Brunch

O futsal regressou como nos habituou: grande exibição e goleada, frente ao Fundão. O rugby teve uma verdadeira terapia de choque, frente a CDUL e Belenenses (vai ser uma época só para duros).

«Marcelo não tem que estar abalado. Tem, sim, de estar feliz por representar o Sporting». As palavras são de António Araújo, empresário de Boeck, quando questionado sobre o estado de espírito do guarda-redes face à manutenção de Patrício. Agora podem perguntar ao Eduardo como se sentiu a servir de boneco de treino, no Benfica?

Diz um dos desportivos que Vítor estava com guia de marcha para Braga, mas que o Professor o recusou por ter Ruben Micael. Adoro.

Ainda no que toca a desportivos, estou ansioso pelo dia em que o Record se passe a chamar Recordic e passe a ter um concurso para eleger qual a adepta sérvia mais sexy…

Já agora, se possível, alguém que diga à corja que gere A Bola que é vergonhosa a foto que escolheram para ilustrar a notícia da renovação do Dier. Ainda assim, obrigado por mais um exemplo de mau jornalismo.

Eusébio ficou lixado por ter sido ultrapassado por Ronaldo. Patético.

Bruno de Carvalho vai receber 5 mil euros por mês. Isto merece mesmo discussão? É que, por exemplo, eu trabalho numa empresa que em, por entre vergonhosas desigualdades (Portugal no seu melhor), existem diretores de terceira linha a ganhar mais do que isso, com direito a carro e outras ajudinhas bonitas. Um excelente exemplo de gestão, isso sim. Nem que seja para permitir juntar dinheiro que permita pagar o que falta ao Duque…

O relatório e contas apresentado é a cara de Godinho Lopes: é o levantar o véu sobre uma gestão feita de mentiras. No fundo, o dar continuidade à campanha eleitoral, embora tenha que tirar o chapéu ao homem; ele bem deixou o aviso, falando, vezes sem conta, no nome de Vale e Azevedo. Só não percebeu quem não quis…

O Sporting joga de hoje a oito, em Olhão. Nunca mais são 17h45 (e é tão bom sentir esta vontade de ver a minha equipa jogar)

Anúncios

As últimas movimentações

Vítor chega do Paços, para lutar por um lugar na posição 10. Já sei que muitos dos que choraram a não contratação de um quarto da equipa do Estoril e de um quarto da equipa dos Castores vão, agora, dizer que isto não tem jeito algum. A verdade é que Vítor é um dos jogadores que se vinha destacando na nossa Liga, tendo sido dado como quase certo no Belgrado de Carnide e nos ingleses do Middlesbrough.  O Sporting ganha mais uma opção de meio-campo, onde William e Rinaudo lutam pela posição 6; Adrien é o 8 com Martins pronto a assumir o lugar em caso de emergência; Martins é o 10, com a concorrência de Magrão (que também pode jogar a 8 ou a médio esquerdo num 4-4-2) e, agora, com a concorrência de Vítor. No meio de tudo isto, é bom não esquecer outro nome: João Mário.

Quem aterra em Alvalade, também, é Iván Piris, defesa direito da selecção paraguaia e que, na época passada, foi titular ao serviço da Roma. É pena não se ter conseguido este negócio mais cedo, pois escusávamos de levar com o empréstimo de Welder por um ano (cheira-me que em Janeiro está de volta ao Brasil, desejando que, até lá, não tape o lugar a nenhum miúdo na B). Cédric ganha um concorrente a sério e o Sporting também ganha uma opção a sério.

Há, ainda, Tiziu, Everton Tiziu, um avançado com pinta a la Neymar que promete animar os jogos da equipa B.

Rubio vai crescer para a Roménia, mas duvido que consigamos vendê-lo por 10 milhões a um clube chamado Pandurii.

Ainda não percebi se Jeffren foi para o Espanhol. Ou se Bojinov vai para o Parma. Tenho é a certeza que vamos ter que abrir os cordões à bolsa para despachar o Boula e o Evaldo. E lamento que a novela Labyad tenha um argumento complicado de finalizar.

