Faz falta

sportingtv

 

A revelação de Bruno de Carvalho é daquelas que interessam a todos os Sportinguistas. Faz falta um canal do Sporting, onde possamos acompanhar as várias modalidades, bem como as camadas jovens e a equipa B (que, por exemplo, sexta-feira volta a jogar em Alvalade e não há transmissão para quem quer que seja).
Fico bastante curioso por conhecer os projectos a concurso e por perceber em que moldes vamos avançar (entre outras questões, haverá dinheiro para transmitir jogos de Alvalade?). E, claro, caso avance, fico muito curioso por conhecer os nomes que vão dar rosto e voz ao canal de todos nós.

Anúncios

123 thoughts on “Faz falta

  1. Fiqueio extremamente feliz com a informação do nosso presidente…é fundamental para vivermos de forma ainda mais intensa a realidade do clube bem como termos acesso a informação precisa e actualizada sobre a nossa realidade. Além disso um projecto bem estruturado pode trazer receitas extra (publicitarias, assinantes etc…) Mais feliz fiquei pelo realismo e pragmatismo e seriedade demonstrada ao dizer claramente que só avança se for “viável economicamente”. Força Presidente.

    • Manel,
      não sei em que mundo vives, mas sendo propostas multimedia, provavelmente podendo ser enviadas por e-mail, qual o problema do prazo de candidatura terminar num domingo? E, acredita, no mundo real há concursos cujo prazo de entrega termina dia 2 de janeiro, por exemplo. Sabes o que isso significa?

  2. Isto era mesmo MUITO fixe. Nao sei se será viável economicamente, mas a simples ideia é excelente e de louvar. O Sporting tem mercado para justificar que se analise a possibilidade.

    • Lá está, o fator económico é essencial, não podemos de forma alguma ter mais um encargo anual para o clube.

      Mas o projeto de excel do Godo foi para a reciclagem, e tendo em conta as palavras do presidente, parece-me que apenas seguirá em frente se houver uma solução viável. A não haver, prefiro que o BdC venha dizer que não é possível. Aí terei de concordar que a divulgação do nosso ecletismo terá de passar por outros meios.

      Sporting TV sim, se for economicamente viável. Acabou-se os projetos megalómanos. Bom era uma camara municipal gastar 16 M na nossa TV e cobrar 500 euros mensais. Mas isso é mais com os clubes do body combat.

  3. Acima de tudo vai servir para ver quais as propostas e sobretudo, em que moldes (€€€) a TV poderá avançar…

    Nomes? Depende o que se pretender… mas… Em termos de entretenimento temos muitos e bons por onde escolher: Salvador Martinha, Manzarra, Jel…

    Para defender o SCP também temos alguns como o Paulo de Andrade, José de Pina, o próprio Abrantes Mendes (apesar de algum lirismo, passa mensagem)…

    Sugestões?

  4. Embora acho interessante (dependendo dos moldes) um canal Sporting acho neste momento outros assuntos mais prementes como termos um pavilhão preferencialmente na nossa casa junto ao estádio!
    Mas que venha de lá o canal, que seja um espaço leonino, inovador e que não se torne num centro de custos.

  5. É uma notícia fantástica,

    Contudo, se mal o digo, a única coisa que considero fundamental é pesar se temos pernas, neste momento, para ter um projecto sério e que nos projecte devidamente e, igualmente, possamos ter Orgulho nele. Um Canal será a janela e porta da “nossa casa verde”.
    Julgo que não temos interesse em ter uma coisa mal acabada que seja mais um problema do que uma solução. Mais, não creio que fazer uma coisa como a BelgradoTV seja o nosso objectivo!

    Mas a ser, então que seja em grande!

