Cobardes

(escrever isto custa-me. Tudo o que diz respeito ao Moutinho, custa-me. A ferida ainda está aberta e demora a sarar. Por isso…)

Não vou ao jogo. Não vou porque não posso. Apenas duas coisas me impediriam de ir a este jogo. E uma delas acontece precisamente à mesma hora da partida. Ainda bem. Porque não estaria mentalmente disponível para assistir ao que se vai passar em Alvalade. A cobardia é das características de personalidade que mais desprezo nos animais humanos. E no sábado estarão em exposição muitos animais. E muito cobardes.

O cobarde instrumental. O próprio Moutinho. Não lhe perdoo a traição. Não a traição ao clube, porque disso já temos escola, mas a traição à imagem que fiz dele. Mas esse problema é meu. Ele é cobarde porque alguém com tomates, apesar de insatisfeito, perseguido, cansado, teria resistido à transferência para um rival – e logo este rival, o corrupto, o do sistema que tanto o prejudicou -, teria resistido e aguentado por respeito ao clube que lhe deu tudo, aos adeptos que o respeitaram, acarinharam, o defenderam sempre e que confiaram nele como símbolo de algo intangível. Ele é rico e bem sucedido porque o futebol não é só uma profissão instrumental. É uma paixão. A sua decisão de atacar a irracionalidade do futebol em nome da sua razão egoísta é mais uma cavadela num buraco que, no limite, acabará por destruir este fenómeno global. Não tem perdão. Mas com o tempo, a minha desilusão tem-me afastado dele, para o bem mas sobretudo para o mal. Não lhe desejo mal. É imaturo, egoísta e cobarde. Não fez por mal, fez porque, tal como no campo, é bom mas não é um génio, nem sequer alguém especial.

O grande cobarde. O Bettencourt é uma lição de cobardia. Se a cobardia fosse uma cadeira universitária, o nosso presidente dava para um semestre. Os cobardes lidam mal com a verdade. Fogem dela para se esconderem. Foi o que ele fez, foi cobarde porque não nos disse a verdade sobre o que se passou com o Moutinho. Até hoje. Foi cobarde porque não teve a coragem de resolver o problema que envolvia o maior símbolo moderno do clube. O capitão do clube. Foi cobarde porque responsabilizou a maçã e não falou da árvore, podre e seca. Foi fraco perante o forte. Submisso. E cobarde, perante o evidente e ilegal assédio dos ventos corruptos do Norte. Foi sendo cobarde ao longo dos meses até que na iminência do incêndio que ele próprio ateou, há meses, faz outra intervenção absolutamente cobarde sobre o caso. E corre a tentar apagar um fogo que já está completamente fora do seu alcance. Duplamente cobarde, faz lembrar os putos que atiram uma pedra, fogem e, quando são apanhados, dizem que foi o colega do lado. Triste, num homem desta idade, pai de filhos. E será cobarde quando receber o amigo corrupto em Alvalade como se fosse alguém respeitável. E cobarde será quando levar com as labaredas e disser que foi o colega do lado. A propósito…

O pequeno cobarde. De tão pequeno que aparenta ser, Costinha foi outro dos cobardes desta história. Não vale muito, portanto, poupo nas palavras. Mas fico curioso para ver como acabará este seu ciclo no Sporting… alguém vai atirar várias pedras e fugir…

Os cobardes perigosos. As claques, pagas e organizadas para atacarem o alvo errado. São cobardes porque vão fazer o Moutinho passar por algo que nenhum deles, individualmente, conseguiria suportar. E vão fazê-lo em grupo. São cobardes porque desde o triste dia em que isto começou, calaram-se perante os euros que jorram do Visconde de Alvalade. Calaram-se perante a incompetência, a cegueira, a burrice e talvez a má fé de uma direcção, de um presidente, que não está à altura dos valores que eles próprios cantam para o clube. São cobardes porque em vez de montarem uma contestação e oposição coerente a esta gestão danosa, calam-se. Preferem atacar os fracos e baixar as calças perante os fortes. São cobardes porque não lutam e, por omissão, são co-responsáveis da destruição em curso. São perigosos porque não atiram só pedras. E são cobardes porque quando tudo arder, serão os primeiros a fugir.

