sportinguistas se identificam. A escolha do treinador assumirá, mais uma vez, uma importância decisiva para a definição dos resultados.

    O Sporting apresta-se, mais uma vez a começar um processo reconstrutivo. Praticamente a partir do zero. Assim é natural que os resultados não possam aparecer no imediato. Mas não podem ficar para as calendas. Desenganem-se aqueles que o Sporting pode fazer um intervalo e que o seu lugar fica reservado. A realidade detesta espaços vazios e o Sporting ou luta por reclamar o lugar que é seu por direito ou perderá o direito a ele. Não é fácil mas o caminho para ser grande nunca o foi, pelo menos para quem joga com as mãos limpas.” (A Norte de Alvalade)

    * Tradução livre de uma frase de Johan Cruyff

    • “A generalidade dos adeptos valida e valoriza o sucesso, raramente os métodos, o trabalho, bem como a perseverança necessários para alcançá-lo. Porém este raramente surge por acaso e, mesmo quando se estima fazer tudo bem, ele é tudo menos uma garantia.”

      Exactamente o meu ponto de vista quanto às comparações que se fazem com o Dortmünd – valoriza-se o sucesso do modelo e anseia-se poder emulá-lo, mas sem ter noção dos sacrifícios necessários para o implementar.

    • Aziado do caralho, porque não ficas por lá? no tal Desnorte de Alvalade ó Manuel? vai pôr veneno na puta que te pariu ó palhaço, eu sei muito bem qual é a “vossa” intenção seu grande filho da puta. Pedeste o taxo foi? Já não comes marisco enquanto festejas as derrotas do Sporting? Acabou-se a mama seu filho da puta e leva essa merda do Observador contigo.

  58. Sinceramente, não percebo a discussão… não votámos (os que votaram) para, antes do mais, acabarmos com os regabofes do passado?!?

    O Bruma quer 700K/ano? Muito bem, está no seu direito de querer o melhor negócio possível para ele.

    Agora pergunto: alguém consegue prever o futuro e garantir-me que não se vai tornar no novo Djaló? Se sim, então talvez se justifique um salário acima da média de muitas equipas da Premier League, Serie A e Liga Espanhola… Caso contrário, não me parece que uns toques na bola durante parte da pior época de sempre do Sporting sejam o suficiente para justificar o estatuto de quase-vedeta.

    Para já não é suficiente. Mais daqui a um ano logo veremos… ou não! Se não abdicar de exigências que ponham em causa o projecto que foi sufragado pelos Sócios, então tchau até uma próxima!

    Quanto ao sr. prof., independentemente das exigências que possa ter, financeiras ou de poder, há algo em que temos que reflectir seriamente: se não chegarmos ao 5º lugar (como provavelmente não vamos chegar), queremos mesmo continuar a ter no banco o treinador que orientou a equipa nas derrotas cruciais que ditaram a nossa pior época de sempre? E não estou a falar deste último jogo com o Paços… 14 pontos de diferença não surgem à toa.

    Estou a falar das derrotas com os nossos dois principais rivais este ano que, miseravelmente, são Estoril e Rio Ave. É verdade que a culpa não é só do prof., o “mérito” desta situação é, na maior parte, do eng.godinho. Mas a verdade é que quem estava sentado no banco era o prof.

    Pessoalmente, perante a prespectiva de falhar a Europa e acabar na pior classificação de sempre, prefiro alguém que não tenha rigorosamente nada a ver com essa situação. No Sábado pode já ficar decidido, se o Estoril ganhar em casa ao Beira-Mar, por mim o prof. pode ir para casa fazer as malas.

      • 700 mil não está abaixo da média? Tendo em conta que metade da equipa titular são putos, agora… A média das merdas que por lá andam no banco não me interessam para nada. O que interessa é a média que se quer fazer daqui pra frente.

      • Foda-se pá, vivo num planeta longínquo onde é tradição ler as merdas com atenção antes de começar a mandar bojardas…

        “[700K/ano é um] salário acima da média de muitas equipas da Premier League, Serie A e Liga Espanhola”

        “É verdade que a culpa não é só do prof., o “mérito” desta situação é, na maior parte, do eng.godinho. Mas a verdade é que quem estava sentado no banco era o prof.”