  6. o facto de outros 2 já terem tv serve-nos para ter como exemplo o q queremos e não queremos fazer na nossa casa.

    para um clube eclético e pluricultural haverá muitas boas ideias de linha editorial a seguir.
    aí um nome de artista como o jorge gabriel podia entrar como util

    • parece-me que o Gabriel já tem tachos suficientes. E, sinceramente, acho que não precisamos que ele pule da Praça da Alegria para o Jardim da Estrela…

      • ahaha. ok.
        eu falei no nome dele como uma hipotese.
        muitas vezes fala-se aqui do nome dele de forma despropositada e achei q na tv do clube podia ser util, mas não seria certamente a ultima cola do deserto.

      • isto é tv no séc. xxi, ’tou-me a lixar para esse jójó. quero é saber como a malta trabalha na academia, quero que mostrem como é quando um dos gajos da equipa principal vai a uma escola e garotada se anima, quero ver golos que nunca tive oportunidade de ver porque nem tinha nascido e infos curtidas sobre o clube, de todas as modalidades. quero ver jogos que não estão a passar na tv, e com parcerias curtidas ainda jogos de algum campeonato estrangeiro interessante. quero saber quem é a malta que trabalha no Sporting, o que pensam do clube e para o clube. quero uma cena pacífica e não aquela mentalidade retorcida e doentia da malta de carnide. Sporting, pá. nós sabemos fazer isto melhor que do que os outros, é tão simples quanto isso.

    • Eu metia o ROC a fazer as “crónicas da meia noite”, um programa divertido com os famosos temas:

      – Scuting do Sporting: Parcerias público-privadas ajudam a formação?
      – Sereno e Vinícius: A dupla do futuro
      – O Chapel Show

      E quem se poderia esquecer dos clássicos: Jesualdo, o bastião da formação leonina e Godinho Lopes: O homem responsável pelas receitas e vendas de jogadores dos próximos 20 anos.

      • eu espero, mas espero mesmo, que todos ( e são muitos) os que quase diariamente, gozam com o Juju não estejam no final da época a trincar a lingua..

      • E o magazine diário, por Ribeiro Cristóvão: ”Ó tempo volta p’ra trás!”, recordando momentos históricos.
        Falando sério, creio que o Pedro Sousa era bom tipo para as narrações.

      • porque esses são os mesmos que agora (ao fim de 5 jogos) idolatram o leo jardim, mas no fim da época se não ficamos acima do 4º lugar vão dizer que ele nao vale nada

      • Epá, já ouvi de tudo sobre o tema. Era o homem ideal, um formador nato e um visionário tático. Em 30 anos ganhou títulos onde qualquer um ganha.

        E atualmente, que está a fazer? A ganhar mal e porcamente com 2 e 3 expulsões por jogo.

        O Sporting está atualmente vários furos acima do Braga, que a continuar a jogar assim, corre o risco de perder terreno para Rio Ave e Estoril na luta pelo 4º lugar.

        Alan a numero 10 está ao nível de Dier a médio centro. Prefiro meio Leonardo Jardim a 10 Jesualdos, esse guru da formação que descobriu o Bruma, esse desconhecido de Alcochete!

  7. Esta é uma grande notícia. Este assunto já se falou antes, mas com BC é para valer.
    Espero um projecto como foi a tv dos porcos no início …
    Dei por mim a fazer streaming ao canal para ver os nossos putos a jogar com eles … assim como torcer pelo adversário nas modalidades em que tb competíamos.
    Um canal sporting … eu pago !

