Será um dos pontos a aprovar na próxima AG

O jornal O Jogo lança, hoje, uma notícia que vai ao encontro do que já tínhamos começado a falar aqui e aqui. A mudança de paradigma é efectiva e, digo eu, não só necessária como muito bem-vinda.

limite salarial

Anúncios

221 thoughts on “Será um dos pontos a aprovar na próxima AG

  1. Não sei é onde iremos buscar um treinador que faça contratações e escale a própria equipa segundo as directrizes dos dirigentes…

    • zandinga, és tu? portanto, de uma política salarial apertada e com objectivos bem definidos, vês na tua bola de cristal que o 11 inicial vai ser escolhido pelos dirigentes. Fantástico.

      • Apenas quis referir que não me agrada ter um treinador-marioneta. Não posso?
        O Cacifo é anti-democrático.
        E aproveito para dizer que, por objectivos, ninguém quererá vir, pois o mais certo seria chegarem ao fim do mês sem receber…

      • Não é o caos. Mas não nos leva a lado nenhum.
        Um gajo aqui só pode ter opinião se a mesma coincidir com os membros da confraria…

      • Arlindo,
        com, apenas, duas intervenções, caminhas a passos largos para te candidatares a Palerma do Cacifo. Se não fosse democrático, tinha-te apagado. Quanto à barbaridade maior, não percebes que os objectivos são uma forma de tornar o salário mais atractivo? Trocando por miúdos: ganhas 40 mil por mês mas, atingindo determinados objectivos, o teu ordenado pode passar a ser 60 ou 70 mil.
        Achas mal? Preferes ter gajos a ganhar 80 ou 90 mil, tanto lhes fazendo jogarem dez minutos e marcarem um autogolo, como jogarem 30 jogos e marcarem dez?

      • Arlindo, o argumento é um pouco vazio. Das duas uma ou bem que tax a dizer que vamos perder sempre, então nunca se atingem os objectivos… ou que não haverá dinheiro para pagar, o que é irrelevante se são ordenados fixos ou por objectivos.
        A verdade é que o que dizes é o tipo de discurso demagógico e pouco ponderado, onde de uma assentada se misturam assuntos distintos, para que no meio da confusão não se note a falta de linha de pensamento.
        PS – o cacifo é democrático o suficiente para ouvir a opinião de cada um e para abrir o debate, ou seja, para que os demais possam responder. Não ser democrático é pão permitir o contraditório, ou no caso, falares sozinho e todos te aplaudirem!

      • Cherba:
        Tais objectivos só funcionam com uma equipa já oleada, que dê garantias de muitas vitórias…
        É a minha opinião.

      • J. Alfred:

        E quem considera que as suas opiniões é que são válidas e não as alheias… é democrata?

      • Andas revoltado oh Arlindo!!!!Calma pá alguma coisa há de se arranjar,estamos no fundo do poço,por muito que o Bruno já tenha feito ou não ele ainda não nos fez sair do buraco,ainda tem e temos muito que batalhar,o treinador terá que trabalhar em função da equipa,a redução do teto salarial tem que acontecer,por muito que nos custe,os próximos anos vão ser extremamente complicados,o treinador que vier terá que ter isso em consideração.
        Não me digas que o Paulo Fonseca está habituado a trabalhar com jogadores com teto salarial elevado,será caro???Mais caro que o JuJu???Não me parece!!!Falei-te do Paulo como te poderia falar do Marco ou do Gag!!!São maus queres ver???Não queriam vir….até vinham a correr…!!!!!

      • Arlindo – “Um gajo aqui só pode ter opinião se a mesma coincidir com os membros da confraria…”

        Cherbakov (CACIQUE DO CACIFO) – “Se não fosse democrático, tinha-te apagado.”

        LOLÃO.

        Os prémios por objectivos não são nenhuma novidade, nem no Sporting nem noutros clubes. O que seria novidade seria a inclusão da renúncia às selecções, como uma estratégia para a melhoria dos resultados desportivos e financeiros do Sporting.

      • O teu nick deveria ser SUPERAZIADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • O que acham que um jogador prefere, 70 mil jogue bem ou mal, ou 70 mil por objectivos?
        Com esta politica vamos ter de baixar a qualidade dos jogadores, pois eles não são parvos e preferem onde lhes paguem mais.

    • Arlindo entendo a tua preocupacao, mas tudo depende de como queres ter o futebol organizado. Queres um treinador que seja um manager ao mesmo tempo? Entao sim tens razao para estares preocupado. Queres um sistema presidencialista em que todas as decisoes passem pelo crivo de uma estrutura de 2 a 3 pessoas em que teras os objectivos bem como os recursos bem escrutinados e perceptiveis? Entao a estrutura que se quer implementar e correcta. Tudo depende daquilo dos objectivos a que te propoes. Nao existe sistmas perfeitos, apenas existem sistemas que se adequam melhor a cultura da organizacao e as circunstancias temporais que envolvem tais decisoes.

      SL

      • LeddsLion:

        Considero que o treinador só deveria reportar ao presidente. E que este lhe concedesse a liberdade de escolher os jogadores que pretende e não pretende. Só assim se pode pedir responsabilidade…

      • Entao nao deveria de haver uma estrutura com 3 pessoas como parece existir no momento. E uma opcao Arlindo, mas como disse nao acredito em sistemas perfeitos. Cada um tem as suas vantagens e desvantagens. Agora o que eu acho necessario ao clube e que TOMEM decisoes e nao se ande a deriva mudando conforme a mare.

        SL

    • Bolas, oh Arlindo,

      O que eu vejo mais aqui é pessoal a confrontar opiniões diferentes, e bastas vezes com picardias pelo meio – a maioria, felizmente, com a percepção que quando comentam se expõem ao contraditório. Se de cada vez que alguém me contraria eu o apelidar de anti-democrático, não achas que estou a cair num contra-senso?

      SL

    • A democracia exige, sobretudo, a capacidade de ouvir e argumentar de forma válida as ideias que cada um quer expor. E o melhor que sobra daqui é podermos criar sinergias de forma a melhorar os resultados.
      Ninguém aqui pretende ofender o outro. Mais que isso, não tenho o objectivo de ser dono da verdade, e só quis acrescentar alguma coisa para além do que disse, contribuindo com a minha opinião. Aliás, acho que é o que todos os cacifeiros pretendem – o melhor para o Sporting.

  2. Caro Cherba,

    Esta noticia preocupa-me de sobremaneira. Nao porque esteja em contra o que eu considero uma politica realista, adequada e que pode apelar a dedicacao dos atletas, mas porque considero que se deve levar em conta o proprio mercado de trabalho e quais os competidores que queremos ombrear.

    Sendo a minha profissao um Headhunter profissional diria que se estamos a lutar contra Pacos de Ferreira, Braga (o que nao tenho muita certeza), V. Guimaraes, penso que sera um plafond salarial adequado. Agora se falamos dos nossos competidores historicos em que a sua folha salarial sera ao redor de uma media de 100.000 Euros plus por mes, estaremos a adensar a nossa gap em termos de atraccao e ate retencao dos melhores talentos.

    Considerando a actual situacao economica e financeira do nosso clube diria que o plano e adequado mas com o tecto salarial um pouco mais elevado. Diria como sugestao algo como 75.000 Euros a 80.000 Euros mais bonus dependentes de performance.

    Ressalvo que isto deve a uma profunda reflexao nao so da situacao financeira, bem como de quem queremos ombrear nos proximos 4-5 anos.

    SL

      • So um pormenor que é para mim decisivo….as Assisntecias para golo deviam tb ser premiadas de forma igual a quem faz golo….quantos golos se perdem por egoismo?? Se tu receberes o mm entre tentares marcar golo dificil ou fazer a assitencia para colega com a baliza aberta, passas para o colega…assim ganham todos, sobretudo o clube que começa a marcar mt mais , trazendo mais espetadores, mais espetaculo, mais receitas, etC

      • Cherba eu entendo a decisao, nem estou contra ela. O que eu penso e que se deve colocar uma politica de retencao, atraccao de talento, planeamento de carreira articulada com as necessidades financeiras prementes do Sporting, objectivos do clube dentro de 4 a 5 anos e projectar isso numa perspectiva de como potenciar a marca Sporting Clube de Portugal.

