Malucos do riso

Primeiro, António Mexia, afirmando que seria melhor para o país e para o PIB que o Benfica fosse campeão. Agora, Vitor Gaspar, aproveitando um almoço organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Lusa-Espanhola para lançar um «não me batam muito que eu sou adepto do Benfica e tenho tido umas semanas difíceis».
É fodido viver num país governado por cabeçudos…

Começar pela base

Está apresentado o primeiro reforço. Jefferson, lateral esquerdo, a caminho dos 25 anos. Chega a Alvalade depois de uma boa época no Estoril, ocupando uma das posições nas quais precisávamos de reforçar-nos (não me incomoda nada termos começado pela base). À primeira vista, parece-me uma contratação acertada, com o extra de poder ser uma mais valia no que toca a bolas paradas. Resta saber quem lhe fará concorrência e quem chegará para o lugar, lá na frente, que tanto nos preocupa.

jefferson3

De que vale o talento nos pés e o dinheiro na conta, se não se tiver cabeça?

«Não é que não esteja interessado em jogar num clube inglês, mas acredito que o Sporting, onde são dadas muitas oportunidades aos jovens, é o melhor sítio para progredir. Alguns jogadores perdem a cabeça, quando vão para grandes clubes, talvez porque acreditam ser um grande negócio. Não tenho essa convicção. Existe ainda outra desvantagem. Nesta idade não nos dão as mesmas oportunidades de jogar que à partida terei aqui. É por isso que quero ficar no Sporting. Mas um dia quero testar as minhas capacidades frente aos melhores e a Premier League é onde sonho jogar», Eric Dier.

«Se o Swansea é uma hipótese? Muitos clubes ingleses estão interessados, mas isso não quer dizer que o Eric Dier esteja interessado. A época terminou para o Dier, agora a preocupação dele está em ser seleccionado para o Mundial sub-20 e jogar no Mundial sub-20. Ele tem contrato com o Sporting e está muito feliz no clube. Quer recuperar da lesão, recuperar a preparação física, estar bem para o Mundial e estar bem para o início da próxima época. Onde? No Sporting, claro. Ele tem contrato até junho 2016», Jeremy Dier, pai e agente de Eric.

 

Entre as palavras de Dier e as do seu pai, passaram dois anos. São palavras que encaixam, na perfeição, naquilo que a actual direcção do Sporting defende e que, diz-se, é o pontapé de saída para um jogo de alto risco frente a uma selecção dos Senhores das Comissões. São palavras que deviam ser gravadas nos corredores da Academia. Isso e as fotos de Edgar Ié e Agostinho Cá, com o número de jogos que fizeram pelo Barcelona B.

Boji9

bojinov

Quem me acompanha há algum tempo, sabe que sou gajo que “gosta de apostar as fichas em cavalos complicados”. Foi assim com Vukcevic, depois com Bojinov. Provavelmente, é este jeito de ver futebol “à moleque” que me trai, mas, creio, ninguém poderá dizer que o búlgaro não tem qualidade depois do que se lhe viu fazer em Lecce, Florença ou Parma. Claro que Bojinov ganha muito, claro que passou uma imagem de pouco afinco na sua profissão, mas também é verdade que, para lá do lance do penalti (não vamos recordar atitude parecida, com outros protagonistas, vamos?), sempre que falou fê-lo de forma a motivar o grupo.
E, mesmo que a culpa seja de ter dormido pouco e me esperarem cinco quilómetros de corrida matinal, gostava de acreditar que alguém lhe dirá «Valeri, tens 27 anos, tens a oportunidade de escolher entre continuares na B italiana ou jogares num nível superior. Vais ter que ganhar menos, mas vais poder reconquistar os melhores adeptos do mundo. Precisamos de um gajo como tu, que parece sempre zangado, mas que, no fundo, apenas quer ser o melhor. E tu já foste um jogador de topo, recordas-te?». “Ia!”, respondia ele. “Quando é que chega o Ghilas para, juntos, partirmos esta merda toda?”

Dia de entrevista (e que entrevista, caros Leões)

Depois dos teasers, a entrevista na sua totalidade. É uma grande entrevista. Desassombrada, directa, rugindo em várias direcções (incluindo um primeiro passo rumo ao esclarecer da gestão feita nos últimos anos). É uma entrevista que coloca o Sporting acima de tudo o resto. E, isso, é coisa para uma hora de almoço mais saborosa.

entrereccapa

 

entrerecparte1

 

entrerecparte2

 

entrerecparte3