  8. O que se me oferece dizer sobre a Sporting TV:
    Factos:
    Na Fifíca TV, cerca de 90% do valor das assinaturas são para os Operadores (ZON, Meo; Vodafone, Cabovisão…); A Fifíca TV necessita de mais de 400000 assinantes para ser viável;
    As receitas publicitárias estão nos valores mais baixos de sempre; qualquer restaurante de mini-pratos pode fazer um spot de 1 minuto em prime-time;
    O equipamento de radiodifusão é caríssimo;
    A minha solução:
    Existe tecnologia de difusão multi-plataforma em HD (PC, Smartphone, etc, virtualmente grátis Veetle);
    Conteúdos SCP – O não nos falta é conteúdos…
    Voluntariado – Quem é que não quer fazer televisão pelo Sporting?
    Existem umas TV Box’s com sistema Android, personalizáveis. Basta ligar à televisão e funcionam com cabo de rede ou Wireless; Custam cerca de 100€, actualmente. Numa compra em grupo, poderia ficar por 30€ ou 40€ cada. O Futre fala com os chineses. Permitem fazer tudo o que um operador de TV actual oferece, gravações automáticas, agendamentos e quaisquer outras aplicações do mundo Android… Sapo Desporto, Sapo Cinema, Bolsa e o camandro…
    Os sócios poderiam alugar por 1€ ou 2€ mensais a acrescentar à quota… Um patrocinador poderia comparticipar a compra…
    “Sporting TV Box”

    • * Mais um pormenor – Este sistema que sugeri, funciona além fronteiras… O limite é a ligação à internet!
      – Exclusivo para sócios!
      – Pode ajudar no aumento do número de sócios correspondentes.
      – 70% dos lares europeus tem acesso à internet!

      • uma questao. Qual a largua de banda necessaria para o sistema “correr”?. Se 70% dos lares europeus tem acesso, a largura de banda fora das cidades deixa a desejar…

    • Acho que é mesmo essa parte logística que tem de ser discutida. Conteúdos e pessoas com qualidade para trabalhar na área não faltarão. O problema é o “como?”

      E eu infelizmente percebo pouco disso e pouco posso ajudar…

    • Depois de escrever um comentario (mais abaixo) refresquei e vi o teu comentario.
      Claramente es alguem que percebe muito mais disto que eu. Mas estou contigo.

      Nao vale a pena apostar em tecnologias e formatos carissimos, obsoletos e que daqui a 10 anos simplesmente VAO SER MINORITARIOS (embora agora nem pareca!!).
      Para quem nao acredita, vejam em que se apostava ha pouco mais de 10 anos.

      O Futuro e tecnologia, o futuro e o Sporting. O Futuro do Sporting “TV” e a tecnologia.

      Caso para dizer: E FACIL E BARATO DA MILHOES…

      SL

  9. “Jornal de Notícias arrasa o Benfica com nota de direção

    1. O Sport Lisboa e Benfica emitiu um comunicado em que refere o Jornal de Notícias como um dos órgãos de Comunicação Social que, citamos, “continuam a dar apoio ao sistema”.

    Os factos provam que o magno problema do SLB – pouquíssimos títulos conquistados nos últimos anos para tamanha legião de adeptos – resultam do sistema sim, mas do seu próprio: de gestão desportiva. Quanto ao JN, limita-se a relatar factos e a dar-lhes o relevo e enquadramento que a sua Direção editorial decide.

    2. Não foi o JN quem patrocinou a cena em que o treinador do SLB se envolveu à pancada com a Polícia no final do jogo de domingo último. Nem esta, nem anteriores como, por exemplo, a que protagonizou com o seu próprio atleta Cardozo, também em pleno relvado, após a final da Taça de Portugal da época passada.

    3. Não foi o JN quem patrocinou a cena em que o capitão da equipa insultou os adeptos do seu clube no final do jogo da Luz com o Gil Vicente.

    4. Não foi o JN quem patrocinou as cenas pós-jogo, como, por exemplo, a rega e o apagão com que o Benfica brindou, na Luz, uma das festas de um dos campeonatos ganhos pelo F. C. Porto.

    5. Não foi o JN quem patrocinou as cenas de falta de “fair play” dos jogadores do Benfica no final da Taça de Portugal, ganha pelo Vitória de Guimarães.

    P. S.: “Dragão travado com penálti fora da área e golo fora de jogo. Nervoso, Jorge Jesus envolve-se em rixa com a Polícia no final do jogo”. Para quem não se recorda – e para memória futura – aqui ficam os títulos do JN de segunda-feira que mexeram com os nervos da estrutura pensante do Benfica, que debalde tentou atirar argumentos contra factos.”