Ah, é verdade! Foi engraçado ouvir Bruma dizer que vai ter saudades do Sporting e que voltará. Tal como diz muito da sua personalidade, o facto de Ilori ter dado uma entrevista e ter ignorado o clube que o formou. No fundo, provam os dois que são putos estúpidos.

Brunch

«O Sporting Clube de Portugal SAD é o única sociedade anónima que nada deve ao Estado no que toca a pagamento do fisco, inclusive os leões são o único clube que se encontra na situação de credor, totalizando 48 de mil euros de credito junto da Autoridade Tributária».
Ora, portanto, o Correio da Manhã e o Jornal de Negócios divulgaram, ontem, este facto, mas hoje trazê-lo para capa não interessa. Não sei se por a SAD benfiquista e a SAD portista deverem 5,3 milhões e 4,2 milhões de euros, respectivamente, ou por o Boavista, o tal que querem trazer de volta, ser o maior caloteiro com uma dívida de 6 milhões de euros, a verdade é que se assobia para o lado. Pior, o CM continua a sua guerrilha e abre o caderno de desporto com “Bruno de Carvalho ameaça jovens leões”.

Mas nós já estávamos preparados para isto. Aliás, até acho estranho o Jogo, que ao longo da semana foi bufando mentiras ao ritmo do cu do Pinto (a melhor foi o Adrien ganhar tanto como o Labyad), esteja, hoje, tão caladinho. Mas a Bola faz o seu papel de pasquim vermelho, e dá a volta às palavras de Bruma para colocá-lo orgulhoso pelo interesse do Benfica (Djaló, és tu outra vez? manda cumprimentos ao Nelson Oliveira e um sms ao Castro, que parece que foi fazer kebabs para a Turquia)

E porque raio digo que o dito jornal dá à volta ao que o rapaz diz? Porque a entrevista, que mais não são do que uma dúzia de respostas, foi dada em conjunto à Bola e ao Record. Ora, partindo do princípio que uma demonstração de orgulho pelo interesse de um rival também faria as delícias recordianas, prefiro acreditar que, confrontado com a possibilidade de vestir de encarnado ou de azul, a resposta foi: «Eu não sei de nada, ouve-se muitas coisas, fala-se de muitos clubes, mas aquilo que eu quero é jogar futebol […] No Sporting ou noutro clube, aquilo que eu quero é jogar».

Já agora, numa entrevista em que o rapaz se farta de deixar aberta a porta a um regresso a Alvalade, não ficaria mais bonito destacar «Não estou magoado com ninguém do Sporting, sempre me trataram bem, com carinho. Nada a apontar»? Mais um bocadinho, caros Leões, ficamos a saber que os supostos raptores foram ao hotel levar-lhe as suas bolachinhas preferidas…

Entretanto, parece que Rui Patrício pode mesmo jogar. A notícia é boa, claro, e mostra que Bruno de Carvalho tinha todos os motivos para estar tranquilo. Como a expulsão foi num jogo particular, o castigo podia ser cumprido no primeiro jogo oficial. Esse primeiro jogo foi ontem, com a vitória do Sporting B sobre o Beira-Mar (3-1). Assim sendo, coloco a minha desconfiança de lado e siga a dança. E, não, não me parece que isto represente uma ausência de confiança no Marcelo.

Gostei, muito, do comunicado que aponta o dedo a Jorge Gabriel. Só falta algo do género, ridicularizando, oficialmente, o tal do ROC.

Gostei ainda mais do jogo de João Mário, frente ao Beira Mar. É patrão, é craque, e ainda marcou um belíssimo golo. Tudo isto em pleno relvado de Alvalade, com Leonardo Jardim a assistir (e, sim, também não esqueço mais um golo de Betinho e a forma como Abel se mostra apologista do futebol de ataque).

Já que falamos de putos, hoje é dia de arranque de campeonato para os juniores. É às 17h, frente ao Oeiras.

E já que falamos de arranques de campeonato, recordemos as palavras de Bruno de Carvalho, proferidas há mês e meio: «As oito primeiras jornadas do campeonato têm muita história. Também há maroscas nesta fase, não é só no final do campeonato. Há clubes que à oitava jornada já são campeões e outros que já estão afastados do título».

