O regresso do cachecol à janela

«oh pai, porque é que o Sporting não ganhou?», pergunta-me a minha filha, pela sexta ou sétima vez, depois de eu ter regressado do derby.
E, de cada vez que ela o faz, entro em modo flashback e obtenho duas respostas que me parecem demasiado elaboradas para justificar o empate a uma criança que acabou de fazer quatro anos: o Sporting não soube matar o jogo na primeira parte, altura em que enfiou o candidato balofo no canto do ringue sem saber dar-lhe o soco devido; o Sporting voltou a disputar um derby onde os dois pontos perdidos (sim, perdemos dois pontos) vão direitinhos para a pontuação do árbitro que, a continuar assim, terá um futuro radioso pela frente.

É patético (eu bem sei que seria complicado esperar o contrário) ouvir Jorge Jesus afirmar que o Benfica foi mais equipa. Desde logo porque, neste momento, o Benfica não tem equipa. Tem um conjunto de jogadores com qualidade: uns qualidade técnica, outros qualidade a fazer faltas. Desse mix, que tanto parece agradar ao treinador, resultou um empate que só satisfez a equipa da luz. Pelo contrário, o Sporting mostrou, uma vez mais, um colectivo, uma ideia de jogo e fundamentos na forma como o aborda. Naquele que era apontado como o grande teste à juventude treinada por Leonardo, a resposta não podia ser mais positiva. A primeira parte, então, não podia ser mais esclarecedora: futebol vistoso na forma como encontrou soluções atacantes, mudanças de flanco, posse de bola segura e personalizada. Uma defesa segura e cada vez mais entrosada, com Jefferson a ter maior liberdade para subir pelo flanco (grande jogo do brasileiro, um dos melhores em campo enquanto esteve no seu lugar); um meio campo que deixa rendido qualquer um que goste de futebol (monstruoso William Carvalho, impressionante Adrien com as suas rotações no espaço de uma tampa de esgoto, incansável Martins na ocupação de espaço e tentativa de esticar a equipa); um ataque com um puro craque, Fredy Montero (mais uma batata enfiada pela peida do Tadeia).  Faltou, apenas, a capacidade para deixar ko o adversário, muito por culpa de uma noite pouco inspirada dos extremos Wilson e Carrillo, com este último a conseguir enervar-me a um nível épico. Por tudo isto, o 1-0 sabia a pouco ao intervalo.

Na segunda parte, o adversário entrou melhor, muito por culpa da acção do mais prometedor dos seus ics. Ameaçou uma vez, com Rui Patrício a mostrar o porquê de ser um dos melhores guarda-redes do mundo (aquela mancha a la Schmeichel é brutal), marcou pouco depois, numa bela arrancada, é verdade, mas onde era obrigatório alguém ter medido o pé (sim, Dier, é para ti. Se levasses amarelo levavas, ponto). A nossa equipa acusou o golo e durante cerca de dez minutos desorganizou-se. A entrada, tardia, de Capel (Leonardo, ainda hás-de explicar-me porque razão demoraste tanto a meter o espanhol) agitou a alma do Leão, recuperou o equilíbrio e permitiu ao meio-campo voltar a pegar no jogo, embalando o Sporting para 15 minutos finais onde ficou provado qual das duas equipas estava satisfeita com a divisão de pontos.

Já a caminho de casa, o fm traz-me a voz do «limpinho, limpinho», a queixar-se da arbitragem. Tão típico, que até mete nojo. Aliás, depois da célebre fase que há-de acompanhar este palhaço para sempre, o homem outra coisa não tem feito senão lamentar as arbitragens. Eu sei que o Jesus é adepto da playstation, e por isso consigo perceber que ele considere inexplicável alguém não ter visto o «fora de jogo consolético» no momento intermédio da construção da jogada (e que jogada, meus amigos) do primeiro golo; também sei que terá que conviver com o punho enfiado no cu que foi o ser obrigado a manter Cardozo, daí a insistência em destacar lances onde o paraguaio seja protagonista. Mas esse mesmo punho enfiado no cu, por certo lhe tolda a vista, só o deixando abrir os olhos duas ou três vezes por jogo. Poderia começar pelo amarelo a Rojo, logo aos oito minutos, numa falta que não existe. Poderia falar de mais uma agressão de Maxi Pereira, que foi transformada em cartão amarelo e que mandaria o Benfica para o balneário a perder e com menos um (diz que o espírito do Capela acompanhou o Hugo Miguel). Poderia falar da sucessão de faltas de Garay, Luisão e Matic, muitas delas para amarelo, que não foram sancionadas, ao contrário do desarme limpo de Carrillo, sobre o meio-campo, transformado em falta com que se inicia o golo do empate. Podia falar da dualidade de critérios gritante que saltou à vista desarmada durante o período em que o benfica teve ascendente.

«oh pai, porque é que o Sporting não ganhou?», pergunta-me a minha filha, pela sexta ou sétima vez, depois de eu ter regressado do derby.
Eu volto a explicar-lhe de forma simples. «porque só marcou um golo, amor. Tinha que marcar mais um para ganhar. Assim, ficaram empatados».
«oh… pai e cantaram “tu vais vencer”?»
«sim, cantámos»
«por isso é que te dói a garganta?»
«sim, por isso e por gritar outras coisas»
«Pai, sabes porque é que a força do Sporting é brutal?», diz-me ela arregalando os olhos e pegando-me nos dois braços. «Porque é uma força assim tão grande, tão grande e porque tem poderes!»
Rendo-me à sabedoria infantil. É que este Sporting tem mesmo poderes. O poder de recuperar a magia de Alvalade. O poder de fazer-nos acreditar que podemos ganhar qualquer jogo. O poder de fazer-me ter vontade de prender o cachecol na janela do carro, deixando o verde e branco ondular ao sabor da velocidade, enchendo o olhar a quem quiser ver. E há quanto tempo eu não tinha vontade de fazer algo assim…

Anúncios

302 thoughts on “O regresso do cachecol à janela

  1. Eu penso que mais do que o Eric,o responsável por não ter morto a jogada à nascença foi o William Carvalho. Naquele lance se passa a bola não passa o jogador.

    • A jogada foi mesmo à minha frente e também concordo: o Carvalho vê o Markovic a passar-lhe ao lado e não lhe deu pau. É a desvantegem de jogar com putos. Mas estou muito orgulhoso da nossa equipa.

    • Também fui ao derby, foi a minha primeira vez e para azar fui para perto dos adeptos de carnide, ou seja, detestei. Eles não vêm o jogo, elesnpassam o tempo virados para a bancada a gritar impropérios e fazer gestos. Enfim, é derby.
      Quanto ao jogo, e depois de rever na tv, não há dúvidas que fomos superiores. A primeira parte foi toda nossa, só foi pena depois aquela substituição. .. porque ali era logo carrillo ca fora e capel lá dentro. Mas o treinador também é jovem e todos podemos errar.
      Depois o benfica so teve ali aqueles 10/15 minutos e quando fiquei com a ideia que Merdovik era tecnicista, quando cheguei a casa, percebi houveram duas auto-estradas na defesa. William no golo foi mole e Dier igual… Foda-se, têm de meter o pé.
      Sinto-me orgulhosa da equipa… mas com aquela sensação que deveria ter sido mais.. Bah.

      • Uma vez também estava perto dos lampiursos e, certa altura, o cântico deles era “caralho, caralho, caralho…” (?!?!?).

    • +1.

      Era uma falta bem antes da area (Carvalho), e jogada arrumada. Nao houve, era uma falta ha entrada (Dier) da area (mal menor), quando entro na area o Mauricio devia ter compensado.

      Mas estes sao os erros da inexperiencia, que se vao repetir (cada vez menos). ate serem quase nenhuns ao longo da(s) epoca(s). E o preco da juventude…

      No final fomos superiores contra a “melhor equipa do mundo”, e se o rescaldo dos Derbys sao sempre mais irracionais, e o resultado sabe a pouco, isso por si ja e um sinal positivo.

      Esta e uma equipe em construcao, e de jornada a jornada, parece mais crescida.

      Estou confiante.

      SL

    • Pois é, o William devia ter arrumado o gajo logo ali… e o Dier devia ter feito o mesmo logo depois. Mas aí viu-se a diferença de mentalidade entre os jogadores do Sporting (à excepção do Maurício e do Rojo, diga-se) e os pseudo-estrelas da outra equipa: ou tiramos a bola de forma limpa, ou escusamos fazer falta. Deviam ter quebrado as pernas à papoila saltitante.
      Sabe a muito, muito pouco. Miseravelmente pouco. E tudo porque este Sporting mostra muito futebol. E porque os tivemos no bolso.

      E temos de matar o jogo caralho!!! Foda-se, respeito a mais e a equipas que não o merecem, é meio caminho andado para dar asneira.

      Mas que equipa que é este Sporting!

      • Mesmo assim, a jogada do Markovic não teria existido se o árbitro não tivesse assinalado falta antes a favor do slb naquele corte limpinho do Carrillo…

    • BACK

      O William Carvalho já tinha feito merda antes quando foi infantilmente passado pela Gaitan e que deu origem à falta do Rojo e consequente cartão amarelo.

      • Meu, nao falar dos arbitros e destacar a superioridade no jogo dos
        “putos” contra a “melhor equipe do mundo” seria o normal, caso nao houvesse casos GRITANTES de erros do arbitro.

        E se, o arbitro erra para os dois lados, e se o golo e precedido de fora-de-jogo, e a falta aqui, a dualidade acola. Ate se aceita e faz parte do jogo.

        MAS…. O MAXI NAO PODIA TER ACABADO O JOGO. AGRESSAO E AGRESSAO.

        Acabando com o assunto arbitro.

        Era de desportista dar os parabens aqueles que diziam que iam ser trucidados.
        Ate no flash enterview apos o jogo, tanto o Luisao, como o JJ referem-se (talvez planeado porque o “erro” foi igual), algo como:

        – O Sporting e um grand…errr boa equipa.

        ESTE E O JOGO DA AFIRMACAO DO SPORTING ENQUANTO EQUIPE.

        Saudacoes desportivas

  2. Fazendo uma análise mais fria ao jogo e como Sportinguista penso que o resultado foi justo. Por 2 razões, embora considere que o Sporting jogou mais e melhor que os lampiões, eles tiveram as melhores oportunidades de golo, e por outro lado, embora só na repetição é que deu para confirmar e nem sequer houve protestos dos jogadores benfiquistas, o nosso golo foi em fora de jogo. Nesse sentido penso que foi justo o resultado final. Faltou-nos qualquer coisa naquele período de 20 minutos da 2ª parte em que eles nos pressionaram, mas tirando isso gostei muito do Sporting. SL

    • rp

      essa parte lixou um bocado as coisas ao Leonardo: é que ele sabia que o markovic ia entrar e o benfica ia ficar a jogar no mesmo sistema, mas o gaitan lesiona-se e entra o cardozo, e eles ficam a jogar em 4-2-4 , com igualdade numérica da defesa do sporting com o ataque deles.

      o que o Leonardo tentou fazer com a entrada do Dier foi retomar a superioridade numérica, ficando a equipa a defender a jogar com 3 centrais( mauricio, dier, rojo) e com bola o jefferson avançava para extremo e o rojo encostava á esquerda.

      acabamos por sofrer o golo naqueles 5 min em que os jogadores se estão a adaptar as novas posições.

