O destaque a quem o merece

Agora que estamos praticamente a meio da época, não posso deixar de destacar o que de bom tem feito André Santos.
Depois de um arranque periclitante, dando ideia de estarmos perante mais um caso de um produto da formação sem estofo para vestir a camisola da equipa principal, este jovem leão tem sido, quanto a mim, o melhor e mais regular jogador do Sporting. Claro que ainda tem enorme margem de progressão, mas penso que seja seguro dizer que, ao contrário de Djalós, Lourenços ou Pereirinhas, entre tantos outros, este é daqueles que soubemos fazer crescer como leão à imagem dos que precisamos para atingir os nossos objectivos.

p.s. – não quero, igualmente, deixar de elogiar o Rui Patrício. Cresce de época para época e, continuo a dizer, se tivesse à sua frente uma defesa ao estilo das que protegeram o mediano Baía, por certo não teria tantos a apontarem-lhe o dedo como sendo responsável por grande parte dos males que nos apoquentam.