Pés no chão

«Um resultado positivo como foi o do Arouca é sempre importante para aumentar os níveis de confiança da equipa. Mas temos de perceber que foi só um jogo, foi só a primeira jornada […] O entusiasmo é sempre positivo: os sportinguistas sabem o que prometemos e o que a direcção prometeu. Prometemos em todos os jogos respeitar o adversário com uma ambição de vitória […] A equipa lutou, correu e os sportinguistas querem isso. Não podemos prometer vitórias, mas podemos prometer atitude. É por esse caminho que vamos e esperamos ganhar», Leonardo Jardim.

Anúncios

15 thoughts on “Pés no chão

  1. Cada dia que passa gosto mais do Leonardo Jardim, francamente um treindor de qualidade, a cereja no topo do bolo…. É DOS NOSSOS!

    Em Coimbra não vai ser fácil, mas acho que trazemos os 3 pontos!

  2. “Pés no chão” é o teu título, Cherba, e também o meu apelo. O jogo com o Arouca foi espectacular, saímos todos felizes do estádio, de coração e alma sportinguista cheios, mas é preciso ter muita calma. Seria desastroso, em meu entender, começarmos a achar que isto é trigo limpo, que vamos ser campeões, que vamos limpar tudo de goleada. Hoje sabemos que temos direcção, que temos treinador (finalmente!!!), que temos uma equipa de jovens com atitude e sede de vencer, mas também sabemos que temos uma equipa em construção e que a juventude de que tanto gostamos também pode ter o seu reverso. Vamos fazer o nosso caminho com calma, caminhando, apoiando sempre o nosso grande clube e no final somamos os pontos. O próximo desafio é Coimbra. Bora lá ganhar!

  3. Vou confessar aqui uma coisa. desde há uns para cá que sempre que alguém do Sporting falava para a CS eu deitava mãos à cabeça e pensava (foda-se, lá vai aquele fdp do escritório foder-me a cabeça, qualquer dia dou-lhe uma tromba nova!).

    Agora é um prazer ver um Mister falar do que sabe. Estou tão tranquilo que nem pareço eu!

    PS: sim, um dia avisei o fdp que se continuasse a mandar umas postas de pescada, um de nós vinha embora mais cedo: ou eu despedido ou ele num saco plástico! (true story!). Foi remédio santo.

      • Tadeu, o essencial é isso. mas posso acrescentar outra história:

        – o fdp que falo é raça fodida, passou o ano todo com boquinhas manhosas, que iam ganhar tudo e o caralho a 4, aquela conversa típica de estúpido lampião. Um dia, quando o Vercauteren foi apelidado de “Weired dude” pelo JN o gajo faz um recorte da notícia, sublinha-a a caneta fluorescente e afixa-a no quadro do escritório onde estão informações do trabalho de equipa responsável por um importante estaleiro…

        … nesse dia tivemos uma reunião de quadros intermédios onde se deslocou, também, um quadro superior da empresa. Quando entrei e olhei para o quadro não podia acreditar, o ranhoso fdp tinha ultrapassado todos os limites…

        … a reunião decorreu de uma forma absolutamente normal, apesar de eu estar a ferver, incluindo quando me dirigi ao citado fdp. Depois de toda a gente falar solicitei a palavra…

        … foi aí que lhe disse “caríssimo excelentíssimo sr. dr. eng. se continuar a mandar postas de pescada como esta, um de nós vai embora mais cedo: ou eu despedido ou tu num saco plástico!”

        … naquele momento toda a gente parou a olhar para mim, até que o chefe soltou uma gargalhada! LOL, não me canso desta história.

        … o mais engraçado foi no final da época, a malta já toda com a cabeça nas férias e o camandro, quando se dá o debacle lampiónico… Como é normal a malta discute as razões, à volta da máquina do café ou nos corredores onde se “faz conversa”. Vamos para uma das últimas reuniões, por acaso sem nenhum dos chefes. A malta discursa e, já num tom informal, com a palavra ao meu dispor dirigo-me ao sr. dr. eng. “tenha lá atenção ao peso da sua bagagem, é que com a quantidade de melões que leva se calhar vão-lhe barrar a entrada na alfândega”…

        … uma risota geral! Incluindo outros 2 lampiões que, coitados, também têm de levar com o fdp!

        PS: a piada dos melões entretanto banalizou-se por aqui, mas juro que a reacção foi genuínamente brutal e causou danos!

        PPS: a má notícia é que dentro de poucas horas vou ter de continuar a privar com o citado fdp, espero que agora bem mais manso.

  4. Gosto do Leonardo Jardim, parece um robot, não transmite emoções! Acho que ele vai sair do Sporting pelas razões contrárias dos últimos estarolas que têm estado estes últimos anos à frente da equipa principal de futebol.

    Para mim é daqueles que primeiro estranha-se e depois entranha-se!

  5. Gosto de treinadores que não precisam de estar aos gritos no jogo e depois olhas para a equipa e esta joga a 300 à hora, ninguém relaxa. Significa que o trabalho de os ligar à corrente está todo feito de base, é alimentado durante a semana e ao domingo os jogadores estão loucos para ser lançados na arena. O Leo Garden percebe muito de bola e tem a vantagem de ser, ou parecer, alguém que trabalha mais e melhor que os outros treinadores. Imagino-o doentio de tão perfeccionista no treino e na preparação do treino. O facto de ter uma expressão impossível de decifrar é outra vantagem. So far, so good.

  6. Diogo Rosado é um jogador livre?
    Era um bom reforço. Podia começar na B.
    Pode ser o criativo que falta, ou acrescentar técnica nas alas…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s