Eu acho que é uma carapuça mal enfiada

Ou, se preferirem, que alguns Sportinguistas do Porto (e arredores?) estão a fazer uma tempestade num copo de água.
Do meu ponto de vista, isto é dirigido aos labregos que gostam de utilizar a expressão «o Porto (leia-se, fcp) é uma nação», não a adeptos do Sporting.
Mas como já percebi que a questão está longe de ser pacífica, fica via aberta ao direito à indignação (com direito a explicação sobre o que a motiva, espero).

p.s. – grave, grave, foi aquela «falta de atenção» da Antena 1, que, durante várias horas, nos chamou a todos “comédia de portugal”.

torcida

Anúncios

198 thoughts on “Eu acho que é uma carapuça mal enfiada

      • Aí achei apenas estúpido, mas vindo de quem veio não é de espantar. O Sporting Clube de Portugal ter que mostrar o seu museu para mostrar que é (infinitamente e para todo o sempre) maior que o Braga?!?! Ridículo!

      • desculpa, mas acho que ser arrogante é, precisamente, achar que não devemos responder porque somos superiores e quem não perceber isso é uma besta.

      • Responder a quê?
        E o que é que a “aldeia” tem a ver com essa resposta?
        E as outras “aldeias todas” que são universo de Sportinguistas?
        Vai um desenho ou vocês nesse antro de merda, berço de JEB, FSF, GL, e demais pandilha de queques alfacinhas não perceberam?
        Queres dizer-me quantas figuras de referência do Mundo Sporting são da Província?

        SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

        Dificuldades na percepção do ideal que este mítico nome transporta?

      • Lusatenas,
        não vou alimentar esta discussão, sinceramente. Escrevi-o e repito: em minha opinião, é uma tempestade num copo de água e uma carapuça mal enfiada. A tarja tem destinatários e, com toda a certeza, tu não serás um deles.

      • Talvez tenhas razão, old boy…
        Mas estas merdas tocam-me um bocado.
        Vamos manter a mira afinada e…”INVASÂO AO LADRÃO!!!”
        Prefiro assim.

      • Desculpa lá mas ficar chateado por se chamar aldeia ao porto e dps chamar monte de merda a Lisboa não tem lá muita lógica…

      • Tempestade sem razão de ser. Eu nasci numa aldeia, alguém que é do porto cidade e se sinta ofendido não sei o que lhe diga… Sentirem-se ofendidos por isso é um sindroma de inferioridade sem razão de ser.

      • Até se lermos literalmente a tarja, retiro-lhe o significado de invadirmos o estádio desses m… e não a cidade.

  1. Não me parece nada que este clima de guerrilla nos seja favoravel…
    Erro do bruno carvalho!
    Deviamos amolecer os gajos com elogios hipocritas e ir lá ganhar!
    Acho que isso está mais dificil de acontecer a cada dia! Espero estar enganado!

    • é uma anedota, não é? o que é isso de amolecer os gajos!? prolongar as palmadinhas nas costas e as charutadas conjuntas, mesmo após jogos em que fomos descaradamente prejudicados?

      Mais complicado vencer lá no domingo? Isso é perfeitamente normal, depois de já se ter percebido que este Sporting não é mesmo de um passado recente. Mas estar sujeito a ser roubado, à grande, no dragão, não é coisa de agora, é?

      • Não, mas claramente passar a mensagem de que o Porto é favorito, porque o é (não é ser submisso, é ser exacto ):
        – estão em primeiro lugar
        – são melhores que nós nos últimos 20anos e nestes poucas vezes ganhámos.
        – a equipa deles é mais antiga
        – jogam em casa
        – jogadores mais experientes em jogos de importância
        – factor fruta

        Não significa que não temos hipóteses, pelo contrário pode ser 50:50, desde consigamos jogar o nosso melhor
        Com mais rotação a nossa equipa é superior

      • Lourenço,
        o Leonardo ainda ontem disse que íamos jogar a casa do campeão, oito vezes vencedor da prova nos últimos dez anos.

      • Ás vezes parece-me que o pessoal só quer iventar coisas para dizer, mas acabam por não dizer nada de jeito..

      • Cherba, não é amolecer, isso é (felizmente) passado. Mas num jogo fora, onde provavelmente seremos roubados, dar como favorito o Porto e assumirmos na mesma que vamos para ganhar, como pretendemos em todos os jogos.
        Acredita que com uma batata lá dentro eles tremiam.
        Assim, qq comentário nosso (que até possa ser normal), vai ser habilidosamente tratado na imprensa e servir para os motivar.

    • Ó que caralho, acicatar uma equipa de rastos como a deles e foder-lhes o orgulho é dar-lhes motivação desnecessariamente ou não?
      Espero estar enganado mas se fossemos mais hipocritas desta vez teriamos o dobro das probabilidades de vencer! E nao, nao temos 50:50, temos aí 30%! É da mais elementar inteligencia!
      Há aí uns que têm mentalidade de lampiao, ganham meia duzia de jogos e já acham que somos os maiores do mundo e arredores!
      Espero ganhar mas estou mais que preparado para perder sem dramas!
      Para se ganhar a estes gajos é preciso mais do que jogar bom futebol, se é que me entendem…

      • falamos no domingo à noite!
        não querem entender português vão-se foder!
        mas alguém disse isso ó meu caralho!

  2. entrar no clima de provocação e guerrilha é fazer o jogo deles, alias está provado até pelo que tem acontecido em outros casos, quando se tenta provocar, eles ainda se sentem mais motivados

  3. Eu quero é que o FCP (Fruta, Corrupção e Putas) se foda e que se fodam também todos os apoiantes destes métodos que ao longo deste anos (30 anos) têm vibrado com os sucessivos roubos, enxovalhes e humilhações que têm infligido ao Sporting Clube de Portugal.

    Fight & Resist

  4. in topic: eu estou-me a borrifar para o low-profile e mal de mim se criticasse uma tarja inofensiva duma claque. se calhar quem critica isto nao critica simbolos nazis, por exemplo. nao nos podemos esquecer que ressuscitámos (graças a BdC e a LJ) um clima de verdadeira rivalidade e estas coisas fazem parte. alem do mais, dar importancia desmesurada a isto é dar importancia desmesurada às claques. coisa que não faço.

    • aguardo, ansiosamente, que aqui apareça o primeiro adepto fcp a residir em Lisboa, afirmando que é inadmissível as claques do seu clube cantarem que querem ver a capital a arder. «e a minha casa?!?», perguntará este adepto.

      • ó Bruno, eu até compreendo que um portuense adepto do Sporting se sinta um pouco “chateado” com essa mensagem da Torcida, mas pensa bem: esta mensagem irónica não é mais do que um ataque precisamente àqueles que acham que o Porto-cidade é o Porto-Clube e que dizem “Porto é uma nação” por causa da megalomania alimentada pelo FCP. Na verdade, Porto e Lisboa têm muito de “Aldeias” no melhor espírito bairrista que essa designação encerra. Nao sou da Torcida, mas penso que, acima de tudo, o que eles querem reforçar é a dimensão Nacional do Sporting. É um ataque ao Porto-clube e não ao Porto-cidade (apesar da utilizaçao da Torre dos clérigos). Eu odeio o FC Porto e adoro a cidade do Porto. Lá está, o feutebol não é tudo na vida.

        Não exageremos, está bem? Ataquemos aquilo que é de atacar como simbolos racistas e neo-nazis. Esse sim envergonham as claques.

      • Converge, eu percebo isso tudo. Mas tu és de Braga, eu sou do Porto; sabemos que, se há coisa que o Sporting não é, é um clube de Lisboa. Acho que há muita gente que não vê isso. Eu sou dirigente do Solar do Norte, conheço muito bem a realidade dos núcleos e sei muito bem que essa realidade, do Sporting de Portugal, é totalmente ignorada “de facto” por muitos sportinguistas. Ler essa faixa fez-me lembrar isso tudo. Como disse antes, julgo que seria mais inteligente utilizar outro tipo de discurso e outro tipo de lógica, porque a nossa guerra não é esta. Nós estamos muito acima disso.

        Mas concordo contigo quanto ao não empolarmos esta questão – ainda que fique contente por ver que há várias pessoas que não concordam com a mensagem da frase.

        Abraço

      • Bruno, para mim e para ti (creio) a designação de Aldeia é tudo menos ofensiva. Sou de Lisboa, estou a trabalhar em Braga, mas o meu ninho é Alhandra, pequena vila pertencente ao concelho de Vila Franca De Xira, onde vivo com a minha familia. Durante muitos anos vivi e cresci na Grande Lisboa (Oeiras). Lisboa é a minha cidade preferida, mas no entanto, tenho a certeza absoluta cada vez mais de que se vive com maior e melhor dimensão humana nas aldeias e vilas do que nas grandes cidades.

