A importância da Assembleia Geral

Faltam 11 dias para o arranque da nova época e, apesar de ter sido anunciada a data de 21 de Junho, não há confirmação da realização de uma Assembleia Geral que será extremamente importante para o futuro do clube.
Percebo, perfeitamente, que não seja fácil arrumar (será melhor utilizar o termo reconstruir?) uma casa sem telhado, com algumas paredes deitadas abaixo e onde a desorganização foi tal que a cozinha foi para ao wc da suite. Mas ao deparar-me com notícias como aquela que dá conta da saída dos andebolistas Nuno Silva e João Pinto (que poderão ser seguidos por Hugo Figueira e Fábio Magalhães, por exemplo), também sinto que não há mais margem para adiarmos a dita AG.
Precisamos de saber quais as condicionantes resultantes da reestruturação financeira, acordada com a banca. Precisamos de saber o que são os tão falados cortes. Precisamos de saber o que vão afectar os tão falados cortes. Precisamos de saber o que sobra para as modalidades, face ao peso do futebol. Precisamos de saber, mesmo que de forma superficial (a auditoria deverá demorar mais algum tempo a estar pronta), o estado em que deixaram o nosso Sporting e que sacrifícios serão necessários para minimizar os danos. Precisamos de saber, de forma clara, com o que contamos.

Anúncios

54 thoughts on “A importância da Assembleia Geral

  1. completamente de acordo Cherba. É mesmo isso, temos que saber com o que contamos! E com este post lixaste o pessoal que costuma dizer que tu não questionas nada do que esta direção faça.
    abraço!

  2. Mas quem é que ainda acredita em auditorias?

    Não se está mesmo a ver que o pouco dinheiro que a banca disponibilizou foi para que a operação monte branco não entrasse em Alvalade?

    Andamos todos a acreditar no Pai Natal…

    Quem te viu e quem te vê meu querido SPORTING.

  3. a verdade é que a auditoria em termos criminal nao vai servir de muito e mesmo a nivel de esclarecer acredito que vai ficar muita coisa que vai dar a entender que algo errado aconteceu mas nao consegues provar o quê e porque razao.
    mas de resto se nao me engano a assembleia ja estava marcada para 21 de junho ou estou errado?

  4. Não haja medo que a AG será convocada!

    Ao contrário da corja que sugou o Sporting durante 17 anos nas costas dos sócios e que, por isso mesmo, escondiam e sonegavam a real situação do clube, esta direcção (face aos desafios que enfrenta, sacrifícios e cortes que terá de realizar) só expondo olhos nos olhos toda a verdade aos sócios, poderá continuar a contar com o apoio dos mesmos.

    Mesmo que o Bruno fosse um trafulha (como foram os croquettes durante 17 anos), é de todo o interesse deste presidente e desta direcção expor toda a verdade aos sócios.

    Face à actual conjuntura financeira, modalidades?
    Apostava as fichas no Futsal e atletismo.
    O resto seria para manter com a dignidade e ambição que envergar o manto sagrado, sabendo que o objectivo final será retomar o lugar cimeiro que nos pertence…

  5. Este assunto preocupa-me bem mais que as diarreias mentais transcritas para papel da grande maioria do jornalixo português.
    Esperava que a AG fosse no dia 21 mas pelo andar da carroagem (não sei com quanto tempo de antecedência tem de ser feito o aviso da sua marcação). De facto, precisamos saber com que linhas nos vamos coser… e se há linha suficiente para tal.
    Quanto aos cortes… concordo com os cortes substanciais no futebol… as modalidades são o que menos deveria sofrer com esses cortes pois não são as culpadas do descalabro financeiro do SCP (embora o futebol em si, também o não seja)…
    Apostar sobretudo na formação, com alguns retoques, mais do que necessário é imperativo. O que se perder em investimento espero que se ganhe em brio, orgulho e fervor sportinguista… Os tempos que se seguem não vão ser nada fáceis. Ainda assim, não troco o meu Sportinguismo por um museu de titulos… O Sporting precisa de nós para lhe “tratarmos” da saúde… E conto que o BdC seja o principio dessa solução.

