O monstro

William Carvalho foi eleito o melhor jogador jovem dos meses de agosto e setembro, pelo Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF). William obteve 31 por cento dos votos, superando Diogo Viana (Gil Vicente), com 23,7%, e outros três Leões, André Martins (19,1), Wilson Eduardo (13,2) e Cédric (12,7).
Esta distinção surge na sequência de um enorme jogo, frente ao Vitória de Setúbal, onde para além de recuperar várias bolas e sair a jogar com toda a calma do mundo (imagem de marca neste arranque de campeonato), deixou alguns apontamentos técnicos de elevada nota artística, mostrando que, efectivamente, ainda há muito potencial a ser descoberto e trabalhado (tal como existem vários pormenores tácticos onde William irá evoluir). A verdade é que William é uma das figuras deste campeonato e caso equipasse de outras cores já teria sido comparado a Patrick Vieira (ou coisa do género) e colocado na órbita de clubes loucos por gastarem milhões na sua contratação. Felizmente, é jogador do Sporting (vamos lá ver se será possível recuperar os 40% do passe desbaratados para pagar as célebres contas da luz e da água), que soube esperar pela sua entrada no futebol sénior e recuperá-lo quando se mostrou pronto para a guerra. Ter feito esquecer Rinaudo, tantas vezes alma da equipa, jogador com ligação aos adeptos e cuja lesão, no tempo de Domingos, foi uma machadada no que a equipa vinha fazendo, é outro «pormaior» a favor deste monstro que, a cada semana, cresce no centro do terreno com a verde e branca vestida.

William-Carvalho

Anúncios

Que regressem como regressou William Carvalho

Victor Golas, que renovou até 2016, vai passar a próxima temporada emprestado aos romenos do Corona Brasov, clube que subiu esta temporada à I Liga romena. Também Zezinho vai passar a próxima época longe de Alvalade. O médio alinhará, por empréstimo, pelos gregos do Veria.