Será apenas culpa de Abel?

Sabemos que existe muito talento na equipa B. E queremos que esse mesmo talento tenha expressão em campo.
A verdade é que, nestes primeiros oito jogos, a equipa tem mostrado uma tremenda irregularidade de resultados e de exibições, com as flutuações a terem lugar no decorrer dos próprios jogos (em Faro, por exemplo, podíamos ter chegado ao intervalo a vencer por dois ou três, depois a equipa desapareceu; ontem, frente ao Moreirense, mais um bela primeira parte e um eclipese na segunda). Olhando para a qualidade de grande parte do jogadores as exibições sabem, efectivamente, a pouco. E há vários dedos que se movem, apontando na direcção de Abel, o treinador.
É verdade que o futebol que vimos os júniores praticarem, com este mesmo treinador, com belíssimas exibições na next gen, por exemplo, não tem aparecido no Sporting B, mas… será apenas culpa de Abel?

Anúncios

113 thoughts on “Será apenas culpa de Abel?

  1. existiram muitas criticas ao papel dele, mas o ano passado quem era o “treinador” era o Manuel Fernandes, o que dava um grande apoio ao Dominguez, e andava mais em cima dos miúdos. para além disso ele tinha uma grande conhecimento do que é jogar uma 2ª liga, a forma de jogar das equipas.

    o que acontece este ano, é que me parece que se privilegia mais dar ritmo aos jogadores do que propriamente analisar os adversários e jogarem os jogadores em função do adversário.

      • que foi?

        queres comparar a experiencia de segunda liga do Manuel fernandes com a do francisco Barao, que é quem la está a fazer essa função de “adjunto”.

        se a tua ideia é vires com tretas de que estou contra a direcçao tira o cavalinho da chuva, apenas estou a analisar factos

      • alias compara o que o porto b fez o ano passado e o que esta a fazer este ano. o que mudou? trocaram um treinador inexperiente , por outro com um melhor conhecimento da segunda liga.

      • Sim o porto B não costuma actuar com gajos que custaram cerca de 10 milhões nem nada…

        Diego Reyes, Herrera, Kelvin, Carlos Eduardo, Quiñones…

        Sim, é do treinador novo riga, é isso tudo.

      • Leão à solta, nesse caso acho que a vantagem é que com esses jogadores a equipa conseguiu criar um 11 base. esses estão lá desde início. e estabilizaram. nós, não temos um 11 estabilizado. e talvez isso fosse importante, para depois, pontualmente dar minutos aos menos usados na A. o facto de actuarem com jogadores de 10 M a mim não me diz nada. nós ainda nem jogamos contra eles. mas os outros têm todos planteis inferiores ao nosso. e sim, acho que o Abel é o principal responsável. treinar júniores contra júniores é diferente de seniores contra seniores.. deve haver uma análise às equipas adversárias e mais experiência no líder… além disso, capacidade de liderança é coisa que o Abel nunca teve…

    • No ano passado a equipa B jogou (mt) bem enquanto lá esteve o Oceano. A partir do momento que ele saiu, foi sempre a descer com o Dominguez. Parte da quebra pode ser explicada pela saída também dos jogadores para a A (Ilori, Dier e Bruma), mas continuou muito talento na B, muito mal aproveitado.
      Não teve nada a ver com Manuel Fernandes…

  2. Riga, o que mudou no porco B foi basicamente a transição do factor arbitragem suja também para a segunda liga. É que isto não podia continuar como no ano passado. Para além disso, o porco b tem por lá jogadores que provavelmente, todos juntos, equivalem ao orçamento para os nossos A´s.

    Não sei muito bem o que dizer do Abel. É provável que o Abel esteja tambem refém do factor motivacional dos miúdos que renovaram, sendo que muitos deles acharam provavelmente que estava dado o passo definitivo para a equipa principal.

  3. Poderá não servir de desculpa mas a verdade é que o Abel tem a obrigatoriadade de dar minutos a jogadores da A que por vezes aparecem de vespera na B apenas para ganhar ritmo.
    Claro que se deve sacrificar a equipa B para essas experiencias no entanto não acho que se possa sacrificar o treinador.
    Acredito também que os verdadeiros jogadores da B podem desmotivar quando acham que são titulares e depois perdem o lugar para um da A. Todos esses factores ajudam a percebem porque a equipa joga sem a garra e o querer que todos nós gostariamos de ver.

  4. Eu tenho defendido a ideia de que a equipa B está um pouco mal projectada para este ano.

    Vejo jogadores a actuar fora de posição, só para terem minutos na B (Ié, Hugo Sousa ou Alexandre Guedes são alguns exemplos).

    Não vejo uma equipa base, vejo jogadores que aparecem mas desaparecem logo a seguir (Mica, Fokobo, Betinho…).

    Vejo contratações que têm que ser muito bem justificadas: Hugo Sousa e Sambinha à cabeça, Everton acho que ainda nem jogou.

    De vez em quando chamam júniores como o Mauro Riquicho e o Ponde para jogarem na B quando se está a tirar o lugar a outro jogador que se não jogar pela B nesse fim-de-semana não vai poder fazê-lo em mais lado nenhum e os júniores têm o campeonato deles.

    Em suma, temos um plantel com qualidade mas que é extenso em demasia, por exemplo para a posição de PL temos 3 soluções: Cissé, Betinho e Guedes. Devíamos ter emprestado o Guedes.

  5. Os Juniores têm, na fase regular, 3/4 jogos realmente difíceis. Isso não dá estaleca. O verdadeiro desafio reside na motivação constante de quem vai, invariavelmente, jogar contra equipas (bem) mais fracas. Nisso o Sá Pinto era imbatível. Os putos pareciam cães raivosos na Next Gen contra o Liverpool ou em Sintra contra o 1º de Dezembro no fds seguinte. Essa realidade, relativamente à nossa liga de honra, é brutalmente distinta. O Dominguez já era batido no futebol sénior e, quanto a mim, não deveria ter saído do comando da equipa B. O Abel, no ano passado, na fase final, borrou-se. Qd foi a doer borrou-se.
    Para além da temática do treinador coloca-se, também, a estratégia do clube relativamente à B. No ano passado a perspectiva era de subida, ou seja, os putos da B tinham a perspectiva de subir à A. Ilori, Bruma, Dier, Zezinho e Esgaio foram disso exemplo e todos os outros sentiam que podiam ser o próximo. Este ano a perspectiva é a oposta; os da A vêm ganhar minutos à B. Isso desmotiva; João Mario e Esgaio são sombras do que foram. Riquicho (apesar de ontem ter jogado, mal) jamais evoluirá enquanto tiver o lugar tapado por um Welder da vida (belo barrete); Stojanovic nem deve ter vontade de treinar sabendo que, invariavelmente, terá um gordo lento chamado Magrão a tirar-lhe o lugar. Com o Cissé a jogar como está dificilmente o Betinho calçará. Vítor, o mais virtuoso de longe em campo estava totalmente desmotivado. É complicado e deve ser uma gestão complicada de fazer. Entre estas duas perspectivas a equipa técnica terá uma difícil gestão pela frente.

