hoje escreves tu: No Reino dos Quartins sem Graça

Antes de mais, dirijo-me ao Ralph Meade: Ralph, sei que não enviaste um texto para esta rubrica, mas o teu comentário foi ao encontro de um post que eu andava para escrever há já algum tempo. Assim sendo, e esperando que não leves a mal, passo a publicá-lo com o título que tinha escolhido para o meu post.

 

No Reino dos Quartins sem Graça, by Ralph Meade

Eu também não gosto de unanimismos kimjongilistas. O BdC está em estado de graça e seria muito estranho que isso não acontecesse. Porra, o gajo foi eleito há dois meses, não tem responsabilidades nos resultados desportivos, ainda não apresentam o pacote financeiro porque não houve a AG e recebeu uma casa de doidos, de putas finas que nem foder sabem. No meio deste caos, o presidente tem de gerir o dia-a-dia e planear o futuro. E claro que há coisas que não cumpriu. Umas ainda não cumpriu e acredito, sinceramente, que vá cumprir (investidores, auditoria e outras) e outras não cumpriu e não acredito que cumpra (gabinete autónomo de preparação física ou terceiro elemento). E há outras promessas que espero que não cumpra: o corte de 50 por cento das modalidades, por exemplo.

E por isso, o texto, há uns posts atrás, do Rigaboss é compreensível. De vez em quando há por aqui um unanimismo que roça a idolatria. O presidente é o presidente de todos os sportinguistas, mesmo de quem não votou nele. Não estou a falar dos croquetistas, estou a falar de muitos adeptos e sócios que apoiaram as restantes direções. E que apoiaram mesmo o Couceiro, porque tinham medo de mudar. Pela lógica de alguns comentários aqui, a malta após o 25 de Abril deveria prender todos os que nada fizeram contra o regime salazarista. Foda-se, isso era 70 por cento dos portugueses. Devemos focar a nossa raiva e o nosso rancor (legítimo) nos que usufruíram deste estado de degradação do nosso clube, nos que beneficiaram com isso como se fossem cangalheiros.

Mas também percebo que neste blog a malta azede com facilidade perante as críticas e não haja já paciência para perceber quem é sério e honesto na abordagem da situação e quem só está aqui para irritar e motivar respostas. É que o sucesso desta empresa do Cherba, acarinhada por nós, levou a que o Cacifo fosse uma referência e atraísse cogumelos, gestores de comunicação ou simples trolls. Estes estão aqui para provocar, testar e desgastar. E por isso, a malta responde a torto e a direito. Hoje é o Pau, ontem foi outro, anteontem foi outro. Com provocações baratas e observações que até poderiam ser pertinentes se não estivessem movidas por um ódio cego contra esta direção. Ora, para combater o Ódio Cego, como dizia o Tolkien, só um Amor Incondicional.

E por isso, caros SCP’s, Paus e outros trolls afins, quanto mais provocarem e irritarem com comments cretinos e insidiosos o resultado será o cerrar ainda mais apertado em torno do BdC. Essa vossa estratégia vai virar-se contra vocês, poluir o debate limpo e, no final, o vosso objetivo será extamente o contrário.
Deixem o gajo trabalhar, pelo menos o tempo suficiente para errar de facto e não apenas aparentar que erra. Ou então, infelizmente para vocês, acertar.

Anúncios

78 thoughts on “hoje escreves tu: No Reino dos Quartins sem Graça

  1. pelo Cherba não passa nada!!

    qt à mensagem (sim porque o Meade escreveu isto é mais que um post) e na minha humilde opinião, faz parte das dores de crescimento.. Crescimento que estamos conjuntamente a experienciar depois de algum tempo em que parece que estivemos enjaulados num espaço demasiado pequeno para nos exercitarmos. E passamos o tempo todo a levar porrada por tudo e por nada.

  2. Na minha opinião o Cacifo que comecei a frequentar pelo saudável ambiente de café, em que o pessoal discute e umas caralhadas não ofendem e até compõem o ambiente, torna-se vezes demais num espaço de verdadeiro holiganismo escrito. As eleições passaram, estes últimos anos negros vão ficar para trás, e era bom que aqui no Cacifo o pessoal voltasse a poder escrever o que lhe vai na cabeça sem ser insultado de forma tão baixa como por vezes se pode ler.

    • Keita, um abraço. Isto está insuportável.
      O Cherba que vá para o caralhinho que apoia esta bazofia do ‘Bruno’. Qt ao resto, somos todos do Sporting, mas calma….

  3. Concordo totalmente com o Ralph Meade.

    Os patetas que andam por aí a destilar ódio cego, gostava era de os ver todos na próxima Assembleia Geral a fazerem lá as suas perguntas ou acusações, mas isso não fazem eles… Uns porque nem sequer são sócios, e outros porque não têm coragem para isso.
    Ou seja, por muito que falem por aqui, serão sempre uns patetas.

  4. Em primeiro lugar, quero parabenizar o autor do texto; toca, e muito, na ferida daquilo que tem sido o Sporting.

    Identifiquei-me, desde o primeiro momento com Bruno de Carvalho, não o nego. Num Sporting cinzentão e subserviente, Bruno de Carvalho denota um amor contagiante pelo clube.