  6. Francamente não entendo a importância da assembleia geral. Esta direção não foi eleita numa assembleia geral eleitoral, por muitos mais votantes do que previsivelmente irão estar na próxima AG? Mesmo que tenha sido eleita por um só voto, tem o mandato dos sportinguistas para cumprir o seu programa!

    Bem sei que BdC prometeu também que convocaria a AG, mas francamente não acho necessidade. Quanto mais depressa se levarem a cabo as medidas dolorosas mas necessárias enquanto a direção está em estado de graça (ou pelo menos não há motivos para contestação, que aparecerá fatalmente se/quando os resultados do futebol começarem a não agradar).

    Por favor não vejam nas minhas palavras acima qualquer contestação a esta direção. Como oportunamente aqui escrevi não teve o meu voto mas a partir do momento que foi eleita teve o meu apoio. Haverá medidas que implicarão mudança de estatutos e que necessitarão de uma AG, ou é apenas uma questão de reforço da legitimidade?

      • Terá – porquê? Por razões estatutárias? Para reforço de legitimidade?

        Se for pela primeira razão, nada a opor; Se for o segundo caso, não vejo necessidade nenhuma.

      • Keita, não precisas de razões estatutárias para explicar que a AG em de acontecer primeiro. É obvio. é a unica maneira para os sócios ficarem a saber como isto vai ser feito. o clube é dos sócios caralho!

      • creio que por motivos estatutarios tambem tem de acontecer.
        mas mesmo que nao fosse é sempre melhor viver informado

    • acho que o que se quer dizer, é que os sócios devem tomar conhecimento do que se pretende fazer, no que consiste a restruturação financeira, etc

    • Mais que tudo é uma medida de esclarecer (espero eu, pelo menos estou atento a isso) os sócios sobre o como e o porque de termos chegado a este ponto… E apesar do distanciamento (alienação?) da maioria dos sócios/adeptos relativamente a este assunto da “gestão” (geralmente só se quer saber da bola e pouco mais…), penso que seja fundamental começar claramente com o pé direito… fazendo um retrato o mais fiel possivel da actual situação, de forma a podermos olhar-nos todos olhos nos olhos, ajustar contas com o passado (isso é que era de valor), e arregaçar mangas para lutar pelo nosso Clube… pela sua SOBREVIVÊNCIA! Sim, podem vir dizer-me que o Sporting não morrerá… concordo em parte… o ideal pode não morrer, mas o “corpo” tem de ser tratada, pois… quem não aparece, esquece!

      • E mais um motivo para esta AG… para responsabilizar também os sócios, em consciência, sobre o que se pretende fazer. Não podemos andar a queixar-nos que nos esconderam coisas durande 17/18 anos e agora que precisa de nós sacudirmos a água do capote como fizemos durante esses periodo!

        Culto de exigência máxima, diria BdC… Para todos, em todos os sentidos acrescentaria eu!

        Sobretudo pelo bem do SCP…

      • Ricardo (e rigaboss)

        Estou de acordo com a informação aos sócios, mas essa poderá ser feita de forma mais eficaz de forma escrita. Sendo um dos muitos que realmente durante anos e anos pouco se preocupou com a vida interna do clube acredita que aguardo com ansiedade a auditoria, embora duvide da sua eficácia tanto em termos penais como em termos dos ensinamentos que se poderão tirar para o futuro.

      • Por muito bom que achasse que a Auditoria servisse de base para poder formular queixas contra gestores incompetentes (até agora só podemos chamar-lhes isso com propriedade, embora todos “saibamos” que não será bem assim… pois a incompetência tem limites), eu também não creio que isso tenha resultados efectivo a esse nivel.

        Mas tem de servir para dizer ao sócios o que foi feito, claramente, para chegar ao passivo que se chegou e, caso assim seja, votar mesmo a expulsão de sócios dessa gentalha (que está inclusive contamplada nos estatutos).