        Agora, concordo contigo num ponto: os gajos da Torcida que escreveram essa faixa provavlemente nao têm essa noção de Aldeia, têm o mesmo ponto de vista dos labregos snobes das grandes cidades. Mas esqeucem-se que a maior Aldeia do país é precisamente Lisboa, porque Lisboa foi feita com gente das províncias!

        O que eu continuo a acreditar é que essa mensagem é uma crítica à megalomania
        transportada por Pedroto e Pinto da Costa que se aproveitou da ignorancia e fraqueza dos portuenses que poem a sua noção de grandeza num clube de futebol. Mas não deixam de ser Futebol Clube…do Porto. e nós somos Sporting Clube…de Portugal. E Porto comparado com Portugal, à escala, è uma…Aldeia. Penso que se virmos as coisas assim, a prespetiva torna-se menos ofensiva, não.

        De resto, quero é que os Invictos tripeiros se fodam no Domingo e deixem de ser invictos. É isso que todos nos queremos, certo?

        Abraço Leonino.

  5. Os labregos cá de cima quando dizem que o Porto é uma nação estão a referir-se à Invicta. Isto é a tradição, que os portistas se tenham apossado dela é outra coisa. E o Sporting não vai jogar contra o Porto, vai jogar contra o Futebol Clube do Porto. É a mesma merda que eu dizer que os lisboetas são uma cambada de filhos de puta assentando no facto de a maioria serem benfiquistas…

    • estás um pouco enganado, Leão. a dimensão odiosa entre Porto-e-Lisboa foi muito alimentada pelo FCP, da altura do Pedroto. Duvido que haja um portuense não adepto de futebol que ande sempre com o discurso “Porto é uma Nação” na boca. Esse superlativo vem muito do futebol. A dimensão do Porto-clube é esmagadora e aglutinadora de todos os ódios regionalistas dos tais “labregos” que tu chamas.

    • Fabulosa tarja!!! O desenho está muito bem feito e revela o espirito de conquista que se sente na equipa de futebol do Sporting Clube de Portugal!!!

      Quanto a estes “galegos labregos” que se sentem ofendidos eu só acho piada. Então tudo o que tem sido feito e dito por esses ladrões ao longo dos últimos 30 anos contra o NOSSO Sporting não merece resposta??? Em meu entender merece e só peca por tardia!

      Essa cultura de “sou do norte”, dizendo isto parece que são mais que os outros… E na prática são, são mais ladrões, corruptos, malcriados e todas essas coisas boas em que essas gentes ordinárias são ‘useiros e vezeiros’.

      Por isso vamos lá invadir essa aldeia!

      Força Sporting!!!

      • és um triste, nem sabes o que significa sporting clube de portugal, o mais certo é os teus parentes serem de trás dos montes mas achas que és um grande alfacinha.
        vai chamar galego labrego ao teu pai.

      • Este quer atenção,só pode!Deviam ter mais respeito,porque o Sporting Clube de PORTUGAL tem adeptos de norte a sul do país e digo-te mais seu palhaço,por vezes fazem mais sacrifícios as pessoas de longe pelo Sporting,do que alguns que são daí perto,entendes?!não confundir o norte do país com o Porto,nem confundir o Porto cidade com o clube corrupto de lá,ok?sem mais assunto,quero que tu te fodas mais a tua mania da grandeza!

      • olha eu tou na merda…
        nasci em Lisboa,moro em Cascais, os meus pais são do Porto Cidade, e casei com uma alentejana.
        Nem sei como tratar esta gente toda siceramente.
        Confundir a cidade do Porto com o clube é pura burrice.
        Mouros , galegos, eh pá deixem-se de merdas , os genes estão todos misturador e quase todos nós temos genes de judeu sefaradita, que deu origem a partir de 1462 aos nomes de quase todos nós, portanto somos um só e vamos jogar futebol.
        Quem alimenta estas guerras que muitos do fcp gostam de provovar, é ir na conversa e ficar calado é o melhor.
        Melhor mesmo é puxar pelo nosso clube e tarjas sobre o nosso clube é que são bem-vindas.
        Sou suspeito porque fui Torver, mas desta vez não deviam ser tão prepotentes, isso não ajuda nada.

  6. Por falar em porcos:

    «O Marat Izmailov foi autorizado a tratar de assuntos pessoais e, tal como vocês, esperamos que regresse o mais rápido possível. Vai demorar o tempo que for necessário. O FC Porto está a fazer todos os esforços para estar ao lado dele nestas questões pessoais. Não há data prevista de regresso mas espero que seja o mais rápido possível», disse o técnico dos ladrões.

  7. Sinceramente ainda não percebi qual é o problema…
    Eu, infelizmente, não vou invadir a aldeia mas estou com os invasores: FORÇA SPORTING!!!

  8. Camaradas sportinguistas do Porto, considerando o velho e habilidoso discurso pintista, obcecadamente bairrista e doentio não conseguem entender?

    Imaginem que eu e os restantes (poucos, infelizmente cada vez menos por aqui…) alentejanos, permanentemente apelidado com mil e um impropérios levássemos estas “coisas à letra” ?

    É deixar essa costela de virgem ofendida, que por vezes nos ataca a todos, e perceber a verdadeira mensagem, o verdadeiro alvo.

    Sinceramente está cómico… e merecido :D

    Abraço desde Mértola

  9. E qual o problema de chamar o porto de aldeia?

    Morar, viver ou nascer numa aldeia é depreciativo quanto as qualidades de uma pessoa?

    nasci numa pequena vila de 4000 pessoas e passei muito tempo da minha juventude numa aldeia de 300 pessoas, posso garantir que se vivia melhor e com mais qualidade do que em grandes cidades, e ao contraio do que podem achar eram povoações compostas por pessoas de barba rija, com dignidade, honestidade e pessoas de grande dimensão humana.

      • Claro que é depreciativo, se não, nem o tinham colocado na tarja. Não se trata de viver bem melhor num lado ou noutro, isso já são outras questões.

  10. Não percebo esta reacção à tarja da torcida, as mensagens das claques nunca foram politicamente correctas, antes pelo contrário, e esta em concreto apenas contém uma metáfora demográfica com carga humorista…
    Eu não sou de Lisboa, nasci no Barreiro e cheguei a viver num aldeia alentejana e não me importaria minimamente se alguém apelidasse quer Lisboa ou o Barreiro de aldeia… e aliás, também não me importo nada quando do Norte do País nos apelidam de mouros porque tenho muito orgulho das minhas origens, incluindo as mouriscas :) …
    Só posso compreender estas reacções à luz de algum complexo de inferioridade Norte-Sul que não tem razão existir, mas que ainda existe em muitas cabeças…

    Encontrei um blog que aborda ao de leve esta questão, mas com muitos comentários interessantes…
    http://homemsemblogue.blogspot.pt/2012/11/complexo-de-inferioridade-norte-sul.html

  11. Que genta mais sensivel, Nunca foram ao antigo estadio das antas (ou até mesmo ao novo dragão) ser “bem recebidos”…somos comidos vezes sem conta ao longo da historia pelo cabrao do PC e seus amigos e vcs ficam todos indignados por chamar aldeia ao Porto (caso não tenham percebido era uma boca para o clube da fruta e não para o Porto em geral) O PORTO É MERDA, CLUBE DA FRUTA!!!!FILHOS DA PUTAAAAAAAA!!!!

    • Este vídeo demonstra bem a “hospitalidade” dos adeptos do Fruta Putas Corrupção aos adeptos do Sporting… E foram de certeza os nossos adeptos do norte que terão mais vezes sofrido na pele situações iguais a estas, e até tinha interesse que deixassem aqui esses testemunhos de vivência de jogos porto-sporting nos últimos 30 anos…

      http://www.sporting.footballhome.net/index.php?option=com_seyret&Itemid=29&task=videodirectlink&id=1414

      • É fodido, ser portuense sportinguista. Devem ser os portuenses mais civilizados, e é triste terem que coexistir com gente como a que se vê nesse vídeo, onde até a própria polícia é alinhada com a corja.
        O que é até irónico, é que os portistas deviam mas é virar-se para outro alvo. Aquele que incendeia autocarros, põe atletas em coma à bastonada, etc. Porque os sportinguistas são de facto os adeptos que em Portugal cultivam o fairplay. Mas também não são de ferro, e não são anjinhos nenhuns. Por isso, tantos anos de enxovalhos deixam marcas, daí que ninguém se podssa admirar por aparecerem RESPOSTAS como a da tarja da TorVer. Já todos vimos coisas piores: “Ides sofrer que nem cães”, “Não vão sair daqui vivos”, “queremos ver Lisboa a arder”, e muitas mais coisas como estas.
        Como muitos companheiros já escreveram neste post, o Sporting é de Portugal, mas não podemos também esquecer que há muitos sportinguistas que amam Lisboa e que não gostam de ver a sua cidade vilipendiada, e se revoltam tal como os nossos companheiros portuenses que neste post se revoltaram por sentir que o ataque se dirigiu ao nobre Burgo Portuense
        Não acredito que esse estado de coisas vá durar para sempre. Há-de chegar o dia em que qualquer cidadão poderá ir ao Porto apoiar o seu clube sem ter que temer pela sua segurança ou da sua família, porque a polícia estará presente para impor a ordem de modo igual ao de qualquer outra cidade de Portugal ou da União Europeia.