        Nao e facil e nem ha uma solucao simples. Apenas queria que isso fosse explicado minuciosamente so para entender qual a politica e estrategia por tras.

        SL

      • A única maneira de por objetivos as coisas resultarem é, numa primeira fase, apenas existirem objetivos coletivos. Ou seja, por vitórias, por jogos com mais de x golos marcados, vitórias sem golos sofridos, etc… Mas coletivamente.

        Depois, com calma, pode-se tentar passar para uma visão individual. Senão, como na verdade o SCP não tem uma verdadeira equipa, pode-nos sair mal a brincadeira…

    • Se formos a ver, um salario base na ordem dos 50000,60000 não é nada mau, o problema é o mercado estrangeiro, onde podem ofercer mais a jogadores que estejamos interessados,mas se podermos contar com esses jogadores, sabemos que em Portugal não podemos competir com os outros dois, mas para os restantes treze temos de ser superiores e se a esses 50000, juntarmos um bonus por vitória, porque se o dermos por ponto, eles podem sentir-se acomodados com o pontinho, e bonus por objectivos, pode compensar, o problema que vejo, é o que acontece aos jogadores que ganham mais que isso. Se não houver comprador para eles, vamos vende-los ao desbarato? Porque contratos são para cumprir e não vejo ninguem a querer baixar o salario para ficar. Mas para os que venham 50 60000 parece-me bem

    • leeds lion
      a questao de querer chegar perto dos outros foi o que nos trouxe ate á situacao em que estamos.
      neste momento, estando as contas como estao temos de parar de olhar para os outros e arrumar a nossa casa, (o meu vizinho tambem tem um bmw, mas eu tenho de me contentar com o polo, que tambem me leva de casa para o trabalho mais ou menos no mesmo tempo)
      e como o presidente disse: nesta altura fica quem sentir o clube e quem quiser lutar pelo clube, temos de para de invejar o que os outros teem, ate podermos lutar pelos mesmos objectivos
      temos de meter na cabeca que nos proximos anos, ate consolidarmos um pouco mais a divida, a nossa luta vai ser entrar na champions, e nao vejo problema nenhum nisso, se do outro lado estiver a hipotese do meu querido clube desaparecer, por culpa de doidos vigaristas que andavam atras dos outros, com armas desiguais(arbitros, imprensa, etc), e ao mesmo tempo a meter dinheiro ao bolso, portanto contrato por objectivos e assim ao menos sabemos que vamos ter jogadores que vao querer lutar por esses objectivos…
      esta é a minha opiniao…

    • Estou a gostar e sentir que os pensadores do cacifo estão a ajudar e muito o nosso Clube a ficar MAIOR!

      50.000 para miúdos de 20 anos é muito bom e se não querem…. vão jogar todos para os Limpinhos ou para Apitinhos… força… !!!!
      No Sporting têm que se voltar a jogar por Amor à camisola…. e se juntares 30.000 ou 50.000 broas é muitaaaaa bommmm!!!

      E já não estou só a falar do estado do Clube… estou a falar do estado do Nosso Pais e da Europa.

      Se a Marca Sporting se tornar forte, porque é de cá que podem sair 3/4 jogadores jovens todos os ano… vão ver como esses investidores até põe cá os seus miúdos a jogar de graça!!! Passando assim a serem os nossos olheiros!!!

      Capiche ;)

  3. Acho má política esta coisa dos tectos salariais.
    Ainda por cima públicos. Mas que merda é esta? Agora vem tudo para a rua discutir se A está pendurado no tecto ou se B só deve andar a rastejar pelo rodapé?
    Deve haver um orçamento com pés e cabeça e cada jogador vale o que o clube acha que vale. O Tecto é o Orçamento global para toda a equipa, que tem de ir sendo ajustado, conforme as despesas e as recitas como em todo o lado. Não inventem. Não pode haver uma linha cega igual para todos.
    Porque claro, depois vem um e rompe o tecto (Bruma?…), e os outros olham para cima e não percebem e desatam aos saltos a querer chegar ao tecto.

    Orçamento global e recato nas negociações, please.

  4. Parece-me muito bem.
    Ja’ trabalhei em empresas com salario fixo e noutras onde o grande aliciante eram os premios por objectivos e tenho a dizer que em TODAS, sem excepcao, os resultados no final do ano eram sempre melhores onde havia o incentivo dos premios.

    Uma coisa e’ saberes que tens sempre o mesmo salario, independentemente da tua performance e outra bem diferente e’ saberes que tens um salario, mas que no final do ano poderas ganhar bem mais se te esforcares e atingires os objectivos propostos.

  5. Sem dúvida que é uma medida com a qual concordo em absoluto, só fico admirado de não ser algo implementado à anos. No meu ponto vista ao premiar presenças, golos, assistências, exibições e dedicação todos têm a ganhar: os jogadores que têm um incentivo extra para deixarem tudo em campo, o clube que vê os seu profissionais sempre motivados e os adeptos que assim sabem que quem os representa em campo quer tanto ganhar como eles.

    Agora tenho dúvidas é quanto à necessidade de submeter a medida a AG, e passo a explicar porquê. Ok compreendo a necessidade de incutir tectos salariais para evitar desvios futuros nos orçamentos, mas como é que vamos como é se define o que é hoje certo e o que é daqui a 2/3 anos? Vamos passar a discutir esse ponto em todas as AG’s? A única forma que vejo isso como coerente é definir que os ordenados não podem ultrapassar x% das receitas expectáveis para o ano vindouro, e caso ultrapasse, no ano seguinte ao valor dos salários tem ainda de ser reduzida a diferença….

    Aguardo ler as vossas opiniões

    • penso que a ideia de ir a assembleia geral, é porque se deve já saber que alguns dos jogadores que temos acima desse tecto salarial se estao a preparar para dizer nao, e assim a direccao fica defendida , para depois nao dizerem perdemos A ou B por causa do tecto …

  6. As Assistencias para golo deviam tb ser premiadas de forma igual a quem faz golo….quantos golos se perdem por egoismo?? Se tu receberes o mm entre tentares marcar golo dificil ou fazer a assitencia para colega com a baliza aberta, passas para o colega…assim ganham todos, sobretudo o clube que começa a marcar mt mais , trazendo mais espetadores, mais espetaculo, mais receitas, etC

    • A valorização de quem marca é bem maior daquele que só assiste.O que assiste deveria de receber mais para combater o egoismo,mas claro que tudo isto é surreal e que nem possibilidade é de tão ridiculo que aparenta;)

      • Nao percebo pq e ridicculo…o interesse do clube é que se marque o mais golos possiveis..donde para nós Sporting interessa premiar e incentivar que DE CERTEZA marquem golos e nao sejam egoistas…

      • No comentario abaixo ja nos entedemos..o que me interessa é combater egoismos …que é ridiculo pq isto é 1 jogo de equipa…(PS: Em bom rigor nunca se podia dizer quem é o melhor jogador do mundo….o futebol não é 1 jogo individual…podes ter o CR e o Messi e se tiveres uma bosta de resto de equipa lutavam para nao dexer de divisão)

    • As assistencias para golos deveriam ser premiadas, agora os golos apenas em caso de vitoria, o que nos interessa é ter gente a criar oportunidades para golo, não ter jogadores a rematar à parva de qualquer lado para ganhar algum

  7. E Mais uma coisa… os premios individuais tem um reverso da medalh…e q depois cada jogador começa a trabalhar so para si…
    Devia haver tb premios por sector (para que se funcione e se ganhe como equipa):
    – Toda a defesa + o GK recebem um X por cada jogo que não sofram golo
    – Todo o meio campo recebe + Y se tivermos mais posse de bola, jogadas interrompidas do adversário etc.
    – Todo o ataque recebe um X sempre que marquemos 3 ou mais golos num jogo

    O importante é que os sectores joguem e ganhem em coletivo, pq meus caros , o Futebol é um jogo de Equipa …não é so de avançados…

    • Claro que sim, uma óptima ideia. Todos têm de se sentir motivados para este sistema funcionar. Assim como o próprio treinador deverá atribuir diferentes prémios e objectivos para diferentes jogos, ajustando os prémios e os objectivos à realidade do jogo.