    • concordo, o ano passado a equipa B tinha como motivação chegar á equipa a e não apenas em caso de falta, mas se dessem nas vistas( repara que o mané apenas chega á equipa a devido a lesão do capel e faltar um extremo, o ano passado, o bruma, o Ilori, o Dier e o esgaio chegaram lá por terem dado nas vistas)

      este ano voltamos ao que já se fez anteriormente com a equipa B, que é esta servir para dar rodagem , quase permanente, a alguns jogadores da equipa A.

      ainda me lembro de ir ver um jogo a Moscavide na outra existência da equipa b, em que para tentar ajudar a não descer de divisão colocaram la o Luis filipe , o sá pinto e mais 2 ou 3 uma data de jogos seguidos

      • No ano passado esses chegaram lá depois da razia de janeiro… E foi muito boa essa razia na minha opinião!

    • Esse argumento so funciona para um lado?
      Entao e o Mane e o Semedo que ja foram chamados a A esta epoca diversas vezes?

      Ainda estamos no inicio da epoca companheiros. Deixem a poeira assentar e depois vemos com o que podemos contar!!

      SL

      • Jubas, sem querer tirar mérito ao Mané, ele só foi chamado pq o Capel se lesionou (e, provavelmente, como prémio de renovação que se mostrou algo complicada). O Semedo sempre foi dos que fez parte dos A, sempre foi o óbvio 4º central do plantel A. Não achas?

      • e entao nao estamos a escrever o mesmo?

        Nao achas que esta a fazer bem ao Cisse a passagem nos B?
        E nao faz bem ao Betinho competir com ele?
        O que for melhor esta na sucessao para a A. A Competicao faz com que ambos evoluam. Quem nao conseguir perceber e motivar-se com esta situacao, nunca vai conseguir ser jogador.

        Vai-se motivar se subir a A (tipo automatico) e competir com o Montero?

        Claro que quando um Capel se lesiona abre vaga para um extremo. O que estiver melhor e chamado. Nao e para isso que o plantel A e curto? Nao e motivacao sufeciente estar sempre bem para quando a oportunidade surgir (e durante a epoca vao surgir mais) estar apto?
        Que outro clube permite isso as suas jovens promessas (tirando talvez o Guimaraes)?

        Querias entrada garantida da B para a A so porque sim? porque e o passo normal, como se sobe dos juvenis para os juniores?

        Quando um Joao Mario treina ao lado do Magrao e ve (por ventura) que ainda nao esta ao nivel deste, nao e um reality check? um banho de humildade? uma motivacao para trabalhar mais? Para dar nas vistas e substitui-lo numa lesao\castigo e porventura para a proxima epoca?
        Ou se estiver melhor nao e uma motivacao de estar pronto? um sinal para a estrutura “promover” o jogador?

        Quem tem uma atitude negativa e de pseudo-vedeta nao vai vingar, por muito talento que possa ter (ver exemplo de Paim!). E preciso humildade, trabalho e competencia. O Sporting e um clube de exigencia.

        Na B se separam os Homens dos rapazes…

        SL

      • que outro clube faz isso? o maritiomo, que foi o único que nunca acabou com a equipa b, e já produziu a volta de 20 jogadores ou mais para a equipa principal

      • jubas e achas mesmo que o joão mario pensa isso ao treinar ao lado do magrão? do magrão? reality check? só se for tenho de correr para nao ficar como este gajo!

      • Se o Joao Mario nao achar isso por treinar com o Magrao (sim o Magrao, mas pode ser o Vitor), ou pode ser o Mica com o Pris, ou o Mane com o Salomao, ou o Betinho com o Cisse e por ai fora….

        Ou sentem-se melhores e vem que tem qualidade para subir a A (na proximo Dezembro, defeso, ou nos entretantos….), e LJ nao dorme!! ou tem a tal reality check e percebem que tem que trabalhar mais.

        Se o seu ego for grande demais e nao der para perceber isso, nunca sera jogador para o Sporting.

        Simples.

        SL

    • Discordo. De quase tudo. Aliás, nem sei porque adjectivas Magrao de “gordo”… Sei lá, mas pareces um gato escondido com rabo de fora…

      • É para o pau. Posso admitir tudo, agora mentiras sobre os nossos jogadores é que não.

        Podes dizer “o Magrao não joga nada” o que em si mesmo é uma opinião subjectiva, e eu nunca argumento contra opiniões. Outra coisa é dizeres, “o Magrao não joga nada porque é gordo”. Ora bem se factualmente isso é mentira, tenho de me pronunciar, certo.

        E depois uma pessoa lê o resto dos comentários, todos a malhar no Sporting…

  6. Qual o papel da equipa B, na estrutura do nosso futebol profissional?
    Será que o Abel está a cumprir com o que foi decidido no inicio da época?
    Antes das nossas preferência pessoais ditarem as opiniões penso que seria importante saber o que lhe foi pedido.

    No ano passado com a equipa principal totalmente aos papeis, a B, foi a nossa muleta nas conversas de café, pois só falávamos de futuro, com um presente tão negro.
    Mas não nos esqueçamos que o final de época da B foi em perda.

    Na minha opinião a B, será para ficar no meio da tabela e cumprir a função de receber os jogadores da A que necessitem de ritmo e de amadurecer os miúdos que saem dos juniores.
    Não será cedo para alguns começarem a questionar o Abel?

    Cherba, foi em Portimão esse jogo da primeira parte, o farense-SCP B, será só a 13-04-2014.

    SL

  7. Só aqui um dado que me parece importante.

    O Ivan Cavaleiro há dias fez capa no Record porque era o melhor marcador da 2ª liga com 7 golos. De facto é. Mas Cissé tem 5 golos em 6 jogos enquanto Ivan tem 7 em 10.

    Também não deixa de ser curioso o facto do Abel ter apostado no Kikas em todos os jogos, penso que é o único que tem os 10 jogos feitos.