    • Oun então, “o porto tem um cheiro extremamente desagradável…!”
      ou melhor ainda, “o porto tem pessoas más, com intenções muito pouco católicas…OLÉ OLÉ”

    • Dizer “o porto é fezes” deixa ainda na dúvida se nos estamos a referir ao clube ou à cidade, e alguém pode ficar melindrado. Por isso eu sugiro:

      “O clube de futebol da cidade do Porto conhecido por disponibilizar serviços de frutaria aos senhores árbitros é matéria fecal”.

      E já agora, visto que há sportinguistas que vivem em benfica:

      “O clube de futebol da freguesia de Benfica, aquele que tem um estádio por terminar e que tem um capitão que chama nomes feios às mães dos adeptos, é composto por coliformes.”

  12. Acho ridículo alguém se ofender com a tarja. Eu vivo no Porto e efetivamente o Porto é uma aldeia. Meia dúzia de minutos e percorremos a cidade. Fartamo-nos de ver pessoas conhecidas por todo o lado. A ideia de anonimato que existe nas cidades, no Porto não existe. Temos sempre a ideia que alguém conhecido está por perto pronto a desejar-nos bom dia ou boa tarde. A vida social das pessoas circula à volta de meia dúzia de sítios tal como costuma suceder nas aldeias. Acho que os adeptos do norte deveriam ver a discrição da tarja como uma factualidade. Para mais, aldeia não tem necessariamente de ser pejorativo. As aldeias têm as suas vantagens, pouco trânsito, menos poluição, menos criminalidade, em suma, melhor qualidade de vida. O Porto num país evoluído como o Japão ou os Estados Unidos nem aparecia no mapa. Aqui, como pensamos pequenino, temos alguma tendência para ficarmos deslumbrados por tudo e por nada.

  13. A tarja nao é arrogante… É só pouco inteligente, e vai de encontro aos interesses do FCP, que podem reunir as tropas ao som de “Vêem? temos razão quando dizemos que é nós contra eles, norte contra sul, FCP contra clubes abaixo do Mondego…”.

    Esta tarja faz-me rir da parvoíce latente de acusar de provincianismo os outros ao mesmo tempo que se apela ao provincianismo, tanto como a do “cheira bem cheira a lisboa” que reduzes o clube a uma cidade.

    Mas se servir o clube, angariando almas esclarecidas para a batalha, força nisso.

  14. Adaptando o cântico:

    Energia, Sporting! (Não vá a malta ficar ofendida com a palavra Força)
    Vence por nós!
    Energia, Sporting ouve a nossa voz!
    Energia, Sporting!
    E o Porto é sujidade!
    Filhos de uma meretriz!
    Energia, Sporting campeões somos nós!

  15. A meu ver as claques têm coisas boas e más. Este tipo de manifestação cabe na segunda categoria. Todos sabemos que as claques insultam despudoradamente os adversários. Que as dos clubes de Lisboa confundem o fcp com a cidade e que as do fcp procedem de igual forma. Valorizar esta tarja é uma estupidez porque é uma gota no oceano da merda que as claques fazem. Todas elas.

    Falando agora do que realmente interessa o tão propalado “clima de guerrilha”. Só posso dizer uma coisa. Já não era sem tempo! Nunca vi os meus amigos portistas tão preocupados e a dizer tanto mal de nós! Se isso os vai “irritar” e fazer com que sejamos roubados à grande? Estou cheio de medo! Coisa mais normal não há! Ou já se esqueceram por exemplo quando no ano passado (comandados pelo Oceano) num dos nossos momentos mais baixos o jorge sousa ter inventado 2(!) penalties contra nós…”a modos que” para segurar o resultado?

    Se é para ser roubado então que vendamos cara a nossa derrota. E se isso é ser arrogante, então contra estes corruptos de merda EU QUERO ser arrogante!

    Z

  16. Nao gosto! Como nao gosto quando as claques cantem “cheira bem, cheira a lisboa…”

    Mas uma coisa é a claque (que apoia o meu/nosso clube) outra é o Clube!!…eu nao sou sócio da claque se o fosse demonstraria o meu desagrado ao dirigentes da dita claque… é um assunto daqueles que os jornais gostam a e mim e a nós deve passar ao lado!

    Grande Sporting…e grande Montero!! Que jogador que fomos encontrar do outro lado do mundo!!!

    • Pumba, “cheira bem, cheira a Lisboa” é só talvez uma parte da música que todos os lisboetas conhecem. Qual é o mal? Dizer-se que Lisboa cheira bem é dizer que as restantes tresandam? Não me parece.

  17. A tarja não tem nada de especial.
    É apenas contra humor futebolístico, em resposta ao nação. Além do mais, viver numa aldeia não é depreciativo. Pior é dizerem-me que vivo num subúrbio.

    Ontem no trio de ataque, todos acusaram o BdC de baixo nível (até o Gabriel e sobretudo o ceguinho zero) pelas declarações que fez sobre a idade de pc.

    Perdeu-se uma bela oportunidade de elucidar o ceguinho sobre o que é ser baixo nível. Aponta aí, Gabriel se és homem:

    Baixo nível é pagar viagens a árbitros.
    Baixo nível é receber árbitros em casa, para dar conselhos conjugais.
    Baixo nível é comprar prostitutas para dormir com árbitros.
    Baixo nível é dormir e namorar com prostitutas.
    Baixo nível é viver no calor da noite.
    Baixo nível é ser condenado por corrupção.
    Baixo nível é “comprar títulos no supermercado”.
    Baixo nível é viver à custa de um clube durante 30 anos, sem ter profissão.
    Baixo nível é agredir jornalistas.
    Baixo nível é agredir pelas costas no camarote.
    Baixo nível é mandar agredir jogadores.
    Baixo nível é chamar atrasado mental a alguém que é portador de deficiência.
    Baixo nível é menosprezar um adversário, dizendo que não o viu.
    Baixo nível é aldrabar valores de transferências de jogadores (e ser investigado por isso)
    Baixo nível é chular os contribuintes com um centro de estágios oferecido pela câmara municipal.

      • 100% de acordo e mais:
        Todas as pessoas que ontem falaram em nome do Sporting nas várias tv’s, mostraram ser uma cambada de ressabiados, que querem tanto ao Sporting como toda a corja que o conduziu ao buraco. Aliás, estes senhores, “mestres” da opinião, são os mesmos que elevaram “orelhas e Jasus” ao céu e os enterraram, em duas semanas, bem abaixo do chão.
        São quem se multiplica em elogios ao porco da costa, ignorando o vale-tudo que lhe tem valido tantos títulos.
        São no fundo um bom exemplo do que é o Portugal actual, servir a quem interessa e roubar em proveito próprio.
        Daqui a nada serão os mesmos que prestarão subserviência a Bruno De Carvalho, oxalá ele tenha capacidade de os distinguir num futuro próximo.

  18. A ver se percebo: não podemos provocar, porque os motivamos. Já eles, se nos provocam, com compras de jogadores e bocas constantes, é o estado normal das coisas, porque desmotivados já nós andamos, e por isso não faz diferença.
    Foda-se, este tipo de tarjas é pouco. Deviam é pôr qualquer coisa como: invasão ao ladrão. 30 anos a viver do medo que instalam nos outros clubes, e agora não somos dignos de provocar? Pá, provocar estes gajos é o mínimo.
    Mas não, “ai, é melhor não provocar, porque os gajos são da ribeira, são gunas e batem”. Epá, este moralismo todo para cima de nós é que já dói. Quer-se dizer, como dizia a avó: naçaum para aqui, naçaum para ali; magrebinos para aqui, magrebinos para ali, e depois não se lhes pode dar uma tarja de miúdos, que é logo o pandemónio. Mais: já aqui tive uma discussão do tipo, com o Hic, que muito prezo, e para mim esta tarja faz alusão à relação promíscua da cidade com o clube. Quando digo cidade, não digo portuenses. Quando digo cidade, refiro-me às esferas do poder que vivem em função do clube. Ora, isto é provincianismo, e daí à aldeia é um passinho. Libertem-se dessa gente, caralho. Libertem-se desse estupor de merda que só faz também mal à cidade e a vota à corrupção e à ladroagem. São sportinguistas do Porto, ou não são? Entâo revoltem-se contra o estado de coisas em que se transformou a cidade, que mais parece uma aldeia precisamente porque vive em função de um ou dois patifes e tudo o resto não importa. Porra, se isto se passasse em Lisboa (a relação óbvia entre futebol e política) não teria o mínimo problema em olhar para a cidade como uma aldeia ou uma província. Aliás, em tom de brincadeira, até costumo chamar isto de aldeia, sempre que conheço alguém que por sua vez já andou com um amigo da minha prima, e coiso e tal. Pá, a sério, isto é completamente uma carapuça mal enfiada!