O Sporting não terá equipa para limpar esta minha mágoa, a mágoa que vai incendiar Alvalade. A vida corre mal para a maioria do povo anónimo e magoado que irá encher as bancadas, incendiando ainda mais a revolta. Os cobardes perigosos vão adicionar gasolina. O grande cobarde não terá pulso na coisa. O pequeno cobarde vai desaparecer. E o cobarde instrumental vai fazer aquilo que faz melhor: lembrar a todos porque é que me custará tanto vê-lo a jogar com aquela camisola em Alvalade. Não vou. E ainda bem.

(só tenho pena de não ir por uma razão: não vou estar neste jogo histórico da vida do Sporting ao lado do outro soldado que me acompanha sempre nestas batalhas leoninas. Já passámos por muito os dois, nas várias bancadas do Sporting, por emoções inesquecíveis, por desilusões inacreditáveis. Este jogo não é mais um jogo e, por isso, não queria deixar de estar ali ao lado. Com os dentes cerrados. Desculpa, Jordão, mas és o único remorso com que fico por não ir a este jogo).

Anúncios

51 thoughts on “Cobardes

  1. Foda-se q grande post, ó Douglas!!!

    Acho q foi o melhor q li sobre o Sporting nos últimos anos. Tão bom q está p/ lá dos meus parabéns. Digo-te apenas ‘Obrigado pá!’. Fez-me mesmo bem ler isto, pq realmente é reconfortante ver q há mais malta a pensar o mesmo.

    Só não percebo uma coisa: se nós os inúmeros adeptos incógnitos da blogoesfera leonina somos tão espertos, cultos, e o caralho, como é possível termos escolhido tão maus presidentes desde o saudoso João Rocha? É q em 25 anos só escapou o Cintra e mesmo esse tinha os seus defeitos … Ou somos muito poucos ou mais burros do q pensamos.

  2. Grande post.
    Só ontem soube que o montinho este ano recusava-se a ir ao meio do campo no fim do jogo na pré-época pq “o contrato não obrigava a agradecer ao público”. É uma merda de homem e merecerá cada assobio.
    PS. O Varela deve ser alérgico aos equipamentos da selecção… sempre lesionado para jogar por Portugal mas sempre bem para jogar pelo Porto.

  3. parabens, muito bom ! nao me vai custar muito ver o moutinho de azul e branco porque sinceramnete ja nao tenho idade para me chatear com estas merdas, ja levei com o futre, morato, simao e muitos outros que ja nem os recordo. O que me vai chatear vai ser ver o presidente dos corruptos, que tanto nos tem roubado,enganado e enxovalhado , ser recebido como um rei.

    • Pois eu também passei por todos esses casos de que falas, e acho que o Moutinho até pode ser só mais um (e todos sabemos que não é), mas gostava de o ver ser feito de exemplo para outros que ainda lá estão, e outros que eventualmente possam vir a estar, para quem pensem duas vezes antes de fazer semelhante.

      Dir-me-ão que os primeiros exemplos deveriam vir de quem estava acima do Moutinho (dirigentes) e eu estou 100% de acordo, mas a esses a seu tempo se chegará. Um pouco de pedagogia para estes garotos não faz mal nenhum (desde que não resvale para a violência).

      Todas as que ouvir, serão merecidas.

  4. Grande Douglas, um Senhor no meio-campo, a mandar, de meias em baixo, todo ele classe e souplesse, mas sempre com aquele jeito gaúcho de meter o pé.

    • diria eu, acerca de Portugal, que estamos, muito provavelmente, na maior crise financeira dos últimos 100 anos; e
      diria eu, sobre o SCP, que estamos, muito provavelmente, na maior crise desportiva dos últimos 100 anos.

      talvez não sejam assim tão cobardes.