    • É uma boa ideia. No entanto penso que deveria ser a equipa, no seu todo, a receber uma percentagem extra do seu ordenado base por cada vitória?
      Por ex: cada vitória para o campeonato cada jogador teria um bónus de 10% do valor do ordenado, na taça seria 5% e na taça da liga 2%… Empates e derrotas não daria direito a prémios. Poderia ser uma forma de toda a equipa se unir a defender e a atacar.

      Se dividirmos os prémios por sectores, não sei se os avançados terão a “motivação extra” para defender e os defesas para atacar…

  8. Sempre fui um pioneiro. Nunca me reconheceram os meus méritos, mas sempre fui um pioneiro. Já há mais de uma década que tentei implementar contratos por objectivos e aposta nos jogadores nacionais. Foi um sucesso. Senão vejam:

    ”Quero aqui realçar o facto de se tratar de mais um jogador português, o que reflecte a aposta do clube no nosso futebol. Numa altura em que, especialmente, os outros dois grandes optam por contratar estrangeiros, nós demonstramos que somos diferentes e que defendemos a formação do futebol lusitano. No… preferimos contratar portugueses, o que também faz parte da cultura deste clube”, afirmou o presidente…

    O líder… demonstrou ainda a sua satisfação pelo facto de… ter ingressado no clube da Luz em detrimento… ”Não sei se havia corrida ou não pelo jogador. O que noto é que o… está mais eficaz na contratação de jogadores. Significa também que somos um clube com mais futuro do que os outros.”

    …lembrou também as relações profícuas entre… e a … que remontam há muitos anos atrás. ”Temos tido cem por cento de êxito com os jogadores que temos recrutado à…, que ainda hoje são recordados com grande saudade neste clube”, afiançou, para em seguida tecer rasgados elogios ao novo avançado dos encarnados: ”Trata-se de um jogador português que dispensa grandes apresentações. É um jovem humilde e que vem com uma enorme vontade de triunfar no…. Críticas da…? Por vezes as pessoas dizem coisas que não sentem para ver se conseguem ganhar mais alguns tostões. Temos um plantel cada vez mais forte”, sublinhou.

    Nem mesmo o facto de … ter admitido não conhecer … parecem decrescer os índices de moral do presidente do clube da Luz. … desvalorizou esse facto e salientou que a contratação do avançado mereceu o aval do treinador. ”O nosso treinador não conhece profundamente as qualidades do…, mas vai passar a conhecer melhor agora que a sua contratação está garantida. Contudo, quero realçar que depois de recolhermos várias informações a equipa técnica avalizou a contratação do jogador para as próximas quatro temporadas e meia”, asseverou.

    A finalizar, … lembrou que o vínculo assinado pelo atleta é por objectivos. ”Fizemos um contrato por objectivos que significa um vencimento fixo baixo e objectivos altos. Se o atleta conseguir os seus objectivos a sua remuneração triplicará. é a política que temos vindo a seguir no Benfica e que continuaremos a utilizar”, concluiu.

    http://www.record.xl.pt/Arquivo/interior.aspx?content_id=24437

    ou

    http://www.record.xl.pt/arquivointerior.aspx?content_id=41314

    • Portanto, td o q Vale e Azevedo fez ou disse nada é aproveitavel…se VA tiver dito que o Ceu é azul ,…falso! Se ja tiver dito que 1 dia tem 24hs …aldrabao!! Se tivesse contratado o Mourinho, os lamps tinham-no logo despachado (HEHeheh esta foi mm assim)!
      Meu caro, nao confunda ideias com pessoas…

    • Por acaso até acho que a razão porque o JVA conseguiu enganar tanta gente (e não é só no futebol…) é porque o que ele diz faz sentido – a questão é a diferença entre o que ele diz e o que ele faz…

    • Mas eu não fiz nada de mal.

      Fui boicotado pelo Sistema! Ou acham que a corja, que os corruptos do norte, que todos os mamões que andam a enriquecer-se à pala do futebol deixavam que – como eu – se pusesse de lado os oliveirinhas, os empresários e os esquemas montados no futebol. Por isso dizia que um euro era um euro. E foi por isso que fui preso no dia seguinte. Os bancos queriam ir para lá mamar (vejam as contas do Benfica como as deixei e como estão hoje) e meteram-me na cadeia.

      FOI TUDO UMA CILADA!

      SEMPRE ESTIVE INOCENTE!!!!

  9. E vocês acham que desta forma vamos conseguir criar uma equipa competitiva capaz de nos dar garantias de que vai garantir o terceiro lugar e a qualificação para a Champions?
    Acho engraçado a mudança de paradigma desta direcção desde que tomou posse (e atenção que teve o meu voto). Recordo-me que o discurso do BC foi sempre no sentido de garantir que iria fazer os possíveis para recuperar o clube financeiramente sem nunca descurar o lado competitivo e desportivo.
    Esquecem-se que para o ano, será provavelmente o último em que o terceiro lugar dará acesso à Champions. Para o ano Paços de Ferreira no playoff da Champions, Estoril/Rio Ave e Guimarães na Uefa, Portugal descerá certamente de ranking.
    Esquecem-se que o Sporting precisa OBRIGATORIAMENTE de garantir a qualificação para essa prova milionária com a finalidade de não ter de vender 4 ou 5 pérolas por época e de fazer dinheiro fácil que é o que mais precisamos neste momento.
    Concordo em absoluto com a redução da massa salarial e com a implementação de remuneração por objectivos. Mas discordo em absoluto com tectos salariais.
    Eu acho que a Direcção tem de perceber o quão imperativo é o Sporting ter de ir à Liga dos Campeões na próxima época.
    E para isso é preciso ter uma equipa competitiva, tal como me foi prometido, independentemente da redução de encargos com a equipa profissional.

    • Paços de Ferreira diz te alguma coisa???Estoril diz te alguma coisa???A competitividade cria-se num bom grupo de trabalho e que tenham os ordenados em dia!!!
      Uma vez vi um treinador ganhar uma Champions com jogadores vindos do Setubal,do Boavista,do Guimarães e da formação,sem vedetas!!!

    • A mim também me preocupa que se diga que há um tecto salarial de x, acho que é uma ideia que apenas tem de estar presente na cabeça de quem tem a responsabilidade de negociar e fechar contractos. Se fazemos disso uma regra pode mais tarde se virar contra nós quando quisermos abrir uma excepção.

      Quanto à redução de custos acho que é imperativo, e acho que mais vale não iniciarmos a época já obcecados com o 3o lugar, vamos ter uma equipa nova e jovem queremos mantê-la à margem de pressões histéricas, e quem sabe no final até temos uma boa surpresa.

      Acho que por agora temos de dar um passo de cada vez, definir o caminho e trabalhar para lá chegar.

    • genuinamente, como ja foi dito em cima, faco-te uma pergunta:
      se o teu patrao te disser o teu ordenado é 5000 por mes, ou se te disser é 2500 e assim atingires este e este objectivo pode vir a ser 7500, e dando-te todas as condicoes para isso, em que situacao é que tu achas que ias render mais??
      se me disseres que é com 5000 por mes independentemente do que facas, so te posso chamar Elias ou boularhouz, que vieram so para ganhar o deles, e o que o SCP precisa nesta altura é de quem queira trabalhar e lutar pelos 7500
      percebes a diferenca? é donde vem a motivacao, do estimulo…

  10. numa fase inicial eu vejo um pouco dificil os jogadores e os mamoes dos empresarios alinharem neste tipo de contratos.
    mas tudo o q envolve mudanca numa fase inicial soa a estranho. c/ tempo vamos lá

    • Ai e q está….ou assumimos a nossa postura e só entra no clube quem aceita as nossas regras (e atençao que isto podia ser doloroso de ver malta a sair) ou então continuaremos sempre ao sabor de empresarios e jogadores como temos vindo até aqui cheios de bons resultados…mas la está …a vida é feita de escolhas

    • Para ter proferido uma afirmaçao tao descabida, quero acreditar que não é socio do Sporting Clube de Portugal e que desconheça que quem decide os destinos do Clube sao…espante-se…os Socios do Sporting Clube de Portugal!! Fantastico nao e? Sim eu sei…as pessoas já nao tavam habituadas a que os socios decidissem os destinos do clube…tem toda a razao…era bem melhor quando um grupo punha e dispunha enqt os idiotas dos socios pagam as quotas e os croquetes…

      • Os sócios são quem mais ordena. Acabou-se a ditadura das elites. Os sócios têm o poder. Aos sócios o que é dos sócios e portanto cabe aos sócios decidir o que lhes aprouver.