      • Concordo com a tua análise. Quando disse que acho que faltou qualquer coisa nesse período, não estava a pensar que o LJ tivesse feito asneira.Mas mesmo antes das substituições já os lampiões nos estavam a pressionar. Não entrámos na 2ª parte com mesma concentração competitiva da 1ª.

      • não entraste porque eles também entraram como costumam entrar: a pressionar para tentar resolver as coisas cedo

      • e também se fores a ver, nenhuma equipa aguenta pressionar alto como o sporting fez 35, 40 min da primeira parte, o jogo todo

  3. concordo na generalidade com o que dizes, mas ressalvo alguns pontos:

    1- sim faltaram cartões amarelos pelo menos ao garay e a ao cardozo, e o maxi devia ter sido expulso, mas( embora so se veja na repetição e seja para ai por meio metro), o Montero no inicio da jogada do golo está fora de jogo.

    2- o carrilho saiu com 10 min de atraso e o capel entrou com esses mesmos 10 min de atraso

    3- no lance do golo nunca teria de ser o Dier a meter o pé e parar a jogada, teria de ser ou o William ou o primeiro gajo a ser ultrapassado( não me recordo se jefferson ou adrien), já que o rojo( por estar dentro da área e ter amarelo) e o dier( por estar dentro da área) claro que se encolheram para não fazer penalty

    4- ainda tou para perceber como é que o salvio faz uma entorse no joelho num lance em que ninguém lhe toca e ele torce o pé

    • Fácil. Apoiou mal o pé. Basta ver a repetição. Há gajos que se lesionam sozinhos. Foi o caso. O arbitro, como era tendencioso, marcou falta…

  4. Quem devia ter feito a falta foi o William (inexperiência) e ninguém fala no lance da bola à trave em que o Lima esta offside.
    Grande jogo do Jefferson, do Adrien, Montero e à excepção do lance do golo do William.
    Tivemos azar porque, as lesões tornaram o Benfica mais forte, deu a sensação que Deus quis dar uma lição de humildade ao Jesus…
    Foi um bom jogo, com um grande ambiente e tendo sido superiores colecativamente deveríamos ter matado o jogo quando os encostámos às cordas.
    SL

    • O William tem mais falhas durante o jogo. Lembro-me pelo menos de duas na primeira parte que resultaram em lances perigosos para a baliza do Rui Patrício.
      Acho até que foi o jogo menos conseguido dele. E acho que se deve continuar a apostar nele porque são evidentemente falhas de juventude, como a do lance do golo onde é claramente o elemento que deve fazer a falta, especialmente depois do lampião já ter passado por um.

  5. Pergunto-me se o rodrigo em vez de mandar a bola á trave marcasse a partir de fora de jogo, estariam as galinhas agora a falar de foras de jogo? É que só vi até agora uma repetiçao em camara lenta, aparentemente os erros só contam se for golo.

    E no da jogada na primeira parte em q se isola uma galinha na area pra rematar para as nuvens? nao nasce tambem de um fora de jogo?

    Grande jogatina destes jovens, grande equipa, grandes jogadas e mereciam certamente mais respeito da CS mafiosa.

  6. Faltou-nos claramente maturidade para:
    a) matar o jogo na primeira parte;
    b) não o conseguindo, trancar o jogo na segunda parte.

    Entrámos no jogo deles, do jogo partido, das correrias…

    Mas há esperança no futuro e certezas nesta equipa.

    Sporting caralho!

    P.S.: Todos ao Algarve!

  7. Temos de continuar a apoiar, até ao próximo jogo a comunicação social vai ter envenenar tudo. Mesmo o Carrillo, .merece o nosso apoio, é apenas um miúdo, e casos destes vão acontecer muitas vezes-

  8. Desiludido… com ESTE JOGO!

    O Carrillo desilude-me a cada jogo. Se alguém me diz que este gajo é tão bom como o Carrillo do “ano 0” enfio-lhe um banano que nem sei. Onde raios anda o Carrillo que me empolgou??? DEdidiu mal invariavelmente durante o jogo. Resultado, ou perdia a bola ou abrandava os ataques da equipa. Exasperante!!!

    Não esperava aquele “berro” físico no inicio da 2ª parte. Mas que raios aconteceu? Não foi devido à exigência física imposta pelo adversário. Mais ainda quando tiveram de fazer duas substituições ainda na 1ª parte. Claro que na 1ª o Jefferson ajudou bastante, mas aquele Salvio é das coisas mais estranhas que já vi… Uma teoria da conspiração leva-me a pensar que já vi esta cena. O balneário não está com Jesus tanto como este pensa… Aquilo deve andar pejado de “judas”. É a sensação que tinha…

    Ora, com duas substituições feitas, faltou aqui alguma ratice ao Leo Jardim.

    Faltou-lhe perceber que a próxima carta a ser lançada seria o Asquerozo, que obviamente não teria grande forma física.

    Faltou-lhe perceber que Wilson estava MUITO mais em jogo ( e não fez um jogo por aí além) do que Carrillo alguma vez esteve. Era o peruano o 1º a sair. Sem dúvidas.

    Faltou-lhe pedir a alguém que forçasse pela direita encornada para ver um momento inédito em Portugal: Expulsar o “inexpulsavel” Verrugoso.

    Faltou-lhe substituir o A. Martins pelo Dier, colocando este à frente da defesa, adiantar WC ao lado de Adrien para segurar o melhor jogador dos encornados… Markovic, o gajo que realmente me preocupava porque parece que o tipo com mais futebol nesse plantel. De longe… Em vez disso, fez uma revolução enorme na defesa que desposicionou a equipa o suficiente para tremer nas bases e sofrer aquele golo.

    Faltou-lhe fazer entrar Capel mais cedo para coloca-lo à esquerda e arrancar de vez o maxi do jogo.

    Enfim, faltou um pouco de Leo Jardim. Faltou olho para ler o que o jogo pedia. Quando vi entrar o Dier, pensei que Leo tinha visto bem… Colocar alguém encima do Markovic, e ao mesmo tempo dar apoio ao WC pois este algumas vezes desposicionava-se e abria o centro. Foi por ali mesmo que surgiu a ameaça, e depois o golo. Não foi assim.

    Curiosamente, e nisto, concordo com o Leo Jardim… Faltou alguma “cacetada” aos nossos meninos. Uma coisa que me tinha chamado a atenção nos dois jogos anteriores foi o facto de termos mais faltas cometidas que Arouca e AAC… 11-21 em faltas! Faltaram as faltas para cortar o jogo adversário… faltou a falta que deixou o Markovic ir por ali fora.

    Mais uma vez os encornados não perdem um jogo connosco sem ler nem escrever. Foi preciso terem os azares da 1ª parte para o próprio jogo corrigir os erros de Jesus. Sobretudo, e para nosso bem, ter deixado o sérvio jogar apenas 45min… Enfim, não é só engulhos para o “Reboleira man”… Engoliu um sapo Asquerozo mas teve uma vaca de todo o tamanho, com o jogo a abrir-lhe os olhos… Leite!!!

    Quanto ao nosso banco, constato que temos um banco curto. Pelo menos neste jogo, não havia banco para o meio campo (Magrão afinal, é para que?).

    Enfim, fiquei desiludido com o resultado e com a falta de matar o jogo…

    Por ultimo, fiquei algo desiludido com o público. Houve momentos em que vi a claque encornada a gritar e faltou o “abafanço” com os nossos cânticos. Mais desiludido fiquei ainda quando vi gentes a saltar e festejar no final do jogo…

    Festejar?! WTF!!! Mas o que festejava aquela gente? Um empate mais do que consentido? O Cardozo a fazer de cabeçudo o Jesus??? Foda-se, desculpem se estou azedo demais com este jogo (REPITO: ESTE JOGO), mas… vão festejar pró caralho!

    Este jogo não correu muito bem… não foi um desastre, mas também não teve motivos para festejos.

    O que me deixa descansado, é que estamos no começo duma recuperação dum trauma que não é pouca coisa. E nesse sentido, estou tranquilo… porque acredito que o Leo Jardim percebeu onde errou ele… e os jogadores.

    APOIO O SPORTING!!! Em Olhão, é para somar…

    • Ah, e a arbitragem foi um mimo…

      Falem-me do fora de jogo? Ok, mas se esse era para marcar (e a lei é clara… na dúvida… ataque!), muitos outros ficam por marcar todos os anos.

      Falem-me do colete do Maurício ao Asquerozo… Ok… se marcam esses, não se esqueçam de marcar todos os agarranços na área (Allô, Capela… tás aí??? Lembraste do golpe de karaté do Maxi ao Capel, o ano passado???)

      Fora isto, vi uma protecção desmesurada aos merdas dos lamps! Garay conseguiu acabar o jogo sem amarelos, Matic e Maxi conseguiram acabar mais um jogo sem vermelho…

      • Ó Sampaio vai levar no cu pá! Podes ir para casa que a tua mulher acabou agora mesmo de sair da minha! Fizemos um menage a três com a minha namorada que nem te digo!

      • Triste e desiludido por ter empatado em casa com o 8º da tabela…
        Nota: Tá bem… e tu agora gostas de gajas, desde quando, caralho??? hahahahahahahahahahaha

      • Sabes lá o que é uma “bucetinha”, quanto mais duas!!!

        hahahahahahahahaha…

        tristes estes lampiões que vão “à casa” dos outros porque não tem vida própria e os seus pares cagam para eles. Cura-te, caralho!

  9. Também fui ao derby, foi a minha primeira vez e para azar fui para perto dos adeptos de carnide, ou seja, detestei. Eles não vêm o jogo, elesnpassam o tempo virados para a bancada a gritar impropérios e fazer gestos. Enfim, é derby.
    Quanto ao jogo, e depois de rever na tv, não há dúvidas que fomos superiores. A primeira parte foi toda nossa, só foi pena depois aquela substituição. .. porque ali era logo carrillo ca fora e capel lá dentro. Mas o treinador também é jovem e todos podemos errar.
    Depois o benfica so teve ali aqueles 10/15 minutos e quando fiquei com a ideia que Merdovik era tecnicista, quando cheguei a casa, percebi houveram duas auto-estradas na defesa. William no golo foi mole e Dier igual… Foda-se, têm de meter o pé.
    Sinto-me orgulhosa da equipa… mas com aquela sensação que deveria ter sido mais.. Bah.

    • Uma coisa que detestei no jogo é que o merdas do Cortez acabou o jogo e parece que até fez um bom jogo… por falta de “comparência” dos nossos alas… Por falta de velocidade e/ou criatividade este menino até se benzeu por não ter tido uma noite negra… ele e o fdp do maxi!