    • Não somos cobardes. Acredita, que não foi fácil deixar 30 anos de bancada, semana sim, semana não, no Estádio José de Alvalade e comunicar por escrito, com 26 anos de sócio, a minha exoneração. Lamento, mas não posso eu (e outros como eu) financiar o projecto de destruição do clube que amamos. Esta corja que se demita e eu pago tudo de uma vez. Com juros, se for preciso. Até pago para eles se irem embora. O dinheiro é a sua única linguagem, pelo que deixar de recebê-lo é o único acto de protesto que compreendem.

      • Enquanto houver bens, eles têm onde ir buscar o dinheiro… E o Sorting fica sem as duas coisas… Há eleicões de vez em quando. E odem ser solicitadas. Eu continuo a dar…

    • Cobrades os que não vão? Cobardes são os que concordam com este post e vão para as bancadas aplaudir vitorias por 1-0 aos 85 minutos contra o ultimo e saem satisfeitos. Cobardes são os que nada fazem para correr com esta gentalha que nos sangra o clube. nao vou lá este ano, depois de 10 de cativo, e uma coisa te digo, custa me mais a mim que a qualquer um ficar em casa, mas não posso alinhar com quem vê o clube a caminhar para o abismo e nada faz. Não aguento ver um futebol penoso e sofrido, sem magia, quando o meu clube sempre foi o do Melhor Futebol.

    • Cobardes?
      Mas os sportinguistas são masoquistas para ir a Alvalade apanhar frio, a altas horas da noite de um Domingo para ver…merda de futebol e de jogadores na sua maioria, um treinador mentecapto, e dirigentes incompetentes?

      Homem, cure-se, pois para mim futebol é prazer, boas jogadas, entrega total.
      Ir a Alavalade não tem nenhum desses ingredientes hoje em dia…

  5. Pois eu vou e vou aplaudir os dribles do “El pajarito”, os remates em arco e os centros milimétricos do Vuk, os passes açucarados do Postiga e os golos do Abel.

    Quero que o Moutinho se foda!
    Ainda bem que um puto como aqueles já não veste a camisola do Sporting Clube de Portugal.

    RRRasga Sporting!!!!

    P.S.- Bom post, Douglas ;)

  6. O diagnóstico está feito, e Muito Bem, mas e a terapêutica para levar à cura??

    Adiar, Rezar, Ganhar 5 em 11 jogos da liga??
    Esperar 3 anos pelo final do mandato??

  7. O Moutinho não esteve à altura, como não esteve a altura quem representa o Sporting. E para mim já chega desta história manhosa e mal contada por todos os seus intervenientes.

    Aliás, só faz sentido falar em moer o juízo ao Moutinho, cânticos e essas merdas, numa óptica de o impedir de jogar a 100%, de o pôr nervoso, etc. Ou seja, para disso sacarmos vantagem desportiva. De resto o gajo não me diz nada.

    E temos uma certa dinâmica para manter no que diz respeito a limpar o sebo ao fcporto. 2a feira não vai ser excepção.

  8. Bravo!! Um dos melhores posts se não o melhor que já li que traduz na integra aquilo que sinto há anos.
    Não votei Jeb e suspiro pela sua queda. Abomino Paulo Sergio e o gajo dos fatinhos mas sou incapaz de desejar uma derrota do meu clube. ODEIO toda esta situação mas sou incapaz de me afastar do meu lugar anual. Ganhamos mas venho vazio…e no sabado uma vitoria sobre estes corruptos será tão especial como com um gil vicente (sem desrespeitar esse clube).
    Por vezes penso que sou um paciente em coma ligado a maquina. Tenho lutado com todas as minhas forças contra este estado latente no clube. Mas por vezes tambem penso. Obrigado JEB por pores a nú toda a incapacidade de uma geração e meia que praticamente destruiu o SCP e que ainda consegue ao fim de 15 anos eleger uma carinha laroca sem programa por 90 por cento dos votos.