  19. Como há uns meses: “Magrebinos: curvem-se perante a Glória do Grande Dragão!”
    Não vi ninguém do Porto condenar esta referência, que ainda por cima é completamente falaciosa. É este duplo critério, do não podermos falar do Porto para lá do Porto cidade, e de, em troca, recebermos injúrias diárias, que demonstra bem o medo que a cidade a norte gosta de promover na sua relação com Lisboa. Lisboa é fraca e o Porto é forte, cheio de gente autêntica e verdadeira. E assim deve ficar, para todo o sempre, e que se livrem aqueles de colocar esse estado de coisas em causa. Tenham dó, pá. O Porto é uma aldeia e Lisboa é outra, muita sinceramente.

    • E só por causa das merdas, vou colocar aqui o meu top 3 cidades em Portugal.
      1 – Lisboa, a minha casa e a cidade da luz branca
      2 – Guimarães, para quando for velhinho e tiver poucas pernas para correr. Já fiz acontecer em Guimarães.
      3 – Porto, porque também é linda.

      • Eu também gostei de Tomar, de Sintra, de Coimbra, de Faro, de Braga, de Setúbal…
        …bem, básicamente gostei (e gosto) de todos os sítios que visitei em Portugal. E isto é sincero.
        O Porto é das cidades de mais gosto. É maravilhosa, uma verdadeira cidade portuguesa. Impossível não se gostar. E tenho lá amigos que muito estimo, que várias vezes me receberam em sua casa de forma irrepreensível, e impagável.

        O que PdCosta tem feito é fomentar o divisionismo. Tem politizado o futebol de modo a fazer frente à implantação verdadeiramente nacional do Sporting.

    • Pois isso já não interessa falar… Eu acho que essa gente devia estar toda presa!!!

      Cambada de “galegos labregos”… Julgam-se mais que os outros, mas são uns tristes, tudo o que conquistam não tem brilho, tudo roubado.

      Não têm moral. Não têm educação. Não sabem falar nem escrever português.

      Corruptos nojentos que têm conquistado títulos com base na trapaça, intimidação e outras coisas pouco recomendáveis!!!

      Vamos Sporting Clube de Portugal! Contra tudo e contra todos os que nos querem mal!

      SL

    • Diogo, impossível comparar o que estás a dizer e ainda bem. O porto é um clube assumidamente regionalista. O sporting não tem essa ambição. Portanto, o FCP, enquanto clube da cidade do porto e com meia-dúzia de adeptos a baixo do mondego é normal que eles ataquem os lisboetas.
      Pelo contrário o sporting tendo uma legião de adeptos de nível nacional, ao entrar nesta guerra provinciana de norte vs sul, esbarra contra os seus próprios adeptos nortenhos numa matéria sensível.
      Aliás, era de todo desejável que o sporting ficasse sempre fora desta guerrinha da parvónia que o orelhas e o corrupto tanto gostam de propalar.

      Basicamente, o desenho da tarja até é engraçado, a mensagem era escusada. Bastava que tivesse escrito, por exemplo, “Invasão ao Ladrão”.

  20. Fico parvo com o nível de ignorância que para aqui vai. Era de valor ver alguém a dar o braço a torcer e admitir que, de facto, esta tarja foi uma parvoíce. Se fosse feito por outra claque de outro clube qualquer, era criticada, mas como foi feita por uma claque dos nossos já tem toda e qualquer desculpa possível.

    Espumam de raiva quando vêem os outros a chamar-nos Sporting Lisbon, mas acham perfeitamente natural ser provinciano e chamar aldeia a uma cidade onde vivem milhares de Sportinguistas, que têm o mesmo amor pelo clube que vocês? Não me fodam com as desculpas fáceis de que o alvo era este e aquele. Podiam perfeitamente ter escolhido outra palavra p’ra meter na puta da tarja, sem englobar uma cidade inteira e uma cidade que já foi Capital Europeia da Cultura, que é vista lá fora como uma das cidades mais atrativas para se visitar e que alberga milhares/milhões de turistas todos os anos.

    Ninguém aqui está a compactuar com a merda que tem sido feita nesta mesma cidade, por esse clube corrupto. Já escrevi um texto sobre isso onde dizia que até tinha mais nojo pelo FCP e foi exactamente para haver uma dissociação da cidade e do clube. Se somos de facto o Sporting Clube de PORTUGAL, aprendamos a agir como tal.

    • Jorge, olha aí a minha resposta.
      “Lisboa, és uma província. Ao pé de ti, Nova York é um império”. Está bom assim? É que Lisboa até podia ser um sítio, ainda antes de chegar a Aldeia, que iria gostar dela da mesma forma.
      E olha, desculpa-me, mas acho esta discussão tão patética que nem me vou dar-me ao trabalho de ir ali fora comprar cartolina para fazer um cartaz semelhante sobre Lisboa, porque sinceramente não estou para isso.
      Que me desculpem os portuenses que se sentirem ofendidos com os meus comentários, e que me desculpem os lisboetas que também possam não ficar satisfeitos, conscientes que poderão estar sobre o estatuto irrevogável da sua cidade.
      Em todo o caso, quero é que todo o portista que não vê a decadência em que se transformou o seu clube, se lixe. Pregar muitas vezes ao moralismo para abrir os olhos de terceiros, quando a primeira etapa devia ser abrir os próprios olhos, é de uma desonestidade intelectual atroz.
      NOTA FINAL: falo de portistas e faço a distinção com portuenses.

    • Ignorância denotas tu nesses comentários de alguém que fica muito incomodado com um desenho!

      “Era de valor ver alguém a dar o braço a torcer e admitir que, de facto, esta tarja foi uma parvoíce”… O quê? Aloooooooo?

      Tens direito a tua opinião, mas eu acho que está muito bem feita!!!

      Por outro lado quando referes “Se somos de facto o Sporting Clube de PORTUGAL, aprendamos a agir como tal.”… Lá está, esta forma de colocar as coisas tipo ‘reserva moral’. Ser do Sporting Clube de Portugal é precisamente ser fiel ao seu lema e ao espirito do LEÃO…Essa do sermos gatinhos foi no tempo dos que agora andam à rasca com o que vai sair da Auditoria!!!

      Força Sporting!

      • Já passou a fase do desenho quando vejo aqui gente como tu a dizer que a tarja é fabulosa. Dizem que é coisa de claque e que não é p’ra ser levada a sério, mas quando vês mais de 50% a concordarem com tal afirmação estúpida, já não é só na claque que reside a parvoíce. Até porque eu sou de claque, pertenço ao DUXXI (norte ou aldeia?) e só tenho mais é que me indignar com uma frase dessas.

    • Jorge, acho que estás a ver a questão ao contrário. Ou, pelo menos, acho que podes ver a questão de outra perspectiva.

      Ninguém está a atacar a cidade! Eu sou de Lisboa e adoro o Porto! Mas o Futebol Clube do Porto, que ganhou tudo o que havia para ganhar nas últimas décadas, continua a ser um clube apenas do Porto. Eles sim, como clube, são uma aldeia. São um clube bairrista, não uma nação!

      É isso que vamos invadir: um clube de bairro. E a Torcida Verde sabe tão bem quanto nós que, na linda cidade do Porto, teremos milhares de aliados :)

      • Também é um pov, senhor Bernardo. Também é uma forma de tornar a tarja ainda menos enigmática. Clube de bairro…

      • Diogo, como todos vocês perceberam o que a tarja queria dizer, também eu percebi. Acho que nenhum membro da torcida ao fazer esta tarja, pretendia atacar Sportinguistas do Porto. Isso não faz com que a tarja deixe de estar mal escrita, porque quer se queira quer não, engloba a cidade e descreve um dos monumentos mais históricos da mesma. Se era para atacar o clube, metia-se um símbolo dos corruptos e atacava-se o clube.

        Olha lá a diferença…

      • Mas Jorge, isto é mínimo.
        Vou perguntar-te o seguinte: o que achas dos comentários em atropelo que ofendem Lisboa e as suas gentes aí no norte? És capaz de as criticar com a mesma veemência?
        A sério, vais mesmo deixar-te afectar por uma tarja que até é bem menos ofensiva do que aquilo a que as claques já nos habituaram?

      • Acho ridículo! Ainda noutro dia, num post no facebook, que eu fiz sobre o penalti ridículo dos corruptos contra o Guimarães me disseram “vai para Lisboa defender esses mouros”. Achas que não me insurgi contra essa merda? Se há coisa que eu abomino são estas guerrinhas/divisões norte vs sul que não têm ponta por onde se lhe pegue! É coisa de ignorante, é coisa de Pinto da Costa e é coisa em que eu não alinho, porque gosto de me afirmar como alguém diferente.