      Desiludido com este jogo! Mais uma vez, a sensação que podíamos… mas não fomos lá! PORRAAAAAAAAAAAA

      • Eu disse “até parece que”…
        Com dois laterais de merda, nos tínhamos mais que obrigação de lhes fazer a cabeça em água, pá…

      • Sabes lá o que é uma “bucetinha”, quanto mais duas!!!

        hahahahahahahahaha…

        tristes estes lampiões que vão “à casa” dos outros porque não tem vida própria e os seus pares cagam para eles. Cura-te, caralho!

  10. Somos uma equipa em construção!
    Ontem entramos com 6 jogadores da nossa formação e ainda entrou o Dier…
    Acrescento q Maurício, Montero, Slimani são estreantes mo campeonato luso…. Jefferson jogava no Estoril…
    Para completar Rojo tem 23 anos e Carrillo 22 anos…
    Só o nosso enorme RP tem experiência!

    Temos um plantel com qualidade (não vou sublinha-las), vou fazer o oposto e fazer de advogado do Demo de Dante e expor as q considero as nossas fraquezas.

    Antes vou realçar o bom trabalho desenvolvido pelos nossos dirigentes na resolução de casos complicados… Oguchi, Pranjic, etc… Mas creio q ainda faltam Jeffren, Evaldo, Bojinov e Labyad…. Corrijam-me, PF, se esta afirmação estiver desactualizada!

    Conseguimos vender o Illori por 8,2M€ e ainda recebemos 25% numa futura transferencia… Muito bom!

    Se for verdade q o neblina vai para o Galatassaray por pelo menos 10 M€… Excelente!

    Com este cash (€€€€) a entrar ainda teremos tempo de

    Transferir o Rojo?!?!
    Contratar um central canhoto q seja um verdadeiro patrão da Nossa defesa?!??

    Transferir o Capel pelo valor mínimo de 7M€?!?!
    Contratar um avançado q caia na ala e q seja mesmo incisivo?!?!

    Devolver o Welder?!?!
    Apostar no R Esgaio…

    Já q rescindimos com o A Santos e, na minha opinião, o LJ é q sabe… mas precisávamos de um todo terreno q fosse a sombra do Adrien….

    Agora vamos invadir Olhão!!!!!!

    SL

  11. Faltou agressividade que houve nos outros dois jogos!
    Sempre tivemos mais faltas que o adversário.
    11-21 em faltas! Uma das faltas que faltou, deu em golo…
    Mas, vá lá, acabamos com 11… coisa rara!

  12. Boa 1ª parte do Sporting, que devia ter marcado 2. Na 2ª parte, perdemos o controlo do jogo e os vermelhos marcaram. Lá se reorganizámos, equilibrámos o jogo e pelo que (não) foi feito pelas duas equipas, acho que o 1-1 é justo.

    As fases que não jogámos tão bem, notou-se claramente falta de experiência, o que deverá aparecer com o decorrer do tempo. Mas estamos no bom caminho, claramente!

    Não deixa de ser curioso que após um desastre que foi o ano passado, termos uma equipa que joga organizada e com princípios de jogo bem trabalhados, enquanto os outros se safam porque têm um gajo que finta 2 ou 3 e marca golo, pois de jogo jogado…. muito fracos colectivamente.

    De resto… fiquei um bocado desiludido com o Leonardo Jardim, acho que demorou muito a perceber que o Carrillo foi, mais uma vez, zero. O Capel devia ter entrado mais cedo.

    Continuamos a ser gozados com critérios disciplinares estúpidos, em que parece que a outra equipa tem um conjunto de leis do jogo que se aplica a ela, enquanto o resto joga com as leis normais. Mas isto só se vai resolver com tempo, enquanto ganhamos de volta o respeito que nunca devíamos ter perdido.

  13. Melhorar o nosso deficit de comunicação. Passo a explicar
    -Golo del avioncito fora de jogo VS cabeçada de rodrigo à barra, fora de jogo
    -Penalti sobre cardozo, após lançamento de linha lateral feito à margem da lei
    -Golo do benfica precedido de falta inixistente marcada a favor do slb
    -Dualidade de critérios ENORME

  14. Espectacular post, subscrevo.
    Quando entrou o markovic, (excelente) era o fito que devia ter entrado, ele não tocava mais na bola!
    Após o bettenc e o godinho, temos sporting novamente, assim dá alegria dá esperança, somos sporting, temos poder, como eu costumo dizer dizer não somos os maiores, somos diferentes, e só sabe quem é leão.

  15. Eu não consigo deixar de pensar no lance em que o Montero mete a mão à bola. E o Carrillo logo ali ao lado para fazer balançar a rede…

    Tal como já tinha dito no post anterior, achei que a relva prendia muito a bola, o que nos prejudicou nos contra-ataques.

  16. O “problema” é que com arbitragens como a do capela e do sousa, no ano passado, até já nem achamos muito mau quando existe “apenas” dualidade de critérios. Mas foi mesmo isso existiu e pronto!

    Em relação ao jogo fico com a clara ideia de que este ano temos equipa para andar perto do primeiro lugar, assim nos deixem. É jogar jogo a jogo e ganha-los todos!

    Ah! e continuo a não gostar do Rojo… ontem fez uma bela cagada que deu para o Rui brilhar. Quanto ao markovic… alguém o viu mais depois do golo?

    Z

    • Concordo, que o problema nem é a dualidade de criterios disciplinares e em muitas faltas (as que são marcadas e as que não são).
      Temos de nos mentalizar em ser mais fortes que os bois pretos dos apitadores, ignorá-los já seria bom.

  17. Saí ontem do estádio com um sentimento de podíamos ter ganho. E é verdade, jogámos futebol, coisa que o adversário não fez. Aliás , o benfica veio a alvalade destruir o jogo do Sporting e jogando no erro, nunca futebol puro e atraente.

    Ontem, li aqui um comentário do Ricardo Sampaio , salvo erro, que fazia o hipotético rumo do jogo. E Montero marcou na primeira parte, tendo o benfica empatado e no final da compensação Capel marcava o 2-1. Faltou a ultima parte, e nunca mais chegava.

    Carrillo enervou qualquer adepto, passava pelo o jogador em swalom enorme, grandes arrancadas e depois chegava à área parava e jogava para trás. Raiva. E uma confusão enorme , ao pôr bolas para fora nas lesões do benfica.

  18. 1ª parte bem positiva da nossa squadra.

    Gostei da 1ª meia-hora de Carrillo mas faltou-lhe maior agressividade ofensiva na 2ª parte.
    O “tendão de Aquiles” de Carrillo é a confrontação equilíbriatória da constelação Zodiacal entre o esforço defensivo que faz e o discernimento ofensivo que se lhe pede, os neurónios “cansam-se-lhe” e relembram-lhe aquele cocktail poderosíssimo que drinkou em Malibu.
    A. Martins e Adrien muito bem a estancarem o ataque do Vojvodina e a confundirem Matic mas ficaram a dever ao Montero e aos extremos, 2 ou 3 passes de ruptura em vez de rematarem, mas…pelo menos, tentaram o remate.
    Em suma, acho que os nossos não deram espaço ao Zrenjanin na 1ª parte e tiveram SEMPRE muito mais perto de aplicarem o 2º rectificativo ao Smederevo.

    O relvado estava péssimo, e acredito que com a intensidade que entrámos, o nosso relvado foi o nosso maior handicap…

    Na 2ª parte, por ironia do destino, com as 3 substituições forçadas que o Radnički Apatin teve, o jogo ficou partido aos 50 minutos, a linha ofensiva do Obilić Belgrado transformou-se na versão estratégica mais anárquica que eu alguma vez tenha visto, um mix de um “Bielsa drunfado” com um “Sacchi bezano”…
    Perdemos aí logo o meio-campo, é verdade, os nossos já não sabiam quem é que haviam de marcar tal era a confusão periférica, e aqui é que era OBRIGATÓRIO parar 1 outro lançe em falta.
    O Markovic é bom jogador, mas ele nem em sonhos imaginaria fazer 2 ou 3 slaloms que executou, simplesmente, ninguém se fez ao gajo, deixaram-no passear-se á vontade, os nossos começaram erradamente a defenderem a baliza do GIGANTE Rui Patrício á zona porque os do Čukarički de Napredak pensavam que estavam a jogar ao Risk, o que confundiu momentaneamente a concentração competitiva dos nossos Leões!

    Pensei que Leo Jardim queria meter o Dier no meio-campo, e bem, mas se ele quer metê-lo no lugar do Rojo, NUNCA deveria ter deslocado “este” para o lugar do Jefferson, porque o Brasileiro estava a dar muito boa conta de todo o corredor esquerdo, Jefferson simplesmente desapareceu do jogo.
    É verdade que pouco depois, não mais o Hajduk Kula nos criou real perigo, mas faltou-nos a seta Jefferson a vir de trás para desequilibrar, tanto mais que o jogo estava tão partido, mas não por causa dos nossos…era Leo meter mais 1 no meio-campo para ser resultadista, ou então meter o Slimani para anarquizar ainda mais o jogo.
    Foi uma 2ª parte estranhíssima, e aquele golo dos gajos logo a seguir á substituição decifrou o destino do jogo.
    Como é que o Maxi não expulso, uma tesoura fodida ao Jefferson, e uma 2ª falta completamente ridícula em que se lançou literalmente ao homem, isto a 4 metros da grande área.
    Uma palavra para o discernimento de Montero nos 90 minutos em quase todas as tabelas e desmarcações que fez.
    Fica “aquela” sensação fodida, especialmente depois de vermos a 1ª parte, nunca mais começava a 2ª dizia eu….não soubemos apenas, contrapor o plano anárquico do adversário.
    O que nos lixou, foram as 3 lesões do Carnide….digo eu.

    • Ao William de Carvalho (aka, Bruno de Carvalho para o LFL) bastava-lhe apenas simular um movimento de Kuduro e o Marikovic ia ao chão… em vez disso, fez “pas-de-deux” e lá vai o maricón paara a baliza!
      E assim se “fabrica” um lance “genial”…

      • Nesta situação, a intenção de um “Zézinho abegnado” deverá ser apenas aplicada a um corte profundo pela raiz !
        Imaginemos que se o Marikovic tivesse a cobri-lo, um “Zézinho abegnado”, um “Fokobo ultrajado”, um “Mama Baldé vilipendiado” e um “Semedo sem-medo”, naturalmente que ficaria com a trunfa branca….obviamente que isto pode ter várias interpretações mas não….não !!!
        Apenas realço um pormenor TÁCTICO e nunca TÁTICO…

      • Um “Zezinho” abnegado pode ser uma questão mais técnica que táctica… O “Zezinho” até pode ser abnegado mas se não tiver técnica, vai sempre perder o jogo a “meio campo” e ser vitima da sua própria abnegação, mastigando um jogo que se quer corrido e não pastoso e moído, para gaudio da outra parte interveniente no espectáculo e nunca espetáculo…

  19. É muito triste quando para fazeres um pseudo-crónica sobre o jogo venhas com palavras da tua filha… sobretudo quando ela não deve ter dito metade do que tu dizes! Enfim… manias de lagarto !