      • Tem calma Leão! :) foi um typo. O que eu queria dizer é que para mim 700k tá muito acima da média que se quer…

      • Jordão2, sempre com muita calma! :-)
        Neste particular, estava a responder ao Daniel Alves e não ao teu comment (com o qual concordo, obviamente).

      • LdT, £10k/semana é acima da média na Premier League??! Há gajos a ganhar isso na Division One…

      • Epá LEIAM!…. “acima da média de muitas equipas da Premier League, Serie A e Liga Espanhola”… Eu não disse que era o Man Utd, City ou Chelsea!

        Para informação, o salário médio das equipas que menos pagaram nestas três ligas foi:
        – Premier League: 500K€/ano
        – Serie A: 320K€/ano
        – Liga Espanhola: 290K€/ano

        E estamos a falar de salário médio! Um Bruma qualquer, que ainda não provou absolutamente nada, dificilmente entrará numa nova equipa a ganhar, em média, o mesmo que os outros que já lá estão…

  59. Mas porque é que a maioria quer o Jesualdo ? Quem lhes disse que estava a fazer um bom trabalho? Está a comportar-se medianamente…Há muito melhores treinadores que ele por aí… Não me venham com a questão do salário que com inteligência ultrapassa-se isso. Este senhor é o tal que foi buscar o joãozinho, que mete o dier a médio , que não mete o João Mário , que se esqueceu do Zezinho. O nosso futebol é mediano.
    Os croquettes foram se embora a partir de agora a exigência é outra.

  60. e que tirou o sporting da luta pela despromoção metendo-o na luta pela europa. é esse o jesualdo que eu gostava que ficasse.

  61. O mal foi feito antes por uns competentissimos gestores que por incrivel que pareça ainda teem defensores.

    A negociação nunca iria ser fácil mas acredito que o acordo vai acontecer.

    Futuro é que tem de começar a ser preparado desde já.

    Acordos longos desde jovem com objectivos e renumerações claras concrdância com adendas de contraco pré defenidas.

    -Primeiro objectivo, equipa B – Adenda ao contrato com Aumento da duração de contrato X anos e aumento de salário em Y% com tecto salárial.

    -Segundo objectivo, Transição definitiva a equipa A (mais de 5 jogos seguidos) -Adenda ao contrato com aumento de duração de contrato X anos e aumento salário y% com tecto salarial.

    Jogadores que tenham como representantes, empresários que outrora tenham dificultado negociações com o Sporting Clube de Portugal até extremos.

    -Acordos iguais aos anteriores objectivos só alterando a percentagem de renumeração, para um valor inferior ao de y%, digamos z% mas mantem-se as adendas do aumento da duração de contrato.

    Qualquer jogador que atinja o objectivo de transição para a equipa principal tem automaticamente uma adenda em que salvaguarda que caso a transferência seja para um rival nacional, exista um aumento de 50% à sua clausula de rescisão.

    O tecto salarial só poderá ser ultrapassado após os 23 anos do jogador e esse aumento já estará previamente decidido como nunca ultrapassando os w%.

    Se não aceitarem os contratos ainda jovens, podem ir procurar formação de futebol noutra paragem qualquer e boa sorte em encontrarem melhor do que o Sorting Clube de Portugal e melhor sorte ainda em encontrarem quem lhes dê as oportunidades de carreira que o SPorting Clube de Portugal dá.

    Devaneios de um louco mas pão pão, queijo queijo.

    • Grande maluco…muito bem, de acordo!

      Gostei em particular de:

      “Se não aceitarem os contratos ainda jovens, podem ir procurar formação de futebol noutra paragem qualquer e boa sorte em encontrarem melhor do que o Sorting Clube de Portugal e melhor sorte ainda em encontrarem quem lhes dê as oportunidades de carreira que o Sporting Clube de Portugal dá.”

