O monstro

William Carvalho foi eleito o melhor jogador jovem dos meses de agosto e setembro, pelo Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF). William obteve 31 por cento dos votos, superando Diogo Viana (Gil Vicente), com 23,7%, e outros três Leões, André Martins (19,1), Wilson Eduardo (13,2) e Cédric (12,7).
Esta distinção surge na sequência de um enorme jogo, frente ao Vitória de Setúbal, onde para além de recuperar várias bolas e sair a jogar com toda a calma do mundo (imagem de marca neste arranque de campeonato), deixou alguns apontamentos técnicos de elevada nota artística, mostrando que, efectivamente, ainda há muito potencial a ser descoberto e trabalhado (tal como existem vários pormenores tácticos onde William irá evoluir). A verdade é que William é uma das figuras deste campeonato e caso equipasse de outras cores já teria sido comparado a Patrick Vieira (ou coisa do género) e colocado na órbita de clubes loucos por gastarem milhões na sua contratação. Felizmente, é jogador do Sporting (vamos lá ver se será possível recuperar os 40% do passe desbaratados para pagar as célebres contas da luz e da água), que soube esperar pela sua entrada no futebol sénior e recuperá-lo quando se mostrou pronto para a guerra. Ter feito esquecer Rinaudo, tantas vezes alma da equipa, jogador com ligação aos adeptos e cuja lesão, no tempo de Domingos, foi uma machadada no que a equipa vinha fazendo, é outro «pormaior» a favor deste monstro que, a cada semana, cresce no centro do terreno com a verde e branca vestida.

William-Carvalho

Anúncios

96 thoughts on “O monstro

  1. Enorme William! É revoltante é saber que já se vendeu 40% por 400 m €….e depois comprou-se um Gelson. Mais um exemplo da gestão ruinosa.

    O William merece claramente um aumento salarial! É a jogar assim daqui a 2 épocas está a jogar em Inglaterra.

    É um jogador que me enche as medidas!

    • de acordo com o que vem hoje, na Bola, temos até dezembro para tentar recuperar essa percentagem do passe pelo valor que foi vendido (400 mil). Eu diria que se tivermos que pagar o dobro, vale o esforço.

      • Não deve ser dificil pagar esses 800mil se for esse o valor….mesmo que seja um pouco mais acho que vale a pena fazer o esforço.

      • Recuperar esses 40% era excelente. Não se pode andar a vender percentagens de passes dos miudos. Qualquer um que vingue torna-se logo mau negócio.

      • Nao inventem, nao comecem a falar em 800, são 400 mil! (o qeu o cherba disse, e bem, é que até pelo dobro era bom negocio investir na recuperação, eu acrescento que se temos até 31/12/2013 para pagar, fazemos a transferencia do dinheiro lá pro dia 27…

        SL

      • Quero aproveitar para dar os parabéns ao Cherbakov e ao Talk Talk que valorizaram 40% do passe do William Carvalho em apenas 800 mil euros e 1 milhão de euros respectivamente.

        Cherbakov e Talk Talk até podem não acreditar na minha teoria mas já são fortes praticantes dela, pois sabem que William Carvalho brinca muito nas selecções e praticamente desvalorizam-no profundamente.

        Eu até sou mais tolerante pois valorizo os 40% do passe de William Carvalho em 4 milhões de euros, o que dá uma fraca valorização de 10 milhões de euros, quando muito tranquilamente poderia valer bem acima dos 15 milhões de euros ou mesmo um pouco mais se William Carvalho não brincasse nas selecções.

  2. Várias alternâncias, caso o william se chamasse Williamicic, ou viesse naquele pacote normal de relações da fruta do méxico.

    Mourinho louco por William, pondera dar 70 milhões já em Janeiro.
    Real assume ter contratado mal Bale por 101 milhões, porque podia ter reforçado o meio campo com Williamicic, que custa apenas 50 milhões, um preço aquém do seu enorme talento.
    Manchester pondera uma troca entre Williamicic e Van Persie.
    Mundo e Marte loucos por William.
    O nome Williamicic chega à galáxia RT21X2.
    And so on.