    Isso não significa, porém, que me seja unânime. Aliás, o discurso tão próximo do pulsar do adepto pode ser, a médio/longo prazo, um problema.

    Mas não tenho dúvidas que era fundamental quebrar o rumo em que o clube estava. Agora é preciso começar do 0 (talvez até do -2 ou -3…), com a paixão de querer o clube uma vez mais vencedor.

    Cumprimentos

  5. Lá está … eu gosto da postura do Bruno mas, dar-lhe-ei alfinetadas se achar necessário. Eu gosto do perfil dele, identifico-me com ele mas, não o idolatro … como faço o favor de não idolatrar ninguém.
    O resto, é mais do mesmo … batalha dificílima, a de eliminar os cogumelos e os destiladores de ódio !!

  6. Bom comentário, até ao penúltimo paragrafo concordava com tudo.

    Depois borrou a pintura dividindo os que fazem comentários legítimos e os dos cretinos e insidiosos.

    É como dizer que se respeita todas as culturas e ideias, mesmo as daqueles trolls idiotas dos . É uma xenofobia só a 20% por isso não conta…

    Os comentários cretinos e insidiosos felizmente a bem da democracia estão ao alcance de todos e não são exclusivo de quem não apoiou esta direcção.

    Mas siga, pode ser que essa teoria de que hostilizar os 47% que não votaram no BdC realmente funcione como diz, e leve a que o clube fique mais forte. Até acredito que funcione, basta ganhar em campo e cumprir as promessas, o resto é conversa.

    • foda-se, Valverde. Tu não queres perceber pois não? Se calhar o erro é meu: não fiz desenhos.
      Eu sou só contra aqueles que têm uma agenda por detrás e fazem de nós balão de ensaio para estratégias de destruição da confiança nesta direção. Agora, quem critica, justamente ou não, é bem vindo. Que é com críticas que a malta evolui.
      Agora destruir apenas por prazer, não.

  7. Foda-se! Cum caralho ma foda… Estou comovido. Obrigado Cherba pela replicagem do meu comment em post. Por esta não esperava eu. É por isso que o Cacifo é do caralho. E tu, cherba, por muito que te tentem etiquetar não conseguem. És um gajo sério, coerente e inteligente. E consegues gerir isto como um verdadeiro iceberg de lucidez para os sportinguistas.
    Parando nos elogios para não entrar na paneleirice, explico porque é que escrevi isto. Achei que algumas das respostas ao Rigaboss foram exageradas. É claro que ele se põe a jeito com aquele estilo peculiar de nemfodenemsaidecima. Mas a malta na reação é desproporcional mesmo perante aqueles, como acho que é o Riga, o Keita e muitos outros, que têm reservas, dúvidas ou mesmo questões sobre o rumo. Isto não quer dizer que sejam contra a direção atual. Mas podem ter menos confiança não? Foda-se, depois de termos sido enrabados a sangue frio durante anos é normal que alguma malta reaja a medo.
    Comecei por escrever uma merda de apoio ao post dele mas depois também fui lendo o aproveitamento dos cogumelos que por aqui circulam. É aí percebi que grande parte das reações são alergias aos ataques soezes e cretinos de muitos Motas, SCP’s, Paus e outros que tais. Eu não sou advogado mas há uma coisa que sei: essa gente escreve com dolo. Com intenção concreta de denegrir, amesquinhar e destruir a confiança que BdC restituiu aos sportinguistas. Pelo menos a confiança de terem uma direção com a qual podem contar. Uma direção que irá fazer, genuinamente, aquilo em que acredita que é o melhor para o sporting. Depois de ver os acordos do Labayad, do Bojinov, da venda dos imóveis, da alienaçaõ de passes de jogadores não posso dar essa latitude de dúvida aos restantes presidentes depois do Sousa Cintra. Sendo a cereja em cima de um bolo podre o Godinho, condenado judicialmente pelos esquemas de barcos da Expo.
    Eu gostava que o Cacifo voltasse ao seu espírito insultuoso habitual. Mandar para o “caralho que o foda” o nosso concidadão sportinguista mas sem querermos dizer mesmo isso. Há uma coisa que o Cherba escreveu em tempos e que resume um pouco o que pensO: Se grande parte dos insultos que escrevemos aqui fossem ditos de viva voz andávamos sempre à porrada.
    Foda-se. Somos sportinguistas. Tratemo-nos como tal. E saibamos distinguir o trigo do joio. Há aí joio que é só escumalha. Julgo mesmo que são apenas três ou quatro com nicks sempre diferentes. exemplo disso é o facto de escreverem imediatamente a seguir uns aos outros e normalmente em horário de expediente. Sinal de que escrevem no horário de trabalho. Tirem vocês as conclusões.
    E, sinceramente, para esseS que criticam só com dolo: VÃO PARA A PUTA QUE VOS PARIU!

    • “Mas a malta na reação é desproporcional mesmo perante aqueles, como acho que é o Riga, o Keita e muitos outros, que têm reservas, dúvidas ou mesmo questões sobre o rumo.”