    Ontem na ETAR de Alvalade, o lagarto Hugo Miguel produziu um milagre! Fora de jogo não assinalado no 1º do spórdém e um penalty não assinalado ! O ano passado não desceram de divisão porque os árbitros ajudaram os coitadinhos! Este ano e após golearem duas equipas do seu campeonato, o 7º classificado da liga portuguesa foi mantido vivo por 4 bois amarelo-pretos.

    De positivo o facto do spórdém ter jogado com 10 portugueses. Para além dos 6 jogadores houve ainda mais 4 bois preto-amarelos.

    Tudo o resto é retórica de lagartagem asquerosa e filhos da puta. A começar pelo dono do blog!

  20. Resumindo…. Para mim foi uma derrota por goleada, vai levar tempo a digerir. Os putos mereciam mais, o estadio merecia mais, o Sporting pelo que fez e pelo que näo o deixaram fazer, merecia mais. Resta continuar com a mesma atitude e o futuro sera com muita certeza risonho.

  21. Hoje: Supertaça de futsal às 17 H Sporting vs braga (supostamente dá na rtp 2).
    Ps: Niil Plange rescinde com o sporting e deve ir para o guimarães

    • Pena… era para ir ver mas não vai dar! Pelo menos acompanho pela TV…
      O Nii Plange não me deixando chateado com a sua saída, pareceu-me que tinha “qualquer coisa”… Pelo menos que tenhamos % do passe… Enfim, não podemos ficar com todos!

  22. “com este último a conseguir enervar-me a um nível épico”…. e o Rojo indem “”

    De resto um Orgulho Brutal!

    ADOREI A MOLDURA DO ESTÁDIO…. só temos que ser mais convicentes nos nossos canticos… e é quando estamos a ser apertados que necessitamos mais das claques!!!

    Vamos ganhar lá no Galinheiro e este empate fica logo esquecido. ;)

    VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

    • Por alguns momentos pareceu-me que o publico “esmoreceu” quando a equipa mais precisava… pelo menos foi a impressão que tive.

      E a pequena Julia, sempre apareceu? Li algures que sim, que passou o vídeo…

      • Nos últimos 15′ é que o pessoal devia ter puxado mais, estavamos por cima e os gajos estavam todos borrados. O Jesus safou-se, mas lá mais para a frente ajustamos contas.

  23. E vou dizer uma coisa que muita gente não concorda… Mas Bruma nesta equipa era um mimo.
    É o extremo com mais técnica, com mais passes de ruptura.
    Volto a dizer que acho que ele deve renovar e sair daqui a 2 anos por 30M.

    • O problema não é concordarmos… o problema é que não dá para renovar com ele pelas más companhias que tem.
      Sobretudo aquele Babuino que não sei de onde veio, mas que tenho uma suspeita (para não lhe chamar certeza) que foi o Pinipon que o colocou no tabuleiro deste merdoso jogo…

      • Sinceramente estou me a marimbar pra esses dois. Se bruma renovasse ele era do Sporting e a partir daí era como quisessemos.
        A nivel desportivo e financeiro era mesmo muito bom, sejamos honestos.
        O markovic não é mais jogador que ele. Aqueles slaloms vi o bruma fazer vários a epoca passada e na selecção. Para nao dizer que nos faz falta um extremo com essas características.

      • O problema é que por muito que nos “marimbemos”, a verdade é só uma: Bruma está “preso” a esses carniceiros… e se ele não lhes larga da mão, nada feito. No meio de toda esta novela, uma coisa eu tenho “quase” a certeza… bruma já está perdido para o futebol, não pela sua qualidade, mas sim pela nítida falta de cabeça que revela. E se deixa sempre tudo para os outros tratarem enquanto anda encafuado nas playstations, então… Lembra-me um tal de Freddy Adu. Sabes quem era? Sabes quem é? Sabes por onde passou… pois é…

      • Não se pode comparar bruma com freddy addu. Sim, addu era um craque mas lá no país dele. Nunca deu nada na Europa. Bruma já mostrou ter aquela qualidade.
        E depois acho mesmo que não temks ngm como ele, como o benfica não tem ngm como markovic. E nós não nos podemks dar a este luxo, até porque acho que teríamos de comprar um outro extremo. E isto viu se bem ontem
        Carrillo congelou, Capel animou mas falta lhe qualquer coisa, Wilson esteve um pouco apagado e acho que ele é melhor em 4x4x2, perto do avançado, Salomao não tem o andamento do Bruma.
        Sem emocao e sendo racional, Bruma faz muita falta….

      • Ao Capel falta-lhe aquilo que eu digo aqui há 2 anos… um colar cervical.
        Eu não estava a comparar o jogador a nível técnico, mas sim no “brua” que criou em seu redor, que era o novo pelé, blá, blá, blá… Infelizmente, o bruma parece-me que vai ter uma carreira idêntica a este… ou ao Djaló.

    • Por acaso eu achei que o Markovic é um género de Bruma. Rápido e rompedor.
      Mas, enfim, não podemos obrigar ninguém a querer cá estar nem a ser correcto.
      Parece-me que Esgaio pode desempenhar bem esse papel…

      • Esgaio era para ontem… ando a dizer isso desde o final da época passada.

        Carrilho… have no brain. Rojo have no Feet. Capel have no Neck. Sorry mas é verdade!

  24. Resultado justo.
    Oportunidades repartidas.Mais flagrantes as do Benfica.
    Sporting por cima nos primeiros 10/15 minutos e também nos últimos 15/20 minutos.

    Positivo: Montero (inteligência e classe ao serviço do colectivo, bateu-se como um leão, 7 faltas sofridas e mais um golo de excelente execução técnica).

    Negativo: Leonardo Jardim (é o melhor treinador que temos desde o Paulo Bento, a atitude e organização não me desiludiram mas esteve mal nas 3 substituições).

    • Como podes dizer que esteve mal nas 3 substituições se ele conseguiu recuperar o domínio que tinha sido perdido? Teve foi azar em termos sofrido um golo aquando da re-organização…

      • Ok. É a minha opinião de treinador de sofá.

        Na 1ª substituição arriscou ao mexer em 2 lugares da estrutura defensiva (que até se estava a portar bem). Central esquerdo e lateral esquerdo. O Abel hoje, ao intervalo, também mexeu em 2 lugares da defesa mas aí o Sporting estava a perder e ontem estava a ganhar. Curiosamente, no golo do Markovic, ao Dier dava jeito ser canhoto uma vez que se o fosse abordaria o lance com mais confiança (é difícil explicar por palavras, tenta ver a repetição em cãmara lenta). Para além disso o Jefferson (que até estava a jogar muito bem) a médio esquerdo parecia um peixinho fora de água. O azar nestas coisas é como a sorte. Às vezes procura-se. Tirando o Wilson e colocando o Dier fazia mais sentido colocar o inglês ao lado do William, adiantar o Adrien e encostar o André Martins à esquerda (lugar que foi ocupar aquando da última substituição).Ganhavas consistência defensiva sem mexer na defesa.

        Na 2ª substituição tirava o Rojo (já tinha um amarelo), recuava novamente o Jefferson e o Capel entrava para a esquerda (e não para a direita) porque o espanhol apesar de ter um jogo que subverte a noção de colectivo era rapaz para provocar o 2º amarelo ao Maxi.

        Na 3ª substituição era de tirar o Rojo (uma vez que não o tirou na substituição anterior) e nunca o Jefferson (que recuaria para de onde nunca devia ter saído).

        Repito: opinião de treinador de sofá que acha que o Leonardo Jardim é o melhor treinador que temos desde o Paulo Bento.

    • Quanto a mim esteve mal ao tirar o Wilson pelo Dier e por consequência passar o Rojo para lateral esquerdo e o Jefferson para a frente. A partir desse momento perdeu-se o flanco esquerdo. Teria sido melhor, o Jefferson continuar na sua posição e o Rojo ter dado lugar ao Dier, mantendo-se na frente o Wilson e o Carrillo nas alas.
      Depois tirava um deles (talvez Carrillo que só dura 60 minutos) e punha o Capel.

      Mais uma vez, o Rojo está na base dos problemas. Foda-se. O Galatasaray que o leve!

  25. Esvaziada a desilusão por não termos ganho o terceiro jogo consecutivo, por não termos ganho um jogo que estava ao nosso alcance ganhar, e por não termos ganho o jogo contra o clube mais patético e (tenho dúvidas qual é o ovo e qual é a galinha) com os adeptos mais patetas, o que sobra de tudo isso:

    – uma equipa que me devolveu a alegria de ver jogar o Sporting;
    – uma equipa que me devolveu aquela ansiedade que antecede qualquer jogo, e que cresce nos jogos grandes;
    – uma equipa que me faz sentir que um percalço é isso mesmo, um percalço, uma excepção num percurso consistente;
    – o orgulho de ver em campo jogadores que sentem e percebem o significado de vestir a camisola do Sporting, e que independentemente das suas limitações, é no limite destas que jogam;
    – a alegria de ver e sentir o entusiasmo dos Sportinguistas, pela equipa naturalmente, mas sobretudo por sentirem que o Sporting é realmente Nosso, e que isso significa que será aquilo que cada um ajudar a fazer;
    – a certeza que existe um rumo, e que o futuro que esse rumo nos reserva só pode ser Grande, tão Grande como foi projectado pelos seus fundadores e ansiado por todos nós;
    – sobra-me enfim, a saudade desse futuro – algo que não me impede de gozar e apreciar o presente, nem de perceber que esse futuro SE CONSTRÓI PASSO A PASSO, mas me remete para algo invocado num post anterior, e traduzido nesse mesmo post: o Sonho.

    Este Sporting faz-me SONHAR, e esta equipa é uma parte desse SONHO.

    SL

  26. na 1ª parte mandamos nós, na 2ª parte tivemos 20minutos em que fomos muito abaixo ( sofremos aquele golo que não se pode sofrer, porque alguém tem que parar o jogaodor!!), mas a partir da entrada do capel, voltamos a ser mais equipa e empurrar o SLB para a sua área. Gostava de ter ganho o jogo, óbvio!! eles tiveram 3 oportunidades flagrantes e marcaram um golo, nós tivemos, além do lance do golo, mais 3 oportunidades. O que desequilibrou o jogo foi o critério disciplinar ( Leo jardim a mandar a boca no final do jogo qdo disse que o slb tinha sido superior nas faltas…). Maxi, garay e matic não acabavam o jogo. Ouvi ontem comentários a dizer que há fora de jogo no nosso golo….tenho mtas dúvidas. Qto ao lance do mauricio com o cardoso, aquele agarrar do defesa e do avançado é comum em todos os jogos, em Inglaterra deixam jogar.