  3. O que surpreende é a calma e classe deste miúdo, tem um toque de bola….
    e sempre de surra, passa o jogo que nem se dá por ele, até fazer um desarme, fintar 3 gajos no espaço de uma cabine telefônica e fazer um passe de extremo a extremo para abrir o jogo…

    MAQUINA

  4. tem passes surpreendentes, procura sempre o ‘best fit’ em detrimento do ‘first fit’, dá gosto ver jogar. O facto de ter de rodar num clube estrangeiro faz vir lágrimas de raiva/tristeza aos olhos de quem tem visto o Sporting treinado(?) por tantos acidentes da natureza. A contratação do Leonardo Jardim,por si só, chega para ficarmos com uma “dívida” de gratidão ao Bruno…

  5. Este sábado há um momento delicioso, que se bem me recordo, é dele: o gajo gama a bola à entrada da nossa área a um mano qualquer e de seguida pica-a por cima do jogador do Setúbal e apanha-a do outro lado para seguir o jogo!

    Digam-me quantos nºs 6 fazem isso no mundo?

  6. Tal como La Cullebra, William tb nasceu p/ jogar futebol.
    Ao Carrillo ainda falta muita escola. O William já está mais à frente no processo de aprendizagem. A passagem pela Bélgica deu-lhe maturidade a vários níveis. E em ambos nota-se já a influência de um treinador a sério (Leo Jardim) desde a pré-época até esta jornada.
    De qq modo, William ainda tem uma grande margem de progressão: aprender a ser mais agressivo nalguns lances, aumentar ainda mais o seu raio de acção, mais rápido a reagir nas dobras, etc. São apenas detalhes mas q às vezes fazem uma grande diferença.
    Quando William tiver aprendido o que ainda tem a aprender então si será um monstro gigantesco. Por enquanto é um monstrinho, mas está a crescer rápido!

  7. Grande monstro!!! De destacar que os 5 jogadores dessa lista são formados no Sporting…
    Quanto à percentagem do passe acho que não é um assunto prioritário porque o william não é para vender!!!

  8. A classe dele impressiona… A calma com que corta a bola e coloca sempre bem nos colegas é uma coisa que me deixa sempre de boca aberta! E não costuma fazer faltas!

    Mas que descoberta que fizemos! Espero que fique alguns anos e que quando sair renda um valor a sério… Compatível como o real valor.

    Nem que se tenha que mudar o nome para Williamvic ;-)

  9. Este gajo contra o setubal teve momentos em que as bancadas nem gritaram ou vibraram… ficaram em silêncio tamanha a gravidade de pormenores técnicos q este senhor para a sua posição fez… era um silêncio onde as pessoas se sentiram assustadas, tamanho o desconforto e medo que o desconhecido pode provocar… é que ver alguém a jogar à bola daquela maneira na posição 6 não é normal…

  10. Atenção à capa da borla. É assim que se instala a discórdia numa equipa. Ou a equipa está bem blindada e passa imune com estas bocas da reacção ou as coisas podem azedar.

    WC é muito bom jogador. O estágio no estrangeiro fez-lhe bem, o que me diz que se calhar deviamos colocar mais jogadores jovens a rodar noutros campeonatos.

    Tem muita pinta.

    p

    • 20 mil de premio de produtividade, é assim que tem de ser.. baixos salários com recompensas financeiras por boa prestação desportiva.

  11. Belo texto sobre o grande William.

    Quanto ao Rinaudo, nao vale a pena bater no ceguinho.

    Gostava de ver ainda um texto sobre Rojo (gostei muito da exibicao este sabado. Falhou apenas num lance de cabeca, quando devia ter deixado a bola cair para o grande Patricio), agora que temos laterais esquerdos competentes. E tambem sobre Adrien. Se ha jogadores que sao a voz de LJ em campo, Adrien e um deles.

    Um abraco e SL

  12. William é um gigante dentro de campo, tanto em termos técnicos como físicos. O único defeito que lhe vislumbro – por incrível que pareça mas facilmente ultrapassável – é que às vezes parece um pouco macio quando ataca a bola (o LJ tem que lhe dizer que distribuir «pancada» de vez em quando não traz nenhum mal ao mundo).