  8. se calhar falta algo parecido com um projecto desportivo em que os jogadpres se sintam parte e acreditem.. no ano inicio do ano passado a equipa era muito “homogenea”, a maioria eram ex-juniores a fazer o 1º ou 2º ano de séniores e a equipa B era vista como a porta de entrada para o clube.. os jogadores davam o máximo e encaravam os jogos de forma competitiva, ou seja a lutar para a melhor classificação… oviamente depois para o fim a equipa foi desfeita, etc e tal..

    este ano talvez haja um recurso excessivo a jogadores da A para ganharem ritmo, e assim os jogos sao mais encarados comos treino e jogos de preparação do que propriamente jogos competitivos..

    por ultimo ha o factor psicologico de quem trabalha diariamente e depois nos fds vê algué, chegar da A para lhe ficar com o lugar.

    • Cisse (6 jogos na B), Pris (3) e agora Vitor e Magrao (ah e Boeck).

      Parece-te excessivo? Em 10 jogos? Numa liga com 42 jogos\epoca? Pois a mim parece adequado e ate de salutar, pois permite uma comparacao e competicao directa entre os A- e os B+. Para alguns ganharem humildade ou ganharem um lugar acima (dependendo). Chama-se banho de realidade e por vezes e preciso!!

      SL

  9. Não percebo nada disso! A Equipa B foi projectada para ser campeã na 2 divisão? Ou para dar experiencia e ritmo para que qd for preciso dar um apoio à Equipa A? Quer dizer na Equipa A, como existe mt por aqui a afirmar, não luta pelo titulo, mas Equipa B tem de lutar?
    Na minha opiniao, o trabalho esta a ser bem feito, claro que interessa ganhar, mas por diversas vezes foi dito que os jogadores com pouco ritmo dariam um pernazinha na Equipa B, foi o q aconteceu esses fds! Não sao todos jogadores do Sporting? Não estão todos no mesmo barco? Eu n acredito na teoria de estarmos a tirar a vez a jogadores promissores, se forem mesmo bons, podem ter a certeza que os lugares estão garantidos. Jogar ao lado de jogadores mais experientes tb n é benefico para jogadores mais jovens?
    Deixem o Sporting trabalhar, o próprio Abel disse que as derrotas fazem os jogadores crescerem.
    Eu já disse, confio plenamente na estrutura, Bruno, Inácio, Jardim, Paulinho, Abel e todos os restantes, e se para eles está tudo bem, para mim tb. Vamos apoiar, como até aqui, e no fim veremos os resultados. Provavelmente, mais cedo do que pensamos!

  10. Parece-me que há vários fatores a contribuir para uma prestação mesno positiva da equipa B:

    – falta de motivação: ao contrário do que aconteceu no ano passado, a equipa principal está em altas e dificilmente algum jogador da B poderá dar o salto a curto prazo.

    – para além de potenciar novos jogadores, a equipa B passou também a ter um outro papel que não tinha no ano passado: dar ritmo competitivo aos jogadores menos utilizados da equipa A (ex: Vitor e Cisse), o que quer dizer que aquele que deveria ser o principal objetivo de uma equipa de futebol (ganhar os seus jogos) passou para terceiro!

    – vários contratos de longa duração celebrados recentemente: não é propriamente uma novidade que um jogador joga muito mais quando está perto do fim do contrato.

    – a equipa B caiu muito desde que o Bruma saiu (já tinha sido assim no final da época passada).

    – mau momento de alguns jogadores determinantes, como João Mário.

    Apesar de tudo, acho que a equipa não tem estado assim tão mal. A 2ª liga é muito competitiva e estamos a apenas 6 pontos do primeiro (que tem um jogo a mais).

    Quanto ao Abel, é uma incógnita. Não sei dizer o que ele vale.

    • Sou contra os “A” jogarem na “B”, exceptuando aqueles que possam vir de lesões prolongadas (para ganhar ritmo). O Cisse é caso à parte, pois não tem “formação” futebolística básica, por isso, para mim, é jogador “B”. Não acho que o Sporting ganhe algo em colocar o Vitor e o Magrao a jogar na B….

  11. Se os leoezinhos nao conseguirem “desemburrar” na B, nunca vao chegar a A.
    Leio por aqui que os jogadores ficam desmotivados. Cabe a estrutura fazer ver que se nao forem mais valias na B (craques na 2. liga) nao tem hipoteses na 1. liga (muito menos na A do SCP.

    Portanto aos desmotivados, vejam que antes de aspirarem seja ao que for tem que ser realmente CRAQUES com os Penafieis e Oliveirenses deste mundo.

    Se pontualmente, alguns da A “descem” para ganhar ritmo, tem que mostrar que estao melhores que esses, e logo provar que podem tomar o seu lugar na A.
    Serve para comparar o nivel de forma directamente entre os A- com os B+ (se assim me permitirem escrever!).
    Tambem o contrario e verdade. Pontualmente temos visto a forma de alguns Bs permitir a subida pontual (Mane e Semedo tem sido mais chamados neste inicio de epoca, mas ainda vamos no inicio).

    Nao esquecer que a 2. liga tem 22 equipes, logo 42 jogos por epoca. Mais que sufeciente para jogarem todos. Os A-, os B+, os B(-), e ate os juniores++.

    Quanto a irregularidade exibicional. Bem podemos alegar que estamos a falar de uma equipe com bastantes jovens a jogar numa liga de velhas raposas (com bastante intensidade fisica a mistura). Esperavam ganhar a 2. liga? Talvez seja possivel, a medida que os putos forem ganhando calo e o dedo obscuro do sistema o permitir. Ainda assim estamos a 5 do lider!!! e sem craques sul americanos e Servios de 10M a jogar… MAs embora possivel e desejavel, nao e esperado nem crucial.

    Quanto ao Abel, penso que tanto como os jogadores, falta-lhe calo, que o ganhara com o desenrolar da(s) epoca(s) apoiado pela estrutura.

    A questao que me apetece colocar e: Faz sentido a B ser uma escola de treinadores assim como de jogadores?
    Nao fazia mais sentido ter uma velha raposa (um Manuel Fernandes com ordenado condizente a realidade do clube!). Ou fara mais sentido continuar o trabalho dos juniores no passo seguinte? Mas a B nao e so formada por seniores de 1. ano, temos alguns ja com 19, 20, 21 anos, alguns com 17, 18… Nem todos vieram daquela equipe da NextGen do ano passado!!!

    O Inacio, Virgilio e BdC la saberao, mas a meu ver, nao faz sentido formar os treinadores na B, sob pena de prejudicar o desenvolvimento dos jogadores a custa do do treinador!!

    Seja como for, ainda e muito cedo para avaliar o trabalho do Abel. Vamos dar tempo ao tempo. Na pausa do Natal podesse fazer uma primeira avaliacao.