  62. A propósito do que Krassimir escreveu:
    O Jesualdo é um treinador que reúne várias características: competência técnica, conhecimentos científicos na área desportiva, experiência profissional, capacidade de planeamento, espírito de solidariedade, empenhamento ilimitado. É um homem que respeita e é respeitado. Pegou no Sporting num momento de caos e organizou uma equipa de futebol. Não chega?
    – O Dier é um jogador em “construção”: Por outro lado o Sporting não podia jogar com dois centrais vindos da equipa B. Um dia seria reconhecida a importância de Rojo no crescimento de Ilory.
    – O João Mário não é titular indiscutível na B. Logo…
    – O lugar de Zezinho está ocupado na equipa principal. Chegará o momento dele.
    – Com a saída de Insua teve de se encontrar uma solução rápida e acessível. Não é por ele que perdemos a possibilidade de ir à Liga Europa.
    Não havendo dinheiro contrata-se um treinador com inteligência? Essa é boa!

    • Olha ele foi despedido do panatinaikos, só ganhou títulos no Porto (até o Antonio Oliveira ganhou) , depois do Vercauteren até o Paulo Sérgio faria melhor.
      O João Mário é só o melhor jogador da segunda divisão.
      O Dier é um central de raiz independentemente da idade dele. Pôr um jogador que fez a formação toda a central a 8 , nem a trinco é um disparate básico.
      Sendo o shaars e Adrien duas anedotas , tendo em vista que zezinho fez boas exibições, recambiá-lo para a b é um disparate.
      O sporting perdeu basicamente todos os jogos com equipas do seu campeonato , exepção honrosa do Braga e Nacional .
      O futebol do Sporting mesmo tendo em vista o que vinha de trás não é nada de especial.
      Sabendo que há treinadores como o Leonardo Jardim desempregados não valerá fazer um forcing dar-lhe um prémio de assinatura , mandar embora muito do entulho que lá anda emagrecer o plantel para 20 21 jogadores para poder buscar uma mais valia como treinador em vez de ficar com um treinador que nunca foi nada de especial?
      Temos que ser exigentes meus amigos só assim ganham-se títulos

      • Like………+ dossier Elias e contratações de Janeiro, mais de 1 mês para fazer contratações cirúrgicas e traz 2 laterais, á direita Dier (estava a cumprir) e Esgaio eram adaptáveis, e á esquerda traz um “Jôjô”!
        Era do conhecimento de Jesualdo que o Sporting joga em 4-3-3 e tinha um único PL desde o início de 2011/2012 e….nada.
        Para além de Elias, será que o Sporting está a pagar o ordenado a Pranjicas e Gelsas ?
        Vercauteren lançou Dier, Juju lança Bruma e Ilori, Zézinho 2 jogos e J.Mário 1 jogo.
        Se o Xandão ainda cá está, será que Juju apostaria em Ilory desta maneira, ou veríamos a dupla Xandas/P.Mendes.
        Capel, falemos de Capel, Capel continua Capel….e cada vez pior….nada melhor que lhe dar a constante titularidade.
        “Know how” e 40 anos de experiência deveriam dar para um pouco mais.
        Redução de custos salariais….zero, e muito pouco assertivo nas contratações que fez.

        Com o devido respeito pelo prof. mas em Dezembro e Janeiro em vez de trabalhar a competitividade e o equilíbrio da equipa, preferiu “assobiar vivas” permanentes ao seu presidente de então.

    • OLHA O CROQUETE, MANEL,
      OLHA O CROQUETE, MANEL,
      FOI-SE EMBORA, FUGIU!
      OLHA O CROQUETE, MANEL,
      OLHA O CROQUETE, MANEL,
      FOI-SE EMBORA, E NUNCA MAIS O VIRAM!