  13. Grande, grande jogador, um Monstro mesmo!

    Como se pode notar sou um grande admirador do Fito, mas o William tem conseguido superar Deus, elevou a fasquia com grande nivel, tem demonstrado muita qualidade, muita maturidade, e para mim o mais importante, tem demonstrado grande cultura táctica!

    Tem ainda algumas coisas para aprender, e tem vontade de aprender, de evoluir, e isso com toda a certeza vai torná-lo num dos melhores do mundo de forma natural.

    É um exemplo de inteligência em jogo, uma referência.

    Não é qualquer um que senta Deus ;)

    • Concordo Fito. Não vi nenhum jogo da pré-época mas lia os jornais… E ouvia dizer q o tipo que vinha da Bélgica punha em perigo o lugar do Deus… Pensei “que disparate”… Fui a Alvalade ver o Arouca (1º jogo q via esta época) e ouvi q o William era titular… Aí pensei “tá tudo louco?”… Minutos depois já pensava “Porra Fito… assim não vais lá.. este gajo é muito melhor que tu”

  14. O WC é, a seguir ao Montero e, claro, ao Mister Jardim e (acima de todos) ao Senhor Presidente, o maior upgrade relativamente ao ano passado. E eu sou dos que gosta do Rinaudo. Aliás, é visível a diferença no rendimento da equipa quando o adversário consegue prender o WC (como o Rio Ave conseguiu) e quando falha nessa tarefa (o Vitória na segunda parte, e, antes disso, o Arouca e a Académica). O critério e a precisão da sua distribuição de jogo arrepia, e se o deixam alargar o raio de acção e esticar a perna, desaparece aquele buraco que o André Martins deixa aberto por se encostar demasiado aos avançados, e a equipa passa a jogar o dobro. Só falta mesmo ter a certeza que, da próxima vez que um peco qualquer começar a embalar para a nossa baliza, o WC lhe dá um encostozinho, para não termos que gramar com um “golo da década” todas as semanas na Sport TV. Este WC não é pato, é Leão!

  15. A sua calma a jogar é enervante…
    pelo menos eu fico stressado de o ver a jogar ali no meio do campo como se não se passasse nada e os adversarios estivessem simplesmente parados…
    Grande jogador !
    Acho que não faria mal se aumentasse a sua estatistica de faltas cometidas ;)
    Até isso é impressionante. Jogar naquela posição e não comete uma unica falta.

  16. William só peca por ser algo lento, pouco agressivo em alguns lances,e ainda ter um raio de acção limitado. Tecnicamente, é do melhor que há… sai a jogar com calma, ou coloca a bola com passes rasteiros longos. Tem de evoluir nos aspectos negativos.
    A estadia na Bélgica fez-lhe bem, sempre defendi empréstimos a equipas belgas ou holandesas em detrimento de andarem a fingir que jogam à bola sob as ordens dos Joses Motas da nossa liga

  17. A surpresa mais espectacular desde que me lembro. Não deixo de me espantar a cada jogo, como que não querendo acreditar no talento que ele demonstra. E parece ter cabeça, pelo menos na gestão calma que está a fazer da sua carreira! Se for o caso, sem qualquer dúvida que terá o futuro que merece, no Maior de verde e branca ao peito mais uns (poucos) anos, e numa fase seguinte nalguns dos mais ricos emblemas da Europa.

  18. Off, ou talvez não!

    No rascord vem em capa o Carrillo “Estamos a lutar pelo título» Foda-se até fiquei sobressaltado, alguém teve coragem de ler esta merda, e pode explicar se isso é fora do contexto, ou pior ainda são palavras do jogador que vão contra a politica do Clube e fez uma asneira a todo tamanho?

    • Não me parece que vá contra a mensagem que o clube tem tentado passar.

      É esse o nosso objectivo? Não. Estamos a lutar pelo primeiro lugar? Sim, é um facto. Vamos embandeirar em arco por estar onde estamos? Não podemos. Queremos ser ambiciosos e ganhar todos os jogos? Sim, assumido pelo Presidente e pelo treinador. Vamos pedir a cabeça do Leo Jardim se não ficarmos em primeiro? Não.