        De um lado temos o poder dos sócios. Do outro lado temos os desejos pessoais de alguns indivíduos. Claro que o poder dos sócios levará a melhor.

        UNIDADE NO SPORTING!

        O PODER AOS SÓCIOS!

      • eles sabem lá se a aprovação de uma reestruturação financeira faz, ou não, sentido. Se faz, ou não, parte dos estatutos… manda-lhes um esguicho de natas, que eles gostam de banhar-se nelas…

    • ah, pois é, ó burguês de merda, o teu tempo acabou. V de Vendetta, seu cabotino. Vai lá para o teu clube de Cricket. O Sporting não é, nem nunca foi teu. Foi apenas uma ilusão. Está na hora de acordares. O concreto é mais real do que o veludo. Palhaço.

      • É assim mesmo!

        Viva o Cacifo do Bruninho, o novo Pravda!

        Viva o novo Pai dos Povos!

      • dói não dói? Como é que vais dizer aos amigos e à namorada que agora não há champanhe e camarões à pala. complicado, ein?

      • Caro Lev Davidovich Bronshtein, (ainda) amigo de velha data. Queres já agora dizer-me quais são os restantes pontos da reunião do nosso soviete? Podes avançar algum detalhe sobre os restantes pontos da agenda ou achas que o Joseph tem mais impacto assim de improviso?

      • continuem a meter temas de gestão corrente algemados à reestruturação financeira e vais ver onde vai parar a brincadeira

        pensei que só a corja enganava os sócios, afinal…

        desculpem, era só a brincar: viva o Cacifo! Eeeeeeeeeeeeeeh!

      • acho que estás a fazer uma figura ridícula. E que eu seria ainda mais ridículo, caso alimentasse a conversa.

      • Muito fraquinho…

        Esperava uma dialéctica mais poderosa num “ov” da esquerda

        Mas não podemos ter tudo

  11. foda-se, caralho, porra, claro que tem de ser assim! limites, teto e objetivos. só pode ser assim. os tais 700k€ por ano que é mais do que suportavel e sensato para um clube com as nossas dificuldades. e depois os jogadores têm que acreditar noprojecto, têm que acreditar neste imenso clube, têm que acreditar em nós, têm que acreditar na melhoes formaçao do país e acima de tudo têm que acreditar que vale a pena esperar porque mais tarde ou mais cedo os titulos aparecem.

    foda-se, estou a ouvir a melhor banda rock portuguesa, um hino, e só me lembro do Sporting e deste amor-doença que tenho pelo nosso grande clube!
    VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL! VIVA O CACIFO!

    O nosso amor é um combate!

    • Tá tudo certo, excepto “a melhor banda rock portuguesa”. Esse titulo cabe indubitavemente aos Mão Morta, visionários do rock e do futuro lampionico em geral.

      • Green ouvi pela primeira vez mao morta tinha prai uns 15 anos (ha 26 primaveras atrás) e na altura achava que estava a ouvir um som unico.ainda hoje acho.mao morta é a banda de referencia do pos punk em portugal, alem de que trabalho na cidade deles. Mas linda martini é a referencia do rock atual em portugal.pelo menos para mim.

        Abraco

      • Respeito isso, como é óbvio, mas mantenho a minha opinião. Ainda para mais, hoje este som não me saiu da cabeça. :)
        Hei-de prestar mais atenção aos Linda Martini.

  12. Em termos gerais: tecto salarial sim, prémios por objectivos sim.

    Parece-me que o tema só pode ser levado a AG mesmo em termos gerais, pelo menos a parte dos prémios – não faz sentido nenhum estar a discutir publicamente a estrutura dos prémios, embora tenha reservas quanto à exequibilidade de manter isto no recato do grupo de trabalho durante muito tempo, com agentes de jogadores a terem obviamente conhecimento das condições, e também não sei se haverá obrigatoriedade de declarar essas condições a alguma entidade (sindicato? liga?). Quanto ao valor do tecto, parece-me normal que seja público.

    Não vou entrar na discussão da estrutura dos prémios porque tenho muitas dúvidas quanto às soluções mais adequadas, mas principalmente porque acho que aquilo que nesta fase é mais relevante, e deve ser realçado, é mesmo a mudança de paradigma.

    SL

  13. Gostava só de saber qual é a fonte do jornal “O Jogo”.

    Se diz isto, todos acreditam e passe-se à discussão pública do tema, incluindo se as assistências devem valer € 50/€100 cada, e se for um remate que bate num zé mas depois também dá assistência, conta só € 25…

    Mas o que é esta merda.. o Fantasy Football?

    Se disserem que o Swansea quer levar o Dier e que o Bruma vai para a Turquia é mentira, e se disserem que querem pagar por objectivos já é tudo verdade?

    Não é afinal para todos subscrevermos o Jornal do Sporting pois só aí é que a informação é verídica?

    O que está a ser renegociado, como alguém acima disse e bem, só terá desfecho se ambas as partes o acordarem, tendo em vista que há contratos em vigor, cada um com a sua especificidade (duração, remuneração e outras condições).

    Por isso, não pode nem vai haver um só peso e uma só medida.

    Acredito que se queira motivar os jogadores estabelecendo que se marcarem 15 golos numa época, se forem utilizados X vezes ou até se forem o jogador do mês para o Clube, poderão ter um prémio final anual que esteja devidamente previsto no orçamento. Agora, ao final do mês estar a ver quem jogou e quem não jogou, quem fez assistências… Isto não é o FM e fico mais descansado por que quem lá está sabe o que está a fazer.

    SL

  14. claro que temos que seguir este caminho do contrato por incentivos, mas desta forma é lógico que não vamos conseguir contratar jogadores que de outra conseguiriamos. se deres 50 mil a um gajo que, dependendo da sua perfomance, podem chegar a 100 mil, ou deres logo 100 mil, independentemente do seu rendimento, é óbvio que se escolhe a segunda hipótese. mas a verdade é que não podemos desbaratar e os incentivos são a forma possível.

    por outro lado, um treinador só deve responder perante o presidente. deve gerir todo o futebol profissional, escolher dispensas, contratações (dentro do orçamento que lhe derem). só assim pode ser responsabilizado e é por esta razão que a escolha dum bom treinador é, provavelmente, a decisão mais importante numa equipa de futebol (coisa que o sporting tem desdenhado nos últimos anos)

    • eu acho uma piada do caralho a esta questão do treinador só ter que reportar ao presidente. Principalmente depois de tanta ejaculação precoce com o triplete formado por Duque, Freitas e Domingos…

      • Como o triplete correu mal, toca de constituir um quinteto. E se correr mal, ainda fazemos melhor: o “Conselho da Revolução”, constituído por 15 elementos, 10 indicados pela direcção e 5 pelo Cacifo! O treinador reporta a todos os elementos e ainda tem que levar cafezinhos e bolachinhas para as reuniões!

      • não, sou o Sr. Januário, porteiro da Academia

        ouvi dizer que, com a coisa bem esgalhadinha, o “mister” Jesualdo vai reportar a mim também

        finalmente vou mandar em alguém na vida, a minha Amélia anda orgulhosa a contar aos vizinhos

      • Não há dúvida, os cogumelos vão lá pelo cheiro…se o tópico lhes cheira a qualquer coisa relacionada com a agremiação do outro lado aparecem uns, se as letras AG aparecerem juntas aparece outra espécie…uma maravilha, a natureza.