      Quanto ao riga, é um gajo com histórico, não tem um pintelhésimo de moral para integrar a vanguarda de Sportinguistas com dúvidas e questões, passados dois meses de mandato.

      Se tirares esse nome da equação, estou 1000% de acordo com o teu comment brutal, agora com o teu post brutal!

      • Tb já não me lembro mas é de um deles. Isto foi uma cena para parecer mais inteligente do que sou :)

    • vai tu…
      começas por dizer que nao gostas de unanimidades.. que todos temos o direito de expressar opiniao sem enfrentar o pelotao de fuzilamento e acabas por ofender quem tem uma opiniao diferente… que puta de coerencia a tua… enfim…

      eu so disse hj no post que com a composoção da quipa técnica caem por terra 2 promessas? esta merda é dolo? esta merda é ser anti? po caralho pa…

      as ovelhas que saem do rebanho têm logo um cão a ladrar.. é este o estado do Sporting e deste blog

      abraço
      pau

    • Tens muita razão, e olha que eu fui um dos que aqui me passei com o riga por andar tanto tempo a defender o indefensável antes das eleições. Independentemente disso até é um gajo que se manteve coerente com a sua palavra pois disse que apoiaria a futura direcção fosse ela qual fosse.
      Até posso não concordar com muito do que ele escreve mas caralho… chamar-lhe tudo o que lhes dá na real gana não é de Sportinguista. O próprio Visconde de Alvalade chamou ao Sporting “um clube de homens de bem”; isto não significa que seja um clube apenas de croquetes da linha mas um clube ecléctico, honrado, respeitoso e respeitado, composto por individuos de espinha direita… qual Leões!

      Saudações Leoninas

  8. Concordo obviamente com a mensagem do texto! Acho é que dão importência a mais ao Quartin sem graça porque ele é um pateta inofensivo.

    • Não se trata de ser inofensivo ou não… Trata-se de ser triste ver que existem “adeptos” como ele no nosso clube, que nem sequer têm coragem para pegar naquilo que destilam pela Internet e levar a uma Assembleia Geral.
      Ou alguém está a ver esse pateta a fazer as mesmas questões e acusações que faz na Internet numa Assembleia Geral ? Eu sinceramente até duvido que ele meta lá os pés, mas sinceramente gostava, só para ver até que ponto é que vai a seriedade ou falta dela, de gajos como ele.

      E isto também é válido para o outro lado. Porque há bem pouco tempo muitos que criticavam a anterior direcção e que diziam que lhes iam fazer isto e aquilo, mesmo sendo sócios, não metiam os pés nas Assembleias Gerais e deixavam essas “coisas” para outros.
      De tal maneira que foi preciso aparecerem dois putos que pegaram no boi pelos cornos (Movimento Dar Rumo ao Sporting) e meteram mãos ao trabalho para acabar com o circo e palhaçada em Alvalade.

  9. Feito que está o justíssimo “upgrade” ao comentário do ralph, faço aqui REPOST da minha resposta (em parte; a discussão sobre as modalidades é um pouco off-topic):

    https://ocacifodopaulinho.wordpress.com/2013/06/06/falemos-entao-da-equipa-tecnica/#comment-195840

    Ralph, excelente comment!
    Mesmo não concordando com tudo o que dizes…

    (…)

    “Pela lógica de alguns comentários aqui, a malta após o 25 de Abril deveria prender todos os que nada fizeram contra o regime salazarista.”

    Não creio. Antes da demissão do eng.godinho, apareciam por aqui uns que se queixavam que os comments no Cacifo revelavam uma obsessão por BdC. Mas não era verdade — a obsessão muitas vezes estava em quem se queixava, porque não gramavam o BdC. O que os comments da maioria dos Cacifeiros nessa altura revelava era apenas uma grande vontade de mudança. Hoje queremos proteger essa mudança, porque sabemos o que custou consegui-la.

    A mesma lógica dos queixumes de outrora aparece agora na forma de um recém descoberto “sentido crítico”, que na verdade esconde (mal!) um saudosismo reaccionário (e, seguindo a tua analogia, “salazarento”), o qual não só não é compreensível como necessariamente tem que ser combatido.

    (…)

    [ralph meade on Junho 6, 2013 at 10:51 am] “Eu compreendo a tua pposicao, leao de traflgar. Mas tb acho que entendes que a posicao excessivamente belicista na defesa desta direcao se possa confundir com ‘buling’. E isso intimida e afasta quem tem duvidas ou criticas sinceras.”

    Não sei o que entendes por “excessivamente belicista”… não me parece que seja boa ideia medir as palavras quando se lida com os quartins que por cá aparecem.

    Se há quem apanhe por tabela? Talvez. Mas lá diz o povo: “quem não quer ser lobo não lhe vista a pele”. Também não sei que “duvidas sinceras” poderão existir com dois meses de mandato. Quem for minimamente sério, dará a esta direcção pelo menos a mesma margem de manobra que deu à anterior. No mínimo!