        Eu não sei se não haverá aqui alguma confusão entre a reestruturação financeira (motivo da AG) e a Auditoria, nem sei se elas supostamente se previa que fossem apresentadas em simultâneo (para mim faria todo o sentido que sim, até para servir como base para a reestruturação).

        Agora, que para mim faz todo o sentido esta AG, repito, para trazer os sócios de volta à realidade do SCP e responsabilizá-los pela mesma… ah, isso está mais do que certo. Porque senão… sem interesse pela VIDA do Clube (muito para além do futebol), o que vai restar do mesmo? Para isso, de facto, mais vale entregá-lo a um Abramovic da vida e ficar com os ideiais numa prateleira das memórias, enquanto se faz do clube um negócio dum oligarca qualquer… A 2ª opção para mim, claramente não existe… Ou existe SPORTING enquanto clube desportivo ou então… não!

    • Acho que mais do que informação é a legitimação pelo órgão máximo do Sporting que é o que reúne os seus associados. E nessa perspectiva, na da participação, contributo e responsabilidade dos sócios na vida activa, presente e futura do Sporting, deve ser feita a AG as suas decisões obviamente legitimando e reforçando as acções da direcção, tanto interna, como externamente. Os sócios não podem servir só para “ir à bola”, principalmente num momento tão importante como este, tem de ser manifesta sua presença o seu “esforço, dedicação, devoção” para se chegar a algum lado…

  7. A reestruturação não se fará de um dia para o outro.

    Mas na minha opinião esta é a melhor altura para apresentar a dita reestruturação em AG pois a direcção ainda goza de um “estado de graça” pelo que as propostas mesmo as mais difíceis terão uma aceitação alargada.

    SL

    • Eu cá não quero saber de estados de graça, mas sim de medidas. Isso de fazer passar propostas porque se está dentro do “estado de graça” para mim não tem graça nenhuma.

      Espero uma reestruturação muito bem fundamentada e explicada ao sócios para que votem em rigor e consciência sobre o que se pretende. A responsabilidade dos sócios nesta materia não pode ser dissociada…

  8. Quanto mais em cima do começo da época (ou com ela já a decorrer), pior será a altura para AG porque o clube já terá tomado decisões e assinado compromissos independentemente da decisão dos sócios relativamente à AG. Isso será um factor que condicionará a decisão dos sócios. Gostaria de saber a razão pela qual a direcção ainda não marcou a data, porque à partida…não vejo nenhuma boa.

  9. É de extrema importância saber realmente tudo o que se tem passado e aquilo que tem estado a ser preparado pela administração do clube.

    Agora há algo que não percebi, a data de 21 de Junho quem avançou? Alguém ligado ao clube ou os jornaleiros? Parece-me que foi pelos jornaleiros…

    Nos regulamentos diz com 8 dias de antecedência: http://www.sporting.pt/incscp/pdf/investor_relations/Regulamentoagscprevistorevisto_090412.pdf

    O adiamento deve estar directamente relacionado com a reestruturação, são processos que levam tempo, ainda para mais quando há a fusão para finalizar e as contas anuais para fechar.

    De uma coisa tenho a certeza, pode demorar tempo mas o Sporting não vai sair a perder.

  10. Artigo 49°
    (Assembleia Geral comum ordinária)

    A Assembleia Geral comum funciona ordinariamente duas vezes em cada ano, nos períodos e para os fins a seguir indicados:
    a) durante o mês de Junho, ou durante o mês de Julho se o Conselho Directivo tiver acabado de ser eleito entre os dias um de Março e trinta de Abril, para aprovar o orçamento de receitas e despesas do exercício económico, elaborado pelo Conselho Directivo, acompanhado do plano de actividades e do parecer do Conselho Fiscal e Disciplinar;
    b) até ao dia 30 de Setembro de cada ano, para discutir e votar o relatório de gestão e contas do exercício findo e o competente relatório e parecer do Conselho Fiscal e Disciplinar.