  15. Eis a minha sugestão:

    1) Estabelecer dois tectos. O primeiro de 30.000/mês para jovens promessas e o segundo de 60.000/mês para jogadores consagrados.

    2) Inserir cada jogador do plantel no escalão adequado.

    3) Definir prémios individuais. Golos, assistências e jogos sem sofrer golos. Por exemplo: Sempre que um jogador atinge a marca dos 15 golos e/ou 15 assistências, recebe um prémio e volta a “zeros”. Imaginemos que o nosso ponta de lança marca 30 golos e o nosso extremo faz 30 assistências. Recebem ambos 2 prémios. No caso dos jogos sem sofrer golos (aplicado à defesa), sempre que a equipa atinja a marca de 5 jogos sem sofrer golos, cada jogador da defesa recebe um prémio calculado pelo rácio minutos jogados/ minutos sem sofrer golos. Aqui inclui-se GR, centrais, laterais e trincos. Possibilidade de Incluir outras variáveis como: recuperações de bola, golos em cantos, golos em livres…enfim…tudo pode ser medido, avaliado e, consequentemente, premiado.

    4) Definir prémios colectivos. Se a equipa atingir os objectivos colectivos, cada jogador com mais de 20 presenças recebe um prémio. Se atingir a marca de 30/35 presenças, recebe um aumento da remuneração fixa e a possibilidade de subir de escalão.

    5) Definir subidas de escalão de remuneração. No final de cada época fazer uma análise puramente estatística condicionada à obtenção de objectivos colectivos. Se a equipa, por exemplo, for à Champions Os jogadores mais influentes (mais jogos, melhor marcador, melhor assistente, etc) sobem de escalão (independentemente do prémio individual). Se já estiverem no escalão de estrela recebem um aumento automático da remuneração fixa.

  16. Discordo. Já se praticou isto no tempo do Cacá com o Soares Franco com maus resultados. É um claro incentivo à desresponsabilização. Perante os flops sucessivos das contratações, encolhia-se os ombros e alegava-se que “por este valor ninguém mais quer vir”. Foi boa medida? Não, foi péssima, porque se iam buscar gajos maus ou medianos, que ficaram atados, com contratos longos, e que mesmo tendo salários baixos, nunca nos deram retorno, nem desportivo nem financeiro. Foi o tempo dos monos, dos Farnerud, Purovic, Gladstone, Paredes, Alecssandro, Bueno,Marian Had, Tiuí, Celsinho, Manoel, Bueno, Etc.

    Quem é bom, tem nome e vem somar, não pode receber o mesmo que os putos da academia. Até porque a principal função até será ajudá-los a crescer e passar-lhes experiência. Acho que o Bruma e o Dier compreenderão que i Rui1 ou Capel ganhem o dobro ou triplo deles. O que se calhar não entendem é os casos do Jeffren e Bolo de arroz, ou do Ronny que sozinho chegou a ganhar mais que o Veloso e Djaló.

    Tem de haver alguém na estrutura com essa responsabilidade. Saber quanto e a quem dar. Sem uma perspectiva de progressão salarial, só sacaremos monos.

  17. Desculpa o OFF TOPIC mas merece ser lido por todo o CACIFO.

    “CARTA AO LAMPIÃO”

    ”Querido Lampião,
    Não sei se te recordas, quando fizeste correr esta imagem por Portugal. Estávamos em Maio de 2000. O Sporting havia perdido com o Clube de Carnide, com um brilhante golo de Sabry. Adiando, assim, a festa do título para a última jornada. Foi uma semana a ser gozado, até vencer o Salgueiros na jornada seguinte e assim, o Sporting, sagrar-se Campeão Nacional.
    Desconheço, também, se a tua memória ainda tem presente os festejos lampiões de dia 18 de Maio de 2005. Após a vitória do CSKA, em Alvalade, na final da Taça UEFA.
    Indo mais longe… 7 de Maio de 1995 – Junto à mítica porta 10-A, a queda de vários adeptos do Sporting, num jogo contra o Porto, causa 2 mortes e dezenas de feridos. Lamentavelmente, ainda me recordo das piadas que ouvi da boca de lampiões.
    Algo semelhante, a 18 de Maio de 1996, vitória Taça de Portugal efusivamente festejada pelo Benfica, 2 horas depois de uma morte no Estádio Nacional. Ironicamente provocada por um lampião.
    Podia continuar…

    Será que quem se tem vitimizado, durante esta semana, pelo gozo, tem motivos para isso?
    Eu vivo o Sporting há 33 anos! Com 3 anos já ia ao estádio com o meu pai. Aos 12 ia à bola sozinho. Tenho lugar cativo desde que comecei a trabalhar. E tenho boa memória! Porque vivo o clube intensamente!
    Agora lampiões que nem sabem as equipas que eliminaram, para chegar à final a fazerem-se de vítimas por serem gozados???

    Sou do Sporting Sempre!!! E não quando convém!!

    Sou patriota, por isso, apoio a Selecção Nacional. E não apenas quando tem jogadores do meu clube, como acontece com muito lampião. Não sou menos patriota por não apoiar o clube de Carnide nas competições Europeias. O que eu vejo de bom em Portugal, não vejo reflectido na ideologia do clube. Não vou apoiar princípios e atitudes nas quais não me revejo! Por isso, quero que percam sempre!!

    Dispenso, também, o apoio do lampião ao Sporting! E compreendo perfeitamente que tenham ficado felizes com a miserável campanha europeia que fizemos este ano. E todas as mensagens de gozo que recebi quando fui a Bilbao ver o Sporting ser eliminado, o ano passado. O futebol é isto! É esta rivalidade que faz o desporto fantástico.

    Lampião, aprende a ser humilde! Aprende que quem goza tanto como tu, também tem que saber ser gozado!

    Saudações Leoninas!”

  18. 👍Concordo com a princípio da remuneraçao fixa (relativamente baixa mas aliciante) aliada à remuneração variável, ie, influenciada pelo alcançar de objectivos individuais q traduzam o bem colectivo (por exemplo, também premiar as assistências para golo!).

    👎Não concordo com a impusiçao de tecto salarial e muito menos q este seja do conhecimento público!

    😉Essencial é definir orçamento num cenário realista, cumpri-lo e nunca vender jogadores para pagar salários!

    Vamos ter tempos difíceis mas, acredito, q mesmo com um orçamento relativamente reduzido possamos ser competitivos desde q sejamos competentes, unidos, firmes, rigorosos e “planejadores” compulsivos!

    😜SL

  19. Olhando para os prémios como colectivos é bem capaz de ser o melhor que poderiamos ver.

    Isto implica equipa e banco.
    Plantel curto e aproveitamento da equipa B onde todos também poderão dar o melhor para entrar nos prémios.
    Ou o inverso ninguém quer baixar a guarda, perder a A e baixar a B.

    O tecto salárial é que acho muito mais complicado de ser aceite pelos jogadores que neste momento o ultrapassam.
    Ninguém aceita reduzir o salário que já tem e neste caso a maioria não cai no desemprego e nem sai com uma mão à frente e outra atrás.