        Já vi aí pessoal a insurgir-se contra os cânticos “o fcp é merda” no jogo contra o Alba. Acho que mesmo não fazendo muito sentido, faz bem mais sentido do que essa tarja. Ao menos é um ataque directo a esses gajos e não à cidade.

      • Lembro-me desse comentário estúpido no teu Facebook…

        Pronto, acho que esta discussão não avança mais. Também me parece normal que lisboetas e portuenses olhem para a tarja de formas diferentes. Cada um vê com os seus próprios olhos e estes estão influenciados por realidades distintas.

    • O que se passou foi que ontem a rádio Antena 1, na sua página online tinha, no seu programa chamado “Tarde Desportiva” (parece-me que é esse o nome) a lista por extenso de todos os clubes que estavam apurados para corrente eliminatória da Taça de Portugal. Escreveram todos os nomes dos clubes da 1ª Liga, entre os quais, e em último lugar, o “Sporting Comédia de Portugal”.
      Como deves calcular, isso não é digno de alguém que pretende ser reconhecido como “jornalista”, e não pode nunca ser tolerado. Nenhum clube merece ser assim tratado, quanto mais o Sporting Clube de Portugal, que é sobejamente reconhecido como o Clube que mais tem honrado o desporto em Portugal.

      Podes ver isso aqui:

      http://bancadadeleao.blogspot.co.uk/2013/10/vergonhoso-antena1-vergonhoso.html

      • …e tratando-se de orgão de comunicação social que é empresa pública e financiado por todos os portugueses (entre os quais se contam MILHÕES de Sportinguistas), torna a situação ainda mais grave.
        Trabalham tantos profissionais assumidamente sportinguistas nessa rádio, e permitem que isso se passe?
        Eu próprio ouço essa rádio preferencialmente todos os dias, mas pelos vistos terei que os remeter ao mesmo caixote de lixo para onde descartei o Rascord, que também comprava diáriamente, quando se deram ao desplante e atrevimento de terem feito photo-shop à touca do nosso nadador Alexis Santos, quando este bateu um record nacional, para apagar o emblema do Sporting.

      • Mais triste que o fato, de que sinceramente nem me tinha apercebido, é saber que a rádio pubilca portuguesa gasta dinheiro público dos contribuintes portugueses em páginas de redes sociais para manter amizades virtuais com grupos de pessoas cujos perfies virtuais vivem de ofensas diretas o outros portugueses.
        E mais triste ainda é facto de pensarem que somos idiotas (já dissemos que gostamos de fruta mas não somos “bananas”!), esta justificação: “Qual de nós, utilizadores do facebook, ao querer “identificar” um nome de um amigo, não “identificámos” outro automaticamente? Foi o que aconteceu”, é para bananas porque toda a gente sabe que se a marcaçáo é automatica é porque a pessoa que se está a marcar nos está relacionada! Eu tenho dezenas, se não centenas de contactos no meu Facebook começados por “Sporting” e as vezes quando estou distraido lá calha marcar um em vez do outro por engano, mas não me acontece marcar o “Sporting Comedia de Portugal” e porquê? Ora aí está, porque esse perfil não é meu amigo. Isto só acontece porque a paginas em questão, são amigas. Portanto, “nenhum dos profissionais da Antena1 teve como intenção melindrar ou ofender fosse quem fosse. Nenhum de nós sabia sequer da existência de tal página”, é mentira! Vão brincar com o dinheiro dos contribuintes portugueses para a puta que vos pariu!

  21. Sinceramente, indignados por isto, uma tarja de uma claque?
    Vão mas é pró caralho, metam a indignação na peida e se lá couber mais alguma coisa aproveitem.
    Nem conseguria enumerar os insultos de que temos (SCP) sido alvos por parte do fcporco, se só por serem da cidade Porto se sentem “tocados” por isto, vão chorar prá beira da vossa mamã.
    Depois aqui é que há betos?!?

    • Não somos nós o clube que se orgulha e destaca pela diferença? E então? Queres bater na mesma tecla onde batem os outros? É que depois chamas-lhes isto e aquilo, mas ao fim ao cabo tens as mesmas atitudes e desces ao mesmo nível quando te afirmas superior!

      Vai mas é tu para o caralho!

      • Se achas insultuoso, trocar a adjectivação «cidade» por «aldeia» e fazes assim tanta gala de o mostrar, és triste.
        E se tivermos em conta o contexto, então…
        Tresandas a complexo de inferioridade.

  22. Boa tarde, sou Portista e vivo em Lisboa. Em relação a esta tarja, não vejo nada de extraordinário, para ser sincero até me ri. Quando o Porto vem jogar a Lisboa e vou aos jogos, estou perto da claque e eles não param de entoar o regionalismo “Se a merda fosse ouro, Lisboa era o tesouro”, como Lisboeta orgulhoso que sou, nascido e criado, não o canto, apoio o FCPorto e não a cidade, apesar de ser uma cidade que gosto de estar pela família que tenho lá, Lisboa é Lisboa. Relembre-se que quem começou com esta rivalidade regional foi mesmo o Porto nos primeiros anos do Pinto da Costa. Isto já faz parte, já o encaro como uma coisa natural, logo os adeptos do Sporting na cidade do Porto penso que o encararão da mesma maneira que eu aqui.
    Em relação ao jogo, espero naturalmente que o Porto ganhe mas penso que pelo futebol ridículo que tem praticado fazia bem sofrer uma derrota do rival directo para “abrir a pestana”. De qualquer forma, Benfica é merda, cumprimentos.

    • Fazer fazia Daniel. O problema é que o teu clube está “habituado” a jogar mal e pontuar sempre. Por isso não tenhas grandes esperanças. O mais normal é praticares um futebol ridículo e teres um ou dois penaties a favor.

      Z

    • Daniel tens a certeza que és do Porto? Eu sonho com um 7-0! Menos de 3 vai ser uma desilusão… A culpa é do Sporting que criou um ambiente em que somos obrigados a encarar este jogo como se fosse um jogo importante!

  23. Sinceramente, esta tarja passa-me ao lado, o que já não acontece quando oiço o cheira bem cheira a Lisboa… Sporting Clube de Portugal sempre!

  24. Quero é ganhar no ladrão e o resto é conversa para boi dormir.

    O que mais me chateia não é a tarja que isso é fait diver.

    O que me repugna é que o nosso presidente não pode mandar bocas ao pinto calçudo, não pode mandar bocas ai Rui da Amadora que é logi criticado e está a por-se a jeito etc

    A jeito de quê???????????????

    Ah e tal os gajos motivam-se e depois, estou a cagar-me.

    Eu cá tinha no balneário, se é que já não está, as declarações do pinto calçudo a dizer que ainda nem viu o Sporting jogar e a gozar com o nosso Paulinho nas escutas e do conde Redondo a mandar o nosso presidente para o caralho.

    Alguém criticou o porko pelas declarações do seu vice contra o nosso presidente e a ausencia de um pedidod de desculpas.

    Por isso é que digo pro CARALHO às virgens, o Sporting é de Portugal e vai reconquistar a invicta.

    SL

  25. uma tarja de uma claque com poucas preocupações com pouca precisão geográfica? uma tarja de uma claque que generaliza os adeptos adversários? INADMISSÍVEL!!! onde é que já se viu disso?? na Tarja devia ler-se: “uma grande quantidade de sportinguistas de todo o país no terreno do adversário para apoiar a nossa equipa”. assim é que devia ser, a bem dos factos.

    (vá lá, malta, deixem-se de merdas. é bola e se ganharmos vamos poder dizer aos tripeiros que fodemos o clube deles e as respectivas mães e, reparem, também tudo isso serão – felizmente! – imprecisões.)

    porra, pá, é futebol. haja algum sentido de humor na puta de um país deprimido.

  26. E se eu fosse o Cherba e este blog fosse eu, arrumava já as ideias da seguinte forma:
    Lisboa é uma aldeia e o Porto é outra, mas vamos ao ladrão para ganhar!
    Assim é da maneira que ainda nos rimos da situação e é da maneira que os sportinguistas portuenses que aqui comentam e se sentem ofendidos pela tarja de ontem, juntam esforços e deixam de enfiar carapuças fictícias.

  27. A merda da guerra Norte/Sul nao nos diz respeito. E digna de pacovios e provincianos.

    Permitam-me uma historia:
    Uma vez estava a trabalhar em Londres, e conheci um turista Portugues. Como e habito abriram-se sorrisos, trocaram-se experiencias e ganharam0-se amizades so por ver um compatriota tao longe de casa, ate que ele me perguntou: De onde es?
    – Seixal, margem sul de Lisboa, respondi.
    O sorriso fechou-se.
    -Ah es do Sul. Respondeu ele.
    TRISTES.