    SL

    Miguel Damas

      • Tenho as minhas dúvidas se voltariam a vencer eleições, ainda para mais no estado em que anda o futebol do SCP… Contudo, e desde que em pequenote vi um porco a andar de bicicleta, já acredito em tudo…

        Volto a parabenizar o Douglas, pelo excelente ‘post’ que aqui colocou, ele expressa um rugir de Leão!!! Um bramir leonino de quem já foi o “rei da selva” mas que agora mais parece um “gato grande num zoo”… Esta “geração da divida” só abandona o clube depois de o acabar de retalhar… Assim tipo troféus de caça para a parede… E aí já nada poderemos fazer pelo clube com o símbolo do Leão…

        Não sei se as vozes de tantos leões e leoas fazem eco na cabeça dos que, infelizmente, nos têm dirigido o SCP, mas se tal acontecesse acho que as mesmas poderiam ser sintetizadas neste ‘post’ carregado do que, para mim, é sentir o Sporting Clube de Portugal!!!

        SL

        PS- É vergonhoso irmos receber o corrupto-mor do futebol português com pompa e circunstância, eu se lá fosse levava uns ovos podres para lhe amandar nas fuças… É que o cheiro a merda já eles têm, agora as cascas ainda podiam disfarçar qualquer coisita… E acho que devem levar um leitão pequenito, e soltá-lo quando o “anão” estivesse perto da linha de fundo…

        Basta ver que os “corruptos” esta época têm tudo na mão, a presidência da Liga, os árbitros, os sorteios da Federação… Tem sido por demais, e ninguém faz nada… Irra que é demais…

  9. Olá.

    mais uma vez decido postar nesta que eu considero ser a principal referência blogueira leonina (desde ja e mais uma vez os meus parabens aos autores).
    Decidi escrever por dois motivos: o primeiro é a categoria deste texto do amigo Douglas! sublime! o segundo é fazer uma pequena ressalva à questão das claques. já na primeira intervenção que aqui fiz referi justamente isso e volto a dizer. Naquela bancada (e falo da Sul como é evidente) nem toda a gente ganha dinheiro com o Sporting, bem pelo contrário. Na verdade apenas 3/4 pessoas fazem vida daquilo e, nesse sentido, essas nao estão interesadas em levantar ondas. Quanto à restante malta que vive REALMENTE o clube naquela bancada, acreditem que nao tomam de animo leve e só nao se faz mais barulho devido a outros factores… mas isso já sao rosas de outro rosário.
    De qualquer das maneiras Douglas tens toda a razão. Esses sao sem duvida os cobardes perigosos…

    Grande abraço.
    Saudaçoes Leoninas

    PS: quero é que o moutinho se foda!

  10. “outros factores”. Muito transparente e esclarecedor, obrigado.

    O Douglas tem toda a razão: de há uns anos para cá, as claques são de tudo menos de apoio ao Sporting. São movidas por interesses que nos escapam e andam amestrados, mansinhos, mansinhos, mansinhos… Como dizia o outro: fingem, falam falam, mas não os vejo a fazer nada. E pior: quando se lhes esfrega a verdade na cara, ainda se sentem ofendidos!

    E se não são todos os que compactuam com isto, se são só 3 ou 4, olha que disfarçam todos muito bem, porque vê-los a fazer alguma coisa (que não merda, vide caso petardo) de jeito, tá quieto!