    Tive uma semana de férias, sem pc e só hoje vim ao cacifo ver os textos….emocionei-me com o video do de francheschi e o do acosta. SCP!!!!!

    SL

    • se vires a repetição do golo antes de fazer o passe para a tabela com o andre martins, quando recebe o passe longo, no momento do passe está ligeiramente adiantado, mas em velocidade real não se consegue ver, apenas com a repetiçao

      • O Filha da puta do Max continua a terminar os jogos como????

        Mas o cú dele está ao serviço dos homens que vestem de preto???!!!! Só pode!!!

    • Essa é que é essa. Lances daqueles acontecem à fartazana em muitos jogos. A diferença é o tratamento que a CS deu ao lance.
      O ênfase deveria sempre ser dado aos lances irregulares que resultam, ou que podem resultar em situações perigosas, e às faltas violentas e antidesportivas, como cortes com a mão.
      O que já é lugar-comum é a dualidade de critérios. E não foi só neste jogo. Os árbitros são sempre muito prontos a mostrar cartões aos jogadores do Sporting. Por faltas de carácacá vão logo com a mão ao bolso, e ao jogo faltoso continuado e violento do adversário fazem vista-grossa.

  27. Telegráfico e (na intenção) cirúrgico.

    Vi um William Carvalho tolhido umas vezes por “nervoso miudinho” outras por excessiva “fleuma”. Aquele passa-lhe, esta tem de ser substituída por maior intensidade.

    No golo do Benfas, o problema do Dier não foi a inexperiência mas a lentidão/falta de velocidade e de rins. Não é de hoje. É um miúdo excepcional, tem inteligência, raça, técnica q.b., mas temo que não tenha o que é preciso para ser “jpgador de eleição”, sobretudo a central (antes de me “vergastarem” confiram o que diz o Jürgen Klopp sobre o futebol actual e o perfil dos jogadores de “top”).

    A falta de rapidez nas transições ofensivas e defensivas do meio-campo “leonino” obriga os extremos – Carrillo e Wilson Eduardo – a um desgaste suplementar. Não admira que “rebentem” cedo na segunda parte.

    Sem o Ilori (veloz desde o arranque como provavelmente mais nenhum jogador em Portugal) nunca poderemos jogar com a linha defensiva muito “alta” e, logo, com os sectores bem juntos. É pena a partida dele tão cedo. Faz-nos muita falta. Se e quando resolver os problemas de concentração (a sua grande pecha), tornar-se-á um jogador do caraças.

    O Bruma teria manifestamente lugar nesta equipa. Até porque, nesta 2ª época, orientado pelo Leonardo Jardim, ganharia a consistência que não lhe conhecemos ainda. Contando-se os verdadeiros trunfos pelos dedos de uma mão, é pena que sejamos forçados a prescindir do Bruma sem termos sequer tirado algum partido do seu talento e, não menos importante, da sua competitividade.

      • Tadeu, essa é das tais frases feitas – como a “os bons jogadores são sempre bem-vindos” – que não (me) diz muito.

        Torci muito o nariz ao ver n prestações do Ilori nos juniores. Pareceu-me sempre um jogador com demasiadas “paragens mentais” para poder ser levado a sério. Mas fui mudando de opinião. Duvido que, nos próximos anos, voltemos a ter central, em potencial, tão promissor.

        E em fundo a minha desilusão com a saída precoce do Ilori e do Bruma exprime um desejo: que possamos tirar o máximo partido desportivo e económico dos “putos” que formamos, vendendo-os como “certezas” e não “promessas” do futebol europeu e mundial.

  28. Temos equipa, aquele golo não se pode sofrer, mas estivemos bem, não vou individualizar.
    Com o andar dos jogos a equipa vai continuar a crescer!
    Grande Sporting!
    Estamos sempre convosco…

  29. Notas soltas:

    – Grande orgulho pela atitude da equipa. Temos o nosso Sporting de volta e disso não tenho dúvidas! Noutros tempos, muita gente acharia que pontuar com os galináceos até podia nem ser um mau resultado (andávamos a perder com tudo o que eram pequeninos), mas ontem saímos de alvaiade com um sabor amargo. Perdemos dois pontos; o benfica ganhou um. Se tivesse que haver um vencedor, só poderia ter sido o nosso Sporting.

    – Ainda relacionado com este ponto, ontem gostei de ouvir um comentador da RTP falar no inferno de Alvalade, referindo que o carnide tem a vantagem (relativamente ao fcp), de já ter passado por este campo sempre dificílimo para os adversários. Lembram-se de no ano passado qualquer equipazeca vir a Alvalade para ganhar? Os tempos mudaram, e de que maneira…

    – Estivemos em peso nas bancadas e quase enchemos o estádio, numa altura em que muita gente ainda está de férias, ou a regressar delas. Grande casa! Ainda assim, em alguns momentos senti que o apoio poderia ter sido maior, ou mais constante. As galinhas cacarejaram demasiado para o meu gosto.

    – Não percebo a fixação com o Carrillo. E, sobretudo, não percebo porque é que o Carrillo é inegociável e o Capel transferível. Ontem, o peruano voltou ao seu melhor: a ser displicente em campo. Ora faz um bom lance, ora se chateia de jogar e faz ronha. Digam o que disserem, acho que este gajo não tem a raça e o querer que deve caracterizar um jogador do Sporting. É virtuoso, é um facto, mas muito inconsistente. Tivesse o Capel entrado antes, ou jogado de início, e outro galo cantaria – é a minha convicção.

    – Não gostei de ver o Sporting trocar um jogador de características ofensivas (Wilson Eduardo, se não estou em erro) por um defesa (Dier). Percebo que o slb estava a ganhar ascendente, mas somos o Sporting e estamos a jogar em casa! Não temos de nos encolher! Estava com o meu pai e, no momento da substituição ele dizia: “ah, mas temos de consolidar a defesa”. E eu retorqui: “Não, temos é de marcar golos!” Ainda assim, não concordo de todo quando se diz que essa substituição foi a causa do golo do slb. É preciso ter palas para não ver que o golo resulta de um lance magnífico do markovic, difícil de travar (só em falta, o que deveria ter acontecido). Aliás, antes da substituição podíamos ter sofrido golo, pelo mesmo jogador, não fosse o nosso Patrício mostrar, uma vez mais, a razão de ser um dos melhores do mundo.

    – Alguém me explica se há alguma regra nos regulamentos que proíba a expulsão do mini pereira?

    – Os números não enganam: o dobro dos remates, o dobro dos cantos (aos seis minutos já tínhamos cinco) e muito mais ataques e posse de bola. Antes, o Arouca e a Académica eram uma merda, por isso é que o Sporting tinha goleado. E agora, o que vão dizer os nossos comentadores relativamente ao baile que demos aos pacóvios, especialmente na primeira parte? Dirão que o super-benfica estava em dia não? Ou que afinal o super-benfica já não é super-benfica? Será que ainda não estão esclarecidos quanto ao valor da nossa equipa?

    Eu estou. Daqui a 15 dias é para pintar Olhão de verde e branco!

  30. Saí todo roto e triste. Este jogo era para ganhar, precisávamos desse tónico.

    Deu-me ideia que a equipa jogou enquanto o público a levou ao colo. Na 2ª parte entrámos apáticos / cansados. Estava tudo a dormir. O espectacular ambiente de toda a 1ª parte nunca mais se viveu na 2ª. Foi pena.

    Sobre a arbitragem:

    O Montero estava atrás dos centrais em fora-de-jogo e vai buscar a bola à frente dos centrais, antecipando-se num lance que acabaria por dar golo. Vai falar-se desse golo o resto da época.

    O Rodrigo recebe uma bola aérea na área que consegue cabecear apenas porque está em fora-de-jogo, tirando partido da sua posição. Cabeceou a bola à barra. Como não deu golo, nunca mais se vai falar disso.

    Conclusão: o Sporting foi beneficiado porque o Montero cabeceia melhor que o Rodrigo.

    • Exactly.
      E o cartão amarelo ao Rojo, logo a abrir. Jogadas depois, o matitche faz uma entrada idêntica e… nada! Quem sabe se sem o amarelo da primeira parte, o Rojo não tinha arreado no Michelmarkovic no seu golo?

      • O Garay fez 3 entradas de pé em riste, por detrás, ao Montero.

        Das 3 vezes o avançado ficou queixoso no chão, sobretudo nos braços. Em nenhum dos lances o argentino foi admoestado.

        Agora joga-se assim?

      • se o rojo tem arreado no markovic tinha feito penalty, é que o rojo não se escolhe apenas pelo amarelo( isso ele fez na jogada em que o markovic se isolou e o patricio defendeu), ele e o Dier encolhem-se também por estarem dentro da área.

        nessa jogada quem devia ter arreado no markovic era o william ou o gajo que foi ultrapassado antes do william

    • Falta dizer que a assistencia para a cabecada do Montero foi perfeita!

      E o passe de primeira do Montero, nessa jogada? E noutras? Na antecipacao, o homem é craque!!

  31. Já viram os jornais de hoje? Não vale a pena, a merda é sempre a mesma. Para eles, os dois lances cruciais foram o golo em fora de jogo e o penalty por assinalar (este último é de bradar aos céus, especialmente vindo de um clube que se prestou a esta merda anos sem conta, com brutamontes como o javi garcia e o luisão nos lances de área). Seja como for, nenhuma referência nas capas à entrada do Maxi ao calcanhar e tornozelo do Jefferson! Nojo!
    A estes tipos eu gostava de perguntar se preferiam ter ido empatados a 0 ao intervalo, mas com menos um jogador.

    • já não é novo: tem 27 ou 28 anos e já tinha estado em Portugal na época 2006/07, na altura fez 6 jogos no Penafiel.

      de qualquer maneira já tinha falado nele logo na primeira jornada aquando do jogo com o porto: foi a primeira vez que vi o Mangala a fazer cargas de ombro a alguém e a ir ao chao e o outro ficar em pé

  32. Fico triste por enganares a tua filha. Quando ela te voltar a perguntar porque é que o Sporting não ganhou, tu diz-lhe a verdade.

    A verdade é que o Sporting não ganhou porque o merdas do Rojo tem que ser sempre titular e prova disso é que o Jefferson que estava a jogar muito bem saiu e o Rojo manteve-se em campo e acabaram os ataques pelo lado esquerdo…

    É um jogador MUITO CARO para ser suplente, e sinceramente acho que ontem foi apenas um dissabor de alguns que poderão acontecer graças ao Rojo.

    O amarelo aos 8 minutos não foi bem mostrado? Foda-se. O gajo entra fora de tempo e à cão, só acerta no homem e não é bem mostrado?