    HAHAHAHAHAHAH passei a adorar o JN

  10. depende muito do formato:

    1-ter algo estilo porto canal, com um canal existente, e vao transmitindo os jogos

    2- algo do género benfica tv no primórdios, mas com jogos da b, equipas de formação e modalidades nos vários escalões, juntamente com programas sobre os núcleos ou Sportinguistas espalhados pelo mundo, e programas de debnate ou sobre a vida do clube.

    ter jogos da equipa principal apenas se for mesmo viável( até porque pelo que se percebe pelos vizinho do lado, isso tem feito diminuir as assistências no estadio, já que se se pode ver na tv em casa, não se vai gastar dinheiro no bilhete para o estadio), e ter campeonatos estrangeiros também não é viável e fica caro.

    logo a ideia é tentar manter as coisas simples sem grandes complicações.

    • Se um usares um canal da grelha tens de pagar forte e feio. O Porco tem um gajo a enterrar o guito…
      O Fifica estava só a aguçar o apetite dos seus adeptos. Foi um investimento, com custos elevados.

      • tomas

        mas e por exemplo o que os lamps tinham no inicio( com jogos das modalidades e formação) e querem fazer agora com o terem um segundo canal( um vai ficar com os campeonatos estrangeiros e equipa a, o outro com os jogos das equipas b e formação,, as modalidades e os programas, mas ao estilo do que tinham no inicio.

      • Teres um canal na grelha de um desses operadores é muito caro. Lembro-te que 90% dos 9,90€ da Fifica TV é para os Operadores.

        Foi um isco. Mexeu com os Benfiquistas, mas foi um investimento, não confundir com puritanismo televisivo.

        O Fifica tal como Sporting, geram conteúdos suficientes para 2 ou 3 canais 24H

      • por isso o eu dizer apenas se for mesmo viável( porque ganhas num lado perdes em assistências no estadio) e compensa mais ter algo para os jogos da b e da formaçao

      • Acho que ter os jogos no canal, para os próprios adeptos é mau… porque estes terão de pagar para ver os jogos fora e os jogos em casa…ou seja, fica duplamente despendioso…

      • uma questão muito pertinente, Diogo. claro que não seríamos aqueles cabeças de melão ressabiados, mas esta merda é amor, é irracional. é bom que se procure alguma independência.

    • Riga, não percebi a parte em que dizes que as assistências no estádio do slb diminuíram porque, agora, os adeptos já podem ver o jogo na tv. Os adeptos do fifica sempre puderam ver os jogos da sua agremiação na tv, só que antes era noutro canal (pago, é certo, mas a fifica tv também o é). Deve estar a escapar-me alguma coisa.

      • o ano passado tinham assistências maiores do que esta época e já vi muito comentário de benfiquista a dizer que prefere pagar 10 euros por mês e ver os jogos em casa do que pagar 15, 20 por jogo. eles não baixaram os preços dos bilhetes, logo neste momento fica mais barato ver os jogos em casa via tv do que no estadio, mesmo para pessoal de lisboa.

  11. Pessoal desculpem o offtopic, mas tem de ser:

    Sou do Funchal, mas passo a maior parte do ano em Moçambique onde tenho vivido e agora vou ficar duas semanas em Lisboa para tratar de assuntos relacionados com a viagem e queria ir a Braga. Como posso fazer? Onde me posso informar? Quanto vou pagar?

  12. Embora ache que esta direcção está a fazer um bom trabalho..

    Quando entraram em funções tinham já trabalho feito e com pessoas competentes envolvidas no projecto TV. Nem por uma vez esta direcção não fez uma reunião as pessoas para se perceber que trabalha estava feito. Zero! Já existia um projecto que se pagava a si próprio apenas com o sponsor de MEO, ZON, …

    Neste ponto a direcção perdeu tempo. Podiamos ter hj um canal a transmitir as modalidades para todos o mundo. Assim estamos ainda na fase do papel, com um ano de atraso. Espero, como sócio, tenham pessoas capazes para escolher o melhor modelo para o canal.