  11. oh companheiro nastase,
    “outros factores sim”. eu nao venho para aqui lavar roupa suja. os problemas que se vivem naquele grupo são para serem discutidos dentro do grupo, no local proprio. nao vou falar deles aqui, ainda que hajam alguns que toda a gente conhece…
    Agora quando tu dizes que “as claques são de tudo menos de apoio ao Sporting. São movidas por interesses que nos escapam e andam amestrados, mansinhos, mansinhos, mansinhos…” é a tua opinião! Respeito a. Mas digo te uma coisa: bem ou mal, garanto-te que é melhor cantar numa bancada de futebol que ver a bola sentadinho na cadeira a ouvir o relato, com todo o respeito que esse tipo de adeptos me merece – sem ironia.
    Ah, e só mais um pormenor: não duvido do teu sportinguismo, mas garanto te que nao sofres mais por este clube que eu.

    Cumprimentos a todos
    e um até já a quem for a Odivelas.
    SL

  12. @ Douglas

    escreveste: «E cobarde, perante o evidente e ilegal assédio dos ventos corruptos do Norte».

    tens provas que sustentem esta afirmação?
    é que se só te baseias em conversas de café, nos vídeos do youtube e em “suponhamos” e no “diz-que-disse-que-foi-que-aconteceu” a tua afirmação mais não é do que calúnia. e difamação, também. e estas não são consideradas “provas” em Tribunal – precisamente o mesmo local onde podes ser julgado pelo que escreveste.
    irónico não é?

    • Os bimbos tomaram de assalto o país de há 15 anos a esta parte… Não foi só no futebol, isso é uma pequena parte, se calhar uma gota no oceano… Foram os barões do PSD qe iniciaram a moda…

      É que desde a política, às empresas inclusive as estatais, passando pelo desporto e por aí fora, tem sido um assalto ao poder, carregado de uma sofreguidão sem par, onde um simples “eu sou um homem ou mulher do norte” parece ter mais valor do que o mérito individual, independentemente da sua freguesia de origem…

      Este sistema tem ‘parido’ abortos como o “padre da freguesia das antas” e seus adjuntos boby e tareco, Valentins valentões, Fátima Felgueiras, Isaltino Morais, Avelino Ferreira Torres… e tantos outros, que imbuidos desse espirito de pseudo superioridade nortenha apenas estão a arranjar “corda para se enforcarem”. De notar que esse espirito tem conduzido a uma tomada de assalto dos meios de comunicação audiovisual, os media, de tal forma que podem branquear as notícias onde por vezes se levanta o véu desta “cabala À moda antiga”…

      Contudo, os ventos da mudança estão a chegar…

      • Veja-se a RTPN, ou mesmo o departamento desportivo da própria RTP… É um descaramento o propagar daquelas raizes de corrupção, com os “jeitinhos”, e os “favorzinhos”, e o caneco a sete…

        Enfim, mais uma vergonha À portuguesinho…

      • @ peles

        não acrescentas nada de novo ao que “comentei”. baseias-te no diz-que-disse-que-foi-que-aconteceu.
        para além de que a pergunta incidia no Futebol; no campo da Política estamos conversados porque os exemplos existem em todo o território nacional (e não deixei de reparar como incluis o que se passa em Oeiras – com o sr. Isaltino, os taxis, os “sobrinhos”, etc. e tal – no «espírito de pseudo superioridade nortenha». como já aqui alguém “comentou”, ai essa Geografia…).

        no fundamental: até o vosso clube de Viscondes tem actos palacianos que lhe mancham a sua centenária História. nomes? Jorge Gonçalves, à cabeça com as célebres «unhas do Leão» – um eufemismo de ’80 para «fazer as coisas por outro lado». e também temos o Dias da Cunha e os «rostos do Sistema» – frase proferida (provavelmente) após uma noite de pesadelos e/ou de copos com o lampiónico alcoólico crónico Vilarinho.

        enfim… somos todos “culpados” neste sistema a que se dá o nome de Futebol.

        ah! e felicidades para Sábado! mesmo! que vença o melhor.

