Gira-discos (porque o estado de alma leonino também se canta)

Com dedicatória especial para o repórter que tentou o trocadilho mais estúpido de que tenho memória e para alguns sportinguistas que ainda devem estar a pensar se podem, ou não, ficar felizes com esta dupla vitória. Vou pôr isto em loop. Sorrir feito parvo. E mais logo, ou amanhã, falamos. Toma, caralho!

Anúncios

96 thoughts on “Gira-discos (porque o estado de alma leonino também se canta)

  1. Grande Sporting! Atitude do caralho destes jogadores, ainda querem gastar dinheiro em contratações duvidosas e dispendiosas para taparem o lugar a estes futuros jogadores?

    Tomem, chupem arautos da desgraça!

  2. O porco do António Tadeia estava com uma bruta erecção quando o Estoril estava a ganhar, mas acabou a ter de a enfiar na própria peida! Foi o jogo todo a meter nojo!

      • Era capaz de jurar que a voz era do monga do Tadeia! Mas sim, esse Nuno Dias (penso que sim) é outro que vive bem a chupar-me os impostos!

      • O Tadeia é dos nossos. Não parece mas é (enfim, quase ponho as mãos no fogo pelo seu sportinguismo). Acontece é que, como muito boa gente, fica a dever um tanto à inteligência. Julga que a objectividade jornalística se comprova com opinião que nunca mas nunca deixa transparecer o mais ténue laivo de sportinguismo.

    • Não era o tadeia pá!
      Era o nuno dias – sim aquele que já foi nosso director de comunicação – e outro merdas qq.
      O tadeia é dos poucos lá que talvez seja do sporting

      • Eles até elogiaram bastante os nossos jovens, pelo que fiquei com a ideia que eram sportinguistas (ao contrários dos habituais comentadores da SIC que só vêm vermelho à frente dos olhos)

    • O Tadeia é tão leão como nós, acreditem se quiserem. Deixem-se disso… Já viram a importância que dão aos jornalistas, comentadores e treinadores de bancada? Não acho que a mereçam…
      Somos (super)campeões de futsal e o que nos interessa mesmo é passar semanas a chorar porque alguém disse que o não-sei-quantos dos lamps é o melhor pivot do mundo; depois vencemos na Taça de Honra, em cheio na peida dos lamps, mas o que nos importa é chorar porque chamaram bipolar ao Fokobo e tentaram um trocadilho com o Luka… Porra, parem lá com isso.

      Sobre esses gajos é cagar e andar e viva o Spooooooooooooooooooooorting!

    • Eles até elogiaram bastante os nossos jovens, pelo que fiquei com a ideia que eram sportinguistas (ao contrários dos habituais comentadores da SIC que só vêm vermelho à frente dos olhos)

  3. O que eu ainda estou a rir… de tanto comentário de MERDA… uma vergonha.
    Mas o que mais vontade ainda me dá de rir… é olhar para os LAMPIÕES… e ver um MELÃO…prestes a rebentar …qual BOMBA-RELÓGIO.

    Vou acistir da bancada… qual fogo-de-artificio… ver esses MELÕES todos a estalar!

      • Eles que se vão habituando a continuarem a ser os hegemônicos do melão e nós como o outro dizia, …step by step iremos continuar a projectar um futuro risonho!

        Não posso deixar de sublinhar que estou agradavelmente surpreendido com este defeso, que grande reviravolta no nosso Sporting, agora é continuar com esta atitude e conseguir meter a bola lá dentro! Há que lutar contra a corrupção doente e vil que por aqui anda há mais de 30 anos a roubar-nos aquilo que por direito nos pertence!

        PS Ainda queriam que continuássemos a baixar as calças para mostrar a peida ao porco do PDC para que ele e sua entourage continuassem a enrrabarem-nos quando quisessem!

  4. Falando jogo: encostar Esgaio à lateral é um castigo; Viola e Nuno Reis aproveitaram as oportunidades; Betinho é um matador e ainda deu show (assistência e passe de letra); Iuri Medeiros renasceu depois da oportunidade desperdiçada (a partir desse momento transformou-se).

  5. os pseudo comentadores e jornalistas já perderam a vergonha, ultimamente já nem disfarçam… tristes digo eu! eu sei bem o que lhes fazia, dava uso ao fosso de Alvalade e punha-os a ver os jogos de lá!

  6. Falando apenas de futebol, há quanto tempo não tínhamos umas pequenas alegrias destas?

    Há quanto tempo não respondíamos com uma vitória tão saborosa a comentários com agenda vindos da comunicação social?

    Há quanto tempo não levávamos uma equipa a outro continente para DIGNIFICAR o clube e sentir que quem joga com esta camisola dá muito por ela e a defende onde quer que esteja?

    Nós apoiamos sempre, em qualquer lado e em qualquer altura. Mas porra, estava a precisar disto. Tenho orgulho nestes miúdos. Muitos deles mais novos que eu, o que é algo a que não estou habituado, mas que defendem o clube que amo e é isso que eu peço.

    Enorme Sporting. Enorme. Hoje há beijinho no símbolo da camisola antes de ir para a cama.

    • Veja você, que este jogadores a maior parte tem mais 1, 2 anos que eu. O chinês que foi expulso tem a minha idade… Impressionante. Espero que a aposta na formação se mantenha porque é assim que gosto do Sporting, não é com internacionais de renome que chegam ali, chupam o dinheiro ao clube e nem a camisola suam. dasse.