    SL

    • jubas concordo no geral com o que dizes, mas com uma ressalva

      a historia do treinador: ambos sabemos que o treinador principal, no papel não o pode ser, por isso quem estiver no papel de “adjunto” podia ser uma raposa velha, mas tinha de ser o misto de 2 coisas:

      1- perceber de formação e ter a tal mística do clube

      2- ter experiencia de um campeonato competitivo e com equipas matreiras e experientes como as que estão na 2ª liga.

      é que me dá a impressão que mesmo com estas equipas calejadas, na época passada a equipa conseguia ultrapassa-las melhor e conhecia melhor os adversários e a sua forma de jogar.

      • Pois eu acho que o treinador principal devia ter o papel, e o adjunto talvez (tambem!). Aqui estou com o “Dr. Manuel Machado”.

        Infelizmente MAnuel Machado nao aceitou ficar. E passado portanto.
        Mas tambem existem mais solucoes.

        Concordo que deve ser alguem ligado ao clube, com a mistica inerente a isso. Com calo e experiencia na 2. liga, mas tb (e sobretudo) na formacao (penso que dai a escolha do Abel!).

        Inacio e Virgilio estao la para ajudar tambem, nao esquecer.

        Eu gostava de ver o Treinador da B ficar epocas a fio, cimentando a sua competencia e prolongando o projecto. E nao ser uma promocao dos juniores ou um passo de aprendizagem para (eventual) treinador principal.

        Talvez Abel seja o nosso homem, talvez nao. Por agora vamos dar tempo…

        SL

  12. Antes de mais, a classificação da B é-me indiferente, desde que não desçam. A equipa B serve para dar ritmo aos jogadores, e preparar os mais jovens para a alta competição. Os campeonatos de juniores são uma comédia, e isso implica uma passagem complicada para senior.
    Prefiro que o Abel rode os jogadores (sem exageros), do que forme um 11 tipo e joguem sempre os mesmos.
    Agora, em alguns casos em particular, penso que possa haver algum descrédito por parte de jogadores que pensavam a esta altura já estar de pedra e cal na equipa A, tais como o Joao Mario e Esgaio. Talvez expectativas demasiado elevadas, de quem passou o defeso a ver que a equipa principal ia ser construída a 100% por membros da formação.

    PS: o que se passa com o Fokobo?

  13. Respondendo à pergunta, e sem ler ainda nenhum comentário, não, a culpa não é do treinador.

    Esta equipa é composta por jovens de talento evidente mas está sujeita às variáveis inerentes da inexperiência e juventude. Estes jovens estão a aprender, o que em si mesmo comporta a tentativa e o erro. É perfeitamente natural.

    Só poderia conceber que Abel não está a cumprir a sua tarefa se ele efectivamente não estivesse a cumprir com o plano de crescimento destes jovens. Como não me parece ser o caso vamos deixar em paz quem está a fazer o seu trabalho segundo um método aprovado hierarquicamente.

    É evidente que este raciocínio deve ser aplicado para a equipa A, neste momento acho que haverá poucos Sportinguistas a emprenhar pelos ouvidos…

  14. Só uma questão, a equipa B está a 5 pontos do líder, é constituída quase na totalidade por ex-juniores mais 2 ou 3 miúdos com idade de “esperanças” como existe no futebol brasileiro. Depois ocasionalmente jogam lá 2 ou 3 da principal para ganhar ritmo.

    Para que serve a equipa B afinal? Não é para as 3 situações acima referidas? Ou querem mesmo que sirva para enfiar os craques de 10 M falhados? Felizmente esses já cá não moram.

    Abel como qualquer treinador, merece a minha confiança até ao final da época, nem coloco atualmente o seu valor em causa. Aliás, ter um mestre da segunda liga a treinar os B para mim é ridículo, quero os miúdos a jogarem de modo a um dia subirem, não quero equipas montadas para sacar pontinhos nos campos mais complicados de modo a tentar a subida.

    A minha preocupação está no apagão verificado em jogadores como Fokobo e Zezinho, que não sei por onde andam. Esgaio e João Mário terão a sua oportunidade assim que seja necessário.

    Virem agora com a conversa de que o ano passado havia mais motivação para mim é conversa da treta. Só me falta dizerem que o ano passado foi o apogeu da aposta na formação.

    • mas mesmo não podendo subir, o ano passado andaste sempre lá em cima.

      quanto á questão do treinador: podemos fazer o crescimento dos jogadores, na mesma, mas se queremos jogar num campeonato profissional com eles, podemos minimamente ser competitivos, observar adversários, conseguir evitar os seus pontos fortes, aproveitar os seus pontos fracos, ou seja participar no campeonato a serio como fizemos o ano passado e para isso convem teres um treinador ou um “adjunto” que saiba com que pode contar num campeonato competitivo como a segunda liga: é que se os jogadores não conseguem desenrascar numa 2º liga com jogadores matreiros, que dao porrada, isso é apenas o aperitivo para o que vao apanhar na primeira equipa seja na primeira divisão seja na europa.

      e o ano passado tínhamos um “adjunto” que percebia disso e infelizmente não ficou, o que temos lá este ano conhece bem as segundas b e terceiras divisões, mas não conhece os campeonatos profissionais. e sendo o abel um treinador inexperiente, precisava de alguém que o conseguisse ajudar ( por exemplo o Inacio se não tivesse noutras funções mais acima, seria um exemplo de alguém com essa visão)

      • Com 10 jogos realizados estás a 6 pontos do primeiro classificado e com menos um jogo (isto sim é um facto!). Qual é o drama?

        Mas como sabes que não observamos adversários e não tentamos evitar os pontos fortes? Enfim, presunção e água benta… Deves pensar que aquilo é a brincar, ninguém percebe nada da segunda liga e só se juntam ao fim de semana para dar pontapés na bola…

        Quando se confundem suposições e invenções com factos temos estes delírios rigabossianos.

      • como é que sei? vendo os jogos, alias para quem vê os jogos com olhos de ver, , em especial os jogos fora, vê que existe ali falta de treino, e em especial falta de estudo dos adversários e dos seus jogadores

        é que não tens uma vitoria e 4 derrotas nos jogos fora por acaso

      • facto: 6 pontos do 1º lugar com menos um jogo (informação pública e verificável).

        Suposição/invenção: Ninguém observa e estuda os adversários (saída directamente da cabecinha genial do rigaboss).