  63. Meus pensamentos:

    1- Há muita desinformação por aí. Até se escreve que o facto de o SCP para o ano não ir às competições europeias poderia “afastar” jogadores (quer quanto a contratações quer quanto a renovações).
    Isso parece-me treta.
    Se tudo correr bem, o SCP estará UM ANO sem ir às competições europeias. E, se tudo correr MUITO BEM, para o ano estaremos a lutar pelo terceiro lugar (e, consequentemente, LC).
    Não estou a ver jogadores a decidir o seu futuro tendo por base o SCP ficar UM ANO sem ir às competições europeias…

    2- A questão do “tecto salarial”, restrição de custos e renovações é complicada.
    É evidente que o SCP tem que apostar nas “pérolas” da sua formação. E, obviamente, subir (muito!) os ordenados aos que já têm lugar na equipe principal (alguns deles titulares).
    SE o SCP avançar com um “tecto salarial” (o que acho óptima idéia! – qualquer coisa como €50m/mês) e “livrar-se” dos jogadores que o ultrapassam, a regra não deverá contemplar quaisquer excepções – doa por onde doa – nos próximos tempos.
    E, a haver esse “tecto salarial”, jogadores como o Bruma (é um dos que se fala) NÃO O MERECEM AINDA.
    Quer ganhar mais do que isso? A porta da rua é serventia da casa!
    O Bruma vale pelo seu POTENCIAL. Ainda não mostrou grande coisa (ao contrário do Dier e, em certa medida, do Ilori), pelo que não deverá merecer ser um dos mais bem pagos do NOVO plantel do SCP.
    Eventual solução passaria por um salário intermédio para o primeiro ano da renovação, com aumentos nos anos seguintes (se jogadores como o Bruma se desenvolverem, não ficarão mais de dois anos no SCP; se não se desenvolverem não merecerão aumentos “transcendentais”.

    3- O “valor de mercado”.
    É óbvio que, se existirem clubes (portugueses ou estrangeiros) dispostos a pagar fortunas mensais pelos nossos jovens jogadores, não há forma de defender que os mesmos DEVAM ficar no SCP por “amor à camisola”. Isso não existe. Não se pode defender que se deva pagar a um jogador (e que ele aceite!) um ordenado de €30m, €40m/mês quando o mesmo tem ofertas de €90m, €100m. Simplesmente não é justo.

    4- Juju
    Cada vez anseio mais por o ver pelas costas (no homo)…

    SL

    • Isso mesmo. E não esquecer que só facto da possibilidade de se ser titular duma equipa com a visibilidade do Sporting, já devia contar muito em muitas cabecinhas.
      Se não quiserem que vão lá pras reservas da equipa C do Manchester United, a ver se conseguem algum futuro. Alguns exemplos já aqui foram dados, até parece que do irmão do Bruma.

  64. O bruma nao vale neste momento mais de 150K / ano, por isso se quiser os outros 550 K tem de ser por mérito desportivo e profissional, ou seja, tem sozinho de levar a equipa à final da champions e ser bola de ouro. Ta tudo maluco???

  65. Apostava o meu dedo mindinho, que o Bruma daqui a ano e meio vale 15 a 20 milhões. Renovar não é um custo. É um investimento garantido.

    • Isto é uma espécie de exercicio de preparação mental que o pessoal (eu inclusivé) estamos a fazer, percorrendo e debatendo todas as realidades ( desde as mais positivas até ás mais negras que nos ocorrem), de maneira a nos prepararmos para o que possa para aí vir…

      No fundo, estamos só a falar de bola, que é aquilo que a gente gosta. Acho que apesar de tudo que praqui já se disse, todos nós depois daquele comunicado da direcção de ha umas semanas sobre a CS, queremos acreditar que o assunto está a ser lidado da melhor maneira possivel. E eu confio que isto se irá resolver em breve!

    • O mote é de facto o excremento expelido pelos pasquins, mas tal não invalida a qualidade da discussão – muito boa em meu entender, o que confirma o toque de Midas do Cacifo: transforma merda em ouro!

      O Cacifo é do caralho!