    • Artigo 51°
      (Convocatória da Assembleia Geral comum)

      1 – As Assembleias Gerais serão convocadas por meio de anúncios insertos em dois jornais diários, no jornal do Clube, no sítio oficial do Clube e publicado nos moldes previstos para os actos das sociedades comerciais, com a antecedência mínima de oito dias, se o prazo não dever ser superior por disposição dos presentes estatutos.

      Conclusão, a questão não é *se* vai acontecer uma AG mas sim *quando*, sendo que a convocatória poderá ser feita até dia 23 de Julho para que se cumpram os prazos estatutários.

      Não sei quem é que anunciou a data de 21 de Junho, se foi alguém dos orgãos sociais, fez mal, não o devia ter feito… se foi mais uma “notícia” do “deve”, porra já deviamos saber com que espécie de “jornalistas” estamos a lidar!

      Isto parece-me tudo um caso de “falta de sol”, o pessoal desespera por não conseguir ir à praia e fica em casa a matutar em AG’s…

      Relax! A AG vai acontecer. A auditoria vai acontecer. Vamos todos acalmar, respirar fundo e deixar as pessoas trabalhar, que tal?

      • Exacto. A AG vai ser feita. E antes da nova época começar. Percebo a nossa ânsia mas presumo q quanto mais p/ o fim de Julho melhor p/ os interesses do clube. Portanto temos de ter confiança em quem lá está, paciência e serenidade. Quanto menos falarmos, mais ajudamos.

  11. O Sporting não é futebol pá. E repito: prefiro um pavilhão e equipas ganhadoras em Andebol, Hóquei, Futsal e Atletismo a dez anos de campeonatos de futebol.
    Mas isso sou eu. Que se calhar sou menos sportinguista do que tu ou dos que acham que o Sporting é principalmente futebol.
    O Sporting é principalmente desporto. Com tudo o que isso implica: ética, competitividade, esforço, dedicação, devoção e glória.

    • Ralph não podia estar mais de acordo contigo,entendo que o futebol é que move o dinheiro,mais adeptos,patrocínios,etc,mas o Sporting Clube de Portugal é um clube de desporto e não só de futebol!e infelizmente uma das coisas que mais me deixa triste enquanto Sportinguista é não termos um pavilhão nosso e ainda estou para ver quando o teremos…!

      • Deixem-se de piriladas.

        O FUTEBOL é que é realmente importante.

        Até parece que alguém vai ao Marquês quando se ganha no futsal, andebol ou atletismo.

        O FUTEBOL é o desporto-rei.

        Não brinquem com o FUTEBOL.

      • Um pavilhão… e já agora… uma pista de atletismo!
        Deixamos de ter um estádio para ter um campo de futebol…

  12. Pois eu acho que a AG se vai realizar exactamente para informar/propor/obter aprovação dos sócios no que à reestruturação financeira diz respeito.Esperamos todos que muitas outras coisas sejam aí esclarecidas.

    Paciência Roma e Pavia não se fizeram num dia e a destruição do Sporting leva muitos anos de avanço.

    p

  13. Querem tudo de um dia para o outro?

    Foda-se, isto é uma coisa que demora o seu tempo e ainda por cima temos uma época quase a começar e variadíssimos problemas para resolver. Lembro-me assim de repente de uns 20 problemas que passam pela colocação de uns 20 jogadores sem ter que rescindir e pagar indemnizações irrisórias.

    Depois temos ainda mais uns 10 problemas que tem a ver com as contratações a fazer…

    Muitos problemas portanto. A pré-época está já aí!

    • Esterco a colocar:

      – Ventura (já regressou à base ou não?)
      – Onyewu
      – Boulharouz
      – Miguel Lopes
      – Marcos Rojo
      – Pranjic
      – Schaars
      – Labyad
      – Adrien
      – Elias
      – Gelson
      – Jeffren
      – Viola (?!)
      – Rubio (?!)
      – André Santos (?!)
      – Salomão (?!)

      Mais Patrício e Capel.

      E ainda os que não continuam na B e alguns dos regressados de empréstimo como o William Owusu.

