Tony Leão Soprano

O meu minuto de aplausos, em pé. Só para ti, James.

Anúncios

59 thoughts on “Tony Leão Soprano

  1. Nunca fui grande fã da série porque nunca acompanhei… Mas se há coisa que associava aos Sopranos, série de grande dimensão a nivel planetário e ao seu sucesso, era sem dúvida o desempenho do “Tony”…

    Acima de tudo… é triste ver alguém partir tão novo!

    Já agora, em jeito de homenagens:

    Por falar nisso, faz dia 26 de junho próximo um ano que partiu o grande “GIL”, vitima dum acidente tão estupido quanto infeliz… um tipo impecável, amigo do seu amigo, sempre com uma boa disposição contagiente, pai presente… um tio impecável de quem sempre gostei. Coimbra ficou mais triste com a partida do dono do restaurante “O Gil”, ponto de encontro noutros tempos de muitos jogadores da Briosa… Maldita hora…

    Descanse em Paz, James!

    Descanse em Paz… Grande GIL! Quem de si gostou jamais o esquece…

  2. Era sem dúvida um grande ator, a série de Sopranos era fantástica, mas não seria o que foi sem o contributo deste ator.
    Sem dúvida uma figura carismática que partiu cedo demais
    SL

  3. Ando a rever os Sopranos. Ontem à noite foram 2 episódios da terceira série… Provavelmente, à hora que morreu estava a vê-lo no pequeno ecran, a prestar-lhe homenagem sem saber…. RIP James “Soprano” Gandolfini.

  4. como um amigo meu disse, era um actor dolorosamente unidimensional. Ou seja, fortemente typed. A praia dele eram papeis de mafioso, e ponto.

    Ainda assim, um dos meus actores de eleição, numa das minhas séries de eleição.

    RIP.

  5. Um dos maiores personagens da historia da TV americana, que produz há muito tempo melhor qualidade do que o cinema . Se fizer um esforço, não me consigo lembrar dum ator tão pegado à sua personagem, o que não é desqualificador da sua carreira, bem antes pelo contrario. Gandolfini era Tony Soprano! Paz à sua Alma. foi-se novo demais.

    deixo-vos algumas frase celebres de Soprano:

    Dr. Jennifer Melfi: “What line of work are you in?”
    Tony Soprano: “Waste management consultant.”

    “My father was in it. My uncle was in it. Maybe I was too lazy to think for myself.”

    “All due respect, you got no fucking idea what it’s like to be Number One. Every decision you make affects every facet of every other fucking thing. It’s too much to deal with almost. And in the end you’re completely alone with it all.”

    “Here comes the Prozac!”
    “There’s an old Italian saying: you fuck up once, you lose two teeth.”

    “I wipe my ass with your feelings”

    “What fucking kind of human being am I, if my own mother wants me dead?”

    ” I’m like King Midas in reverse. Everything I touch turns to shit.””

    e a minha preferida: “What use is an unloaded gun? ”

    e muitas muitas mais…

  6. Em jeito de homenagem, lá vou ter de ver a série completa pela 4ª vez…

    Sempre pensei que houvesse continuação (aquele final foi estranho…) mas agora é que não há nada para ninguém.

    DEP

    • O final não foi estranho. O Tony morre assassinado pelo gajo de casaco que tinha entrado casa de banho. O ritmo de “point of views” não deixa dúvidas. Há um padrão em toda a cena ( aquilo que o Tony vê, os que entram na porta a ver o Tony, aquilo que o Tony vê, e por aí fora). Quando a filha do Tony entra no restaurante, temos o ponto de vista dela ( e por isso vemos a cara do Tony), quando é suposto vermos a filha do Tony a entrar ( pelo ponto de vista do Tony), a cena acaba em negro. Já não vemos nada porque o Tony morreu. “You don´t even see it coming”, como tinha dito o seu cunhado Bacala nuns episódios atrás, quando lembrava que só havia uma maneira de sair daquela vida: morto ou na prisão.