      • Não é uma proposta, é só uma ideia para não onerar o Sporting.
        Esta ideia ao contrário do que o zep diz é que permite ao Sporting transmitir para qualquer ponto do mundo.

    • Se calhar havia coisas mais prioritárias que a TV, não?
      Negociação com os Bancos, Reestruturação financeira, despedimento colectivo, reconstrução do plantel, etc, etc… Muito trabalhinho em 6 meses… Esta malta trabalha PARA o Sporting…

    • Isso é Falso. A Meo e ZON não podem transmitir as modalidades para todo o mundo.
      Em cada país é dada a concessão a determinado(s) operadores. A Meo e a ZON estão confinadas a Portugal.
      Não falem do que não sabem.

      Os emigrantes Fifiquistas de Paris de France e arredores, estão em polvorosa com o Fifica por que já não têm acesso à Fifica TV. Os operadores franceses, ainda estão a negociar os direitos para disponibilizar aos seus clientes.

    • Zep, no meio da merda toda onde estávamos (e ainda estamos) metidos, para sair era com o que foi feito até agora … A tv é excelente, aguardo … mas pode esperar mais um pouco.
      Tb curtia as cadeiras todas verdes … o fosso com o caralho, etc … mas há prioridades.

  13. A Sporting TV nunca fez tanta falta no actual enquadramento do país, futebol etc.
    Conteúdos não faltam, basta ter algumas ideias viáveis e com principio meio e fim, obviamente atendendo aos custos.

    Parece-me também obvio que a Academia será a sede de emissões com outros estúdios em Alvalade. A transmissão das camadas jovens (todas), modalidades( as que forem viáveis e rentáveis) e cobertura de diversos eventos passam a ser obrigatórios.

    Acredito nas pessoas que lá estão, uma boa decisão sairá de ali.

    SL

  14. Reconheco o meu desconhecimento quase TOTAL destes assuntos. Para mim os custos e orcamentos de um canal de Tv de um clube sao… MERDA.

    EU SOU CONTRA A sporting TV.

    Passo a explicar (e com as devidas distancias). No Sec. XXI, qualquer ze, nos incluidos, fazemos um video com o telemovel e pomos 30seg depois na NET para todos verem…de GRACA.

    Que que eu quero dizer com isto? Se um canal de TV da prejuizo, deve-se sobretudo ao “aluguer” do espaco num pacote de cabo, a compra/producao de conteudos, e custos de pessoal?!?! – (eu avisei que nao percebo patavina disto!!)

    Ora, na Internet o custo do espaco e irrisorio. Ah mas e os socios que nao tem acesso a Internet (sobretudo os mais velhos)? Bem, esses teriam o mesmo que tem hoje…

    Os conteudos sao proprios (jogos da formacao, modalidades, reportagens atletas, cronicas do passado “a la verdes anos”, informacao do clube, etc). Se nao e isto que falamos quando dizemos SPORTING TV, nao estamos a falar do mesmo!!. Ficam os custos da producao dos mesmos. Irrisorios ?!?

    Por fim, pessoal. Com uma equipe pequena, competente e devota a causa, penso que o rombo nao seria grande.

    Haveria ainda receitas de publicidade (online) para tornar tudo viavel.

    O proprio site do SCP poderia ser a plataforma de acesso ao canal. Com conteudos reservados a socios. Chamando cada vez mais “cliques” so SPORTING.pt e gerar (ainda) mais publicidade.

    Eu nao tenho TV faz para 5 anos. E cada vez mais conheco mais pessoas que tb nao. Mas todos temos Internet. Ate vimos aqui ao cacifo!!! Para que apostar dinheiro que nao temos em tecnologias obsoletas e com os dias contados?

    Seria tipo um Jornal do Sporting online e interactivo. com fotografias que mexem em tempo real, e jornalistas que mais que debitar informacao, respondem e interagem .