    .
    .
    (mais uma vez, desculpem o REPOST)

  10. Grande post, aborda de forma concreta o efeito cogumelo sobre a realidade do Sporting. Os cogumelos existem para dividir.
    Meter no saco dos cogumelos todas as vozes que levantam duvidas, mesmo quando votaram duas vezes no Bruno de Carvalho ou que simplesmente põem o pensamento critico à frente de tudo e de todos, é prestar um serviço aos cogumelos.
    Dar trela ao cogumelo mordaz e assim transformar o blog num “hospício virtual” (retive uma brilhante expressão do Trolha) é prestar um serviço aos cogumelos.

    SL

  11. Das melhores coisas que li por aqui ultimamente. Parabéns, Meade (e neste momento dava um jeito do caraças que ainda pudesses jogar por nós…)

  12. Ralph, subscrevo totalmente o teu post (obrigado Cherba, o comentário dele tinha-me escapado)!
    Unanimidade nunca teremos, pois somos o Sporting, que por natureza é muito diverso e amplo. Mas custa muita ver que a maioria dos comentários que podiam ser de “sinal contrário”, são apenas vómitos a deitar abaixo -só para destruir e desgastar. Não esquecer nunca que houve gente que ameaçou de morte o BdC se ele ganhasse. Esses infelizes continuarão a fazer o seu trabalho sujo, sabendo que se nos dividirmos poderão volta a reinar.

    Pois bem, temos memória! Estamos fartos de notáveis que se serviram do Sporting! Mas ficámos vacinados! E se muitos forem como eu, nunca mais os teremos de volta ao Sporting!
    O que podemos fazer é deixar esses tristes cogumelóides que aqui vêm, cavalgando Motas e Paus, a falarem sózinhos. É difícil? É! Mas com o tempo irão acabar por cansar-se.

    Agora um bom debate de ideias e opiniões diferentes é estimulante e torna o Cacifo muito mais rico.

    SL

  13. Engraçada a forma como muitos que escrevem aqui há muito pouco tempo se acham com moral para criticar e apelidar outros (até mais antigos) que não seguem a “carneirada” e opinam como lhes apetece. Tanto critiquei BdC como Godinho, Duque ou Freitas.

    Tendo recebido o privilégio de ser crucificado na praça pública em pleno cacifo com honras de personagem principal.

    Ponto negativo: sinto que levei umas valentes cornadas da carneirada em fúria que corria de formas furiosa com vendas.

  14. Aviso aos ateus, esta mensagem pode dar dor na tripa…

    Bruno de Carvalho faz-me lembrar como o novo padre que chega para a paróquia. Toda a gente está habituada aos vícios do antigo, à sua maneira de gerir (ou não) a comunidade e pela ‘liberdade’ que essa maneira de agir o deixa perante a igreja/comunidade.

    Chega um novo, para substituir o velho. Automaticamente algumas fiéis que não se identificavam com o antigo regressam à igreja, voltam a fazer parte da comunidade (muito embora nunca a tivessem deixado, apenas andavam distantes).

    A chamada ‘classe média’ paroquiana podem ver com bons olhos uma mudança mas ainda ficam de pé atrás para ver ‘aonde é que isto vai dar’.

    E depois temos os outros… aqui chamados de croquetes, que outrora, no tempo do ‘outro padre’, estavam lá sempre, tinham o poder de decisão e sabiam de tudo o que se passava. Estes é claro que estão contra e nada daquilo que o novo sacerdote faça será bem vista. Em alguns casos será gente que viveu e ganhou parte da vida com esse ‘poder de decisão’ que tinham antigamente e agora vêm-se privados de tudo, mas a grande maioria destes estará apenas habituado a tudo aquilo que conhecia como realidade e uma mudança grande nunca é encarada com leviandade.

    E depois claro, temos o padre, que ao chegar e ver o estado de sítio da sua comunidade o que decide é acabar com as mordomias, os vícios antigos, as ervas daninhas em volta dos círculos de decisão.

    Por isso vejo BdC como o novo padre que chega à freguesia e decide virar o leme a 180 graus, inverter o rumo completamente! É duro, é! Mas também é um mal necessário. Acredito que depois de ele tomar o pulso à situação e a acima descrita como classe média tenha visto qual o rumo das coisas e se identificado com a nova gestão a brutidão da mudança seja menor e as coisas corram muito mais suavemente.

  15. concordo com tudo menos com uma coisa que é o facto de achares que algumas das pessoas querem só despejar odio… elas querem é que seja proibido debater, que não se possa falar, que não se possa pensar, que vá tudo de extremo a extremo e as pessoas depois deixem de cá vir. pelo menos é o que eu acho.

    • O post junta o presente do Clube, e as pertinentes dúvidas/ilusões dos adeptos.

      Ralph Meade escreveu um texto, a apelar á união entre os Sportinguistas, e convém ler…..á séria, para que tal mensagem seja perceptível.

      Um Ideal…!

      Mas eu já estou como o Ralph, e escreveria exactamente da mesma forma, os últimos parágrafos dos seus 2 comentários, no 1º, com cinismo qb, e no 2º, com insultos audíveis…..porque com os cogumelos e derivados, autênticos Reis do desgaste e da indiferença, a paciência começa mesmo a esgotar……

      Capice ?

      • Temos telenovela Venezuelana ?
        Em que canal ?

