hoje escreves tu: «Sporting, dia zero»

O Leão de Trafalgar recupera as emoções do passado domingo.

SPORTING, DIA ZERO, by Leão de Trafalgar
Queria falar um pouco de Domingo passado. Queria partilhar a emoção de ter lá estado, ser mais um de quase 1500 (MIL E QUINHENTOS!!) e ter ajudado, como acredito que ajudei, o nosso Clube a levantar-se do chão, a ter um futuro condigno.
Queria falar do orgulho de não ter faltado mais esta vez, de ter abdicado do conforto e da frescura da maresia, de ter enfrentado o calor absurdo. O orgulho por me SENTIR BEM ao estar tão desconfortável, como se esse “sacrificio” fosse o preço a pagar pela honra de estar ali.
Queria falar da raiva, da revolta pela forma como trataram e o estado em que deixaram esta grande instituição, algo que finalmente nos foi dado a conhecer em pormenor.
Queria falar também de um PMAG que, apesar de marcadamente politiqueiro e dessa sua faceta ter sobressaido em demasia, soube conduzir a sessão com bom senso, soube entender o que era fundamental para as pessoas que ali estavam, soube respeitar o sacrificio dessas pessoas em estarem ali, a aguentar 5 a 6 horas de calor intenso para ajudar o Sporting a encontrar o seu caminho.
E queria falar de um Presidente que, nas palavras de alguns energúmenos, já foi de tudo um pouco — vigarista, oportunista, garoto, até já foi “mais do mesmo”, e agora parece que é ditador e “querido lider” — mas que em tudo o que faz apenas demonstra ser SPORTINGUISTA, da ponta dos cabelos às plantas dos pés.
Enfim, queria só falar um pouco deste “dia zero” do Sporting …só mais esta vez — porque acima de tudo agora temos é que “tocar a bola para a frente” (como aliás já fazem os nossos jogadores).
Mas, por enquanto, ainda não consegui traduzir tudo isto de que queria falar nas “palavras certas”. E não sei se vou conseguir, pelo menos com a dignidade que merecem tanto o momento como as pessoas que dele comungaram (conotação religiosa intencionalmente incluida). Sendo assim, deixo-vos com o contributo de alguém que, naquele momento e perante o olhar daquela multidão de Sportinguistas, soube transformar os seus sentimentos — de revolta, de humildade, de orgulho, de preocupação — naquilo que eu, ao ouvir, considerei serem as palavras certas:
“Depois de apurado tudo o que envolveu a gestão do Sporting Clube de Portugal — nos últimos 2, 4, 5, 6, 10 anos, seja o que for — que essas pessoas possam ser responsabilizadas. Eu estou farto de pagar as minhas quotas, comprar camisolas e equipamentos alternativos — mesmo quando até nem gosto deles — eu estou farto de acompanhar o Sporting de Norte a Sul, para o estrangeiro, para onde for preciso, para ver um bando de garotos, que supostamente pertenciam a uma casta de eleitos, e que andaram aqui a roubar o Sporting durante anos. Estou farto deles! Farto!!
Tenho um pedido de desculpas para fazer ao Dr. Bruno de Carvalho. Tenho de lhe pedir desculpa por há dois anos atrás não ter votado nele. Tenho de lhe pedir desculpa porque há dois anos atrás eu e um grupo de amigos que falamos regularmente sobre o Sporting fomos influenciados — “Quem?!? Bruno de Carvalho?? É o Vale e Azevedo!”… e qualquer coisa que me falem do Benfica eu fico logo nervoso, porque eu não suporto o Benfica! “Vale e Azevedo! Um vigarista! Um intruja! As empresas dele foram todas à falência!” Era tudo do pior. E eu, por amor ao Sporting, votei sempre pelo seguro. Que é aquilo que as pessoas cautelosas e habituadas a ter uma vida regrada fazem: votam pelo seguro.
Só que desta vez, desculpem a expressão, mandei cagar o seguro! E votei em alguém que tenha alma! Pois eu prefiro um Presidente no Sporting, que pode não ter um passado ligado à alta finança, pode não ser um génio não sei de que, mas que lute pelo Sporting com amor e com paixão, e com uma alma guerreira. É o que tem faltado neste Clube! E a vocês também!! Quantas vezes na bancada central vocês nem se levantam para aplaudir??
Está quase a começar uma época desportiva. Espero bem que, conscientemente, todos vocês, daqui a meia duzia de meses, porque a bola bate no poste, porque a bola vai ao lado, porque o avançado falhou, não comecem a assobiar, não comecem a pedir a demissão do treinador.
Aguentem!! Aguentem em nome do Sporting!!
 VIVA O SPORTING!!!
Advertisements