    • Fdx, já cansas… agora a culpa é do Rojo que até é o que tem menos culpa dos 4 que são passados no golo. Deixem-se de ódiozinhos de estimação. É jogador do Sporting, o grande LeoJardim quer pô-lo a titular e nós temos é que o defender e não simplesmente deitar abaixo inventando coisas e pondo o ónus de uma derrota num jogador. Ontem fomos melhores porque jogámos como uma equipa… somos um conjunto, não apenas a soma de jogadores. SPORTING SEMPRE!

      • Porque não dizes, por exemplo, que a culpa de não termos ganho foi do Montero por ter posto a mão à bola quando o Carrillo estava atrás pronto a encostar? Ou porque o Carrillo parou contra ataque atrás de contra ataque ou o William não abalrou o sérvio quando teve hipótese?

  33. O Fernando “Cornudo da Judite” Seara diz que ficou contente porque no fim do encontro chegou à conclusão de que tem equipa e jogadores.

    Que traste do caralho.

    Estiveram 20m por cima. Os miúdos mandaram 60m.

    Eu se fosse ao Seara estaria era preocupado por:

    – Não ter portugueses no 11 titular
    – Não ter a espinha dorsal da seleção portuguesa que o traficante dos pneus disse que ia ter
    – Uma carrada de encalhados na equipa a receberem salários monstruosos
    – Um passivo do caralho que os obrigará a vender mais de metade do plantel, e sem miúdos talentosos no Seixal para colmatar
    – Um plantel fisicamente desgastado, com lesões, onde o salvador é um sul-americano de 30 anos que agrediu o treinador na época passada
    – Um presidente com uma riqueza acumulada de mais de 150M de euros.
    – Uma defesa de 5 homens com média de 29 anos, entre eles um jogador emprestado e outros três que não darão dinheiro ao clube (Maxi, Artur, Luisão).
    – Um treinador cada vez mais criativo: desta vez “não tiveram sorte” como se não fosse preciso lutar por ela para a ter.

  34. Niguem fala/comenta que podíamos ter acabado com o jogo, quando ainda ganhava-mos por 1-0, num cruzamento em que o Montero mete a mão e leva amarelo. É que ele ao deixar a bola passar o Wilson só tinha de encostar

    • Já aqui alguém referiu isso. Neste post ou no anterior. Quem estava nas costas do Montero era o Carrillo (foi o Wilson que cruzou). Foi pena sim senhor. O Montero, infelizmente, não resistiu à tentação.

  35. Pessoal, Ricardo Quaresma pode estar de volta. Ontem assistiu ao jogo nas bancadas e escreveu no seu Twitter “True Love never dies”. Para além disso mudou de agente,era Jorge Mendes mas agora é Lionel Silva que tem vários jogadores do Sporting. Claro, até aqui só especulação mas adorava este regresso. Sei que às tantas representou um rival mas nunca deixou de referir o seu amor ao Sporting e de dizer que era verde de coração, apesar de ter sido campeão europeu pelo Porto.
    Ricardo Quaresma seria um acrescentar de maturidade enorme pelo seu historial como jogador e mesmo aos 29 é capaz de destruir essas defesas manhosas da Primeira Liga. Seria excelente estar perto da juventude como jogador saído das camadas jovens (o mais estrela depois de Ronaldo e Nani) e se abandonou o ordenado chorudo na arábia pelo nosso grande amor, será bem vindo.

  36. O lance do jogo foi aquela mão do Montero… já estava a ver a bola na cabeça do Carrillo. Parece que não, mas são “promenores” que decidem.
    Disciplinarmente, é o que se sabe… ou o benfica acabava com 8 (e ninguém quer isso), ou mal o Maxi fosse para a rua, um do Sporting ia a seguir porque sim.
    Não segui o pós-jogo, mas ainda vi um pouco da cara aziada do Joaquim Rita. Em especial quando um espectador apontou o lance do maxi.
    O Porko hoje vence, e fica 5 acima do Benfica. Bye bye título. Major error renovar com o Jasus. A mesma equipa do ano passado, e não jogam $#(/#/(#. Os jogadores, alguns, desistiram. Pode ser que melhorem, quando souberem de certeza que afinal não vão sair… anyway, todos sabemos que o objectivo do SLB é a championes, por isso nada de mal ao mundo.

  37. Queixarem-se do árbitro num jogo destes, não sei se me dá vontade de rir ou de chorar. Depende do ponto de vista que encaro as imbecilidade.

    Se me disserem que na 2ª parte o Maxi podia ter visto o 2º amarelo, eu até concordo, mas queixarem-se do árbitro é demais. Principalmente num jogo, em que o Benfica faz 3 substituições forçadas, sobre um golo em fora de jogo, e vê um penalti por assinalar a favor.

    Mas apesar de tudo isso, sei admitir que não perdemos por culpa do árbitro, mas sim da nossa fraca exibição.

    Enfim…

      • O que é que o árbitro teve a ver com as “substituições forçadas”?

        Quanto ao golo, existe uma diferença entre “golo em fora de jogo” e “fora de jogo no início da jogada que acaba por dar golo”. Seja como for, teria sido cortada a jogada que acabou por resultar em golo, mas o golo NÃO É em fora do jogo, é limpinho limpinho (só que a sério desta vez). Há uma diferença, que não é pequena, ainda que faças questão de não ver.

        Por fim, e por falar em “limpinho limpinho”, um lance sobre vW na capoeira há uns meses atrás, que de acordo com o teu rigoroso critério seria o 4º e o menos evidente dos penálties que nos foi roubado, foi tal e qual (talvez um pouco mais escandaloso até) este com o paraguaio. Não me recordo do teu comentário indignado na altura, talvez porque só te indignes quando te convém. Deves ter achado então que era um lance normal na área, como há dezenas desses em todos os jogos.

        Mas é como dizes: imbecilidades….

  38. Quero acreditar que este empate foi o melhor resultado para o Sporting Clube de Portugal…Porquê?
    – Pq nunca tivemos a perder com o Sport Lisboa e Belgrado
    – Pq tb nos faz descer a terra e recordar-nos que temos equipa mt jovem c mt experiência para a adquirir (o golo do Belgrado é fruto disso)
    – Pq faz com q saímos do 1º lugar, o q nao é mau – nós jogamos este para entrar na champions, pq para já nao nos interessa nada estar no ponto de mira do “sistema”
    – Pq na paragem agora do campeonato nao vamos ter os nossos jogadores assediados nos jornais a serem picados para dizerem q vão ser campeões ou torna-los pseudo -vedetas
    – Pq mantém o estado de morto-vivo do JJ no Benfas…esperem ate começar a champions e o povinho do Belgrado começar a levar na cabeça
    – Pq demonstra que o 7º classificado do ano passado consegue baixar a crista do SL Belgrado – Triple Mellon

    Em suma , se queria que ganhássemos queria, se este (por mt que me custe) é o melhor resultado “geo-estrategico” é!

    • Concordo em absoluto!!!

      Ganhámos a Supertaça em Futsal!!!

      Lá iremos aplaudir a entrega de mais um troféu ao intervalo do próximo jogo em Alvalade!!!

      Vamos Sporting Clube de Portugal!

      SL

    • Epah deixem-se de merdas….

      O Derby e para ganhar SEMPRE. Ate na taca da honra, ate nos bs, SEMPRE.

      Ah o sistema, a pressao, as ilusoes…. Epah nao me lixes.
      Pressao e de quem esta por baixo. o sistema vai sempre la estar, as ilusoes ficam com quem as tem.

      Em Olhao sao 3 pontos para conquistar. Em Maio fazem-se as contas

      SL

  39. Duas notas:
    Leixões – SCP B hoje às 15h na SportTv Live!
    Onze:
    L Ribeiro
    R Esgaio, R Semedo, T Figueiredo, Mica
    Fokobo, Kikas, Iuri
    Chaby, Betinho, D Salomão

    Alguém sabe a situação actual do Evaldo, Boula, Labyad e Jeffren?!?!

    SL

  40. Sinceramente ainda não sei como é possivel haver gente que diz que o resultado é justo..Levaram um banho de bola durante 70 minutos , tivemos mais remates , mais ataques e mais posse de bola , não me fodam eles tiveram foi uma sorte do caraças..E ainda falam do golo em fora de jogo? O maxi era expulso umas 3 vezes , o cardozo só pela tentativa de agressão era expulso , o matic não sei como acaba o jogo..é sempre a mesma coisa contra estes energumes.
    Tenho orgulho na nossa equipa na forma como jogaram e temos treinador.
    SL

  41. Saí do estádio com um misto de emoções. Alguma frustração pelo empate quando fomos claramente superiores (William tinhas de mostrar a tua fibra ao puto sérvio logo quando ele arranca). Soube a pouco…mas precisamente porque soube a pouco também sinto orgulho e confiança na equipa. Enquanto digeria estas sensações (com uma bifana e uma jola para empurrar) só me ocorria uma coisa…tenho a certeza de que o Sporting ganha o próximo jogo (e o seguinte e o outro a seguir e por aí a fora). Esse sim, é um sentimento que já não me lembrava de ter.

  42. Estamos a perder por 1-0 em Matosinhos…
    Não estamos a jogar bem… Sectores muito espaçados…

    Desculpem a insistência mas
    Alguém sabe a situação actual do Evaldo, Boula, Labyad e Jeffren?!?!

    SL

    • Evaldo muito perto de Guimarães, Jeffren está a horas de ser confirmado no Espanyol, Boula vai rescindir e Labyad se não se resolver é integrado na equipa

    • Evaldo vi ontem no Record (em papel). Ele vai emprestado mas está em fim de contrato.
      Bojinov e Boula a tratar da rescisão, resta esperar estes dias para ver se conseguiram mutuo acordo.
      Labyad vai ser o mais complicado, ninguém quer o rapaz

      • Diz-se que o Ajax e Feynoord estao interessados, mas quem diz sao os jornais… La que ele se ofereceu, ofereceu, mas se nao quiser baixar o ordenado… nao sei quem lhe pega.

        SL

      • Eu estava a ver o jogo na Sky, e mostram a tribuna do Liverpool, e no meio deles estava o Ilori!! Cabrao!

        Estou a ver o Match of the Day – repeticao do jogo – e o comentador a dizer:

        “In the stands today are Victor Moses, Mamadou Sakho and Tiago Ilori, all expecting to complete moves tonight or tomorrow”.

        Nao gramo o Liverpool pela mesma razao que nao gramo o Barcelona – toda a gente os adora e até parece que cagam paezinhos quentes. Entretanto o Liverpool hoje parecia mais o SL e Belgrado a dar sarrafada á laia de um árbitro caseiro. O Barcelona é a mesma merda: amandam-se para o chao e é tudo falta!

        Perdoem-me o desabafo….

        O Ilori e o Bruma estao fora e entram 20 e poucos milhoes pelos dois. Muito bem para esses narizes sensíveis ao contaminado cheiro da li(b)ra. Para mim sao boas vendas porque estavam queimados no balneário e o dinheiro entra fresquinho.

        Voltando ao dérbi ingles, o Nani entrou tarde demais, mas mesmo assim foi o melhor “devil” na 2a parte.