        Caro habitante da terra do Rei…..relax.

      • Aqui na terra do Rei existe uma percentagem de 50% Sportinguista.

        Quem tiver números competir com isto pode aparecer.

        Lutou-se contra a Monarquia “(C)roquette”, falou-se em Barões e agora já se rejeita a revolução?

        Lá está, a esquerda caviar não gosta do “chavismo”. Até prefere o “passismo” ao “chavismo”.

        Viva la Venezuela!

      • Quer um argumento para defender a Venezuela?

        Veste verdinho lindo e tudo… coisa mais linda… parece que foi feita por molde…

      • Será que dão outras coisas?

        Eu gosto do colinho delas. Não é só o Santana que gosta do colinho delas.

      • Aqui está um bom exemplo do que se tem passado no Cacifo.

        O comentador SCP continua a vomitar conversa de encher chouriços, desviando por completo o conceito do tópico inicial para algo vago e dispensável.

        A seguir a este mesmo comentário que escrevo, virá outro desta mesma pessoa, com interrogações, suposições e baldes mais de conversas completamente irrelevantes para o universo sportinguista.

        É precisamente aqui que o cherbakov falha, ou acerta, caso teime em continuar a querer transformar o Cacifo num espaço que rapidamente caberá na secção “Vidas” do Correio da Manhã.

    • É por ver gerações mais novas, que mal viram este clube ganhar títulos, ter uma paixão tão firme como a nossa que ainda apanhámos algumas taças e campeonatos, que me confirma que o Sporting nunca poderá acabar, nem tal é possível!

      Quanto à “posta” servida pelo cacifeiro Ralph Meade, um grande bem haja pelo discernimento e amor com que escreveu esta peça.

      E já agora que estamos numa de parabéns, ao cacifeiro-mor, tantas vezes acusado por fungos de faccioso, por fazer das suas, as palavras do Meade, que “disparou”, e bem, para os dois lados. Cherba, agarra-os bem firmes, tantos passam por aqui, mas o trabalho que o cacifo desenvolve para apoiar o nosso clube vai começar a dar frutos, como raio não querem que tenhamos orgulho nisto caralho?!

  16. O comentário/post do Ralph Meade é bom e pertinente. Faz quase todo o sentido. Só quase todo… pelo seguinte;

    O debate e a troca de ideias é estimulante quando as partes estão ao mesmo nível, quer seja de capacidade, motivação ou seriedade.

    Ora acontece que aqui como em muitas outras situações isso não sucede, e não sucede porque não se discute com a mesma capacidade, motivação ou seriedade.

    Ignorando a capacidade… vou só dizer que debater com quem tem a motivação de prejudicar o Sporting ou com quem não é sério, é irreal. Eu não posso debater com um maluco, com um esquizofrénico, com um demente, com alguém que quer prejudicar o Sporting, com alguém que rouba o Sporting, etc, etc, etc…

    Como não posso debater posso fazer uma de duas coisas, ou ignorar ou vilipendiar. É uma questão de opção… Vai lá tentar pôr um ladrão a debater com o gajo que foi roubado; ou um raptor com o gajo que foi raptado; mais exemplos se podem colocar.

    Com certeza que isso não se aplicará a todos mas como as posições estão extremadas é dificil ter discernimento (dos dois lados…).

    • É isso Carlos, acaba por tirar um gajo do sério, e entra-se na mesquinhice skizo.

      Damos por nós a consumir/patrocinar o Xanax por esse mundo fora……..algo contra-natura para um Leão que se quer saudável ! …..;)

      Abraço.

  17. A solução é deixá-los a falar sozinhos até se reduzirem à sua insignificância, pois a maior parte nem sequer sportinguista deve ser, e abrir bem os olhos para os verdadeiros rivais para não sermos apanhados de surpresa enquanto nos perdemos em questiúnculas internas.

    As contas serão acertadas com aqueles que se serviram do Sporting em sede própria e após a prometida auditoria, pois na minha opinião o mais grave não foi a incompetência desportiva da anterior direção, mas sim a maneira como se serviram do Sporting para promover os seus interesses, fazer circular dinheiro de proveniência duvidosa e distribuir tachos pelos amigos.

    Ainda há pouco ao ler um post de um dos blogs do costume sobre a venda ao desbarato de Ilori (na minha opinião face à idade, valor do contrato e nº de jogos na I Liga até são valores interessantes, basta recuarmos no tempo e ver o que se escreveu e por que valores foram vendidos “futuras estrelas” como Beto, Carriço, Santamaria e Marco Almeida e estou a restringir-me só a centrais), lembrei-me do que eles não disseram quando o homem dos paquetes da Expo e do Estoril Sol vendeu por um punhado de amendoins o João Carlos ao Liverpool, deixou fugir o Cá e o Lê para o Barça quase a custo zero, deu um pinheiro vice-campeão do mundo de sub20 ao guimarães e um GR que se dizia à boca cheia ir ser melhor que o Patricio ao Belém já com a época em andamento, já para não falar da saída de 2 dos melhores jogadores da equipa de juvenis que tinham acabado de subir a juniores diretamente para a ETAR do seixal. Tudo isto só na última época em que já tinha passado o tempo que todos devemos dar para que se vejam resultados mas não é que não disseram mesmo nada!