      PS: em todo o caso um reality checkezito de vez em quando é sempre salutar…

  66. Krassimir, se o Vercauteren faz melhor… vamos buscar o homem outra vez!
    Essa do João Mário ser o melhor jogador… era muito bom para nós. Mas, um jogador de futebol tem de trabalhar muito, sempre… e quando é jovem tem de saber que ainda não conquistou nada.
    O Schaars é uma anedota? É de antologia e merece constar dos livros sobre o assunto. O Adrien é outro assunto. É um jogador da “casa”. A temporada correu-lhe mal. Por razões que desconheço não revelou todo o seu potencial futebolístico. Deita-se fora?
    O Dier não jogaria a central. Ou, então, não jogaria o Ilory. O Rojo seria sempre titular a central, que é o lugar dele e o nosso clube tem a perspectiva de fazer um grande negócio com ele a curto/médio prazo.
    Se o Juju não tem currículo que baste, pode-se saber qual é o do Leonardo Jardim?
    Qual é o treinador que tem “cabedal” de conhecimentos e de prestígio que vem treinar um Sporting com a equipa mais fraca de sempre, de toda a sua história centenária? Qual é o treinador que pega em jogadores de 19/20 anos e lhes explica/ensina os processos do jogo? Falam de treinadores que gostam de utilizar jogadores brasileiros ou argentinos, de 2ª linha, mas que sabem tudo da sua profissão e que aprenderam em campos de futebol difíceis nos seus países. Mas, não saberiam o que fazer de Ilory ou de Dier. É outro “saber” que não está ao alcance de qualquer um.
    Por vezes, parece que nós, os sportinguistas, ensandecemos…

    • Eu disse que o vercauteren era tão mau que até o Paulo Sergio faria melhor. Lê melhor se faz favor.
      O João Mário é tres vezes melhor que o Shaars , que desde que está em Portugal nunca mostrou nada.
      O Adrien é da casa e não vale um chavelho. Já esteve uma vez no Sporting antes nunca mostrou nada foi emprestado.
      Se o Dier não joga a central não se mete o a jogar a médio , ou então não joga o rojo. O Dier não sabe jogar a 8 , isto é básico.
      Não há treinadores de formação há bons e maus treinadores Sportinguistas metam isto na cabeça de uma vez por todas .

  67. Como já aqui deixei espelhado por diversas vezes considero que o SCP devia contratar um ponta-de-lança de topo, ainda que tal venha a implicar uma impossibilidade de contratar mais algum jogador.

    Assim, tenho referido as seguintes hipóteses:

    1.º Denis.
    2.º Gillardino.
    3.º Iaquinta.

    Contudo, sei que são jogadores relativamente caros para o SCP actual. Assim, proponho o seguinte nome que julgo estar em final de contrato e podia ser uma escolha mais económica e com garantia de golo (na medida daquilo que é possível garantir), ao mesmo tempo que conhece o futebol português:
    – Anderson Miguel da Silva.

  68. Oh Cherba, espero que no dossier das sugestões também lá vá alguma sobre a política de renovações. Tipo, como já aqui foi sugerido, que ninguém passa à equipa sénior com menos de 3 anos de contracto.

  69. Krassimir, tens de ter paciência, mas isso de treinadores é como as cerejas: há para todos os gostos e funções. Vê a distância que vai do Ferguson ao Mourinho, ou do Bielsa ao Rafa Benitez.
    E por cá temos a mesma coisa: há quem pegue numa equipa como a do Estoril e faça um grande campeonato e, no entanto, não revelaria a mesma competência com esta equipa do Sporting. São coisas diferentes, processos que estão nos antípodas.

  70. Serei o único aqui a pensar que quer o Dier, quer o Ilori têm mais potencial que o Bruma? Eu fico parvo com esta ideia de endeusar o Bruma. Acho os outros dois bem mais maduros e com maior potencialidade que o Bruma. Jogadores como o Bruma, são mais comuns do que os cacifeiros pensam. Tudo depende da cabeça, do trabalho e da sua evolução. Jogadores como o Dier ou como o Ilori é que não são assim tão comuns. É só a minha opinião.

  71. Pingback: Será um dos pontos a aprovar na próxima AG | O Cacifo do Paulinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s