      Muitos problemas.

  14. Onde estão essas notícias do andebol?
    Já tinha conhecimento de que o Benfica esgotou os jogadores que podia roubar ao Porto, por isso iria virar-se para o outro lado da estrada, e de que o Rui Silva iria emigrar (bom para ele), mas…

    • O Andebol sem duvida tem de ser reformulado, não podeos ser Tetra Campeões de Juniores a depois aproveitar um ou dois por epoca indo contratar aos outros clubes e pagando a peso de oiro

  15. Bruno de Carvalho deve solicitar a convocação de uma Assembleia Geral. Por uma questão de necessidade (reestruturação financeira) e de compromisso perante os sócios.
    Não há razão para BdC recear os sócios, na medida em que a maioria aspira a um Presidente que sirva o Sporting e não que se sirva do Sporting. Independentemente da orientação do voto, neste momento, os sócios de boa vontade e sem interesses egoístas desejam uma presidência exigente e transparente.
    Aliás, se um dia o Presidente Bruno de Carvalho temer os sócios, então a sua função e projecto ter-se-ão esgotado e a sua presidência caminhará para um inexorável fim.

    • manel, não deve, tem que convocar. É dos estatutos.
      Mas ainda tem muito tempo para o fazer.

      E vê lá se isto é de alguém com receio dos Sócios ou que tema estar entre eles:

    • O homem vibra como poucos e já lhe estão a vaticinar “medo” aos sócios!
      Ele é um dos sócios… adepto… torcedor… sofredor!
      No dia em que BdC, por aquilo que representa como sportinguista, chegar a ter medo dos sócios do SCP, é sinal que anda cheiro a fritos no ar…

  16. Cherba permite-me, mesmo fugindo ao assunto do teu post, dar-te os parabéns pelo trabalho que desenvolves neste blogue. Tem sido um privilégio ler-te e faço questão de aqui entrar todos os dias. Este espaço ajuda-me a manter o orgulho no nosso Clube ainda que, por vezes, isso seja difícil nos últimos tempos. São muitas as vezes que já me emocionei a ler o Cacifo! Por isso mesmo o meu sincero obrigado! Nunca pares! Viva o Sporting Clube de Portugal! SL

  17. A AG será marcada a seu tempo. Vai acontecer, isso é um facto, e que ninguém tenha dúvidas disso.

    É preciso que os Sportinguistas compreendam que os assuntos desta AG são delicados, e a informação tem que ser dada aos sócios da maneira mais imparcial e séria possível, para que as pessoas possam decidir estando perfeitamente informadas ( ao contrário daquilo que aconteceu em anos anteriores ).

    E também é preciso lembrar que nesta AG já poderemos ter alguma informação acerca daquilo que se andou a passar no Sporting nos últimos 10 ou mais anos.

    Estas coisas demoram tempo, porque não se pode simplesmente convocar uma AG, metendo os sócios dentro de um pavilhão às “3 pancadas” e sem recurso à informação necessária, e depois esperar que decidam. Em anos anteriores, tivemos muitos sócios nas AG’s que decidiam as coisas quase “ao calhas”, porque muitos nem percebiam aquilo que estava em discussão.

    E o nosso presidente está absolutamente à vontade perante os sócios, para quem achar que não, basta tentarem falar com ele na AG e vão perceber que sim. Ele está no Sporting como Sportinguista, igual a nós, e não como algum doutor engravatado que não percebe nada do que é o Sporting.

    • Acreditas mesmo nisso???Que irá adiantar alguma coisa??!!Embora tendo confiança no presidente existirá com toda a certeza escapatórias,declaradas a seu tempo,irá tudo passar ao lado,a lei e o poder só funcionam dessa maneira!!!

      • edu, eu não acredito que se consiga levar os culpados à justiça, mas isso é outro assunto…
        Mas acredito que os sócios possam ficar a saber o que se passou, em casos que não temos muita informação.
        Acredito que vamos ter acesso a informação, em que podemos facilmente concluir o que certas pessoas fizeram.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s