  18. A mim parece-me é que este parlapié teria sido evitado caso o comandante do barco tivesse rasurado os comentários dos destabilizadores precocemente.

    Deixou que uma mão cheia de indíviduos continuassem, dia após dia, a deixar palpites, quando muitos dos antigos comentadores já tinham alertado para o problema.

    Não me parece que haja qualquer alternativa para os destabilizadores, a não a rasura dos seus comentários, até porque como foi escrito acima, são feitos com intenção de praticar o mal.

    Uns são benfiquistas, outros portistas, mas a maioria são indivíduos que perderam cargos, negócios e dinheiro, com a eleição de Bruno de Carvalho para presidente do clube.

    • parece-me mal “amarrar” o comadante do barco à tarefa inglória de varrer o lixo do convés, atendendo a que a tripulação pode ajudar chutando esse lixo borda fora (i.e. não respondendo).

  19. Sinceramente gostaria de já ter visto resolvidos alguns dossiers pendentes, sobretudo o problema dos sócios a viver fora de Portugal, como é o meu caso. É inadmissível que esse departamento não tenha até à data facultado os detalhes bancários necessários à regularização das minhas quotas. Isto depois de diversos emails e telefonemas (que baratos não foram) e andar feito toino atras do departamento para lhes pagar.
    Depois um gajo ouve falar em cortes nas modalidades e atrasos na definição do plantel de futebol por falta de dinheiro. Não é que fossem as minhas quotas a fazer diferença mas fodasse… um departamento que não faz um caralho para receber os seus dividendos é um peso morto. Sem desprimor à nova direcção mas cheira-me que nesses gabinetes ainda habitam “muitos tios e muitas tias do country club da era croquete” que picam o ponto sem fazer a ponta de um caralho.
    Por favor presidente, ponha ordem nisto!

    Obrigado

    Sócio 99464/0 (involuntariamente sem quotas em dia)

    • 1906
      eu tambem estou fora, fiz a pergunta de como reaver o meu antigo numero( pois deixei de ser sócio desde que o roquette assaltou o clube), e já recebi a resposta e os links para resolver a minha situacao…
      demorou 3 semanas, mas já tive resposta…

  20. Para mim a questão é mais fácil de analisar se colocarem em cima da mesa os tais assuntos que, porventura, estarão a ser mal conduzidos pela direcção. Porque dizer que “somos todos carneirada” sem falarem de um assunto concreto e importante para o futuro do clube cheira muito a azia. E é por isso que as respostas são as que temos lido.

    Tentando entrar na cabeça dos críticos:

    A) A questão do 3 elemento

    É uma não questão. Primeiro, porque não é importante a quantidade dos elementos mas antes a qualidade. Há clubes com estruturas numerosas com sucesso e há clubes com estruturas minimalistas e igualmente bem sucedidas. Como disse, é a qualidade dos actores que determina o sucesso das políticas. Segundo, porque há o 3 elemento. Chama-se Bruno de Carvalho. As razões que o levaram a assumir a pasta dos Negócios&Logística só o presidente as saberá. Mas quem está nisto de boa-fé percebe perfeitamente que se trata de controlar financeiramente uma pasta facilmente descontrolável, como vimos no passado com a super dupla duque e freitas.

    B) A questão das renovações

    Mais uma vez, é uma não-questão. As negociações estão a ocorrer e só o fim das mesmas é que poderemos concluir se os resultados coincidem com os reais interesses do clube. E atenção que as renovações só por si não são do interesse do clube. As renovações concluídas obedecendo os criterios financeiros que o clube definiu, isso sim.

    C) A questão dos investidores

    Outra não-questão. De uma vez por todas, pensem na questão dos investidores na óptica de quem lá mete o dinheiro. Eu dou uma ajuda: nunca mas mesmo nunca meteria o meu dinheiro num clube com resultados financeiros sistematicamente negativos e com uma reestruturação financeira em curso. Acabe-se a reestruturação, baixe-se os custos totais, aumente-se as receitas, obtenha-se resultados positivos e aí sim, tenho a garantia de que o meu dinheiro vai entrar para investimento e não para pagar prejuízos. Mas os críticos falam nesta questão numa óptica de chulo. Querem o dinheiro para ontem apenas e só porque o presidente disse que havia (ainda que ele nunca tenha definido uma data, apenas disse que eles estavam prontos a entrar).

    D) As guerras com o porto

    Outra não-questão. Se há guerra, não foi o presidente que a criou. O que ele fez foi usar um instrumento muito apreciado lá no norte (a ironia) para descrever um negócio que nos lesou. Veio a resposta do bufas sobre a “maçã podre”, abrindo caminho para nova resposta frutícola muito bem metida pelo nosso presidente. A consequência foi o descontrolo total de um vice presidente do porto, que enfiou a carapuça de forma inequívoca reagindo de forma ridícula e insultuosa num acto institucional acabando com o natural corte de relações que todos ansiávamos. Só os críticos é que conseguem transformar algo que, praí 90% dos sportinguistas desejavam ardentemente, numa “guerra sem sentido”.