53 thoughts on “hoje escreves tu: «Sporting, dia zero»

  1. O que tive durante anos foi uma sensação de inevitável desnorte do meu clube. não queria ler notícias sobre o clube não porque não me interessassem mas porque ou eram muito estranhas ou não as entendia. Estádios sem pavilhões essenciais, capitães de equipa vendidos so desbarato, os ares frágeis e aristocratas dos dirigentes. Pareceia não haver ali alguém que conseguisse concretizar alguma coisa, e querer mesmo ganhar. As coisas pela primeira vez desde que me lembro, estão diferentes porque as decisões da direcção me parecem (com a devida distência de quem não está lá dentro) coerentes, lógicas, e também com a genuina intenção de favorecer o clube. Parou a névoa. Lamento que haja pessoas que não vêem isto, e teimam em insistir em coisas absolutamente insignificantes como esta

    http://sporting.blogs.sapo.pt/987141.html

    Eu acho que divisão dentro do sporting é realmente entre gente que está mais preocupada com a fachada, e outra que está mais preocupada com os valores do Sporting Clube de Portugal.

    • Olha eu ia deixar um comentário nesse post que linkas. Mas pensei melhor e … é deixá-los falarem sozinhos.

      Existem coisas ridículas no Sporting pois existem. Quem me dera a mim como Sportinguista que a única coisa a apontar ao clube fosse a cor da camisola e o facto de o presidente aparecer equipado na apresentação aos sócios (coisa que até gostei de ver e acho uma fantástica campanha promocional).

      Há malta que não tem noção da baixaria que escreve sem qualquer fundamento. Por isso é deixá-los falar sozinhos.

      p

  2. Foi, efectivamente, o “Dia Zero” do nosso SCP.
    E não apenas porque, nesse dia e nessa diligência, se decidiu fazer “renascer” o Clube, mas também porque se fez um verdadeiro (e inevitável) corte com o passado.
    Maldita instituição esta que tem ex-Presidentes e ex-Directores que não tiveram nem coragem de comparecer para votar ou, mesmo, explicar as suas razões (se as tivessem) pelo estado em que o Clube chegou.
    Maldita corja covarde que finalmente está fora do SCP!

    Com o aproximar da AG e com as explicações que o BdC dava na comunicação social (ainda não desmentidas cabalmente) sobre o estado do SCP senti crescer a raiva e a vergonha pela forma como o SCP foi tratado ao longo dos tempos recentes.
    Esta Direcção e esta AG serviram como um bálsamo para tudo isto. Estamos a começar de novo.
    E estou fantasticamente optimista quanto ao nosso futuro. E orgulhoso do facto de a Direcção ter conseguido esta oportunidade para salvar o Clube.
    Mesmo que o SCP tivesse de alinhar no campeonato com a Equipe B, por não ter dinheiro para mais, continuaria orgulhoso.

    Caso, como se espera, o SCP consiga reerguer-se e voltar aos seus pergaminhos de Maior Clube Português, a data desta AG será a mais significativa para mim desde aquele célebre dia do ano de 2000.

    SL

  3. Não tenho por hábito recorrer aos exemplos dos rivais. Não o costumo fazer desde logo porque a diferença entre as Instituições não o sugere. Se assim fosse poderia ser de qualquer um. Eu não sou do Sporting porque sim. Eu sei porque sou do Sporting. Como me conheço não poderia ser de outro. Esta é a minha lógica a funcionar dentro da auto-estima.
    Apesar disso, e retomando a questão dos exemplos, gostaria dentro da vossa disponibilidade, que se documentassem sobre o F.C. Porto do pré 25 de Abril.
    Depois sobre a chegada de Pedroto e o advento de Pinto da Costa. Seguidamente acerca do campeonato de 77/78. O resto já conhecem. Está escrito a…dourado…

    E encontrem as diferenças…

  4. Muito bom texto, gostei.
    Felizmente houve uma inversão, tardia mas, vale mais tarde que nunca, em relação a toda a merda feita nos últimos 17 anos.
    Chegou a hora de nos unirmos, cada vez mais, contra os inimigos externos e, os mais perigosos, os internos!…

    SORTING SEMPRE!!!…

  5. Quero acreditar que os sportinguistas esta época vão encher o estádio e apoiar a equipa do primeiro ao último minuto de jogo.
    Só assim toda esta revolução poderá gerar a desejada onda verde que correrá mais uma vez este país numa demonstração de grandeza do nosso grande amor.