      Qualquer macaco mal intencionado da CS pode pegar nas palavras dele e dar-lhe a volta que entender. Mas nada a que não estejamos habituados…

    • É um pouco fora do contexto, já que ele compara com o futebol do ano anterior e refere o exemplo para este ano, que estão a correr pelo titulo, como maneira de dizer, andamos lá em cima. Não disse que iamos ser campeões nem nada disso.

    • Lutar por títulos é apanágio dos atletas do Sporting, e dizer o contrário é que seria de estranhar. Além disso é muito motivador.
      Há algum sportinguista que não ache que estamos lutar pelo 1º lugar? Nem o Presidente, apesar de ele ter aquele discurso cauteloso “para boi ver”…

      • Ademais, se houver uma equipa das que estão inscritas na 1ª Liga que não esteja a disputar o título, é melhor desistir e dar o lugar a outra.

      • ARIEL, certemente que tirando os 3 grandes, as outras equipas não pensam em lutar pelo titulo a curto prazo, mas sim por um crescimento sustentado ou na tentativa de gerar lucro.

      • Ora, se não pensam nisso, pensassem. Estão a competir na mesma competição que o Sporting e os outros ditos grandes, se não têm ambição, temos pena…
        É mesmo esse déficit de ambição que os distingue dos vencedores…

  19. Estou possesso.
    Carrillo é o jogador mais burro que já tive o desprazer de ver jogar (uma vez que joga no Sporting). Dizer que se está a lutar pelo título quando temos pela frente um dos jogos mais complicados do campeonato e aumentar estupidamente a pressão na equipa é de meter os cabelos em pé. Desesperante. Já me estragou estas próximas semanas. Espero bem que o BC actue em conformidade

    • Não quero ser tão radical como tu, mas depois de ficarmos em 7º e vermos o clube quase a acabar, dizer isto não é inteligente.
      Até o podemos todos sentir, sempre … pela nossa história, mas principalmente pelo trabalho que está a ser feito este ano.

      Agora … foda-se … jogadores, treinadores e presidente … não o digam na imprensa.

      Deixem os paineleiros falar, os adeptos, etc …

  20. A minha admiração pelo William é suspeita, pois a posição de médio mais recuado no campo, é a minha posição preferida no terreno de jogo. E este rapaz tem feito algo de extraordinário, para a idade que tem.
    Mostrou a todos que o empréstimo serviu não só para rodar, mas para crescer como jogador, pois nota-se as melhorias em campo de jogo para jogo. Tem uma entrega e concentração durante o jogo muito acima da média, e é de se fazer notar com a sua tenra idade.

    Enche sem duvida o campo, e a tranquilidade que transmite, é essencial. Tenho lido/ouvido que necessita de ser mais esperto, mais “rato”, porém para mim, ele que continue a mostrar o que tem mostrado, é suficiente para ser sempre um dos melhores em campo, e com a sua qualidade as melhorias vão ser naturais.

    Em conjunto com a equipa penso que só a melhorar aquilo em que já é bom. Que possa vestir a nossa verde e branca durante muitos anos,com todo o sucesso que queremos.

    SL

    • Penso que com trabalho, vai passar de um patrick vieira a um steven gerrard :-)

      Box to box, com técnica, força …

      Finalização poderá fazer dele um dos melhores jogadores do mundo.

  21. Essa história da luta pelo título é uma hipocrisia de todo o tamanho e que demonstra a merda de jornalismo desportivo que temos em Portugal.

    Porquê? Muito simples. Bom jornalismo é olhar a factos e tirar conclusões decorrentes desses factos. Jornalismo provinciano é ignorar factos e pegar em declarações de jogadores para colocar pressão sobre a equipa.

    Pois bem. Se os pasquineiros olhassem para os factos facilmente perceberiam que estamos mesmo a lutar pelo título. Melhor ataque, melhor defesa, melhor marcador e 2º lugar na Liga a 2 pontos do 1º. E se olhassem para esses factos, não precisavam de ir até ao Perú para “apanhar” essa declaração do Carrillo.