    Não me lembro de mais nada. Mas se houver, esto aberto a discutir.

    • Os investidores estavam prontos a injectar notas!!

      Enfim…

      Mas nem vou discutir isso, até porque sou contrário à existência de elementos externos, como sejam russos, qataris, etc…

      • Diz-se que não se deve alimentar trolls, chavs e pombos, assim como qualquer tipo de praga… mas cá vai;

        Janeiro de 2013, a empresa HMV (maior retalhista do sector de entretenimento no Reino Unido) entra em administração. Considerada insolvente por incumprimentos diversos incluindo o fisco, vê a sua gestão e contas entregue à Delloite a fim de liquidar/re-estruturar a empresa.
        Após 4 semanas caóticas com todos os “assets” congelados, procede-se a uma auditoria de gestão de forma a reavaliar a viabilidade do retalhista.
        Depois de uma venda massiva de artigos considerados “stock morto” a saldo, fecho das lojas que acomulavam prejuízo, cancelamento de contratos tóxicos e despedimento de corporate apelidado de “dead wood” (salvaram-se os postos de trabalho dos empregados das lojas), procedeu-se à re-estruturação financeira e consequente recapitalização da empresa por via de entrada de novos investidores.

        Entendes agora? Ou achas que anda por aí alguém suficientemente estúpido para capitalizar algo que de um dia para o outro pode acabar “descapitalizado”???

    • Para mim é isto. E como é isto, não há mais discussão nem perco tempo em lê-la. Próximo tópico. Vamos lá discutir o passado, o presente e o futuro do Sporting, que é para isso que cá estamos.

  21. Três golos de Bruma frente à República Checa. Criminoso que não se tenha prolongado o contrato antes de o pormos a jogar na equipa principal.

  22. Sim,é verdade,o benfica foi sempre considerado o clube do regime,e porquê?porque em 1961 estourou a guerra no Ultramar,e foi a partir daí que o governo de então começou a usar o benfica como uma bandeira,para que os países que eram contra o colonialismo verem que Portugal era um país de êxito e que,segundo palavras de Salazar “estamos orgulhosamente sós”
    Esta minha afirmação é tão verdade,que,foi a PIDE que desviou o Eusébio para o benfica,pois o Eusébio estava destinado ao Sporting.Após o 25 de Abril de 1974 descobriu-se que a esposa de Eusébio,uma tal Flora,financiava a FRELIMO com o dinheiro que o benfica pagava ao Eusébio.De salientar que hoje em dia,ainda existem centenas de milhares de Portugueses que foram estropiados pelas minas anti-pessoal da FRELIMO pagas com o dinheiro dos Portugueses que eram sócios do benfica.Ou seja,Há Portugueses estropiados e mortos com o dinheiro do clube que ainda hoje apoiam.
    Para além do mais,logo a seguir ao 25 de Abril,Eusébio disse á boca cheia que era Moçambicano,e não Português,mas a tal Flora não estava interessada em ir viver em palhotas,pois beneficiava de todo o conforto que o benfica lhes proporcionava á conta das quotas dos desgraçados que andaram lá no norte de Moçambique a lutar pela Pátria que ainda hoje não reconhece o heroísmo desses bravos soldados.
    Eusébio foi jogar para o Beira Mar,e num jogo contra o slb informou os ex-colegas que não remataria á baliza do ex-clube.
    Eusébio não passa de UM BATOTEIRO.

  23. Que estrondo de posta, do caralho concerteza!

    É Deixá-los andar por aí a espalhar disparates e depois entrarem em processo de vitimização, têm-me feito rir bastante com tanta parvoice, afinal de contas agora passam fome, acabaram-se os croquettes e o descontrole é notorio!

    SL

  24. Parabéns ralph, pelo post.

    No entanto, 2 pontos:

    1. o Sporting nao é felizmente o Estado Novo, por isso, quem defende o antigo regime sportinguista, fá -lo livremente e não coagido. Por isso, nao tenhas prurido em ataca.los. nao se trata de atacar pessoas, trata-se de atacar ideiais venenosos que visam servir.se do Sporting.

    2- Bruno de Carvalho gritou o seu grito do Ipiranga:”o Sporting é nosso outra vez!”, se ele disse isso, é porque sabia que Sporting era de “outros”. Ora são esses “outros” que ainda não desgrudaram do mel do Poder e que, não sendo menos sportinguistas do que eu ou tu (na convicção deles) estão tão confusos e deseperados que já misturam prioridades.aJá não querem um Sporting vencedor, porque simplesmente o Sporting deixou de ser deles.

    Por isso, te digo: é legítimo que eu escolha o meu ideal como eles escolheram o deles. A diferença e que agora o poder está do meu lado. E o meu ideal chama-se Bruno de Carvalho. Não é idolatria, chama-se escolha baseada no instinto que me faz distinguir o bem do mal. Se o Riga e outros nao conseguem ver isso, não é por falta de evidências, é por falta de querer.

    Ao riga, por quem nutro o maior dos respeitos,osó digo isto: espera que aobola, a comece a rolar. Aí vais ver que estaremos todos juntos. Os nossos verdadeiros inimigos vao nos exigir isso.