    • espetáculo! conheço o Emanuel, vou às vezes ao cafe da familia dele em Braga. Tenho que lhe dar os parabens. curioso é a dupla que fez com Joao RIbeiro, benfiquista:). com grande galo deve estar o Pimenta.

  43. Eu já previa tudo isto. Nada do que aconteceu ontem me surpreendeu:

    – A atitude gigante com que os nossos jogadores entraram em campo. Gigante de concentração, de maturidade, de garra e de competitividade. Dominámos todos os aspetos do jogo, desde a famigerada pressão alta (eu chamar-lhe-ia “alta asfixia”) aos confrontos individuais, passando pela excelência da nossa defesa, altamente concentrada e a velocidade supersónica dos nossos avançados, com o fabuloso Montero à cabeça (e que cabeça! Jardel, ele ouviu-te!).

    – A enorme solidariedade (única nos últimos 20 anos) entre os adeptos e a equipa. Ambiente assustador para os adversários, e mágico para nós.

    – A consolidação duma equipa que tem tudo para ser dominante do futebol português nos próximos anos.

    – A postura caceteira e matreira duma equipa em fim de ciclo, os nossos adversários, os tais que diziam: “vão levar um banho de realidade” e que, afinal, foram eles que se fartaram de meter água e que andaram 2 terços do jogo a patinar e a ver jogar.

    – Em suma, o que se assistiu ontem tem uma designação simples: foi o embate entre o crepúsculo do fim de ciclo duma multinacional de vedetas (treinador incluído) e a alvorada do nascer dum ciclo de um fantástico grupo e seu líder, o nosso revigorado (para tristeza e azia de tanta tanta gente), o nosso amado Sporting.

    – Mas também ontem, o derby mostrou-nos uma coisa que eu já aguardava: foi, acima de tudo, a pedra, mais uma, no crescimento duma equipa de miúdos que já são graúdos. E como eles são aventurosos e talentosos! Tao aventurosos que, tal como qualquer miúdo que cresce a olhos vistos, esse crescimento às vezes supera a própria envergadura, neste caso a envergadura mental: William Carvalho (soberbo, absolutamente soberbo!) não soube ou não quis, por falta da tal matreirice que é o único capítulo em que o nosso rival nos supera, não soube, repito, travar “acima da lei” o único craque marginal lampião, Markovic. E com isso pagámos o preço de 2 pontos. Mas que melhor jogador do que William Carvalho haveria para errar, senão aquele que tantas e tantas vezes acerta? Tenho a certeza absoluta que, para a próxima, William vai ferrar os dentes e vai ter que se lembrar que para certos talentos como o sérvio não basta ser “limpinho”, não basta ser o jogador que não precisa de recorrer à falta para ficar com a bola. Ontem, a grande lição de William Carvalho é que, às vezes, precisamos de ser “sujinhos”.

    De resto, que dizer mais? Estou comovido. Ganhámos uma equipa. Finalmente! Ganhámos uma equipa! Citando o clássico de Cronenberg, “The Fly”: Tenham medo de nós. Tenham muito medo!

    PS: ainda a propósito do gigante William Carvalho (que ontem foi um dos heróis, a par de Montero e Adrien), um amigo meu benfiquista no final do jogo enviou-me um sms que dizia: “já que põem clausulas de 45M a qualquer um, porque não põem 100 Milhoes ao William Carvalho?” Esse meu amigo chamou-lhe “Boss”. A minha resposta foi: “vai-te habituando.”

  44. off topic:

    pelo que estou a ver no Leixoes-Sporting B, parece que as nossas equipas estao em contra ciclo: os A totalmente consolidados e os B ainda à procura de identidade. Normalíssimo.

    (já agora, Salomao está a jogar…)

  45. O SCP B com as entradas de Ié, Guedes e J Mário e coma subida do R Esgaio para a extrema direita, R Semedo a LD e Tobias F e F Fokobo os centrais a equipa estava a atacar, teve oportunidades mas desperdiçou…
    Aos 78 min o Leixões num lance precedido de falta (mão de um jogador do Leixões) acabou por fazer o 2-0!!!

    Equipa ficou desorientada após o 2 golo sofrido!

    SL

    • sim, mas começo a pensar que o Abel tem que fazer algo para colmatar essas dores de crescimento. eu percebo que o objetivo estrategico da equipa B seja o de lançar jogadores para os A mas convem que estes jogadores comecem a ter cultura de vitoria. uma das razoes porque Dier, Ilori e Bruma pegaram de estaca prende-se com a cultura de vitoria que tinham, a sua competitividade. Eu olho para estes jogadores e parecem-me peixes fora de água. Fazem lembrar vicios antigos (ou recentes): muita posse de bola, muito rodriguinho e depois falta de intensidade e de concentraçao absurdas.Esta não é a filosofia de jogo que se pretende.O Sporting tem uma identidade e os B não estão a engrenar nessa identidade.

      • Tem que haver mais nervo!

        Discutir cada lance como se fosse o último!

        Já ontem no jogo, e com menos de um minuto para acabar os 2′ de compensação a equipa verde branca, estranhamente, trocou a bola em vez de, aí sim, mandar bolas a pingar para a área das ‘galinholas’…

  46. Os B hoje não jogaram um caracol. Não foi um jogo conseguido. Existiram ali vários (até demais, mesmo) momentos de desconcentração que já nem nos júniores deviam existir, quanto mais na B.

    Mas estão ali excelentes jogadores, o que não se compreende esta prestação fraca nos jogos fora: Esgaio, Semedo, Tobias, Fokobo (embora eu prefira vê-lo jogar no meio-campo), Chaby… estes considero-os matéria muito interessante. No entanto, também estão ali outros que não os vejo com “arcaboiço” para jogarem no Sporting.

    Notou-se ainda perfeitamente que a entrada (tardia) do João Mário mexeu logo aquilo tudo. Não sei se o rapaz não se enquadra melhor na equipa principal no lugar do André Martins. Tem talento puro no passe e na visão de jogo ofensivo. Precisamos disso. O homem é o pêndulo do meio-campo e sente-se logo a ausência dele quando não joga.

  47. Saiu o Ilori, resta saber se é vendido (i) Patrício (ii) Capel (iii) ambos. E o que sucederá ao Bruma.

    O resultado contra os milhafres foi desanimador, atendendo à (grande) qualidade da 1ª parte. Mas suponho que são as “growing pains” de um clube a “reerguer-se”…

    Frente ao primeiro adversário “a doer”, mostramos que já temos uma equipe para lutar em todos os jogos pela vitória.
    Nesta semana que se aproxima (fecho de mercado) saberemos quais os jogadores que ficam. E há que definir eventuais alterações no onze.
    Quem sai para o entrar o Dier? A aposta no Carrillo e no Wilson é para manter, quando há Capel no banco? Slimani será eterno suplente ou episodicamente arrisca-se um esquema com dois avançados? Haverá alternativa para o André Martins?

    Para mim, o grande destaque do jogo foi o Montero, Tem técnica, oportunismo e sempre que pode tenta o remate. Temos avançado. Poderia era ser melhor apoiado.

    SL

  48. Bruma certo no Galatasaray

    Por Redação

    Negócio fechado. Sporting e Galatasaray acordaram este domingo, em Lisboa, a transferência de Bruma para o bicampeão turco.

  49. Negócio fechado. Sporting e Galatasaray acordaram este domingo, em Lisboa, a transferência de Bruma para o bicampeão turco.

    Ao que A BOLA apurou, o negócio vai permitir um encaixe na ordem dos 12 milhões de euros à SAD leonina.

    Bruma tem à sua espera em Istambul um contrato válido por cinco temporadas.

  50. com esta saída espero que entre um extremo de qualidade acima da média.
    eu acho que o bruma vai fazer muita falta… não é o salomão, digam o que disserem, que vai servir para alguma coisa
    espero que isto signifique ao menos reintegração do labyad. falta claramente, e ontem viu-se, um jogador capaz de desequilibrar e de jogar no um para um (para além do carrillo que teima em ser um jogador intermitente). e que tenha faro de golo.

    falou-se no quaresma e isso poderia ser uma excelente noticia.

    espero que o negocio do bruma tenha envolvido uma clausula à insua.

    o plantel está forte e equilibrado mas falta esse jogador “especial” capaz de mudar o jogo de um momento para o outro

  51. Até costumo estar muito de acordo contigo Cherba, mas desta vez há 2 pontos em que não concordo:

    1- William devia ter matado a jogada e não Dier.
    2- O amarelo ao Rojo é bem mostrado.

    De resto, concordo. Podíamos e devíamos ter matado o jogo. Convém relembrar que o podíamos ter feito pelo Carrillo, não tivesse o Montero metido lá a mão. Acho que foi a única coisa que não gostei de ver na exibição do Colombiano. Carrillo fez-me lembrar o Carrillo da época passada, Wilson mostrou pouco, mas de resto a equipa esteve à altura. Também sou da opinião que o Slimani podia ter entrado mais cedo para mexer com a defesa do Benfica. Eles metem Cardozo, nós respondíamos com Slimani e fazíamos recuar Adrien, mas isto é só a minha posta de pescada.

    SL

  52. Xau, xau Bruma prá Turquia, sim senhor que rico futuro vais ter rapaz….que enchas os bolsos de dinheiro para o resto da tua vida.
    Bom negocio para nós !!

    SL

  53. Epá, estou só à espera do comunicado oficial do Sporting sobre o neblinas para abrir a garrafa de champanhe! 12M por um monte de merda é o negócio da década!
    Só não gostei daquela parte da notícia que diz que os turcos também querem levar o Capel…

  54. Há uns anos atrás o Villareal ofereceu €15 milhões pelo Djaló. Recusou-se porque se pensava que o jogador ia evoluir e superar esse valor. Enganamo-nos.

    Espero desta vez não nos enganarmos e daqui a uns anos quando olharmos para trás possamos dizer “ainda bem que conseguimos vender o Bruma por €12 milhões”.

    • Com o ordenado que o Quaresma deve querer mais vale ficar aproveitar o Jeffren ou o Labyad. A não ser que o Salomão surpreenda, mas com a amostra de hoje na equipa B não me parece. Entretanto também já se falou no Bebe, mas este a vir que seja por empréstimo com opção de compra e não a título definitivo.

    • O Quaresma? O homem está em fase descendente há muito tempo.

      Vem para fazer o que? Ensinar os mais novos? Pode ser sportinguista e vir de uma família de sportinguistas mas nao quer dizer que traga algo de útil.