  20. concordo com a implementação de um teto salarial de 50000€ mensais. Se a ideia é meter os putos da academia a jogar e se o plantel tiver 23 jogadores, cada um ainda assim receberá 2000€ mais ou menos por mês… para putos que não estudam e gostam só de bola e sobretudo para a maioria dos portugueses será um excelente ordenado :)

  21. Uma boa medida para ajudar a separar aqueles que vem pró emplastro e aqueles que querem fazer algo de melhor pelas suas carreiras…

    Não quero vedetas… quero daqueles que suam a camisola e querem ser DE FACTO profissionais de futebol, obviamente com qualidade e que se saibam valorizar a si mesmos e ao seu trabalho! A recompensa virá depois…

    Quero que sejam pros e que dêem ouvidos ao Alvalade assim como o video que alqguém postou aqui sobre a BOMBONERA do BOCA…

  22. Converge,

    Para mim a a atribuição de cada jogador ao respectivo escalão é relativamente simples. A grande complicação está na redução de salários dos jogadores mais importantes. Ah! E esquece os termos “promessa” ou “consagrado”. Foi apenas uma forma de distinção dos dois escalões. Aqui vai um exemplo (já com as saídas que eu gostava que acontecessem bem como as permanências)

    De 30.000 até 60.000/mês: Rui Patrício, Rojo, Rinaudo, André Martins, Labyad e Capel

    Até 30.000/mês: Boeck, Cédric, Arias, Ilori, Dier, Fokobo, King, Zezinho, João Mário, Esgaio, Viola, Bruma, Carrillo, Wilson e Rubio

    Obviamente que em cada escalão teria de haver distinções. No primeiro escalão, os melhor pagos seriam Rui Patrício e Capel, seguidos de Rojo e Rinaudo e por fim, Labyad e André Martins. No segundo escalão, os melhor pagos seriam Bruma, Ilori, Dier e Carrillo seguidos de Viola, Cédric, Boeck, e por aí fora.

      • ó leao à solta, vê lá se atinas e vês bola com olhos de ver, caralho. foda-se entao nao dá para ver a evoluçao elogiada por todos do Rojo? O Rojo vai fazer uma parelha do caralho com o Ilori.

        Escreve o que te digo:

        “O Rojo vai fazer uma parelha do caralho com o Ilori na epoca 2013-2014” (isto se nao sair, claro).

        Se quiseres, assino por baixo, tá-se?

        podes dizer que o Converge manda dizer, ta bem?

        abraços.

      • Com 1 bom LE(é do lado dele),e se não sair como dizes e bem,pela evolução que tem demonstrado tem todas as capacidades de fabricar uma excelente dupla de centrais com o Ilori,quanto a isso não tenho muitas duvidas,tem é que continuar a ter o mesmo rendimento ou melhor ainda.

      • Foda-se converge, de bola não percebes a piça. Como é que um gajo tão duro de rins e que é papado a cada lance pode vir a ser o futuro central do Sporting?!

        Escreve o que te digo mas é: “a futura dupla de centrais é composta por Dier e Ilori”, dois centrais que se complementam na perfeição e ambos com um potencial tremedo!

        Isto se o Jesualdo der o chamado baza e contratarmos um treinador que não invente posições.

      • Na clausula do Rojo deve estar uma alinea que diz que tem que jogar a central!!!Se assim não fosse não entendo porque jogou tanto tempo a central!!!
        Agora que está lá e já se adaptou(passados 40 jogos!!!) tirá-lo de lá parece-me injusto!!!!Como ex-central é o que penso!!!

  23. não votei em duque e freitas, por isso a ejaculação não é para mim.

    um treinador tem que ter plena autonomia. lembro-me bem do que disse o schuster sobre o real madrid, de que nunca conseguiria um treinador de topo enquanto lá tivesse o valdano, porque nenhum treinador se sujeitaria a responder ao valdano. chegou lá o mourinho e o valdano foi de cona.

    no sporting a mesma merda. mas alguém quer sujeitar-se a ter o inácio (quem???????) e o virgílio (quem????????) a mandar bitaites? ou então vem um marco silva ou paulo fonseca, que comem o que lhes puserem à frente.

    outra merda ridícula é levar um teto salarial à ag? fodasse tambem podemos levar a constituição do 11 titular

  24. Caros Cacifeiros,

    Não tive oportunidade de ver todas as medidas propostas pelos cacifeiros e enviadas pelo Cherbakov (e por isso desculpem me se já tiver sido proposta) mas ocorreu-me à pouco uma medida que pode ser uma efetiva mudança de paradigma no Sporting. UM SPORTING INTERATIVO!

    Como queremos um Sporting grande. Como queremos um plantel grande. Sugiro o seguinte:

    O 11 DOSPORTING DEVE PODER SER ESCOLHIDO PELOS SÓCIOS DO SPORTING DURANTE O AQUECIMENTO.

    Isto pouco influiria no rendimento da equipa: o treinador está lá para treinar e todos têm valor e ainda poderia compor a equipa de acordo com os desejos dos sócios.

    Vejam bem se esta medida não era o que precisavamos para aumentar as assistências em Alvalade e aumentar o número de sócios. O número de sócios triplicava. O número de espectadores duplicava e haveria lista de espera para comprar gameboxes.

    UM SPORTING INTERATIVO PARA O SPORTING DA NOVA ERA!
    VAMOS QUEBRAR AS CONVENÇÕES!

    POWER TO THE SÓCIOS!!!!!

  25. Além disto e vou-me repetir o que gostava mesmo de ver num futuro próximo era algo do género implementado:

    Futuro é que tem de começar a ser preparado desde já.

    Acordos longos desde jovem com objectivos e renumerações claras, concordância com adendas de contrato pré defenidas.

    -Primeiro objectivo, equipa B – Adenda ao contrato com Aumento da duração de contrato X anos e aumento de salário em Y% com tecto salárial.

    -Segundo objectivo, Transição definitiva a equipa A (mais de 5 jogos seguidos) -Adenda ao contrato com aumento de duração de contrato X anos e aumento salário y% com tecto salarial.

    Jogadores que tenham como representantes, empresários que outrora tenham dificultado negociações com o Sporting Clube de Portugal até extremos.

    -Acordos iguais aos anteriores objectivos só alterando a percentagem de renumeração, para um valor inferior ao de y%, digamos z% mas mantem-se as adendas do aumento da duração de contrato.

    Qualquer jogador que atinja o objectivo de transição para a equipa principal tem automaticamente uma adenda em que salvaguarda que caso a transferência seja para um rival nacional, exista um aumento de 50% à sua clausula de rescisão.

    O tecto salarial só poderá ser ultrapassado após os 23 anos do jogador e esse aumento já estará previamente decidido como nunca ultrapassando os w%.

    Se não aceitarem os contratos ainda jovens, podem ir procurar formação de futebol noutra paragem qualquer e boa sorte em encontrarem melhor do que o Sorting Clube de Portugal e melhor sorte ainda em encontrarem quem lhes dê as oportunidades de carreira que o SPorting Clube de Portugal dá.

    Devaneios de um louco mas pão pão, queijo queijo.

    Para mim o que acho importante aqui é a parte dos jogadores que tem como empresários alguns que de momento acham que podem tudo contra o SPorting.
    Talvez obrigue os futuros craques a pensar se querem estes tipos como empresários.
    É que saiem logo a perder a partida!

    • Nem mais!!! Mas parece q ha malta que gosta disto tal qual como está com os lindos resultados desportivos e financeiros que temos tido…. por auto disciplina, por muito que nos custe, quem nao renova nao joga…pt final paragrafo!!

  26. Dá gosto de ver. A sério que dá gosto de ver.
    Era disto que o Sporting precisava, de um apoio incondicional.

    VIVA O SPORTING!!

  27. Para ser sincero nao concordo comia prémios de golos marcados, por uma simples razão: em situações de possível finalização, ninguém vai passar a bola a ninguém. Prémios por vitorias, conquistas, etc, ainda entendo. Agora, golos? Presenças? Vai dar merda.

    • ISto tem de se pensar é termos de coletivo…como falei prefivel premiar uma assistencia ao nivel de um golo….qts golos feitos se falham pq 1 cabrao quer marcar qd tem um gajo ao lado com a baliza aberta??

      • Exactamente… a existir prémios tem de ser por cada vitória e uma % correspondente ao valor mensal do ordenado. Isto para ser uma medida equitativa para todos.

    • Relativamente aos prémios colectivos, algo a ter em conta: resultam enquanto os objectivos forem alcançáveis, se a coisa começar a correr para o torto e se tornarem inalcançáveis o feito pode ser negativo – os jogadores interiorizam que vão ficar com o salário base e desmotivam…

      • estou a falar de objectivos colectivos globais, naturalmente, do tipo classificação (parcelar e final), total de golos (marcados e sofridos), número de assistências, etc.

      • Os ordenados são pagos mensalmente.