    • Lá está, o homem está lá há 3 meses e tem mais dossiers abertos que as pernas das meninas do Calor da Noite… e parafraseando o nosso presidente – acreditando que as pessoas são honestas e não agem de má fé, então significa que são estúpidas – repito ESTÚPIDAS!!!

      PS: deixem o Sporting em paz e vão lá antes rapar o tacho do Boavista sacanas, assim como assim foi re-capitalizado em €50M pelos impostos de todos nós, qual BPN…

  25. “hoje escrevo eu” by Leão à solta

    Desde já agradeço o tempo que vão dispender ao ler este breve comentário.

    Rigabroche és um azeitolas de merda, só estás bem é com ele enfiado na peida meu paneleiro do caralho! Não gostas deste presidente? Azar! Vai-te foder. Tou-me bem cagando para ti seu lambe cus da merda…

    SCP: és um palhaço, peixotalizaste a malta há uns tempos atrás e conseguiste fazer-me rir com as tuas avaliações técnico-tácticas de jogadores. Fica para a história do Cacifo o Peixoto playmaker.
    A minha única dúvida é a intenção com que escreves as merdas e ainda não sei se serás mesmo do Sporting e também não sei se és macho, andam por aí comentários a dizer que és gaja e sendo assim estás desculpada por tanta idiotice dita.

    Pau: tu queres é cagar pais natais e não sabes como meu cabrão da merda! Se te apanho dou-te com um pau é nesse lombo que até andas de lado caralho. Xô daqui seu rabetolas.

    Mota: o homem que fazia bicos ao godinho. Não é preciso dizer mais nada. És um guardanapo gigante mota.

    Acho que não tenho atritos com mais ninguém aqui… Os restantos “ódios” são pontuais, estes são mesmo de estimação.

  26. off topic:
    Pedro baltazar demonstra todo o seu sportinguismo:
    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=407113

    estes é que sao os verdadeiros cogumelos venenosos, esta merdice que anda por aqui sao só cogumelos de estufa que possivelmente agora ainda veem defender esta “grande medida” tomada por este croquete envenenado…
    sportinguista??? desculpem mas a mim parece-me mais um fdp chupista…é o tipo de gente que se tivesse sido morto á nascenca, nao andava agora a respirar o mesmo ar que pessoas decentes respiram…
    foi isto candidato a presidente??? NAO
    era candidato a mama de viver á custa do NOSSO clube…
    se nao fosse por ter pena das balas, merecia era um cabrao de um tiro nos cornos…

    mas já sei que ainda virá um Mota, ou scp ou pau desta vida defender esta merda desta atitude
    portanto como querem que haja tolerancia para quem vem aqui com ataques de merda contra quem esta a defender o nosso clube??? tenham vergonha na puta da cara…

  27. Depois de ler com muita atenção todos os Posts… Quero vos desejar a todos uma boa sexta feira, aproveitem o Sol e Principalmente o alivio de terem como Presidente um Homem que tudo irá fazer ( como muitos de nós gostaríamos de fazer) para dignificar o seu “Grande Amor”
    Já nós aqui… Teremos o espaço que merecemos. Se há alguma coisa que gostamos menos… Então, somos nós e não outro, que tudo fará para alterar.
    A isto se chama maturidade na liberdade!

    Viva o Sporting Clube de Portugal!

    Viva o Cacifo… Que é do Caralho!!

  28. A eleição de Bruno de Carvalho como Presidente do Sporting Clube de Portugal constituiu um momento excepcional e único, simultaneamente libertador e catártico. Teve, desde logo, o efeito de devolver a esperança, o entusiasmo, a crença e o orgulho a milhões de sportinguistas.
    Ainda é cedo para se avaliar a gestão de BdeC, embora existam “sinais” que podem, e devem, ser analisados e, através deles, perspectivar o futuro do Sporting.
    Até aqui, BdeC esmagado pela realidade quotidiana tem-se ocupado do conjuntural, tomando decisões que pretendem garantir o sucesso da gestão a acurto prazo do Clube. Para resguardo dessa gestão lançou farpas em várias direcções, nomeadamente a banca, Pinto da Costa e os empresários.
    Não será daqui que virá o sucesso de BdeC como Presidente, mas da capacidade de construir um projecto estruturante adequado à realidade e à cultura do nosso Clube, que implica a criação de um modelo sustentado financeiramente, uma equipa competitiva que lute efectivamente por títulos e uma estrutura directiva, técnica e desportiva solidária, coerente e competente.
    A recuperação da identidade do Sporting é um elemento fundamental, que decorre do sucesso das premissas referidas anteriormente, na medida em que é o factor aglutinador, integrador e mobilizador dos sportinguistas.
    Se BdeC for capaz de construir este Sporting que está para além da gestão quotidiana, que sendo importante, não deixa mais do que uma marca na areia, ficará na História do desporto português e do Sporting Clube de Portugal.

  29. oh cherba olha fala ai sobre o despedimento colectivo e recupera o que o BdC disse no debate sobre este assunto… é só mais um, só mais um…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s