    • E sabes de onde vem esta diferença? Se me permites eu respondo-te ;)

      Vem de uma força renovada de sportinguismo, que para mim é muito mais importante do que quaisquer 18 Milhões €

      Viva o Sporting Clube de Portugal, é NOSSO OUTRA VEZ! Chorei…

    • Outubro de 2011… Angola… era o presidente um tal de Engodo!
      Saimos de lá bem dignificados, sem dúvida!
      Agora é ver as diferenças…

  7. Há um exercício simples que pode e merece ser feito.Quem não se lembra das “pastosas” exibições no início da época passada, troféus colombinos e quejandos? Há uma diferença (como diria o outro de triste memória) colossal de um ano para o outro na vontade, garra, velocidade, empenho. Só vi alguma coisa do ano transacto no Jeffren e no Pranjic.

  8. Estes miúdos são valentes. Olhinhos nesta gente, Garden. Mas não vamos embandeirar em arco até porque a bandeira está lá em cima bem tesa. Isso do arco é para paneleiros.

    O Iuri é um upgrade do Messi porque tem os dentes do Ronaldinho.

    Depois de ter visto o Betinho a jogar, o Jardel largou a coca e passou para o cavalo.

    O Vieira olhou para o Fokobo a jogar e riu-se. Hoje está em coma no hospital.

    Quando os manos Eduardo aprenderem aquele movimento dos gémeos do tsubasa, seremos campeões.

    Depois de terem visto o Chaby a jogar, o Xavi e o Xabi Alonso foram mudar de nome.

    Já não temos que nos preocupar com os salários do Jeffren e do Pranjic. Se eles tiverem vergonha na cara, amanhã penduram as botas.

      • O bruma nem sabe ligar aquela merda, pá… o padrinho não lhe ensinou como se faz! Também foi o padrinho que o ensinou a jogar à bola… ahh, não… desculpem… isso foi o SPORTING!

        BRUMA, ESCUTA… ÉS UM INGRATO FILHO DA PUTA!
        ÉS PIOR QUE UM SIMÃO… SÓ NÃO CHEGAS A MONTINHO PORQUE ESSE JÁ TINHA IDADE PARA TER MAU CARACTER!

  9. Palavras do Abel:

    “O jogo de hoje era mais difícil , mas os jogadores estão de parabéns, porque acreditaram até ao último minuto. Eu e os sportinguistas estamos orgulhos destes atletas.”
    (…)
    “Quando representamos o Sporting, temos uma imagem a defender, foi isso que lhes passei. As vitórias trazem mais responsabilidades, mas esta equipa está a aprender comportamentos. É uma extensão para a equipa A, o treinador principal, sempre que entender, pode vir aqui buscar os jogadores que entenda. Temos quinze dias de trabalho e temos de continuar a trabalhar com humildade para, no final, ajudarmos a equipa principal.”

    Palavras que provam que o sportinguismo não precisa de antigos capitães ou nomes sonantes para ser ensinado, precisa é de profissionais bons e dedicados que conheçam exatamente o seu lugar na estrutura em que estão inseridos. Lutar até ao fim deve ser uma imagem de marca das nossas equipas, e se assim for as vitórias são mais fáceis. Com mais vitórias os jogadores acreditam mais nas suas capacidades e crescem mais depressa e mais alto.

    Parece simples, não é?

    • O Abel depois do jogo com o Benfas, referiu que os jogadores não tiveram medo de errar, e é verdade, nós não os vimos a entrar em depressão depois de falharem em situações de jogo, ou a perderem a concentração por factores extras, ou a mandarem vir uns com os outros por qualquer erro posicional, etc., e aqui é que entra o treino sêrio e competitivo, algo que faz com que os jogadores se conheçam a eles próprios mas conheçam ainda melhor os colegas.
      O talento está lá todo, mas para ganharem hoje, porque não era e não é uma equipa do Estoril tosca, tiveram que se exceder, e todos, sem excepção, meteram Alma no jogo, foi a vitória dos exaustivos processos de treino, o processo defensivo, o ofensivo, estava lá tudo, eles nunca abdicaram de jogar em constante apoio, constante passe, constante desmarcação, total entreajuda, cada jogador conhecia as limitações e as virtudes do colega, e foi assim que ganharam, ganharam em equipa, com os sectores todos ligados, existe muita amizade e respeito generalizado naquele grupo.

    • Parece, de facto. E é. Basta perceber o que significa cada palavra do lema do Sporting.

      Quando me lembro que tínhamos uma “estrutura” em que havia quem não o conhecesse, quanto mais percebê-lo…

  10. O Abel é um grandíssimo profissional. Fico extremamente satisfeito em tê-lo na equipa B. Oxalá aguarde tranquilamente pela sua oportunidade porque estou certo que, cedo ou tarde, será o treinador da equipa principal.

  11. Estive em estadio aqui no canada. Grande jogo de fotebol. Ficou 3-3 mas a gente ganhou nos penalidades. O patricio meteu um gol na propria e o filho do presidente fez um golo de levantar o estadio. Depois nao vi mais porque tive de ir no WC e quando cheguei nem um chapeu verde recebi no final. O meu tio Albano pediu 2 porque disse que 1 era para mim mas eles nao quiseram dar. Nao faz mal

  12. A coisa mais gira de ter este talento todo made in Academia, é que basta um serao como o de ontem, com Wilson Eduardo, Chaby, William Carvalho, Ponde, Iuri, Betinho, Fokobo e eu sei lá mais quantos para nos esquecermos todos de um tal de Bruma.

    Bruma esse que, se viu/ouviu o que se passou ontem, só pode estar a amaldicoar o dia em que decidiu entregar os seus destinos a Pinipons, Baldés e Beduínos e a penasr “foda-se! Podia ser eu ali a brilhar com aqueles gajos todos!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s