        Se 1 vitória e 4 derrotas fora bastam para dares uma suposição por facto, como explicas as 4 vitórias e uma derrota em casa?
        Só estudamos e observamos os adversários quando os recebemos???
        Ridículo…

      • Então? Estou a ficar confuso. Afinal a culpa das derrotas fora é da falta de observação e estudo dos adversários ou o factor casa/fora também conta, esquecendo os outros milhares de factores que contribuem para o desenlace de um jogo?

        Não sei se te estás a dar conta, mas estás a destruir o teu próprio “argumento”.

      • Riga, explica lá melhor essa do adjunto. Vou-te dar uns números do Sporting B e tu vais-me elucidar:
        – 10 vitórias nos primeiros 12 jogos, até início de Novembro (Oceano sai pouco tempo antes de acabar a senda vitoriosa).
        – de Novembro até fim de Fevereiro ganham apenas 2 dos 16 jogos;
        – continua a “grande” forma até meio de Abril, só com 1 vitória, e com uma sequência de 5 derrotas em 6 jogos.
        – finalmente, nas últimas 6 jornadas conseguem 6 jogos sem perder, e 4 vitórias.

        Portanto, para o teu ponto de vista ter lógica, o Manuel Fernandes deve ter acompanhado a equipa no fim e no início do campeonato. Entre Novembro e Abril, em que o Sporting B teve uma média de menos de 1 vitória por mês (!), o Manuel deve ter estado de férias ou a fazer o tal scouting que é tão importante…

        P.S. – antes que se fale nos jogadores roubados para A: Bruma e Ilori jogaram na B até início de Fev; Dier jogou apenas 5 jogos completos na B. Zezinho teve fora de Janeiro a Março.

    • Também me questiono acerca do Fokobo. Zezinho renovou antes de Godinho sair e por isso deve estar com um ordenarão.
      Betinho tem estado lesionado mas apesar disso foi com a selecção sub 21.

  15. Então Verdete, estamos a 5 pontos do líder e com menos 1 jogo. Queres explicar o “estamos muito mal” ou posso mandar-te já com o caralho?

  16. Não concordo com nada do que foi dito acima (salvo excepções)

    1) O Abel que fez uma grande primeira volta o ano passado é o mesmo Abel deste ano. A diferença? Os jogadores mudaram. A dupla de centrais mudou (Dier-Ilori), o melhor jogador da equipa já não existe (Bruma). E só isto é suficiente para o rendimento baixar. Mas também é só uma questão de tempo. Tempo até o Semedo mostrar que pode ser o próximo Dier e tempo para o Mané mostrar que pode ser o próximo Bruma. E já agora, tempo para os outros chegarem ao mesmo nível.

    2) Treinadores experientes na equipa B? Não, obrigado. Não conheço um “treinador experiente” que tenha o hábito de colocar uma equipa a jogar um futebol de ataque porque só treinaram equipas de merda (e quando tiveram a sua oportunidade num grande, não singraram).Simplesmente não existem. São os treinadores do pontinho, do anti-jogo e da manha. Não quero isso na nossa equipa B. Prefiro um gajo jovem, ambicioso e inteligente….como é o Abel. É só ver onde andam “as raposas” (juju, manel zé, manel machado, por aí fora…) e onde andam os jovens (marco silva, jardim, fonseca, villas boas e mourinho).

    3) Apesar de estarmos piores classificados, hoje há mais competitividade na equipa B. Resta saber como é que os miúdos vão encarar isto. Se for com profissionalismo e motivação, rapidamente ultrapassarão os Cissés, os Magrões e os Vítors. Senão, vão andar muito tempo a penar. É uma questão dos miúdos mudarem o chip de “Sou titular indiscutível e por isso vou chegar rapidamente à equipa A” para “Tenho de lutar todos os dias pelo meu lugar e, quando o ganhar, vou chegar à equipa A”. Exigência, lembram-se?

    4) Não vale a pena fazermos uma tempestade num copo de água. A qualidade sempre lá esteve. Mas agora depende deles. Parece contraditório, mas apesar da aposta na formação ser, finalmente, uma realidade….hoje está muito mais difícil chegar à equipa A. E não é porque a política mudou. O que mudou foi a exigência. É preciso jogar muito mais, muito melhor e durante muito mais tempo para se ganhar o direito de chegar à equipa A.

    5) A partir do momento em que dizem ” na equipa B estamos piores do que o ano passado” recebem já, de forma inequívoca e frontal, o meu sincero “Vão pó caralho!”. Não é esse o termo de comparação. Aliás, não há termo de comparação nenhum. Como querem comparar equipas que dependem do crescimento de júniores para colmatar ausências de craques que, entretanto, subiram? O termo de comparação será sempre em relação aos jogadores que subirem. Se Mané, Semedo, Esgaio e João Mário e outros acabarem o ano como definitivos “A material”, digo-vos já que fizemos melhor. Mesmo que a gente desça de divisão.

    • logo no primeiro ponto espalhas-te ao comprido

      o Abel apenas pegou na equipa b este ano, o ano passado estava nos juniores, quem esteve a época passada toda na equipa B foi o Dominguez, numa primeira fase com o Oceano e depois sendo ele o “treinador”

    • Concordo contigo Sa.

      Excepto no ponto 2.
      Queres ver que nao ha treinadores ligados ao Sporting com mistica, experiencia e competencia para treinar a B, conjugando com a veia formadora/psicologica propria de uma equipe B?
      Nao pode haver uma “linha tactica” desde dos Iniciados aos Bs (ou As)? Inacio, Virgilio e/ou LJ podem definir isso.

      4-4-3? 4-4-2, titi-kaka a la sporting? o que seja. Nao sou tecnico para discutir a(s) opcoes, mas tambem acho que nao e mal pensado (se nao tiver sido ja impementado!!)

      Nao digo que o Abel nao seja o nosso homem, mas nao e certamente a unica opcao.
      Por agora, esta em funcoes, portanto tem o meu apoio.

      SL

  17. Tens razão, rigaboss. Estava a confundir com a NextGen. Mea culpa.

    Tu adoras quando a gente “se espalha ao comprido”. Eu adoro quando tu choras que toda a gente te insulta SEM ARGUMENTOS e quando eu exponho o meu….tu preferes focar o meu “espalhanço ao comprido” em vez de analisares os argumentos.

    Pó caralho.

