8 milhões!

Ultrapassámos os oito milhões de visualizações, um número fantástico que resulta do facto de, mensalmente, por aqui passarem mais de 70 mil Leões.
Mas isto é apenas o princípio. Nos próximos dias teremos novidades. Tão grandes, que não caberão num único post.
Abraço!

Hoje há bola

A equipa B desloca-se à Covilhã, para defrontar o Sporting local, às 15h.
Fokobo e Betinho estão de regresso, após terem estado afastados por lesão, e Dier foi chamado para ganhar ritmo.
Welder, já nem para os B é convocado.

E é isto

«Tínhamos a intenção de fazer um golo e, depois, jogar fechadinhos lá atrás procurando fazer uma surpresa, mas não deu. Temos de salientar, e agradecer, o facto do Sporting nos ter respeitado muito. Jogaram contra nós como se fôssemos uma equipa da Liga e isso é elogioso para nós», Renato Valente, jogador do Alba, in Maisfutebol

O maior aplauso, para este gesto técnico no momento da despedida

«Claro que não vou esquecer o Sporting. Foi um clube que apostou em mim, que me valorizou e que me tratou bem. Jamais esquecerei o Sporting, os bons tempos que aqui passei e, claro, as horas menos felizes. E não esquecerei a forma como resolveram a minha situação, porque isso vai permitir-me encontrar um novo clube e dar um novo rumo à minha carreira. Neste momento estou a analisar propostas», Evaldo.

Sporting TV

De acordo com o Correio da Manhã (portanto, vale o que vale), «o Sporting TV terá um custo máximo anual de 1,8 milhões de euros, incluindo obras para a construção dos estúdios e manutenção […] o futuro canal do Sporting terá emissões 24 horas por dia, das quais seis horas serão sempre de programação nova, sem incluir as transmissões de jogos de modalidades e dos escalões de formação do clube leonino. As partidas da equipa B também devem ser emitidas no canal do clube […] A Sporting TV terá três estúdios: um no Estádio de Alvalade, outro na Academia e um outro previsto para o Pavilhão de Loures, que recebe as modalidades do clube enquanto não avança o pavilhão […] haverá mais um posto de diretos instalado no Polo do Estádio Universitário de Lisboa, onde jogam os escalões de formação mais baixos do Sporting até aos infantis e a equipa de râguebi […] O canal deverá estar presente através dos operadores MEO, ZON e Cabovisão e não será Premium» (sendo que, digo eu, esta emissão em regime livre só deverá ter lugar durante os primeiros meses, pois as assinaturas serão importante fonte de receita para o canal.

 

 

Leonardo e as boas dores de cabeça

Depois do jogo de ontem, creio que Leonardo Jardim tem excelentes dores de cabeça à sua espera.
Comecemos pela defesa. Se Patrício, Maurício e Rojo estão de pedra e cal, são várias as dúvidas envolvendo as laterais. Piris, rapaz que chegou sem que quase déssemos por ele, cumpriu, primeiro, à esquerda, frente ao Vitória de Setúbal e, ontem, no seu lado natural, o direito, voltou a deixar clara ideia de ser um jogador bem acima da média. Confesso, até, que estranhei a não utilização de Cédric, dado ter sido sempre preterido nos jogos da selecção. Quererá isso dizer, que Leonardo Jardim já sabe que Jefferson estará recuperado e pondera apostar em Piris para o jogo no dragão. Terá sido uma opção unicamente para dar minutos a Magrão?

Depois, o meio-campo, onde Vítor disse presente de forma vincada. É verdade que o adversário era inferior, mas também é verdade que a entrega ao jogo e os vários pormenores apresentados fazem com que André Martins tenha concorrência apertada. E a titularidade do ex-Paços pode, inclusivamente, ser uma das surpresas reservadas para o próximo domingo.

Eu acho que é uma carapuça mal enfiada

Ou, se preferirem, que alguns Sportinguistas do Porto (e arredores?) estão a fazer uma tempestade num copo de água.
Do meu ponto de vista, isto é dirigido aos labregos que gostam de utilizar a expressão «o Porto (leia-se, fcp) é uma nação», não a adeptos do Sporting.
Mas como já percebi que a questão está longe de ser pacífica, fica via aberta ao direito à indignação (com direito a explicação sobre o que a motiva, espero).

p.s. – grave, grave, foi aquela «falta de atenção» da Antena 1, que, durante várias horas, nos chamou a todos “comédia de portugal”.

torcida