    Grande post Leão!

  6. Parabens , Leao de Trsafalgar , pelo teu contributo para aumentarmos ainda mais o nosso sportinguismo. O texto que transcreves exalta aquilo que venho dizendo há muito sobre Bruno de Carvalho e o seu grande sportinguismo: em Portugal há que ter amor à Causa. Seja pelo Pais, seja pela Empresa em que trabalhas, seja pelo Clube que diriges, seja pela familia que amas. Bruino de Carvalho ama o Sporting. E isso desagrada muita gente,

    exemplos: http://sporting.blogs.sapo.pt/ e http://anortedealvalade.blogspot.pt/

    Talvez estes “sportingueiros” achem que isto é mais digno:

    http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://showdebola.pt/wp-content/uploads/2012/12/62109_574015942615028_943006774_n1.jpg&imgrefurl=http://showdebola.pt/a-polemica-e-desastrosa-ultima-ceia-do-sporting-com-godinho-lopes/&h=749&w=960&sz=125&tbnid=lIMl84kjmfigqM:&tbnh=98&tbnw=125&zoom=1&usg=__nCAN5rnFUmDfA9ZdQWSXbZFjag4=&docid=acQVJZfQ2CEyEM&sa=X&ei=vn3VUanNEOaf7Abr-4GgAw&ved=0CDIQ9QEwAQ&dur=0

    VIVA O SPORTING!
    VIVA A PAIXÃO PELO SPORTING!

    • Tens, toda a razão, Converge.
      Simplesmente inqualificável.
      Apresentas um caso mais que acabado de anacronismo. O ” A Norte de Alvalade” faz lembrar o filme “Underground” do E. Kusturika no qual já só meia dúzia de maniqueístas ainda viviam uma realidade imposta.
      Não vivem neste mundo e recusam-se a aceitar a bondade da mudança.
      E depois a forma sonsa como o fazem.
      Deplorável.

      • metem nojo. entao esses gajos do “és a nossa fé” deviam ter vergonha de assinar num blogue com esse nome, porque se há exemplo de fé e devoção no vclube é o BdC. mas estes cabroes nunca se ghabituaram a amar o sporting e confundem aquilo que se passou ontem, que foi uma demonstração de amor e uniao pelo clube com populismo e egocentrismo. se Bruno de Carvalho é populista e egocentismo e se presta ao ridiculo, seja bem vindo. que esse “ridiculo” traga títulos e depois se atinga o ridiculo dos quartins sem graça comemorarem titulos do Sporting de Bruno de Carvalho!

    • Causa estranheza, alguma apreensao até.
      pensa-se “Será que o homem não anda a exagerar, tem noção do ridiculo?”
      Mas depois vem-nos à idéia “espera, isto é normal, isto é saudavel” …”eu já nao me lembro é de ter um presidente sportinguista, proximo dos adeptos em vez de estar num pedestal (que não faz sentido existir, pois o presidente é apenas mais um sócio)”
      Claro que nao gosto de cultos ao homem.
      MAS so lao vao 3 meses, estar reunir a malta do SCP de novo. Vamos aguardar se daqui a um ano com tudo encarrilado estas manifestaçoes se mantÊm, diminuiram ou pioraram

      P.S.: devem ter saudades do afavel educado e com saber estar do JEB a tocar MAÇAROCAS!!!!! num nucleo qualquer (esse qualquer que me desculpe o termo!)
      Está ao nível da CEIA!!
      Há essa cena da ceia está brutal…. o Godinho está é no sítio errado… Ali não é o siti do Judas é do JEsus!!!