    Eu nem lhe chamaria TV, e o Jornal do Sporting do sec. XXI.

    SL

    • Jubas,

      Eu acho que tu és é contra o paradigma da televisão actual – e esse paradigma já está a mudar, e rapidamente.

      No fundo, o nome “Sporting TV” é enganador por ser redutor, “Canal Sporting” parece-me um nome mais adequado para um projecto deste tipo – porque é disso que se trata, um canal de acesso a conteúdos, e não há nada que se compare à internet para divulgar conteúdos (e a questão do acesso à internet é uma não-questão – então e os que não têm televisão por cabo, não serão também info-excluídos?).

      • Sim. O paradigma da TV actual nao tem futuro e e muito dispendioso. Era isso que queria dizer com o comentario.

        Podemos produzir os conteudos e coloca-los on-line, practicamente de borla e com cobertura global.

        O Skuravi ate tem conhecimentos mais aprofundados de uma (de muuitas) maneiras de o fazer.

        Tambem prefiro Canal Sporting…

        Em suma, o Canal nao deve custar “nada” ao SCP, (ate da uns trocos) deve ter cobertura Global, promover o onumero de associados e divulgar os conteudos certos (nao a liga inglesa!!!).

        SL

    • Jubas, sou profissional de TV há mais de 10 anos e concordo TOTALMENTE contigo. Pode-se fazer algo muito mais barato e muito mais inovador. No entanto uma “equipa pequena, competente e devota a causa” não seria suficiente para corresponder às expectativas de todos os sócios no que diz respeito à emissão de jogos das mais diferentes modalidades (infelizmente espalhadas por todo o lado), gestão e produção de conteúdos. A estrutura terá sempre de ser profissional e terá de estar equipada profissionalmente. A simples “carolice” não é suficiente num projecto com a envergadura do Nosso Grande Amor. Somos a MAIOR potência desportiva nacional e uma das três maiores potências desportivas mundiais. Isto não é brincadeira! O conceito Internet é inovador e mais barato mas n deixa de ser caro!! Convém lembrar q a carnide TV foi construída com base numa das maiores fraudes no meio televisivo nacional (estranhamente abafada pois incluiu alguns quadros importantes dum canal privado generalista) e é erradamente apontada como modelo/conceito a seguir.

      • Obrigado pelo esclarecimento. E aproveito para colocar algumas questoes a quem parece saber.

        Ha algumas incosistencias por este forum no que diz respeito a ordem de grandeza do investimento.

        Se o Benfica Tv paga 90% das receitas aos operadores, se custou 9M a arrancar, se precisa de 400 000 assinantes a 10 euros/mes, entao:
        -paga aos operadores 90% de 9M, cerca de 8M

        Logo o investimento em gestao e producao de conteudos, chamamos-lhe para ser mais facil para leigos como eu, a ESTRUTURA do canal foi de 1M

        -ou sao 45M (90%de 50M – 400kassinantesx10eurosx12 meses).Porque eles tem que pagar os conteudos da Liga Inglesa e afins nao sera bem assim!!…

        Com estes dados todos na mesa. Em que ordem de grandeza seria o investimento no Canal nos moldes inovadores e base online? Quanto custaria a tal ESTRUTURA?
        a volta de 1M/ano
        10M
        45M
        ???

        Porque se for cerca de 1M, penso que receitas publicitarias mais aumento de socios, possivel servico extra para associados com aumento quota, ou outras engenharias para gerar receitas, sao perfeitamente EXEQUIVEIS.

        Esperar por Outubro para ver o que sai das propostas apresentadas…

        SL

      • @Goodvibe:

        «Convém lembrar q a carnide TV foi construída com base numa das maiores fraudes no meio televisivo nacional (estranhamente abafada pois incluiu alguns quadros importantes dum canal privado generalista) e é erradamente apontada como modelo/conceito a seguir.»