        Os objectivos colectivos podem ser visto da mesma forma, mensalmente.
        De igual modo os prémios podem ser pagos ao mês ou caso haja acordo no final das competições.

        O valor máximo dos prémios (sim teria de existir uma tabela) seriam atingidos caso os objectivos de época também o sejam.

        Também poderiam existir objectivos (outra tabela) primários e secundários.
        Campeonato, ida à Champions, Taça e outros.

        Deste modo acho mesmo que os prémios por objectivos colectivos só podem ser bons.
        A motivação extra estaria sempre presente.

    • Prémios serão para toda a equipa, se ela atingir o objectivo a que o clube entende que deve atingir esse ano, caralho… eu às vezes perco me com o que para aqui leio.

      Não é prémios pelo melhor golo nem para a melhor assistência. era o que faltava!!!

      Partindo do principio que os objectivos são determinados pelas circunstâncias e pelo bom senso do nosso Presidente.

  28. Caros Lagartos,

    antes de tudo, um bem hajam.

    Escrevo-vos para me penitenciar de tudo o que vos gozei em 2005… hoje estou a sofrer do mesmo mal.

    E nesta onda da solidariedade, venho dizer-vos o seguinte:

    sozinhos não vao conseguir sair da vossa situação. Sozinhos nao vão formar um sporting forte que falta faz ao futebol portugues. Estamos fartos de ombrear sozinhos com o FCP… precisamos de dar poder ao sul de portugal

    Posto isto, sabem que têm aqui um amigo do outro lado da 2.ª circular para ajudar no que necessário.

    Saudações benfiquistas.

    • Caríssimo Lampião, estão fartos de quê, de ombrear?!! Muito bom! curiosamente eu tenho visto mais ajoelhar (vem de joelhos não de ombros – a nao ser que estejas a falar do Luisão – ).

      Reealmente, voces devem estar tão fartinhos de ombrear que já se cansaram de ganhar alguma coisinha, não é?

      vai te lá penitenciar para a Capela com o teu Jesus.

    • Ó Joao vieira pinto, dói , não doi? a dor é fodida! eu tinha essa dor guardada desde 2005, agora em 2013 soube-me tão bem!! é a vida!

  29. Boa ideia. Mais pontos para a AG:

    1.) Como agora é para poupar, a coninha das hospedeiras/empregadas têm que ser rapadas, à brasileira, para não cairem pintelhos para os tapetes. Assim poupamos na eletricidade, porque não precisamos de aspirar tantas vezes.

  30. Jusko, não dá merda se premiares as assistências de igual forma.

    E um jogador que prefere ganhar o prémio tentando o golo em vez de fazer a assistência e dar a possibilidade de, para além dele, outro companheiro ganhar o prémio, não é um jogador de equipa e por isso não serve.

    Até acho que a assistência deve valer mais do que o golo (excepto para os pontas de lança)

    • “Até acho que a assistência deve valer mais do que o golo (excepto para os pontas de lança)”

      Sá, levando ao extremo, corremos o risco de termos 3 jogadores do Sporting isolados e…começarem a jogar à rabia com o redes da equipa adversária.

  31. Já foi tudo a AG. Aprovado por maioria:

    20.
    Análise da possibilidade
    de implementação de contratos por objetivos onde os atletas sejam remunerados de acordo com o Esforço, Dedicação e Devoção que revelem, e a Glória que tragam ao Clube.

    56.
    Limitação dos gastos operacionais a 60% dos rendimentos estimados. A nossa estratégia conduzirá à sustentabilidade financeira do Sporting Clube de Portugal, com o pressuposto de limitação dos gastos operacionais a uma percentagem dos rendimentos estimados (não incluindo valores de ganhos com alienação de ativos) entre 60% (objetivo) e 90%, no prazo de dois anos.

    63.
    Análise da possibilidade
    de criação de tetos salariais no Sporting Clube de Portugal e nos outros clubes concorrentes (através da Liga de Clubes).

    Agora é trabalhar com a alma do negócio (o segredo), bom senso e competência, para que as políticas dêem resultado a médio prazo.

  32. 2.) Em caso de vitória, a nossa primeira dama faria uma rodada no balneário (querem melhor incentivo que este): os jogadores poupavam em prostituição e, assim, aceitariam um ordenado mais reduzido.

  33. Tá tudo doido …. das duas uma ou se dá crédito a jornais ou não. Embora o jogo até nem seja o pior de todos.

    Agora deitarem-se a adivinhar como é que serão os objectivos e como é que se paga. Se é por defesa, por golo, por assistência, por cartão aamrelo, etc… só de doidos.

    O futebol é um jogo colectivo, com players mais e menos cotados. Se for este o caminho teremos decerto jogadores a receber fixo valores diferentes e outros a receberem prémios por vitória (que é o que interessa) tb diferentes.

    Mas mais uma vez reitero. Quero esperar pelo que vai dizer a direcção para depois opinar.

    Deixem-se de discutir merdas não confirmadas que saiem nos jornais.

    p

  34. O nosso vice-presidente esta solidario com os gajos que nos roubam tacas (como a do ferrari+lucilio), campeonatos (como o do golo do luisao) e idas a Europa (como agora a do capela). Este nosso vice-presidente esta solidario com jooes gabrieis, e os orelhas,e os “limpinhos, limpinhos”… Este vice-presidente do meu clube esta solidario com quem me fechou numa gaiola quando fui ver o meu Sporting aquela capoeira suja. Pois que se saiba que esta nao e a posicao de todos os Sportinguistas. Que se saiba que me fartei de rir, noite dentro, com o golaco do Ivanovic. Que se saiba que se este e que e o Sporting que agora e nosso, entao este nao e o Sporting que e o meu!

    http://rr.sapo.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=4&did=107750

    SL

  35. “Vicente de Moura, vice-presidente para as modalidades do Sporting, elogiou esta quinta-feira a prestação do rival Benfica na final da Liga Europa.

    “Manifesto a minha solidariedade. Tiveram boas ocasiões para ganhar, jogaram bem, não tiveram a sorte do seu lado. Acontece aos clubes, ao Sporting também tem acontecido. Os resultados muitas vezes não estão de acordo com o trabalho feito. O Benfica prestigiou o futebol português”, sublinhou o dirigente dos leões à Rádio Renascença.”

    Mas o que é esta merda? Depois do roubo do Capela que nos tirou a Liga Europa, depois do “limpinho, limpinho”, de seres como Rui Gomes da Silva a branquear essa roubalheira, esta solidariedade só pode ser uma provocação aos sportinguistas! Vamos ter dirigentes a beijar a mão aos lampiões? Para sermos espoliados numa próxima oportunidade? Isto é um insulto a todos os sportinguistas!

    • Eu não me fiz sportinguista a odiar ou a desejar o mal aos meus adversários (por muito que me meta nojo a atitude de certas pessoas que se servem dessas instituições, como alguns se servem do meu clube e me provocam o mesmo nojo). Fi-lo no respeito pelos mesmos e reconhecendo a necessidade dos mesmos, para que a minha paixão e devoção pelo Sporting faça sentido. Gostar do Sporting é ser maior! E a grandeza não se vê em taças. Completamente de acordo com Vicente de Moura. Ontem torci pelo Benfica e sinto que foi injusto não ter vencido. Miserável o ódio que se destila por aqui aos próprios sportinguistas… O nosso maior problema não é a crise financeira ou a má gestão desportiva, é algo muito mais perigoso e destrutivo para o clube… Vicente de Moura sempre defendeu o Sporting com elevação, nunca desprezou ou maltratou o clube, ou os sportinguistas (que tivesse ouvido ou lido, pelo contrário). O Benfica, não é o Capela, ou o Jesus (que até é sportinguista)… Ontem, foi uma excelente equipa a jogar futebol, o clube de familiares e amigos que fizeram a sua escolha com a mesma devoção e paixão que eu, que jogou melhor do que o seu adversário e merecia ganhar… Ai foi o Capela que nos tirou a Liga Europa? O Godinho, o Oceano, o Vercauteren, o Freitas, o Pereira Cristóvão, o Duque, o Jesualdo… Esses não tiveram culpas nenhumas? (bem, as últimas são do Jesualdo, ele não gosta de assumir protagonismos nas responsabilidades, gosta mais de louros).