      • mas como tens dificuldades em ir meia dúzia de comentários mais acima, coloco aqui de novo

        “mas mesmo não podendo subir, o ano passado andaste sempre lá em cima.

        quanto á questão do treinador: podemos fazer o crescimento dos jogadores, na mesma, mas se queremos jogar num campeonato profissional com eles, podemos minimamente ser competitivos, observar adversários, conseguir evitar os seus pontos fortes, aproveitar os seus pontos fracos, ou seja participar no campeonato a serio como fizemos o ano passado e para isso convem teres um treinador ou um “adjunto” que saiba com que pode contar num campeonato competitivo como a segunda liga: é que se os jogadores não conseguem desenrascar numa 2º liga com jogadores matreiros, que dao porrada, isso é apenas o aperitivo para o que vao apanhar na primeira equipa seja na primeira divisão seja na europa.

        e o ano passado tínhamos um “adjunto” que percebia disso e infelizmente não ficou, o que temos lá este ano conhece bem as segundas b e terceiras divisões, mas não conhece os campeonatos profissionais. e sendo o abel um treinador inexperiente, precisava de alguém que o conseguisse ajudar ( por exemplo o Inacio se não tivesse noutras funções mais acima, seria um exemplo de alguém com essa visão)”

  18. É ridícula a conversa de “culpa” tanto quanto é ridículo o grau de exigencia para com a equipa B. Queremos sempre que ganhem, isso é certo, mas sabemos que isso é pouco provável porque do campeonato de juniores à 2a liga vai um mundo de distancia!

    Ontem chegaram a ouvir-se assobios!! Tenha tanta pena que esse grau de exigência não houvesse o ano passado, é que se houvesse teríamos esquartejado uns quantos jogadores da equipa A e a uns quantos dirigentes em pleno relvado…

  19. Só uma coisa, para os defensores do Manuel Fernandes enquanto ‘adjunto’ da equipa B.

    Alguém viu os jogos da B ao vivo o ano passado? Eu vi pelo menos 8 e não vi o Manel intervir nem com o Dominguez nem com os jogadores, inclusive vi jogos em que nem desceu ao balneário no intervalo.

    Também vi o André Martins a jogar na B o ano passado e não li por aqui ninguém indignado. E até fez 2 jogos de merda.

    A equipa B é para ganhar? É! Mas é principalmente para enquadrar juniores no futebol sénior e dar ritmo aos jogadores da A que não têm oportunidades. Posto isto, acho que o trabalho desenvolvido este ano, tal como o ano passado é bom.

  20. Que discussão estéril. Querem ser campeões da A ou da B?

    A B existe para preparar, recuperar, afinar, jogadores para a equipa A e tem objectivos muito específicos que não passam por ter como principal preocupação ser os primeiros, ficar à frente do benfica ou do porto B.

    A equipa é competitiva e os resultados mostram isso claramente. Tem permitido aos jogadores, como por exemplo Cissé, o aprimoramento da forma de jogar.

    Com toda a sinceridade em relação à B para mim o aspecto mais importante é ter jogadores em condições para A CURTO PRAZO em qualquer altura poderem substituir algum lesionado na equipa principal e A LONGO PRAZO substituírem jogadores transferidos. É essa a ordem natural das coisas.

    O treinador. Está muito bem onde está. Também ele está em formação. Só temos a ganhar com isso.

  21. Desculpa lá, mas isso não são argumentos nenhuns. É maquilhares a coisa usando uns dados e ignorando outros, conforme te convém.

    1) Dizes que a gente andou lá por cima no ano passado. Esqueces-te de um pequenino pormenor. No ano passado começámos em grande, porque tínhamos Bruma, Dier, Ilori (sobretudo estes). Quando eles saltaram para a equipa principal, começámos a perder pontos e a descer posições. Este ano começas sem nenhum deles e aqueles que os substituíram ainda não chegaram a esse nível. E tens aí uma explicação para a quebra de rendimento em relação ao ano passado.

    2) Os miúdos estão a completar a sua formação. Neste momento não precisam da manha e da ratice. Precisam sim de jogar e ganhar confiança nas suas capacidades. De acordo com um modelo atacante e que lhes permita evoluir. Até podes ter lá um adjunto manhoso, mas o peso e a importância que dás a isso não é, nem de perto nem de longe, o peso e a importância que isso tem na realidade. Sabes porquê? Porque não lutamos para ganhar a 2ª liga. Lutamos para formar jogadores. A ratice ganharão quando forem mais consistentes. Neste momento, o que interessa é mostrarem qualidades. Não é saberem perder tempo, atirarem-se para o chão ou defenderem com 11 gajos metidos na área. Isso é precisamente o que não queremos porque não é isso que vão encontrar quando chegarem à equipa A. O Sporting não joga assim, não quer jogar assim e não tem interesse nenhum formar jogadores para jogar assim.

    3) Percebo bem que queiras desvalorizar o Inácio. O Inácio é o NOSSO HOMEM FORTE DO FUTEBOL. Não é um adjunto, não é um treinador, não é um delegado. Por isso, escusas de dizer que ele teria o perfil para essa função de “adjunto manhoso”. Não pega. Ele tem funções, está a desempenhá-las LINDAMENTE e TEMOS MUITA SORTE em tê-lo no Sporting nas funções que está a desempenhar. Segundo, já era de esperar. “o ano passado tínhamos um “adjunto” que percebia disso e infelizmente não ficou”. Muito previsível. Ou seja, dizes que o factor chave da quebra de rendimento é…..a saída do Manuel Fernandes. Pois…era o Manuel que jogava, que treinava e que mandava. Pelo menos devia, pelo que ganhava. Mais uma vez, não pega. O Manel foi despedido. Perdão, MUITO BEM despedido. Pelo teu raciocínio, com o Manel devíamos ter ficado em 1º. Porque nenhum dos outros “managers” da 2ª Liga ganhava tanto como ele. Se dá para um lado, também tem de dar para o outro.

    • não tou a desvalorizar o Inacio, dei um exemplo de alguém que conhece bem a 2º liga como treinador( é o único treinador português que foi campeoa na primeira e na segunda divisão) e que podia ajudar um treinador inexperiente

      quanto ao manel ferndandes, era alguém que os jogadores repeitavam como figura do clube e como alguém conhecedor do futebol.

      e na pratica ele era o treinador já que o treinador não o podia ser, e ele sendo adjunto director da b, na ficha de jogo era ele o treinador

      tu queres um futebol atacante, claro que sim, mas tens jogadores acabadinhos de sair dos juniores, em que basicamente os defesas em 90% dos jogos podem estar a jogar á sueca uns com os outros que ninguém os chateia.

      e se queres apenas treinar situações atacantes não colocavas a equipa b num campeonato profissional, colocavas num amador e eles passavam os jogos a atacar.

      se estão num campeonato profissional é para se habituarem ao que vao encontrar mais tarde: sim fora uma ou outra equipa nos jogos fora, o que se via o ano passado era os adversários darem a posse de bola ao Sporting, e depois jogarem em contra ataque( bem como dizes é isto que vao encontrar na equipa a)

      mas também vao apanhar jogadores que dao pau e tudo isso, mas acima de tudo este ano acontece algo que não acontecia o ano passado: parece que ninguém se dá ao trabalho de observar os adversários, de saber como jogam , quais são os jogadores mais perigosos, o ano passado via-se esse trabalho de casa, este ano não, este ano parece que se limitam a olhar para o umbigo e vao para os jogos como se fossem jogos treino, sendo muitas vezes displicentes

      • Podias ter dado o exemplo do Luís Campos. Ninguém tem mais experiência do que ele a jogar na 2ª Liga. Escolheres o Inácio não é inocente. Principalmente quando és tu a comentar. Lembro-me que andaste a malhar no Inácio desde o 1º dia. Eu não me esqueço.