        Não percebi muito bem qual é a fraude, queres ser mais específico, se for possível, claro.

      • Volto a dizer que olhar para os da carnide tv é um mau exemplo. Para além disso parece-me que eles estão numa fase de investimento e a entrada no mundo da exclusividade de ligas estrangeiras baralha ainda mais as contas. Repito: não são exemplo para nós. Ao nível de investimento para iniciar…é uma questão complicada. Por exemplo, para jogares na 1ª divisão precisas dum investimento X. Para jogares na 2ª divisão precisas dum investimento Y. E assim sucessivamente. Tudo depende da divisão em que a nossa direcção queira jogar. Não sei se tens visto os últimos vídeos da Juve Leo (começaram no jogo do carnide), mas estão extremamente bem feitos. São simples, bem editados e passam a mensagem. Nesse dia reparei na câmara mal cheguei as imediações da casinha e continuei a vê-la dentro do estádio, dias depois percebi porquê, é este o link do primeiro: http://youtu.be/M2N8tCht-Nw . No entanto o grande investimento passa pela cobertura de eventos desportivos ao vivo. A possibilidade poderá passar pelo outsorcing. A carnide tv usa outsorcing para os jogos em casa (GMTS).

      • Sir bobby robson, basicamente a carnide tv no início usou muito material que n era propriedade da empresa que alugava esse material…a preços imbativeis…

      • Entretanto fui investigar e descobri isto:

        http://olhardobusto.blogspot.co.uk/2013/08/as-verdadeiras-contas-da-benfica-tv.html

        “Custos da Benfica TV
        Direitos Liga Inglesa: 7.500.000 €
        Direitos transmissão jogos do Farense: 300.000€/época
        Custo por transmissão dos jogos na Luz: 35.000€/jogo * 15= 525.000 €/ano
        Custo por transmissão dos jogos em Faro: 40.000€/jogo * 15= 600.000 €/ano
        Custos da Estrutura da Benfica TV: 8 milhões euros/ano”

        Engracado que usam a palavra ESTRUTURA (!)

        e este:
        http://oeconomistadabola.com/601.html

        ” Quais são os custos da Benfica TV? Além dos referidos 3 milhões de euros pelos direitos da Premier League, há os outros direitos dos outros campeonatos, os custos de transmissão dos jogos na Luz, os custos com o pessoal necessário para a empresa funcionar, e coisas assim.

        Embora eu não tenha acesso a esses números, parece-me razoável estimar que os custos da Benfica TV andarão à volta de 6 milhões de euros por ano. ”

        Mais uma vez as incossistencias permanecem, mas que tiro eu daqui?
        Se os tais 6 (ou 8?)M incluem os 3M da Premiere (segundo o Expresso sao 2,7/epoca!!), mais cerca de 1.5M do Farense e proprios jogos, a tal ESTRUTURA cai nos 1,5M…

        Respondendo a minha propria questao no post acima, devo esperar entao um investimento (custos) para o nosso canal na ordem do 1M (para baixo!) ano.

        Ou entao estou confundido como o cacifo (muito provavel).
        Espero que possa ter lancado alguma luz sobre este assunto.

        Boa noite cacifeiros.

        SL

  15. Um dos comentadores que merecia e devia ter um lugar na futura Sporting TV é Rui Tovar. Apesar da idade e de alguns problemas de saúde, gosto do tom sóbrio dele e é dos que sabe do que fala, como poucos sportinguistas que oiço, vejo ou leio.
    Para além de ser uma autêntica enciclopédia ou manual de história do futtebol português.

  16. não se esqueçam que na grelha tem que aparecer lá uma rubrica semanal com o nome “o cacifo do paulinho” com apresentação do cherba, para a qual todos os cacifeiros podem mandar videos, fotos e até teorias (quem aqui não gosta do superleão)

  17. Campanha de divulgação para a Sporting TV

    para sócios gratis!
    Quem ñ for sócio arrota 10€

    aumentávamos o nrº de sócio certamente e por outro lado ficava viabilizada economicamente a sustentabilidade do projecto.