 

Brunch

-Só um desabafo, para começar: chamar volta a Portugal a uma prova que não desce abaixo do Sado é, no mínimo, patético. Não podem mudar o nome para «volta às terriolas onde há empresários que investem em publicidade?»

– Slimani chegou, marcou e riu-se para o céu. Grande curioso em vê-lo, mais logo, frente à Fiorentina;

– Mas esta é uma tarde de futebol que começa mais cedo. Às 18h, na histórica Tapadinha, o Sporting B defronta o Atlético e há bilhetes a 2 euros para ver em acção um onze que deverá ser este: Ribeiro, Riquicho, Fokobo, Nuno Reis e Mica; Kikas, João Mário e Zezinho; Esgaio, Betinho e Iuri Medeiros. E ainda há Ponde, Tobias Figueiredo, Manafá e Alexandre Guedes, no banco. Espectáculo!

– Corre o rumor de que o Parma ofereceu o Ninis para levar o Bojinov. Eu agradeço a atenção, mas se é para ter mais um médio ofensivo no plantel, prefiro dar espaço a Filipe Chaby. Se pagarem os ordenados do búlgaro, já é um grande favor que nos fazem. É possível?

– Ilori está a terminar o período de quatro semanas, apontado para recuperar da operação à mão. É hora de decisões!

– William Carvalho faz voz grossa e diz o que os adeptos gostam de ouvir. «Favoritismo de Porto e Benfica? Isso é na teoria. E no futebol, a teoria muitas vezes não se confirma na prática. Tenho a certeza de que o Sporting irá lutar de igual para igual com essas duas equipas, pois também temos uma equipa muito forte!»

– Temos o centro da defesa completamente escaqueirado. Dier em gestão de esforço, Rojo com um estiramento, Ilori no fica ou vai (para a B)… Sobra Maurício que, ao que parece, vai ter Semedo como parceiro. Parece-me um assunto demasiado sério e a acompanhar, com atenção, nos próximos dias (era bom que não começássemos o campeonato a ter que roubar um Nuno Reis à B);

– Hoje é um jogo para reavivar memórias. E que memórias…

 

Cardozo perto de Alvalade e outras iguarias

– Eu acho que existem jogadores extraordinários em África e a Nigéria é um dos países responsáveis por isso (volta, Amunike, e traz-me um Yekini), mas não percebo esta insistência dos jornais em quererem vender-nos um médio defensivo. Primeiro Luiz Antônio (anTônio, foda-se…), agora Ogude. William Carvalho e Rinaudo. E ainda há Fokobo. Bah!

– Evaldo até 2015, com redução salarial para metade?!? Medo, muito medo… (já agora, o empresário do rapaz é louco e acha que ele foi pouco acarinhado em Alvalade. Uma espécie de patinho feio, portanto. Eu diria que, com uma casca de ovo na cabeça, o Evaldo parecia o Calimero. Mas mais feio. E com menos jeito para o futebol);

– Sporting recusa nova proposta do Marselha e pede 7 milhões para começar a negociar. É justo e espero que esse valor não chegue a ser oferecido;

– Afinal, William Manafá não é jogador de Catió Baldé. Portanto, este personagem tratou de mandar ficar em casa um jogador que não é dele. O castelo de cartas vai abanando cada vez mais e o Bobo Bruma, se houver justiça, vai ter um futuro mais triste que o de Djaló (que nunca nos fez mal, diga-se). Ah, e sem Luciana! (o que torna o futuro mais e menos triste, simultaneamente)

– Magrão deve estrear-se amanhã, frente ao West Ham. Espero que alimente uma interessante luta pela posição 10, com André Martins, Chaby e Labyad;

– Entretanto, a azia é tal com as renovações que vamos fazendo com os putos, que a crítica passou a ser: as cláusulas são um disparate, devem estar a pagar-lhes pouco, devem! Eu encolho os ombros, recosto-me e sorrio (com tanto disparate);

– Alexandre Guedes foi um dos melhores marcadores do europeu de sub-19, com o extra de ter sido o único a marcar durante a fase de grupos e nos jogos a eliminar. Mais um para renovar;

– a Luz voltou a receber o mercado do melão. Na rússia, Hulk espetou com o melão na tromba de um árbitro.