        Gostava de saber onde vais tu buscar as informações. Dizeres que não há observação das equipas na 2ª Liga é apelidares de incompetente a equipa técnica do Abel. E isso, já é formulares uma opinião tendencialmente depreciativa sem saber se realmente esse trabalho está a ser feito ou não.

        Agora, a pérola…

        “e na pratica ele era o treinador já que o treinador não o podia ser, e ele sendo adjunto director da b, na ficha de jogo era ele o treinador”

        Não é na prática, bronco. É na teoria. O treinador era mesmo o Dominguez, só não figurava como treinador porque não podia. Mas era ele que dava os treinos e escolhia a equipa. Mais uma tentativa de dizer que o Manel fazia mais do que aparentava, quiçá, para justificar a pornografia que era o seu vencimento.

        Acabo aqui a conversa contigo. Estás a usar o percurso da equipa B para valorizares o MF que já lá não está e para desvalorizar o Inácio que está lá noutras funções. E isso não é justo para o Abel nem para a sua equipa técnica.

      • quem veja os jogos com olhos de ver, vê que os jogos não são preparados nem os adversários são observados minimamente

        +e que não tens 1 vitoria e 4 derrotas nos jogos fora por acaso, se calhar fora a derrota em portimao que foi com ajuda do arbitro, as outras 3 foi mesmo por displicência

      • Para os rigas desta vida… Já todos sabemos ao que andas… Qual D.Quixote leonino, anda sempre à procura dos ‘moinhos de vento’ para encontrar formas de desestabilizar… Olha podes ir para o real caralho que te foda, tu mais a tua verborreia. Dizes que gostas de ‘analisar os factos’ de vários ângulos, pois vai analisar o caralho!

        ——————/´ ¯/)
        —————–/—-/
        —————-/—-/
        ———–/´¯/’–’/´¯`•_
        ———-/’/–/—-/—–/¨¯\
        ——–(‘(———- ¯~/’–’)
        ———\————-’—–/
        ———-’\’————_-•´
        ————\—————–

        FIGHT AND RESIST!!!

        Vamos Sporting Clube de Portugal! Contra tudo e contra todos os que nos querem mal!

        P.S. – Epa tive uma recaida…

    • Sim, tal como aquele Wilson Eduardo que só presta no Olhanense e aquele Wiliam Carvalho que andou a rodar num Brugge dessa Europa. É tudo gajo que já tinha saído se só jogassem as estrelas da formação.

      • Atualmente é. Mas na altura foste dos únicos a insurgir-se: Deixem os rapazes mostrar o valor que vão ser grandes estrelas!”, aposto.

        Ou terá sido mais um:” Metam antes o Esgaio e João Mário pá!” ?

    • È isso, esses estrangeiros são uma bosta…. Dier’s, Monteros, Capel’s, Carrilos’s etc etc, só tiram lugar a Fabios Paim’s e assim…

      Nem tudo ao mar nem tudo à terra…à anos sem fim que Sporting trabalha bem jovens promessas (ao vender e na passagem para seniores ja falhamos…mas vamos com calma!)

  22. O que interessa é potenciar jogadores como o João Mário, Tobias Figueiredo, Ruben Semedo, para daqui a 1 ou 2 anos estarem aptos a ingressar na equipa principal.

  23. Acabo esta discussão com um habitual a culpa é do Inácio. Pegou na pesquisa de mercado que andaram a fazer o ano passado na India e na China e foi buscar o Montero e o Maurício, que toda a gente sabe, já se sabiam ser craques. Dai terem sido recebidos com unanimidade relativamente ao seu valor.

    Mais, amanhã outra greve de metro e lá vou ter de esperar meia hora pelo transporte. O inácio novamente a demonstrar a incapacidade de proporcionar condições aos Sportinguistas de irem trabalhar para pagar as quotas.

    Estes casos a juntar á fuga de Jesualdo, Joãzinho e Ghilas, só reforçam a minha teoria de que a culpa é do Inácio. Não esquecer o grande Josué Torpedo. Torpedo, da boca para fora, literalmente.

    • Oh diabo, então eu tenho estado a pagar para ver jogos da equipa B afinal?! Já agora aviso que esse Montero dava jeito na equipa A, que os jogos que fui ver o rapaz jogava bem.

      Agora mais sério, corram com o Montero, Carrillo, Jeferson, Maurício Rojo e Rinaudo sim, é realmente a solução para o Sporting ir ao lugar.

      Putas de teorias de merda pá, e o das seleções é que é psicótico.

    • Tens razão, somo uma merda, nao apostamos nos jogadores nacionais. Vou mudar de clube pro Tondela, acho que tem 15 portugueses e 2 angolanos 1cabo verdiano e 2 brasileiros.

    • Nos plantéis da A e da B que estão no site do SCP 56% dos jogadores são portugueses. Get your facts straight!

      E há jogadores da formação que são estrangeiros…

  24. Verdete, os resultados estão à vista.

    Mete o OIRO ou a MERDA, onde quiseres. Mas pensa bem, porque quem te lê pensa que as coisas estão trocadas. A direcção anterior não transformava TUDO em MERDA. Mas transformava em MERDA praí 90% desse TUDO.

    A direcção actual não transforma tudo em OIRO. Isso só veremos mais à frente. Para já tem o mérito de não transformar NADA em MERDA. E isso já é de realçar.

    E não é “Guru”. É o Presidente do Sporting Clube de Portugal ELEITO PELOS SÓCIOS. Um bocado de respeito para quem tão bem nos tem defendido. Ou não?

  25. Verdete acabando a minha “conversa” com a tua pessoa digo-te apenas… quando estamos sozinhos a dizer a varias pessoas que elas estao mal, e essas varias pessoas dizem que nos é que estamos mal…pensa na tua vida, e no que dizes!!