    O fcp sempre se quis colar a Cidade do Porto, faz para pelo menos 30 anos que e assim, e parece que conseguio. Ate a tarja da torcida o prova. Parece que o conseguio. Se os Portuenses nao gostam dessa colagem, tem que ser eles os primeiros a demarcar-se dela.

    O Porto nao e uma nacao, e uma cidade, que tem varios clubes de futebol, e so uma na 1.a divisao, que e clube de merda e corruptos.

    Aceitando este triste facto, a tarja nao tem nada de mal. Mais merda de claques (e ate esta engracada para variar!) e de longe das menos ofensivas.

    O mesmo se passa entre o Sporting e Lisboa. Sporting e de PORTUGAL, esta no simbolo e no nome cacifo.

    Quanto ao clima de guerrilha, nao gosto, mas para estes filhos da puta, apos tudo o que fizeram recentemente (desde achincalhar o presidente), nao parece descabido. Tambem faz parte da nossa REAFIRMACAO. A ultima etapa, para nao haver mais Jorges a escrever (por aqui ou noutros lados). Sera que o Sporting esta de volta…

    Por ultimo, aos Sportinguistas do Norte ofendidos. Percebo que sejam dos que querem fazer a demarcacao entre fcp e cidade. Mas tem que por isto no contexto devido (ja explicado acima no comentario).

    VAMOS GANHAR NO LADRAO, e depois o Bufitas nao pode dizer que ainda nao viu o sporting jogar…. Vai comer e calar.

    SL

  28. Este é um não-post. Tenho pena que o cherbakov venha preferindo discutir assuntos vazios de teor ao invés de abordar outras tematicas de qualidade.

    Não é por o cacifo ter 10 posts por dia que é bom. É pela qualidade dos cacifeiros que por aqui passam.

  29. Um pequeno off topic:

    “Estavam os jogadores de ambas as equipas a trocarem cumprimentos
    junto à zona do grande círculo, instantes após Nuno Almeida
    apitar para o termo do jogo, quando Leonardo Jardim se acercou de
    Rúben Semedo. O técnico do Sporting gesticulou bastante com o
    central em jeito de correção, chamando-lhe a atenção para o sucedido
    no golo do Alba. O jovem central rendeu Rojo ao intervalo e alinhou
    durante toda a segunda parte, mas abordou mal o tal lance
    deixando a bola “morta”, à mercê da oposição, num golo também
    facilitado pela saída precipitada de Marcelo.” in OJOGO

    Isto mostra bem o porquê de achar que JFerreira não era bom para o SCP, ele quando o Bruma fez um erro que deu origem a golo adversário nada disse… no outro jogo fez exactamente o mesmo e por pouco não deu golo!!

    Daí eu dizer, ainda bem que o JF não ficou! E mudámos para muito melhor!!

  30. Não vale a pena rodeios: esta tarja é de uma grande estupidez! Nós somos o Sporting Clube de PORTUGAL. Temos adeptos em todo o país e obviamente também na cidade do Porto. Será que há gajos tão ignorantes que não compreendem que estas merdas servem apenas para dar trunfos ao adversário?

    • Concordo plenamente! Tarja tipica de quem não pensa para além da capital e lida com estes clássicos como uma guerra Norte-sul. Nunca vi o meu clube como Sporting Clube da Capital e recuso-me a rever-me neste tipo de preconceitos limitadores do tamanho do SCP! É como quando cantam “Cheira bem, cheira a Lisboa” numa deslocação ao Norte…triste.
      Quem não se sente ou “não é filho de boa gente” ou é de Lisboa.
      A polémica é bem-vinda. Espro que seja o suficiente para as claques terem a noção da responsabilidade de representar um clube NÃO Regional.

  31. Pessoal,

    De certeza absoluta que não pensaram em ofender ninguém, à excepção dos Portistas/FC Porto. Foi claramente para eles e de certeza que não pensaram que podiam afectar outras pessoas. Não vale a pena tentar procurar culpados aqui. Para a próxima de certeza que terão mais cuidado, se ofende Sportinguistas. De certeza que não fizeram de propósito. Vamos lá, concentração para o que interessa!!!

    SL

  32. A tarja não é tão grave como querem fazer parecer. Vejo muita gente a berrar que o Porto (cidade) é lindo, e concordo, e que são a capital do coiso e tal e faltas de respeito pela história da cidade… Enfim. Se gostam da cidade, ótimo, também eu, se precisam de “mimos” como estes para se insurgirem com conversa da treta então sinceramente, defendem a cidade mas não acreditam no que dizem. Complexos de inferioridade.

    No entanto, concordaria mais com uma mensagem explicita para evitar misturar o Porto com o fcp. Coisas totalmente distintas.

    A história do cheira bem cheira a lisboa é tópico de encher chouriços. Jogamos em Lisboa, é lá que está o estádio. Vivo em Lisboa agora mas sou de Tavira. Como Tavirense devo-me sentir ofendido porque em Tavira podem deduzir que não cheira bem, que é só em Lisboa? Ridículo.

    Vão á merda mais as conversas aqui a fazer lembrar o programa de ontem da RTP informação. Ai e tal é assim que os jogadores do Porto se motivam, com estas bocas. Devíamos andar mais caladinhos e só falar depois, caso tenhamos a sorte de ganhar. Mas anda tudo parvo?! Qual motivação têm aqueles ranhosos que á primeira oportunidade querem dar o salto tipo Moutinho e agora o Jackson? Querem motivação? 30 ANOS DE LADROAGEM, FALTAS DE RESPEITO E TENTATIVA DE BIPOLARIDADE FUTEBOLISTICA EM PORTUGAL. E agora temos oportunidade de passarmos para 1º lugar.

    Metam o medo no cu, sou Sporting, quem tem medo é quem nos vai receber!

  33. Mas tanta conversa por cause de uma tarja inofensiva? Isto só causa celeuma por causa do complexo de inferioridade de certas pessoas que vivem no Norte. Não tem lugar no Sporting e nem neste Cacifo.

    • mas quem és tu para dizer que não tem lugar no sporting meu monte de merda, já pecorri europa inteira atrás do sporting e vem um merdas como tu a dizer que o pessoal do norte não tem lugar no sporting.
      nunca saiste do teu lugar cativo parvalhão
      faz um clube novo tipo sporting clube betinhos de cascais.
      adeptos como tu não fazem falta, vai ter com o godinho.

      olha que o bruno de carvalho não tem a mesma opinião como tu.

      • Calma, meu amigo… o que não tem lugar no Sporting é esta conversa toda. Os verdadeiros Sportinguistas (no Norte, no Sul, no Interior, em Portugal ou no Estrangeiro – como eu) têm sempre lugar no Sporting!

        É o que dá esta raiva toda… nem tomam o cuidado de ler todas as palavras. Vamos mas é falar do Sporting que todos nós queremos ver a ganhar no estádio do ladrão…

    • ok, de acordo.
      eu não tenho raiva nenhuma o que me chateia é ver alguns parvalhões a querer mostrar a sua superioridade ridicula.
      estas coisas a mim não me chocam , já ando nisto a anos, simplesmente algum pessoal do norte não gostou mas não foram ofensivos, unicamente deram o seu ponto de vista de uma maneria civilizada, qual o problema ? não vivemos em liberdade em que podemos dar a nossa opinião ? o nosso clube não é democratico ?
      as ofensas partiram de certos sujeitos que acham que o pessoal do norte é galego labrego ( os do sul devem ter um ensino diferente ou anda tudo em escolas privadas, ainda bem que lisboa não tem crise, ironic mode ) mas que fazem + sacrificios para verem o seu clube a jogar, é uma falta de respeito essas ofensas.

      eu percebo a ideia da torcida, eu sei que o fcp se cola a cidade mas a torre é um simbolo da cidade e não tem nada a haver com o fcp, alias na cidade do porto existem tantos lampiões e sportinguistas como portistas no total.

      eu tinha posto : invasão ao ladrão com um leão em cima do estadio do dragão, para mim tinha + impacto mas é somente uma opinião.

      não estou chocado nem ofendido pela tarja mas não adorei.

      estarei lá no ladrão apoiar o meu grande amor e podes crer que para mim séra muito mais perigoso do que vir nas camionetas de lisboa, por isso não faltem ao respeito ao pessoal do norte.

      para mim a discussão no geral está acabada.

      ps: sorry se entendi mal

      sporting clube de portugal, sempre !!!!!

      • Leão em cima de dragão: gosto…
        …à imagem da estátua da Boavista. Caraças, é um local mítico no burgo portuense. Cada vez que que um sportinguista passa por lá, é como um católico em Fátima eheh
        Proponho que, na 1ª vez que ganharmos a Liga dos Campeões de Futebol, festejemos naquele local, em vez do marquês. Isso é que seria como “pôr uma lança em África” LOL

  34. É uma provocação infantil que de nada serve. Ser do norte, do sul, do interior ou litoral NÃO deveria ser motivo de gozo, mais ainda neste clube que diz ser de Portugal e neste Portugal já cheio de tretas para chatear.

