Cissé já faz o gosto ao pé

Fica a minha sugestão para as capas dos jornais de amanhã. Só para não destoar daquele histerismo com o golo do Ghilas, aos pinos holandeses…

Advertisements

70 thoughts on “Cissé já faz o gosto ao pé

  1. Excelentes noticias!

    J Mário: muito potencial, só lhe falta ganhar intensidade e matreirice….

    R Esgaio: repito-me… Vai ser um enorme LD…. Já é um jogador intenso…

    SL

    • Exactamente o que eu acho. É um gajo bom tecnicamente (o facto de não ser excelente, faz-me acreditar que é melhor a LD do que mais subido) e muito intenso. Acho muito sinceramente que mais cedo ou mais tarde pega na nossa lateral direita.

  2. Grande notícia!
    Afinal as nuvens negras dos últimos dias não passam de uma neblina matinal.
    Estes não enganam e não se deixam enganar!

    Força Sporting!

  3. Mais depressa faziam uma capa estúpida do género: illori simula lesão para não renovar!
    Do jogo: patrício jogou o que é um bom sinal; andré martins e capel jogaram bem e cissé e andré santos marcaram (não vi o jogo).

    • Ou então: o CM sabe que os mesmos elementos da juve leo que tentaram raptar bruma, invadiram o treino dos leões e, com o auxílio de um pé de cabra, agrediram o Illori na mão, para que não assinasse contrato com o FCP.

  4. João Mário é classe pura. Qualidade de passe e visão de jogo. Tudo aquilo que o Schaars pensa que é.

    Esgaio é….aquilo que lhe pedirmos para ser. E tem muito golo naquele pé direito.

    Só falta o Iuri, Mané, Ponde e Chaby explodirem na B para termos mais 4 diamantes para mostrar ao mundo. Ontem parece que o Iuri já fez estragos.

    É por isso que tou-me bem a cagar pó Bruma. Quem tem a melhor escola de futebol do mundo nunca dependerá de ninguém. Aposto os meus colhões que, no máximo, daqui a 2 anos outro craque estará a dar cartas na equipa principal.

    • Iuri Medeiros é um jogador com potencial enorme. Nesta geracao da equipa B pode o Sporting estar a oferecer a Portugal a espinha da sua seleccao em 2018.

      • Dos jogos que tenho visto do Medeiros, ele só costuma ter dois problemas, pouca entrega e pouco discernimento, mas nada que não possa ser trabalhado, haja vontade do jogador.

  5. Campo Dr. Américo Couto, Bairradens City!
    1500 (?!) Alminhas para assistir ao desfilar dos mantos sagrados… Passados mais de 20 anos desde a última visita do SCP a este mítico relvado onde já desfilaram grandes craques da 2ª Divisão Nacional e onde agora a estrela é a de sempre… O Leitão!

    11 inicial do SCP:

    __________________Patrício__________________

    Cédric______Fokobo_______Tattoos______Jefferson

    _______________William Carvalho_______________

    _________Adrien__________André Martins________

    ___Wilson Eduardo____Titin______Salomão_______

    Capel entrou para lugar de Salomão;
    Titin saiu para dar lugar a Betinho;

    11 do Tourizense: Sinceramente… who cares!!!

    Análise:

    Patricio: Acordou perto do fim para fazer uma saída a punhos… de resto, não teve trabalho;

    Cedric: Na senda do final da época passada… participou nos lances ofensivos com alguma frequência mas nem sempre assertivo na definição das jogadas;

    Fokobo: Certinho, nada complicativo… marcou presença e impôs o físico. Gostei;

    Tattos: Exibição regular… o adversário a isso obrigou, tal a pouca intensidade que colocou na zona de jurisdição do Rojo;

    Jefferson: Espero não o ter confundido com o Evaldo. Um remate de livre e uns cantos marcados. Fraco a cruzar. Não impressionou;

    William: Muito certinho e posicional a trinco. Voluntarioso, entregou-se ao jogo e ao que este pedia… Não lhe peçam para sair de lá detrás, podem estar a criar um sarilho. Defensivamente esteve bem mas construir o que quer que seja não é para ele;

    Adrien: Lento, sem ideias, não conseguiu fugir as marcações… o que não augura grande coisa tendo em vista que o adversário era da… 2ª B! Nem os ares próximos de Coimbra lhe lembraram os tempos que passou e jogou pela Briosa… Fraquinho;

