O rabo da Carolina

Da caixa de comentários para as luzes do post, e pedindo desculpa às cacifeiras presentes pelo momento taberneiro, um dos mais geniais golpes de marketing dos últimos tempos:
junta-se um programa merdoso, mas com audiência + uma miúda muito gira. A miúda muito gira tem uma banda. Que, imagine-se, se chama The Girl in the Black Bikini. Ora, e o que faz a miúda gira? Escolhe o mais belo bikini preto que conseguiu encontrar e, com um sorriso maroto que diz, claramente, «eu sei bem o que estou a fazer», sobe a escadaria do sucesso oferecendo ao mundo um momento de pura telegenia.

 

Já gora, e porque as boas ideias merecem ser recompensadas, é esta a banda da Carolina.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=UHwE1DRsjwY

Verdes Anos: Corre, Mamede! Corre!

Ontem, os cacifeiros escolheram o nome desta nova rubrica. Hoje, sou atropelado por uma proposta de post que não vai tão ao fundo do Cacifo, mas que encaixa neste desfilar de enormes memórias. E, logo de seguida, salta um comentário que me apetece transformar em post (só o título é que é meu).

Corre, Mamede! Corre!, by RugidoVerde, com ideia de Hic Svnt Leones e título de Cherba

E que puta de corrida fez o Mamede nesse dia!! Tinha 10 anos e lembro-me como se fosse hoje!!!!
Sempre em alto ritmo (O Carlos Lopes trabalhou para o Mamede durante toda a corrida) e depois à entra para a última volta o Mamede “fresquinho” ultrapassa o Carlos Lopes como se estivesse a correr os 800m!!
Alucinante!
Agora era o Carlos Lopes a tentar aproveitar a boleia do Mamede, mas já estava todo roto. Aliás acho que não me lembro de ver o Carlos Lopes alguma vez assim tão esbaforido no final de uma corrida. Mesmo assim o seu esforço foi compensado com o 2º melhor tempo de sempre mas a 4 segundos do Mamede, o que diz tudo!!!

Eu que aos 10 anos já era um leão fanático, delirei: dobradinha para o Sporting com ambos a baterem o recorde do Mundo?!?!? Melhor era impossível!!
No final, o sentido abraço entre o Carlos Lopes, o Mamede e o Moniz Pereira é de levar qualquer leão às lágrimas!


nota: Fernando Mamede bateu o recorde do Mundo e da Europa dos 10 000 metros em Estocolmo, com a marca de 27.13,81 minutos. Foi uma jornada gloriosa para o Sporting, porque o segundo classificado da prova foi o também sportinguista Carlos Lopes, com 27.17,48 minutos, então a segunda melhor marca mundial de sempre. A marca de Mamede foi recorde do Mundo durante cinco anos e da Europa durante 15 anos.

Permitam-me completar o ramalhete com esta aceleração impressionante!!!