    Se a ideia é TV grátis, sou contra pq vai ser um sorve dor de dinheiro

  18. Gostava (muito) de ver um canal de televisão do Sporting.

    Para lá do aspecto informativo, por ser uma forma relevante de alimentar o Sportinguismo.

    Gostava muito por mim, mas mais ainda porque tenho dois filhos para educar e o suporte pedagógico nunca é demais.

    Acho que material humano de qualidade profissional e de matriz genuinamente Sportinguista para este projecto não falta – não há hipótese, seja qual for a perspectiva somos melhores, ponto.

    Se fosse há 6 meses atrás, uma notícia destas deixava-me apreensivo. Hoje deixa-me descansado e esperançado.

    To be continued…

  19. Agrada-me este “Canal Sporting” como diz o Hic, embora haja coisas prioritárias é bom saber que se pensa no futuro.

    Uma coisa eu sei Deus me livre de ver um canal nosso como a merdaficaTv! Deus me livre de uma vergonha dessas. Oh Bruno, tem juízo pá, não me desiludas!

  20. O meu 1º trabalho foi numa empresa pioneira na fantástica tecnologia SMS! Criaram-se, na altura, as primeiras plataformas para a venda de conteúdos via SMS, tais como, toques, imagens, frases, concursos, etc… Adivinhem quem é que mamava? A Telecel e a TMN… Em 0,2€, 0,01€ eram para a minha empresa.

    Hoje em dia, o cenário é o mesmo. As operadoras fazem mega-investimentos em estruturas, 1º de Cobre e depois Fibra, para que possam disponibilizar conteúdos sobre os quais não têm quaisquer responsabilidade, apenas cobram, com todo o direito, portagens pela utilização. São auto-estradas. Mais, os próprios utilizadores finais, pagam através das suas mensalidade, os investimentos feitos pelas operadoras.

    Colocar um canal na grelha de um operador actual, significa pagar portagens para transmitir conteúdos, com a contrapartida da garantia de qualidade do serviço.

    Com a tecnologia existente, pode-se usar a Internet para a transmissão de televisão em tempo real, em alta definição, para todo o mundo sem pagar portagens. Provavelmente, não são auto-estradas, mas sim Estradas Nacionais…

    A minha sugestão para um canal de TV via Internet, visa apenas chegar mais longe sem pagar portagens!

    É o melhor? Não, mas é quase de borla!

    • Coloquei este comment um pouco acima,em resposta ao jubas e acho q se adapta, tb, ao teu:

      Jubas, sou profissional de TV há mais de 10 anos e concordo TOTALMENTE contigo. Pode-se fazer algo muito mais barato e muito mais inovador. No entanto uma “equipa pequena, competente e devota a causa” não seria suficiente para corresponder às expectativas de todos os sócios no que diz respeito à emissão de jogos das mais diferentes modalidades (infelizmente espalhadas por todo o lado), gestão e produção de conteúdos. A estrutura terá sempre de ser profissional e terá de estar equipada profissionalmente. A simples “carolice” não é suficiente num projecto com a envergadura do Nosso Grande Amor. Somos a MAIOR potência desportiva nacional e uma das três maiores potências desportivas mundiais. Isto não é brincadeira! O conceito Internet é inovador e mais barato mas n deixa de ser caro!! Convém lembrar q a carnide TV foi construída com base numa das maiores fraudes no meio televisivo nacional (estranhamente abafada pois incluiu alguns quadros importantes dum canal privado generalista) e é erradamente apontada como modelo/conceito a seguir.

    • Tomáš Skuhravý, é sem duvida um excelente cenário para o futuro canal Sporting, por exemplo o MOTOGP.com, que além de ser o portal oficial do campeonato, contem conteúdos pagos, em especial todas as corridas do campeonato FIM.

      Por isso concordo com esta visão e de certo que é a mais viável.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s