      • @ peles

        irónico, irónico, seria o Postiga marcar um auto-golo, num canto a favor do FC Porto, numa tentativa (frustrada) de impedir Moutinho de cabecear uma bola – que não de golfe! – na grande-área.

        isso sim, seria Ironia pura! ;)

      • caro Peles, concordo em muito mas deixa-me dizer-te que a máfia do Norte não é contemporânea da chegada da “geração roquete” e o Sporting já era bastante prejudicado antes de tudo isto (por exemplo a roubalheira os jogos da época 93/94 até doi na vista). O que é contemporâneo é este alinhamento e compadrio, desde há 15 longos anos.

        Não sei como se consegue ainda escamotear o facto de o banana do “nosso” presidente se sentar ao lado de um gajo que ofende e vilipendia o Nosso Clube há quase 3 décadas, em ambiente de grande confraternização.

        Ter orgulho no Nosso Clube e na Nossa História é procurar também mostrar aos outros que a nossa maneira de estar na vida e no desporto é a mais correcta e não vir vomitar balelas a público em como vibrou com o carnide ter levado 5 batatas. Eu vibrava era se NÓS lhes conseguissemos espetar 5 batatas.

        É vergonhosa esta subserviência a um clube de corruptos e mafiosos

      • Incluo o Isaltino para reforçar a turbe bimba que tem vindo a assaltar o país, desde a politica, as empresas,passando pelo futebol…

        Caso não saiba a naturalidade de Isaltino Morais procure na internet… Verá se não vem da zona do “chico-espertismo” pacóvio…

  13. Douglas,

    Excelente!

    Apesar de ir muito menos vezes a Alvalade do que ia nos últimos anos, continuo a ser sócio e a comprar gamebox.
    Tenho ainda esperança que o meu voto seja um dos que um dia destes contribuirá para acabar com a geração de dirigentes medíocres que nos governa há tanto tempo.

    Sábado estarei lá para apupar esses dois cobardes que referes tão bem, mas acima de tuodo para apoiar a equipa.
    Não espero nada de extraordinário.
    Poderão até ganhar o jogo, mas será só mesmo isso, uma vitória que pouco ou nada representará num campeonato em que certamente nos arrastaremos numa luta pelo acesso às competições europeias, sem brilho, sem classe e sem capacidade para motivar os sportinguistas a voltar ao estádio e a desejarem ardentemente que seja fim-de-semana para verem o seu grande amor jogar.

    Que saudades doutros tempos…

    SL
    José

  14. Speechless…

    Porra, sem palavras, colocas por escrito o que me vai na alma, parabéns.

    Amanhã também eu fico em casa, por vários factores, sendo o principal o meu puto estar doente.

    No entanto compreendo-te perfeitamente, o meu lugar cativo, pelo 3º ano consecutivo não é revalidado, e este ano deixei de pagar quotas.
    Não posso continuar a compactuar com esta gente que está a acabar com a instituição que sempre honrei e venerei.
    No entanto, estupidamente, continuo a comprar bilhetes e a ver o nosso Sporting.

    Se a culpa é do João Merdinho, do Pale Sérge, ou do Fatinhos?
    NÃO!!
    É apenas nossa.
    Somos nós, enquanto sócios, que permitimos que estes senhores delapidem o património do Sporting Clube de Portugal, somos nós que permitimos “sucessões no trono”, somos nós que aceitamos que representantes de instituições corruptas frequentem o nosso estádio, somos nós, somos nós…. enfim somos nós.

    @Pedro, eu também já fui “ultra” e ultrapassei isso, não necessito de ser de uma claque para defender o meu clube.
    Se achas que não se lucra com o Sporting pergunta ao Miguel porque é que se chateou com F.Mendes e levaram à cisão da melhor claque da Europa.
    Pergunta ao F.Mendes como é que consegue vender equipamentos oficiais do Sporting Clube de Portugal a metade do preço que é vendido na loja do estádio, e ainda ter lucro. (podia continuar com mais exemplos mas não vale a pena)

    Acima de tudo, que ganhem aquela corça de tripeiros corruptos e sebosos e que o anão merdinho tenha um ataque intestinal que o obrigue defecar a cada 2 minutos até à desidratação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s