    André Martins: Tentou mexer com o jogo, muitas vezes fez pressão na defesa adversária em apoio ao Viola… algumas desmarcações mal aproveitadas. O patrão do meio campo? A rever;

    Wilson: O de sempre… não sei o que lhe pesa a camisola do GRANDE mas a verdade é que complicou em muitas jogadas, disfrutou da melhor oportunidade da 1ª parte, isolado por AM mas com tempo para tudo… complicou! Passou toda a 1ª parte a complicar, a esbracejar com ele próprio… Será por causa do contrato? Não sei… mas que não estava concentrado… não estava. perdeu-se muitas vezes na defesa e não achou soluções… ESTE Wilson de hoje não convence ninguém… Nem o Leão à Solta!

    Salomão: Um nó cego num adversário enquanto jogou na esquerda e… só! Mais um preocupado com o contrato?…;

    Titin: Entalado na defesa contrária, no final da 1ª parte apareceu na lateral, com Betinho no meio… muito trabalho mas pouco resultado. Não é a sua praia a posição de Ponta… Mal se viu.;

    Capel: Mexeu com a equipa mal entrou. O Capel do costume… com o que tem de bom e mau… ainda assim, guardou o melhor para a 2ª parte.

    Betinho: Jogou, correu… e mais não deu…

    No plano tactico, reparei na pressão que a equipa procura fazer ao adversário logo na defesa deste, com AM a apoiar VV e Adrien a emparelhar com William. Uma espécie de mutação do 4-3-3 para 4-4-2… a circulação de bola funcionou a espaços. Procura-se levar jogo construído detrás mas de momento a ligação não permite grandes conclusões.

    Segue a 2ª parte…

    11 inicial do SCP, na 2ª parte:

    __________________Boeck__________________

    Cédric______Semedo_______Mauricio______Seejou

    ____________________Deus_______________

    _________A. Santos__________Labyad________

    ___Capel____Betinho______Carrillo_______

    Capel saiu para dar lugar a Zezinho;
    Betinho saiu para dar lugar ao estreante Cissé;
    Cedric deu o seu lugar a Plange.

    Análise:

    Boeck: O trabalho que teve foi a afinar as cordas vocais e a bater papos com “seu” Maurício;

    Cedric: No mesmo registo da 1ª parte. Certinho a defender e a tentar a sua sorte no ataque. Precisa melhorar os centros;

    Semedo: Certinho, nada complicativo… O adversário ajudou. Ele que se deixe de andar no Facebook e que se concentre em jogar à bola… onde está!;

    Mauricio: Como dizem os brasileiros “É o cara”! Já está mais que enturmado, fala com toda a gente, preocupado com o posicionamento dos colegas. Procura ser uma solução e não complicar… Ainda teve tempo de arrancar um jogador pela raiz junto à linha lateral… só para marcar presença. Imperial. Temi pela vida do rapaz de Touriz… Não tendo impressionado, deixou atitude em campo. A rever…

    Seejou: O rapaz procura destacar-se e a verdade é que não sendo um portento, pareceu-me mais certo a atacar que Jefferson. Na defesa, algumas distracções mas que podem ser corrigidas. O brasileiro que se ponha a pau… Seejou quer ser King na lateral esquerda! Boas combinações atacantes, raça e entrega. A rever este… dinamarquês!;

    Deus: Que dizer quando se está na presença desta entidade? Emana carisma, presença… está em todo o lado e não dá um segundo de descanso a quem tem a bola. Foi vê-lo muitas vezes a procurar construir jogo logo junto aos centrais… o mesmo Fito de sempre. Sou suspeito… GOSTO!

    A. Santos: Marcou de fora da área num bom remate depois de alguma pressão na área. Parece mais solto, mais raçudo, promove o choque… perdeu e ganhou lances… Procurou ser o cimento que ligasse a equipa… ainda não é… a rever! Acabou a jogar a LD, com Plange à sua frente;

    Labyad: Alguns bons apontamentos, algumas desmarcações e a tentar fazer o papel de AM. Um ou outro remate e a tentar distribuir jogo mas não foi muito eficaz nesse aspecto. Marcou de penalty. A rever;

    Capel: Mais solto na 2ª parte fez o que quis da defesa e foi nas suas arrancadas que cravou 2 penaltys… um convertido por ele, para delírio da plateia que não se cansou de gritar por ele… no aquecimento, no intervalo, nos penaltys e na saída… Empatia total. Continua a precisar dum colar cervical… para levantar a cabeça. Tem a palavra “mister” Leo…

    Betinho: Pouco se viu. Não há muito a dizer… entregou-se à marcação e de lá não saiu.