  26. Eu sei, pá….

    Tenho o horrível defeito de tentar perceber o que eles dizem e rebater com alguns factos que estão à vista de todos. Não dá. Todo o pensamento dessa cogumelagem parte dos seguintes pressupostos (que vão sendo adaptados para não caírem no ridículo). Exemplos desses pressupostos:

    1) “A direcção anterior fez um grande trabalho” passou agora a “Nem tudo o que eles fizeram foi mau”.

    2) “O Bruno de Carvalho é um desestabilizador” passou agora a “Nem tudo o que ele faz é bem feito”.

    Apesar de louvar a capacidade da cogumelagem em dobrar a espinha, qualquer um destes pressupostos é uma valente diarreia mental. E essa merda irrita-me profundamente.

    • Ainda hoje estou para perceber como foi possível não impugnarem tudo se tinha provas concretas de fraude. É mais que obvio que ninguem tinha provas nenhumas de fraude, mas meras suposições. Se como vocês e ele fazem querer, que defende intransigentemente o Sporting, e se tinha provas concretas, porque diabo não defendeu o Sporting naquela altura??? Balelas… tretas…

  27. muita discussão e vários pontos de vista válidos, mas o que me parece a mim é que, olhando para este plantel da equipa B, era expectável (ou quase obrigatório) que estivéssemos em 1º lugar. Podem dizer: o intuito da equipa B é o de fazer crescer e amadurecer os jogadores, dar-lhes jogos e prepará-los para a equipa A. E eu concordo com isso, mas porque é que não podem fazê-lo enquanto ganham jogos e lutam pelo titulo? Temos jogado mal, e por vezes… até parece faltar atitude e vontade… E isso é inadmissível.

    Eu acho muito importante que os B lutem pelo titulo para que se crie desde logo uma dinâmica vencedora e combativa, que depois se transporte para a equipa A, ao mesmo tempo que os jovens jogadores se integrem definitivamente na equipa principal.

    Eu espero que comecem a jogar melhor e que no final conquistemos o titulo.

    Vejam que está neste momento em primeiro lugar isolado: Maritimo B!

    • Concordo. Não sendo o título o real interesse para aquilo que se pretende de uma equipa B, é importante que os jogadores, e fundamentalmente o treinador, percebam que temos de ganhar.

      E não é a mudar o 11 a cada jogo que se vai lá.

      O que eu sugeria era a criação de 2 onze bases e havendo normalmente 2 jogos por semana, todos os jogadores do plantel conseguiriam ter mais ou menos os mesmos minutos de jogo e assim criar o entrosamento necessário em cada uma das “equipas”.

  28. Oh Verdete, eu até discutia contigo, mas nem és verde, és verdete.

    Põe-te com o caralho mais as tuas teorias do “ainda sou do tempo”. Ninguém está interessado se perdeste a cadeira de veludo e os baldes de camarões no camarote.

    “Ai e tal, são uns arruaceiros estes garotos… ” Epá sim somos, mais informações estou em Alvalade aos berros com a verde em cima e o cachecol.

    ” Esta corja que se apoderou do Sporting são uns fanáticos” Epá somos, e tenho orgulho em ter-me dirigido a Alvalade e ver que os Packs Sócios esgotam semanalmente, é preciso encher a prateleira constantemente.

    “Vão-se arrepender esta gente..” Sim, ser Sportinguista é isso mesmo, mas nem tento explicar-te. És o maior, tu contra o mundo e afins. Até lá caga aqui para o Cacifo e deixa-nos torcer pela equipa, porque pela equipa que andas a torcer já todos vimos qual é.

    És bem vindo se um dia combinar-mos um jogo de golfe. Até lá vai sonhando com os tempos de encher o pandulho. Sempre matas as saudades de veres o nosso clube em 7º, até porque não voltará a acontecer.

  29. Ó cagumelo, pára lá a berraria e enxuga as lágrimas que a birrinha está a ficar ridícula!

    1º Nos plantéis A+B 56% dos jogadores são portugueses (podes parar com as mentiras)

    2º A equipa A está em 2º lugar a dois pontos do primeiro

    3º A equipa B está a 6 pontos do primeiro lugar com menos um jogo

    4º Felizmente o godo e a restante máfia foi corrida do SCP, é ridículo e vergonhoso chorares baba e ranho por tais figuras, apesar de agora já dizeres que foram muito maus criticas quem os apeou do tacho, a tua solução era essa corja continuar!

    5º Os adeptos e sócios estão com o clube e a direcção, cada vez mais!

    6º Os Sportinguistas são e sempre foram fanáticos pelo SCP! Quem estranha e repugna este fanatismo é merda!

    7º Vai chorar pró caralho ta foda cogumelo aziado!

  30. Não tenho tempo p/ ler este comentários todos … portanto corro o risco de repetir o q já alguêm escreveu, mas aqui vai:
    para mim a principal causa das inconsistencias na B devem-se ao facto da grande rotação de jogadores. é preciso perceber q o objectivo da B não é ganhar a Liga de Honra mas de formar jovens jogadores p/ a A ou de recuperar jogadores da A q tenham poucos minutos ou venham de lesão.

    É simples e penso q nem sequer vale muito a pena perdermos muito tempo com o assunto.

    SL

  31. Ainda bem que existem esses registos que, ao invés dos boletins de voto, não podem ser queimados à pressa antes dos prazos legais. E com certeza que esses e outros registos serão fundamentais na auditoria que se irá realizar muito em breve — e que, como já toda a gente percebeu que vai mesmo realizar-se, já faz alguns suar e engolir em seco.

    Mas é verdade, não há provas, alguém fez questão disso, portanto agora não vale a pena falar. O que podemos e o que interessa mesmo falar a respeito de eleições é que 60% dos Sócios escolheu esta Direcção, escolheu a mudança e agora o Sporting é nosso outra vez.

  32. Para mim não existe isso do B ou do A….ou o caralho.
    Existe o manto sagrado que por excelência indica que entramos em qq campo para vencer.
    Ponto..

  33. Alguem me sabe explicar o que se passa com o Esgaio ? É para mim o que tem mais maturidade para a alas na A. Nunca nos deixou mal, não falha passes e aparece sempre na área para finalizar… seria excelente para medio-ala direito/extremo , há jogadores que aparentemente não tem oportunidades .

  34. A tal melhor formação não ganha anda a ninguém. Ou ganha e nós não damos por isso! É o que se chama gestão de expectativas! Ser lagarto é mesmo triste! Cambada de frustados!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s