      • que fique bem claro: para mim, o ridículo da “ultima ceia” nao é de natureza estética ou religiosa, estou-me a marimbar para isso. o ridículo vergonhoso da “coisa” foi ter sido feita no momento em que o Sporting de Godinho Lopes envergonhava todo e qualquer sportinguista. Isso é que expor o Sporting ao ´ridiculo!

        PS: já agora, o “Judas” da foto curiosamente é um gigante sportinguista: João Benedito.
        Está sentado onde devia estar o Godo.

      • As manifestações de Sportinguismo só têm que se manter, se todos fizermos o que este Sócio nos diz, aguentarmos em nome do Sporting! Mas esse é um recado para os Sportinguistas, não para os “sportinguenses” dos nortes, das fezadas e dos camarotes. Desses já vimos com o que é que (não) contamos… E são tão óbvios e “rediculos” que, a cada post que fazem a destilar gosma para cima do Presidente, menos gente tem paciência para eles ao passo que mais gente admira a postura intransigente e — não me canso de dizer — SPORTINGUISTA de BdC.

        Já agora, com muita pena minha, não fixei o nome do Sócio que fez a intervenção que transcrevi. E asssim não lhe pude prestar o “proper respect” que merecia. Se alguém souber que diga.

    • Eu achei foi uma coisa verdadeiramente genial, o Presidente vir equipado com o Alternativo, assumindo-se perante o mundo como um adepto comum.
      E também acho que é algo de extraordinário que num site supostamente Sportinguista como o “És a nossa Fé” tenham publicado uma opinião tão deselegante como a que se vê aí.
      Enfim, há pessoas que não vêm porque se cegam a si próprias…
      …e o pior é que conseguem influenciar outros.

    • “A continuidade do atacante em Alvalade é nesta altura uma incógnita e a única certeza é que os leões vão ter muitas dificuldades em segurar o jogador face ao forte assédio de que tem sido alvo.”

      Qualquer jornalista de meia tigela pode escrever isto … Não é diferente do que se passava ontem, nem diferente da semana passada ;)

      p

      • Ok, paulo, como o meu pai dizia: “até aí chegava Lopes e era coxo” (expressão que nunca percebi porque o Lopes nao era coxo:P).

        a questão é que…não estou tranquilo. ponto.lamento.

      • Pior é alguns blogs ligados ao Sporting, irem buscar no dia de hoje declarações que o Advogado proferiu ha duas semanas e fora do contecto, como se fossem uma novidade.

    • “Mister”, quanto a isso, o que era para se dizer já está dito: ou renova, ou sai por uma quantia obscena ou fica um ano a engraxar chuteiras na equipa Z.

      Escusam de continuar a dar entrevistas e a escrever artigos, que não há mais nada a dizer. O que há agora é passar das palavras aos actos. E quanto a nós, Sócios e adeptos, aguardemos serenamente. Na certeza de que, desta vez, os interesses do nosso Clube serão salvaguardados.

  7. Boa posta!

    O Sporting está vivo, já está a começar a respirar sozinho e a incomodar muita gente!

    “O caminho faz-se caminhando”, esta é a frase que melhor se adequa ao Sporting neste momento, temos de ter calma, muita paciência, confiança QB (!!!!) e muita ambição de vencer!

    Confio no caminho traçado, é quase de certeza o momento mais importante da história do clube e nós, os Sportinguistas vamos estar a caminhar com o nosso grande amor!!

  8. Farto fiquei eu de durante 10 anos votar contra os sucessivos bandidos que governaram o nosso clube. Farto dos que votaram “pelo seguro” contribuindo para o roubo sucessivo do nosso património. Farto fiquei eu de ser insultado por outros sócios em AGs quando se apontava os erros gritantes de gestão. Farto continuo de quem agora depois de toda a miséria feita com o seu patrocinio se diz farto. Farto fiquei eu na noite em que GL foi eleito com os gritos de alegria de alguns sócios.Quem responsabiliza esses sócios?

    • Responsabilizemos quem tinha a perfeita noção do mal que estava a fazer ao Clube, os godinhos, os nobres guedes, os cristovãos, os duques, os barbosas, os baltazares, os ricciardis…

      Mas quem votou “pelo seguro” no godinho, apenas com o desejo de ver o Sporting campeão, que se responsabilizem a si mesmos, que assumam a asneira que fizeram e agora que apoiem quem realmente está a defender o Clube, penso que não se pode pedir mais do que isso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s