    Ou seja, furtam-se eles próprios de analisar o percurso da equipa e preferem pegar numa declaração, provavelmente descontextualizada (teria de ler a entrevista completa) para dizer qualquer coisa como: “Carrillo diz que Sporting luta pelo título contrariando a postura da direcção e treinador….e nós preferimos não analisar se essa declaração faz sentido ou não e preferimos dar voz a esta contradição.”

    Uma coisa é o objectivo mínimo delineado pela direcção. Esse está bem definido internamente e acredito que seja o 3º lugar. Outra coisa é tentarmos lutar por algo melhor. Ora, os factos dizem que se o campeonato acabasse hoje, teríamos lutado pelo título mesmo sem o assumir. E é isso que todos teimam em ignorar. Ficaria fodido se o Carrillo tivesse dito isto com a equipa a definhar pelo 5º lugar. Com a equipa em 2º lugar, a praticar o melhor futebol da Liga e com todos os dados que já referi acima, só posso concluir que o Carrillo disse exactamente o que se está a passar. Para mim, se a carreira futebolística do peruano sofrer um revés, certamente teria emprego como jornalista desportivo. E seria dos bons. Porque analisou os factos e produziu uma declaração coerente com esses factos.

    Isto tudo para dizer o quê? Vamos (e quando digo “vamos”, refiro-me a nós, adeptos.) deixar os tabús e assumir que lutamos pelo título…enquanto os factos corroborarem essa ambição. Quando (e se) os factos tratarem de demonstrar que não contamos para o totobola, então lutamos pelo objectivo mais realista.

    Não me peçam para dizer que lutamos para ir à Europa quando a classificação diz que lutamos, pelo menos, pela Champions. É contra natura a tudo aquilo que este clube representa.

    • Sa,

      Face a imaturidade da equipe, e pelo facto de estarmos a construir de raiz uma matriz de jogo, e prudente sacudir a pressao o mais possivel, ate os jogadores terem estaleca para a aguentar.

      Parece obvio. E e a mensagem oficial da direccao e equipe tecnica. Os jogadores tem que seguir. Falamos a uma so voz!!

      Para mim, se ao fim da 23.a jornada (quando recebermos os Porcos) estivermos na frente ou perto, ai sim, devemos aumentar a fasquia. Ate la… Jogo a Jogo, para ganhar.

      Nao sei a que proposito vem esta afirmacao do Carrillo. Provavelmente distorcida. Suspeito algo, vamos ao Dragao para ganhar, logo, ficamos em 1. e fazer um pouco de auto-promocao no seu Pais de origem.

      Seja como for vai levar o raspante que deve levar do LJ por ter caido na esparrela. Hoje em dia a internet liga o Peru a Portugal a velocidade da luz. Falar la e como falar ca!

      Claro que a CS Portuguesa, sem escrupulos e espinha dorsal, pega na frase e poe na 1.a pagina. Convenientemenete antes do jogo com o Dragao.

      Jornalisses a parte, O nosso futebol e de longe o melhor em Portugal. Como referiste melhor ataque, melhor defesa, melhor marcador, a 2 pontos do lider (a jogar uma merda!!), sem as despesas das competicoes Europeias. Se continuarmos assim, vamos ser campeoes SIM. Mas para isso temos que ir passo a passo, nao queimar etapas como diz LJ.

      Por agora, lutamos pela Europa, e isso passa por ganhar no Dragao.

      SL

      • UM JOGADOR DO SPORTING NUNCA PENSA EM LUTAR PELA EUROPA!
        LUTA POR TÍTULOS. A LIGA EUROPA NÃO É UM TÍTULO!

        (achei por bem por em letras garrafais, só para não nos esquecermos que estamos a falar do Sporting Clube de Portugal.Carrillo já o sabe).

      • Gestao de expectativas… caro Converge.

        Nao se trata de diminuir o SCP (isso ja foi feito pelas anteriores direccoes)

        SL

    • bullocks, jubas! gestão de expectativas é acreditar que se pode fazer sempre melhor dum jogo para o outro. gestão de expetativas é ter objectivos na vida e lutar por eles. há jogadores que precisam de ter objetivos para jogarem melhor.