– o futuro de Oscar Cardozo pode passar por Alvalade. O Cacifo sabe que o Galatasaray está atento à situação do avançado paraguaio e na disposição de oferecer 14 milhões ao benfica. Posteriormente, os turcos colocarão Cardozo em Alvalade, durante dois anos, pagando 70% do seu ordenado e, em troca, recebendo o jogador Bruma. A ida de Bruma para o Gala permitirá ao Sporting encaixar 8 milhões a pronto, mais dois milhões por cada época em que o extremo vista a camisola turca. O Sporting fica, ainda, com direito a 25% de uma futura venda.

Brunch

Há três semanas, Pizzi. Ontem, Hélder Barbosa. Hoje, Bruno Gama. É como eu disse, ontem: junta-lhe mais dois tiros e algum acerta no alvo.

Acho curioso que, e longe de mim estar a querer dizer que é propositado, que no merecido destaque dado a Rui Costa seja feita a comparação a Joaquim Agostinho nestes moldes: igualou o feito. Podiam era acrescentar «agora só falta chegar ao pódio em duas edições».

Já que é para destacar portugueses, uma standing ovation para o Carlos Sá, que chegou em primeiro na ultramaratona, depois de percorrer 217 km!

A Zon e a Sagres não querem continuar a patrocinar a nossa Liga. Parece que estão fartos de jogos em sinal fechado e das atrocidades que retiram interesse à prova. Vamos ver quem agarra o nosso futeboleco.

Chaby e Ponde dão cada vez mais nas vistas, no estágio que está a decorrer no Canadá. Adoro.

Sunil já não volta a Alvalade. A questão é saber se ele alguma vez lá esteve?

Hoje é dia para os detentores de Gamebox do ano passado poderem trocar de lugar. É entre entre as 10h00 e as 20h00, na Loja Verde. A partir de amanhã, começa a venda online.

Parece que Montero chega dia 27, data do jogo de apresentação.

Hoje há derby, no António Coimbra da Mota. É o regresso da Taça de Honra, que vai ser jogado meio a feijões. Mas será que existem derby’s a feijões? Excelente oportunidade para ver João Mário e Esgaio em acção (21h15, na RTP). Já agora, mesmo em jeito de pré-época e de jogo secundário, era bom não esquecer que o Sporting já conquistou 29 destas taças, seguindo-se Benfica, (19), Belenenses (12), V. Setúbal (2), Casa Pia (1) e o Império (1).

Brunch

– Miguel Lopes emprestado ao Lyon, com opção de compra de 10 milhões. Que o homem se lesione metade das vezes que se lesionou em Alvalade, é o que lhe desejo;
– Diz que o Montero está confirmado por cinco anos. Venha de lá um craque para animar a malta! (e, não, isto não tem nada a ver com a ideia de Severino em levar os maiores “cracks” aos núcleos leoninos);
– Num dia em que tiveram que treinar com mais de 40 graus, o capitão Rinaudo afirmou ser uma honra envergar a braçadeira e que a mensagem que ia passar aos jogadores é dar o seu máximo e chegar mais cedo que todos os outros (espero que ele não estivesse a referir-se em chegar primeiro à bola…)
– Pizzi volta a afirmar que quer jogar no Sporting. Era boa altura para o Atlético de Madrid nos compensar pelo Pongolle e pelo Elias…
– O Fábio Paim vai atirar-se para a piscina. Chama-se a isto, fazer pela vida;
– O Benfica descobriu, ontem, que o seu centro de estágios do Seixal serve para fazer… estágios. Vai daí, cancelaram o que já tinham agendado, no estrangeiro. O que vale é que só nós é que estamos mal de finanças…
– Também ontem, LFVieira afirmou que “no Benfica não há impossíveis”. Exacto…