  35. É uma infelicidade dos portuenses terem por lá um clube que ambiciona confundir-se com a cidade — e que tantas vezes consegue… Mas esse não é um problema dos adeptos do Sporting. Se no fcputas utilizam o argumento da superioridade da cidade como forma de provocação, não será apenas normal que os adeptos do Sporting, no contexto da rivalidade entre os clubes, respondam na mesma moeda? É que senão, de facto, mais vale chamar a claque de seminaristas…

    Para quem conheça a cidade e os portuenses será claro que essa confusão promovida pelo fcputas não é real. Mas, no barulho das luzes (…para não dizer no calor da noite), com certeza muita gente menos atenta ficará com a ideia que no Porto é só labregos corruptos promotores de café com leite e fruta para dormir — e ainda por cima têm a mania de que são melhores do que quaisquer outros, principalmente os preguiçosos dos sulistas/mouros/magrebinos/…

    Acho normal que os portuenses se sintam indignados e insultados. Mas não com as bandeiras e tarjas da Torcida Verde. Indignem-se sff com quem dá mau nome à cidade do Porto e aos portuenses (pela qual e pelos quais, quero salientar, tenho e sempre tive uma enorme estima).

  36. Parece-me que a tarja erra o alvo.

    O que deve ser pisado e repisado é a falta de cultura desportiva e a tacanhez do adepto médio do FCP, que se identifica despodoramente com os métodos indignos de que todos conhecemos uma ínfima parte.

    É verdade que o Porto enquanto concelho é uma aldeia como já aqui foi referido. O que lhe dá dimensão é a zona metropolitana coincidente com o pequeno distrito. São os concelhos limítrofes onde a dimensão geográfica e a densidade populacional é considerável que lhe garantem a parte maior da massa adepta, refiro-me em particular a Gaia, Matosinhos, Gondomar e Póvoa de Varzim, todos ligados em tandem.

    Essa anexação está presente nos primóridios do discurso contra os mouros, foi fortalecida com o discurso que procurou fazer coincidir a defesa dos interesses económicos, sociais e políticos do norte com a filiação cacique no denominado FêquêPê. Essa ambição de hegemonia, única forma de o clube se afirmar causou mossa incalculável nos sportinguistas do porto. Foi consolidada com o tombo do boavista e as conquistas europeias do início do milénio que voltou a garantir outra grande fatia de massa adepta, desta vez dos distritos do norte, em particular: Aveiro, Viana e Viseu.

    Vivi na cidade do Porto em 2001-2002 e não tinha qualquer complexo ou medo de ostentar o símbolo do Sporting e afirmar-me como adepto do clube. Nunca tive problemas, mas tinha presente a vergonha ocorrida nos anos 90, salvo erro em 93-94, com um autêntico massacre aos sportinguistas. Desde então a coisa mudou e muito.

    Estranhamente perduram símbolos do Sporting por toda a cidade, começando com o famoso centro da praça mouzinho da silveira. Com associações e clubes mais ou menos caducas, espalhados por toda a cidade (de campanhã à foz, passando pelas fontainhas), sendo o reduto maior o Solar do Norte. A bandeira da cidade continua “berde” e branca.

    Não devemos decalcar sob qualquer forma os complexos de inferioridade que o fcp tinha ainda há 20 anos. Foi longa a nossa sesta.

  37. Por acaso comentei aqui que prefiro low profile qd jogo fora com porco ou carnide, mas nem me referia a tarjas ou comentários em particular.
    Referia-me a toda e qualquer situação que os motive a eles.
    É que a juntar à motivação está a arbitragem.
    E o nosso trunfo seria usar excesso de confiança daqueles convencidos.

    E depois de ganhar, aí sim … rebentar com eles em gozo e provocações.

  38. Eu acho que vocês são piores que as gajas. Quero é ganhar aqueles morcões!!! Na aldeia ou no raio que os partam! VAMBORA SPORTING!!!!! Até os comemos!!!!

  39. Para que todos saibam, na cidade do Porto há muito e muitos sportinguistas….Afinal somos o Sporting Clube de Portugal. Penso que não é novidade para ninguém…
    Quanto à tarjeta com o título “Invasão à aldeia” não concordo com a denominação “à aldeia”. Poderia ser “invasão ao bairro do dragãoe”, por exemplo. Insisto, quem escreveu “aquilo” não fez um grande exercício à sua imaginação. Com o devido respeito.
    Mas pronto, lá diz o ditado….”cada um é como cada qual e cada qual é como é “.
    O “caldo” já está entornado..
    Mas….em frente….é que é o caminho… e Jorge Nuno Pinto da Costa tem feito muito mal ao SCP ao longo dos anos. Esta é grande verdade. É uma personagem cinzenta.
    Tenho esperança de assistir ao declínio daquele clube ainda com ele na presidência.

    SL a todos os cacifeiros!

  40. Sem amigos,Sem medo,Com tomates,Com a maior curva nacional…agressiva,pungente e assertiva…quem nao gosta fique em casa a ver o Secret Story…Espero que as proximas tarjas sejam ainda mais agressivas…pois foram 30 anos de roubos,crimes,extorsao,lavagem de dinheiro,favorecimentos descarados,escandalos sexuais,FRUTA !

    E ainda tenho que ler pessoal do SCP que se indigna…COM UMA PUTA DE UMA TARJA ?

    La estarei no templo da corrupçao a gritar a plenos pulmoes o “Cheira bem ” e a chama-los de corruptos…pois nao sera nada mais do que a verdade.

    P.S .Lisboa cheira bem ,odeio o FCP e a cidade tambem…suja,porca …sempre em obras e com uma aura putrida a Fruta podre

    DIXIT!!

    Desde 1906 !

  41. Quanto a mim é uma não questão, depende da interpretação que cada um dá e do seu nivel de embirrice.

    O Sporting é de Portugal, nada mais a dizer.

    • Deves… mas bom, é possível, basta distribuir cartões por toda a clientela dos diversos bares de alterne comandados pelo grande chefe.

      • Sinceramente acho que não estão preparados para o que vos espera no domingo… volto na 2f para vos ver a chorar. Abraço e boa Sorte!

      • Super Mário : Estás enganado, filho. Nós estamos preparados para o que nos espera. Um penalty aqui, uma expulsão ali, o costume portanto.

  42. Mas isto é só atrasadinhos ou quê? Mas alguém acha que a merda da tarja importa a alguém?
    A questão é somente de estrategia! Deve dar-se motivação extra, insultando-os agora, e estando nós AINDA em inferioridade de forças?
    Eu acho que não, mas pelos vistos sou só eu!

  43. Indignação por causa da tarja é tão legítima como a indignação do gordo, do cançonetista de merda e do apresentador de TV irritante mostrada ontem pelas declarações do BdC sobre a idade do senil e porco gajo que há uns anos chamou anormal ao nosso Paulinho ou cabeça de cotonete a um homólogo seu. Aí não vi ninguem de porto, benfica ou Sporting a indignar-se com o baixo nível das declarações. É mentira que é senil e que com 80 anos já não deve comprar tão bem árbitros como quando tinha 50? Foda-se, falar em “aldeia” é referirmo-nos ao provincianismo de muita daquela gente que quer ver “lisboa a arder”. Não me parece que fosse intenção da Torcida referir-se à cidade do Porto ou norte em geral, querendo também insultar os sportinguistas que lá vivem. Preocupa-me mais saber se no domingo afinal é” clepes pala todos” ou não. Já há horas para jantar? E como vai ser, bebida à descrição ou os chineses não alinham nisso? Aviso já que acima dos 20 euros no chinês só se for com uns bafos de ópio e bico da Lcy Liu à sobremesa.

  44. Juntem-se as virgens ofendidas, o atrasado do j.gabriel e os acólitos da central que ontem tentaram calar a CURVA SEM IGUAL. Dêem as mãos, façam uma oração e fechem-se em casa.

    ISTO É FUTEBOL.

    O porto É MERDA.
    FILHOS DA PUTA
    Sempre foram, sempre serão!

    Queremos ser mal recebidos, como sempre. Só que desta vez não vamos de cornos no chão.
    Entendem?

    ACREDITAMOS NA NOSSA EQUIPA E TEMOS ORGULHO NELA, CARALHO!
    \o/

  45. Aos merdas desses pseudo-sportinguistas que nem a história do clube sabem: O SPORTING É DE PORTUGAL! Foram as gentes da “aldeia” que deram a cara e o corpo pelo SPORTING enquanto os da cidade fechavam os olhos à destruição do nosso clube! Se hoje vocês vêm o Sporting a ir discutir a liderança à merda desse estádio é em grande parte devido à coragem de alguns habitantes da aldeia que nunca se vergaram nem nunca se venderam! Tenham mais respeito pela história e pela mística do Sporting! Mete-me nojo saber que tenho otários destes que se dizem do meu clube, os mesmos que desaparecem quando o meu grande amor tanto precisa. O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL é o que é porque Leões como eu nunca o deixarão cair!

    SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

  46. Sou do Norte e percebi para quem era dirigida a tarja. Foda-se que “não assunto” de merda, este.

    Fodido fiquei, isso sim, com a sacanice da Antena 1. Sacanice porque essa merda do comédia de Portugal só apareceu porque alguém, naquela página e naquele navegador já lá tinha ido… Isto não tem desculpa possível, há coisa de 2 ou 3 jornadas a classificação dia gajos era de 1º o FC Putas e 2º SCP mas nós tínhamos mais um ponto do que eles! Por isso para o caralho, é o mínimo que posso dizer.

  47. A tarja, que até pode ser justificada por alguns como uma resposta bem mandada aquela do “porto é uma nacao”, continua a ser descer ao nível deles. Nao de todos, mas dos que falam em magerbinos e afins.

    Percebo muito bem o sentimento do Bruno Martins, acima, e bastava uma melhor escolha de palavras (“invasao ou assalto ao ladrao” por exemplo. Aliás, chamar ladrao ao estádio deles era uma alfinetada mais bem dada no nervo), para evitar quaisquer ofensas. Nao ofende a mim; para mim faz parte, é normal, é o jogo de palavras, é o arreganhar dos dentes…e por aí.

    Nao acho é muita piada, preferia usar essa energia em fazer um desenho para um jogador nosso, dar apoio a quem merece, em vez de atencao (e motivacao, óbvio!) a quem nao merece. Que tal uma tarja ao Carrillo? Assim a modos como aquela que fizeram ao Roger no Brasil? Acho que era do estilo “Roger, se voce consegue meter um pau na Deborah Secco, que tal meter também uns gols, seu fdp”….escusado o fdp, mas tem piada e passa uma mensagem!

    Foi brutal ver a quantidade de apoio presente num jogo destes, o incansável rugido das bancadas e muito refrescante ver os oito camioes de respeito que a equipa teve pelo Alba. Mais, as bancadas tiveram muito nível em aplaudir os jogadores deles.

    O que achei de mau gosto mesmo foi aquele cantico de “merda”, que mereceu assobios. E, nunca imaginei que fosse dizer isto, mas foram bons assobios. É natural que estejamos cheios de motivacao, acredito mesmo que sem interferencia temos boas hipóteses de ganhar o jogo, mas aquele tipo de canticos nao tem lugar. É foleiro, energúmeno e tacanho; uma falta de respeito pelo Alba.

    Nao é uma questao de estar a ser politicamente correto… cago de alto para isso. É um insulto vazio, que me lembra uma vez a claque do benfica a cantar “Caralho, Caralho!” e dar conta que realmente havia uma diferenca entre nós e eles. Por isso, quando vejo malta do Sporting a usar insulto gratuito e, daí, partir para incitar violencia, ser violento, destruir propriedade, etc, faz-me confusao que gente dessa tenha qualquer afinidade com o clube que eu admiro.

    Em relacao ao título do post, houveram por aí muitas carapucas mal enfiadas e isso diz qualquer coisa.

  48. A ANTENA1 é que vos topa ! Claro que são o Sporting Comédia de Portugal! Ou numa linguagem mais cibernética Sporting LOL de Portugal. Mas lá fora ninguem vos conhece. Quando na UEFA se fala em Sporting eles dizem logo … de Gijon… ou de vez em quanto aparece um que lá diz Sporting de Lisboa, embora o mais correcto fosse Sporting do Lumiar!

    Tudo o resto é conversa de bois sportinguistas e adoradores do filho da puta do trónhónhó!

  49. Depois merecemos ser o Sporting lisboa lá fora…

    …está mal, e não percebo o porquê de insistir que não está!

    O orgulho do Porto é dos portuenses, não dos porcos.

  50. Quanto ao que a antena um escreveu, fica registado junto ao photo-shop que o record fez à touca do Alexis Santos e à ficha de um jogo do Sporting na época passada publicada pelo Jornal de notícias que em Treinador do SCP, escreveu: Weird Dude, em vez de Vercauteren. Quem tiver conhecimento de mais atropelos como estes à deontologia jornalística que os publique, porque casos como estes não podem ficar impunes, e nunca deviam ter acontecido. Mas Portugal, pelos vistos, é um país ao ‘Deus dará’, onde cada um faz o que quer, e onde a Alta Autoridade para a Comunicação Social não passa de um nome e de gente em gabinetes a sugar o tutano da Nação.
    Mas sosseguem os sportinguistas e os admiradores do nosso Clube em geral (sim, não é preciso ser sportinguista para admirar uma instituição como o Sporting), porque isso só acontece porque esses agentes da subversão que ocupam cargos nas televisões, nos jornais e nas rádios encaram o nosso Clube como a principal ameaça àqueles 2 que se têm imposto por meios ilícitos. No Novo Testamento, o próprio Jesus Cristo disse: “Ninguém atira pedras a uma árvore que não dá frutos”. O nosso é um Clube grande, a maior força desportiva em Portugal, e o resto é treta.
    Nem vale a pena virmos para aqui esgrimir com frases do género. “na Europa, quando ouvem o nome benfica, lembram-se logo do FóFó, ou chamar mérdiaMarkt a um estádio, ou chavões deste género. Isso nunca afectará um sportinguista, que é alguém que tem LEGÍTIMO ORGULHO no seu Clube.

  51. Acabo de comprar bilhete para ver o meu Grande e Nobre SCP jogar no dragão. Obrigado, mas não me interessa comentários de adeptos que fazem deste um clube pequeno perdido em lutas de cidades.

  52. Muito se fala dessa merda de clube, símbolo-mor do chico-espertismo saloio….

    Domingo, neste como em qualquer outro, vou ver, e estar interessado, única e exclusivamente no Sporting. Desta vez a jogar por paragens menos sãs. Acontece, e faz parte.

    Haja Sporting!

  53. a tarja devia era ter um tamanho muito maior.5km no minimo.é que esses filhos da puta do clube do ladrão,estão habituados a que todos se submetam a esse clube de corruptos.eles pensam que todos são covardes e que são comprados como,quando e onde eles quiserem.mas acabou o jogo desses ladroes.o fim dessa gente está próximo

  54. Sim sou lisboeta para mau e nos bons bocados …Aldeia …e o que era o fcputas ate à 20 anos atrás? E como explicar que uma cidade tão nobre e trabalhadora…se tenha revisto em 2 clubes de lisboa e com mais adeptos do porco 1 e sporting ..e visivel em icones publicos pela cidade do porto como já foi referido aqui …a bandeira da cidade e a estatua do leºao a pisar a aguia na boavista, a tarja é destinado ao pequeno burgo que é as antas e é esse que planeamos invadir com coração de leão e cantar o orgulho dum clube que se tornou “mais” pequeno que o rival do norte …por conhecidas razões e mais algumas…oxalá seja uma mudança no panorama do futebol portugues e o SC de Portugal…repito de Portugal e permita que festejemos muitos anos nessa mesma estatua referencia para nós e todos os leões do norte que considero meus irmãos ..se caso for preciso serei mais um a ajudar e apoiar a nossa equipa lá estarei domingo …a aldeia, as antas (hoje estadio do dragon bufas) que me refiro é como a malta de paranhos me dizia aquilo foi feito por cima dum cemitério…que seja ali que montero mate o dragão.

    Ao norte verde a minha vénia.

  55. Fdx…quase 200 posts por uma merda destas?!?!

    Realmente ha’ pessoal que nao tem nada melhor para ocupar o seu tempo…

    O jogo no domingo e’ para vencer, como, tal como disse o nosso presidente, todos os outros e nada mais deveria interessar!

  56. Como para participar num claque não se pode ultrapassar um QI de 50, a mim admira-me que consigam escrever Aldeia ou invasão… para mim já é um feito. Quanto ao resto, se o Sporting quiser ser só um clube lisboeta, caminha para ser um belo belenenses, mas sem vista para os Jerónimos.

    Eu como sportinguista, lisboeta e morados na cidade do Porto, filho de uma tripeira e de um beirão, fico triste por ver o meu clube, alinhar na estupidez de lampiões e andrades. Pensei-nos melhor, juro que pensei!

  57. Se os sportinguistas portuenses não tiverem o infelizmente habitual hábito nas gentes daquela cidade de se sentir inferiores aos lisboetas, penso que esta tarja não faz mal a ninguém. Se caso contrário continuarem a padecer desse eterno complexo de inferioridade, então penso que a medicina já oferece possibilidades de cura para esse tipo de patologias.

  58. A tarja é muito boa especialmente o desenho, mas perdeu-se uma oportunidade para acertar “na muche” colocando “Invasão ao Pomar” ou “Invasão à corrupção” com “Pomar” ou “Corrupção” escrito em tons azul.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s