    Carrillo: Irrequieto, parece mais solto que no final da época passada. Pareceu mais dentro do jogo e das necessidades da equipa. Cheguei a vê-lo nas duas laterais e ainda a pegar no jogo a meio-campo. Se tiver cabeça, pode ser, de facto, um caso sério… Não encheu o olho mas… a rever (pela atitude);

    Zezinho: Sou fã. Gosto de vê-lo a desembaraçar-se dos adversários que lhe caem encima e sair a jogar. Varias vezes foi à linha e tentou distribuir jogo… Sou suspeito, mas acho que temos ai jogador.

    Cissé: Parece algo deslocado para jogar a Ponta… não me parece que seja a sua praia… mas ainda assim, deu trabalho aos defesas e marcou um golo a corresponder a boa desmarcação pelo meio. A rever… talvez não a ponta mas a extremo.

    Plange: Para mim, a surpresa… jogou a extremo direito e procurou desequilibrar… muitas vezes conseguiu… Gosta de ter a boa e criar roturas. Varias vezes procurou tabelas e desmarcações. Raçudo, correu muito e procurou ser uma ameaça pela direita, tirando alguns centros perigosos e outras jogadas que precisavam melhor definição sua e de quem assistiu. Interessante…

    Resumo: Jogo de inicio de época. Sem grandes ligações entre sectores mas parece-me clara a ideia de acabar com os lances “à Polga” sem meio campo… Precisamos definir o meio campo (ou seja, o 8… pois o 10 parece-me indiscutível que seja AM e o 6 é Fito… ponto!).

    A equipa tipo deste jogo seria, ou seja, os MVP’s para o 11:

    ______________RP_____________

    CS_____Fokobo_____Rojo____Seejou

    _____________Deus_____________

    ______AM____________Zezinho_____

    _Plange______Cissé_______Capel_

    Agora vou mas é comer a minha sande de Leitão e emborcar uma garrafinha de espumoso da Bairrada… coisa que já tou mais que habituado!

    From Bairradens City… th-th-th-that’s all, folks! (Diria um Leitão da zona…)

    • Boa crónica. Não me entusiasmou muito, mas também é o primeiro jogo da pré-época.
      O Adrien não deve gostar lá muito de jogar à bola. Deve ser uma maçada para ele.

    • Pelo resumo, video, foi Carrilo e mais 10 !

      E cheira-me que é o que vai ser esta época, sem reduzir os restantes.

      Acredito que o Wilson e Salomão sintam alguma pressão nesta fase, tanto querem fazer bem que só fazem merda, deviam ficar no plantel.

      Excelente análise do jogo, obrigado Ricardo.

      SL

  6. André Carreira de Figueiredo

    A HUMILDADE DE BRUNO CARVALHO.

    BRUNO DE CARVALHO errou, fracassou, arriscou e a aposta saiu furada. Embora possa ser feita uma analogia com um jogo de Poker, o bluff aqui foi uma aposta que dificilmente resultaria em sucesso, pela simples razão que o “produto” (BRUMA) em questão teria sempre alternativas, e não se pode negociar como Bruno de Carvalho tentou fazer excepto, quando a outra parte está desesperada e sem opções, o que nunca foi o caso para Bruma e a sua “entourage”.

    Bruma é Sportinguista, sempre o foi, conheço o jogador desde o verão de 2006 e sei bem do que estou a falar, mas, acho uma atitude muita feia tentarem aproveitar-se do Sportinguismo de um jovem para o tentar demover das suas exigências, ou seja, quem é Sportinguista é suposto desejar menos do Sporting do que aqueles que não são Sportinguistas? Este aproveitamento não fica bem a ninguém, pelo contrário, na óptica do Presidente do SPORTING, quem é Sportinguista deve ser tratado com mais consideração, até porque há poucos Sportinguistas naquela Academia, como o Presidente sabe ou devia saber.