  55. Fui só eu que entrei no estádio e vi as cadeiras listadas verdes e brancas? Por um momento o estádio pareceu tão mais bonito do que aquelas cadeiras arco-íris… Só depois é que reparei que eram cartolinas… Mas deu-me esperança que no futuro tenhamos cadeiras das nossas cores

  56. Grande negócio?
    Eu não acredito nisso!
    Este puto tem valor e vai mostrar isso onde quer que seja! Arranjarum jogador da qualidade dele com esse dinheiro não me parece viável!
    Quero ver uma próxima entrevista do BDC a explicar os contornos deste imbróglio para vereficar se concordo com a venda porque à primeira mão parece um péssimo negócio.
    Gosto de vender jogadores de merda por bom dinheiro e não o contrário!
    Quanto ao Djalo para mim esse nunca me enganou e não é comparável ao Bruma embora gostasse de estar bem errado.
    Veja-se as declarações aqui à uns tempos do Jsesulado sobre o Bruma dizendo que “ia ser um caso sério”. O filho da puta era o “manager” e meteu-o sem o ter devidamente com um contrato como deve ser devia era também ir a tribunal responder por gestão danosa também além do fdp do Godo.

    • Receber 12 mi de euros por um gajo que não quer renovar e não se apresenta no clube e que, daqui a 4 meses, assinaria por outro clube, sem o Sporting receber um tostão é um mau negócio???

  57. Tava a ver o fcporcos e, mais uma vez, os comentadores/realização ignoraram o facto de Jackson empurrar pelas costas o defesa do Paços, obtendo assim posição para cabecear e marcar o 1-0 !!!!

    A Sporccv mete-me NOJO!

  58. O fdp do Jesualdo fodeu-nos as melhores promessas Bruma e Ilory e não foi o Dier por acaso. Veja-se agora a equipa B que ficou com a base do ano passado, quando o ano passado começou sem base nehuma e faz resultados de merda. Veja-se o ano passado quando sairam estes três os resultados que a equipa B começou a fazer. Estes 3 tinham e têm muito valor e quem se fodeu fomos nós que poderiamos fazer muito mais dinheiro e ainda tinhamos os dividendos desportivos. Aguém tem que pagar a fatura não pose ser sempre o SCP por incompetência como aconteceu com o Futre, Figo, Ronaldo…só para dizer alguns. Eu quero é vê-los jogar até que sejam vendodos por pelo menos 40 milhões e aí já digo sim assim vamos longe porque estes têm valor para ser vendidos sim mas não é quando ainda mal colocaram o pé na equipa principal. Já estou farto desta merda.

  59. DESCUBRAM AS DIFERENÇAS:

    “Emanuel Silva e João Ribeiro sagraram-se este domingo campeões do mundo de K2 500 metros, em Duisburgo, na Alemanha, garantindo o primeiro título mundial na história da canoagem portuguesa.

    A dupla portuguesa conquistou a medalha de ouro ao terminar a prova em 1.32,662 minutos, superando os bielorrussos Raman Piatrushenka e Vadzim Mkhneu (1.32,711) e os franceses Sebastien Jouve e Maxime Beaumon (1.33,023), medalhas de prata e bronze, respetivamente.

    Trata-se da quarta medalha de Portugal em Campeonatos do Mundo, a primeira de ouro.”

    Qual é o clube destes dois atletas? Ninguém sabe. Nem interessa. Quando representam a selecção não há clubismos. Pois bem…:

    “A portuguesa Telma Monteiro conquistou este sábado a medalha de bronze na prova de -57 kg do Masters de judo, que decorre na cidade russa de Tyumen.

    Tela Monteiro começou por vencer a norte-americana Marti Malloy, vingando assim a derrota na ronda inaugural dos Jogos Londres2012. Na segunda ronda, acabou por não conseguir desforrar a derrota diante a francesa Automne Pavia, líder do ranking mundial, na meia-final do último Europeu.

    Repescada para um dos dois combates de atribuição do terceiro lugar, a judoca do Benfica acabou por se superiorizar à japonesa Anzu Yamamoto, campeã mundial de juniores de 2010 e subir ao terceiro lugar do pódio, ao lado da romena Corina Caprioriu, vice-campeã olímpica e campeã europeia de 2010.

    Este foi o terceiro pódio de Telma Monteiro no Masters, depois de ter sido campeã em 2011, em Baku, e vice-campeã, em 2012, no Cazaquistão.”
    (link: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=404390)

    Ah, aqui já é a judoca do Benfica? Deve ter sido um acaso…

    “O português Nelson Évora classificou-se esta quarta-feira na segunda posição na prova de triplo-salto do «meeting» de Huelva, em Espanha.

    O atleta do Benfica registou 16,23 metros, marca abaixo do que registou no passado domingo, em Lisboa, na prova que marcou o seu regresso à competição após ter sido operado à tíbia.

    Em Huelva estiveram mais portugueses, com destaque para Salomé Rocha, que venceu a prova dos 3.000 metros obstáculos, com 9.54,36 minutos.

    Hélio Gomes foi quinto nos 1.500 metros, com 3.37,50 minutos, marca que constitui recorde pessoal e que deixa o atleta a apenas 50 centésimos do mínimo para o Mundial de Moscovo.

    Bruno Albuquerque foi nono nos 5.000 metros (13.57,68 minutos), Alberto Paulo 11.º nos 3.000 obstáculos (8.33,09), Ricardo Lima segundo nos 400 barreiras (50,65 segundos) e Sandra Teixeira quarta nos 1.500 (4.18,25). Susana Costa foi 3.ª no triplo com 13,84 metros, contra 13,77 de Patrícia Mamona, 4.ª classificada. O júnior Vítor Santos registou 47,21 segundos nos 400 metros.”
    (link: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=408264)

    I reste my case.

    • Diogo, concordo com o que dizes e no passado este tratamento desigual tem sido gritante… mas neste caso, teremos pouca razão de queixa porque o joão ribeiro é (segundo sei) atleta do benfica.

  60. Aspecto positivo:
    – Jogadores estavam contrariados e não queriam jogar pelo SCP;
    – Com apenas duas vendas o SCP preenche o orçamento para toda a época;

    Aspectos negativos:
    – No aspecto desportivo, eram jogadores que fazem falta “em campo”;
    – Eram, dos jovens, os jogadores mais “vendáveis”. Necessário dar minutos a outros.

    SL

  61. Alguem tem a gravação do jogo que possa disponibilizar? Lá no serviço há um caramelo lampião que só vê com as habituais palas e de certeza que durante esta semana vai ‘chorar’ porque o glo fora de jogo isto, o penalty aquilo e dos outros casos… no pasa nada, claro…
    Queria confrontá-lo com as imagens…

  62. Sobre o jogo acho que já todos disseram o que havia para dizer. Longe de desanimar, as lambisgóias lá conseguiram empatar.

    Eu destaco o ambiente espectacular no estádio, o apoio incondicional á equipa, os papeis verdes e brancos que fizeram esquecer, por momentos, as cadeiras aberrantes, a sonoridade impressionante do nosso estádio, um “elemento” que devia ser mais aproveitado.

    Enfim, mau, só o resultado.

    P.S. – Olhão e Rio Ave |= 6 pts

    SL

  63. Espero também que com a saída de Bruma que o Baldé não volte a por o cu em Alcochete.

    Acabe-se de uma vez por toda com os negócios com essa escumalha.

  64. Bem, nem acredito no que o Sistema está a fazer… Por favor gravem este jogo do gil vicente x braguilha…

    É mais uma vergonha À “Ali Bábá”…

    2 expulsões ridiculas… Enfim, o costume…

    Mas o mais importante para o Sistema é que o clube dos corruptos joga com o Gil Vicente na próxima jornada, vai daí era um 2-1, ajuda-se o braguilha (coitadinhos) e depois o fcpê tem o jogo mais facilitado… Dassss Investiguem esta merda toda, desde o sorteio, Às nomeações, aos relacionamentos destes árbitros..fodassssssss… Isto tem de acabar!

  65. Outro assunto. O Tobias Figueiredo está a ter uma transição para o futebol de graúdos bem difícil. Faz tantas mas tantas asneiras de principiante. Não esperava isto dele. Faço votos que sejam apenas “dores de crescimento”.

  66. Precisamos de mais um ala partindo do pressuposto q o Neblina foi mesmo vendido por 12 M€?!?!?

    Carrillo, W Eduardo e Capel suficientes?!?!
    D Salomão para jogar mais na B sendo só alternativa, ie, só em caso de castigos/ lesões ?!?!

    Quem gostavam de ver?!?
    Quaresma?!?
    Bebe?!?
    H Barbosa?!?

    SL

    • O Helder Barbosa foi emprestado ao Almeria. Seria uma boa opção no final da época caso não tivesse já renovado com o Braga.
      Para vir o Quaresma mais valia aproveitar o Labyad ou o Jeffren.
      O Salomao pelo que se viu hoje nem para jogar na B…
      O Bebe podia ser uma opção mas só vindo por empréstimo com opção de compra, pois assim mesmo que corresse mal só se perdia um ano de salários.
      Caso o Capel fique penso que a melhor opção é não comprar mais ninguém até porque no final da época há-de regressar o Viola (que pelo que se viu nos poucos jogos que fez joga bem é a extremo) e o Esgaio já deve estar no ponto para vir para a equipa A.

      • O Viola não joga bem nem a extremo nem em lado nenhum. O Helder Barbosa? F###-se… porque não o Ukra ou o Rabiola? O Bebe? O 8 miliion dolar man? O Mendes que vá fazer dinheiro para outra freguesia. O Cigano seria bem vindo, de viesse jogar futebol.
        Entretanto, parece que o Bruma está entalado (o negócio, diga-se).

    • Iuri Medeiros e Ricardo Esgaio.

      Na pré-época gostei do Plange como extremo, mas nem na B joga. Que se passa?

      O King também mostrou serviço como extremo o ano passado, na B, mas também está desaparecido.

      • Mas o Emanuel é, por isso deixa estar :)
        O outro também tem o seu valor, e só nos fica bem apoiar estes atletas (ao contrário de outros que só se lembram das “amadoras” quando ganham qualquer coisita e o futebol não ajuda)

      • Tinha mesmo a ideia que os dois seriam do Sporting, é o que dá comentar de cabeça… mas parabéns ao Emanuel e á modalidade e …obrigado pela correcção.

        SL

      • Lol Afinal os nossos vizinhos também praticam essa modalidade…
        Pensei que não. Têm-se ouvido tantos comentários jocosos desde que o Emanuel passou a representar o Sporting…

  67. Sabes porque não ganhaste???
    Porque uma equipa constituida por Cedric, Wilson Eduardo e Wiiliam Carvalho NÃO PODE GANHAR a uma equipa com
    MARKOVIC
    GAITAN
    MATIC
    GARAY
    etc, etc

    SIMPLES!!!!

    E, mais uma vez, podem agradecer ao árbitro não terem perdido,
    Esses tais 15 minutos finais que falas, aconteceram por uma dualidade de critérios incrivel do HUgo palhaço Miguel

    • Não ganhamos porque o Hugo “palhaço” Miguel não expulsou como devia as tais “estrelas cintilantes” garay, maxi e matic, marcou todas as faltinhas ao Sporting, não marcou faltas evidentes ao carnide, no lance do golo do carnide marcou uma falta inexistente… Etc, etc, etc…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s