B de bom

Luís Ribeiro, Ricardo Esgaio, Tobias Figueiredo, Nuno Reis, Piris, Kikas, João Mário, Filipe Chaby, Carlos Mané, Diogo Salomão e Cissé.
No banco, Mickael Meira, Iuri Medeiros, Cistian Ponde, Edelino Ié, Alexandre Guedes, Samba e Riquicho.

É impressão minha, dada a minha clubite aguda, ou há equipas na primeira Liga que não se importavam nada de apresentar esta equipa?
Já agora, foi impressão minha ou o Cissé marcou um golo do Cacifo e teve vários pormenores de ponta-de-lança?

Advertisements

23 thoughts on “B de bom

  1. Muitas equipas da 1ª liga adoravam apresentar este 11 e este banco. Com sabedoria (e com calma, caros Cacifeiros) temos aqui matéria prima para muitos e bons anos.

    Disse no post anterior e repito. Esta passagem pela B está a fazer bem a Cissé, parece mais solto e mais confiante. O resultado é a excelente desmarcação (grande passe já agora, quem foi que fez?) e uma calma olímpica na cara o redes adversário.

    Ainda bem que o miúdo não encarou esta passagem como um castigo mas antes como uma oportunidade, aqui entra o excelente trabalho que Leão Jardim deve ter feito, bem como do Abel. Fossem todos os casos encarados da mesma forma!

  2. Acho que não é caso para tanto.

    Quer equipa quer muitos jogadores já demonstraram, nomeadamente nas 3 derrotas fora, que lhes falta um longo caminho quer para serem uma equipa madura, quer para serem jogadores para a equipa A do SCP.

    • Meu caro, se estavas á espera de ver estes miúdos todos só com vitórias e a jogar como trintões em termos de maturidade, tinhas a equipa B trocada com a A, mais, os jogadores já estariam todos na seleção e outros tantos já com transferências de 30 M acordadas.

      Alguns deles ainda são juniores, a jogar contra séniores muito batidos. mais alegria, a B é para crescer.

      • Importante lembrar que 2ª liga é muito fisica… e não é importante ficarmos em primeiro, objectivo é sempre ganhar mas têm é que jogar, têm que crescer, têm que evoluir!!

  3. O importante é os miudos jogarem, evoluirem para poderem ser chamados a equipa principal.

    João Mário, e Chaby, se conseguirem melhorar a intensidade com que abordam o jogo, têm tudo para ter carreiras brilhantes!

    Esgaio, pela intensidade que coloca em cada lance, é já uma opção válida!

    Os restantes com trabalho tb lá chegam.. tenho grande curiosidade para ver a evolução de Tobias e Mané!

    SL

  4. Estive lá e o jogo foi bastante equilibrado.

    O golo do Cissé é 95% do Chaby, cujo passe é divinal.

    A equipa não tem treinador. Abel não tem estaleca e os resultados provam-no. É demasiado fraco para ser verdade. O posicionamento e movimentações dos pivots do meio campo, João Mário e Kikas, é digno da década de 70. As boas jogadas saem do instinto e talento dos jogadores. O Santa Clara dominou mais que o Sporting. Estava mesmo a pressionar muito forte e a jogada antes de termos feito o 2-1 só não é golo por enorme azar e presença da barra. Depois do 2-1 foram abaixo e pouco depois ficaram a jogar com 10.

    Destaque positivo: Chaby. Não sabe jogar mal. Muito maduro. Só falta corpo.

    Destaque negativo: João Mário. O novo “croissants em ano em que não é preciso renovar contrato”. Não me lembro de ver um jogador tão armado em vedeta dentro das 4 linhas. Intensidade negativa. Não se mexe se não tiver a bola nos pés. Esses mesmos pés são geniais, bem como a inteligência com bola. Sem bola é um jogador a menos…

  5. Apesar de, pelo menos até agora, não parecer existir nenhum fora-de-série n equipe B, não há dúvida que existem bastantes jogadores que vão ser muito úteis ao Sporting no futuro próximo.

    Esgaio, João Mário e Chaby já devem dar uma “perninha” na Equipe A esta época; Tobias, Mané e Medeiros deverão vir a seguir…
    Tenho curiosidade em ver a evolução do Guedes, atendendo a que o Betinho, definitivamente, não parece ser “material” para a A…

    SL

  6. acho que há uma clara diferença entre o Abel e o Oceano. parecendo que não, Oceano já teria outro traquejo (também se notou a quebra quando a equipa ficou ao encardo do Dominguez).

    além disso, a maior articulação entre equipa A e B causa alguma instabilidade na equipa B. e nesse ponto penso que tem de haver um maior cuidado. a campanha que a B estava a fazer no ano passado, foi importante para conseguir recuperar um pouco a equipa A. nesse aspecto, tem de haver maior regularidade na B.

    quanto à qualidade, são todos jogadores de grande futuro nas suas respectivas posições!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s