    Bruno de Carvalho inequivocamente é uma pessoa muito inteligente e muito “esperta”, nesse aspecto os Sportinguistas têm a sorte de o ter como seu líder máximo, mas tem alguns defeitos péssimos, é demasiado orgulhoso, demasiado teimoso e pensa que já sabe tudo, e por vezes esquece-se que o que está em jogo é a gestão da Sporting SAD e não o ego ou o orgulho pessoal do cidadão Bruno de Carvalho, e infelizmente, por mais inteligente e “esperto” que seja, o Bruno tem episódios em que a sua teimosia e orgulho conseguem “subjugar” a sua inteligência e sensatez.

    Bruno de Carvalho tentou o que muitos tentam por estratégia, individualizar, isolar para conquistar separadamente, quis hostilizar os representantes de Bruma mas sem com isso afastar o jogador, mas falhou. Tentou retirar Pini Zahavi e Nir Zahavi da jogada e Bruma “aparentemente” aceitou, depois tentou afastar Catió Baldé e Bebiano Gomes, visando sempre isolar o jogador dos seus conselheiros para se tentar aproveitar do seu Sportinguismo, mas nunca iria resultar, pois o jogador que é Sportinguista acabou por ficar desencantado com o Sporting. No fundo a estratégia de desgastar os representantes de Bruma apenas conseguiu aborrecer o próprio jogador.

    O Presidente tentou “desvalorizar” Bruma, ao longo de quase 4 meses foi adiando algumas reuniões tentando dar a entender a um activo com uma cláusula de 30 milhões de euros que ele não era importante…, não era uma prioridade, que o Presidente da Sporting SAD tinha mais que fazer, tentou efectivamente “diminuir” o jogador, foi distante, algo frio, chegou a ser depreciativo no seu discurso, tudo fez para abalar a confiança do jogador, mas o que resultou, foi que o jogador se sentiu desrespeitado pelo Sporting através da figura do seu actual Presidente.

    Muitos falam de dinheiro, mas o dinheiro é visto de duas formas, quem não o tem quer o dinheiro por necessidade, quem já o tem quer o dinheiro pois encaram-no como um sinal de respeito e de valorização, e aqui creio que se aplica mais a segunda lógica por parte de Bruma, os atrasos, as exigências de abandonar Zahavi, as exigências de reuniões a sós, as exigências de baixar as suas pretensões salariais, o jogador sentiu que estavam a regatear e a protelar excessivamente, essencialmente, ironicamente, sentiu-se mesmo desvalorizado, mas em vez de desanimar, ficou aborrecido, efectivamente, o bluff saiu pela culatra.

    Em vez de isolar o jogador e virar o atleta contra os seus representantes, Bruno de Carvalho apenas conseguiu com que ficassem mais unidos contra a postura do Presidente do Sporting, uma postura dura mas que agora findou o seu prazo de validade, pois as partes estão tão extremadas que o bluff corre o risco de custar 30 milhões à Sporting SAD, uma “brincadeira” muito cara e que é obra da engenharia mental de uma só pessoa, Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho.

    Confesso que vejo tudo isto como um tremendo fracasso negocial por parte de Bruno de Carvalho, que não tem qualquer experiência como “homem forte do futebol” e tentou ser mais “esperto” do que uma “máquina” (Pini Zahavi) com 35 anos de experiência e cujo sobrinho (Nir Zahavi) há muitos anos está no terreno em Alcochete. Mas, há que admitir, Bruno de Carvalho arriscou mas falhou, esperava que Bruma e Catió Baldé ficassem desesperados com o tempo a passar e sem avanços nas negociações e viessem “aflitos” ter com ele desesperados por assinar com o Sporting a “qualquer preço”.

    Sendo realista, a “alavanca negocial” sempre esteve mais favorável a Zahavi e o Sporting perdeu tempo e “leverage” nestes últimos 103 dias da administração de Bruno de Carvalho ao andar a jogar “Poker”, e agora, ao fim de todo este tempo Bruno Carvalho senta-se à mesa com Nir Zahavi mas, senta-se à mesa com menos 103 dias a seu favor (ou quem sabe, com 14 dias já fora de prazo…) e numa posição negocial muito mais enfraquecida, pois não só tem menos tempo, mas perdeu a boa vontade do jogador (que inequivocamente existia antes de toda esta trapalhada) para com o Sporting e um Nir Zahavi mais confiante, pois sabe que o seu adversário não só se “espalhou” mas essencialmente reconhece que se espalhou.