      Melhor frase da personagem, quando a doutora Melfi lhe pergunta se ele já pensou em fazer um exame à prostata, o gajo diz apenas:

      «Hey, I don’t even let anyone wag their finger in my face.»

  7. Sou só eu a achar que o Leonardo Jardim tem algumas semelhanças físicas com o Gandolfini ( RIP!), nomeada e mormente ao nível da tromba?

  8. Uma das minhas cenas preferidas ( trágico-cómica) é a terapia familiar à moda dos Sopranos. Aula prática de como libertar um jovem das drogas duras. Não resultando as lamechiches e psicologia new age positiva, nada como o belo do enxerto de porrada para meter juízo na cabeça do desgraçado:

      • Gostava mais do Sil. ( interpretado por Steve Van Zandt, guitarrista do Bruce Springsteen). O Paulie Gualtier era engraçado mas também tinha momentos de psicopatia extrema. Invejoso e ganancioso, até matou uma velhinha para a roubar. E o actor, Tony Sirico, foi mesmo mafioso à séria quando era novo. Demasiado bem interpretado para um “amador”, ele parece estar mesmo na sua verdadeira pele.

      • Sil, o dono do Bada Bing eh eh eh.

        Que usava um capachinho para a personagem.

        O Paulie era psycho e ganancioso o que tornava a personagem ainda mais engraçada.

        SL

  9. Um grande actor.

    Uma grande serie.

    Adorava o James Gandolfini e sempre tive esperança de o ver actuar como Capo de novo.

    Gostava que tivesse feito uma colaboração com o Scorcese e o Pacino mas não houve tempo, infelizmente.

    Tal como o Yazale e o Livramento que foram alvos de posts recentemente também este foi cedo demais.

    SL

  10. A HBO transforma os gajos mais esquisitos em super estrelas.

    De 1999 até 2007 o James Gandolfini, um homem gordo e careca, tornou-se numa das maiores estrelas do mundo do espectáculo, agora é Peter Dinklage que se torna numa super estrela não obstante ser anão.

    Há aqui uma lição de vida qualquer.

    SL

  11. RIP

    Depois do River outro gigante (clube com mais libertadores) que tomba pela primeira x na sua história, imagens a ver com atenção.
    E pensar que estivemos tão perto disto nos acontecer, mas graças a deus 2 miúdos tiveram a coragem de dizer basta e meter mãos à obra enquanto todos os leões dormiam durante 17 anos.

    Obrigado Patrão e Paim, espero ver ainda em vida o pavilhão das modalidades co vosso nome.

  12. Um dos últimos blogues onde pensaria ler uma referência a esta triste notícia.

    Mas fica provado que o Cacifo é sensível e atento, e que eu, mais uma vez, me enganei.

    E, já agora, quer seja a comentar desporto quer seja a escrever sobre quqlquer outro assunto, passam por aqui gajos para os quais a tampa do esgoto jamais se deveria abrir.

  13. É um orgulho ver um blog Sportinguista com posts deste nivel!Obrigado cacifo, obrigado James Gandolfini(1961 2013) para sempre Tony Soprano!SL

    • F****** está do c******* esta p****** de comedia. Os c****** conseguiram mesmo imitar o c****** dos sopranos. É pena é os cortes, car*******, filhos duma grande p******, vao mamar no meu c********!

      :D

  14. Este gajo era um dos grandes. Quem viu admira, quem não viu não sabe o que perde.

    Esta cena que o cherba coloca no post, está algo parecida com o momento que o Sporting vive, senão vejamos:

    Carvalho (Gandolfini) entra no clube e vê um marasmo do caralho! “Assim não dá” terá pensado “toda a gente a mamar da grande teta Sportinguista, lambuças do caralho” e o que faz? Arranja um conflito com o maior rufia na sala (o FC Putas) e dá-lhe uma carga de porrada, like a boss.

    Os vómitos que se seguem só pode ser pelo mau cheiro que o merdas tresanda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s