      • o seu comentario so me merece duas breves notas, caro carvalho:
        primeiro, continue assim, com essa atitude de tanso que gosta de dar mais rabinho a quem ja lho comeu muitas vezes, que tera muitas vitorias pela frente;
        segundo e um imenso LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, para si

      • Não há lugar para esses romantismos.

        O lampião tal como os centugomelos, na sua particular soberba estão do lado errado do Reno e Danúbio tal como da Muralha de Adriano.

        Para eles somos uns barbaros sem direito a nada, o que lhes interessa é a pança num caso e noutro a bolsa além da pança.

        Mesmo em paz é olhar com desconfiança.

      • Ó Carvalho, o teu nick presta-se a um trocadilho muito fácil, mas não resisto: Carvalho, vai para o caralho e leva o Benfica contigo!

      • Foda.se que eu passo.me convosco às vezes! Entao e assim que se trata um sportinguista?.tenham tino, fodasse! Ja confundem as prioridades, porra! Passamos a vida a dizer que somos diferentes e deposi vem um gajo (com um nick algo ironico é verdade ) e e logo tratado com 7 pedras na mao. Foram.se!

      • ò converge pá, vai pó caralho tu também!

        “Ontem torci pelo benfica…” disse o Carvalho, armado em banana.

        Não me fodam, granda golo do Ivanovic.

      • Ok, admito que torcer pelo benfica é, no mínimo suspeito. nao torcer pelo chelsea aceita-se, agora torcer pelo benfica, mas do estilo de sofrer, fazer figas, etc…isso já tem um piquinho à azedo. concordo.

        olha, vao todos pró caralho, essa é que é essa!

    • Mas queriam o quê? Que o gajo viesse para os microfones dizer “Ichem seus filhos da puta cabeçudos da merda!”? Isso é para nós. Quem tem uma posição de destaque não se pode prestar a esse tipo de comentários. Elogia e passa à frente.

      • oh cafageste, entao onde e que esta o elogio dos corruptos? o kelvin nao veio dizer que era do chelsea desde pequenino? os tansos sao sempre os mesmos…

      • Mas tu achas que no estado em que o nosso clube está podemos andar a guerrear?
        Não tenho informações sobre se será assim ou não, mas eu no lugar dele faria o mesmo…por uma questão de táctica!

      • nao so podemos como devemos estar a guerrear. foi a criacao desse espirito guerreiro que projectou os corruptos de um buraco ainda maior do que o nosso, para o dominio do futebol nacional. o reforco da identidade do Sporting tambem se faz contra quem sempre abusou do nosso desportivismo. estes gajos mudaram um jogo do estoril para ser jogado no algarve, caralho! estes gajos mandam passaroes para jogos contra a nossa equipa B, foda-se! e agora andamos a dizer que dominam o jogo e jogam muito bem, e mereciam ser campeoes da liga europa??? mas isto e a gozar? ha modos de dizer as coisas. porque e que nao diz, por exemplo, que “e bastante impressionante o benfica ter perdido dois jogos nos ultimos minutos, o que, sem duvida, sera um choque dificil de encarar pelo seus adeptos” e deixa a banda passar? falou, disse, achincalhou um bocadinho o treinador mas nada de chocante, e ficou bem na fotografia. isto, no futebol, e guerra aberta e sempre foi guerra aberta – e acredite que quem amochar, parece fraco, e vai estar sempre a ser comido

      • E eu a pensar que o que o tinha projectado os corruptos tinha sido a compra dos árbitros e de toda a estrutura do futebol português.

        Por acaso já te esqueces-te que o Pinto andava de braço dado com o Benfica do Fernando Martins, ou ainda não eras nascido?

        Porto e Benfica são a mesma merda, logo não vejo neles exemplo nenhum.

  36. Ideia peregrina, mas que precisa de uma excelente estrutura, pelo menos, ou um grande treinador e… sucessos. No Sporting andam à tolada porque ninguém parece saber o que quer para o futuro. Eu acredito que Bruno de Carvalho sabe. Agora a passarada que tem piado para os jornais… duvido. Ninguém quer ‘jogar’ num clube em que os objetivos são zero. Não discutem a continuidade de um treinador que disse que já não tem nada para ganhar no futebol? Por isso… Mas é para ir em frente, mas antes as bases, depois siga a ideia, faz sentido.

    • Caro Pantomineiro Mor,

      A pessoa que ligou, encarna um mamífero primitivo semelhante a um lobo com o tamanho de um rinoceronte que viveu durante o Eoceno, entre 45 e 40 milhões de anos atrás. Tinha quatro membros com cascos, um corpo e cauda longos. O seu grande focinho possuia dentes afiados e vários molares que eram provavelmente usados para esmagar ossos. No entanto, como o “………..” só é conhecido através do crânio e uns poucos ossos não se sabe se era um predador ou um necrófago.

      “……….”. deve o seu nome ao famoso explorador “….. …… ……..”. Foi descoberto por ele em Junho de 1923 por “……. ……..”, um membro da expedição de “…….”, num sítio no Deserto de Gobi, na Mongolia conhecido como Irdin Mahna ( ou ainda Erdeni-Mandal e Erdenemandal (‘joia de mandala’)]. Esta era a terceira expedição à Ásia liderada por “………” e patrocinada pelo Museu Americano de História Natural, onde estão em exposição as ossadas do animal.

      Pertence à Ordem Mesonychia devido às semelhanças dos seus dentes e cranio com as espécies desta ordem. Pensa-se que tivesse patas com cascos tal como Mesonyx ou Sinonyx.

      N.B. The beast doesn’t curte the Lampions.

      SLzzzz

  37. Pessoal e capa do Jornal “I” que o Vitoria pode nao reunir as condiçoes para ir a Europa …confirmam? Haverá assim ainda hipotese para nós~?

  38. Ponto a aprovar em AG? mas porquê? Parece-me uma decisão de gestão legitima, embora eu nem concorde com ela. Os “outros” toaram decisões bem mais lesivas se dar cavaco a ninguém…

    Z

  39. Ttodos gostamos do Sporting pelo que temos de fazer um esforço final neste jornada, esperar que o Rio Ave nao ganhe e se o Guimaraes nao puder vamos nós!!
    Bora Lá Leoes!!

    Saudaçoes Leoninas

  40. off topic

    no maisfutebol

    Jesualdo acabou: Sporting quer treinador português

    Reunião que estava prevista entre treinador e presidente não vai realizar-se. Bruno de Carvalho já trabalha no substituto.
    Agora é definitivo: Jesualdo Ferreira não será treinador do Sporting na próxima época. As diferenças que separavam o professor da direção leonina mostraram-se instransponíveis, nenhuma parte se mostrou disponível para ceder e por isso foi colocado um ponto final nas rondas negociais.

    • Por acaso deviam todos ler o artigo … o jornalismo é isto. Nada de suposições e etc …. registo factual para conclusões que todos conhecemos e que apenas a nossa ansiedade nos impede de ter como certa.

      Isto é que eu não acho nada off-topic.

      p

  41. Espero que os 50.000€ por mês sejam mais que suficientes para impedir que algumas das nossas promessas não decidam trocar de cores, tipo para o azul ou o vermelho…

  42. Parece-me óbvio que tecto salarial leva a que contratem-se 2 razoáveis em vez de 1 bom. Não acredito que o Bruno nos impinga isto.

  43. E que tal votarmos em Assembleia Geral o substituto do actual treinador? Podíamos eleger entre várias hipóteses? E até podíamos fazer um referendo antes da AG para os sócios e porque não também os adeptos, para decidirmos os nomes a constarem na lista a escolher em AG! Cada vez acho estas ideias mais giras. Viva a democracia popular.

    Sugestões engraçadas a serem referendadas:

    Futre, Cadete, F. Mendes, Morato, Porfirio, Dani…

    Como o filme Goodfellas (Tudo Bons Rapazes)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s