    Pensei que o Bruma estava (e se calhar está) perdido para o Sporting, e eu sou um homem prático, a mim só me interessa que este jogador pode em 1, 2 ou 3 anos valer 30 milhões de euros ao Sporting, isso é que me interessa, não me interessa o ego do cidadão Bruno de Carvalho, não me interessa a imagem pública do Sporting Clube de Portugal, não me interessa a autoestima da massa associativa, só me interessa o dinheiro, pois isto do Futebol há 40 anos que é um NEGÓCIO e só depois é que é um desporto ou um fenómeno social. Como diria o meu antigo professor de Economia há 21 anos, “as contas pagam-se com dinheiro e não com sorrisos”.

    Julgava que tudo estava perdido, pensei que o orgulho, a teimosia e gestão de “marketing pessoal” de Bruno de Carvalho o fosse impedir de agora fazer um volte-face e voltar (enfraquecido) à mesa negocial, mas, aparentemente, Bruno de Carvalho vai colocar os superiores interesses do Sporting acima da sua imagem de “durão” que tem polvilhado as suas intervenções públicas muitas vezes com posturas populares mas irrealistas e com “votos de confiança” a pessoas que não o merecem.

    Esta aparente “humildade” e o reconhecer que perdeu, por esta, eu não a esperava, e aqui, eu próprio faço um “mea culpa”, pois, substimei o Presidente, mas, é uma humildade realista, dolorosa (para o Presidente) mas, que é muito bem-vinda e os Sportinguistas devem dar graças por ela em vez de apenas aplaudirem o seu Presidente quando ele discursa de peito feito. O populismo faz bem ao ego, mas a humildade é um sinal de inteligência, é um sinal que a inteligência afinal é mais forte que o orgulho.

    Bruno de Carvalho devia ser mais contido verbalmente, bem entendo que é importante (inequivocamente) galvanizar a massa adepta e reunir o apoio dos Sportinguistas, mas já em várias ocasiões, a estratégia comunicacional (que me parece demasiado “política”) do Presidente tem condicionado a sua estratégia negocial. Não pode publicamente estar sistematicamente a afirmar que vai ser assim ou assado, pois apenas está a colocar pressão em cima de si e da Sporting SAD, está a tornar inflexível e a condicionar a sua estratégia. Há ocasiões em que é saudável para o bem do grupo que o líder esteja um pouco menos enamorado pelo som da sua própria voz.

    Há que ser mais contido e embora o Presidente represente o Sporting e a sua exuberância faça bem ao ego e à autoestima da massa adepta, deve lembrar-se que o populismo tem a perna muito curta, enquanto o sucesso será sempre lembrado. Que se lembre sempre que fala por todos os Sportinguistas, e quando “provoca” a Banca, os árbitros, o FC Porto e os seus dirigentes, os empresários, os jogadores, os jornalistas, etc está a comprar “guerras” não apenas para ele, mas sim para a instituição Sporting Clube de Portugal.

    Mais contenção no discurso, mais “humildade interior”, menos ego e mais sensatez e acima de tudo, ser mais prático. Há que lembrar que isto é um negócio, há que obter resultados e não estar a tomar medidas populares. A popularidade virá e (permanecerá) quando o sucesso vier e esse dificilmente virá apenas através de discursos empolgantes.

    Repito, ser humilde é sinal de inteligência, a humildade é uma trave-mestra da nossa personalidade e que serve de alicerce para todas as nossas restantes virtudes.

    Um abraço, Presidente.

    “Humildade não é pensar menos de nós próprios, mas sim pensar menos em nós próprios.”
    C.S. LEWIS.

    Texto: André Carreira de Figueiredo

    http://www.noticias-do-futebol.com/content/humildade-de-bruno-de-carvalho

    • Se esse serzinho mesquinho não estivesse já apalavrado e pago desde Dezembro, teria renovado quando o godinho (homem de dar 2 M por ano a Labyad e incontáveis milhões em comissões) o tentou, antes de sair.

      Vergonhosa distorção que vai nesse texto.

    • E o contrato? Alterou-se sozinho?

      A posição de bruma nos contratos, desde que chegou ao Sporting, sempre foi muito nebulosa, muito escura, pouco clara.

    • Foda-se! Há gajos que escrevem, escrevem, e não são capazes de dizer nada.

      Um texto claramente dirigido a parolos que pensam que qualquer cabrão capaz de arrotar uma palavra com mais de três silabas deve saber do que está a falar. E, assim sendo, é um insulto aos cacifeiros, mas não merece mais resposta do que aquela que damos a uma mosca que poisa mesmo à frente da nossa mão e leva uma bordoada.