  22. William Carvalho é sem dúvida a nossa jóia da coroa. A verdadeira coca-cola no deserto, um notável achado, resgatado do fundo de uma arca onde achávamos que já não havia ouro.
    Para ver bem a importância de William nesta equipa, basta olhar para a época passada: o maior ídolo da nossa torcida e um jogador imprescindível simplesmente deixou de calçar e foi relegado para um lugar cativo no banco. Estou a falar, naturalmente, de Fito Rinaudo. E muito mudou o futebol do Sporting com esta substituição. E essa mudança deve-se muito ao Angolano de 21 anos.

    William Carvalho não se limita a ser um magnífico recuperador de bolas, pois isso já Rinaudo era. William vai muito mais longe, tão longe quanto a sua extraordinária maturidade e inteligência tática lhe permite ir. Para nossa felicidade. Toda a engenharia do nosso futebol começa a ser definido pelas impressionantes características do jovem angolano. William Carvalho tem a capacidade única de conferir tranquilidade, ritmo e segurança aos seus colegas. É o pêndulo perfeito. É o Yin-yang da nossa equipa. Se Rinaudo era Deus omnipresente, William Carvalho é Deus e Diabo, omnipresente e omnisciente. Rinaudo destrói o jogo do adversário enquanto William constrói o nosso jogo ofensivo. É a diferença entre um médio defensivo competente e um médio defensivo total. William tece a teia e dá a picada. Tal como numa cabine telefónica, e sem perder a calma, não só se livra dos adversários como liberta extremos, descompensando as linhas defensivas do adversário.
    E depois William é determinante na filosofia implementada por Leonardo Jardim e que frutos tão doces tem dado: a pressão alta e asfixiante. Uma filosofia em que cada jogador é um predador que não larga a sua presa e que quando a presa se solta vêm logo dois ou três para a neutralizar. Uma filosofia de jogo em que os centrais contra-defendem no meio campo, nunca permitindo que a equipa recue (um vício tão antigo nas nossa equipas). Uma filosofia em que os médios ala são os primeiros laterais e os laterais são os primeiros extremos. É esta filosofia de jogo que LJ brilhantemente implementou no nosso futebol e que tem como mestre um miúdo angolano de 21 anos. Um miúdo que há 8 anos, com 13 aninhos feitos, quando jogava nos juvenis do Sporting (apesar de ser iniciado de 1º ano e ter menos 2 anos do que os colegas!), foi tentado pelo benfica, que foi a sua casa com um contrato pronto para assinar e disse: “Vão-se foder, o meu clube é o Sporting!”.

    É este miúdo que é a fonte do nosso orgulho, um orgulho que tem a ver com sua capacidade de sacrifício pelo Sporting. Porque no futebol há exemplos em que a fé (não religiosa mas a pura crença no nosso valor) supera o próprio talento e o percurso futebolístico. E a resiliência, mesmo para um miúdo de 21 anos, é o caminho mais longo mas mais produtivo para o sucesso.

    Por isso, a chave do sucesso deste belo Sporting 2013-2014 tem a ver com esse paradigma: saber esperar pela nossa oportunidade, mesmo quando estamos “esquecidos” no fundo da arca num qualquer Cercle Brugge. Olhamos para este belo Sporting e vemos jogadores que tinham tudo para perder essa fé e souberam esperar e acreditar: Rui Patrício, André Martins, Adrien, Cédric, Wilson Eduardo,…e William Carvalho, já sem esquecer Mauricio que não sendo sportinguista de base já o é no coração dos adeptos e também Carrillo que já passou pela travessia (necessária) do deserto.

    É desse material que são feitas as estrelas no futebol: a capacidade de sacrifício pelo clube que amam. Pelo menos das nossas estrelas. E William Carvalho é a mais alta e a que mais brilha. A nossa Luz Negra.Infelizmente, nao vai brilhar muito de verde e branco, mas até esse dia chegar, que continue a crescer e a fazer crescer o nosso Grande Amor.

  23. Há pormenores no homem que o definem como uma autêntica máquina.
    Vale 20M no momento, e outros 20 dentro de pouco tempo e por ai fora.
    O William no mercado de inverno a jogar desta maneira, vale 40M a cagar.

    se jogar sempre desta forma, será um dos melhores do Mundo na posição dele

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s