    • Pois eu li.

      Li até ao 10º parágrafo.

      O parágrafo em que o autor, depois de considerações que me abstenho de comentar, assume inequivocamente o que o move:

      “…não me interessa a imagem pública do Sporting Clube de Portugal, não me interessa a autoestima da massa associativa, só me interessa o dinheiro, pois isto do Futebol há 40 anos que é um NEGÓCIO e só depois é que é um desporto ou um fenómeno social.”

      Porra, palavra de honra, nunca esperei que fosse um lambuças a assumir na primeira pessoa a sintetização perfeita daquilo que foi durante tanto tempo o lema da Corja…

      Só pelo 10º parágrafo, o meu obrigado ao André Carreira de Figueiredo…

  7. David Borges, insuspeito de ser sportinguista, fez há minutos na SICn um análise honesta ao caso Bruma. Foco no aspecto financeiro por parte do jogador e entourage, erros da direcção do Sporting – devido ao arrumar da casa e tantas coisas para resolver – e contrariando as afirmações do jogador que acusa o clube de não o ter valorizado, tendo D.Borges realçado o facto de o Sporting o ter lançado e lhe ter dado visibilidade na Liga.

  8. Não vamos tb nós embandeirar com o golo do Cissé… que quase não foi!! O homem isolado com o guarda-redes já no chão, consegue acertar-lhe com a bola… foi um chouriço!!!! Calma!!! Mas gosto da humildade do rapaz. É meio caminho andado. Para quê não sei, mas é!

  9. Eu vi o jogo no estádio. Tendo em conta o adversário, aqui vai uma pequena análise.
    Primeira parte:
    Sinal mais: Entrega de todos os jogadores; William Carvalho , Cedric, Salomão, Fokobo.
    Rojo, um líder no campo, dá indicações constantemente.
    Sinal menos: finalização; Wilson Eduardo, mostrou-se nervoso. Falhou uma, falhou duas, da bancada ouvia-se o “zum zum”. Insistiu no um-para um, sempre mal. Parece-me com falta de confiança, ou então é o peso da camisola. Adrien, bem na entrega, mal no passe.
    Capel, nem sempre bem, mas mexe (com a equipa e com a bancada).
    Palavra de apreço para o n.º 10 do Tourizense, que não sei o nome, mas que tem “alma” de jogador.

    Segunda parte:
    Sinal mais: melhoria na finalização ( a par com o Sporting, também o Touriz mudou o “onze”, o que ajudou).
    Ruben Semedo, muita calma, cabeça levantada, tempo de entrada ao lances. King, uma agradável surpresa, certinho a defender, toque de bola, boas combinações no ataque, apenas falhou no capítulo dos cruzamentos. Labyad, vontade de fazer bem, mas lento a soltar a bola. Rinaudo, o costume, capitão, líder. Zezinho, um miúdo que me parece ter condições para ser um “faz tudo” no meio campo.
    Cissé, gostei da sua presença, humildade.
    Maurício, marca bem o adversário, mas aplica alguma dureza nos lances. Em 105 jogos no Brasil, viu 43 amarelos. Hoje se fosse a sério, não acabava o jogo devido a duas ou três “traulitadas” das boas.
    Sinal menos: Betinho (esteve pouco em jogo, à semelhança de todos os “pontas”).

    Assim de repente, não me ocorre mais nada, se alguém tiver perguntas, para cá com elas :-)

    PS: Boa presença dos adeptos, da Juve (Viseu, Braga, Coimbra, Mealhada…).

    • Gostas te de ver o Nosso Sporting?

      Eu gostei do teu Post… Obrigado!

      Viva o Nosso Sporting Clube de Portugal!!!! Que é do Cacifo*

      * Caralho

      • Sim, gostei de ver os miúdos a jogar. Parece-me que se está a trabalhar melhor que em anos anteriores. Nota-se mais concentração dos jogadores, naquilo que estão a fazer.
        Mas é preciso continuar o trabalho, sem levantar grandes ondas, deixar a equipa crescer.
        No fim do jogo, gostei de ver todos os jogadores no centro do relvado, a agradecer aos adeptos. E claro, gostei de ver um pano onde se podia ler “Bruma paneleiro, o teu clube é o dinheiro”, afirmação que subscrevo. :-)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s